Vaticano dá a mão, ONU quer o braço.

O questionamento que fizemos há algumas semanas parece encontrar sua resposta: ao aceitar ser sabatinado pela ONU, o Vaticano abriu um sério precedente e agora se vê “enquadrado” pela entidade maçônica universal por excelência.

Vaticano diz defender direitos das crianças, mas critica ingerência da ONU

UOL – O Vaticano afirmou nesta quarta-feira (5) que a Igreja Católica está comprometida com a “defesa e proteção dos direitos das crianças”. A declaração foi feita em resposta a um relatório contundente das Nações Unidas sobre o abuso sexual de crianças por padres. No entanto, a Santa Sé acusou a ONU de interferir nos ensinamentos morais católicos ao criticar a posição da igreja quanto ao aborto e a homossexualidade.

Em comunicado, o Vaticano disse que irá submeter a “minuciosos estudos e análises aprofundadas” as acusações recebidas da ONU.

“A Santa Sé reitera o seu empenho na defesa e proteção dos direitos das crianças, em linha com os principais preceitos da Convenção dos Direitos das Crianças e segundo os valores morais e religiosos oferecidos pela doutrina católica”, afirma o comunicado.

O porta-voz da Santa Sé, Federico Lombardi, disse, durante a Conferência Episcopal Espanhola nesta quarta-feira, que o Vaticano enfrenta os casos de abusos sexuais na igreja com “exigência de transparência” e uma prova disso é que nos próximos “dias ou semanas” explicará o funcionamento da comissão criada para preveni-los.

Uma comissão de direitos humanos da ONU denunciou o Vaticano por adotar políticas que permitiram padres estuprar e molestar dezenas de milhares de crianças ao longo dos anos.

Em um relatório publicado nesta quarta-feira, a agência da ONU para os direitos das crianças disse que a Santa Sé deve “remover imediatamente” todos os clérigos suspeitos ou que de fato praticaram abuso sexual contra crianças e entrega-los a autoridades civis.

A ONU também quer que o Vaticano deve entregar seus arquivos sobre o abuso sexual de dezenas de milhares de crianças, para que culpados, bem como “os que ocultam seus crimes”, possam ser responsabilizados.

Valores católicos

O Vaticano acusou a ONU de interferir nos ensinamentos morais católicos, já que o relatório apresentado nesta quarta criticou as suas posições sobre a homossexualidade, a contracepção e o aborto.

O relatório da ONU afirma que o Vaticano deve mudar suas regras sobre o aborto e ensinar educação sexual nas escolas católicas para garantir os direitos das crianças e do seu acesso aos cuidados de saúde.  (Com Efe, Reuters e AP)

* * *

Palavras de Mons. Silvano Tomasi, chefe da delegação da Santa Sé na Comissão, à Rádio Vaticano italiana (tradução: Fratres in Unum.com), indicam a força do lobby anti-católico na redação do documento:

«Provavelmente, organizações não-governamentais que têm interesses em assuntos sobre a homossexualidade, matrimônio gay e outras questões, tiveram as suas observações a apresentar e de alguma forma reforçaram a linha ideológica [do documento] […] A primeira reação é de surpresa, pois o aspecto negativo do documento que produziram faz com que ela pareça ter sido preparado antes do encontro da Comissão com a delegação da Santa Sé, que deu respostas detalhadas sobre vários pontos, e que não foram, depois, abordadas neste documento conclusivo ou ao menos não pareceram ser levadas em séria consideração».

Tags:

36 Comentários to “Vaticano dá a mão, ONU quer o braço.”

  1. É sabido por todos que existe um poderoso Lobby (ONU, BBC, Governos ATEUS: Brasil, EUA… fundação Rockefeller, Ford…) que impulsiona a difusão da contracepção, do aborto, dos direitos dos gays e lésbicas, e que identificou na Igreja católica o seu inimigo, que precisa ser derrubado por qualquer meio, resultando inclusive um paradoxo: acusar a Igreja pelos abusos de menores e, em seguida, promover relações sexuais desde a infância. Inclusive os EUA (sob o comando do OBAMA) fechou a sua embaixada no Vaticano recentemente. Na Holanda (terra do frei Cláudio) inclusive existe o Partido Político dos PEDÓFILOS. E os abusos praticados nas demais Igrejas cristãs (Batista…)? Pelas tropas americanas? Pelos internatos?

    Todavia, a Igreja Católica não deve se eximir da sua culpa perante o nosso DeusTodo-Poderoso e perante os homens. Caso a Igreja seguisse à risca a carta que o então papa Bento XVI escreveu para os irlandeses (detalhe: a Irlanda é uma ilha, enquanto que o Brasil é um continente!) sobre as centenas de denúncias de abuso sexual de crianças por religiosos no país, não haveria essa cobrança insistente e HIPÓCRITA da ONU. A leitura dessa histórica carta é imprescindível para todos os cristãos, principalmente para os nossos pastores. No documento, o papa – humildemente – faz a “mea culpa” e diz se sentir envergonhado pelo escândalo, pede que os padres culpados se entreguem à Justiça e condena os graves erros de julgamento dos bispos que ocultaram por décadas as denúncias.

    Eis um resumo da histórica carta:

    As causas do escândalo da PEDOFILIA:
    “Certamente, entre os fatores que para ela contribuíram podemos enumerar: procedimentos inadequados para determinar a idoneidade dos candidatos ao sacerdócio e à vida religiosa; insuficiente formação humana, moral, intelectual e espiritual nos seminários e nos noviciados; uma tendência na sociedade a favorecer o clero e outras figuras com autoridade e uma preocupação inoportuna pelo bom nome da igreja e para evitar os escândalos, que levaram como resultado à malograda aplicação das penas canônicas em vigor e à falta da tutela da dignidade de cada pessoa.”

