Arcebispo de Bolonha sobre proposta do Cardeal Kasper: “A hipocrisia não é misericordiosa”.

Informação de TMNews, 15-Mar-2014 (via Yahoo News Italia). Tradução para o espanhol: Secretum Meum Mihi, 15-Mar-2014 * 

Cardeal Caffarra

Cardeal Caffarra

Roma, 15 mar. (TMNews) – “De Bolonha, com amor: Parem!” Esse é o título de uma entrevista concedida pelo Cardeal Arcebispo de Bolonha, Carlo Caffarra – cujo passado está enraizado no movimento Comunhão e Libertação – que foi publicada hoje (15 de março de 2014) no jornal “Il Foglio”. “Alegação do cardeal Caffarra após o consistório e a relação Kasper”, é o subtítulo. “Não se toca no matrimônio de Cristo. Não se julga caso por caso, nem se abençoa o divórcio. A hipocrisia não é misericordiosa”.

Em resposta à proposta do cardeal Walter Kasper acerca da possibilidade de readmitir à comunhão – após um período de penitência – os casais divorciados em segunda união que assim solicitarem, Caffarra afirma: “Se a Igreja os admite à recepção da Eucaristía, consequentemente transmitirá um juízo de legitimidade à segunda união. Isso é lógico. Mas então — se perguntará — o que acontece com o primeiro matrimônio? Logo, o segundo não pode ser um verdadeiro segundo matrimônio, posto que a bigamia se opõe à palavra do Senhor. E o primeiro matrimônio? Se perde? Mas os papas sempre ensinaram que a potestade do Papa não alcança a este ponto, ou seja: Sobre o matrimônio ratificado e consumado o Papa não possui poder algum. Quanto à solução proposta, ela leva a pensar que o primeiro matrimônio continua existindo, mas que há também uma segunda forma de convivência que possa ser reconhecida como legítima pela Igreja. Sendo assim, haveria um exercício da sexualidade humana fora do matrimônio que a Igreja consideraria legítimo. Mas com isso se estaria negando a coluna vertebral da doutrina da Igreja com relação à sexualidade. E então caberia perguntar: Por que não aprovar a livre convivência (concubinato)? E por que não também as relações entre homossexuais?”.

16 Responses to “Arcebispo de Bolonha sobre proposta do Cardeal Kasper: “A hipocrisia não é misericordiosa”.”

  1. É aquele velho ditado (ao menos no nordeste do Brasil): onde passa o boi, passa a boiada. O senhor arcebispo de Bolonha, com muita propriedade pediu “PAREM”. Se a muralha da fé e da moral católica não tivesse sido trincada no concílio Vaticano II, as pequenas concessões – os bois – não estariam passando. Agora que o estouro da boiada ameaça invadir tudo de uma só vez, o caro cardeal pede muito corretamente que tal coisa não aconteça. Mas uma ameaça real desta magnitude não teria chegado tão longe se lá atrás, há décadas atrás, não se favorecesse a entrada de TANTOS HEREGES no clero e na hierarquia. Esta proposta absurda de Kasper seria motivo de gargalhadas e indignação em décadas passadas. Hoje ela é com razão preocupante, porque a quantidade de hereges de batina é tamanha, que de fato existe um grande público que considera tal proposta como algo que deva ser implantado. E agora, José? Como resolverão esse impasse? Ou julgam que se conseguirem alguma vitória momentânea, os hereges se darão por derrotados e guardarão a viola no saco? Com o papa Francisco??? Se segurem, porque se Deus não intervir, ele ainda há de varrer vocês, conservadores, para bem longe da hierarquia e ainda mais distante da Cúria. Quando eu soube que ele havia sido elevado ao pontificado, fiquei desolado, e desolado estou pelo estado lastimável em que ele reduz a Igreja, mas ao menos os métodos draconianos que ele implanta, por piores que sejam, ao menos são claros. Não podemos reclamar neste aspecto, não poderemos dizer que o papa foi mal-interpretado ou que “ziguezagueia” entre o certo e o errado. O cardeal de Bolonha pediu uma pausa? Pois não nos esqueçamos de que a mesmíssima proposta de Kasper, segundo este mesmo blog, foi merecedora de aplausos do próprio papa… Recordem o que foi publicado aqui no fratres no início deste mês:
    https://fratresinunum.com/2014/03/05/a-polemica-intervencao-da-kasper-no-consistorio-roberto-de-mattei-responde-a-divisao-aumenta-no-colegio-cardinalicio/

