Comissão da Arquidiocese de SP defende dignidade dos gays.

O Estado de São Paulo – A Comissão Justiça e Paz da Arquidiocese de São Paulo publicou nesta quarta-feira, 30, uma nota em “defesa da dignidade, da cidadania e da segurança” dos homossexuais. O texto foi publicado às vésperas da 18.ª Parada do Orgulho de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais de São Paulo, que será realizada neste domingo, 4, na Avenida Paulista.

“Não podemos nos calar diante da realidade vivenciada por esta população, que é alvo do preconceito e vítima da violação sistemática de seus direitos fundamentais, tais como a saúde, a educação, o trabalho, a moradia, a cultura, entre outros”, afirma, em nota, a entidade da Igreja Católica. A comissão diz também que LGBTs “enfrentam diariamente insuportável violência verbal e física, culminando em assassinatos, que são verdadeiros crimes de ódio”.

A entidade convida “pessoas de boa vontade e, em particular todos os cristãos, a refletirem sobre essa realidade profundamente injusta das pessoas LGBT e a se empenharem ativamente na sua superação, guiados pelo supremo princípio da dignidade humana”.

Ainda de acordo com a nota, o posicionamento da entidade, “fiel à sua missão de anunciar e defender os valores evangélicos e civilizatórios dos direitos humanos, fundamenta-se na Constituição Pastoral Gaudium et Spes, aprovada no Concílio Vaticano II: “As alegrias e esperanças, as tristezas e angústias dos homens de hoje, sobretudo dos pobres e de todos aqueles que sofrem, são também as alegrais e as esperanças, as tristezas e as angústias dos discípulos de Cristo”, diz o documento.

Dar voz. O diretor da Comissão Justiça e Paz da arquidiocese, Geraldo Magela Tardelli, afirmou que esta é a primeira vez que a comissão escreve “formalmente” a favor dos homossexuais. “A comissão tem uma missão, segundo D. Paulo Evaristo Ars: ‘temos que dar voz aqueles que não tem voz’. Neste momento, o que estamos percebendo é que há um crescimento de violência contra homossexuais, então a gente não pode se omitir em relação a essa violação dos direitos humanos”, afirmou o diretor.

Segundo ele, a realização da Parada Gay determinou a divulgação da nota. “Nós achamos que esse era o momento correto de colocar essa nota em circulação. Nós da Igreja estamos engajados na defesa dos direitos humanos e não compactuamos com nenhuma violação, independentemente da cor e da orientação sexual das pessoas”, disse Tardelli.

50 Comentários to “Comissão da Arquidiocese de SP defende dignidade dos gays.”

  1. Eis a neoigreja.

  2. Alguma nota sobre a matança de Cristãos no mundo? Claro que nao!

  3. Essa nota da CNBB é simplesmente vergonhosa. Para dizer o mínimo.

  4. Quando a gente pensa que a igreja (com “i”) do Brasil não pode descer mais baixo, ela nos surpreende! Parece não haver fim para o mal que as burocracias curiais podem fazer à fé dos católicos com suas notas, seus “posicionamentos”, etc.
    “‘temos que dar voz aqueles que não tem voz’”? A gaystapo tem mais voz do que toda a Igreja junta! São donos da mídia, estão nas fileiras políticas inserindo sua mensagem deformada em livros escolares, em planos de educação, em campanhas milionárias, etc.
    Querem dar voz a quem não tem voz? Perguntem à qualquer dona de casa que ainda frequenta a Igreja se ela é favorável à um bando de pessoas semi nuas desfilando na av paulista, insinuando sexo explícito (em alguns casos fazendo mesmo…ali na rua) durante a infame parada do “orgulho” gay!
    Será que veremos mais imagens de santos com camisinhas nas mãos, semi-nus e em posição sexual? É possível que meia dúzia de drag-queens saiam vestidas de Papa Francisco esse ano!
    E a igreja brasileira ali, acovardada, lambendo as botas da gaystapo.
    Nessas horas eu aplaudo…o Silas Malafaia!

    • Eu jamais aplaudiria Silas Malafaia. O ódio não pode ser resposta cristã a nenhuma situação! Não é bom distorcer o que a nota diz, ela está dizendo que essas pessoas não merecem morrer assassinadas, não merecem ser ofendidas e humilhadas, não merecem ser esbulhadas. A nota não diz que elas são corretas e modelo de cristandade. Quem poderia ir de encontro a isso?

