Arcebispo de Mosul: “Perdi minha Diocese para o Islã – Vocês no Ocidente também serão vítimas dos muçulmanos”.

Igreja Católica Armênia em Raqqa, Síria, atualmente escritório do ISIS.

Nossos sofrimentos de hoje são o prelúdio daqueles que vocês, europeus e cristãos ocidentais, também sofrerão no futuro próximo. Perdi minha diocese. O local físico do meu apostolado foi ocupado por radicais islâmicos que nos querem convertidos ou mortos. Porém, minha comunidade ainda está viva. 

Por favor, tentem nos compreender. Aqui os seus princípios liberais e democráticos não valem coisa alguma. Vocês devem considerar novamente a nossa realidade no Oriente Médio, porque vocês estão acolhendo em seus países um número cada vez maior de muçulmanos. Vocês também estão em perigo. Vocês devem tomar decisões fortes e corajosas, mesmo ao custo de contradizer os seus princípios. Vocês pensam que todos os homens são iguais, mas isso não é verdade: o Islã não diz que todos os homens são iguais. Os seus valores não são os deles. Se vocês não compreenderem essa realidade o suficiente, vocês se tornarão as vítimas do inimigo que acolheram em sua casa.

Dom Amel Nona

Arquieparca Católico Caldeu de Mosul, atualmente exilado em Erbil

Corriere della Sera

14 de agosto de 2014

Créditos: Rorate-Caeli | Tradução: Teresa Maria Freixinho – Fratres in Unum.com

* * * 

Disse Santo Agostinho: “Somente posso amar aquilo que conheço…” . Assim, como são desconhecidos da quase totalidade do Ocidente Latino, não há como serem amados sem que sejam apresentados como irmãos da mesma Fé. Por isso, o vídeo a seguir traz a oração do Pai Nosso rezado/cantado segundo a tradição dos fiéis de língua siríaca (caldeus, siríacos e maronitas), inclusive com uso de cítara.

Atente-se que é o idioma de Nosso Senhor. As palavras que forem ouvidas podem/devem ser fiel reprodução do que Ele mesmo falou há quase 2 mil anos. Esses pobres perseguidos testemunham a Fé recebida de nossos Santos Padres repetindo as palavras que seguem: Aboun d’Bashmayo.

Anúncios
Tags:

31 Responses to “Arcebispo de Mosul: “Perdi minha Diocese para o Islã – Vocês no Ocidente também serão vítimas dos muçulmanos”.”

  1. Se a Igreja Gloriosa da Idade Média sofreu para se defender desta ameaça, imagina a Igreja cuti-cuti pobre para os pobres moderna…

    O arquieparca está certo. E não demorará tanto assim… O Islamismo será o castigo que Nosso Senhor vai permitir que flagele o pouco que restou da Cristandade se continuarmos nessa de chorar pedindo paz para quem quer matar nossos filhos e violar nossas mulheres.

  2. Devemos rezar pela conversão dos incrédulos (aqueles que ainda não conhecem o amor de Deus). Quem ama a Deus de verdade, não faz guerra, terrorismo, sexo antes ou fora do matrimônio, vota em partidos de esquerda, difunde a cultura da morte (aborto, eutanásia, esterilização…) ou adora outros falsos deuses (dinheiro, drogas, poder, posse, prazer…)…

    Com efeito, rezar nas intenções dos incrédulos significa rezar pelo nosso futuro, visto que todos os grandes males do mundo, tais como: as guerras, homicídios, drogas, aborto… provêm daqueles que não crêem em Deus.

    Essa é a verdade nua e crua!

  3. Sinto que Deus tem de intervir no mundo. é impossível continuarmos assim, com guerras, abortos, perseguições, os ricos cada vez mais ricos e os pobres sempre pobres, a educação de rastos, a política corrupta, o Papa só fala bem dos outros e critica a tradição. não concordo com o comentário acima a dizer que o católico não vota em partidos de esquerda, pois independentemente do sistema político, a vivência cristá sobrepoem-se a isso tudo. a direita tem feito mais mal do que bem aos cristãos, pelo menos aqui em Portugal.

  4. Meio atrasado, mas, feliz Ramadã pra todos! Desejo isso de todo coração em plena comunhão com o Papa Francisco! Salaam Aleikum Santo Padre!

