Um filme católico para o fim de semana.

Qual a sua indicação, caro leitor? E por quê?

Na imagem, o lendário A man for all seasons, sobre São Tomas More, padroeiro do blog juntamente com São João Fisher.

Tags:

52 Comentários to “Um filme católico para o fim de semana.”

  1. “Cristiada” ou “Sob o Sol de Roma”.

  2. Com certeza é o belíssimo filme A Missão:

    Há algumas imprecisões históricas e é se percebe inclusive certo milenarismo e igualitarismo dos jesuítas, mas no todo o filme é bárbaro, comovente a cena da penitência do capitao Mendonza…

  3. Sr. G. M. Ferreti, desculpe!

    Cristiada porque marcou muito a morte dos mártires cristeros e toda a luta deles pelos direitos de permanecerem católicos, mesmo que perseguidos pela república ateia do México.

    Sob o Sol de Roma porque mostra todo o amor do Papa Pio XII pelas vítimas da II Guerra e toda a preocupação dele pelo povo. Chorei quando vi o filme, mas não há em português, só em italiano.

  4. Recomendo “Vida da Santa Maria de Egito”, poucos ocidentais conhecem essa santa……
    O produtor do filme é a igreja cismática da grécia, nas não tem nada de heresia no filme.


    Filme em grego, legenda em romeno.

  5. A man for all seasons é excelente. Magnífica interpretação de Paul Scofield, que ganhou o Oscar de melhor ator pela sua atuação como São Tomas More – por sinal, ele não foi a Los Angeles receber o prêmio.

  6. Indico o filme “Bakhita-A Santa”. A história de uma grande mulher que demonstrou um magnífico amor a Deus e ao próximo. Apesar dos grandes sofrimentos em sua vida nunca deixou a alegria desaparecer de sua alma.

  7. Recomendo o filme sobre São Felipe Neri, “preferisco il paradiso”, muito bom. Queria saber onde ver o filme sottoil cielo di Roma, que a Izabel comentou. Tem na internet?

  8. Minha indicação vai para o belíssimo “The Reluctant Saint” – (O Santo Relutante) sobre a vida de São José de Cupertino. Trata-se de um filme belíssimo, singelo, agradabilíssimo e comovente. O elenco é primeiríssima. Já o assisti umas três ou quatro vezes. O filme tem legendas em espanhol.

  9. A razão de ter indicado o filme sobre a vida de São José de Cupertino é porque ele retrata a simplicidade da vida desse grande santo e o quanto a Graça de Deus esteve presente em sua vida. Ele era um jovem pobre, sem escolaridade, mas de uma profunda humildade e bondade. Sua mãe teve certamente um papel importantíssimo em sua vocação. Não sei se isso procedeu na vida real, mas no filme ela aparece como o ‘homem da casa’, visto que a figura paterna é retratada como tendo caráter fraco. A vida no convento surge como algo extraordinário, em que mesmo as tentativas iniciais de um empregado invejoso, ele consegue chamar a atenção da comunidade por seu caráter íntegro e também os milagres que lhe foram dados, especialmente o da levitação a toda vez que contemplava o retrato da Virgem Maria ou dizia Missa.

  10. O filme Cristiada, que já foi mencionado aqui, é um filme razoável. O inicio é comovente e atrativo, principalmente na parte em que os guardas republicanos socialistas invadem uma igreja e matam o padre local. Só achei esquisito o lider dos cristeros militantes, representado por Andy Garcia, agir como um agnóstico até o final do filme. Ele agia mais pela liberdade religiosa, ou liberdade de expressão, do que pela defesa da fé. Por isso, acho que não devemos ter certa cautela com esses filmes, e procurar fontes confiáveis, de preferência livros antigos, se quisermos saber realmente o que aconteceu ou para se ter uma noção reta sobre os fatos. Esses filmes podem ser perigosos para quem não conhece a tradição da Igreja e toda a polêmica sobre o Vat. II e a crise que se estabeleceu após este concílio.

  11. http://www.youtube.com/watch?v=8cDu5FCSNOQ&feature=player_detailpage (Capítulo I) (Vida de Santa Teresa de Jesus) = Excelente

    https://rapidshare.com/files/3655188575/Father Brown 1954 Leg. Brasil.avi = Padre Brown (Chesterton) Muito interessante

    http://www.gaminga.net/773-cristiada-for-greater-glory.html = Cristiada (Vale a pena!)