  5. Temos que respeitar as pessoas homossexuais sim, mas sem renunciar a Moral Católica. E conscientes de que a homossexualidade não é união, e sim luxuria e concupiscência da carne. E que o remédio para concupiscência tanto para heterossexual e homossexual é a continência e a castidade, virtudes as quais valorizam a pessoa, que não pode ser usada como um objeto de prazer , num utilitarismo que degrada e fere profundamente sua dignidade.Veja livro de São João Paulo II ” Amor e Responsabilidade ” que fala justamente sobre isto, sobre a norma personalista. Claro que ele fala da união homem e mulher, mas os homossexuais se enquadram na questão que é tratada no livro sobre a virtude da Castidade.

  6. É assim que começa, daqui à pouco vão querer obrigar à pessoas decentes a aceitar a sujeira dos sodomitas. A igreja do Brasil é mesmo uma vergonha.

    • …já está nas mentes destes celerados fazer leis que acabem com a moral dos homens,se é que você me entende,mas não só na mente nos lábios também,cogitão sobre isto em circulos de integrantes homossexuais

  7. Mas além do fenômeno homossexual, existe uma força latente que trabalha nas sombras se utilizando desta bandeira homossexual para destruírem as famílias. Claro que o mentor disso tudo é o Diabo.

  8. Se existe um grupo que tem sido “alvo do preconceito e vítima da violação sistemática de seus direitos fundamentais”, decerto são os cristãos – assassinados aos milhares mundo afora. Possivelmente, morrerei sem ler um documento da CNBdoB a favor dos verdadeiros mártires de hoje.

  9. .Adianta escrever alguma coisa? Há uma possibilidade em dez milhões que alguém, lendo, se mova a uma reação eficaz. Pois se um grupo de clérigos devassos, de evidente má fé, declara aproveitar uma data específica, de uma ação específica( um desfile debochado e doente de militantes da doença mental e de tudo quanto é alienação e desqualificação anti crstã estimulando e incitando o ódio à Igreja Católica e aos católicos), um outro grupo, publicando, com a mesma clareza , uma opinião contrária, talvez suscite uma ação eficaz favorável à dignidade, saúde , decência, bom senso, respeito a Deus, que inicie a contra revolução,e traga a Paz e a Dignidade de volta.Quanto um farsante que se fantasia de arcebispo, junta se a pederastas para incentivar ao ódio e reforçar mentiras, inventadas para movimentar alienados contra os seres humanos, talvez só reste usar palavras fortes, como raça de víboras,se pulcros caiados, ou mesmo viadagem militante,fascismo gramscista, sacanagem. Os próximos dias ajudarão a ver onde está a razão.

  10. “Segundo ele, a realização da Parada Gay determinou a divulgação da nota. “Nós achamos que esse era o momento correto de colocar essa nota em circulação. Nós da Igreja estamos engajados na defesa dos direitos humanos e não compactuamos com nenhuma violação, independentemente da cor e da orientação sexual das pessoas”, disse Tardelli.”

    Engajados também na defesa de sexo nas ruas também como é praticado nessas paradas? Pior que sim. Cinismo, falta de vergonha, cegueira… faltam palavras para definir essa gente. E pelo visto falta quem lhes coloque freios também. Essa comissão é independente? Não poderia ser, já que se coloca em nome da Igreja.

  11. Mas aonde vamos parar?!!! O que esses senhores têm na cabeça?!!!!

    Uma declaração dessas às vésperas da Parada Gay é um acinte, uma vergonha, um cravo a mais nas mãos do nosso Divino Salvador!

    Ninguém é a favor de violência contra homossesuais ou contra quem quer que seja, mas às vesperas de uma parada gay a única declaração possível por parte de bispos católicos seria um sonoro “Não! Não Participem! A sodomia é um pecado mortal que clama aos céus! Venham para a Igreja que os ama e quer a sua salvação, mas não promovam esse evento!”

    Afinal, o que é uma parada gay? Seria apenas homossexuais marchando pacificamente com faixas e cartazes contra violência?

    Não, nada disso. As Paradas Gays são eventos vergonhosos, imorais, obsecenos! Ao final há camisinhas por todo canto, fora outras coisinhas que os lixeiros encontram.

    As imagens não deixam dúvida. Pensei em colocar um vídeo do Youtube aqui de paradas anteriores para mostrar do que se trata, mas não vale à pena, não devemos sujar nossos olhos e os olhos alheios com imundície.

    Senhores bispos, por tudo o que é mais sagrado, retirem essa declaração! Arrependam-se e façam uma declaração católica!