    Às vítimas de abuso e às suas famílias
    “Sofrestes tremendamente e por isto sinto profundo desgosto. Sei que nada pode cancelar o mal que suportastes… Ao mesmo tempo peço-vos que não percais a esperança. É na comunhão da Igreja que encontramos a pessoa de Jesus Cristo, ele mesmo vítima de injustiça e de pecado. Como vós, ele ainda tem as feridas do seu injusto padecer.” Nota: Bento XVI chorou ao se encontrar com as vítimas.

    Aos sacerdotes e aos religiosos que abusaram dos jovens
    “Traístes a confiança que os jovens inocentes e os seus pais tinham em vós. Por isto deveis responder diante de Deus onipotente, assim como diante de tribunais devidamente constituídos. Perdestes a estima do povo da Irlanda e lançastes vergonha e desonra sobre os vossos irmãos. Quantos de vós sacerdotes violastes a santidade do sacramento da Ordem Sagrada, no qual Cristo se torna presente em nós e nas nossas ações. Juntamente com o enorme dano causado às vítimas, foi perpetrado um grande dano à igreja e à percepção pública do sacerdócio e da vida religiosa. Exorto-vos a examinar a vossa consciência, a assumir a vossa responsabilidade dos pecados que cometestes e a expressar com humildade o vosso pesar. O arrependimento sincero abre a porta ao perdão de Deus e à graça do verdadeiro emendamento. Oferecendo orações e penitências por quantos ofendestes, deveis procurar reparar pessoalmente as vossas ações. O sacrifício redentor de Cristo tem o poder de perdoar até o pecado mais grave e de obter o bem até do mais terrível dos males. Ao mesmo tempo, a justiça de Deus exige que prestemos contas das nossas ações sem nada esconder. Reconhecei abertamente a vossa culpa, submetei-vos às exigências da justiça, mas não desespereis da misericórdia de Deus.

    Aos bispos da Irlanda:
    “Peço-vos que ofereçais o vosso jejum, a vossa oração, a vossa leitura da Sagrada Escritura e as vossas obras de misericórdia para obter a graça da cura e da renovação para a Igreja na Irlanda. Encorajo-vos a redescobrir o sacramento da Reconciliação.”

    O enfrentamento do tema:
    “que estabelecessem a verdade de quanto aconteceu no passado, tomassem todas as medidas adequadas para evitar que se repita no futuro, garantissem que os princípios de justiça sejam plenamente respeitados e, sobretudo, curassem as vítimas e quantos são atingidos por estes crimes abnormes” (Discurso aos Bispos da Irlanda, 28 de Outubro de 2006).

    Que lição de vida para todos, ao enfrentar o grave problema e, ao mesmo tempo, ofereceu as pistas para uma solução definitiva para o futuro da Igreja.

  2. Como é triste ver a Santa Igreja atacada tão covardemente pelos servidores de satã. Devemos mesmo estar no fim dos tempos…

  3. Se existe um órgão conhecido em ficar em cima do muro é a ONU. Inúmeras controvérsias internacionais mantiveram-se em razão da sua omissão. Mas contra a Igreja a ONU está bem saidinha, está pondo as manguinhas de fora. Está belicosa. A decantada diplomacia virou beligerância. Ademais, a ONU não é tribunal competente para julgar a Igreja. Se ela acredita que exista alguma lentidão na apuração dos fatos ela tem que chamar a atenção das nações afiliadas para serem rigorosas com a suposta impunidade. São as nações, por meio de instrumentos legais, que deverão apurar com expertise os fatos. Mas contra as nações não existem ataques. Na verdade o ataque (e a palavra não se coaduna com os objetivos da organização internacional) é ideológico. Parece que é um aviso. Ou a Igreja se enquadra ao que as potestades desejam ou será perseguida.

  4. A ONU foi criada por maçons, é governada por maçons, e defende os interesses da maçonaria mundial.
    É óbvio que não vai aceitar os ensinamentos da igreja quanto ao assassinato de crianças em gestação, e sobre o infame e asqueroso pecado da sodomia. Muito pelo contrário, vai fazer de tudo para defendê-los e colocá-los em pedestais. O poder dessa organização é muito grande e deveria ser limitado o mais rápido possível. Eles não podem dizer o que o vigário de cristo deve ou não fazer, e como deve reger a igreja.

  5. A Igreja foi levada ao Sinédrio da ONU, e não vai demorar muito para açoitá-la (se é que já não estão fazendo isso) e crucificá-la.

  6. Como se diz em italiano: “a mali estremi, estremi rimedi”. O Papa Bento XVI deixou um documento a respeito da proibição de homossexuais em Seminários Católicos. Quantos Bispos colocaram em prática tal instrução? Obviamente poucos, já que a infiltração de prelados pederastas atingiu até mesmo a alta hierarquia.
    Santo Afonso de Liguori dizia que era preciso ” cacciare dal seminario coloro che non vivono in castità”. Pois bem: deixar essas “tias velhas” pederastas com apetite insaciável por garotões em postos de responsabilidade na Igreja, como Seminários, Escolas e Dioceses onde eles tem pleno acesso à juventude é o mesmo que colocar raposa pra guardar o galinheiro. Só cego não vê isso!
    O Vaticano teria que ter coragem pra dizer ã ONU:
    _ Foi graças à sua política de patrocinar e promover o Lobby Gay que muitos deles vieram parar na Igreja pra causar essa tragédia do abuso sexual de menores. Mas estamos fazendo de tudo pra erradicá-los do nosso meio.
    É claro que isso é só um sonho.afinal, depois que o próprio Papa disse:
    _ Quem sou eu pra julgá-los? Eu só espero no Julgamento de Deus tanto pra quem pratica a abominação como pra quem aplaude ou se omite.