  12. Eu indico o filme O GRANDE MILAGRE! Tem dois mas eu prefiro o que é feito apenas com bonecos mas tem mensagens lindíssimas e o ápice ocorre durante a celebração da missa. Acho que o filme é mexicano, mas é legendado também… Bom filme pra vocês…

  13. “Cristiada”, pelas razões já ilustradas; ademais, o filme apresenta num outro plano a história do Beato Mártir José Sánchez del Rio, que é de comover ao ponto das lágrimas tanto pela fé quanto pela fortitude de um menino tão jovem (que faltam a não poucos homens feitos na Igreja hoje em dia);

    “O Milagre de Fátima”, de 1952, que conta fidedignamente a história das aparições de Fátima e foi feito num tempo em que Hollywood produzia ocasionalmente bons filmes, e costumava passar na sessão da tarde da Globo na década de 80: imperdível;

    “A Paixão de Cristo”, com Jim Caviezel no papel de Nosso Senhor: formidável desempenho num filme formidável. Estava aos prantos no final, quando o vi pela primeira vez (que lamento muito não ter sido num cinema). Até hoje, quando medito no Terço os mistérios Dolorosos, evoco à memória as cenas do filme, que são muito poderosas. E os detalhes… como quando Nossa Senhora vê Jesus caindo sob o peso da cruz, e se lembra dele menino, quase bebê, tropeçando nos degraus de pedra da casinha de Nazaré, sendo acudido pela mãe aflita…

  14. Perdão.. eu neguei uma afirmação, quis dizer: “acho que devemos ter certa cautela com esses filmes..!

  15. CRISTIADA! Porque nos inspira sermos mais sérios nas coisas. O exemplo do martírio de José, que andou 12 km com os pés descascados, para gritar diante dos pais e do carrasco: VIVA CRISTO REY!!! Não mostrei aos meus filhos, mas mostrei a parte que o coronel grita: VIVA CRISTO REY!!! QUE VIVA!!! (3X) Expliquei o que era. O mais velho quer gritar toda hora, ou grita para que eu responda. Ele já sabe o que é um mártir.

  16. Vou comentar aqui só este filme – creio que o “frates” poderia abrir outros posts para comentar outras produções que eu indico aqui: dois documentários da RAI, um sobre o padre Pio de Pietrelcina e o outro sobre a luta contra Hitler cuja a maior parte é sobre o beato Clemens von Galen, Bispo de Munster, Conde alemão e Cardeal da Igreja Católica.

    Sobre o filme sobre Santo Tomas Morus tem alguns comentários feitos quando assisti ao filme com membros da TFP:

    1-) é a entrada do Renascimento e toda a sensualidade, os reis e religiosos que abandonavam o jeito medieval de ser: viviam como bom vivans seja nos modos de brincadeiras (ja começa ai a infantilização dos adultos), os modos sensuais – todos possuíam amantes, as roupas e modas do renascimento bem diferente da austeridade e pureza medieval. É o rei que se joga na lama e é seguido pelos seus súditos e o clero por medo faz tudo que o rei quer. a entrada aí do absolutismo.

    Do renascimento que começam florescer as heresias e a destruição da cristandade: protestante, revolução francesa, a revolução russa, a revolução de 68 e o CVII…

    2-) Já Santo Tomas Morus, resoluto em salvar sua alma jamais se deixa levar pela pressão dos mundanos, até que não conseguindo corrompe-lo o executa.

    Tem aquela passagem do tipo que aceita ser corrompido e ganha um titulo de nobreza do pais de gales e é interpelado pelo Santo que diz: já não compensa ganhar o mundo e perder a alma, mas pelo país de gales?

    Tem também os julgamentos e a tentativa de condenar o Santo, que com maestria vai mostrando aos juízes o grande erro que toda a Inglaterra estava cometendo.

  17. Aqui vão as minhas dicas cinéfilas:
    A Paixão – versão do diretor; Mel Gibson
    Padre Pio – Versátil Home Vídeo
    Bella
    A Canção de Bernadette
    Damião, o Santo de Molokai
    O 13º Dia
    The Spitfire Grill
    O Exorcismo de Emile Rose
    Depois eu falo mais: o pequeno Matis me chama agora!

