O Gloria Patri e a consideração dos Mártires.

MaryMagdaleneDePazziUm costume louvável consiste em inclinar a cabeça ao falar essas palavras [o Gloria Patri]…Um dia, quando Santa Madalena de Pazzi se inclinou com mais solenidade que o costume, uma de suas irmãs indagou o motivo dessa observância. Ela respondeu: “É uma prática que tenho, graças ao meu confessor, de oferecer minha vida à Santíssima Trindade ao inclinar a cabeça no Gloria Patri como se eu estivesse apresentando-a ao carrasco para sofrer o martírio“.

Quão relevante atualmente essa pequena citação é para muitos cristãos no mundo. O que para Santa Madalena era uma devoção piedosa é, para eles, a realidade que agora enfrentam.

Fonte aqui – agradecimento a uma querida amiga pela tradução fornecida.

Tags:

2 Comentários to “O Gloria Patri e a consideração dos Mártires.”

  1. Esse mode de se portar, de inclinar a cabeça, será uma realidade aos modernistas que tudo cedem ao mundo. Se recusam a inclinar a cabeça no amor, vai fazer na dor.

    Mas eu ainda temo, que não existe mártir da ultima hora. Nosso Senhor disse a Santa Faustina Kowalska para que os homens aproveitasse o tempo da Misericordia enuanto era tempo, pois quando chegasse o dia da Justiça, ele viria como um Juiz e não um Pai Misericordioso.

    Creio que o tempo da Misericórdia já acabou e agora vivemos o dia da Justiça, dos castigos anunciados em Fátima e, embora muitos estejam morrendo por serem cristãos, não serão martires.

  2. Que belo pensamento para estes tempos em que quase diariamente recebemos notícias sobre nossos irmãos oprimidos pelo ódio maometano.