  7. Raramente escrevo aqui, mas desta vez não me contenho.
    Tá vendo o que dá dar atenção para essa gente da ONU. Eles não querem nada católico, nada santo. Estão completamente comprometidos com a agenda de gênero.
    Tenho do “observador permanente” que o Vaticano mantém lá; deve ser bombardeado ou visto com deconfiança à todo momento.

    • …tein observador do Vaticano na ONU ???
      Mas tá lá pra observar o que ?
      Tá na cara que a ONU já falou que pretende acabar com a Igreja de modo financeiro,com pagamentos de processos por vitimas de pedofilia;que a Igreja deva pagar e pronto e não o padre que cometeu o abuso,se é que entrou no seminario pra ser padre,pra mim é inimigo “descarado”.
      A ONU cobra o processo ($$$$) e o Vaticano expulsa o padre,olha que beleza,a Igreja perde dos 2 jeitos.
      – Primeiro tira o cara de lá; se é que tem alguem lá naquele inferno da Onu.
      – Segundo expulsa metade dos bispos “coninventes” com as ideias do mundo,ficaremos muito melhor sem eles.
      – Terceiro o Papa tem que proclamar uma bula Papal execrando de uma vez por todas que quem pertença a coisas satanicas e seitas ecumenicas esta excomungado sumariamente,com os nomes delas e titulos escritos em letras grandes e visiveis e bein audivéis para quando se ler o texto em voz alta.
      – Quarto tá proibido de passar a mão na cabeça de outras religiões,dizendo que tá tudo bem e o ecumenismo vai de vento em polpa.
      – Quinto tô a disposição da Igreja pra mostrar o que o Bispo da minha diocese apronta, é só mandar um e-mail.

  8. O interessante é que a ONU não atua com essa veemência toda contra países como Cuba , Coréia do Norte e, principalmente China, exigindo a imediata libertação de presos políticos, por exemplo.

  9. “A ONU também quer que o Vaticano entregue seus arquivos sobre o abuso sexual de dezenas de milhares de crianças, para que culpados, bem como os que ocultam seus crimes, possam ser responsabilizados.”

    Realmente, não é pra defender a ONU, não, mas como pode uma instituição onde ocorrem tais coisas, defender algum preceito moral ou religioso? Isso só expõe seus princípios ao escárnio e dá margem a pressões desse tipo que a ONU tá fazendo.

    Só estão cobrando da Igreja ações punitivas contra os culpados, mas os fiéis e toda sociedade tem o direito de cobrar muito mais. E não só dos culpados, mas da própria instituição que os abrigou, que os formou, que os enviou, em nome de quem se apresentaram diante do povo católico.
    Os fiéis e toda sociedade tem direito de cobrar não só ações contra os autores de tais fatos já ocorridos, mas explicações sobre a formação moral e religiosa de seus membros. Como tais criaturas foram ordenadas? como entraram e num seminário e como sairam na condição de sacerdotes? seria como uma faculdade de medicina ou um conselho de medicina conceder diploma ou credenciamento a um assassino que nada comprovou conhecer de medicina, que não foi submetido a nenhuma avaliação mais profunda. Não adianta só punir depois os erros médicos, precisa explicar como credenciaram tal louco ignorante, obsessivo e cruel.
    Aí depois que consertar tudo, depois que limpar os seminários e as faculdades de teologia (começando pelos professores e formadores em geral), aí falem em moral e princípios religiosos de cabeça erguida, e em nome do Deus a quem representam. Antes disso, é melhor nem falar de Deus pra não envergonhar ainda mais o Seu Santo Nome.

  10. “Cría cuervos y te sacarán los ojos.”

  11. Para mim, na situação atual, só deveria ser nomeado Cidadão Papa qualquer súdito da ONU que, primeiro, seja sabatinado pelo Supremo Conselho Homossexual da Entidade Suprema, com o aval da
    Soberana Congregação Outorgante de Direitos Provisórios à Vida. e isto com mandato de dois anos, renovável conforme a subordinaçào aos princípios revelados através de Antonio Gramsci( louvado seja o seu nome! ).

  12. Por que a Santa Sé se apresentou a esse covil de inimigos de Deus se o Depto. Jurídico do Vaticano tinha conseguido o livramento? Está claro que há ai um ato de atraiçoar a Igreja entregando-a a essa ineficiente sorvedoura do recurso público chamada ONU para achincalhar e fazer piores comentários.
    E a declaração do Pe. Lombardi de que o Vaticano enfrenta de acordo com a “Convenção dos Direitos das Crianças” dessa porcaria chamada ONU é de estarrecer. Não é com ensinamento da moral Cristã que se enfrenta isso não, Pe. Lombardi, mas com a convenção de uma entidade desmoralizada como a ONU?!
    Por que a ONU não fala dos abusos sexuais praticados por seus funcionários quando foram para socorrer alguns países da África e que saiu pela imprensa?! Essa ONU é um covil de fariseus para atacara Santa Igreja, com a conivência de gente de dentro desta.

  13. A ONU é um sinédrio farisaico de hipocrisia: quer as cabeças dos pedófilos (geralmente homossexuais) mas condena (totalitariamente) a postura da Igreja contra o homossexualismo e outras taras sexuais.