  12. Correção: essa nota da comissão, e não da CNBB. Mas, para ser da CNBB é um pulo.

  13. Excelentes comentários. Não sei se há vantagem tática em chamar as diabetes infiltradas na Igreja de neoigreja. Esclarecimento: diabetes , diab(o)etes, equivalentes a chacretes e paquitas. Nenhuma ofensa à doença de desequilíbrio do metabolismo dos carboidratos. Até porque aí temos açúcar, e nas diabetes anti eclesiais temos amargor, fel.Eu tenho certeza que nós, aqueles aqui representados pelos excelentes comentaristas deste infausto evento, somos os lúcidos, mas cabe, a bem da maior eficácia e da humildade, pensar: não seremos nós os loucos? Não estarão mais certos aqueles que difundem mentiras( violência crescente contra os santos e pacíficos viados e sapatonas, ódio à santa diversidade, etc) para favorecerem a devassidão, a laxidão, a entrega das nacionalidades, das dignidades e das riquezas às potências a-nacionais, trans-nacionais? Estes ( falsos, em minha opinião) clérigos, de vários fingidos( na minha opinião) graus de ordenação, não estarão dando voz aos excluídos, oprimidos, quando ( os diabclérigos) deixam de falar no crescente ódio aos católicos, no assassinato crescente de cristãos, na promoção das hemorroidas, das gonorreias, dos suicídios, e falam em nome daqueles que não contam com nenhum Jô Soares, nenhum Fernando Gabeira, nenhum Purpurado para defender suas ” opções de vida” ? Se há uma total liberdade para a realização de Missas de Sempre, de paradas Sumorum Pontificum, que são numerosíssimas, de defesa das famílias que seguem a norma genética( pai, mãe, gravidez, filhos, família), que acontecem todos os dias sem que a TV deboche, sem que os jornais ocultem, por que não dar voz aos que querem apenas amar, ter a experiência de masturbar alguém do próprio sexo, mudar de gênero como se muda de cueca, ridicularizar senhoras chamando-as de beatas somente porque acreditam que Deus existe e que há uma vida eterna? Se nos seminários se ensina que os supremos critérios para saber o que é a Verdade são sociológicos e culturais, por que não apoiar as expressões proféticas dos Novos Tempos, e mostrar a riqueza e diversidade de um felatio, principalmente entre dois homens? Por que não dar voz a aqueles que querem matar montões de células humanas inúteis que, insistindo em serem chamados nascituros, querem que senhoras jovens fiquem com os peitos caídos e horroróóósas estrias nas coxas lindas e eternas? Todo poder aos soviets!O Portador da Luz nos indica o caminho! Avante camaradas! Deixemos de ser loucos, alienados, fora do tempo! e quem somos nós para julgarmos aqueles que simpatizamos e, secretamente ou não, ajudamos? Só somos juízes somente para julgar idiotas reacionários como Pio XII, Pio XI, Santa Catarina de Siena, São Tomás de Aquino, Olavo de Carvalho, e todos estes fósseis rígidos reacionários .Idiotas que querem um deus eterno! Que querem um deus coerente consigo mesmo!Que não pode mudar de regras e opiniões para acolher os lindos auto-eróticos!Os eliminadores de bebês politicamente incorretos!Eternos, eternamente vivos, felizes e belos, somente nós mesmos!Se existem literalmente chamas no inferno, todos verão, eternamente, como reluzimos, e reluziremos para todo o sempre!

  14. Mas esperem! Não nos precipitemos. Não nos esqueçamos dos chamados “Frutos da Jornada”. Logo logo os bispos que participaram da JMJ virão a público e proclamarão a verdade sobre a moral católica referente à sexualidade humana.

    Como todos sabem, após a JMJ houve uma afervoramento da fé. Então, não tardarão a aparecer várias declarações veementes, claras e inquívocas contra esse evento nefando, a começar pelo arcebispo de São Paulo e do Rio de Janeiro.

    Essas declarações dirão “Não podemos nos calar diante da realidade do ensinamento católico sobre a sexualidade humana, sobre os Novíssimos e sobre a dignidade humana, que se fundamenta na imagem e semelhança de Deus, cujo Filho Único é exemplo máximo de pureza, bondade, castidade. Devemos fazer a distinção entre os pecadores, alvo de predileção do amor de Deus, que enviou o seu Filho Único para nos salvar, e o pecado, a que todos somos chamados a abandonar.”

    Calma! Os frutos da jornada não tardarão a aparecer….

