Confusão em Igreja de Belo Horizonte impede celebração de Missa. O comunicado da Arquidiocese, que não move uma palha contra Frei herege.

Belo Horizonte – Voto Católico | 27 de janeiro de 2014 | Aproximadamente uma centena de pessoas interrompeu de forma violenta a celebração de uma missa no último domingo, 26 de janeiro, na igreja Nossa Senhora do Carmo, zona sul de Belo Horizonte. Segundo os manifestantes, a confusão foi provocada para evitar a suposta ‘remoção’ do religioso carmelita Cláudio Van Balen.

Frei Evaldo Xavier Gomes, pároco de Igreja em questão, iria celebrar a Santa Missa em ação de graças por sua recente eleição como prior da Província Carmelitana de Santo Elias (que abrange os estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Brasília, Bahia e Tocantins) às 11:00 da manhã, horário em que normalmente celebra Van Balen.

As pessoas inconformadas, que fazem parte do grupo que apoia incondicionalmente os trabalhos do frei holandês, estavam previamente organizadas para impedir a celebração, convocaram a mídia, especialmente a alguns jornais locais onde tem contatos, e mantiveram contato direto com ele via telefone celular, informando-o de como os acontecimentos se desenvolviam.

Vídeo da confusão:

Frei Cláudio Van Balen, de 80 anos, foi pároco de Nossa Senhora do Carmo por mais de 40 anos, há cinco foi aposentado em função da idade, e é conhecido em Belo Horizonte por suas ideias contrárias aos ensinamentos da Igreja Católica, entre outras coisas seu apoio aos diversos ‘modelos’ de família, o divorcio, a homossexualidade, o aborto, a eutanásia, a luta de classes como fator decisivo nas reivindicações sociais.

Os atos litúrgicos presididos por ele são celebrados ‘a modo próprio’, os textos da Sagrada Escritura e as formulas da consagração eucarística e do batismo são modificados ao gosto do frei, divorciados em segunda união recebem a comunhão, durante o tempo em que foi pároco a confissão foi erradicada e a maior parte das imagens religiosas retiradas.

Para seus seguidores, estes aspectos e seu engajamento em lutas políticas e sociais, geralmente sob bandeiras da esquerda, lhe caracterizam como um padre moderno, capaz de adaptar o discurso religioso ao mundo contemporâneo.

Antes da missa, os seguidores de Van Balen começaram a falar com as pessoas que se preparavam para participar da celebração – ao todo entre 350 e 400 – que a missa seria presidida por outro padre o que sinalizaria uma possível retirada de Frei Claudio da Paróquia.

Um homem de aproximadamente 50 anos conclamou em alta voz a que todos se levantassem antes do início da celebração, gritando o nome de frei Cláudio, pois, segundo ele, seus superiores estariam tentando expulsá-lo. Assim que as intenções da missa começaram a ser mencionadas, a leitora foi interrompida por vaias e gritos que mencionavam insistentemente o nome do frade holandês.

Várias tentativas de iniciar a celebração foram feitas, todas sem sucesso. Cerca de dez minutos depois, o pároco, Frei Evaldo Xavier, se dirigiu da sacristia para o altar junto com os concelebrantes, Frei Tinus Van Balen – irmão do Frei Claudio-, Frei Wilson Fernandes e Padre Luís Henrique Eloy. Tentou iniciar a celebração, mas foi impedido pelos seguidores que tomaram também o presbitério.

Alguns fiéis da paróquia que desejavam participar da missa tentaram dialogar, pedindo que tudo fosse resolvido com calma, mas os manifestantes lhes responderam com agressividade, aos gritos, xingando-os, empurrando-os e afirmando que ‘a igreja do Carmo é de Frei Claudio’.

Dois soldados da Polícia Militar estiveram presentes no templo, mas o pároco pediu que eles fossem embora, pois a situação seria resolvida sem a necessidade de intervenção externa.

Frei Evaldo começou a rezar o terço de joelhos diante da imagem de Nossa Senhora do Carmo e muitos fiéis o acompanharam, mas os seguidores do frade holandês tentavam a todo custo impedir a oração e, xingando palavrões e batendo na mesa do altar, aumentavam as vaias. As crianças que estavam na Igreja ficaram assustadas e choravam.

Depois de mais de 40 minutos de tensão, Frei Evaldo se retirou com os paroquianos para a sacristia e anunciou que a missa seria celebrada no salão paroquial. Quase uma centena de pessoas participou da celebração, que começou por volta de meio-dia.

Os que protestavam, em sua grande maioria idosos, chegaram a ameaçar de agressão física os fiéis, alguns jovens fieis presentes afirmaram ter levado tapas no rosto e cusparadas, mas não se defenderam por causa da idade do agressores.

Os seguidores de Van Balen asseguraram ter recebido um e-mail do frade informando-os que seus superiores tinham decidido se ‘desfazer dele’ pedindo a saída da paróquia e enviando-o a Lagoa Santa. Segundo vários dos manifestantes, aquele correio eletrônico foi decisivo para organizar o boicote da missa.

Frei Evaldo Xavier Gomes, pároco há mais de dois anos de Nossa Senhora do Carmo, informou que é pratica comum na Igreja que haja rotatividade de padres nas paróquias, de tempo em tempo párocos e vigários são mudados de local,  e padres com mais de 75 anos se aposentem.

Disse que inclusive Frei Cláudio foi convidado para participar da celebração da missa de ação de graças, mas se negou a comparecer. Para o pároco, que também é prior de uma província da ordem e assessor canônico da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil,  a atitude dos manifestantes foi desproporcionada, agressiva e sectária, quebrando a comunhão que deve ser vivida na Igreja.

Depois de impedir a celebração eucarística o grupo dos ‘claudianos’(como se autodenominam) discutiu na igreja quais seriam as próximas atitudes a serem tomadas quanto aos protestos. Cogitaram até em ir à casa do Arcebispo, Dom Walmor Oliveira de Azevedo, e arromba-la – caso não fossem recebidos – para obrigar o prelado a deixar ao frade na ‘Igreja que é dele e de ninguém mais’.