    Nisso é que dá afastar as verdadeiras vocações santas e acolher pervertidos sexuais ou doutrinários em seminários (as “gaiolas das loucas”).

    Os amiguinhos maçonistas do Papa Francisco vão deitar e rolar agora. Humilhação total para a Igreja.

  14. A ONU é um dos males do mundo,manipula tudo em nome de causas justas que na verdade pouco existem.É uma farsa.Por que ela não pressiona os governos dos países que matam cristãos?

  15. É o ecumenismo.

    Beato Pio IX e São Pio X agiram diferentes com estados e organismos que tem como meta destruir a civilização cristã.

    O Papa Francisco ou é um traidor ou um péssimo diplomata.

  16. A ONU vai valer-se sempre da questão da pedofilia para atacar a Igreja através da representação da Santa Sé – como se a representação dos Estados Unidos pudesse ser atacada pela pedofilia de Woody Allen… – como forma de retaliação pela postura católica, a única voz que se levanta sistematicamente contra a cultura abortista, gayzista e favorável às drogas que aquele organismo internacional vem tentando impor goela abaixo de todos os países do mundo contando para isso com muito dinheiro e propaganda, além dos políticos idiotas úteis de cada nação.

  17. Vamos acabar com a policia que há muitos agentes corruptos?
    Vamos acabar com o poder judiciário que há muitos juízes corruptos?

    Estaria certo acabar com uma instituição necessária a sociedade por culpa de erros de seus membros?

    Posso eu pagar pelo crime de outros?

    Quando um filho comete um homicídio? O pai responde pelo homicídio? O pai pode responder por não ter dado uma boa educação a ele e por isso ser condenado, mas não pelo homicídio.

    Que dezenas de milhares de crianças são essas? Onde estão seus pais para processar o agente que cometeu o crime. O individuo que responda pelos seus atos.

    É claro que o alvo da ONU é a Igreja.

    Outra coisa é a crise promovida pelos membros da Igreja que contribuem para a destruição Dela por meio de pecados desses próprios membros e assim munindo os inimigos.

    continua….

  18. A Igreja conciliar quis se conciliar com o mundo deu nisso.

    Quem com porcos se mistura farelo come!!

  19. “Ai dos que habitam na terra e no mar; porque o diabo desceu a vós, e tem grande ira, sabendo que já tem pouco tempo” (Apocalipse 12:12)

    Meus irmãos na fé,

    Acabou a LUA-DE-MEL do papa Francisco com o mundo secular (ONU, TIP, EUA…). Preparemo-nos para a guerra santa travada entre os Filhos da Luz contra os filhos das Trevas. Refletindo sobre os Sinais dos Tempos (ataques à Igreja, pedofilia…), gostaria de compartilhar com vocês algumas reflexões que reputo importantes, a seguir demonstradas:

    Se eu fosse o papa Francisco, responderia a ONU com o seguinte discurso sobre a abertura dos arquivos do Vaticano sobre os abusos sexuais praticados contras as crianças e adolescentes (Pedofilia):

    “De fato, existe inúmeros casos de pedofilia na Igreja e, como tal, abriria totalmente o arquivo “secreto” sobre este tema, quebrando o seu sigilo. Vou desmembrar essa questão em duas situações: como pastor universal do povo de Deus e no exercício de Chefe de Estado que goza a Santa Sé, combinado?!?

    1) Como pastor universal do povo de Deus e vigário de Jesus na Terra, por mais trágico que tal abuso possa representar, “quem sou eu para julgar tal barbaridade? Não conheço a história desses religiosos, seus traumas, carências, sua vida… Devolvo-lhes esta cruel tarefa de entregar-lhes a justiça humana se me responderes a uma pequena indagação:
    – Suponhamos que vocês tenham 3 filhos: escolham dois para irem para o CÉU e um para o INFERNO. Dê-me o nome dos dois FELIZARDOS que irão para o PARAÍSO CELESTE e do AZARADO que irá para o CASTIGO ETERNO. Não demorem, pois os Anjos da Guarda já estão chegando…
    Conclusão: viu como é difícil para os humanos (mesmo ateus, sem moral…) julgar tais atos. Agora, coloquem-me no meu lugar. Se, possível, coloquem-se no lugar do Criador de todos seres humanos.

    2) No exercício de Chefe de Estado, sentindo e risco da degradação moral que sofrem nossas crianças e adolescentes (TV, internet, cinema….), posso imaginar a abertura dos arquivos do Vaticano como algo imprescindível para a responsabilidade penal dos culpados. Se a PEDOFILIA, sob uma ótica humanista, deve ser CRIMINALIZADA, devemos também obrigar todas os Estados Soberanos, Instituições Internacionais (inclusive a ONU, OEA, Club dos Bilderberg,…) a abrirem a “CAIXA PRETA” da Pedofilia. Na Holanda, há partido dos PEDÓFILOS legalizados. Em muitas repartições públicas estatais há denúncia de Pedofilia (Creches, Orfanatos, Delegacias de menores, redes de pedofilia na internet, policiais, promotores, juízes…). Também há denúncias de PEDOFILIA em milhares de lares residenciais (padastro que abusa da enteada; mãe que abuso de filhos; pais que abusam de filhas ou filhos; tios que abusam de sobrinhos; avós que abusam de netos, vizinhos que abusam…). Também há casos de porteiros de condomínios que abusam de moradores. Nas empresas privadas há tb cumplicidade neste tema. Por quê Grandes Empresas (bancos, indústria, atacado, varejo…) não se compromete a interromper o contrato com qualquer fornecedor que tenha sido apontado, com fatos concretos, como omisso ou cúmplice em relação a atos de violência sexual contra crianças e adolescentes? Por quê muitas Escolas (públicas ou privadas) não denunciam professores que abusaram de seus alunos? E a lista tende ao infinito…
    Enfim como Chefe de Estado aceito defender a abertura dos arquivos do Vaticano não somente à ONU, mas para toda e qualquer pessoa física ou jurídica. Mas, enquanto o mundo me tratar com discriminação (somente o Estado do Vaticano é obrigado a abrir seus arquivos), lutarei até a morte – se preciso for – para que o sigilo seja mantido. Tenho dito!”