  15. Se os gays querem ser respeitados, por que ofendem os católicos desonrando seus santos nas paradas gays, transmutados em gays em poses libidinosas e sedutoras? Qual foi a reação dessa ou mesmo da CNBB? Seriam parceiras, pelo menos nos métodos.
    Acaso essa mesma comissão os censurou em público por quererem ser respeitados, porém não a recíproca?
    Sobre a fragilidade de certas comissões eclesiais – ao que parece já aparelhadas pelos socialistas, como essa CJP e a CNBB – o papa emérito Bento XVI em relação à fragilidade da Conferencia Episcopal Alemã à época do nazismo: “O grupo dos bispos unidos nas Conferências depende, na prática, para as decisões, de outros grupos, de comissões específicas, que elaboram roteiros preparatórios. Acontece, além disso, que a busca de um ponto comum entre as várias tendências e o esforço de mediação dão lugar, muitas vezes, a documentos nivelados por baixo, em que as posições precisas são atenuadas”. E ele recorda que, em seu país, existia uma Conferência Episcopal já nos anos 30: “Pois bem, os textos realmente vigorosos contra o nazismo foram os que vieram individualmente de prelados corajosos. Os da Conferência, no entanto, pareciam um tanto abrandados, fracos demais com relação ao que a tragédia exigia” (A Fé em crise, IV).
    Já que a ordem é a defesa seletiva dos gays, reprocessarei o trechinho acima:
    “Nós achamos que esse NÃO era o momento correto de colocar essa nota em circulação, DEVERÍAMO-LO TER FEITO ANTERIORMENTE. Nós da Igreja estamos engajados na defesa dos direitos humanos, DE FORMA NÃO SELETIVA e não compactuamos com nenhuma violação, independentemente da cor e da orientação sexual das pessoas, INCLUSIVE DOS CATÓLICOS QUE NESSAS HORAS SÃO OMITIDOS”, DEVERIA TER DITO disse Tardelli.

  16. Perderam uma boa oportunidade de ficarem calados!

  17. Lamentável! Transformaram a Igreja numa loucura: sem mais reconhecer Jesus como Senhor e sem ter um Papa que seja realmente santo e que confirme a Fé nos momentos de tribulação. As ovelhas se dispersam e são devoradas pelos lobos, e por causa da ação dos maus pastores que cuidam do rebanho, os quais a Igreja, governada por um mau pastor nestes tempos de apostasia, os alimenta, engorda e protege, para que eles alimentem engordem, protejam, fortaleçam e façam crescer os lobos dando-lhes das ovelhas do Senhor!

    Todos vejam que citaram um texto aprovado pelo concílio Vaticano II para legitimar a abominação, e fazem isso sem receberem uma censura sequer das autoridades da Igreja, porque o texto é ambíguo propositalmente e clama por interpretações anticristãs. Agora, citem algum texto ambíguo do concílio mas com interpretação católica, para verem a resposta das mesmas autoridades e a censura despótica que eles impõem…

    Irmãos, só podemos rezar e deplorar o que vemos, porque os hereges dominaram os templos, os cargos, os fiéis e toda a parte humana da Igreja, e a levam para a perdição.

  18. Não sabeis que os injustos não hão de herdar o reino de Deus? Não erreis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas, nem os ladrões; nem os avarentos, nem os bêbedos, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o reino de Deus. (1 Coríntios 6:9-10)
    Mas, quanto aos tímidos, e aos incrédulos, e aos abomináveis, e aos homicidas, e aos devassos, e aos feiticeiros, e aos idólatras e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago que arde com fogo e enxofre; o que é a segunda morte. (Apocalipse 21:8)

    Fica a réplica que quem são pessoas de ódio:

    http://devotosdamisericordiadivina.blogspot.com.br/2012/05/agredidos-pela-tolerancia-dos-ativistas.html

  19. Pode até fazer a parada gay,mas ninguém ali pode cometer pegado,se não aqueles que estão na Arquidiocese de São Paulo, e que assinam esta nota podem vir a correr grande risco de se comprometerem com o erro e o pecado.
    Resumindo,nem uma pessoa que estiver neste desfile pode pecar,os homossexuais não podem cometer pecado algum;viu integrantes da Arquidiocese de São Paulo,pois com esta nota moralmente voces são responsáveis por eles.
    …voces não tinham algo melhor pra fazer do que ficar publicando notinha em nome da SANTA MADRE IGREJA CATOLICA APOSTOLICA ROMANA ????
    Até parece que a Igreja é a vilã,que nunca defendeu os fracos (fisica e moralmente).
    Cuidado como voces estão dirigindo a CASA DE DEUS,muito cuidado,pois voces podem comprometer totalmente o Evangelho de JESUS CRISTO;e aí pra mudar numa hora de crise extrema,pode custar a vida de muitos católicos…(testemunho de fé).