Já existe no Facebook, uma página de fiéis solidários à Arquidiocese de BH e à Província Carmelitana de Santo Elias. O endereço é: http://www.facebook.com/euapoiofreievaldo .

* * *

Comunicado – Paróquia Nossa Senhora do Carmo

Por Arquidiocese de Belo Horizonte – A Arquidiocese de Belo Horizonte e a Província Carmelitana de Santo Elias – responsável pela Paróquia Nossa Senhora do Carmo, no Sion – lamentam os incidentes ocorridos no último domingo, que gravemente prejudicaram a Celebração da Santa Missa às 11h, configurando desacato à Igreja de Belo Horizonte e ao novo provincial carmelita.

Diante dos acontecimentos, define-se pela suspensão por tempo indeterminado da Missa celebrada aos domingos, às 11h, na igreja Nossa Senhora do Carmo.

As igrejas devem ser sempre local de paz e fraternidade, de respeito e de fé, ambiente que favorece o encontro com Deus.

* * *

Há 40 anos…

Este infeliz senhor vem pregando heresias com toda desfaçatez sob o olhar cúmplice da Arquidiocese de Belo Horizonte e de seus superiores religiosos. O nível pode ser visto abaixo:

* * *

Atenção: blog em recesso – Comentários demorarão mais do que o habitual para serem liberados. Atualmente há 249 comentários aguardando moderação.

61 Responses to “Confusão em Igreja de Belo Horizonte impede celebração de Missa. O comunicado da Arquidiocese, que não move uma palha contra Frei herege.”

  1. Eles são minoria mas fazem barulho.

    Se o Bispo não age é porque também é um heresiarca pois como diz o ditado, quem cala consente, então o bispo é favorável a baixa de nível deste frei.

    É por isso que as pessoas quando querem um conselho hoje vão procurar o pastor ou o médium espirita pois na religião deste não tem baixa de nível e o homossexualismo é algo reprovado.

    • Pelo que sei, Dom Walmor vem tentando a muito tempo a remoção do Frei Claúdio da Paróquia do Carmo e isso gerou até um desgaste em sua saúde. Ele chegou a entrar em contato com o superior geral dos carmelitas, mas o superior simplesmente respondeu: “Ele não obedece a mim, ele não obedece a ninguém”. Mas, então, por que não lançar uma excomunhão em Frei Cláudio e expulsá-lo de uma vez por todas do Carmelo e da Igreja? Talvez porque ele, ou seus amigos, sejam mais poderosos do que as aparências indicam. Para bom entendedor, meia palavra basta…

  2. Meus caros irmãos em Cristo,

    Nestes últimos dias, comemoramos a festa de S. Tomás de Aquino. Recordando-me de alguns textos do grande Doutor da Igreja, encontrei esta passagem:

    “O apóstata semeia discórdias desejando afastar os outros da fé, assim como ele mesmo se afastou” (Tomás de Aquino: ST, II-IIae, q.12, a.1).

    Essas palavras sábias já bem resumem as coisas vistas nesta notícia.

    Um dia abençoado para todos.
    Per christum Dóminum nostrum.

  3. Lamentável ouvir algo desse teor. Será que essas pessoas ainda se denominam católicas?

    • …católico hoje é ser moderninho,andar na moda mostra as pernas,como varios senhores de camisa polo e bermuda social que aparece no vídeo,as mulheres de vestido com um belo decote mostrando o seios…e ainda tem gente que quer expulsar o frei,mas tinha que é começar tudo de novo nessa diocese que se diz hoje “católica” – 1º Tem que ensinar obediência e santidade a todas as pessoas que querem ser católicas, o catecismo certo, etc,etc,etc, etc, etc, etc,etc, etc, etc,etc,etc,etc,etc.
      – 2º Tem que voltar a Missa verdadeira que é rito tridentino, etc, etc, etc, etc, etc, etc, etc, etc, “cansei de tanto etc” ;mas é verdade, se você quer chamar a atenção de alguém e tentar corrigi-la você deve ter uma moral acima da média para que de o exemplo,concorda comigo.
      Se está acontecendo toda esta desordem é devido aos frutos de uma catequese totalmente errada,onde está a raiz do problema ??? – Pois se expulsa um, e amanhã tem outro e mais outro e depois outro; e vai a gente assinar petição novamente,poxa aja saco com estes católicos burros que dão tiro no proprio pé.
      São munição para que os protestantes nos encostem na parede e fiquem ofendendo a Virgem Maria e os nossos Santos,será que ninguém vê isto ???

  4. “Dois soldados da Polícia Militar estiveram presentes no templo, mas o pároco pediu que eles fossem embora, pois a situação seria resolvida sem a necessidade de intervenção externa.”

    É isso que enfraquece a resistência aos arruaceiros. Tinha que prestar queixa contra todos eles, identificando-os através do vídeo. O que eles fizeram é crime.

  5. Dos “religiosos” “católicos” holandeses, infelizmente, na maioria daz vezes, não podemos esperar algo bom, pois agem muito mais do que Protestantes do que Católicos. Mas esse frei já teria que ter sido excomungado faz tempo. Pq O Papa João Paulo II, ou Bento XVI não o fizeram? Será que não ficaram sabendo das estripulias do tal frei?

  6. Esse Frei Petrônio que aparece no vídeo não fez nenhuma refutação às heresias de Frei Cláudio, sequer demonstrou que não compactua com elas e ainda se prestou a divulgá-las. Uma visita ao site de Frei Petrônio ou aos vídeos dele no youtube comprova que ele é um obstinado propagador da Teologia da Libertação e do marxismo. Num dos vídeos, Frei Petrônio profanou uma imagem da Santíssima Virgem com uma bandeira do MST; noutro, disse que abençoa os “rolezinhos”; noutro, já postado aqui no Fratres, ele comparou o excomungado Padre Beto de Bauru ao Padre Cícero de Juazeiro, por quem diz ter grande devoção. E até hoje nenhuma providência foi tomada contra ele, que tem uso de ordem na Arquidiocese de São Paulo, segundo o site da Região Sé, e continua com plena liberdade para envenenar as almas. A Arquidiocese de Belo Horizonte deixou Frei Cláudio agir impunemente por mais de quarenta anos e agora colhe os frutos de sua “complacência”; espero que a Arquidiocese de São Paulo não vá pelo mesmo caminho.