  2. Só o título merece aplausos…

    Num inverno nublado, escuro, gélido em relação à hierarquia católica, sobretudo depois de 2013, assemelhando-se à tenebrosa e horripilante década de 70 que tantos horrores e estragos fez na Igreja, uma luz brilha no fundo do poço…

    Deus seja louvado!!!!!!!!!!!!!

    Mãe de Fátima, faça valer vossa promessa: “POR FIM MEU IMACULADO CORAÇÃO TRIUNFARÁ!!!

  3. Ótimo observador esse Arcebispo!!! Gostei. DEUS o ilumine sempre, e o livre de todos os enganos! Amém!
    Concordo com ele.
    MARANATHA!

  4. Um absurdo desse só pode indicar e comprovar uma coisa: não acreditam que é Palavra de Deus, mas acreditam que foi um pensar da comunidade sobre a mensagem de Cristo e que tal coisa evoluiria conforme o tempo. Cristo é o Verbo do Pai! Têm idéia sobre o que isto representa? O Espírito Santo deu memória e interpretação! Têm idéia sobre o que isto representa? Cristo é a Sabedoria Incarnada! Sabem o que é isto? Nossa Senhora é a Sede da Sabedoria! Sabem também no que isto importa? A Sabedoria não Se esgota mas tudo determina com mais solidez do que tudo de mais sólido. Os caras ainda brincam! Só por comunismo, porque é este dogma imposto pelo comunismo (ampla e falsa religião imposta pelo marxismo), de que tudo foi expressão da classe dominante ou vencedora, a qual contaria a história como exercício de poder e que, então, agora, os dominados poderiam reiventar a história. Esta é a TL. É o que a TL ensina nas faculdades e nos seminários e todas as PUCs crêem nisso e ensinam assim. E um absurdo desses de desfalar o que Cristo falou, como se as liberações históricas deste tempo tornassem verdades os nossos relativismos simplesmente pelo número e pela repetição, quando a única verdade para eles é que neles o pecado e o vício viraram hábito, mas que será castigado, ainda que tarda, apenas por Deus somar outro castigo para os condenados e mais outra prova para os justos. São uns idiotas, não tem outra palavra, porque nem percebem a lógica no sistema de Cristo. Não percebem que a escolástica é a escola da lógica e não percebem que desdito um pingo de “i” do que Cristo falou, tudo se arruína em série, mas eles não percebem a ruína que só fazem aumentar e é porque querem isto, porque Freud com Marx disseram para arruinar para reconstruir, mas nada se constrói sem Cristo e nada de construtivo há fora de Cristo, porque até as outras religiões só existem porque se aproveitam maliciosamente de Cristo ou do que é de Cristo ou do que veio por causa de Cristo. Construirão o quê depois de Cristo? Com o quê? Com algo menor do que cacos? Com viciados, violados e estrupiados? “Em vão constroem os construtores se Deus nem sequer abençoar”. Nada se edifica sem Cristo. O demônio não cria, nem pode criar, mas apenas macaqueia, caricatura com o mal feito, porque o mal é apenas a ausência do bem e todo bem é Cristo. Os de segunda união apenas fizeram segunda união porque repeliram a Cruz e não passaram na prova que Deus lhes deu. Podem espernear para tentar justificar o injustificável, mas nunca pensaram que ao casar não casaram antes com a esposa ou com o marido, mas antes casaram com Cristo e nisto se refletiu a própria Incarnação de Cristo. É esta a Verdade que seus anjos da guarda lhe dirão quando morrerem! É esta a lógica que antes por Deus para sempre foi escrita com Sua Sabedoria já embutida.

