Entrevista coletiva de Padre Beto: “Eu não tenho do que me redimir e muito menos a quem ou do que pedir perdão de tudo aquilo que eu fiz e de tudo aquilo que eu declarei […] Espero de coração que a Igreja se converta”.

Entrevista concedida hoje pela manhã no salão do prédio em que reside Padre Beto.

44 Comentários to “Entrevista coletiva de Padre Beto: “Eu não tenho do que me redimir e muito menos a quem ou do que pedir perdão de tudo aquilo que eu fiz e de tudo aquilo que eu declarei […] Espero de coração que a Igreja se converta”.”

  1. PELAMOR!!!!!!!!!!! A Igreja é omissa pelo baixo nível de cultura, de educação, pelo pequeno salário dos professores e da polícia!!!!!!!!!!!!

  2. Seria interessante um editorial por parte do Fratres. Sei que daria um tantinho de trabalho, mas é um momento oportuno para demonstrar que os ditos ‘católicos tradicionalistas’ só querem e desejam nada mais do que o bem da Igreja. No texto poderia fazer uma lista das heresias desse padre, mostrando toda sua rebeldia para com o magistério da Igreja. Todo o seu modernismo… Tanto nos vídeos que tivemos conhecimento através do blog, ou daqueles videos que tivemos conhecimento através da indicação dos leitores. Traçar-lhe a personalidade, através de seus pronunciamentos ou até mesmo do pronunciamento do sr. bispo, que mesmo infectado pelo veneno do politicamente correto, nos forneceu uma série de informações valiosas sobre o rebelde.

    Enfim, fica a indicação.

    É importante mostrar que não se trata de um nós contra eles. Nem de uma luta de correntes diversas na Igreja. Mas a luta da luz contra as trevas, da ortodoxia e puzeza doutrinária contra a heresia.

  3. Lendo a frase que está no título da notícia, nem quero ouvir a entrevista. Ouvindo, não descobria nada além do que já sei: é herege. Exemplo quase caricato do que eu mais abomino. No fim das contas o discurso desse senhor é quase materialista-naturalista, pois para ele a ação de Igreja deve se voltar para o bem nesse mundo. Almas?…fica a dúvida se ele acredita nisso.

  4. Leonardo Boff, grande teólogo, grande pensador?! Ele estudou na Universidade do Papa emérito Ratzinger e ainda assim tem tais ideias… A cada palavra que sai da boca deste cara, com mais medo eu fico.
    Vc foi laureado na Universidade Herética de Terra de Nunca, Casa do Capeta.

    Toma aqui seu diploma de HEREGE:

    H – E – R – E – G – E

  5. Para mim, aí há um problema:

    Pe. Beto não está renunciando ao ministério sacerdotal, simplesmente. Está recebendo uma ordem de seu bispo, sob pena de sanção canônica. Sua perseverança no erro deve apenas chegar à sua conclusão: o recebimento da pena. Ele não renuncia a nada! É castigado!!

    Por isso, não é ele que deve dizer: “segunda-feira eu entregarei minha renúncia”, aproveitando todo o final de semana para falar abobrinhas no altar de Deus. Deve ser o bispo a afastá-lo imediatamente, tirando-lhe o uso de ordens, suspendendo-o por causa de sua pertinácia.

    Alguém deveria avisar este bom bispo, a fim de que tenha um último ato corajoso em relação a este obstinado padre, comunicando publicamente sua suspensão, não lhe dando a oportunidade de celebrar nenhuma “missa de despedida”, pois não se celebra tal desgraça na Igreja. Ele não é vítima senão de sua obstinação e o povo não precisa ser agredido com o fim do que nunca iniciou!

    Padre Beto fora, já!