  7. Eu já tive uma vida mais mundana do que atualmente e posso dizer uma coisa: nem nos prostíbulos encontrei baderna tão grande quanto isso que acabei de assistir no vídeo e que fizeram na igreja.

    Vocês modernistas, porcos, conseguem ser piores do que prostitutas. A baderna consegue ser ainda maior. Não é à toa que os prostíbulos eram chamados de Casas de TOLERÂNCIA. O clero prega a tolerância e olha só o que vemos. Querem transformar as igrejas em casas de tolerância.

    Casas de tolerância = prostíbulos.

    Malditos, antes de vcs protestarem ou organizarem qualquer baderna, lembrem-se que Nosso Senhor está ali, em Corpo, Sangue, Alma e Divindade. Ou vcs são burros porque esquecem isto ou vcs sabem que Ele está ali, mas fazem questão de baderna porque andam de mãos dadas com demônios.

    Querem protestar? Vão para as ruas. DEMO-cracia é fora da igreja. IDIOTAS!

    Meu Deus, até quando? Eu tenho mesmo que rezar por esse tipo de gente? Eu rezo mas é tão difícil… tenho a impressão de estar rezando para vermes, virus, bactérias, bacilos, vibriões. Me ajude, Senhor!

  8. HEREGE importado temos vários! Como se n bastassem as porcarias locais.

    Vou ser sincera e tem gente que vai babar: essa força que faz esses idiotas lutarem por um HEREGE é o que falta nos tradicionalistas que dizem rezar buquês de rosário para o papa [que n é papa] SIC, mas é papa: só quando o mau humor deles esta menos avinagrado!

    Então, os mal humorados dos tradicionalistas, preferem seus clubes de capelas e suas festinhas ‘panelera’ e babar na net. É chique vomitar riqueza na net, dá contatos imediatos.

  9. Quer ver que as heresias se espalham no Clero? Veja o que diz um padre no sítio da Arquidiocese Primaz de Minas Gerais. Vou dar só três exemplos: http://www.arqmariana.com.br/?p=31295 http://www.arqmariana.com.br/?p=31217 E o supra sumo, quando nega a maternidade divina de Maria: http://www.arqmariana.com.br/?p=19944 Isso tudo no sítio da Arquidiocese, colocado como Opinião Arquidiocesana e pertinho da coluna A Voz do Pastor. Dom Geraldo Lyrio permite isso. – See more at: http://ocatequista.com.br/archives/12091#comments

  10. Bem, o tal “Frei” já esta excomungado latae sententia. Mas o bispo, ou mesmo Papa Francisco vendo tais videos, devem toma as medidas drásticas sobre tudo isso. Muito me preocupa o Papa esta alheio ao que se passa no país com o maior número de católicos atualmente. Já pensou se tal ato não fique isolado e torna-se um prescedente? Teremos uma patrulha politica de dentro da Igreja que deixaria a SS Nazista com orgulho!

  11. Esse frei Petrônio aí também…

  12. Ah… Holandeses! Sempre eles! Que Anápolis/GO, onde moro o diga.

    Esses são os frutos do Concílio. E há quem diga que este ainda não foi todo implantado!

    Os piores lugares do inferno estão reservados a esses maus sacerdotes! Precisamos urgente de excomunhões que os convertam!

    AMDG

    Frederico Aleixo

    • O maior erro do império romano foi deixar os bárbaros entrarem. Hoje vemos que eles nunca deixaram de ser bárbaros…

  13. Na Igreja sinto-me e sou pequena e estou escandalizada. Lc 17,1-6

  14. Tudo isso é consequência do Concílio Vaticano II e seu famoso “aggiornamento”; pensem só, será que sob Pio XII, por exemplo, um escândalo de tamanhas proporções seria imaginado até mesmo pelo mais ferrenho inimigo da Igreja? Mas hoje em dia “sacerdotes” desse teor são sempre não apenas tolerados mas até mesmo estimulados em seu agir herético… Fosse o tal frei holandês um celebrante da Missa Tridentina, o Arcebispo já o teria, há muito, feito calar; e o teria transferido para alguma paróquia perdida nos confins da província, onde a doutrina tradicional não causaria “divisões” entre o povo cristão.

  15. Vejam a diferença, pe. Jefferson foi transferido de sua paróquia e nós rezamos por ele e por seu bispo, Don Nelson, mesmo não concordando e sofrendo com a decisão. Nossa resposta a essa transferência foi uma Santa Missa solene cantada na Paróquia da Prosperidade lotada de gente, todos felizes, todos absolutamente fiéis ao senhor Bispo e às suas decisões. Já essa gente mesquinha e triste ataca, xinga, oprime… São católicos? São animais selvagens! É isso o que a heresia provoca. Cisma, raiva, caos, violência.

    Infelizmente porém preferem os violentos aos calmos e obedientes católicos que defendem e participam da Santa Missa Tridentina.

    Agradeçamos a Deus por nos provar e por nos dar a oportunidade de sofrer por Sua maior glória!

  16. Esses dois Freis o Claudio e Petrônio são hereges declarados e não me venham dizer que eles vão postar uma carta de choramingo se arrependendo…..
    Falta-nos um São Jerônimo para combater esses hereges.
    ““Ser-me-á suficiente responder que jamais poupei os hereges e que empreguei todo meu zelo em fazer dos inimigos da Igreja meus inimigos pessoais”. (São Jerônimo)

    Por favor os email das respectivas dioceses. Vamos pelo menos defender a igreja e cobrar dos bispos alguma atitude.

  17. Antes de mais nada isso é tudo culpa do bispo. Depois, se este homem ainda não foi excomungado após tantas declarações evidentemente hereges é porque o bispo pouco se incomoda ou até concorda com as declarações, me desculpem, a tese da boa fé ou desconhecimento da parte do bispo está para além das possibilidades deste universo e considerar tal coisa seria uma fronta à inteligência de qualquer pessoa.

