Bomba: CNBB pede por retirada de urgência do PL…

… que define marco regulatório da mineração….

Rá! Pegadinha do Steiner!

23 Comentários to “Bomba: CNBB pede por retirada de urgência do PL…”

  1. Cômico, muito cômico.

  2. Mas a gente tem que obedecer esses caras quando eles proíbem a Missa de Sempre em prol de cultos ecumênicos. Onde está a lógica nisso? Não se trata nem de uma questão de obediência antes a Deus que aos homens, e sim de obediência à lógica, ou ainda, obediência à própria consciência.

  3. Que susto ! Achei que era pedindo a retirada do PLC 03.Esta sim é a verdadeira CNBB.

  4. Não é razoável que um tema dessa relevância, que tem influências de diversos tipos sobre o conjunto da sociedade brasileira, seja debatido e aprovado em prazo tão exíguo de 90 dias sem que a sociedade tenha chance de apresentar suas críticas, considerações e sugestões de melhoria”, diz o documento entregue à ministra. “É impossível que, em apenas 45 dias, os deputados ou senadores tenham tempo de fazer uma análise com a profundidade que o assunto merece”, acrescenta o texto.

    Isso é que interessa, pra essa CNB do B!!!
    Almas nem pensar….

  5. Já que esse evento mundano da “Jornada Mundial da Juventude” será realizado mesmo, por que esses católicos conservadores populares que lá estarão não aproveitam para levantar cartazes contra a CNB do B, contra o aborto, contra a união de pessoas do mesmo sexo, contra o PT , contra o Foro de São Paulo,…e todas as aberrações que hoje assolam o Brasil?

  6. what ? ! i ? ta de brincadeira, e O PLC 03/2013 deve ser parcialmente vetado? mysterium iniquitatis

  7. Obedecer a CNBB é simplesmente suicidar a Fé Católica.

  8. Trágico Roger, muito trágico!

  9. A sugestão de Renato Lima é boa e exeqúivel.Basta que dez leitores do Fratres, residentes perto do local, se reunam, redijam e preparem cartazes em linguagem clara e sem ambiguidades, contribuam com cem reais cada um, para os gastos, e os exibam em lugares e momentos estratégicos, entre outros, perto de câmaras de televisão.Junto delas, é preciso ser criativo, senão não focam, ou eliminam do que for para o ar.Fazer algo inusitado pode obrigar o assunto a ser divulgado( uma criança de 10 anos correndo com um cartaz, na direção do Papa, por exemplo).Pode-se adicionalmente pagar umas quatro pessoas para segurarem faixas.Se os grupos abortistas e homossexuais podem pagar quinhentos “seguradores de faixas”, por que não podemos pagar três ou quatro?

  10. Seria cômico, se não fosse trágico.
    CNBB fechando os olhos diante da matança de inocentes.
    Ministério da Defesa/PMERJ já disseram que irão barrar cartazes e máscaras. Essa medida é para evitar manifestações como as do “passe livre”, durante a missa lá no Campus Fidei. Só que com isto, qualquer movimento contra a PL-03/2013 será barrada por eles.

  11. Não sou jurista mas como católico acho que devemos processar a CNBB por desvio de função, Cuidar das almas a qual cada bispo tem a função e foi enviado por Deus para tal, não fazem, agora cuidar de mineração, água, terra etc eles são ótimos, Que Deus nos proteja, porque se depender dos seus operários estamos fritos

  12. Fazendo pegadinha desse jeito pode até trabalhar com o Serginho Malandro… Para o nosso bem e o de toda a Santa Igreja.

  13. Aproveitando, uns cartazes pedindo o fim da CNBB não seria má ideia…

  14. Caro Lamartine, não se pode fazer isso porque é eticamente imoral: você quer dar uma falsa sensação à mídia, para que divulgue algo que é, segundo vc, o pensamento da maioria? Porque pagar? Vá você, quem sabe, expor suas ideias… usar os mesmos métodos de quem você condena? Uma atitude certamente lamentável e pouco cristã (compromisso com a verdade é parte do ensinamento cristão). São tão corajosos aqui, escondidos e iluminados pela tela do computador…

  15. Lamartine e Renato, só é preciso ter cuidado…

    http://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2013/07/18/exercito-podera-retirar-de-evento-com-o-papa-no-rio-quem-exibir-cartaz-de-protesto.htm

    Por isso, pessoas que exibirem cartazes com mensagens de protesto durante os eventos com a presença do papa Francisco poderão ser retiradas do Campus Fidei, segundo afirmou nesta quinta-feira (18) o general.