  20. “Nós achamos que esse era o momento correto de colocar essa nota em circulação…”

    Quem é esse “nós”? Será que temos que sair da Igreja pra que parem de falar em nosso nome o que não queremos dizer? Quem é o “nós” que decidiu isso? desde quando NÓS fomos consultados sobre o assunto?

    Se é A Igreja, então não é “nós”, é A IGREJA. Mas se não é a Igreja que “nós” é esse? Por acaso todo mundo na Igreja pensa igual? não se pode nem dizer que “nós somos contra o aborto” porque tem um monte de gente da Igreja que é a favor, como é que “nós vamos ser todos concordantes com essa declaração idiota?

  21. Olha, lendo a nota qualquer pessoa tem a impressão que Adolf Hitler voltou dos mortos e está matando gays no Brasil no atacado.

  22. Não é a toa que o Seminário do Ipiranga, outrora celeiro de vocações, se transformou, na época de D. Arns, numa gaiola de loucas da pior qualidade, como já disseram aqui num feminário…

  23. Quem não percebe que esta atitude da Arquidiocese de São Paulo é apenas mais um passo na direção de implantar o comunismo no Brasil? Na eleição do prefeito Hadad, já o Sr Arcebispo enviou às paróquias recomendação para não votarem no candidato opositor dele, virando o jogo: o menos cotado nas pesquisas foi eleito, aquele que o Lula falou que era um poste. Ora, alguém ainda se engana a respeito do Fórum de São Paulo, do PT e aliados comunistas? O objetivo deles todos é acabar com a Igreja e com a democracia no Brasil, transformando-o numa grande (e miserável) CUBA. E, por incrível que pareça, com apoio explícito da Arquidiocese.

  24. Já pensaram em dar voz ao povo que luta pela implatação justíssima do Summorum Pontificum em algumas Dioceses Brasil a fora? E que por isto só recebem desprezos, calúnias e perseguições dos seus Prelados e Párocos?

  25. Realmente “Por alguma fresta a fumaça de Satanás entrou no seio da Igreja.” (Papa Paulo VI)

  26. Acho que vou vomitar………………..

  27. Estou no período de minha CONSAGRAÇÂO a NOSSA SENHORA pelo METODO MONFORT ( de 29-04 até 31.05), que renovo anualmente, graçasà DEUS! E, tenho como livro orientador além do original de MONFORT, uso também a 12ª edição do”CONSAGRAÇAO A NOSSA SENHORA”, de D.Antonio Maria Alves de Siqueira, aonde há MEDITAÇÔES….e x c e l e n t e s, retiradas de outros livros Monfortianos e etc.! Uma Benção!
    Nas MEDITAÇÔES de hoje (01.05) li, na páginas 38a 40: ” ESPIRITO DE MORTIFICAÇAO,NECESSARIO PARA OBTER A SABEDORIA”, eu li o seguinte:

    “….3º-Cumpre não acreditar, nem obedecer as maximas do mundo, nao pensar, falar e agir, como o fazem os mundanos. Porque eles tem doutrina tão adversa à da SABEDORIA ENCARNADA, como as trevas à luz, e a morte à vida. Ponderai-lhes os sentimentos e expressões: pensam e falam mal de todas as grandes verdades. Sim, não mentem, abertamente, mas, disfarçam as mentiras, sob as aparencias da verdade; crêem não mentir, e todavia, mentem.
    Não ensinam abertamente o pecado, mas o chamam de virtude, honra, decencia, ou coisa indiferente e sem importancia. É nesta habilidade, apreendida do Demonio, para d i s s i m u l a r a deformidade do pecado e da mentira, que consiste a….m a l í c i a de que fala SAO JOAO: “” TODO O MUNDO ESTÁ PENETRADO DE MALÍCIA”” ( 1 Jo 5,19 ), agora, mais do que nunca””.

    Ora , SAO LUIS MARIA GRIGNON DE MONFORT em sua época, já falava assim,…….imaginemos se ele estivesse aqui, agora , e visse as maluquices e bobageiras que nós temos o “privilégio”/azar , de ter que ver!!! ver, sem poder reclamar……….!!! Ai, meu DEUS!

