O incrível milagre de Padre Pio que levou à conversão uma paróquia ortodoxa inteira.

Por intercessão de Padre Pio a mãe de um sacerdote ortodoxo da Romênia ficou curada de um câncer terminal. Depois deste milagre toda a paróquia se converteu ao catolicismo. A obra do santo de Pietrelcina mudou tanto as suas vidas que apesar das dificuldades construíram uma Igreja dedicada ao santo e um hospital para os doentes em fase terminal.

O Padre Pio continua intercedendo por todo o mundo e, lá do Céu, continua fazendo milagres de todo o tipo. Existem inúmeros testemunhos conhecidos sobre o santo de Pietrelcina por todo o mundo, alguns deles recolhidos no livro“Padre Pio”, de José Maria Zavala.

No entanto, no caso da família Tudor não proporcionou apenas um milagre físico, mas uma conversão de centenas de pessoas ao catolicismo e o sonho de fazer uma pequena San Giovanni Rotondo no interior da Romênia, um país com um arraigado passado comunista e de maioria ortodoxa.

VICTOR, UM SACERDOTE ORTODOXO

Victor Tudor era um sacerdote ortodoxo romeno que não conhecia o Padre Pio e que depois da cura milagrosa de sua mãe que tinha uma doença incurável passou, junto com toda a paróquia, à Igreja Católica. Mas, além disso, decidiu ir além e conseguiu construir, apesar de mil dificuldades, uma Igreja dedicada ao santo capuchinho, bem como um hospital para os doentes em fase terminal.

Esta história teve início em 2002 quando diagnosticaram em Lucrécia, mãe de Victor, um câncer no Pulmão. Os médicos disseram que não era operável, pois havia metástase, por isso, deram a ela apenas alguns meses de vida.

A VIAGEM DE LUCRÉCIA À ITÁLIA

Diante desta situação, o padre Victor contatou seu irmão Mariano, pintor especializado em iconografia e que vivia em Roma. Com isto, esperava que pudesse conhecer algum médico que tratasse de sua mãe na Itália. Finalmente, pôde chegar a contatar-se com um dos melhores médicos do mundo em sua especialidade e este lhe disse que estudaria o caso se sua mãe fosse a Roma.

Dito e feito. Lucrécia chegou enferma à Itália. O médico a viu e igualmente lhe falou que a operação era inútil e que só poderia intervir com alguns remédios para aliviar as terríveis dores.

A mãe ficou um tempo com seu filho em Roma para que assim pudesse fazer mais exames. Enquanto isso, Mariano trabalhava fazendo um mosaico numa Igreja e levava a sua mãe consigo. Enquanto ele trabalhava Lucrécia visitava o templo e via as imagens.

A DESCOBERTA DO PE. PIO

download

Uma imagem lhe chamou muito a atenção. Estava situada num canto da Igreja. Era o Padre Pio. A mulher ficou impressionada e perguntou ao seu filho quem era. Este lhe contou brevemente sua história e durante os dias seguintes o filho percebeu que sua mãe estava constantemente sentada à frente da imagem do santo de Pietrelcina. Falava com a escultura como se estivesse falando com uma pessoa.

Assim, passaram os dias. Duas semanas depois, Lucrécia e seu filho Mariano correram ao hospital para realizar um exame. Mas, para a surpresa e espanto dos médicos e deles mesmos, o câncer terminal que sofria esta mulher Romena havia desaparecido completamente.

Esta mulher ortodoxa havia pedido a intercessão do Padre Pio e este respondeu. Este feito percorreu toda a família começando por seu filho Victor, sacerdote ortodoxo. “A cura milagrosa de minha mãe realizada pelo Padre Pio em favor de uma mulher ortodoxa me chamou a atenção”, reconhecia, então, este sacerdote romeno.

A COMOÇÃO NA PARÓQUIA

Este personagem até então desconhecido para ele o deixou fascinado. Começou a ler a vida do Padre Pio e algo nele começou a mudar. Contou sobre o milagre de sua mãe a seus paroquianos e todos ficaram admirados, pois a mãe de Victor era bem conhecida por eles. “Todos conheciam a minha mãe e sabiam que havia ido à Itália para tentar uma intervenção cirúrgica, e que logo voltou para casa curada, sem que nenhum médico a tivesse operado”.