  16. I DON’T BELIEVE.
    Ce n’est pas possible.

    A CNBB se tranformou no Eike Batista religioso, pois atira pra todo lado e não acerta nenhum alvo.
    Moral: FALIUUUUU!

  17. Dona Maria 2: Parabéns, alguem, enfim, disse: “…ilumados pela tela do computador…”.
    Jóia!

  18. Fratres,

    pessoal de Brasilia, sugiro organizar um dia de rosários em frente a CNBB em…… Com antecedência, sendo final de semana, acho que vale a pena….. Já pensou ? Mil pessoas em frente a CNBB ?

  19. É de chorar.

  20. Sugiro que usem uma tarja preta na JMJ. Quanto a CNBB… É uma vergonha !!!

  21. Galvão, eu acredito que aparecerão cartazes no evento, só que serão cartazes com dizeres idiotas como:

    Eu sou de…(nome de cidades); Eu fui ver o Papa; viva a diversidade;…então se levantarem cartazes com dizeres realmente relevantes, provavelmente nem a segurança do local poderá fazer nada.

    Repito o que para mim são dizeres relevantes: Cartazes contra a CNB do B, contra o aborto, contra a união de pessoas do mesmo sexo, contra o PT , contra o Foro de São Paulo,…e todas as aberrações que hoje assolam o Brasil?

    Maria 2, católicos verdadeiros não tem medo de mostrar o seu amor pela Madre Igreja e pela moral católica. Então de onde você tirou que indo a “JMJ” levantando cartazes contra todo o tipo de imoralidade hoje no país, muitas delas apoiada pela CNB do B, é “se esconder atrás do computador”?

  22. Minha irmã Maria 2, eu queria ter o seu dom do “discernimento do espíritos!”. Como você sabe ver bem dentro da minha alma, e como você sabe ver que os inimigos de Deus fazendo arruaças, levantando cartazes a favor de assassinatos são éticos, e alguém fazendo coisa superficialmente parecida, mas essencialmente diferente, a favor da Vida, da Liberdade, da Saude Mental, da Decência, é algo antiético!
    A ética da CNB do B.
    A ética da submissão, da acomodação, da subserviência, da covardia disfarçada de equilíbrio.
    Deixa informar uma coisa: quarta feira passada, há quatro dias, tive um infarto do miocárdio. Sabe como é, creio. Dor intensa, risco de morte imediata, etc. Fui para a emergência, coloquei um stent, 24 horas depois fui para casa, umas 30 horas depois estava sendo iluminado pela tela do computador. Sou um jovem de setenta e sete anos e, por isto, já estava trabalhando na sexta feira, e mais ainda no sábado, coincidentemente atendendo uma assassina arrependida, cheia de impulsos suicidas, perdendo peso, por ter matado um filho no ventre e também um homossexual muito inteligente, muito capaz, que vem de outro Estado para fazer psicoterapia comigo. Corri risco( moro a 25 quilômetros do meu consultório, é um caminho complicado, subo e desço colinas com o carro), mas ajudei uns poucos irmàos.Sou psicoterapeuta, especialista em psiquiatria( portanto, médico), professor universitário, cônsul e unas cositas más. Conheci Bergoglio em Buenos Aires, onde vou frequentemente, e estive com Bento XVI, a ultima vez, no Vaticano, a 11 de maio de 2011. Aliás, ontem mandei uma mensagem ao Bispo de Roma( não sei se ele terá tempo de ler, e se chegará aos olhos dele. No Vaticano, tem muita gente ocupada em ser caridosa, mostrar compreensão, “moderar”correspondências, pagar comissões, etc.).
    Em poucas palavras, pedia que solicitasse, claramente, a Dilma( procurando na internet, você verá fotografias minhas com ela, com Lula, com Hugo Chavez e outros) que vetasse, totalmente, esta imundície chamada de “lei aprovada” que introduz a liberdade de matar inocentes pela porta dos fundos.
    Em resumo: tenho 77 anos, estou infartado, estou trabalhando, viajo para muitos lugares do mundo( assuntos diplomáticos, médicos, científicos e também de militância religiosa, a favor da vida, sem desculpas, a favor da liberdade de expressão do pensamento, a favor de informar a todos que homossexualismo é doença psicodinâmica adquirida e curável( além de muito mau gosto…), etc.
    Escrevo, publico livros, dou conferências, articulo ações e coisas assim.
    Umas trinta vezes( inclusive hoje de tarde, numa Missa, celebrada numa cidade vizinha, a convite do Pároco, meu amigo) falei em Missas, algumas vezes em cultos protestantes. Minha querida, quando você usou seu computador, para enviar seu profundamente meditado, humilde e generoso julgamento exposto acima, a luz da tela iluminou um pouco o seu rosto? Mande-me suas bençãos.