  6. Concordo com a sugestão do Pedro Henrique! É lamentável que esse padre prepotente tenha preferido renunciar, pois certamente vai levar muitos fiéis bem intencionados com ele, mas, por outro lado, pelo menos assim essa história acaba e ele deixa de enganar os fiéis. Esse é um bom momento para explicar com clareza quem é que está distorcendo o Evangelho e precisa se converter. Espero que Dom Caetano não deixe isso passar batido, e muito menos volte atrás na sua decisão. Sou de Bauru e garanto para vocês que ele é um grande bispo; humilde, trabalhador e tolerante (no bom sentido). Ao contrário do Padre Beto, está muito mais interessado em promover uma verdadeira comunhão e resolver os problemas da diocese, que não são poucos, do que em aparecer na mídia e vestir roupas da moda.

    Agora me expliquem uma coisa: como é possível que um sujeito que diz que “a essência da igreja é estar junto” tenha a cara de pau de nem aparecer nas reuniões do clero, de caluniar os outros padres da diocese e de nem sequer participar do retiro anual? Como ele se acha infinitamente superior, provavelmente pensa que a verdadeira Igreja é ele, e que os outros são todos heréticos… Acha que não tem nada pra aprender, apenas pra ensinar, e qualquer pessoa que assista os seus vídeos sabe que ele é um mentiroso cínico quando diz que só quer provocar a reflexão. Ele emite suas opiniões não como meras opiniões pessoais para serem discutidas, mas como verdades indiscutíveis que não provocam reflexão nenhuma, apenas escândalo, usando sua autoridade sacerdotal pra induzir o povo simples à confusão e ao erro. O fato de um sujeito como ele desejar um retorno aos anos 60 só prova o quanto os tradicionalistas estão certos… Viva o papa emérito Bento XVI por ter botado ordem na casa!

  7. Dizer que os dogmas da igreja católica deve ser discutidos e refletidos livremente; dizer que a Igreja Católica não respeita a liberdade de reflexão e liberdade de expressão, que a igreja é hipócrita por pregar regras morais ultrapassada, é no minimo incoerente, é no minimo postura de uma pessoa que não vive o evangelho de Jesus Cristo muito menos acredita na instituição que o acolheu. Qual será a diferencia entre o Senhor Padre Bero e Martinho Lutero?

    O Sr. Padre Beto diz que a Igreja Católica é que tem que se converter, talvez se converter ao modernismo ao tudo pode, só pode ser.

    Um padre que engrandece Leonardo Boff e diz ser ele um grande teólogo não merece ser Sacerdote…

    Com todo respeito o Sr. já vai tarde, e se tiver um pouco de compaixão e respeito não volta mais…

  8. Olha, sinceramente, é impressionante como esse cara é arrogante. Duvido que ele tenha aberto uma única página da Summa Theologiae ou da De Civitas Dei, só para ficar no exemplo das leituras obrigatórias para qualquer clérigo católico. Não bastasse isso, ainda se mostra como um gnóstico persistente. Pelo menos, por mais desagradável e triste que isso é, ele foi coerente com a sua escolha e afastou-se do sacerdócio. Sinal de que a Igreja no Brasil ainda tem bispos dispostos a fazer valer a doutrina, por mais que sejam a minoria. Se fosse na Igreja da Alemanha, sob a liderança de hereges renitentes há mais de 30 anos (Lehmman, Kasper, Zollistch…), ele teria se tornado bispo…

  9. Não surpreendeu-me a atitude dele, tem postura arrogante! onde so ele é o “pensador”, os outros padres não pensam por isso continuam na igreja. O bispo teve postura mais humilde e mesmo assim ele se refere a ele com “certo” ar de arrogância. Felizmente percebeu que não tem dom para continuar. E ainda diz que a igreja tem que se converter, não ele!!! kkk E o tal ser sexuado???que se trata? não foi Deus que criou o Homem e a Mulher? De qual amor ele fala? Nas escrituras está muito claro o que Cristo espera de nós, pois se fosse a favor de “amor” sexuado não teria acabado com sodoma e gomorra. Lamento tudo que a igreja investiu nele e o retorno seja esse!