    Socooooorro SAO JOSÉ!!! SALVE MARIA! Vinde ESPIRITO SANTO!

    MARANATHA!

  28. Esta não é a minha Igreja, a minha Igreja é a de Cristo. Estes homens que se dizem católicos e promovem uma exibição pública a favor da sodomia já estão excomungados por “Latae sententiae”, uma vez que têm consciência total que estão estão a ir diretamente contra os mandamentos de Cristo. Já não é Cristo que reina nos seus corações mas sim Satanás. Tenho pena dessa gente e mais pena daqueles que se sentem legitimados no pecado, pelos sacerdotes que escreveram esta nota. Estes senhores não estão preocupados com o bem estar físico e das almas dos homossexuais mas sim na promoção da homossexualidade e de levar estas pobres almas para o fundo dos infernos. Se isto não é o fim dos tempos o que será!! Cristo já não realiza a sua ação nestes sacerdotes mas sim Satanás.

  29. A Arquidiocese deveria dizer que PRATICAR o homossexualismo destrói a imagem de Deus nas pessoas e que a imagem de Deus é a maior dignidade que podemos ter. Se alguns têm certa inclinação, não há razão nenhuma para desespero nem para auto-destruição, porque a castidade é para todos e o celibato é a maior dignidade que se pode receber no corpo junto com a virgindade, porque o Senhor antecipou: “há eunucos que se fazem eunucos por amor de Mim” e São Paulo fulminou que “é muito justo que façamos oblação de nossos corpos a Deus”. Então, o que a Arquidiocese ensina não vem de Deus, mas fica bem abaixo, na doutrina marxista e freudiana.

  30. Difícil é o clero atual defender o Catolicismo de sempre. Esse será sempre chamado de intolerante, atrasado, etc, exatamente como fazem os maçons.

  31. Como sempre, essas “notas” dessas “comissões” da neo-igreja, nada edificam, não servem para nada.
    Seria uma boa oportunidade de ficarem de boca fechada.

  32. FRATRES;
    Quando digo “coisas piores, muito piores, virão”, até eu mesmo me surpreendo com a rapidez que a sinagoga de satanás, instalada dentro da hierarquia eclesiástica vem fazendo…
    Como alertou o último Papa Santo, São Pio X, que o modernismo seria a pior de todas as heresias, uma vez que trazia em si o conjunto de tudo aquilo que fora tentado contra a Igreja em toda a sua História.
    Hoje podemos ver que essa gente apóstata vem fazendo um mal sem limites.
    Daí, quando pergunto de “essa igreja conciliar é séria” tem gente por aí que faz beicinho, que choraminga e que fica resmungando…
    Perguntar se é séria, não vou mais, justamente porque todo o “conjunto das últimas medidas tomadas pela neo-igreja” demonstram e respondem minha pergunta.
    Meu novo questionamento a essa gente é esse:
    “ESSA NEO-IGREJA É CATÓLICA?”
    Quem viver verá…
    Rezemos, FRATRES! Coloquemos nas Mãos Benditas da Santíssima Virgem nosso pedido para que este tempo de noite e escuridão na Igreja seja abreviado!
    Kyrie Eleison!
    Nossa Senhora de la Salette, rogai por nós! Rogai pelo que ainda resta de Igreja!
    Santo Atanásio, rogai por nós! Intercedei ao Bom Deus que nos envie um Bispo forte e Corajoso que enfrente esta onda de dessacralização e de relaxamento doutrinal e moral que assola a Igreja!

  33. O que entristece é não haver uma linha chamando-os à conversão. Isso sim lhe traria dignidade.

  34. Vejo um monte de fariseus acima.

    Sem dúvida faltou na declaração uma nota de que a Igreja não mudou sua posição diante do homossexualismo, que é um erro antinatural, mas é óbvio que é papel da Igreja denunciar sim a violência a esse grupo. Não só pela dignidade, mas até para que entendam nossa argumentação e não nos confundam.

    Certamente alguns aí em cima diriam que Jesus apoiava o adultério por impedir a adúltera de ser apedrejada…

    Sejamos católicos! Anunciemos a verdade! Mas lembremo-nos que verdade e caridade andam juntas.

    • E eu um summo sacerdote….
      Mas Thiago, de verdade acredita nas estatísticas bolivarianas de imanes violências e sofrimento desses grupos insuflados somente para impor a engenharia social?
      E o desarmamento diminuiu o número de assassinatos?
      E com 320,00 reais sou classe média?
      E com 12 anos não é mais estupro?
      E Hugo Chaves virou passarinho?
      Anunciemos a Verdade, deixa pra lá essas mentiras contadas mil vezes!