  5. Interessante….pragas,maldições..! Isso não é comportamento de cristão…
    SANGUE DE CRISTO lave essas palavras,e nos livre de todo mal…!Amém!
    Que toda maldição jogada sobre nós, em NOME de JESUS,pelo Poder de Sua Cruz,e de Seu Santíssimo NOME,seja anulada,retirada!
    Salve MARIA! JESUS é O SENHOR !Aleluia!

  6. Fosse no tempo de um Godofredo de Bouillón, de um Ricardo Coração de Leão, de um Urbano II, com toda nossa superioridade militar e tecnológica, e o Ocidente dito cristão já teria mandado estes muçulmanos bárbaros rezar a “al-Fátiha” na casa de suas vovozinhas.

    Estes nossos irmãos são aqueles sobre os quais está caindo o peso do pecado do diálogo interreligioso e do laicismo estatal. E nisto, assemelham-se ao Nosso Salvador.

    Que vergonha para todos nós.

    Que vergonha, Senhor!

  7. Esta é a triste realidade dos CRISTÃOS que vivem nos países islâmicos.

  8. o que o bispo descreve é a realidade actual na Europa. Basta ir a uma Bélgica, França ou até mesmo Suécia para verificar os milhões de muçulmanos ai existentes. É um grave problema que o multiculturalismo criou. Certas regiões do Países Baixos têm 25 a 30% de islâmicos.

  9. “Somente posso amar aquilo que conheço…” . De fato, boa parte do Ocidente Latino, não os conhece porque ainda mantêm a falsa idéia de que todos os árabes e povos de origem semita ou são judeus ou são muçulmanos e que não há no meio deles irmãos da mesma Fé.
    Há muito preconceito e racismo até nos meios tradicionais por pura ignorância, pois do mesmo modo que há muitos judeus étnicos que são Católicos tradicionais também há muitos sírio-libaneses, caldeus, armênios e árabes que são Católicos de rito oriental.
    Por isso, eu compartilho agora o batismo das gêmeas dos refugiados siríaco-maronitas que foram acolhidos na nossa capela da SSPX. Nossos irmãos do rito oriental tem um rosto:

    Tanto a Arquidiocese de Toronto como a SSPX não está medindo esforços para acolher esses nossos irmãos em Cristo:

    http://archdioceseoftoronto.blogspot.ca/2014/08/cardinal-collins-canada-can-do-more-to.html

    Eu os conheço, tive oportunidade de abraçá-los, chorar com eles e rezar com eles e por isso essa tragédia me dói de forma pessoal. Me alegro pelos que escaparam, pelos que aqui chegaram e sofro todos os dias pelo sangue dos mártires que lá ficaram. Rezo todos os dias pra que Deus lhes dê a fortaleza para resistirem na Fé ao assalto dos seguidores do Falso Profeta.
    Jesus disse que o ladrão vem somente para roubar, matar e destruir, e isso é exatamente o que o Islamismo tem feito desde o seu início. Nenhuma outra religião se encaixa tão completamente na descrição da Bíblia.
    O Islamismo tem codificado, em seus ensinamentos, o assassinato, a mentira, a pilhagem, escravidão, estupro, guerra e até mesmo o terrorismo como parte de sua doutrina religiosa oficial.
    O que estamos vendo acontecer no Iraque e na Síria é o Islamismo saindo do virtual para o real. O Islã interpretado ao pé da letra na realidade.
    Dom Amel Nona fala daquilo que ele experimentou na pele. Mas aqui no Ocidente tanto clérigos como leigos do time do “quem sou eu pra julgar?” estão preparando a própria cama de pregos em que eles mais tarde serão torturados.
    A Palavra de Deus condena o julgamento do caráter das pessoas, as intenções do coração etc, pois isso só compete a Deus. Mas quando se trata de doutrinas heréticas, é dever do cristão julgar a doutrina conforme descrito em Atos 17:11 e 1Cor 14:29 e combatê-las de todas as maneiras.