  10. Com uma atitude dessa, é que percebemos se realmente esse Pe. Beto teria realmente amor pela verdade, pela igreja e pelo próprio Cristo. Pois é fato caros amigos, aquele que quer realmente ser padre, coloca-se em conformidade com as normas, diretrizes e doutrina da Santa Igreja.
    Hora bolas, como ser padre católico apostólico romano, discordando daquilo que realmente a igreja é por essência ?
    O que somos chamados a fazer quando assumimos nossa vocação, é saber transmitir com clareza o que realmente o amor, a caridade e o respeito pregado e transmitido por Jesus Cristo, ensina e inspira na sua amada igreja.

  11. Diante de mais estas sandices e absurdezas proferidas por este individuo, a conclusão a que , muito dolorosa e infelizmente se chega, não é outra senão esta :

  12. Foi ótima a cobertura do Fratres a respeito desse assunto, como também creio que os comentários aqui postados chegaram ao Bispo.
    Não posso deixar de ressaltar a qualidade dos comentários aqui postados.
    Faço coro à opinião de muitos aqui: ele é obstinado; mais um fruto podre do Boff.
    Saudações!

  13. É o Lutero do século XXI. É algo profundamente lamentável! Triste é sabermos que há muitos outros da mesma laia, mas apoiados pelos seus bispos. Queria escrever mais, mas tenho Adoração e Bênção do Santíssimo. Vamos pedir a Nosso Senhor Jesus Cristo pela perseverança dos poucos padres fiéis à Santa Madre Igreja e pelo conversão dos Iscariotes e Luteros.

  14. Um lobo a menos entre as ovelhas, graças a Deus!
    O triste é que há muitos outros padres tão nocivos quanto ele. Vários leitores do Fratres seriam capazes de fazer uma lista de “padres betos” que já encontraram por aí.
    Ele próprio admite que, nos seus 14 anos de sacerdócio, sempre agiu da mesma forma sem nunca ter sido importunado. E na primeira “importunação” ele abandonou o ministério sacerdotal. Até que os outros “padres betos” sejam importunados, eles continuarão a envenenar os fiéis. Possa o gesto de Dom Caetano servir de exemplo para os demais bispos do Brasil.
    Pelas declarações desse Padre Beto, percebe-se que ele nunca conheceu verdadeiramente a Santa Igreja, a “Esposa de Cristo, sem ruga e sem mancha, resplandecente de beleza”. O que ele conhece é uma mera “instituição”, uma ong.
    Que um dia ele possa se converter.

    Ut inimicos sanctae Ecclesiae humiliare digneris, te rogamus, audi nos, Domine!

  15. Ele não possue nenhum vocação Sacerdotal. Simples assim.

  16. Como ele é maldoso, ele usou os professores e policiais para uma apelação e colocar a mídia contra a Igreja. Se o Estado é laico O QUE A IGREJA TEM A VER COM A MÁ ADMINISTRAÇÃO DO ESTADO??

  17. “Ouvir Pink Floyd é um momento de se encontrar com Deus, um momento de oração”. Esse sermão é de 2011!

    Ele nunca leu a carta a Diogneto.

  18. Que Deus abençoe o pastor que corajosamente espantou esse lobo… três vivas ao Bispo , que a Santa Virgem o preserve …

  19. Caríssimos irmãos, dou apoio à sugestão do sobre a realização de um editorial pelo Fratres descrevendo ponto a ponto, conforme o Catecismo e o Sagrado Magistério, o que de fato são as atitudes desse homem perante à Santa Madre Igreja. É preciso demonstrar ao Clero por meio dos blogs católicos que estamos nos informando cada vez mais e atentos à crise na Igreja. Esse movimento pela busca da Verdade é o que há de mais poderoso para a defesa da liberdade.