    Forneço alguns links adicionais:

    Frei Van Balen afirma durante a missa de natal de 2013 que “não existe deus”

    Frei Van Balen comanda tentativa de linchamento de fiéis durante a missa do dia de Nossa Senhora (na postagem existem links para os vídeos dos agredidos)
    http://catolicidadetradit.blogspot.com.br/2014/01/catolicos-de-bh-sao-agredidos-por.html

    Quem é o bispo que deixa este baderneiro, ateu e herege subir no altar de Deus e celebrar o Santo Sacrifício do Senhor?

  18. Esse “frei” é um instrumento do demônio, para dizer o mínimo. Atuar como psicólogo??? Ele é quem PRECISA de psicólogo. O inimigo é tão ardiloso que agora quer ajudar a manchar mais um pouco a imagem da profissão, como se a Psicologia “aprovasse” as aberrações que ele faz.

  19. Ouso dizer: a Igreja nunca esteve tão bem como hoje!

  20. “Ouso dizer: a Igreja nunca esteve tão bem como hoje!” (IV)

  21. Típico de “católicos” que estão na Igreja por causa do padre… e assim as grandes e mais antigas congregações da nossa Igreja vão sendo tomadas pelo modernismo. Qual delas ainda não foi afetada?

  22. Vivi 40 anos em Belo Horizonte. Desde o seu famoso Congresso Eucarístico e dos seus padres santos da Boa Viagem, um deles confessor com os mesmos poderes do Padre Pio. Ainda hoje choro quando me lembro dos meus santos confessores de então, como meu querido Padre Alfonso, que tão bem, firme e certeiro me corrigiu na vida. Belo Horizonte era centro irradiador do catolicismo para todo o Brasil, tendo sido Dom Cabral um dos bispos mais edificadores da Igreja em Minas (o que lançou o ideal confessional totalmente traído da Universidade Católica), que ainda contou com mais antigas e grandes colaborações de Dom Viçoso e Dom Silvério, outros bispos santos e de padres santos como Padre Eustáquio, Monsenhor Horta e Padre Vítor, mais ao sul. Aí, veio o concílio e a permissividade chegou com a infiltração. Os comunistas infiltrados fizeram logisticamente de Belo Horizonte o centro irradiador do comunismo na igreja e perverteram a PUC e criaram o ISI (hoje, FAJE), o ISTA, a Faculdade das Paulinas com os evangelhos gnósticos. E vieram o Frei Betto, o Libânio (que morreu hoje), cujos livros heréticos foram adotados por todas as faculdades e seminários de Teologia, o Mesters e o Frei Cláudio e aquele outro herege belga que escreveu “Povo de Deus”, dizendo que a Igreja foi feita para o povo governar. E a Boa Viagem, de defensora da Sã Doutrina, criou sua própria mini-faculdade para ensinar apostasia e comunismo. Foi uma pena. Não só a cidade, mas toda a cultura e a moral mineiras se foram. Tudo isso com a cegueira propositada do bispo, que seguiu o mais permissivo bispo conciliar, que em BH muita gente diz que tem até filho. Eu mesmo me deixei levar por padres e freiras comunistas e a oblata que me dirigia no trabalho pastoral, além de comunista soube mais tarde que também é lésbica, abertamente, com companheira e tudo. O que dizer mais? Como se escandalizar mais do que com tudo isso que qualquer um ir conferir e ver à luz do dia? Não veem os que não vão aos seminários nem às faculdades, ou que não querem ver a maioria esmagadora de gays entre padres e freiras de lá, comunistas porque libertinos… Eu trabalhei com eles, estudei com eles e fui aluno deles. Eu posso falar.

  23. O próprio frade confessa que não pode rezar a Ave Maria, pois contrasta violentamente (!) com a fé dele. Que Deus tenha piedade…

  24. Caros fraternos, paz e bem!
    Como morador de Belo Horizonte-MG, sou testemunha ocular que, lamentavelmente, o frei holandês Cláudio Van Balen é um HEREGE, ligado à Teologia da Libertação (o correto seria: IDEOLOGIA da libertação), a exemplo de tantos outros JOIOS misturados com o TRIGO. Mais. Verifico, a cada dia que passa, como a Igreja vem se deteriorando nos seus pilares de “obediência, castidade e pobreza”. A título de exemplo, recentemente a arquidiocese de BH promoveu algumas mudanças de párocos (basílica Cura Dars, Santíssima Trindade, dentre outras). Pior. Nestes dois templos católicos, iniciaram abaixo-assinado para manter os respectivos párocos. Acho isso tudo uma LÁSTIMA, pois os religiosos fazem votos de OBEDIÊNCIA e, como tal, estão sujeitos a tais remoções e transferência. Eu, como funcionário público, obedeço as ordens de minha chefia e caso haja necessidade de transferência (a bem do serviço público) irei cumpri-la imediatamente. Portanto, jamais assinarei ABAIXO-ASSINADO para evitar a transferência de religioso, mesmo que ele seja santo, com boa oratória e humilde. Não vou à Igreja em função do PADRE A ou B e sim porque – independentemente do padre (santo ou não) – ele tem o poder de presidir uma celebração eucarística e consagrar o vinho e o pão. D. Walmor (arcebispo local) vem há anos tentando restabelecer a ORDEM na paróquia de Nossa Senhora do Carmo, sem sucesso. Ocorre que, seja em BH ou no Brasil ou no exterior, muitos religiosos fazem os votos de obediência, mas não o cumprem (seja um ele monge beneditino ou religioso ou diocesano). Trata-se de um CISMA SILENCIOSO que vem corroendo os alicerces da fé católica. Até na Basílica de Aparecida, foi instrumentalizada para fins políticos (veja: há dois anos, em plena novena da padroeira, foi cantada a música: “para não dizer que não falei das flores” (Geraldo Vandré) na procissão da palavra (Bíblia Sagrada). Será que não havia nenhuma música sacra para entoar a procissão?
    Enfim, ficará apenas UM PEQUENO RESTO do povo de Deus fiel à tradição da Igreja Católica Apostólica Romana.
    Detalhe. O presidente OBAMA dos EUA mandou fechar a embaixada dos EUA no Vaticano em represália aos bispos americanos contrários ao aborto. E no Brasil, a Igreja Católica (leia-se: CNBB) vai de vento e popa alinhada com o governo ATEU que conduz o país para um futuro Governo Ditatorial Comunista.
    A Cubanização do Brasil já se iniciou com a vinda dos Médicos Cubanos… Todos se calam diante deste ataque à frágil Democracia tupiniquim. A guerra é espiritual, portanto, nossas armas tb deverão ser espirituais: oração, jejum, penitência, esmola, eucaristias e reconciliação.
    Que Nossa Senhora, mãe da Igreja, proteja e ilumine nossos pastores nessa caminhada rumo a Jerusalém Celestial.