    • Parabéns, Gercione, por postar as belas fotos destes novos “maronitinhas”. De fato, conhece-se muito pouco no Ocidente a bela tradição dos católicos orientais. Os católicos orientais são por vezes incompreendidos por leigos e clérigos latinos pelo simples fato de celebrarem os sacramentos de forma diversa daquela dos latinos. A Igreja é tão cuidadosa com a preservação das tradições orientais que, mesmo nas fotos por você postadas, em que as crianças estão sendo batizadas no rito tridentino, elas continuam seguindo o rito de seus pais maronitas, e não o rito latino. É claro que o ideal é que fossem batizadas no rito maronita (sendo ambos os pais maronitas, ainda que quisessem, não poderiam legar o rito latino a seus filhos pelo batismo), rito a qual pertencem canonicamente, mas, sendo refugiadas, isto é luxo, e a “salus animarum” é a suprema lei.

  10. Ontem estive assistindo o filme Cristiada e pude ver naquele filme a mensagem nítida sobre o erro de votar em partidos anticristãos ou apoiar qualquer um que seja contra a nossa fé. Assistam vale a pena, muitas cenas parecem com o que os cristãos do Iraque estão vivendo.
    Nossa Senhora do Bom Sucesso rogai por nós.
    Viva Cristo Rei.

  11. Uai…
    Cadê Francisco?
    Onde está?
    Ninguém sabe, ninguém viu?

  12. Jesus volte logo!!

  13. Na minha modesta opinião não levará mais do que 3 anos para que a Russia, aliada aos muçulmanos e chineses, comece uma investida invadindo a Europa Ocidental, e aí será os homens sendo passados na espada, crianças escravizadas e mulheres estupradas.

    • é a sua opinião, mas está destituída de fundamento. invadir a Europa porquê? quem é que tem invadido países e matado seres humanos inocentes? que eu saiba, apenas os estados unidos o fizeram, por isso, não compreendo esta sua ideia.

    • Pedro, eu cheguei até a esboçar uma resposta, mas acho que nem vale a pena perder tempo com alguém que compara a invasão de um país feita pelos EUA e outra feita pela Irmandade Islâmica.

    • tem toda a razão. não se pode comparar as invasões americanas, que só no iraque mataram 500 mil pessoas, a tomada de poder pela irmandade islãmica, algo que com Sadam seria impossível.

  14. Os comunistas sao amigos do muçulmanos e ambos inimigos figadais dos cristaos, sendo 2 modelos de governos e ideologias satanistas, por isso, as execuçoes sumarias dos cristãos lá, nunca, jamais são repudiadas pelos governos comunistas, como do PT – que explodam – sendo a favor dos palestinos de responderem ás agressoes dos foguetes do Hamas.
    Daí, jamais prestigiarmos com nosso voto o PT e seus políticos candidatos a qualquer cargo, pois passaremos a ser comparsas desses atentados, pois sempre mantiveram boas relações de apoio um ao outro.

    • sempre a política. nós, cristãos, devemos meter na cabeça uma coisa: a religião é independente da política. o cristão deve praticar e viver a sua fé independentemente do sistema político. criticam o comunismo, mas digam-me lá se a direita, ao matar, torturar e eliminar presos políticos, como nas ditaduras militares, está a cumprir a vontade de Jesus Cristo. por isso, não entendo esse medo apenas do comunismo enquanto esquecem os crimes contra a humanidade e cvontra Deus perpetrados pela direita.

    • Vou tentar lhe ajudar a entender. Crime político, perseguição a outros políticos e militantes que são inimigos de quem está no poder, sempre existiram – antes mesmo de qualquer divisão direita e esquerda. Evidentemente que isso não é feito por inspiração cristã, mesmo quando ocorria em sociedades cristãs.