  20. Pe Beto é apenas a ponta do iceberg.A pergunta que não quer calar é como alguem com esse perfil se torna padre e fica exercendo durante anos o sacerdócio sem ser incomodado pelas autoridades.Não foi da noite para o dia que ele assumiu estas posições !!

  21. Parabéns para o bispo ? Sim , mas por que só depois que o caso estourou fez algo ? Será que esse padre não aprendeu tudo isso no seminario ?

  22. Me entregue este padre durante estes 30 minutos que ele deu na coletiva que eu demonstro como ele não pensa, ele simplesmente relativiza tudo.

  23. Ele confessou que disse todas essas besteiras durante 14 anos e nunca foi incomodado ou censurado. O atual bispo de Bauru afirmou que há 4 anos vem recebendo reclamações sobre esse indivíduo. Porém só tomou uma medida mais firme depois da divulgação do caso pelo internet e das manifestações, ou seja, sob pressão.

    Esse dois fatos ilustram muito bem o papel dos bispos na auto-demolição da Igreja.

  24. Enquanto o ‘Beto’ (o ‘ex’ padre) faz sucesso, eu imploro que rezemos pelos cristãos da Síria, como há muito já pede Dom Gregorios III Laham (Patriarca dos Melquitas).

    A situação por lá parece não ter limites.

    Dois bispos sírios, um greco-ortodoxo e outro siríaco-ortodoxo, foram seqüestrados por milícias muçulmanas ao norte de Aleppo. Este é o ponto atual de covardia, desrespeito e capacidade de insulto dos muçulmanos.

    Não suficiente se reunirem, vindos de todos os lados, para destruírem a Síria, instrumentalizam os cristãos locais como objeto de troca, de chantagem, de escárnio.

    Estúpidos aqueles que acreditam que algo de pacífico ou bom possa vir do islã. Se isso fosse apenas em parte verdade, não semeariam eles o ódio e a destruição que historicamente semeiam.

    Rezem pela Síria, rezem pelo berço da Cristandade.

    Agios O Theos, Agios Ischirós, Agios Athanatós, Eleison Imas.
    Kyrie Eleison, Kyrie Eleison, Kyrie Eleison.

    http://www.dw.de/aleppo-orthodox-bishops-kidnapped-in-syria/a-16763661

  25. Pessoal, peço que, diante desta entrevista do Pe. Beto, escrevamos mais uma vez a Dom Caetano Ferrari para mostrar nosso apoio a ele.

  26. Parabéns ao Sr Bispo e aos católicos da net.

    Esse padre está cheio é de soberba. Para ele a Igreja está atrasada.e tem que mudar ?!?!

    Vá refletir a “prima-dona” em outro canto.

    Adiós !! Converta-se Pe. Beto. !!!

  27. Bem, vejo vários lados desta atitude tomada pelo Beto; Digo Beto porque para mim ele não é Padre.
    Se buscarmos na história da Igreja, veremos que isto aconteceu no século XVI com Martinho Lutero, precursor da reforma protestante. Se alguém feriu a ética não foi o Sr Bispo e sim o Beto, quando se colocou na frente de uma câmera de TV para dar uma entrevista discordando completamente dos Dogmas de Fé(Dogmas não se discute), do Magistério da Igreja. Quando nos colocamos contra algo e não buscamos o correto intendimento, acabamos sendo intransigentes. O que me preocupa não é a Igreja perder fiéis, mais sim que os fiéis se percam ouvindo e vendo uma pessoa que se dizia Padre.

  28. Lista dos bispos ‘ilustres’ citados por Padre Beto:

    Dom Cândido Padim;
    Dom Mauro Morelli;
    Dom Pedro Casaldáliga;
    Dom Cláudio Hummes;
    Dom Paulo Evaristo Arns.

  29. Concordo com os senhores Pedro Henrique e ricardo sobre enumerar as heresias, porém como disse São Pio X que o modernismo é a soma de todas as heresias o padre beto é o modernismo católico sem mascara.