Este milagre transformou não só a família Tudor, mas toda a comunidade ortodoxa. Conta o padre Victor que pouco a pouco a sua paróquia começou a conhecer e a amar o Padre Pio. “Líamos tudo aquilo que encontrávamos sobre ele e sua santidade nos conquistava”.

A CONVERSÃO AO CATOLICISMO

A coisa ia mais adiante e outros enfermos da paróquia também receberam graças extraordinárias do Padre Pio. Não obstante, começava a surgir um problema nesta comunidade, pois continuavam sendo ortodoxos e eram devotos de um santo católico contemporâneo.

Por causa de Padre Pio, o Padre Victor e sua paróquia com quase 350 pessoas decidiram se tornar católicos. Hoje pertencem ao rito greco-católico da Romênia. Suas vidas foram transformadas, mas, como o Padre Pio viveu numerosas dificuldades, eles também haviam de provar a sua nova fé.

Em uma recente entrevista em Padre Pio TV, Victor Tudor conta que tiveram “numerosas dificuldades” para ser católicos, pois a conversão neste país ortodoxo com um passado comunista era bastante complexa. Problemas com os políticos, a polícia etc..

UM NOVO TEMPLO NA ROMÊNIA

lucrecia-tudorNão desanimaram e apesar dos impasses decidiram ir, inclusive, mais adiante, construindo uma Igreja dedicada ao Padre Pio. O templo já está praticamente construído e isso foi outro milagre do santo capuchinho.

Os fiéis, em grande gesto de humildade, colaboraram na construção. Enquanto isso, celebravam as missas na rua, apesar da gélidas temperaturas do inverno. Tudo isso somado aos enormes obstáculos burocráticos. O padre Victor, desesperado acudia ao seu Bispo diante de tantos problemas e este sempre lhe respondia: “isto é de Deus e todas essas coisas se resolverão”. Assim, de repente um bispo pagou para eles o terreno da Igreja. Iam acontecendo feitos extraordinários, que pouco a pouco favoreciam a construção.

Apesar disso, o padre Victor recorreu a Roma junto ao seu irmão para pedir também ajuda para esta igreja. Ali se encontrou com outro bispo ao qual contou seus problemas. “Qual será o padroeiro da sua Igreja?”, lhe perguntou o prelado. Depois de responder que seria o Padre Pio, este bispo sorriu e lhe tranquilizou dizendo que “o Padre Pio lhe fará a Igreja sozinho”.

O HOSPITAL DEDICADO AO SANTO

Agora o templo já é uma realidade e para o padre Victor é outro milagre. “Senti que o Padre Pio ajudou a mim, a meus fiéis e em outros países e Igrejas. É um sinal de fé”, afirma.

Ainda assim, este sacerdote romeno não ficou tranquilo e seguindo os passos do santo e pedindo sua intercessão criou um “pequeno San Giovanni Rotondo”, na Romênia, depois de fundar um hospital que atenderá enfermos em fase terminal, gente sem recursos e idosos abandonados. As dificuldades são enormes e falta o dinheiro, mas Victor conta com a intercessão de Padre Pio. Até agora ele não falhou.

Fonte: Religión en Libertad

Tradução do Espanhol: Reparatoris

* * *

Atenção: há dezenas de comentários aguardando liberação. Pedimos a paciência de todos. Até o fim de semana tudo deve ser normalizado.

Tags:

17 Comentários to “O incrível milagre de Padre Pio que levou à conversão uma paróquia ortodoxa inteira.”

  1. Que história Maravilhosa!!!! Salve Padre Pio!! Lindo demais!!

  2. Muito linda a história da mãe do sacerdote ortodoxo, hoje sacerdote católico. São Pio é um grande Santo.
    Teve uma vida difícil e no sacerdócio muito ajudou à sua pequena paróquia. Teve as suas dificuldades na
    doença e no campo religioso, devido aos seus estigmas. No fim ele venceu e a quem o perseguia, também se arrependeu de suas desconfianças com relação ao Grande São Pio. Estive na Itália em 1997 e
    conheci a sua Igreja e a cidade. Muito bonito o lugar e também de muita simplicidade.
    Este relato da cura da genitora do sacerdote romeno, levou-me neste momento a uma intuição de pedir a Ele não a uma cura do corpo, mas a uma cura espiritual de toda a minha família, em que muitos estão muito afastados da verdadeira Doutrina do Senhor Jesus. Meu maior sonho, é ver todos os meus familiares novamente no Caminho da Verdadeira Religião – O Catolicismo.