      A diferença dessas intrigas palacianas e luta pelo poder em relação ao comunismo em sua essência é que este último considera como inimigo a ser eliminado todo aquele que não compartilha com seu projeto de dominação, e nisso eles incluem qualquer cidadão comum e a qualquer cristão, abrindo excessões apenas para o “cristão estatal”, que se apresenta como cristão mas endossa e aprova todas as atitudes do governo comunista.
      O resultado é visível para quem quiser ver. Os regimes comunistas eliminaram em menos de um século mais de 50 milhões de pessoas (do próprio povo) em tempos de paz (ex: a fome forçada promovida pela URSS na Ucrânia, eliminação de quase metade da população do Camboja promovida pelo governo revolucionário de Pol Pot, os “saltos para frente” de Mao na China nos anos cinquenta).
      Eliminaram mais dezenas de milhões nos períodos das revoluções e quando tomaram o poder contra aqueles que consideravam inimigos. Por exemplo: os Kulaks na Rússia, acusados e elimanados porque eram pequenos proprietários; a Igreja Católica nos países de tradição “ortodoxa” da Cortina de Ferro, que foi incorporada à Igreja “estatal” Ortodoxa – depois que os ortodoxos dissidentes haviam sido eliminados, justiça seja feita; a eliminação dos expoentes católicos – cléricos e leigos – nos países de tradição católica que caíram sob o comunismo (ex.: Hungria, Polônia, Croácia, antiga Thecheslováquia, Lituânia).
      Também podemos listar as “revoluções culturais” postas em prática em vários países depois que os comunistas tomavam o poder (ex.: a bizarra revolução cultural chinesa, as práticas de “reeducação” da Romênia comunista). Nessas revoluções a população era instigada e muitas vezes forçada a cometer execração pública (na China há uma série de narrativas sobre o assunto, como professores “desfilando” despidos enquanto a nova geração gritava e lhe atirava coisas, a destruição de obras de arte, roupas e qualquer coisa que lembrasse o antigo regime e a criminalização da posse desse tipo de coisa) e até linchamentos contra os “elementos perigosos”
      Podemos citar os movimentos revolucionários de guerrilha patrocinados por eles em todo o mundo (ex.: Sendero Luminoso no Peru, FARC na Colômbia – cada um com saldo direto de mais de 50.000 mortos, sem contar com o incentivo e controle do tráfico de drogas e todas as mortes decorrentes). Pela África também foram inúmeros.
      Por fim podemos falar que os partidos esquerdistas, no chamado “mundo desenvolvido e democrático”, sempre advogam pela causa do aborto, pelo movimento gayzista, por tirar a Igreja da vida pública, pela promoção do ateísmo. Não que sejam unicamente os marxistas que promovem isso, mas eles SEMPRE promovem isso.
      Há também o conluio dos grupos comunistas com os expoentes modernistas dentro da Igreja. Na América Latina isso é claríssimo com a teologia da libertação. Ou seja, além de tudo buscam perverter a fé.
      E sempre as formas de convencimento que o comunismo tem na sua propaganda é lutar pela melhoria da vida do povo. Quando chega ao poder os resultados são esses aí em cima.
      Se você considera tudo isso a mesma coisa que acontece em outros regimes e ainda não entende porque repudiamos o comunismo, provavelmente é uma opção ideológica sua.

  15. Vi, li e não gostei!!! Sou um Templário a disposição da minha Igreja é convocar!!

    • Hein? Não gostou de quê Aldemar?
      Do lamento do bispo? Da ambigüidade do Santo Padre? Do massacre em execução? Do post feito pelo Ferretti?

      E vai convocar para quê? Para desembainhar a colher de pau “templária” e batê-la no fundo da panela?

      Ah, mas é cada coisa…

  16. A foto é mais que ilustrativa do momento: trata-se da igreja armênia católica dos Mártires em Ar-Raqqa, não uma igreja de cismáticos (http://world.time.com/2014/02/28/al-qaeda-in-syria-extorts-christians/). Os mártires somos nós mesmos.

  17. Dom Amel Nona pronunciou um importante alerta. Mas a mentalidade hedonista que impera no Ocidente possivelmente não lhe dará a consideração que merece. Destarte, a possibilidade de acontecer o que ele prevê é maior do que as atuais ocorrências parecem indicar. Deus nos fortaleça com o poder do alto, sem o qual estaremos perdidos.

  18. O Islã é sim uma ameaça. Mesmo o Islã mais moderado é terreno fértil para radicalismos que vão além do verbo. Uma fé que autoriza assassinatos, torturas, mutilações e perseguições não deve ser considerada uma religião. Condenam a Igreja Católica por ter agido assim na idade média e toleram o Islamismo agir assim em pleno século XXI.

    As palavras deste bispo são sábias e, infelizmente, proféticas.

Trackbacks