Menino britânico de 8 anos é expulso de colégio e enviado a psicólogo por desenhar Jesus Cristo na cruz.

Por Alerta Digital | Tradução: Fratres in Unum.com – Um pai do Reino Unido está indignado depois que seu filho, de 8 anos, foi enviado pela escola de volta pra casa para que fosse submetido a uma avaliação psicológica após desenhar a figura de Jesus Cristo na Cruz.

O pai afirma que recebeu uma chamada, no início deste mês, da escola pública primária de Maxham, que o informava que seu filho havia criado um desenho violento. A imagem em questão representava um Jesus crucificado com um “x” que cobria seus lhos, para indicar que havia morrido na cruz. O menino também escreveu seu nome sobre a cruz, na placa do I.N.R.I, como se fosse uma assinatura.

O menino fez o desenho na sala de aula depois que o professor pediu aos alunos que pintassem algo que lhes recordava o Natal.

“Creio que o que ocorreu é que, por colocar o “x” nos olhos de Jesus, o professor se assustou e pensou que era uma imagem violenta”, afirma o pai, ainda sem acreditar. “O fizeram sair da escola antes de todo mundo e me recomendaram um psiquiatra para fazer nele uma avaliação”. A escola, de fato, exigia esta avaliação antes que o menino pudesse regressar às aulas, afirmou o pai.

O menino está tão traumatizado com o incidente que foi necessário trocá-lo de escola.

Tags:

16 Comentários to “Menino britânico de 8 anos é expulso de colégio e enviado a psicólogo por desenhar Jesus Cristo na cruz.”

  1. Incrível a engenharia social em estado tão avançado nos países protestantes. Pobre garoto, que os pais saibam conduzir a situação para que isso não lhe leve a abandonar o caminho da fé.

  2. Porém se ele tivesse desenhado dois homossexuais, chamando-os de “Adão & Ivo”, seria aclamado como ícone (sic!) da tolerância e do amoooooorrrr.

    A razão da Cruz literalmente é loucura para o mundo.
    Senhor, tende piedade do pobre garoto e de sua família!!!

  3. Nos tempos que estamos vivendo. Isto e so o começo. Imagina se o menino fizesse um comentariodizendo que Jesus também os Gays… nossa seria preso por homofobia.

  4. A culpa é sua.Ficamos com conversas enquanto o mundo desaba. O Reino dos Céus ;e difícil de alcançar, e somente os violentos o arrebatam. Arrebatam, não “assimillam suavemente, em gentis processos de inclusão”.Ainda temos forças para agir supracriticamente.
    O Papa vem ao Rio.
    Dez pessoas, com cartazes, senso de oportunidade e criatividade, podem mudar o curso das coisas.
    Os procedimentos de censura, discriminação e agressão contra o Cristianismo crescem, sistematicamente, na Europa, nos EUA e em muitos lugares, especialmente no Brasil.

  5. O importante é o papai noel! E nunca lembrar que CRISTO morreu na cruz por nossos pecados!

  6. Concordo que seja um absurdo retirar o garoto da escola por tão pouco mais… ELE NÃO FOI EXPULSO DO COLÉGIO. Refaçam a chamada, não podeis divulgar propaganda enganosa.

  7. Bem, esse menino bem sabe que fomos resgatados por um alto preço! Ao contrário de muitos “ministros” que repudiam o Crucificado da sua própria Igreja! Mas uma vez, Deus usa dos pequenos para confundir os “sábios”

  8. SE essa gente se aproxima do meu filho nos interna kkk
    Ano passado meu filho defendeu em sala de aula que n poderia ir ao baile pq ele É Católico e vai a Missa todo domingo. A cada dia uma criança faz uma oração, na vez dele ele fuzilou: rezou a ave Maria em LATIM!!!

    Aproveitando gostaria de perguntar novamente aos senhores liturgos: pq as crianças que frequentam a Missa em latim entendem a missa e as crianças de missa nova entendem de funk? Meu filho têm 7 anos e meio e sabe os mandamentos, preceitos da Igreja, principais mistérios da Fé (disserta sobre cada um deles perfeitamente), reza o terço EM LATIM enfim, ele é CATÓLICO.

    Como disse São João Crisóstomo: http://anamarianunes.wordpress.com/2013/06/04/sao-joao-crisostomo-frases/

  9. Quem realmente estão precisando de psicólogos são os professores e os diretores dessa escola, se é que se pode chamar isso de escola.

  10. Isto também é um sinal dos tempos. O mal está disseminado e tentando destruir o que é sagrado. A imagem de Jesus na cruz já incomoda aqueles que não crêem, em Cristo. Eles nem se deram ao trabalho de perguntar ao menino o que significou, para ele, seu desenho, e por que colocou o x sobre os olhos de Cristo. Provavelmente a visão do menino seria bem diferente da que eles imaginaram. O problema dos adultos é querer identificar os sinais das crianças pelas suas próprias crenças e interpretações. Se a escola exigiu que ele passasse por um psiquiatra antes de voltar, praticamente disse:- Não o tragam de volta, pois é perigoso.
    Jesus e seus ensinamentos hoje, incomodam muita gente!.

  11. 1 – O caso ocorreu em Massachussets, EUA. Não na inglaterra. Massachussets fica em uma região dos EUA chamada de Nova Inglaterra, o que possivelmente gerou o erro de tradução.
    http://www.catholic.org/national/national_story.php?id=35040

    2 – A escola nega ter suspendido o aluno e que o desenho em questão seja o que gerou a recomendação do psicólogo:

    Acredite ou não, o contraditório é necessário.
    E lembre-se que tanto EUA quanto Reino unido são de amioria protestante, e portanto cristãos.

  12. Lembrei-me imediatamente das palavras de S. Paulo que são eternas e válidas em todos os tempos:

    “Nós, porém, pregamos Cristo crucificado, o qual, de fato, é escândalo para os judeus e loucura para os gentios”

    De facto, naquele tempo e no nosso tempo a cruz é loucura e causa de escândalo. Os homens de hoje não sabem porque vivem, por isso não sabem porque morrem. Não entendem o sofrimento como uma graça necessária à Salvação. Não sabem que é preciso nascer de novo como esse menino, que na sua simplicidade, associou o Natal como o nascimento de um novo “Eu”, depois de pregado na cruz o velho e pecador. Também me lembro que virão tempos em que os homens não suportarão mais a sã doutrina, limparão os ouvidos e arranjarão novas doutrinas para si mesmos.
    Em todas as épocas da história existiram homens assim, mas creio que atualmente estamos a ver uma massificação do espírito anti-cristão que a Palavra de Deus tão sabiamente nos revela.

  13. Na verdade o colégio me pareceu cristão até demais. E muito rígido por sinal! Suspendeu o aluno só por ter confundido Natal com Páscoa e quis se fazer passar pelo próprio Jesus colocando seu nome na plaquinha da cruz… Foi realmente uma blasfêmea…

  14. “Humiliavit semetipsum usque ad mortem, mortem autem crucis”, como dito em Filipenses. A fúria contra a pobre criança só faz aumentar nosso apego ao único Salvador; parabéns ao bravo menino. Parabéns à fiel Ana Maria Nunes: continue a conduzir seu filho pelos caminhos da fé tridentina; Cristo confia a esses pequeninos a sobrevivência da Igreja no futuro.

  15. Dimas da Cruz Oliveira, obrigada :)