  3. O Prof. Roberto de Mattei em entrevista ao Il Foglio do dia 26 de abril de 2014 explicava que entre outros motivos da sua objeção à canonização de João XXIII estava justamente a perseguição que um “santo” causou ao outro:

    “Padre Pio subì nel corso della sua vita numerose incomprensioni e calunnie, per le quali dovette subire umilianti ispezioni canoniche. Tra di esse vi fu quella promossa da Giovanni XXIII, che dal 13 luglio al 2 ottobre 1960 inviò, come visitatore apostolico a San Giovanni Rotondo, mons. Carlo Maccari, allora Segretario del Vicariato di Roma. Quel periodo sarà ricordato come quello di più dura persecuzione nei confronti del santo di Pietrelcina. Giovanni XXIII non comprese mai la santità di Padre Pio”.

    Padre Pio sofreu no curso de sua vida numerosas incompreensões e calúnias, pelas quais foi obrigado a sofrer humilhantes inspeções canônicas. Entre essas houve aquela promovida por João XXIII, que entre 13 de julho e 2 de outubro de 1960, enviou como visitador apostólico a San Giovanni Rotondo, Monsenhor Carlo Maccari, então Secretário do Vicariato de Roma. Aquele período será recordado como o período da mais dura perseguição ao santo de Pietrelcina. João XXIII jamais compreendeu a santidade de Padre Pio”.
    Em suma, qualquer semelhança com o que Bergoglio está fazendo com Padre Stefano M. Manelli dos Freis Franciscanos da Imaculada não é mera coincidência! Já vimos esse filme antes! Só espero que ele tenha o mesmo desfecho da parábola de Lázaro e o Rico.

  4. Que bela notícial! Obrigada, Ferretti!

    Tenho a obrigação de vir aqui dizer que devo muito à intercessão do grande padre Pio. Primeiro, a saúde de minha filha, Teresa Bernadete, que nasceu com um defeitinho no coração e foi totalmente curada antes de completar um mês de vida (sem cirurgias ou qualquer intervenção médica). Mais recentemente, a cura de meu 6o filho, José Pio, que teve pneumonia dupla com septicemia aos 10 dias de vida. Foi batizado emergencialmente e, graças ao bom Deus e à intercessão do pe. Pio (a quem eu recorria lembrando-o que o meu nenezinho levava seu nome, rsrs), foi totalmente curado e hoje, com um aninho de vida, goza de plena saúde.

    abs,
    em Cristo,
    Patricia Medina

  5. Pô Pe. Pio, estamos em tempos ecumênicos, porque você faz uma dessas???

    • É, parece que realmente Deus quer que as pessoas se convertam, ao contrário de outros que dizem que não devemos rezar pelas outras religiões e que afirmam que todas são verdadeiras. Padre Pio discorda, será que os santos estão errados?(Ironic mode off)

  6. Enquanto o santo Padre Pio converte, a hierarquia apóstata “desconverte” milhares de católicos mundo a fora…
    São Pio, rogue pela Igreja, a fim de que seja purificada e que este triste tempo de “noite espiritual” seja breve!

  7. São Padre Pio, rogai por nós!

  8. Confesso: li apenas o primeiro paragrafo. Mais tarde, caso aguente, faço a leitura completa.

    A memória dos verdadeiros santos permanecerá eternamente.

    Nosso Senhor fará cair no esquecimento, na história futura da Igreja, aqueles que não são dignos de honrarias, que não as merecem. Essa é a hora dos progressistas, que agem de acordo com seus interesses, mais movidos para dar credibilidade a certas ações equivocadas que ocorreram na Igreja nessas últimas décadas do que por questões de justiça.

    Por que Pio XII e Pio IX ainda não foram canonizados?

    Simples, porque as atuais autoridades são ideologicamente orientadas. Não fazem nada, absolutamente nada por questão de justiça;

    Talvez seja uma honra para Pio IX e Pio XII não serem canonizados por JP II e Francisco.

    Já Pio X foi canonizado por um outro grande Papa.

  9. Será levado em conta:

    http://www.acidigital.com/noticias/religiosa-de-90-anos-chega-a-roma-para-impulsionar-a-beatificacao-de-pio-xii-19055/

    “Senhor Jesus Cristo, Te agradecemos por ter dado à Igreja o Papa Pio XII, pastor angélico e mestre fiel de Tua verdade.

    Ele, com doutrina segura e suave fortaleza, exerceu o supremo ministério apostólico guiando a Tua Igreja pelo agitado mar das ideologias totalitárias.

