“Muita festa para os pretos-velhos”, com padres e jovens participantes da JMJ.

Escravos e antepassados negros serão louvados em ritual religioso na Praia de Pedra de Guaratiba

Extra – A costa brasileira voltará a receber negros africanos vindos de um mundo bem diferente do nosso. E que se chama plano espiritual, afirmam os adeptos das religiões afro que, diferentemente do que acontecia na época da escravidão, preparam uma recepção com muita festa para os pretos-velhos, como são chamados e conhecidos os espíritos dos antigos escravos.

As sessões espíritas na Praça Adolfo Lemos, em Inhoaíba, onde há um ponto desenhado com pedras portuguesas, acontece a cada dois mesesE o desembarque deles no mundo terreno acontecerá neste domingo, a partir das 10h, na orla de Pedra de Guaratiba. É que o bairro sedia o “2º Encontro Inter-religioso para a juventude e homenagem aos pretos-velhos e à escrava Anastácia”. O primeiro foi no ano passado, em Sepetiba.

O evento vai reunir padres, pastores e até jovens participantes da Jornada Mundial da Juventude.

— O seminário é para ajudar os jovens a seguir o caminho verdadeiro da paz, do respeito e da dignidade humana — explica Jupira Nascimento, a mãe Fomo de Ewa, organizadora da festividade religiosa.

População poderá até tomar passe de graça

Na orla de Pedra de Guaratiba, será possível tirar qualquer impureza do corpo sem entrar na água. Basta um passe com os espíritos dos pretos-velhos, que vão incorporar nos médiuns, durante a sessão espírita ao ar livre.

— Eles purificam as pessoas trabalhando com arruda, guiné e até com a fumaça do cachimbo — afirma Mãe Fomo de Ewa.

O mesmo acontece a cada dois meses na Praça Adolfo Lemos, mais conhecida como Praça de Preto-Velho, em Inhoaíba. O local é ponto de culto espírita bem em frente à imagem de Tia Maria do Sul de Minas, a escrava de um fazendeiro local que foi ama de leite do filho dele.

— Mantenho os cultos aqui para divulgar a religião, já muito discriminada. Mas sem impor ela a ninguém — conta Mãe Penha Ferreira, organizadora dos cultos na praça.

24 Comentários to ““Muita festa para os pretos-velhos”, com padres e jovens participantes da JMJ.”

  1. Não consigo entender o que um sacerdote leigos católicos vão fazer num local assim! Se fosse para tentar converter estes pagãos animistas, ótimo, porém, dar apoio a tanta ignorância e até participar da macumbaria, sem dúvida nenhuma estão negando a Fé em Jesus Cristo , ao Santo Evngelho e à sua Igreja.
    Pois é, do jeito que as coisas caminham vai faltar camisinha nessa JMJ Cor de Rosa, Arco Iris, Gayzista. Não consigo entender o estado de cegueira em que se encontram os organizadores desta JMJ, qualquer um vê claramente que ela já não é mais católica, parece mais um Encontro do Orgulho Gay.

  2. Não entendo a ligação desse encontro com a JMJ. Não há constância do mesmo no programa oficial. Pelo simples fato de dito evento realizar-se em Guaratiba, creio que é inferir demasiado, ainda que seja um “encontro inter-religioso”. A Santa Sé jamais o aprovaria.

  3. A mídia e o mundo pagão querem tornar a JMJ um evento de massas, apenas propondo paz, amor, concordia, união, etc. Nós Católicos é que temos que mostrar que se trata de um evento Católico apenas, com excessos dentro da normalidade de uma multidão de jovens do mundo inteiro. Abusos já existem e ainda haverão, mas nós enquanto Igreja militante, temos que lutar contra isso.

    Vamos com calma amigos! A mídia é mentirosa mesmo e não mudará!

  4. isso é um absurdo! É uma ofensa a Santa Doutrina da Igreja que sempre condenou tais práticas, padres, pastores, leigos envolvidos na JMJ completamente cegos espiritualmente.

    Querem que a JMJ seja motivo de orgulho para a Igreja Católica no Brasil ou seja motivo de chacota?

    Faço minhas as palavras do Santo Padre o Papa Francisco:

    – “Quando não confessa Jesus Cristo, confessa o mundanismo do diabo, o mundanismo do demónio”

  5. Vamos dar os nomes aos bois?

    Feitiçaria, e das brabas!

