Duas orações para o domingo.

As perseguições aos católicos por conta de questões morais e o escândalo de maus sacerdotes marcaram a semana. Por isso, propomos a nossos leitores, neste domingo, as duas orações que seguem:

A primeira, do célebre Padre Miguel A. Pro, um dos Cristeros que resistiu à perseguição anti-cristã no México. Era jesuíta e morreu mártir, tendo sido beatificado pelo Papa João Paulo II. Desde pequeno foi virtuoso e alegre. Morreu como muitos outros mártires mexicanos, gritando: “Viva Cristo Rei”. Créditos: blog Almas Castelos; agradecimento ao leitor Basílio pela indicação:

Deixe-me viver ao Seu lado, minha Mãe,
para fazer companhia a sua solidão
e a sua profunda dor!

Deixe-me sentir em minha alma
o pranto doloroso de teus olhos
e o abandono de seu coração!

Eu não quero no caminho da minha vida
desfrutar da alegria de Belém, adorando o Menino Jesus,
em seus braços virginais.

Eu não quero desfrutar em sua humilde casa de Nazaré
a presença querida de Jesus Cristo.

Nem quero unir-me ao coro dos anjos
na sua gloriosa Assunção!

Eu quero na minha vida
o desprezo e a zombaria do Calvário;
Eu quero a morte lenta de seu Filho,
o desprezo, a ignomínia, a infâmia da Cruz.

Quero, ó Virgem Dolorosa, estar perto de Ti, em pé,
para fortalecer o meu espírito com suas lágrimas,
consumar o meu sacrifício com o seu martírio,
apoiar o meu coração com a sua solidão,
amar o meu e o vosso Deus com o sacrifício de todo o meu ser.

* * *

Oração pelo clero

Deixai, ó Jesus, que em Vosso Coração Eucarístico depositemos nossas mais ardentes preces pelo nosso Clero, e sêde propício aos nossos pedidos.

Multiplicai as vocações sacerdotais na nossa Pátria: atraí ao Vosso altar os filhos do nosso Brasil; chamai-os com instância ao Vosso Ministério.

Conservai, na perfeita fidelidade ao Vosso serviço, aqueles a quem já chamastes; afervorai-os, purificai-os, santificai-os, não permitindo que se afastem do espírito da Vossa Igreja.

Não consintais, ó Jesus, nós Vos suplicamos, que debaixo do céu brasileiro, sejam, por mãos indignas, profanados os vossos mistérios de amor.

Também vos pedimos com instância: deixai que a misericórdia de vosso Coração vença a Vossa justiça divina por aqueles que se recusaram a honra da vocação sacerdotal ou desertaram das fileiras sagradas.

Atendei, ó Jesus, a esta nossa insistente oração, vô-lo pedimos por vossa Mãe, Maria Santíssima, Rainha dos Sacerdotes.

Ó Maria, ao vosso Coração confiamos o nosso clero; guiai-o, protegei-o, salvai-o.

(Cardeal Leme, 1922)

4 Comentários to “Duas orações para o domingo.”

  1. É um tanto difícil senão impossível nós que crescemos na missa festa, na missa bobo-alegre, abanando as mãos, pulando e se divertindo, dentre outros tantos adjetivos, rezar e principalmente fazer valer a oração do mártir cristero.

    Nossa geração é deformada pela missa nova – se é que se pode chamar de missa a “missa” que o padre beto e todos os demais padres e bispos rezam.

    Querer o desprezo e a zombaria do calvário é pedir demais para nos católicos que crescemos no modernismo/progressismo, não é? Muito embora seria este o caminho a seguir não só pelos religiosos, mas também para nós leigos.

  2. Parabenizamos pelas excelentes dicas de momentos de oração. A propósito, devemos intensificar nossas orações na intenção do Santo Padre o papa emérito Bento XVI, pois no próximo dia 1º de maio retornará ao Vaticano. Tudo leva a crer que ele seja a vítima do 3º segredo de Fátima: “um bispo vestido de branco…”. Segue abaixo, comentário sobre o retorno de Bento XVI ao Vaticano:Convento já está pronto para receber papa emérito Bento XVI. O momento é histórico, mais alguns dias (5dias), dois papas, duas “Suas Santidades” deveram viver dentro dos muros do Vaticano. De acordo com “Vatican Insider”, do jornal “La Stampa”, a mudança do Papa Emérito Bento XVI já está marcada: salvo alguma surpresa, ele deixa Castelgandolfo no dia 1º de maio para viver num convento recentemente reformado. Bento XVI deixou o Vaticano no dia 28 de fevereiro, dando início ao processo que levou à escolha do argentino Jorge Mario Bergoglio para ocupar o Pontificado. Desde então, tem vivido na residência de verão dos papas, em Castelgandolfo. De acordo com o site, tudo já está pronto para a sua chegada. O convento foi reformado e adaptado para se tornar a sua residência. Trata-se de um prédio de quatro andares, com 12 quartos monásticos. A construção ganhou uma nova ala de 450 metros quadrados, e tem ainda capela, biblioteca, galeria, jardim e horta. No local deverá viver também o secretário pessoal de Bento XVI, o monsenhor Georg Gänswein, prefeito da Casa Pontifícia. Deve abrigar ainda o irmão de Bento XVI e um diácono alemão, que assiste Joseph Ratzinger quando Gänswein está no Palácio Apostólico.

  3. Muito bom,Ferreti.

  4. “Eu quero na minha vida o desprezo e a zombaria do Calvário
    Eu quero a morte lenta de seu Filho, o desprezo, a ignomínia, a infâmia da Cruz.
    Quero, ó Virgem Dolorosa, estar perto de Ti, em pé, para fortalecer o meu espírito com suas lágrimas,
    Consumar o meu sacrifício com o seu martírio, apoiar o meu coração com a sua solidão,
    Amar o meu e o vosso Deus com o sacrifício de todo o meu ser.” Sem palavras….vejo claramente o Arcebispo de Bruxelas nessa oração…