“Quando o pastor se torna lobo…”

“…  é dever do rebanho, primeiro, defender-se. Normalmente, a doutrina flui dos Bispos para o povo fiel, e os súditos não devem julgar os seus chefes. Mas, no tesouro da Revelação, existem certos pontos que cada Cristão necessariamente conhece, e deve obrigatoriamente defender” (D. Prosper Gueranger, L’année liturgique – Le temps de la septuagesime, Tours: Maison Mame, 1932, pp. 340-341).

Tags:

5 Comentários to ““Quando o pastor se torna lobo…””

  1. Serve para o Papa? Bem que merecia essa postagem! Venha a censura a este comentário..

  2. É,essas imagens fazem a gente pensar.

    Fiquem com Deus.

  3. É o que estamos fazendo em Betim/MG. Deus e a Virgem nos ajudem!

    http://auxiliodoscristaos.blogspot.com.br/

  4. O lobo aí são os Bispos e os padres modernistas? No vídeo ficou claro que nós devemos nos auto-defender porque esperar do atual clero progressista algum auxilio vamos virar comida de lobo. Se até certas estrelas da Canção Nova e da Rede Vida defendem a pratica do aborto como o Chalita e o Edinho, que são crianças inocentes no ventre materno, o que dizer da esquerda católica, criadora do PT deseja de nós? Gulags, campos de concentrações é só o começo.

  5. Se o chefe for realmente chefe, tudo bem. Mas quem não é membro da Igreja pode ser chefe nela? Segundo Catecismo Romano, a resposta é não.