  18. O Ritual, um filme surpreendente de suspense que me ajudou a fortalecer minha fé: https://www.youtube.com/watch?v=2ATnirjIhkU

  19. Recomendo ‘I Confess’ (‘Confesso’ no Brasil – 1953) ou ‘The Wrong Man’ (‘O Homem Errado’ no Brasil – 1956) ambos do conhecido (e para muitos o maior cineasta britânico) Alfred Hitchcock, que era católico. No primeiro, talvez seja a melhor representação de um sacerdote nos cinemas; o segundo dá lições de verdadeira caridade e esperança a que um homem católico se deve quando em situações difíceis da vida. Ambos os filmes ganharam boa crítica do escritor católico argentino Flavio Mateos.
    Aqui o trailer de The Wrong Man em inglês: http://www.youtube.com/watch?v=_wpZuOhvrao

  20. A vida de SANTA MARIA GORETTI, um belíssimo e comovente filme:

  21. Eis uma lista de bons e alguns não tão bons:

    http://www.traditio.com/tradlib/faq12.txt

    Sugeriria ainda para quem domina o inglês e puder achá-lo, “Come to stable”.

    E claro, “Becket”, só essa cena já dispensa qualquer sinopse:

  22. Muito legal o post, adorei.

    Indico Dom Bosco, pq enche a alma de esperança, são três horas mas vela pena.

  23. Certamente recomendo: Pastor Angelicus – Pius XII, que mostra a vida do magnífico Pio XII (https://www.youtube.com/watch?v=l9pVFRSa3QI). Este filme – onde o próprio Papa atua – revela a grandiosidade do Sucessor de Pedro que, sem precisar fazer gestos populistas – como abraçar crianças ou beijar doentes em frente das câmeras de TV – mostra que fora da Igreja Católica não há salvação.

  24. Recomendo também o único filme existente sobre a vida de São Pio X: gli uomini non guardano il cielo (https://www.youtube.com/watch?v=gFCIAKuujU8), o último Papa Santo – o martelo dos modernistas.

  25. Recomendo o filme: “Reis dos Reis” (http://www.youtube.com/watch?v=JMfebHYphb4), Rei dos Reis (King of Kings) é um filme que data de 1961, do gênero épico, com uma belíssima trilha sonora de Miklós Rózsa. O filme é baseado nos quatro evangelhos canônicos (Mateus, Marcos, Lucas e João), além dos escritos do historiador romano Tácito,

  26. Eu indico BLACK ROBE, um filme baseado em fatos reais, inspirado na saga dos Mártires Canadenses. Jesuitas que deram sua vida pela catequização dos indios canadenses. Mostra a vida das primeiras missões no Canadá. Aqui está o filme completo no Youtube. Vale a pena!

  27. Prezados, Salve Maria!
    Indico o filme “Santo Agostinho” (Agostino D’Ippona) de Roberto Rossellini, uma cinebiografia de um dos maiores santos da Igreja Católica. O filme retrata a vida de Sto Agostinho tempos após a sua conversão quando já era padre prestes a se tornar bispo de Hipona. Para mim, sem grandes análises estéticas, filosóficas e teológicas, o que chama a atenção são os diálogos e os consequentes ensinamentos desse mestre cristão. Enfim um ótimo filme para o fim de semana!

    http://www.gloria.tv/?media=75103

  28. A listagem de filmes indicados aqui está já bastante rica . No entanto, dentre tantas verdadeiras jóias, do mundo das películas cinematográficas, certamente não poderia ficar de fora o filme : ” Vision – Aus dem Leben der Hildegard von Bingen ” , do ano de 2009 . Ele trata da vida da grande mística alemã do século XII, Santa Hildegard von Bingen, proclamada Doutora da Igreja Universal, no ano passado por Bento XVI. De fato, uma excelente oportunidade para se conhecer melhor a extraordinária vida desta grande Santa, ainda pouco divulgada no Brasil. Dentre tantos pormenores altamente relevantes neste filme, um aspecto a ser especialmente salientado fica por conta da inquebrantável confiança em Deus, revelada por Santa Hildegard, mesmo diante das piores e mais terríveis adversidades . O download deste filme ( legendado em português ) pode ser feito aqui :

    http://filmescomlegenda.tv/fcl/visao-da-vida-de-hildegarda-de-bingen-vision-aus-dem-leben-der-hildegard-von-bingen-2009/

  29. Muitos irmãos(as) já citaram grandes filme,como o filme A Canção de Bernardete.

    Mas deixo aqui a indicacão de um grande filme sobre Santa Joana Darc.