    Passe é passar uns capetas para alguém.

    Que espírito nada! Os que passeiam por este mundo são anjos ou demônios. Morreu, não tem como voltar a não ser que Deus o queira [confiram a parábola de Lázaro pobre].

  6. Lv 19,31: Não vos dirijais aos espíritas nem aos adivinhos: não os consulteis, para que não sejais contaminados por eles. Eu sou o Senhor, vosso Deus.

    Lv 20,6: Se alguém se dirigir aos espíritas ou aos adivinhos para fornicar com eles, voltarei meu rosto contra esse homem e o cortarei do meio de seu povo.

    Dt 18, 10-15:
    10. Não se ache no meio de ti quem faça passar pelo fogo seu filho ou sua filha, nem quem se dê à adivinhação, à astrologia, aos agouros, ao feiticismo,

    11. à magia, ao espiritismo, à adivinhação ou â invocação dos mortos,

    12. porque o Senhor, teu Deus, abomina aqueles que se dão a essas práticas, e é por causa dessas abominações que o Senhor, teu Deus, expulsa diante de ti essas nações.

    13. Serás inteiramente do Senhor, teu Deus.

    14. As nações que vais despojar ouvem os agoureiros e os adivinhos; a ti, porém, o Senhor, teu Deus, não o permite.

    15. O Senhor, teu Deus, te suscitará dentre os teus irmãos um profeta como eu: é a ele que devereis ouvir.

    Sinal dos tempos?

    1 Tm 4, 1: O Espírito diz expressamente que, nos tempos vindouros, alguns hão de apostatar da fé, dando ouvidos a espíritos embusteiros e a doutrinas diabólicas […].

    Como fica o clero e os leigos ignorantes diante disso?

  7. Comentário excluído a pedido do leitor – 02/09/2013.

  8. kkkkkkkkkkkkk saravá oxénte! Muito axé para defensores dessa balada esquisita…

  9. Sancte Michael Archangele,
    defende nos in proelio;
    contra nequitiam et insidias diaboli esto praesidium.
    Imperet illi Deus, supplices deprecamur:
    tuque, Princeps militiae Caelestis,
    satanam aliosque spiritus malignos,
    qui ad perditionem animarum pervagantur in mundo,
    divina virtute in infernum detrude.
    Amen.

    São Miguel Arcanjo, Príncipe dos Exércitos do Senhor, rogai por nós!

  10. A informação de que padres e leigos ligados a JMJ só aparece no título da notícia. No corpo da mesma não e falado, em nenhum momento, sobre o assunto.
    Se, lamentavelmente, existir alguma participação de membros da igreja católica, com certeza, não tem autorização dos bispos da Arquidiocese do Rio de Janeiro. Temos que tomar cuidado com as notícias maliciosas que nossa mídia marrom publica.

  11. Heitor, o problema da Igreja n é a mídia, é a hierarquia. Me diga o que tem a ver feijoada em quadra de escola de samba com a JMJ? A mídia apenas noticiou A HIERARQUIA no Rio de Janeiro MARCOU.
    Veja que foto linda! (garanto que a minha feijoada é mais bonita e mais gostosa)
    http://noticias.uol.com.br/album/2013/04/13/cem-dias-para-jmj-comissao-do-evento-comemora-proximidade-da-visita-do-papa.htm#fotoNav=10

  12. Glorioso Príncipe das Mílicias Celestes, rogai por nós!

  13. A crise na Igreja chegou ao máximo. A própria Diocese promovendo “Passe Espírita”.
    Senhor Bispo, Senhores Padres da Diocese, os Senhores são Católicos?

  14. Não precisam se preocupar. Essas religiões afro estão acabando. Os africanos tão virando muçulmanos e aí a banda vai tocar diferente. Os católicos ao invés de converterem, aderem mas deixa os seguidores do Islã não são assim. Eles vão converter. E bem convertidinho.

  15. EU sei da grave culpa do clero. O problema da crise atual é do clero. É sabido e notório isso. Agora, é uma parte do clero – hj grande, mas ainda assim uma parte. Assim como é uma parte dos jovens que vão para essas jornadas e querem torná-las um “Rock in Rio Cristão” ou associá-la com doutrinas irenistas ou pagãs. Se nós não conseguirmos fazer esse discernimento, ninguém mais o fará. A mídia é toda contra nós e ela sim, quer fazer da JMJ um evento pagão.