  25. Faleceu hoje, dia 30/01/14, aos 81 anos, padre jesuíta João Batista Libânio, da Arquidiocese de BH. Famoso herege e adepto da Teologia da Libertação. Que Deus tenha piedade de sua alma e não leve em conta suas heregias no julgamento pessoal. Eu sou testemunha ocular de suas aberrações, contradições e perca da fé.

    • Há pessoas que só Nossa Senhora da Boa Morte pode dar destino. Se Libânio se foi, este frade também irá. Duas coisas são absolutamente seguras neste mundo: a morte e, para quem tem fé, o JUÍZO! É uma coisa absolutamente patente que certas posturas e idéias hoje só são mantidas por pessoas passadas dos setenta e por um mídia à qual só interessa o escândalo e o afundamento da Igreja. Mas o Espírito Santo é quem conduz a Igreja: quem perseverar até o fim, receberá a coroa da vitória.

    • Já está julgado.
      Se encontrou a Misericórdia Divina e se salvou, Louvado seja Deus.
      Mas como ele fez o favor de morrer e deixar este mundo, louvado seja Deus por isso também, porque em vida só ensinou o que é falso e mau. E sem o socorro de Deus, geralmente a árvore caí para o lado que pende… De toda forma, caso tenha se salvado, que sejam dadas graças a Deus por salvá-lo e simultaneamente nos aliviar de presença tão lastimável. Não merecíamos tão grande graça, mas mesmo assim agradecemos que Libânio tenha ido para o beleléu.

  26. Luiz Freire, também rezo pela piedade divina. Mas para os incuatos.
    Para hereges confessos, rezo pela Sua Justiça.

  27. Aqui na Arquidiocese de Olinda e Recife, quando o então na época Dom José Cardoso, transferia um padre , sempre se tinha protestos na porta do palácio do bispo. Só que por dentro dentro do templo religioso , nunca tinha visto isso.Onde eu morei existia um padre holandês e o arcebispo na época não renovou seu uso de ordem e ele foi devolvido a congregação que pertencia.

  28. Eu mesmo a alguns anos atrás escrevi diretamente a Dom Walmor, arcebispo de BH, depois de assistir em um programa da Rede Minas as heresias abertamente vociferadas por este frei. Se o Arcebispo pelo menos conversou com ele, nunca saberei. Agora vejo que este frei é pior do que eu imaginava.

  29. Esse …”frei” Van Balen…é um escandalo!

    Fiquei espantadissima com o que ele vocifera……………..!!!!!! Que horror!!!!
    De onde será que ele tirou essas “idéias”????……………………………………. Que terrível!

    DEUS tenha pena de sua alma……

  30. Como pode se perceber, a maioria dos “protestantes” são pessoas já de certa idade, eles que tinham que transmitir sabedoria e conhecimento para os mais jovens estão à frente de um protesto por um homem desprezando o principal, a Santa Missa. Estes por sua idade são os filhos do CV II, estes são os frutos do CV II.
    Miserere nobis Dei.

  31. Meu DEUS! que horror! essas pessoas que não respeitaram a CASA DE DEUS….são idólatras!

    Sim! vão à Igreja aos Domingos, para só “assistir” a MISSA! mas, na verdade eles querem ver e aprender HERESIAS com o HEREGE que adoram!!!!….Que IDOLATRIA!!! Terrivel!
    Aonde fica o SENHOR JESUS,….o MESSIAS….??????…o DONO DA CASA???????????

    Eles preferem , eles a d o r a m o mau empregado…..!!!! Que ignorancia!!!! Não respeitaram nem a PRESENÇA de JESUS no SACRARIO!!!! Mereciam uma Punição da Arquidiocese também!

  32. Não entendo muito de TEOLOGIA ( minha formação universitária é em outra Área!)….mas parece que a IGREJA DO CARMO foi………profanada, pela “baderna” que esses IDOLATRAS, ali promoveram….

    Penso que deveria ser fechada por um mês, e, depois disso, feita SANTAS MISSAS de REPARAÇÃO, com os participantes devidamente IDENTIFICADOS (NOME,CPF,END), para não só repararem a Profanação do Templo, como para evitar novas “badernas”..

    .Deveria ser chamada a POLICIA para resguardar Padres e Templo. Não permitir mais a MISSA às 11 horas. Mudar esse horário.

    Claro, que o tal “frei” HEREGE , o VAN BALEN (nome apropriado…) deveria ser expulso dessa ARQUIDIOCESE e proibido de celebrar MISSAS! Se , deram essa proibição para o SANTO PADRE PIO DE PIETRELCINA….(que era Santo Estigmatizado!), porque não aplicar a mesma PUNIÇÂO para esse mau sacerdote…..esse HEREGE??????? Seria justo!

    Ele deveria ser expulso,porque….”não veste a Camisa”….! ou seja não tem perfil, para ser Sacerdote do ALTISSIMO, uma vez que, tem a audácia, o atrevimento de querer mudar a DOUTRINA CRISTA CATOLICA,falar HERESIAS, ensinar errado…
    O mal tem que ser cortado pela raiz………………….. Amém!

  33. É o movimento de massa das ruas chegando á Igreja. Hoje qualquer um insatisfeito se sente no direito de fazer o que quer.

    Tenho receio onde isso tudo vai chegar num curto prazo.

    Fiquem com Deus.

  34. Isto é falta de pulso. Aonde está o superior?

  35. “Ouso dizer: a Igreja nunca esteve tão bem como hoje!” (V)

  36. O que este homem diz ai nos vídeos infelizmente, tamanha a gravidade do erro, que já é quase unanimidade do clero atual. Inclusive percebo muito desse pensamento, aos véus, no Papa.