    Fiquem com Deus.

  30. Damião, o Santo de Molokai.

    Filme excelente, demonstra como um este santo trilha o caminho da santidade reconhecendo sua limitação e evangelizando com a própria vida todos aqueles que estão ao seu redor. (A cena da confissão dele no navio é tocante)

  31. Filme em grego, legenda em romeno e feito por cismático. Perfeito!

  32. Sugiro o filme “Karol: o homem que se tornou papa” sobre a vida de João Paulo II. O filme me parece muito fiel e respeitoso sobre a vida do Beato. Recomendo.

  33. Vida do Venerável Padre Bechara Abou Mrad, Ordem Salvatoriana de São Basílio

  34. Marcelino Pão e Vinho…

  35. Vida de São Charbel Makhlouf…

  36. Vida do Santo Padre Pio…

  37. Sugiro “Assim Deus Mandou” (no original, “O Diálogo das Carmelitas”). É um filme em preto e branco, mostrando um convento carmelita de mártires da Revolução Francesa. O filme é muito bom, muito católico.
    Os filmes de S. Terezinha (Therese) , S. Bernadette (A Canção de Bernadete), Padre Pio (idem), A História da Natividade, Cristiada também são muito inspiradores.
    NÃO ASSISTAM: Santo Antônio, o Guerreiro de Deus. O filme não presta.
    Eu assisti um bom pedaço de “Prefiro o Paraíso” (vida de são filipe neri) e achei muito ruinzinho também.

  38. Essa minisérie de Santa Teresa é mt bom, bem fiel ao perfil dessa santassa que reformou o Carmelo e impediu a heresia protestante de entrar na Espanha. http://www.filmesreligiosos.com/2008/09/santa-teresa.html

    Esse de Santa Teresa de los andes tbm é mt bom, a melhor cena de como se morre uma santa esta nesse filme.
    http://www.filmesreligiosos.com/2010/02/santa-teresa-los-andes.html

  39. Faço duas recomendações:
    1 – Dialogue des Carmelites (Brasil “Assim Deus mandou” – 1960) – Drama de George Bernanos baseado no livro “A última ao cadafalso”, de Gertrud von le Fort, que por sua vez é inspirado na história real das Carmelitas mártires de Compiegne, na França revolucionária. Um filme de medo e esperança, extremamente comovente. Recomendo também a leitura do livro citado, é ainda mais dramático do que o filme. Francês com legenda em português: http://gloria.tv/?media=125808

    2 – Bless the Child (Brasil “a Filha da Luz” – 2000) – Suspense com Kim Basinger, um filme secular mas que para mim é genuinamente católico. Trata-se de uma menina muito abençoada que se torna alvo de seitas satânicas. Retrata um pouco da nova era, do mundo dos anjos caídos e dos santos anjos e seus servidores. Vale a pena. (não encontrei link para o filme, mas é muito fácil encontrar nas locadoras)

  40. Deixo como sugestão o excelente filme sobre as aparições de Fátima (Portugal): http://www.gloria.tv/?media=74390 . Ele chama a atenção para um remédio eficaz contra os males do mundo moderno que é a reza do rosário, além de deixar em aberto até os dias atuais o último segredo.

  41. Embora já tenham sido recomendados ótimos filmes, gostaria de recomendar também “O Grande Silêncio” (Into the Great Silence). É um documentário sobre a vida dos monges cartuxos. Tentei encontrar o filme completo no Youtube, mas parece que todos forma removidos por causa de direitos autorais.

    Recomendo o filme, pois demonstra através do estilo de vida dos monges cartuxos a primazia de Deus sobre todas as coisas. O pensamento em Deus e a oração devem guiar o nosso dia-a-dia, ou as nossas ações no dia-a-dia, mesmo vivendo no mundo.

    Publiquei em meu blog um artigo, uma resenha sobre esse filme.