    • Talvez você pertença ao mesmo grupo que lançou a nota, um grupo que acredita (ou diz acreditar) que gays são oprimidos e que a Igreja deve lutar contra essa opressão (porque para o seu grupo, essa é a única missão da Igreja atual: lutar contra a opressão de classe) e apoiando as iniciativas da militância gay, encarnadas na parada gay. Alguns estão muito avançados nesse pensamento e já dizem – a partir de dentro da Igreja – que a maior opressora dos gays sempre foi a própria Igreja (aquela do passado), quando chamou de pecado aquilo que cometem (claro, para esse grupo a Igreja não fala em nome de Deus – será que existe? – mas escolhe o que chama de pecado apenas para ter poder).
      Partindo disso podemos dizer que seu grupo ignora o que é pecado, finge não saber que há uma militância organizada por trás desse movimento gay, finge também não saber do que acontece nessas paradas (obviamente só finge), deixa passar que as cifras anunciadas por essa militância são completamente tortas, e – claro – não é católico, por isso mesmo não se incomoda com os ataques que essa militância faz contra a Igreja.

  35. A Arquidiocese tem pefil no face !!
    Abarrotem de recados !!!!!

  36. Thiago, por que você não vai lá na ParadaGay emprestar sua voz pra atacar os Católicos como você já começou a fazer aqui ao rotular-nos de fariseus?
    Esse é o seu modelo de caridade? Punhos cerrados para os de casa e sorriso escancarado para os da rua? Que verdade você diz anunciar quando se vê que a mentira foi institucionalizada como verdade?
    A Igreja realmente nunca mudou sua posição diante do homossexualismo:

    “Por isso também Deus os entregou às concupiscências de seus corações, à imundícia, para desonrarem seus corpos entre si;
    Pois mudaram a verdade de Deus em mentira, e honraram e serviram mais a criatura do que o Criador, que é bendito eternamente. Amém.
    Por isso Deus os abandonou às paixões infames. Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural, no contrário à natureza.
    E, semelhantemente, também os homens, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para com os outros, homens com homens, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a recompensa que convinha ao seu erro.
    E, como eles não se importaram de ter conhecimento de Deus, assim Deus os entregou a um sentimento perverso, para fazerem coisas que não convêm;
    Estando cheios de toda a iniqüidade, fornicação, malícia, avareza, maldade; cheios de inveja, homicídio, contenda, engano, malignidade;
    Sendo murmuradores, detratores, aborrecedores de Deus, injuriadores, soberbos, presunçosos, inventores de males, desobedientes aos pais e às mães;
    Néscios, infiéis nos contratos, sem afeição natural, irreconciliáveis, sem misericórdia;
    Os quais, conhecendo o juízo de Deus (que são dignos de morte os que tais coisas praticam), não somente as fazem, mas também consentem aos que as fazem.
    (Romanos 1:24-32)

    O que existe é alguns que querem perverter a Doutrina para se parecerem muito aceitáveis aos olhos do mundo. Não existe dignidade alguma em um grupo de pervertidos que saem às ruas pra dizer que se orgulham de sua rebelião contra Deus. Se você ainda não sabe o que significa a dignidade do homem, creio que você precisa voltar às aulas mais elementares do Catecismo para crianças.
    “O diabo escolhe, a cada século, um demónio diferente para tentar a Igreja. O atual é singularmente sutil. A angústia da Igreja perante a miséria das multidões obscurece a sua consciência de Deus. A Igreja cai na mais astuciosa das tentações: a tentação da caridade.” — Nicolás Gómez Dávil

  37. FRATER Gercione;
    Apesar de algumas divergências, sua resposta ao noviço foi realmente perfeita.
    Chamar-nos de “fariseus” é fácil, especialmente pela lassidão moral na qual a infeliz maioria de “católicos” se encontra.
    Conhecer a Doutrina, porém, é algo impensável.
    Ademais, a doutrina dessa gente teve início no cãocílio das maravilhas…
    Como disse Nossos Senhor: “poderão ser colhidos figos do espinheiro? Pelos frutos conhecereis a árvore!”
    Rezemos!