  37. O problema mais sério que poucos refletem neste assunto é que esse não é um fato isolado.Assim como existem os “CLAUDIANOS” que na verdade não são cristãos de fato como pensam existem outros grupos com outras denominações escondidos sob o nome de cristão.E o pior é que eles se acham defensores da igreja,se acham fiéis extremados,defensores de tudo que seja de Deus quando na verdade o que fazem é defender sua zona de conforto com pessoas que gostam e dirigir a igreja da maneira que convém.

    Existem pessoas boas dentro das comunidades mas a grande maioria usa como espaço próprio para suas vaidades achando que são servidores de Deus e não são.Eles pensam que agradam a Deus mas no fundo agradam apenas a si mesmos.

  38. O Arcebispo, Dom Walmor Oliveira de Azevedo, tem que rezar um Missa de reparação e dedicação da igreja novamente em reparação da profanação?

  39. Senhores,
    Chesterton dizia que a TOLERÂNCIA é tudo o que resta depois que a pessoa perdeu todos os seus princípios. Este triste episódico revela o resultado da tolerância, do POLITICAMENTE CORRETO em questões de fé. O que está em jogo é a nossa salvação ou perdição. Só há dois caminhos a serem trilhados. No Brasil, ainda existe o “jeitinho brasileiro” que corrompe a moral da população. Não é possível agradar a dois senhores (ao mundo e a Deus). É a tragédia grega em solo da Terra de Santa Cruz!
    Detalhe: Jesus Cristo é o paradigma do politicamente INCORRETO: visitava pecadores (cobradores de impostos, meu caso), era considerado um “beberão e comilão”, perdoava as “prostitutas”, acolhia os excluídos da sociedade (leprosos, viúvas, órfãos…) e, finalmente, curava em dias de Sábado. Sempre falava a verdade doa a quem doer e custe o que custar (“O que Deus uniu, o homem não separe”; “Eu vim para que todos tenha vida e vida em abundância; Hipócritas, raça de víboras, sepulcros caiados…”).
    Para conhecimento, reflexão…
    מרנא תא (em hebraico)

    PS.: Instrumentalizaram a fé cristã em muitos templos católicos (inclusive na Basílica de Nossa Senhora Aparecida, sendo profanada por uma música REVOLUCIONÁRIA MARXISTA (“Pra não dizer que não falei das flores, de Geraldo Vandré) em plena novena da padroeira em 2012 (no Domingo, o DIA DO SENHOR). Pior. Esta música foi cantada durante a procissão de entrada da Palavra (Bíblia Sagrada), na presença do cardeal D. Raymundo Damasceno Assis (meu parente) e demais arcebispos, bispos, padres, religiosos e seminaristas e povo de Deus!
    Realmente, Há algo de podre no reino da dinamarca. (Hamlet), como diria William Shakespeare.
    Com a palavra, nossos pastores…

    Segue site da arquidiocese para registrar o seu comentário sobre este escândalo ocorrido num templo católico de BH.

    http://www.arquidiocesebh.org.br/site/contato.php

  40. Petrônio, faça um favor a Igreja e seus fiéis estando bem longe dela.

  41. Acho que caberia a homilia da missa de ontem do papa:

    “Fidelidade à Igreja; fidelidade ao seu ensinamento; fidelidade ao Credo; fidelidade à doutrina, conservar esta doutrina. Humildade e fidelidade. Também Paulo VI nos recordava que nós recebemos a mensagem do Evangelho como um dom e devemos transmiti-lo como um dom, mas não como uma coisa nossa: é um dom recebido que damos. E nesta transmissão ser fieis. Porque nós recebemos e devemos dar um Evangelho que não é nosso, que é de Jesus e não devemos – dizia ele – ser donos do Evangelho, donos da doutrina recebida, para utiliza-la ao nosso prazer.”

    Francisco – Homilia da Missa na Casa de Santa Marta – 30/01/2014

  42. Carta Capital, Piauí sendo vendidas na secretária paroquial.

  43. “Do Liberalismo à Apostasia”: creio que D.Lefebvre retrata muito bem isso que acontece nesses movimentos “democráticos” na constituição da Igreja. O liberalismo conduz a anarquia de preceitos, consciências, valores. Após essa ruptura com a integridade da Fé, nada mais resta que a anarquia, o caos, a discórdia a destruição da sociedade, tanto social, familiar e religiosa. Perguntai aos que promoveram uma falsa liberdade, um falso governo do povo, para o povo? Tornaram-se seus ditadores, ou suas vítimas. É chegado a hora de escolhermos, de que lado estamos. Estamos com Cristo e pisamos a cabeça da serpete, ou seremos pisados com a serpete?

  44. Frederico Aleixo, concordo com você.

    Você já reparou como o pensamento desses modernistas (Teólogos da Libertação, carismáticos, católicos conservadores populares), que dizem que o Concílio ainda não foi implantado é o mesmo raciocínio dos militantes de esquerda que falam que o verdadeiro comunismo ainda não foi implantado?

  45. Que horror!

    Tanto a manifestação dentro d a igreja, quanto a entrevista.

    Valei-nos, Nossa Senhora!

  46. “Virá tempo em que os homens já não suportarão a sã doutrina da salvação. Levados pelas próprias paixões e pelo prurido de escutar novidades, ajustarão mestres para si.
    Apartarão os ouvidos da verdade e se atirarão às fábulas”

    2 Timóteo 4:3-4

  47. É preciso que o vaticano católico apostolico romano verifique o que está acontecendo com algumas arquidiocesses,pricipalmente com a de belo horizonte, um absurdo desse, e outros relatados por paroquianos desta paroquia a tanto tempo e nao se faz nada?onde estao nossos pastores bispos responsaveis?ate guando a teologia da libertacao e nao sei mais o que vai imperar em BH? e os “cursos de TEOLOGIA POPULAR” nas paroquias……..?Quando deveriamos estar estudando o catecismo da igreja,que a grande maioria nem conhece e palavra de DEUS?