    O Filme – O GRANDE SILÊNCIO (sobre os monges cartuxos)

    Se quiserem conferir, o link é este

    http://alexbenedictus-et-patensis.blogspot.com.br/2012/10/o-filme-o-grande-silencio-sobre-os.html

  42. O fim de semana já está acabando mas indico: KAROL, o homem que se tornou Papa.

  43. Não esqueçam desse:
    Quo Vadis – 1951
    .

  44. Seguem minhas sugestões de filmes imprescindíveis para compreensão do mundo em que vivemos: impasses e perspectivas. Religiosos todos já foram citados, principalmente “A Paixão”, de Mel Gibson (baseado na obra da bem-aventurada alemã Anna Catarina Emmerich: “Vida, Paixão e Glorificação do Cordeiro de Deus”, dentre outros. Sugiro os seguintes filmes:
    1- O senhor das armas (real: retrata o comércio ilegal de armas levados a cabo, hipocritamente, pelo 5 membros do Conselho de Segurança da Onu: EUA, China, França…
    2- O preço do amanhã (Em um futuro próximo, o envelhecimento passou a ser controlado para evitar a superpopulação, tornando o tempo a principal moeda de troca para sobreviver). Trata-se do perigo de se viver num mundo totalmente materialista, portanto, sem Deus. Com a instalação do chip de identidade, toda a população é monitorada pelos Guardiões do Tempo (polícia do futuro).
    4- Tróia (com Brad Pitt): Relata o interesse de cada personagem numa guerra. Rei traído (orgulho ferido), Rei conquistador (ambição), ícone do maior guerreiro (Aquiles) e pior: quem provocou a guerra saiu ileso da sangrenta batalha, covardemente. A exemplo de Nero que colocou fogo em Roma, Hitler…Bush (armas INVISÍVEIS de destruição em massa no Iraque)…
    3- “Never Let Me Go” (Não Me Abandone Jamais). Esta obra de ficção inglesa trata-se da CLONAGAEM de seres humanos para fins de doação de órgãos vitais. Até onde é lícito expandir as fronteiras da ciência e da tecnologia? E a busca da saúde, da eficiência física, da eliminação da dor e das doenças pode justificar a criação de vidas de “série B” (clones)? É lícito permitir a produção de indivíduos que aceitam a condição de escravos, sem opor resistência? Os fins justificam os meios?!? E onde fica a ética médica? Embora à primeira vista este filme pareça pertencer ao terreno da ficção científica, informamos que, atualmente, há geração dos bebês nascidos para curar, eles são geneticamente selecionados para nascerem sadios e serem doadores de medula e tecidos aos irmãos. Vide abaixo:

    Links úteis:

    FICÇÃO: (trailler do filme): “Não me abandone jamais”

    http://www.adorocinema.com/filmes/filme-144222/trailer-19311939/

  45. No apagar das luzes indico, talvez para o próximo fim de semana, o filme “A sétima morada” sobre a vida de Edith Stein, feita Santa Tereza Benedita da Cruz. Pode-se assistí-lo aqui http://pt.gloria.tv/?media=262882 . Nos mostra a vida desta mulher judia que se converte pelo testemunho de Santa Tereza D`Ávila.

  46. Lindas sugestões – Bakhita é lindo, Padre Pio, tantos, há a vida de Sta Faustina, e de Guiseppe Moscatti, ótimos também, Quo Vadis, Deus é bom!

  47. Minha sugestão é um link permanente para este post na barra lateral, a fim de aproveitar as sugestões por mais e mais finais de semana.

  48. Caro Alexbenedictus, e demais irmãos, o link por meio do qual se pode ver o excelente documentário, “O Grande Silêncio”, produzido pela Televisão Alemã, sobre a vida dos venerandos monges da Ordem dos Cartuxos, ordem religiosa conhecida como aquela que professa maior austeridade dentre todas as congregações religiosas da Igreja, é o seguinte (com legendas em português e tudo) :

    http://pt.gloria.tv/?media=152823

  49. Gostei da sugestão do Galvao.Tipo os links dos blogs Católicos!

  50. Gostaria apenas de agradecer ao FAMULOS COR MARIAE pela indicação do link do filme “O Grande Silêncio”. (Esse filme também tem um site oficial em alemão. Não sei se poderia divulgar ele aqui, por questões de propaganda). Já adicionei o link no meu post. Obrigado!
    E também dizer que achei muito interessante os outros filmes indicados pelos outros comentadores. Muito boa iniciativa de divulgar filmes católicos!