Padre Pedro Cunha fala sobre sua intervenção polêmica no programa “Em Frente”, da TV Aparecida.

Companheiros de programa fazem chacotas e dão risadinhas irônicas. Ele mesmo, o sacerdote apresentador, manda outro sacerdote “se danar”… No entanto, depois de causar alvoroço nos blogs e redes sociais, Padre Pedro Cunha vem a público para dizer que não foi bem assim, que não teve intenção.

Tags:

32 Comentários to “Padre Pedro Cunha fala sobre sua intervenção polêmica no programa “Em Frente”, da TV Aparecida.”

  1. Presenciei o verdadeiro PAVOR que os padres brasileiros – e até bispos – têm do FRATRES IN UNUM, uma vez que sabem que seus comentários irônicos e/ou seus abusos litúrgicos poderão ser postados na internet, e merecerão as justas e verdadeiras admoestações por parte dos fiéis. Soube que vários, inclusive, pedem para que seus fiéis não leiam o FRATRES, pois, segundo eles, é o site que distorce o que eles QUISERAM DIZER. É sempre a mesma ladainha dos modernistas: falam para destruir a Igreja mas, quando pressionados, dizem que não foram compreendidos…
    Muito obrigado, Fratres, por mostrar os erros dos modernistas! Viva Cristo Rei!

  2. Só quero ver ele falar isso no Vaticano perante ao Papa!!

  3. Esses programas do tipo Pe. Pedro Cunha são conhecidos como “as ratoeiras de Satanás”. Como deve sofrer Nosso Senhor Jesus Cristo, tanto pelo Pe. Pedro (acusador) como também pelo acusado (vítima). Toda a injustiça vem de Satanás e, uma vez que vem dele, isso quer dizer que o acusador foi manobrado por Satanás. E o corpo místico de Cristo sofre também pelo acusado, sua vítima. Portanto, nessas situações, é preciso confirmar os ensinamentos autênticos do magistério dos Santos Padres, as santas Palavras de Cristo (Santa Bíblia), bem como na Tradição.
    Vivemos, meus irmãos em Cristo, dias difíceis!

  4. Sobre o primeiro vídeo do Padre Pedro, eu queria que eles provassem que a pessoa que ligou, de setenta anos, é mesmo uma senhora de 70 anos, “tão lúcida” ou se não é uma armação, uma jogada. Não me entra na cabeça que uma pessoa de 70 anos que frequente a Igreja assiduamente e que seja católica desde da infância se posicione dessa forma sobre o uso do véu. Quem é o padre que a “obrigou”, será que a história dela é a real? Porém, sr padre Pedro, a sua fala é real e documentada, esta gravada, e que mudança de postura de um video para outro não é mesmo? que voz de “gato de botas do Sherek” o sr fez no vídeo que acabo de ouvir. Compadecimento de nós que defendemos a tradição? Nâo precisa sr padre, já estamos acostumados a sermos o “pior” da Igreja, mas sabemos que a “pedra que os pedreiros rejeitaram, tornou, agora, a pedra angular”.

    • Carissimo Pe. a cor azul lembra o manto de Nossa Senhora e ela tem um sua cabeça um véu, ou estou também vendo coisas, será que estou magoada com seus comentários, como pode alguém estar debaixo de um local consagrado a Virgem Santissima, falar tamanha sandice, penso que o deverias repensar sua forma de pedido de desculpas, ou procurar urgente uma pessoa que demonstre o que é estar magoado, e é o que estar indignado com tamanha sandice dita em seu programa, mas creio que se fosse uma pessoa com julgamentos corretos, se colocaria em seu lugar de Pe. e que agora como o próprio não devemos, não podemos, quando estava a comentar sobre o véu.
      Simples os focos foram trocados, em vez de dar palpites, estão palpitando com seus atos, como se sente sendo o alvo, foi uma mudança sutil e penso que não se sentiu muito bem sendo criticado e que isso lhe causou um sentimento nada agradável.
      E é isso que usa como desculpas, chamo de indignação, o canal da TV Aparecida lhe dá essa abertura para falar o que quer, como bem entender e nós cristãos também temos nossos meios para lhe dizer o quanto sua postura não é aceita, mas respeitada, pois até o presente momento disse o que bem quis em seu programa, quem sabe esteja na hora de se ter uma postura de um Pe. que respeita a IGREJA COMO UM TODO, não somente num quadrado e a forma como utilizaram o vídeo é por que sua expressão foi indelicada e debochada, e o video não foi criado, ele existe e é verdadeiro, então repense seu discurso magoados, para pessoas que não pensam e nem comungam dos seus pensamentos, e passe a respeitar seus próximos, pois quem mantém a TV são fieis e não três apresentadores, diante de milhões de telespectadores, se isso pode se chamar de magoa, eu a chamo de respeito e dignidade.
      E Dom Damasceno espero uma atitude vinda de sua autoridade, afinal o Pe. Pedro está sob sua submissão, caso não faça nada e pense que o povo está aceitando tudo, estamos vivendo um tempo onde queremos familias santas, para podermos criar uma sociedade melhor, onde Igreja de Cristo seja exaltada e onde Fé seja sinal de respeito, caso não que isso se torne mais público e que chegue até Papa Francisco, como tanto outros casos já chegaram afinal não podemos ficar engolindo tantas sandices, quando muitos Sacerdotes que lutam para que Cristo seja exaltado sejam motivos de chacotas dentro da própria Igreja Catolica, e alguns até afastados da Igreja, sendo acolhidos em outros paises, e esses que nem se quer tem uma paroquia para cuidar ficam a posar de mariposas saltitantes.

    • Pois é, Augusto. Eu também penso que isso tem cheiro de armação. Eu nunca assisti a esse famigerado programa, mas volta e meia vejo publicações de vídeos desse tipo e já assisti a pelo menos três onde a pessoa liga para queixar-se do Pároco.

    • A parte de ser uma mulher de 70 anos é a mais provável de ser real, se for realmente uma história verídica, porque em geral não são os jovens, mas os idosos os que mais abominam a Igreja tal como a mesma sempre foi. E particularmente os sacerdotes idosos… Eu já ouvi tanta velha descompreendida dar graças a Deus por estar na igreja nova, que não está no gibi… Claro que existem as piedosas, mas é incomensurável a quantidade de idosas que querem pagar de modernas e contemporâneas, irreverentes no linguajar e sem sabedoria, apesar da idade.

    • Esse Pe. se classifica dentre esses qualificados por Nossa Senhora de La Salette. Veja que são palavras de Nossa Senhora a esses dois videntes, e não palavras do autor do livro, ou minhas, mas citação de estudos e livros dos Pe. Rene Laurentin e Michel de Corteville, que pegaram os originais na Biblioteca do Vaticano. Aqui vai:
      Leiam no excelente livro sobre “A aparição de La Salette e suas profecias”, do Sr. Luis Eduardo Dufaur, ed. Petrus – São Paulo – 2007, pag. 58: “Os sacerdotes, ministros do meu Filho, pela sua má vida, sua irreverência e impiedade na celebração dos santos mistérios, pelo amor do dinheiro, das honrarias e dos PRAZERES, tornaram-se Cloacas de impureza. Sim, os sacerdotes atraem a vingança e a vingança paira sobre suas cabeças. Ai dos Sacerdotres e das pessoas consagradas a Deus, que pela sua infidelidade e MÁ vida crucificam de novo meu FILHO! Os pecados das pessoas consagradas a Deus bradam ao Céu e clamam por vingança”.
      Eu não tenho dúvida de que o Pe. em questão e esses seus infelizes sequazes, estão nesse tipo de sacerdotes descritos por Nossa Senhora de La Salette, aparição com reconhecimento oficial da Igreja. Não acham?

  5. Como diz o ditado a emenda ficou pior que o soneto. O padre perdeu mais uma chance de ficar calado. Como ele ajudou e muito nossa causa como advogado vou dar um conselho a ele: fique quieto. Suma. Desapareça.

  6. “…provocar nas pessoas o pior delas…”

    Isso é retratação ou mais ofensa.

    Esse tipo de gente quer mesmo nos por em armadilhas…como ele disse no vídeo postado anteriormente:“…por trás de pessoas que utilizam tantas indumentárias há muitas dúvidas…”

    Ademais, quem misturou as coisas foi ele, quando fugiu ao tema da suposta consulente queixosa, e partiu para o dane-se.

    O travestido “Garfield” quer mesmo provocar. Sonha em reação por vias de fatos, para nos acusar de “fundamentalistas terroristas”. É tudo que ele mais deseja para promover a sua aventura contra a fé.

    Que ocorre, repito, o clero modernista está caluniando o quanto pode os padre e bispos que guardam a moral ortodoxa.

    A palavra de ordem é difamem em tudo a ortodoxia:

    “…por trás de pessoas que utilizam tantas indumentárias há muitas dúvidas…”

    • Isso é retratação ou mais ofensa?!!!

    • Pois é Bosco, o padre disse :“…por trás de pessoas que utilizam tantas indumentárias há muitas dúvidas…”.

      Mas então eu pergunto a ele: E por trás de quem usa clergyman (que nem católico é) só quando o Papa está no Brasil para a JMJ? O que se esconde? Porque nunca tinha visto ele de Clergyman, mas no “Seguindo o Papa” sim! Pode até ser que ele use e eu não tenha visto em outras ocasiões fora de seu programa, mas porque usar na TV só quando o Papa estava aqui? O que tinha a esconder então?

    • É verdade meu caro Ragioniere JS,

      Ocorre que esse tipo não se envergonha ostensivamente, como se foi mostrado, de seu comportamento obsceno. O que se possa dizer o que fazem às escondidas.

      Será se os fofoqueiros que telefonam para o programa sabem?

  7. Ah! vá seu pedro cunha, assim mesmo com minúsculas e sem o pe. antes do nome porque pra mim o senhor(??) não é; deixa de ser dissimulado, falso e mentiroso, vai se danar…

  8. Meu caro Padre Pedro! Eu tenho o senhor em boa conta, desde o início do programa ANUNCIAMOS JESUS, lá na década de 70! Agora, o senhor realmente, foi muito infeliz no comentário efetuado a respeito do véu, e mais ainda, com a chacota que fizeram o Rodolfo e a Denize! Não julgar, não é só para leigos, é para os padres também! E o senhor, não só julgou, mas condenou o padre, sem ter dado a ele o direito de dar a sua versão ao caso! Foi justamente desta maneira que Jesus foi julgado e condenado! Lamento muito pelo ocorrido, já assisti o programa no sei início mas hoje não assisto mais e se tivesse assistindo aquele programa, teria me decepcionado mais ainda! Afinal, eu sou um dos que contribuem para que a TV Aparecida e toda a sua estrutura evangelizadora esteja no ar e não esperava por isto, se bem que já constatei outras coisas em outros programas que não aceitei e escrevi aos responsáveis, dando meu ponto de vista a respeito! Acho que tudo a Igreja condena através de seus representantes, os padres, bispos e leigos autorizados aos programas das redes seculares, não esteja bem em sintonia com o que deveria ser dito e condenado! Eu conheci este ditado, como sendo a filosofia do padre: ! FAÇA O QUE EU DIGO MAS NÃO O QUE EU FAÇO”, gostaria muito de não acreditar que isto fosse verdadeiro! Um forte abraço ao senhor e seus parceiros de programa e que Deus o ilumine para que eu não perca de vista o padre Pedro que conheci e passei a admirar a tantos anos!
    ARI MARQUES
    SOCIO DA FAMILIA CAMPANHA DOS DEVOTOS

  9. Este padre mente! Ele foi claro; incluiu o uso do véu pelas mulheres, dentro da Igreja, como um método fundamentalista!. Ele foi claro nisto.

  10. Pe Pedro Cunha, o Senhor não ofendeu a nós não, o Senhor nos escandalizou. O Senhor ofendeu a Deus, o que é pior, e o Senhor não pediu perdão a Deus, pelo menos no vídeo. Nós não somos tradicionalistas não, nós somos e queremos ser: Católicos Apostólicos Romanos. Que Nossa Senhora Aparecida interceda pelo Senhor e que o faça o bom sacerdote, pois a Santa Igreja precisa de bons Sacerdotes.

  11. São Pio X alertou para este tipo de pessoa (o modernista): “E o que exige que sem demora falemos, é antes de tudo que os fautores do erro já não devem ser procurados entre inimigos declarados; mas, o que é muito para sentir e recear, se ocultam no próprio seio da Igreja, tornando-se destarte tanto mais nocivos quanto menos percebidos.

    Aludimos, Veneráveis Irmãos, a muitos membros do laicato católico e também, coisa ainda mais para lastimar, a não poucos do clero que, fingindo amor à Igreja e sem nenhum sólido conhecimento de filosofia e teologia, mas, embebidos antes das teorias envenenadas dos inimigos da Igreja, blasonam, postergando todo o comedimento, de reformadores da mesma Igreja; e cerrando ousadamente fileiras se atiram sobre tudo o que há de mais santo na obra de Cristo, sem pouparem sequer a mesma pessoa do divino Redentor que, com audácia sacrílega, rebaixam à craveira de um puro e simples homem.