    Assinado pp Sua Santidade Francisco
    Cidade do Vaticano 2014 (na festa da cátedra de S. Pedro)

    PS.: Não tenham dúvidas: no futuro próximo, altas autoridades religiosas da Igreja serão denunciadas, processadas, julgadas e condenadas pelo Tribunal Penal Internacional-TPI. Aliás, com a criação do TPI (Estatuto de Roma) criou-se a figura jurídica da “ENTREGA DE NACIONAL” para serem julgados pela ONU, via TPI que julga os crimes de Genocídio e contra a Humanidade (engloba basicamente tudo).
    Estamos vivendo o cumprimento das profecias bíblicas:
    “Fiquem atentos, pois vocês serão entregues aos tribunais e serão açoitados nas sinagogas. Por minha causa vocês serão levados à presença de governadores e reis, como testemunho a eles” (Marcos 13:9).

  20. O Papa Francisco sorri muito, conquista o povo à maneira de um hábil politico. Mas não desarma os adversários da Igreja. Os adversários só recuarão se a Igreja avançar. Os católicos estão adormecidos porque a Igreja sorri e silencia. Então os catolicos elegem maçons, marxistas, abortistas, petistas, feministas, cotistas e depois veem seus direitos de praticar a verdadeira religião tolhidos. O Papa não deve ensinar só para as criancinhas sorrindo. Mas deve dar suporte aos católicos formadores de opinião. Estes estão tohidos e o Papa não lhes estende a mão (eventualmente a estes o Papa Francisco dá as costas). Então os formadores de opinião adversários da Igreja, se manifestam e vencem a labuta. Quero acreditar que o Papa está comprometido com a Igreja e com os filhos Dela. Antes de ser Chefe de Estado, o Papa é Rei. É o proprio Jesus Cristo na Terra. O inverso seria se apequenar. Ele tem sua escolha.

  21. Para quem não percebeu, a ONU requentou o assunto um dia depois do pronunciamento do Santo Padre de 13/01/2014 sobre o aborto. Considerando as palavras de Mons. Silvano Tomasi, para mim ficou claro que os servos do Maligno estavam guardando esse pasquim para atacar a Igreja.

    Fiz uma pergunta retórica na notícia (https://fratresinunum.com/2014/01/13/papa-francisco-diz-que-aborto-significa-descartar-seres-humanos/) acerca do fim da “trégua” do mundo com o Papa e o desenrolar foi previsível.

    • Sei não, Pedro Rocha, acho mais fácil o Papa, que Deus nos livre, mancomunar com essa turma e tentar transformar a Igreja numa mera instituição civil humanista.

      Se for prá fazer previsões, então vamos:

      Acho que o Papa Francisco, como já se abriu precedente, vai governar por uns cinco anos, fazer as reformas que acha que deva fazer. Depois pedir aposentadoria como papa emérito(esse instituto já foi criado mesmo!) e passar o “bastão para outro”.

      Está meio obvio ao olhar humano. Assim vai a carruagem. Nada mais justo, segundo a mentalidade do clero moderno que se apoderou da Igreja, que se faça uma espécie de democracia e troca de governo de períodos pré-estabelecidos.

      Que Nossa Senhora nos socorra!

  22. Vai Francisco… te pronuncia sobre o assunto!!!

  23. Contra o veneno dos comunistas travestidos de “Católicos”, antídoto da Sã Doutrina neles:

    CARTA ENCÍCLICA
    DIVINIS REDEMPTORIS
    DE SUA SANTIDADE
    PAPA PIO XI SOBRE O COMUNISMO ATEU

    “8. A doutrina comunista que em nossos dias se apregoa, de modo muito mais acentuado que outros sistemas semelhantes do passado, apresenta-se sob a máscara de redenção dos humildes. E um pseudo-ideal de justiça, de igualdade e de fraternidade universal no trabalho de tal modo impregna toda a sua doutrina e toda a sua atividade dum misticismo hipócrita, que as multidões seduzidas por promessas falazes e como que estimuladas por um contágio violentíssimo lhes comunica um ardor e entusiasmo irreprimível, o que é muito mais fácil em nossos dias, em que a pouco eqüitativa repartição dos bens deste mundo dá como conseqüência a miséria anormal de muitos… […]

    Essa doutrina proclama que não há mais que uma só realidade universal, a matéria, formada por forças cegas e ocultas, que, através da sua evolução natural, se vai transformando em planta, em animal, em homem. Do mesmo modo, a sociedade humana, dizem, não é outra coisa mais do que uma aparência ou forma da matéria, que vai evolucionando, como fica dito, e por uma necessidade inelutável e um perpétuo conflito de forças, vai pendendo para a síntese final: uma sociedade sem classes. É, pois, evidente que neste sistema não há lugar sequer para a idéia de Deus; é evidente que entre espírito e matéria, entre alma e corpo não há diferença alguma; que a alma não sobrevive depois da morte, nem há outra vida depois desta. […]