  5. Bravíssimo Cardeal!!

    Quando sinto que a minha esperança desvanece, vejo que a Luz de Cristo dissipa as trevas e renovo a certeza que as portas do inferno não prevalecerão!!

    Laus Tibi Christe!!

  6. “E então caberia perguntar: Por que não aprovar a livre convivência (concubinato)? E por que não também as relações entre homossexuais?” Mas se é isso mesmo o que se quer! Trata-se de um cavalo de Tróia para entrar na cidadela. Depois tudo será conquistado, mas primeiro é preciso passar essa proposta. Kasper entende como funcionam essas táticas revolucionárias. Mas a Igreja conciliar está podre e aprovará; depois, um após outro, os últimos bastiões cairão (aborto, eutanásia, homossexualidade). O mesmo acontecerá com a pseudotradição católica. E os verdadeiros católicos serão tratados como apóstatas orgulhosos, serão difamados e perseguidos como loucos furiosos. E tenho certeza que serão mais intensamente perseguidos pelos que se dizem católicos do que pelo mundo repaganizado.

  7. Sua eminência, o Cardeal-Arcebispo de Bolonha, está endo diretamente usado como voz por Nosso Senhor mesmo sem perceber. É revigorante, mas ao mesmo tempo extremamente decepcionante ver que o arcebispo está sendo mais claro, e mais fiel a Cristo que seu próprio vigário. Só me resta parabenizar por sua fidelidade à santidade dos sacramentos da Igreja.

  8. Eu digo: PAREM DE VEZ COM O VATICANO II. Purifiquem este Concilio, pois está contaminado com o erro, logo com o mal. Há nele fumaça de Satanás. PAREM COM A MISSA DE PAULO VI. Há nela fumaça de Satanás. PAREM COM ESTAS DUAS COISAS E A IGREJA SE RENOVARÁ.

  9. Ainda bem que existem (só Deus sabe quais são ), certamente em minoria, prelados santos, que mais cedo ou mais tarde serão compelidos a tomar a defesa da Verdade, já que a mentira ainda dissimulada, em palavras dúbias, chegará a um ponto em que o silêncio será omissão ou conivência. Quem viver, verá…

  10. Que maravilha !
    Aos poucos , o JOIO vai se diferenciando do trigo e temos que permanecer fiéis até o fim !
    POR MEIO DO IMACULADO CORAÇÃO DA VIRGEM MARIA , VINDE SENHOR JESUS !

  11. A clareza da lógica é meridiana, a verdade, como já disse o Senhor, liberta. Para abraçá-la, contudo, é necessário despojar o espírito de tantos apegos frívolos: popularidade, falsos respeitos humanos… Nesse aspecto, falham muitos dos que nos deveriam guiar, tornando-se cegos a guiar outros cegos.

  12. Tem jeito!! Sinto reacender a esperança.. Obrigado, Senhor!

  13. Perfeita as ponderações do cardeal! Vejam que ele mandou, meio que indiretamente, um recado ao Papa Francisco:

    “Mas os papas sempre ensinaram que a potestade do Papa não alcança a este ponto, ou seja: Sobre o matrimônio ratificado e consumado o Papa não possui poder algum.”

  14. Se pode-se apoiar uma comunhão plena para aqueles em segunda união, fazendo um paralelo entre o sacramento do matrimônio e o da ordem, um padre que se case (uma segunda união já que ele está casado à Cristo) poderá exercer seu ministério?

  15. Meu Deus, como o juízo farisaico dos homens chama de hereges aos que querem aprofundar o evangelho da misericórdia do Senhor. Parem de atirar pedras e vejam como Jesus salva a mulher pecadora!

Trackbacks