  48. Frei Cláudio
    Permitam-me uma introdução explicativa:
    A Igreja-Mestra ensina que toda heresia parte de um ponto inicial equivocado.
    São Paulo falou que se não cremos em Adão não temos como crer no Cristo.
    A verdade sobre Adão é que nascemos inclinados ao mal com vários direitos de Satanás sobre nós dada a nossa adesão original.
    É a partir disso que se compreende o Cristo, a ofensa infinita ao Deus Eterno e toda a ordem natural da vida humana, como também os atributos e os poderes da Satisfação Vicária operada pelo Sangue do Cordeiro e a razão do mal.
    Ou seja, o mal vem do pecado e não o pecado do mal.
    E houve como há constantemente uma intervenção extraordinária de Deus, ainda que a Graça não seja sensível.
    Ora, a mentalidade herege de Frei Cláudio inverte tudo isso e não passa da mentalidade iluminista e maquiavélica;
    O homem é bom. O pecado vem do mal e do mal social sobre cada um. Adão é conto da carochinha, o Pai Eterno não pediria o Sangue de Cristo e tudo, mas tudo mesmo, foi e é fenômeno humano sem nada de extraordinário, cuja inserção literária não passou de recurso para uma ênfase (Fenomenologia e Materialismo Histórico).
    Esta é a mentalidade de Frei Cláudio, porque o conheci muito bem.
    Então, onde deve ser colocada a Piedade?
    Exclusivamente, não em Deus, mas em todo o sofrimento humano, não importando sua causa nem sua justificativa.
    Ou seja, o sofrimento é sempre todo mal contra o qual se deve lutar ou o qual se deve ao menos amenizar, sem jamais se culpar a pessoa ou seus atos, mas a sociedade ou qualquer organização humana ainda em evolução, como a “igreja” (com minúscula, para mostrar que não é a de Deus).
    Assim, pode o divórcio, pode o aborto, pode o sacrilégio, pode a democracia contra o poder papal, pode a missa que se quiser celebrar, só não pode aumentar o sofrimento humano e a piedade seria o sentimentalismo que esconde até suas causas e ainda mais sua justificativa.
    O mal de castigo, que Deus faria por um bem maior, como ensinou Santo Agostinho, não pode existir.
    A Piedade, prioritariamente e liturgicamente, para com Deus, o Único Inocente e a única Vítima que Justifica todos os outros porque Toda Pura, não passa de pietismo sem eficácia e fé imatura (porque não socializada ou socialista de luta).
    Então, o que temos?
    Um coração exageradamente piedoso com o mal dentro de cada um que, se não combatido, mata a sua alma.
    E um coração extremamente endurecido para com Deus que, é manipulado de todas as maneiras, a começar por suas palavras ou Revelação, a qual não passaria de um modo de ver humano das primeiras comunidades.
    É terrível a perspectiva, porque por mais que se faça “bem” neste mundo, bem material, mata a alma bem depressa e lhe impõe a Apostasia!
    Cuidado!
    “Saiam do meio deles”!

  49. E a confusão continua…

    Arquidiocese proíbe missa e fiéis protestam rezando na rua em Belo HorizonteCOMENTE
    Carlos Eduardo Cherem
    Do UOL, em Belo Horizonte 02/02/201414h38

    Comunicar erroImprimir
    Carlos Eduardo Cherem/UOL
    Cerca de 300 pessoas se reuniram neste domingo (2) em frente à Igreja Nossa Senhora do Carmo, em Belo Horizonte, para protestar contra a suspensão das missas de frei Claudi van Balen
    Cerca de 300 pessoas se reuniram neste domingo (2) em frente à Igreja Nossa Senhora do Carmo, em Belo Horizonte, para protestar contra a suspensão das missas de frei Claudi van Balen
    Cerca de 300 católicos ligados à Igreja Nossa Senhora do Carmo, na zona sul de Belo Horizonte, rezaram na avenida de mesmo nome, em frente à entrada principal do templo, às 11h deste domingo (2), em protesto contra a decisão da Arquidiocese de Belo Horizonte e da Província Carmelita de Santo Elias em proibir as missas de frei Cláudio van Balen, 81, ex-pároco da igreja.

    As duas entradas da igreja, uma das mais tradicionais da capital mineira, permaneceram fechadas neste domingo (2).

    Os fiéis entoaram cantos católicos, rezaram a “Ave Maria”, leram um manifesto, deram-se as mãos e caminharam até o salão paroquial, na entrada detrás da igreja, na rua Grão Mogol, aplaudiram e gritaram o nome de frei Cláudio van Balen.

    A reportagem do UOL tentou entrar em contato com os padres da Igreja Nossa Senhora do Carmo, mas o salão paroquial ficou fechado e os telefones não foram atendidos. A assessoria de imprensa da Arquidiocese Metropolitana de Belo Horizonte não foi encontrada para comentar o assunto. Frei Cláudio van Balen também não foi localizado.

    No domingo passado, (26 de janeiro), frei Evaldo Xavier, 47, tentou realizar uma missa solene, em que celebrava a sua nomeação como prior provincial da Província Carmelita, e de frei Wilson Fernandes, 31, como novo pároco da Igreja Nossa Senhora do Carmo, às 11h, horário das missas de frei Cláudio van Balen, há quase cinco décadas. Mas não conseguiu. Frei Evaldo Xavier foi vaiado por cerca de mil pessoas, e teve de celebrar a missa no salão paroquial, para aproximadamente cem pessoas.

    Ala progressista da Igreja
    A decisão em fechar a igreja e proibir as missas de frei Cláudio van Balen, considerado uma pessoa avançada e aberta, ligado à ala mais progressista da Igreja Católica e defensor da Teologia da Libertação, e há cinco décadas à frente da paróquia, após o episódio, culminou no protesto.

    “Fomos atraídos (pelo Frei Cláudio van Balen) por seu jeito direto, franco e amoroso de um pescador. Por seu testemunho, fé libertária e concepção de poder como serviço. Hoje, esse homem não tem mais espaço neste templo grandioso. (…) Se não há lugar aqui para o Frei Cláudio (van Balen), também não há lugar para nós”.