    Tem muitos padres betos atuando por aí, a começar pelo Padre Fabio de Melo da Canção Nova que também disse em entrevista ser favorável ao casamento civil de homossexuais, então é hora de desmascarar e pedir retratação deste outro herege.

    Quanto ao padre beto já se sabia que ele jamais se arrependeria pois o pecado que ele cometeu não tem perdão: é o pecado contra o espirito santo e creio que seria de bom tamanho para entender o endurecimento de coração de muitos religiosos e a grande quantidade de almas perdidas.

  30. “Qual será a diferencia entre o Senhor Padre Bero e Martinho Lutero?”

    Acho que Lutero era “menos pior” do que esse “padre” Beto.

  31. Eu espero sinceramente que D. Caetano Ferrari vá até o fim com isso e excomungue esse herege.

  32. Então vira “Pastô” protestante, porque lá não tem Doutrina, não tem sanção Canônica, não tem Bispo e nem Papa. Que lástima ver um Padre dizer que a Igreja precisa se converter. Por aí se tem uma ideia em que pé se encontra a formação dos Padres.

    O que eu pude compreender de tudo isso é que devemos oferecer orações e sacrifícios por este Padre.

    Só uma pequena observação: eu nunca ouvi dizer tanto que Padres estão literalmente abandonando o ministério como hoje em dia! É um caso a pensar, qual está sendo a formação dada aos jovens seminaristas.

    Porque não aguentamos mais Padres cantores gravando “CD” e “Missa SHOW” com bateria e guitarra. Não suportamos mais tanta Teologia da libertação.

    Sem contar o novo Catecismo que vem por aí editado pela CNBB. Imagine o que está por vir.

  33. Muito Triste “Eu não consigo ser padre” ou ” Eu sigo somente a Jesus Cristo…”discurso totalmente cismático. Bem se ele diz que é impossível ser cristão dentro de uma instituição ultrapassada ele não pode acreditar nas mensagens do evangelho.Acho que ele errou na sua vocação.Deveria ter optado por outra segmento.Quanto aos problemas sociais estes sempre existiram mesmo na época de Jesus Cristo.
    Sr . Pe, a igreja não esta a seu serviço o senhor que humildemente deveria reconhecer o seu papel na casa de Deus.Lamentável essa entrevista me parece uma catequese para arrastar um bando de infiéis.
    Entrevista coletiva?Soa como desespero. LAMENTÁVEL!

  34. É deprimente ouvir coisas desse tipo da boca de um ser até então, pároco a frente de uma comunidade. Quanto estrago, que coisa triste. Quanto orgulho!!! Quanta arrogância!!! Deus tenha misericórdia dessa pessoa.

  35. pense numa falta o juramento ainti modernista faz!!!

  36. Na última missa do padre, segundo a Folha, “Um dos mais emocionados era o pai de santo umbandista Ricardo Barreira, que assistiu à celebração vestido de branco e chorou muito.

    “Não sou católico, mas o padre Beto sempre me representou. Agora mais ainda”, disse. O umbandista recebeu o apoio do padre quando disputou a eleição para vereador.”

    [http://www1.folha.uol.com.br/poder/2013/04/1270214-fieis-lotam-igreja-em-ultima-missa-de-padre-que-defende-homossexuais.shtml]