    Eu, Heitor, particularmente, tenho profunda convicção que de a doutrina espírita é Satãnica, mentirosa e enganadora. A minha família quase foi destruída em virtude dessa maluquice. E já conheci mais de um sacerdote defensor dessa prática infernal e outros tantos “Católicos” que vêem com bons olhos. A boa intenção dos seus adeptos podem inocentá-los, mas não o protegem do inimigo. O Inimigo de Deus não tem nenhum compromisso com a nossa ignorância.

  16. Isso tudo cada vez mais se torna um benefício para católicos honestos. Com padres e leigos fazendo esse tipo de coisa fica, fácil ver que eles de fato não pertencem ao rebanho de Cristo. Fica ai um exemplo a não ser seguido. Declararam-se assim definitivamente inimigos da Cruz e do Evangelho.
    Anátema sejam.

  17. Ana Maria Nunes,

    Na mosca! Essa eu vi na Globo. Realmente, não entendi nada de nada.
    Depois de uma vigília organizada pela Arquidiocese do Rio de Janeiro, com missa e tudo, no dia seguinte, vimos alguns católicos – e turistas também – junto com D.Orani em uma quadra de escola de samba. Segundo a reportagem a feijoada foi para repor as energias depois da vigília…
    Um grande abraço!

  18. Os únicos escravos nessa “coisa” são os seguidores dessa crença: escravizados pelo diabo.

  19. Só uma comparação entre sacerdotes do CVII e os mediuns espiritas:

    1-) São João Maria Vianey e o Padre Pio de Pietrelcina ficavam 12 horas no confessionário dando orientação espiritual – tem padre que não faz em um ano o que os santos sacerdotes faziam em um só dia. Tem um documentário da Rai italiana em que os fiéis pegavam senha para poderem serem atendidos pelo Padre Pio.

    2-) Enquanto as igrejas estão vazias e o padre quando mau aparece é para rezar a missa abana braço, os mediuns espiritas ficam dando orientação espiritual por horas a fio nos centros espiritas.

    3-) O mais absurdo é que hoje a maioria dos ex-catolicos frequentam a missa e o centro espirita, minha avó professora de catecismo abana braço-só não pula porque é velha, converteu todos seus filhos ou ao espiritismo ou ao protestantismo, nenhum mais é católico e segundo a doutrina espirita o espirita tem que por seus filhos no catecismo católico para aprender o “beabá” porque, como o catolicismo ( do CVII é claro) não tem doutrina, quando adultos os mediuns dão uma doutrina. Como nada se aprende no catecismo de hoje – eu mesmo fiz dois e mais um de crisma e nunca havia aprendido nada, se não fosse a santa internet e blogs como este…

    No mais espero a grande festa do Juizo Final em que Nosso Senhor irá mandar um monte gente para o lado esquerdo onde haverá dor e ranger de dentes.

  20. “Mantenho os cultos aqui para divulgar a religião, já muito discriminada. Mas sem impor ela a ninguém ” Mãe Penha Ferreira

    Se ela fosse católica tradicional , fizesse oposição ao Concílio Vaticano II e a desconstrução da fé católica por meio de eventos como esse , ai sim ela veria o que é ser discriminada !!!

  21. SE o nosso problema fosse uma parte do clero, n teríamos os problemas que temos.
    SE o nosso problema fosse uma perte dos jovens ou leigos em geral, n teríamos os problemas que temos.
    ‘O seja cunpaneros’ o nosso problema é falta de patologia Católica.

    Procurem por uma entrevista com os jovens no Fantástico sobre JMJ, é vergonhoso!

  22. Errado é o católico tradicional. Este é chamado até de neonazista, como aquele diácono do enevento do herege Betto.

    Agora, o relativismo pode, afinal tudo é lindo e maravilhoso, tudo é permetido e agrada a Deus para esse pessoal progressista.
    Que vergonha.

  23. Lucas Coletta escreveu a mais pura realidade.

    Conheço várias vítimas desse sistema. E é muito difícil resgatá-las das mãos do demo – as cabeças delas ficam bagunçadas para sempre [e suas famílias, idem].