    […]Além disso, os comunistas, insistindo no método dialético do seu materialismo, pretendem que o conflito, a que acima Nos referimos, o qual levará a natureza à síntese final, pode ser acelerado pelos homens. É por isso que se esforçam por tornarem mais agudos os antagonismos que surgem entre as várias classes, da sociedade, porfiando porque a luta de classes, tão cheia, infelizmente, de ódios e de ruínas, tome o aspecto de uma guerra santa em prol do progresso da humanidade; e até mesmo, porque todas as barreiras que se opõem a essas sistemáticas violências, sejam completamente destruídas, como inimigas do gênero humano. ( Vide aí “ideologia do gênero e movimentos ambientalistas, racistas, abortistas e gayzistas como desdobramentos naturais dos erros espalhados pela Russia Comunista).

    […]10. Além disso, o comunismo despoja o homem da sua liberdade na qual consiste a norma da sua vida espiritual; e ao mesmo tempo priva a pessoa humana da sua dignidade, e de todo o freio na ordem moral, com que possa resistir aos assaltos do instinto cego. E, como a pessoa humana, segundo os devaneios comunistas, não é mais do que, para assim dizermos, uma roda de toda a engrenagem, segue-se que os direitos naturais, que dela procedem, são negados ao homem indivíduo, para serem atribuídos à coletividade. Quanto às relações entre os cidadãos, uma vez que sustentam o princípio da igualdade absoluta, rejeitam toda a hierarquia e autoridade, que proceda de Deus, até mesmo a dos pais; porquanto, como asseveram, tudo quanto existe de autoridade e subordinação, tudo isso, como de primeira e única fonte, deriva da sociedade. Nem aos indivíduos se concede direito algum de propriedade sobre bens naturais ou sobre meios de produção; porquanto, dando como dão origem a outros bens, a sua posse introduz necessariamente o domínio de um sobre os outros. E é precisamente por esse motivo que afirmam que qualquer direito de propriedade privada, por ser a fonte principal da escravidão econômica, tem que ser radicalmente destruído.

    11. Além disto, como esta doutrina rejeita e repudia todo o caráter sagrado da vida humana, segue-se por natural conseqüência que para ela o matrimônio e a família é apenas uma instituição civil e artificial, fruto de um determinado sistema econômico: por conseguinte, assim como repudia os contratos matrimoniais formados por vínculos de natureza jurídico-moral, que não dependam da vontade dos indivíduos ou da coletividade, assim rejeita a sua indissolúvel perpetuidade. Em particular, para o comunismo não existe laço algum da mulher com a família e com o lar. De fato, proclamando o princípio da emancipação completa da mulher, de tal modo a retira da vida doméstica e do cuidado dos filhos que a atira para a agitação da vida pública e da produção coletiva, na mesma medida que o homem. Mais ainda: os cuidados do lar e dos filhos devolve-os à coletividade. Rouba-se enfim aos pais o direito que lhes compete de educar os filhos, o qual se considera como direito exclusivo da comunidade, e por conseguinte só em nome e por delegação dela se pode exercer.

    14. Aqui tendes, Veneráveis Irmãos, diante dos olhos do espírito, a doutrina que os comunistas bolchevistas e ateus pregam à humanidade como novo evangelho, e mensagem salvadora de redenção! Sistema cheio de erros e sofismas, igualmente oposto à revelação divina e à razão humana; sistema que, por destruir os fundamentos da sociedade, subverte a ordem social, que não reconhece a verdadeira origem, natureza e fim do Estado; que rejeita enfim e nega os direitos, a dignidade e a liberdade da pessoa humana.

    2. É este o espetáculo que atualmente com suma dor contemplamos: pela primeira vez na história estamos assistindo a uma insurreição, cuidadosamente preparada e calculadamente dirigida contra “tudo o que se chama Deus” (cfr. 2 Tess 1, 4). Efetivamente, o comunismo por sua natureza opõe-se a qualquer religião, e a razão por que a considera como o “ópio do povo”, é porque os seus dogmas e preceitos, pregando a vida eterna depois desta vida mortal, apartam os homens da realização daquele futuro paraíso, que são obrigados a conseguir na terra.

    58. Procurai, Veneráveis Irmãos, que os fiéis não se deixem enganar! O comunismo é intrinsecamente perverso e não se pode admitir em campo nenhum a colaboração com ele, da parte de quem quer que deseje salvar a civilização cristã. E, se alguns, induzidos em erro, cooperassem para a vitória do comunismo no seu país, seriam os primeiros a cair como vítimas do seu erro; e quanto mais se distinguem pela antiguidade e grandeza da sua civilização cristã as regiões aonde o comunismo consegue penetrar, tanto mais devastador lá se manifesta o ódio dos “sem-Deus”.

    http://www.vatican.va/holy_father/pius_xi/encyclicals/documents/hf_p-xi_enc_19370319_divini-redemptoris_po.html

    • Jovem Senhora,

      Realmente, esses travestidos se contorcem com a verdadeira doutrina. Questão? Como parar essa trupe que ocupa cada vez mais os lugares do corpo docente da Igreja e retiram a verdade do corpo discente, tornando-os revolucionários socialistas.
      Um caminho seguro é a devoção ao santo terço, que, pelas Ave-Marias, são como tiros(e não buquês de rosas como se disse aqui antes em algum comentário) de metralhadoras nos demônios que dominam esses travecos.

  24. A ONU utilizou-se de dois pesos e duas medidas, isto é, exigiu tão-somente da Igreja Católica a abertura dos arquivos, mas ao mesmo tempo deixou de fora IMPUNEMENTE os RABINOS judeus e os PASTORES evangélicos. Será que estes últimos são ANJOS? Mais. Por que a ONU se calou diante da poderosa Rede de TV britânica BBC, cujo apresentador Jimmy Savile teria abusado sexualmente de cerca de mil meninas e meninos dentro das instalações da emissora, como camarins e estúdios, conf. revelado recentemente. E quanto à denúncia da filha adotiva do famoso comediante Woody Allen que teria abusado sexualmente dela?
    Enfim, a ONU representa os interesses dos “Senhores do mundo” ou “Governo da Sombra” ou “Nobreza Negra” que está a serviço do futuro Governo Único Mundial (leia-se: New Order World) que nos levará a uma ditadura mundial, sob o comando do Anticristo (filho de um bispo com uma freira judia) e auxiliado pelo “Falso Profeta” (futuro antipapa) e demais Bestas (governos mundiais: EUA, UK, China…).
    Caiu, portanto, a carapuça da ONU.
    Quem viver, verá!

  25. Outro equívoco gravíssimo cometido pela ONU: os padres diocesanos (seculares) fazem votos de obediência diretamente ao Bispo Local e não ao Papa. Já os religiosos (franciscanos, jesuítas…) fazem votos de obediência ao Superior da Ordem religiosa. Somente os Jesuítas possuem o 4º voto de obediência ao Papa, embora o descumprem com frequência. Isto posto,Hoje, no mundo, existem 410.593 sacerdotes, 275.542 pertencentes ao clero diocesano e os restantes ao clero religioso. E como o papa (Vaticano) poderia ser responsabilizado pessoalmente por tais crimes perpetrados contra menores de idade? O verdadeiro culpado (doloso ou culposo) são os Bispos Locais (padres diocesanos) ou Superiores das Ordens (religiosos) e jamais o papa.

  26. É atribuída ao líder comunista russo Lenin a famosa frase “Acuse-os do que você faz!; Xingue-os daquilo que você é!”
    Por que essa frase aqui?
    Porque é exatamente isto que a ONU está fazendo sobre esta acusação ao Vaticano.
    Vejam esta notícia de 24-01-2013.

    ***************************************************

    ONU Concede Credenciamento à Grupo Ligado à Pedofilia

    C-FAM – Catholic Family and Human Rights Institute
    http://c-fam.org/en/portugues/volume-16/7699-onu-concede-credenciamento-a-grupo-ligado-a-pedofilia

    Created on Friday, 24 January 2014 16:29 By Wendy Wright
    NOVA IORQUE, EUA, 24 de janeiro (C-FAM) Um grupo acadêmico cuja pesquisa foi obtida de pedófilos e lançou a revolução sexual nos EUA recebeu credenciamento da ONU.

    O infame Relatório Kinsey foi a base para afrouxar atitudes e penas para crimes sexuais contra mulheres e crianças, e para promover abrangente educação sexual que ensina crianças pequenas acerca de atos sexuais.

    Nesta semana o Instituto Kinsey foi diante do comitê da ONU que credencia grupos para participar da ONU no final de janeiro. Isso chega num momento em que grupos pró-aborto estão fazendo campanhas para que abrangente educação sexual seja uma parte importante da agenda de políticas e trabalho de desenvolvimento da ONU.

    Alfred Kinsey afirmava que crianças são sexuais desde a infância. Suas fontes principais eram homens adultos que registravam detalhes acerca de seus contatos sexuais com crianças para seu livro “Sexual Behavior in the Human Male” (Conduta Sexual no Macho Humano).

    Certo homem forneceu a Kinsey detalhes de seu abuso de 1917 a 1948, mostrados na Tabela 34 do livro de Kinsey. Registra o número de “orgasmos” em certos períodos de tempo de crianças de 5 meses a 14 anos.

    Orgasmo é definido como “convulsões violentas,” “gemidos, ou choros mais violentos, às vezes com abundância de lágrimas (principalmente entre crianças mais novas),” “dor excruciante,” “lutará para se afastar do parceiro e poderá fazer tentativas violentas de evitar o clímax, embora obtenha claro prazer da situação.”

    Outra fonte de Kinsey começando em 1943 — durante a 2ª Guerra Mundial — era um oficial nazista alemão, Fritz von Balluseck, que em 1957 foi condenado por abuso sexual de crianças por mais de 30 anos. O juiz teria dito: “Tive a impressão de que você chegou às crianças a fim de impressionar Kinsey e lhe entregar material.”

    Kinsey afirmou que 95 por cento dos homens cometiam crimes sexuais, de modo que a sociedade deveria redefinir o que era “normal” e reduzir as penas de crimes sexuais. Ele testificava em favor de estupradores de crianças e seu trabalho ajudou a mudar as leis, tornando-as tolerantes para crimes sexuais.

    “É claro, sabíamos quando entrevistávamos os pedófilos que eles continuariam sua atividade, mas não fazíamos nada sobre isso,” Paul Gebhard, sócio de Kinsey, disse ao jornal. “Não teríamos nenhuma pesquisa se os entregássemos [às autoridades].”

    Gebhard, que se tornou diretor do Instituto Kinsey, mais tarde disse: “Era ilegal e sabíamos que era ilegal e é por isso que muita gente está furiosa.”

    Kinseu assegurava a “seus informantes que eles ficariam no anonimato” e evitava “todo juízo de valor em relação à conduta deles,” declarou John Bancroft, diretor do Instituto Kinsey.