  37. Iniciaria este comentário dizendo:
    “Já vai tarde!”
    Porém, ao falar com minha esposa, ela leu e sugeriu, após boas gargalhadas, (com a sensibilidade e delicadeza feminina), que eu colocasse que:
    “aqueles que se sentissem incomodados, que acompanhassem esse senhor”
    Digo, esse aí.
    Mas, lembrando da atual conjuntura eclesial, com tantos problemas desse tipo, caso todos os incomodados acompanhassem a atitude do padre conciliar que entregou suas funções, a “nova igreja”, ou seja, esse arremedo de igreja, a tal “igreja conciliar”, fecharia suas portas…
    Realmente, as mulheres, através de seu senso maternal, conseguem ver bem mais longe que nós homens…
    Quanto à decisão desse sujeito aí, de deixar as “funções”, melhor se não tivesse sido ordenado…
    Porém, onde estavam os (DE)formadores, os (IR)responsáveis pelos estudos que não perceberam tais características tão controversas no (DE)formando?
    Não foram, ao menos 6 anos de feminário, digo, seminário?
    Hummm…
    Mas, como tudo nessa igreja conciliar é permitido…
    Afinal, “Deus é Dez!”
    E dá-lhes o cinquentão!
    Agora não adianta chorar.
    Melhor seria se tivessem lido e meditado o livro do Profeta Jeremias… Mas preferiram a Lumnem Gentium(ou sei lá o quê)…
    Ah, muito retrógrado o Antigo Testamento…
    Melhor inovar!
    Como disse o papa Francisco:
    ” O concílio é uma inspiração do Espírito”
    Hummm…
    Daí pergunto: qual espírito?
    Não poderia terminar sem “aquela” perguntinha incômoda, que me perdoem os neo-con, mas aí vai:
    ESSA IGREJA CONCILIAR É SÉRIA?
    E viva a JMJ !!!
    Rezemos, rezemos muito…

  38. Também não me atrevi a escutar essa entrevista. Quis poupar meus ouvidos de mais insanidades. Só tive coragem de assistir metade de um vídeo dele. Mas queria dizer, nessas poucas linhas, que ele não pode sair assim… Tem que haver punição. Providências precisam ser tomadas.
    Senhor Bispo, que o Espírito Santo possa lhe iluminar nesse momento, e a Virgem Santíssima a lhe socorrer! Mas não permita que esse padre saia como vítima. Ele é um herege!

  39. O Capitão Nascimento diria para ele:
    “Tire esta casula porque vc não é digno de usá-la.
    Você não é católico. Você é um HEREGE!
    Ouviu? H-E-R-E-G-E!
    Peça pra sair!”

  40. Só resta agora o bispo aplicar a Justiça com caridade: traduzindo: aplicação de Penas Canônicas, pois a Igreja associa o espírito cristão da caridade à imperativa necessidade de restabelecer a Justiça. O Pe. Beto seguira sua vida mundana, talvez filiado a um partido de esquerda (quem sabe o PT?), elegerá deputado federal e estadual nas próximas eleições, com os votos dos “católicos de IBGE”. Realmente, não é possível agradar a dois senhores, a Deus e ao dinheiro (Poder, Prazer e Posse). Com a palavra, o senhor bispo…

  41. Entendam, Pe. Beto não é rebelde. Palavras do padre: é a Diocese quem o é! Essa Diocese retrógrada, que se levanta orgulhosamente contra o ministério por ele revelado e transmitido, o ministério da reflexão refletida e reflexiva.

  42. Muito triste um Padre que prometeu respeito e obediência ao seu Bispo e aos sucessores legítimos de seu Bispo agir desta maneira. Ainda mais sabendo que este Sacerdote como eu e os demais, além da obediência e do respeito prometidos, antes de aceitarmos a ordenação sacerdotal assumimos o propósito de celebrarmos com devoção e fidelidade os mistérios de Cristo sobretudo pelo sacrifício eucarístico e o sacramento da reconciliação, para o louvor de deus e santificação do povo cristão, segundo a tradição da Igreja. Abraço e me faço solidário ao Sr. Bispo de Bauru.

  43. Não sou louco de ouvir a entrevista desse sujeito.
    Sobre ele apenas repito o que disse o Jackson acima:
    QUE FALTA FAZ O JURAMENTO ANTI-MODERNISTA!!!

  44. Rsrs… Rat singer?? kkkkkkkkkk… Ah que pessoa reflexiva!