    “Também não há lugar para nosso serviço, nossa disponibilidade, nosso tempo, nosso dinheiro”, afirmou o manifesto lido pela socióloga Glória Maria Arreguy Maia, 71, bancária aposentada. Ao fim da leitura, o texto foi aplaudido pelas pessoas que se aglomeravam em frente ao gradil do santuário. A assinatura dos presentes para um manifesto contra o afastamento do frei começou a ser recolhida. Algumas mulheres começaram a entoar cânticos católicos, a multidão acompanhou. As pessoas foram dando-se as mãos. Rezaram a “Ave Maria”. Diversos homens e mulheres choravam. As pessoas caminharam até o salão paroquial, após as homenagens e aplausos para o frei ausente, se dispersara.

    Batizada na Igreja Católica, Glória Maia deixou a igreja quando fez faculdade, na faixa etária dos 20 anos. Voltou-se novamente para o catolicismo há 14 anos, após conhecer frei Cláudio. “Ele é a minha igreja. Se ele não voltar, eu também não volto.”

    O engenheiro civil André Wolff, 45, estava inconformado. “Tinha vergonha e constrangimento de vir à igreja porque me separei há seis anos e casei novamente. Frei Cláudio me fez ver que não era isso. Que Cristo veio para incluir, que ele está de braços abertos para todos. Hoje frequento a Igreja por causa dele. Se ele (frei Cláudio) sair, eu, minha atual esposa (Adriana) e minha filhinha (Laura, cinco meses) deixaremos de frequentar a igreja. “Ele é a minha igreja. Se ele não voltar, eu também não volto”, afirmou Wolf.

    “Ele (frei Cláudio) é o nosso reflexo. Ele é a nossa comunidade. Ele nos representa”, disse a fisioterapeuta Leopoldina Andrade, 41. Acompanhada do marido, o também fisioterapeuta Luiz Felipe Mindello, 47, e dos dois filhos Pedro, 16, e Rebeca, 10, ela diz que não volta à igreja, caso haja afastamento definitivo do frei. “Não vou voltar. Não tenho interesse nenhum”.

    “Estou profundamente arrasado. Frei Cláudio é um homem iluminado, formado na teologia da libertação. Ele escreveu mais de 50 livros. É um intelectual”, afirmou o economista Murilo Carneiro Pereira, 73. Há 45 anos, o empresário frequenta as missas de frei Cláudio na Igreja Nossa Senhora do Carmo. “Ele é o catalisador da comunidade. Somos adultos, mas precisamos que ele esteja presente. Senão vamos nos dispersar”, disse o economista.

    Irene Marques Pereira, 87, estava decepcionada. Ela já se esqueceu há quantos anos canta no coral da missa das 11h na igreja. “Desde pequena. Antes de mim, minha mãe, que já faleceu há muito tempo, já vinha à Igreja (Nossa Senhora) do Carmo”, afirmou Irene Pereira.

    “Nunca passei uma coisa dessas. Na missa passada, saí correndo daqui. Já rezei em casa, mas agora vou ter de ir à missa às 16h30 na Igreja São José. Não tem jeito”, disse.

  50. Seus seguidores provam suas heresias.
    Uma das ilusões alucinantes do modernismo ou progressismo é a idéia de que a maioria faz a verdade ou de que a quantidade testemunha a verdade.
    Por quê isso? Porque a voz de Deus passou a ser a voz equivocada do povo, ou seja, o senso comum ou o senso de fé do povo, embora considerável mas o mais precário do ponto de vista magisterial, substituiu na prática omissiva, pela democracia e pela inculturação, a autoridade hierarquizada da Igreja, uma vez que as autoridades ou recusam corrigir ou tardam tanto que o mal se espalha por outros lados.
    E “Deus corrige aqueles que Ele mais ama”, assim falou um dos primeiros a ser corrigidos e indagados sobre o seu amor a Deus, que foi São Pedro.
    Jesus diante de tudo isso, após anunciar a Eucaristia em João, Capítulo VI, e diante da recusa de seguidores de então, disse aos apóstolos tranquilamente: “E vós, também quereis partir?”
    O comunismo soube valer-se do temor (ou terror) dentro da Igreja nos anos sessenta a oitenta de perder fièis, mas este nunca foi um temor de Deus, pois para Deus o que serve para salvar também serve para condenar, como a própria Eucaristia (segundo São Paulo), já que Deus é misericórdia, mas nunca sem justiça e o mais certo é que Deus não pode ir contra Ele mesmo, pois iria contra o Primeiro Mandamento e justamente o que mais nos exige por inteiro, com todas as nossas forças.
    Ao herege de segunda união, Frei Cláudio disse que Cristo quer incluir e não excluir…
    “Deus quer que o pecador converta e viva”, mas “se não converterdes, morrereis todos da mesma forma (dos que foram acidentados de surpresa numa ponte)”, porque “o salário do pecado é a morte”.
    Mostra bem a descrença no Inferno e no Purgatório como no próprio pecado.
    Os convidados já não precisam das vestes nupciais…
    Heresias e heresias que fazem da religião uma auto-ajuda apropriada ao consumo.
    Isto prova que o marxismo ou comunismo ou materialismo histórico, como todo materialismo, visa ao consumo como sua meta principal, pois transforma tudo em objeto de consumo, até a religião.
    E daí, a maior contradição do consumismo, pois pregando o ódio aos burgueses ou mais afortunados, nada mais faz do que aumentar as mercadorias que estes podem vender ao consumo, tranformando tudo em consumo e todos em consumistas em nome das paixões carnais que clamam por liberação como se fosse a justiça das justiças.
    Foi o que Frei Cláudio conseguiu.
    Nada mais fez do que reunir libertinos e levianos quantos aos direitos divinos, a fazer deles cidadãos entregues às precipitações que pretensamente quis justificar, crendo amar sem nunca querer corrigir.

  51. Corrijo acima de “a maior contradição do consumismo” para “a maior contradição do comunismo” ou do marxismo…

  52. Nossa, que absurdo: isso é uma seita ( ‘ele é a minha Igreja…’ ); depois são os tradicionalistas os que arranjam confusão…

    Salve Maria.

  53. Quanto ao frei herege Cláudio de BH: E o Conselho de Psicologia vai deixar este sujeito exercer a função de Psicólogo ? Era só o que faltava ! Porém… já ví Concelhos pisarem feio na bola !

Trackbacks

%d blogueiros gostam disto: