Começa a misericordiosa colheita dos frutos da visitação apostólica em Ciudad del Este.

Ordenada diretamente por Francisco, a medida faz a primeira vítima da misericordiosa visitação apostólica: o seminário. Há 9 anos, quando Dom Livieres assumiu, havia menos de duas dezenas de padres diocesanos. Hoje são 70. A diocese enviava suas vocações ao progressista seminário nacional de Assuncion. Hoje, tem um seminário próprio, cujo número de seminaristas chega a 200, que, inclusive, escreveram ao Papa pedindo que mantivesse o trabalho do seminário tal como está sendo feito. Mas não há misericórdia para eles: a decisão vem sumariamente, menos de uma semana após o fim da visitação.

Sobre o sacerdote acusado de abusos citado na matéria, evidente que será usado como subterfúgio para toda e qualquer decisão arbitrária tomada contra a Diocese. Se a diocese cometeu a imprudência de acolhê-lo, não lhe foi dispensada, por outro lado, a misericórdia concedida a Mons. Rica, cujos pecados passados foram justificados publicamente por Francisco no vôo que o levava de volta a Roma depois da JMJ…

No caso paraguaio, a questão deve ser refeita: quem sou eu para NÃO julgar?

——

Suspensas ordenações sacerdotais em seminários de Ciudad del Este

Assunção (RV) – O enviado do Santo Padre ao Paraguai, Cardeal Santos Abril y Castello, anunciou neste sábado, 26, a suspensão das ordenações sacerdotais no Seminário da Diocese de Ciudad Del Este. Na coletiva de imprensa realizada na sede da Nunciatura Apostólica em Assunção, o cardeal espanhol declarou que a medida foi tomada pelo Papa, acrescentando desconhecer até quando deverá vigorar.

Devido às denúncias de abuso por parte de um sacerdote argentino, Dom Abril y Castello, acompanhado pelo Bispo Auxiliar de Montevidéu, Dom Milton Luis Tróccoli Cebelio, foi enviado ao Paraguai em “missão eclesial e pacificadora”. Após uma semana no país sul-americano, não quis comentar os resultados de sua investigação na diocese. “Não vou dizer nada sobre as conclusões porque é evidente que primeiro devo informar o Santo Padre, pois é ele que nos envia”, afirmou o Cardeal, que é o Presidente da Comissão Cardinalícia de Vigilância do Instituto para as Obras de Religião.

“A missão que me trouxe aqui foi a de recolher elementos úteis para que o Papa possa avaliar a situação concreta da Diocese de Ciudad del Este”, observou o Cardeal, que entrevistou religiosos e leigos para completar seu relatório. (JE)

Anúncios

29 Comentários to “Começa a misericordiosa colheita dos frutos da visitação apostólica em Ciudad del Este.”

  1. “O cardeal espanhol declarou que a medida foi tomada pelo Papa

    Uai, não foi o mesmo Papa quem contou historinhas ao repórter da Globo na JMJ, dizendo que na Argentina não havia mais padres e que uma idosa católica da Patagônia começou a frequentar seita evangélica mantendo escondida uma imagem da Virgem no armário? Se o Papa queixa-se da escassez de vocacionados, por quê (sarcasmo) ele a provoca no Paraguai a partir do bispado de seu antigo desafeto?

    Que vingancinha mais suja, Santidade! Aguardemos a vingança do alto…

  2. São os frutos do CVII, da geração modernista e da malfadada reforma litúrgica. Não podemos esperar, lamentavelmente, dos bispos e cardeais de hoje, relatórios outros que não estejam alinhados com a anti-doutrina. Aggiornamento, nos anos 60, redundou em fenômenos sociais tais como a ” revolução” feminista, a revolta jovem de Nanterre-Paris, Woodstock, a primazia do individualismo hedonista e na ” fumaça de Satanás” infiltrando-se na Santa Igreja, como predisse a Virgem Maria em Fátima.
    Seminário com 2 centenas de jovens, críticos em relação a tudo que conspurcou a Igreja, é um perigo que precisa ser banido. Não tenham dúvidas quanto ao final desta história. É só consultar o Papa Aviz I, que ele adiantará o todos já sabemos.

  3. Francisco não esquece. Francisco não perdoa.

  4. Tudo isso, tanto quanto também a descarada perseguição aos Franciscanos da Imaculada, serve para evidenciar muito bem a olhos vistos, a que ponto tem chegado o desespero dos filhos do modernismo face a viradeira que gradualmente, mas com vigor, vem ocorrendo em todo o mundo no que se refere ao retorno à Sagrada Tradição e à renúncia às abominações e heresias da neo igreja. A estas víboras traiçoeiras que tem empreendido toda esta desesperada tentativa de sufocar a centelha da verdade a que mais e mais pessoas tem dado tudo de si para manter acessa, lamento informar que todas estas maldades, perseguições, censuras, suspensões, enfim tudo isso, será inútil pois a chama da Verdadeira Igreja está assegurada pelo sopro de Deus. As reações que ocorrem em todo o mundo à igreja conciliar são suscitadas por ELE. São OBRA DELE ! Que terrível engano cometem todos aqueles que empreendem tal perseguição, ao imaginar que estão atacando um “modismo”, que estão combatendo uma mera “tendência” ou se empenhando em suprimir um “saudosismo”… Mal sabem eles a reação que tudo isso aí vai desencadear e a resposta que Deus Nosso Senhor será servido dar… Que todos os irmãos que têm a felicidade de compartilhar da adesão a Verdadeira Igreja, de modo algum se permitam abater, mas de rosário em punho, estejam mais e mais firmes na fé e no bom combate, que a vitória é certa, posto que já pela Palavra outra coisa não é destinada às víboras senão que a sentença “IPSA CONTERET” : ELA ESMAGARÁ (Gn 3, 15).

  5. Uma coisa não entendo : por qual motivo com alguns se trata com candura e com outros com rigidez? E geralmente a rigidez são com os tradicionais!

  6. Onde está o humilde e mero “bispo de Roma” do discurso inaugural?

  7. Devemos respeito ao Papa! Mas tenho uma séria preocupação: Estaríamos atravessando pelas crises indicadas por Nossa Senhora, caso as suas previsões não fossem ouvidas?

    • Higo Felipe, as ordenações não foram definitivamente canceladas, mas momentaneamente suspensas (a pedido do Papa, que não informou até quando vigorará). É exatamente o que diz o artigo da Rádio Vaticano que publicamos.

  8. Este papa nunca me enganou…todas as suas atitudes aparentemente humildes não passam de um disfarce para uma pessoa muito determinada no seu objetivo: destruir toda a tradição e vingar-se de todos os que um dia, ousaram contrariá-lo.
    .

  9. Sinceramente, embora no fundo já temesse ser este o resultado da tal “visita apostólica” (as aspas se devem ao fato de não conseguir imaginar um dos doze apóstolos a fazer visitas visando destruir obras comprovadamente apostólicas), tive esperanças até o último minuto… A notícia me atingiu tal qual um punhal cravado ao peito. Não sei o que pensar, mas a meu ver, ficou mais do que evidente que há algo de “estranho” neste pontificado. Já não consigo mais ver ou ouvir Francisco e pensar que o Papa é um “pobre inocente cheio de boas intenções”. Que o Senhor Deus me perdoe!
    Parece que a Francisco lhe interessa que os muçulmanos colham os “fruto espirituais do ramadã”, já os católicos colherem frutos de um apostolado católico comandado por um bispo católico? Não, aí é necessário intervir, boicotar! O “Bispo de Roma” não quer ser papa, quer que haja maior colegialidade e que cada um cuide de sua Diocese… Exceto aqueles que queiram se manter católicos! Aí é mão pesada! E tome “misericórdia”!

    Peço ao Ferreti que me permita deixar o link de um pequenino artigo que publiquei em meu blog. Vejam o “crime” passível de punição cometido pela Diocese de Ciudad del Este:

    http://morroporcristo.blogspot.com.br/2014/07/ciudad-del-este-os-frutos-de-uma.html

    Senhor Deus, misericórdia (a Vossa, a autêntica)!

  10. Prezados Senhores, Salve Maria Puríssima!

    Com relação à matéria e seu comentário ‘intróito’, gostaria de aclarar dois pontos e fazer-lhes dois pedidos:

    Aclarações:

    1) Onde lê-se “… a suspensão das ordenações…”, entenda-se seu “adiamento”, não seu “cancelamento”, informação esta recebida da boca de nosso Bispo, Dom Livieres.
    2) Sobre o Sacerdote acusado de abusos, referindo-se ao Pe. Carlos Urrutigoity, o comentário deixa a entender que o caso ainda esteja em aberto, com a possibilidade de o referido Padre fazer jus às supostas acusações. Disto não há mais a mínima possibilidade.

    Por isso, peço aos responsáveis pelo site e todos seus leitores:

    1) A inteirar-se do caso em seus pormenores – incluindo o do referido Padre – através da página http://www.diocesiscde.info (página oficial da Diocese).
    2) E a rezarem muito por esta – literalmente abençoada – Diocese e por seu Bispo, um homem santo e pastor autêntico, especialmente na defesa de suas ovelhas. Por nossos Seminários e vocações.

    E acrescentaria um convite: conhecer-nos.

    Que o bom Deus, por intercessão da Virgem de Caacupé, nos abençoe e guarde!

    Airton Vieira (um dos muitos estrangeiros, pela graça de Deus, aqui aportado. E muito bem acolhido)
    Seminarista do Seminario Mayor San José

  11. Deixai uma paróquia durante vinte anos sem padre, e lá adorar-se-ão as bestas. Se o padre missionário e eu formos embora, vocês se perguntarão: “o que faremos nessa igreja? Não tem mais missa; Nosso Senhor não está mais presente aqui, podemos muito bem rezar em casa”. Quando as pessoas querem destruir a religião, elas começam por atacar o sacerdote, porque onde não existe mais sacerdote também não há mais sacrifício e onde não existe o sacrifício também não existe religião”. (São João Maria Vianney).

    Sinceramente, eu nunca vi um Pontífice trabalhar com tanto afinco contra o sacerdócio Católico! Depois de minar todo o trabalho de sacerdotes empenhados na luta contra o aborto e pró-família, de fazer eco ao lobby gay ao associar membros do clero à perversão da pedofilia, de perseguir os Franciscanos da Imaculada e cogitar fazer mudanças na disciplina do celibato, agora manda suspender ordenações numa época de tamanha escassez de padres e por pura vingancinha pessoal. São João Maria Vianney rogai por nós!!

  12. Esta é apenas uma batalha entre os anticristos (que estão dentro da Igreja católica) e Cristo. Quando se trabalha contra o sacerdócio dentro da Igreja trabalhar-se contra Cristo e contra a santificação dos elementos da Igreja. Estamos a ver apenas a ponta do rabo do grande lobo que se disfarça de santo cordeiro para enganar a todos com disfarces de humildade enquanto vai disferindo feridas no corpo de Cristo. A novidade não está nos ataques mas na forma, até à pouco tempo os ataques eram disfarçados mas agora são feitos abertamente e legitimados pelo grande lobo vestido de cordeiro.
    O cordeiro mostra que afinal é provido de dentes caninos e não tem vergonha de os utilizar, só e apenas para aqueles que fazem a obra de Cristo. Não nos deixemos enganar, a frequência desta perseguição é cada vez maior e o carácter anticristão dos seus atos demonstram que por detrás existe um intenção maléfica e satânica de destruição da Igreja. Esta perseguição não vai ficar por aqui, tem que chegar ao âmago de Igreja de Cristo que é a sua doutrina e a santa missa, mas ataque vai começar pela base da sociedade cristã que é a família, vejam esta entrevista, pelos vistos muitos dentro do Vaticano já sabem quais serão os resultados do próximo sínodo “O objetivo do Sínodo dos Bispos sobre a família não é apenas repetir as doutrinas, mas encontrar soluções para os divorciados recasados ​​e para todos.” como se a Igreja desde à 2000 anos se limitasse a fazer doutrina.(http://vaticaninsider.lastampa.it/en/inquiries-and-interviews/detail/articolo/sinodo-35354/ )

  13. Se todos se tornarem protestantes poderão até comer com Bergoglio num bandejão em santa Marta.

  14. No site da Diocese de Ciudad del Este, no topo das páginas, há painéis com números “revoltantes”, capazes de inflamar a ira de muitos na Igreja.

    O painel é visível logo acima do título do artigo, por exemplo, na mesma página da notícia:
    http://diocesiscde.info/index.php?option=com_content&view=article&id=3930:ordenaciones-sacerdotales-no-se-cancelan-en-ciudad-del-este&catid=243:noticias&Itemid=865

    Abaixo tento colocar o mesmo painel embutido:

  15. Esqueci de comentar que o painel revela um florecimento tremendo da fé na diocese, que aciona o alerta amarelo para quem não convém que isto ocorra.

  16. Teve ainda a reabilitação do polêmico filme de Pasolini, blasfemo só pelo fato do ator que interpretou Jesus, Enrique Irazoqui, ter sido um anarquista espanhol anti-franquista (não sei se penitenciou dos crimes que cometeu): http://oglobo.globo.com/cultura/filmes/o-evangelho-segundo-sao-mateus-de-pasolini-reabilitado-pelo-vaticano-13351175

  17. Caros fraternos, paz e bem!
    Na Igreja não funciona o método maquiavélico: “os fins (aumento de vocações) justificam os meios (negligência e impunidade na condução da diocese)”
    Vamos confiar nas decisões do papa. Salvo engano, ele ainda continua sendo o Sucessor de Pedro na cátedra Romana.
    É a minha opinião.
    Saudações cristãs!

    • É para rir? Acaso não conhece muitas dioceses brasileiras, onde não há nem vocações, muito menos uma boa condução? Se não me engano você é de Minas, não é? Procure aqui mesmo no Fratresinunun por “Claudio van Balen”. Sabe se Roma interviu no caso? Isso é só para exemplificar, um caso entre muitos.

  18. Com certeza nesta diocese o Edir Macedo vem encontrando dificuldades de fazer seu apostolado e pediu a francisco uma ajuda, não é?

  19. Respeitar o Papa ou as decisões do Papa? Hum… Respeito se da a coisas certas, ´serias…. Ao Papa enquanto instituição, sim, se deve respeito; mas a uma decisão dessas e uma aberração sem igual!
    os Seminários do Brasil são uma vergonha: o de Olinda e Recife é um exemplo disso: os seminaristas estudam numa “universidade catolica” e lá, convivem com o movimento gay! POde? O Papa vai tomar providencias????

  20. Quem, como eu, ignorante das possibilidades de desobediência às ordens absurdas que, quase diariamente, vemos serem infligidas aos mais fiéis servos consagrados a Deus, desde Cardeais, bispos, sacerdotes e religiosos, não se espanta com a servil obediência, sem que ninguém, a quem de direito e competência, possa contestar os desmandos visivelmente monitorados pelo Anticristo, que já domina no Vaticano, abra a boca? Até quando? O comentário de Luiz Fernandes (28-07-14) está corretíssimo.

  21. Como todo bom “marcketeiro”, a imagem pública que o Papa Francisco construiu, a começar pelo onomástico, É UMA MENTIRA.

  22. E há quem diga que é mera “paranoia”…

  23. Soy argentina. No les quepa ninguna duda de que Francisco quiere destruir todo lo que es tradicional: misas, vocaciones, todo…
    Siempre buscaba cómo desobedecer lo mandado por Benedicto XVl.Siempre le hizo la contra al Nuncio Apostólico Mons. Bernardini, quien ni siquiera estaba de acuerdo con los nombramientos de determinados obispos en Argentina hechos por Bergoglio. Y en Argentina, tenemos artículos que lo reflejan, dentro de webs de mi país.
    Patético.