  38. Dizem que Dom Odilo lê parte das manifestações…imprensa@arquidiocesedesaopaulo.org.br
    Mãos à obra!

  39. Gercione faz o correto e o mais necessário, responde com a Palavra de Deus e dá testemunho do Senhor que, aliás, não deixou nada sem resposta, porque tanto quanto o Senhor, Sua Palavra é atemporal e não passará, então, sobrepassa o tempo. A igreja conciliar que defende doutrina oculta e estranha de uma mentira alheia travestida com algo que pretensamente tem a fachada de caridade, mas não passa de filantropia que descuida das almas e as joga no inferno, quer ver dignidade na pessoa em si, como se ela já fosse sua própria essência e não recebesse o ser de Deus ou não dependesse de Deus para ser, o que a remete à infinitude do castigo por ignorância culposa. A prova persiste no corpo e é no corpo que aderimos à Cruz do Senhor. Parabéns Gercione. Com certeza será recompensado no céu.

  40. Mas o que a Comissão da Arquidiocese de São Paulo, que os cristãos católicos participem da parada gay???? É um texto de incentivo para nos unirmos as depravações que acontecem em plena luz do dia nesse desfile de indecências???? Porque essa parada gay de forma alguma é uma passeata exigindo respeito e dignidade, porque só o que se vê é um bando de gente descendo aos mais baixo nível da indecência humana e ainda escarnecendo da Igreja, do próprio Cristo, de Deus Pai e do Espírito Santo.
    Daqui a pouco haverá um carro alegórico destinado aos participantes desta malfadada comissão.

  41. Não há nada que esteja ruim, que não possa piorar.

  42. Todos os Padres,Seminaristas, Bispos, Arcebispos, Noviços, Freiras ,Monges, Autoridades Eclesiásticas, e demais interessados,…… quando tratarem desse tema polemico……”homossexualismo”…..vulgo sodomia , ou gomorrice,….deveriam antes de falar, de escrever sobre isso, deveriam ler………ROMANOS 1 (24 a 32), e também, LEVITICO 18 (22), e o LEVITICO 20 (13).

    Nesses textos Sagrados……está t u d o muiiiiiito bem explicadinho!!! é a VONTADE DO SENHOR, o TODO PODEROSO, Aquele que mais nos ama, e tem o PODER de VIDA e da MORTE!!!Amém! ALELUIA!

    Quem for inteligente, e prudente………….obedecerá ao SENHOR! Claro!……

    MARANATHA!

  43. Essa Comissão está em choque direto com Dom Odilo. Batem de frente com ele, que amarga essa influencia indireta da mentalidade dos tempos de D. Paulo E. Arns, ainda fortemente presente nos ambientes da Arquidiocese. Tenho mesmo é pena de Dom Odilo, de ter de engolir isso tudo.

  44. CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA

    CASTIDADE E HOMOSSEXUALIDADE

    2357 A homossexualidade designa as relações entre homens ou mulheres, que experimentam uma atração sexual exclusiva ou predominante para pessoas do mesmo sexo. Tem-se revestido de formas muito variadas, através dos séculos e das culturas. A sua génese psíquica continua em grande parte por explicar. Apoiando-se na Sagrada Escritura, que os apresenta como depravações graves (103) a Tradição sempre declarou que «os atos de homossexualidade são intrinsecamente desordenados» (104). São contrários à lei natural, fecham o ato sexual ao dom da vida, não procedem duma verdadeira complementaridade afetiva sexual, não podem, em caso algum, ser aprovados.

    2358. Um número considerável de homens e de mulheres apresenta tendências homossexuais profundamente radicadas. Esta propensão, objetivamente desordenada, constitui, para a maior parte deles, uma provação. Devem ser acolhidos com respeito, compaixão e delicadeza. Evitar-se-á, em relação a eles, qualquer sinal de discriminação injusta. Estas pessoas são chamadas a realizar na sua vida a vontade de Deus e, se forem cristãs, a unir ao sacrifício da cruz do Senhor as dificuldades que podem encontrar devido à sua condição.

    2359. As pessoas homossexuais são chamadas à castidade. Pelas virtudes do autodomínio, educadoras da liberdade interior, e, às vezes, pelo apoio duma amizade desinteressada, pela oração e pela graça sacramental, podem e devem aproximar-se, gradual e resolutamente, da perfeição cristã.

  45. Anderson Fortaleza, Hitler, como todo socialista, só matava os que eram contra ele. Hermann Goering era homossexual e foi comandante da Luftwaffe com uma patente militar acima de todos os outros militares alemães, enquanto Ernst Röhm, também homossexual, foi assassinado porque discordou do chefe.

  46. A nota é de padres, que infelizmente não obedecem ao arcebispo D. Odilo.