Triste noite de quinta-feira.

O blog continua em recesso. Rezemos pela nossa Pátria.

Tags:

13 Comentários to “Triste noite de quinta-feira.”

  1. Todo ato humano tem consequências: agradáveis ou desagradáveis. O governo brasileiro assumiu explicitamente a chefia da “Cultura da Morte” no Brasil. Portanto, o Brasil colherá os frutos da Maldição, pois a preferiu ao invés da “Bênção da Vida”.

  2. Parece que o blog não consegue entrar em recesso…Parabéns aos incansáveis editores.

    • É, Bruno… Isso porque o recesso deveria ter ocorrido no mês passado! Só esperamos que o Papa não consagre a Rússia em agosto. Ou melhor, que consagre sim, e o recesso acabará com muito gosto. Salve Maria! ;-)

  3. É nessas horas que vem o pensamento – será que se o Papa tivesse combatido claramente, citando inclusive essa lei e pedindo à “presidenta” que não o aprovasse isso teria acontecido? A não ser que ele não tivesse essa informação. E se tinha por que se omitiu?

  4. E caberia culpa também à CNBB que deveria informar Sua Santidade sobre o fato. Omissão também é grave pecado.

  5. Para quem ainda não está a par da PLC 03, indico esse vídeo do Pe. Paulo Ricardo de apenas 10 minutos:
    Esclarecimento sobre a PLC 03-2013

    http://www.youtube.com/watch?v=TTwkr0uaoJM (Visualização)

  6. Nós, os que somos de meados do “século do nada”, o XX, podemos testemunhar aos mais novos o que representava JEAN MADIRAN naquele tempo de surpresas.

    Hoje, depois de décadas do modernismo que se infiltrou pelas Portas da Igreja (e aqui nada digo que já o não tenha dito PAULO VI ao referir-se à “fumaça de Satanás”), talvez os mais jovens não possam compreender de todo o que representou, àquela altura desde fins dos anos 50s, o processo de “mudança do paradigma” pontifical.

    Naqueles tempos de estupor, quando perante os olhos católicos desfilavam a “bondade” abdicativa da autoridade, tomando corpo em JOÃO XXIII, e a hamletiana pastoral de PAULO VI, víamos abismados a ruptura da Tradição, e ler as páginas de “Itinéraires”, com o selo inconfundível de MADIRAN, era sempre uma nutrição de Fé e um alento para combater o Bom Combate .

    Ainda me lembra, era um artigo de “Itinéraires” em que nosso autor dizia “Demain, le pape…”, amanhã o Papa (e dói-me dizê-lo que isto agora tarda), sim, amanhã o Papa restaurará a Fé, renovará a Esperança, recobrará a Caridade, porque possíveis não são esta e a Esperança sem a Fé católica, é dizer, a Fé inteira, integral, plenária, expressa e confirmada, muito bem correspondida com a lei da oração.

    “Demain le pape…”. Já são décadas passadas. Hoje não há mais susto, não há mais surpresa… Mas ainda resta a desolação dos que viveram o “século do nada”… “Demain le pape”: ainda esperamos, é verdade, e continuaremos a esperar firmes na Fé (tanto DEUS nos conceda a graça de perseverar), a esperar o Papa da Restauração. Ou, quando não, a Paixão da Igreja!

    “Demain le pape”… mas, por agora, é o tempo de dar mostras da observância do dever de piedade. Muitas Ave-Marias peço a todos pela alma de Jean MADIRAN. E, sem aqui ocorrer-me usurpar no mínimo que seja o Juízo de DEUS Nosso Senhor, tenho, porém e isto não o nego, a confiança de que essas Ave-Marias servirão para aumentar a glória acidental do catolicíssimo que foi MADIRAN.

    Ricardo Dip

  7. O GOVERNO COMBATE O MAL COM UM MAL MAIOR!
    UMA SIMPLES ALEGAÇÃO SE ESTUPRO SERVIRIA PARA PROCEDER À SUPOSTA “PROFILAXIA”…
    Em assuntos polêmicos, os comunistas apertam o cerco aos poucos, dissimulando isso e aquilo; fingimento faz parte da essencia deles.
    Quem acreditará que será apenas para os reais casos de estupro, já que uma simples alegação seria suficiente, dispensando BO policial confirmando-o?
    Quem crer que a tal medida conterá os aborto, engana-se; ao contrario, estimularia as ações abortistas e paulatinamente abrirão novas brechas para a plena legalização.
    Nem tudo que é legal é moral, principalmente se provindo de regimes material-ateístas, não podendo os seguir, mas como diz a bíblia em At 5,29… “É preciso antes obedecer a Deus que aos homens”.
    Isso é um dos planos do comunismo internacional-NWO com apoio em particular de esquerdistas religiosos, da TL e associados, da suposta ala vermelha da CNBB, quer infiltrados ou subvertidos para idiotizar as populações para alienar e facilitar-lhes a imposição de um governo anti Cristo mundial, totalitarista, fortemente opressor, materialista e ateu, ao estilo nazista e fascista, dos vigentes na China, Cuba, Coreia do Norte, etc.; também todos os protestantes esquerdistas da CMI colaboraram com os marxistas!
    É um esquema que adentrou o Brasil desde a saída dos militares via socialismo, agora o irmão gemeo comunismo do gênero stalinista PT.
    Ai de vós, aqui no Brasil, também povo, eleitores do PT, patrocinais isso contra a fé católica, contra si, família, sociedade e sereis oportuna e duramente interpelados de conspirardes contra Cristo/Igreja e vos associardes a Satanás!

  8. A respeito do “Obrigado CNBB”, aconselho a leitura de:

    Mais um dia de luto na História do Brasil: 1º de agosto de 2013

    http://blogdafamiliacatolica.blogspot.com.br/

  9. Que igreja precisa de inimigos tendo a corja da CNBB entre seus lideres ?

  10. A história poderia ter sido outra se o Papa se pronunciasse mais claramente sobre o tema – terá sido informado pela CNBB? – e se a própria Igreja no Brasil tivesse adotado um discurso único e contundente na defesa da vida.
    O que vimos foram, de um lado, poucos partidários da vida com pouco poder, e, de outro, um grande silêncio da Conferência – que tem canal direto com o governo – para, segundo vozes dela mesma, não desagradar à Presidente, emitindo no máximo uma notinha tímida pleiteando um ridículo veto parcial.
    Do governo marxista veio a resposta que, infelizmente, era de se esperar: enquanto a Igreja ficou discutindo se o veto devia ser total ou parcial, impuseram a vontade deles: veto nenhum. Sabem muito bem usar a Igreja quando lhes convém, para passar despudoradamente por cima dela quando querem. Quando nossos Bispos vão finalmente acordar para essa realidade? Ainda estarão preocupados em não desagradar à Presidente?

  11. Requiescat in pace

  12. Obrigado Francisco !