    (…) continuam a derramar o vírus por toda a árvore, de sorte que coisa alguma poupam da verdade católica, nenhuma verdade há que não intentem contaminar. E ainda vão mais longe; pois pondo em obra o sem número de seus maléficos ardis, não há quem os vença em manhas e astúcias: porquanto, fazem promiscuamente o papel ora de racionalistas, ora de católicos, e isto com tal dissimulação que arrastam sem dificuldade ao erro qualquer incauto; e sendo ousados como os que mais o são, não há conseqüências de que se amedrontem e que não aceitem com obstinação e sem escrúpulos. Acrescente-se-lhes ainda, coisa aptíssima para enganar o ânimo alheio, uma operosidade incansável, uma assídua e vigorosa aplicação a todo o ramo de estudos e, o mais das vezes, a fama de uma vida austera. Finalmente, e é isto o que faz desvanecer toda esperança de cura, pelas suas mesmas doutrinas são formadas numa escola de desprezo a toda autoridade e a todo freio; e, confiados em uma consciência falsa, persuadem-se de que é amor de verdade o que não passa de soberba e obstinação”.

    É preciso dizer mais alguma coisa?

  12. Padre,o problema não foi o Senhor e seu convidados debocharem sobre usar o véu.
    Até porque a senhora não falou nem por um momento que o padre a tinha obrigado a usar véu.
    O problema foi a sua falta de respeito ao outro sacerdote mandando o se danar.
    Realmente isso não foi uma postura correta, muito menos de um sacerdote!
    Que o Espírito Santo o conduza!
    Sua benção !

  13. É ESPANTOSO O CINISMO, A FALA MANSA. Com todo respeito Pe. Pedro, o sr. andou tendo aulas com o Lula que não sabia nada do mensalão? O sr. ofendeu a Deus, o sr. ofendeu a Igreja Católica. O sr. não ofendeu apenas meia dúzia de pessoas que se revoltaram com o seu escárnio no vídeo que jamais vai se apagar. O sr. ficou triste? Que bom que ficou. Agora é a vez do arrependimento. Depois da reparação. E que o seu pedido de perdão seja honesto e sincero (Deus sabe).

  14. É impressão minha ou esses caras tem um gestual bem afeminado? Hummmmm…bem sintomático..

  15. Resumindo: o padre Pedro Cunha ficou triste, mas não se arrependeu.

    Na verdade ele atingiu o objetivo que foi o de ridicularizar os católicos tradicionalistas para milhões de telespectadores. Fez na TV o que centenas de padres e bispos fazem nas reuniões.

    Pior que nada vai acontecer contra ele, pois quem está na hierarquia hoje odeia a Tradição Católica, abomina os 10 mandamentos e ensina heresias nos seminários.

  16. Pe. Pedro despejou todo o seu ódio contra a tradição APOSTÓLICA do uso do véu, assim como sobre toda a tradição da Igreja permitindo a zombaria que ocorreu naquele programa quando se falou dos padres que se guiam pela tradição da Igreja.

    Agora, como todo bom revolucionário, vem se fazer de coitadinho.

  17. Assistam aos próximos programas “Em Frente” só pra ver que eles não vão mudar .
    Esse trio de apresentadores é capaz de negar o Catecismo da Igreja sorrindo.

  18. Igualzinha à “retratação” de Fábio de Melo tempos atrás, ele não quis dizer o que efetivamente disse, explicou, explicou, reiterou o que disse e ainda pediu desculpas por não terem entendido ele, ou seja, ainda coloca a culpa nos outros rsrs

  19. Que homem sórdido, melífuo e vil . Com essa voz de bonzinho disse os maiores absurdos. E chocante ver um padre dizer que por reclamarem de suas posições contra a tradição da Igreja, que ele está certo mas provoca ”o pior das pessoas ”. Ele tem que ser afastado de onde está. Deixou de ter fé há muito tempo e agora é só mais relativista a enganar e corromper os católicos ingênuos

  20. É propriamente uma retratação de um fariseu hipócrita, sepulcro caiado, que só voltou atrás, de modo mais cínico possível. Agora achar que o uso do véu é pitoresco!? A afirmação é desrespeitosa no mínimo.
    É a linguagem ofídica de modernistas. Ao mesmo tempo que pede “perdão” critica. Sem mais comentários.

  21. Completanto, “só voltou atrás porque estava provocando muita reação”.
    E quando ele manda o Pe. “se danar” e os risos irônicos? Mesmo assim, não quis “ofender ninguém”? É muito cinismo!

  22. Com todo o respeito que tenho aos Sacerdotes,…pelo que assisti aqui,no vídeos,..reconheço,…penso, que esses moço é…L O B O! Coitadinho! Oremos por ele! E,…nunca vejamos tal “programa” desenvangelizador!Amém!Aleluia!
    JESUS CRISTO È O S E N H O R ! Amém!

  23. Por Dilson Kutscher
    Pois é, caro Padre Pedro, talvez a sua pessoa nunca esperasse uma resposta tão inspirada pelo DEUS Altissimo, como essa da nossa irmã em Cristo, Isabela Firmo.
    “Porque eu vos darei uma palavra cheia de sabedoria, à qual não poderão resistir nem contradizer os vossos adversários”. (São Lucas 21, 15)
    “É com brandura que deve corrigir os adversários, na esperança de que Deus lhes conceda o arrependimento e o conhecimento da verdade”, (II Timóteo 2, 25)
    GARANTO QUE CORAGEM E ZELO…
    NÃO FALTARÃO AOS VERDADEIROS CATÓLICOS NESTE FIM DOS TEMPOS.
    Mesmo que muitos obstáculos pareçam “Grandes Golias” a nossa frente e nós apenas “pequenos Davi”, perguntando que podemos fazer para combater essa grande apostasia dentro da própria Igreja, mas diz na Sagrada Escitura:
    “Levantando a mão, com uma pedra de sua funda abateu a insolência de Golias, pois ele invocou o Senhor todo-poderoso, o qual deu à sua destra força para derrubar o temível guerreiro, e para levantar o poder do seu povo”. (Eclesiástico, 47, 3-6)
    Nesta hora de densas trevas para a Santa Igreja, aqueles “pequenos Davi”, serão:
    “Naquele dia, o Senhor protegerá os habitantes de Jerusalém; o mais fraco dentre eles será valente como Davi, e a casa de Davi surgirá como Deus, como um anjo do Senhor”. (Zacarias 12, 8)
    O FIM DOS TEMPOS SERÁ O TEMPO DOS “ATANÁSIOS”.
    QUE HÃO DE DEFENDER AS TRADIÇÕES DA IGREJA E ZELAR PELA CASA DE DEUS.
    QUE COMBATERÃO PELA HONRA E GLÓRIA DO DEUS ALTISSIMO…
    COMBATERÃO A APOSTASIA, A FUMAÇA DE SATANÁS DENTRO DA IGREJA.
    Santo Atanásio, por defender a sã doutrina, foi condenado como perturbador da comunhão eclesial!
    Hoje, depois que a Igreja canonizou Santo Atanásio como ínclito defensor da Fé e da Tradição, fica fácil dizer que estavam certos aqueles poucos que ficaram ao lado do Santo e foram expulsos das igrejas oficiais, sendo obrigados a se reunirem nos desertos debaixo de sol e chuva, mas conservando a fé intacta e respondendo aos hereges: vocês têm os templos, nós temos a Fé! (Cfr. São Basílio, ep. 242, apud Cardeal Newman – Arians of the Fourth Century, apêndice V
    DISSE SANTO ATANÁSIO..
    “Não devemos perder de vista a Tradição, a Doutrina e a Fé da Igreja Católica, tal como o Senhor ensinou, tal como os Apóstolos pregaram e os Santos Padres transmitiram. De fato, a Tradição constitui o alicerce da Igreja, e todo aquele que dela se afasta deixa de ser Cristão e não merece mais usar este nome. Mesmo que os católicos fiéis à Tradição estejam reduzidos a um punhado, são eles que são a verdadeira Igreja de Jesus Cristo.”
    Portanto, REPETIREI…
    A divisão entre os fiéis (zelosos e obedientes) e os infiéis (apóstatas e rebeldes) começou, e a acomodação, a covardia e a necessidade de agradar aos homens não é fruto do Espírito Santo de DEUS, e sim a coragem e a determinação para sermos fiéis até o fim ao Santo Evangelho de Nosso Senhor JESUS CRISTO e a Sua única e verdadeira Igreja, que eles, em sua cegueira espiritual, insistem em destruir. Contudo, é necessária a nossa fidelidade, mesmo que sejamos perseguidos, ridicularizados e soframos grandes represálias. No entanto, a coroa da glória estará a nossa espera. Pois, ou estamos com a VERDADE, com o DEUS ALTÍSSIMO, ou estamos nas trevas, com o pai da mentira, o rebelde Satanás.
    Agora nós, católicos conservadores, que zelamos pela CASA DE DEUS, mantendo o máximo respeito com o Sagrado, levando a Sagrada Escritura gravada em nosso coração, obedientes e tementes as Leis, Preceitos e Desígnios do DEUS Altíssimo…nós somos os ERRADOS, os PITORESCOS??
    “Vós, pois, caríssimos, advertidos de antemão, tomai cuidado para que não caiais da vossa firmeza, levados pelo erro destes homens ímpios”. (II São Pedro 3, 17)
    “Nós, porém, somos de Deus. Quem conhece a Deus, ouve-nos; quem não é de Deus, não nos ouve. É nisto que conhecemos o Espírito da Verdade e o espírito do erro”. (I São João 4, 6)
    Dilson Kutscher