    Certa vítima de um estuprador de crianças ligado a Kinsey se apresentou. Quando “Esther White” (um pseudônimo) tinha 9 anos, ela encontrou uma folha de papel “e meu pai estava selecionando coisas que ele estava fazendo comigo.” Depois que Kinsey entrevistou Esther, ele entregou ao avô dela um cheque de cerca de 6.000 dólares.

    Em 1964, o Instituto Kinsey lançou SIECUS para promover a ideologia de Kinsey por meio da educação sexual. SIECUS já tem reconhecimento da ONU e se tornou muito influente ali. A Educação Sexual Abrangente de SIECUS ensina crianças de 5 anos acerca da masturbação e do envolvimento em conduta sexual com outros para mostrar carinho.

    O Instituto Kinsey fornece bolsas de estudo honrando John Money, um pioneiro da “identidade de gênero” e responsável pela operação de mudança de sexo de um bebê contada no livro “The Boy Who Was Raised As a Girl” (O Menino que Foi Criado como Menina). O menino acabou cometendo suicídio. A clínica de identidade de gênero de Money no Hospital Johns Hopkins foi fechada por seu sucessor.

    A organização homossexual ILGA perdeu seu credenciamento na ONU em 1993 devido às suas ligações com grupos que promovem a pedofilia.

    Um documento vazado pelo WikiLeaks intitulado “Certificação da Pedofilia” mostra que os EUA conduziram uma “análise detalhada” em 2010 e agências da ONU certificaram que ninguém havia credenciado nenhuma organização que promove ou desculpa a pedofilia.

    Tradução: Julio Severo

    entidade maçônica universal por excelência.

  27. Maximo Introvigne faz uma réplica interessante ao pasquim da ONU: http://www.midiasemmascara.org/artigos/globalismo/14933-a-onu-declara-guerra-a-igreja.html

    Sugiro até mesmo a postagem desse texto no site, para melhor difusão.

  28. Realmente. quem ataca sexualmente crianças….jovens,,,,e, se fez voto de “castidade”….e, faz esse tipo de Crime…..deveria ser retirado do Sacerdocio, por falta de perfil, para exercicio do Cargo, da MISSAO!!!

    Claro! Nesse ponto a ONU tem razão….

    Não acredito que um viciado em pedofilia se cure….a não ser por um extraordinario MILAGRE DIVINO!!!

    Então….eles deveriam ser retirados do Sacerdocio, sim……para o bem deles e dos outros!

    DEUS que me perdoe,…….mas é o que penso.

    Que JESUS da MISERICORDIA cure e liberte essas pessoas! Amém!

  29. “É atribuída ao líder comunista russo Lenin a famosa frase “Acuse-os do que você faz!; Xingue-os daquilo que você é!”

    É tal como o fogo amigo dos black blocs que espalham anarquia para ajudar o PT a “governar”. Enquanto a Dilma desconstrói a mentalidade do povo com ensino de baixíssima qualidade, saude caos, policia despreparada…só quer um motivo para declarar Estado de Sitio e ficar no poder por muito tempo. Implantando o neo-comunismo.

  30. A mídia “prafrentex” ataca mais uma vez a Igreja de Cristo (“Pedofilia na Igreja: o papa Francisco lava as mãos”) de forma cruel e os católicos ficam calados. Leiam:

    “E não pode por causa do celibato que a igreja impõe a padres e freiras, que não mudará sob o novo papa nem por milagre. Decidir não transar pelo resto da vida é como decidir não enxergar, não ouvir, não pensar. Vai contra o que há de mais precioso na vida. Vai contra a própria vida. Que tipo de homem opta pela autocastração? Não há perversão pior que a abstinência. Uma entidade que exige a castidade de seus integrantes atrairá uma quantidade desproporcional de pervertidos. Enquanto padres não puderem ter uma vida sexual natural, saudável e aberta – heterossexual ou homossexual, contanto que entre adultos que consentem – esses casos criminosos continuarão. É inevitável”

    O link do artigo: http://noticias.r7.com/blogs/andre-forastieri/2014/02/06/pedofilia-na-igreja-o-papa-francisco-lava-as-maos/

    • Mas não poderia esperar outro tipo de artigo, meu caro Marco. Se não, vejamos:
      – O portal “R7” é um braço da TV Record, que é a máquina de lavar dinheiro da satânica “Igreja Universal”, do possuído Edir Macedo (e não falo isso apenas para insultar: a “Universal” é uma paródia demoníaca da verdadeira Igreja. E, na minha opinião, Edir Macedo é um homem tomado por satanás. Basta analisar o proceder e o falar desse sujeito;
      – André Forastieri é um nada. É um imbecilzinho insignificante, um adulto na casa dos quarenta anos que ainda se presta a lamber as botas do patrão, independente de quem seja (no caso, Macedo). Ganhou alguma “fama” editando revistinhas direcionadas para fãs de desenhos animados japoneses na década de 1990. Quer profissão mais risível?

  31. Senhoras e senhores da ONU, tirem a trave do seu olho antes de tirar o cisco ou a trave do olho de quem quer que seja (Mateus 7:3-5). Mesmo que sejam padres traidores do Evangelho e os cúmplices destes.

    Bem fez o Megadeth, que cravou no título de um de seus CDs o verdadeiro significado dessa organização: United Abominations.

  32. Ainda bem que quer apenas o braço…
    Pois, caso quisessem a cabeça, bem esta deve ter se perdido há alguns anos… hummm… nos idos anos ’60, especificamente no cãocílio…
    De lá pra cá, só absurdos…
    Rezemos muito!