    Abriu os seus braços de Pedro, sem distinção, a todas as vítimas da terrível tragédia da Segunda Guerra Mundial ensinando que não há nada a perder com a paz, obra da justiça.

    Com humildade e prudência deu renovado esplendor à Sagrada Liturgia e deu a conhecer a glória de Maria Santíssima proclamando sua Assunção ao Céu.

    Faz, ó Senhor, que, seguindo seu exemplo, também nós aprendamos a defender a verdade, a obedecer com alegria ao Magistério católico e a expandir os horizontes de nossa caridade.

    Por isso Te suplicamos, se é para Tua maior glória e para o bem de nossas almas, que glorifiques Teu servo, o Papa Pio XII. Amém”.

    Digo eu: deverá ser levado em conta?

    ___

    Que a devoção a esse grande Santo, SÃO PADRE PIO DE PIETRELCINA, possa continuar crescendo no meio católico. Eu mesmo não lhe era devoto, mas já começo a pensar em sê-lo. Por graças abundantes de Nosso Senhor para sua Igreja, temos muitissimos santos.

  10. Il mio Padre Pio!!!

  11. Ferretti, muito obrigado por divulgar esses fatos.

    Eu mesmo conheci um homem, filho único de mulher de idade avançada que não conseguia conceber, tirada de uma das longas filas de aconselhamento pelo próprio Pe. Pio, porque o filho pelo qual ela ansiava logo viria- isso sem conhecer ou conversar previamente com a mesma. Esse senhor foi batizado Pio, e viveu no Brasil.

    Não podemos esquecer que a totalidade da hierarquia greco-católica romena foi jogada em prisões pelos comunistas, a maioria morreu, as igrejas foram confiscadas e tomadas pelos cismáticos, os fiéis perseguidos. Até hoje a maioria das igrejas roubadas pelos cismáticos não foram devolvidas, apesar de sentenças favoráveis dos tribunais (o último caso que conheço, do ano passado, refere-se ao mosteiro basiliano de Bixad- o último dos monges católicos sobreviventes à prisão, até onde sei, está vivo): em muitos casos, quando os cismáticos percebiam que a devolução seria inevitável, os prédios roubados aos greco-católicos eram simplesmente demolidos. Recentemente, o governo romeno deixou de recensear milhares de famílias greco-católicas, para que o número de fiéis parecesse menor. Trata-se de um dos mais graves casos de perseguição anti-católica contínua nos “antigos” países comunistas, se não o pior, e já foi citado em diversos relatórios da Comissão Européia de Direitos Humanos. Não à toa, a principal aliada da igreja cismática russa é a igreja cismática romena: dize-me com quem andas…

    São Pio de Pietralcina, rogai por nós!

    • Seixas, parabéns pelo comentário. Infelizmente hoje quase ninguém lembra do sofrimento dos greco-católicos na União Soviética, até mesmo dentro da própria Igreja. Muitos pensam que isso é página virada, mas como você bem lembrou há resquícios disso até hoje, não só na Romênia, mas principalmente na Ucrânia. Para os greco-católicos ucranianos a União Soviética não acabou.

  12. Em minha cidade tem um grupo de católicos leigos que dão todo o apoio a pessoas de rua, dando-lhes abrigo, comida e mais importante, carinho, amor e mais importante ainda os sacramentos da Igreja. Rezam o rosário todos os dias.

    No ano passado o Padre Jeferson rezou ali a Missa tão querida por padre Pio, que é a missa são Pio V e os presenteou com uma relíquia do Padre Pio. O frei Tiago também rezou ali uma missa.

  13. Carlos,na minha opinião, logicamente que a União Soviética não acabou e continua massacrando a Igreja Catolica em seus territórios!!

  14. A Igreja Católica poossui um imenso acervo onde estão guardados muitas histórias de Mártires e Santos, muitos Santos iguais ao Santo Padre Pio de Pietrelcina. Graças à Deus do Céu e da Terra, presenteou à sua Igreja de muitos testemunhos verdadeiros que nos fortalecem na nossa FÉ para que possamos caminhar firmes na fé, fazendo assim a Igreja do Senhor sempre mais forte e conseguindo dessa forma ajudar a conduzir o Rebanho do Senhor em direção à Glória Celeste, a salvação das almas para a eternidade e trazer assim outros povos a caminhar conosco no caminho de Deus.