Legionários de Cristo: MM, de Maria Madalena e… de Marcial Maciel.

Legionários de Cristo profanam Maria Madalena. E o papa se insurge

IHU – Quando o Papa Francisco soube, parece que ele pulou na cadeira. Santa Maria Madalena comparada a um padre pedófilo em série? Inaceitável sob todos os pontos de vista. O rumor de mais este “papelão”, à beira da provocação, que levou um dos membros da cúpula dos Legionários de Cristo a comparar a figura de Maria Madalena ao fundador dessa ordem religiosa, o padre Marcial Maciel Degollato, punido pelo Papa Ratzinger em 2006 por ter estuprado dezenas de seminaristas e até mesmo abusado de dois dos seus filhos naturais, além de ter enganado, corrompido e semeado joio na Cúria, reabriu velhas feridas na Igreja. Feridas ainda não curadas, apesar de já se terem passado seis anos desde o falecimento do padre Maciel, um sacerdote mexicano com um cursus honorum de bastidores tão ímpio e criminoso a ponto de ser comparado ao diabo, a um dos piores delinquentes da história, ao mal.

A reportagem é de Franca Giansoldati, publicada no jornal Il Messaggero, 02-09-2014. A tradução é de Moisés Sbardelotto.

A aproximação entre Maciel e Santa Maria Madalena feita pelo padre legionário Juan Solana só poderia dar origem a uma sequência de polêmicas e reações assustadas. Como é possível tolerar tal comparação? As cartas de denúncia começaram a afluir ao Vaticano sinalizando o episódio.

O clima de férias que ainda habita nos escritórios do outro lado do Tibre não impediu uma intervenção de cima. O “papelão” feito por uma das principais ordens religiosas da América Latina, muito influente especialmente durante o pontificado de Wojtyla, foi enfrentada de peito aberto.

Poucos dias depois da publicação do livreto contendo a inaceitável comparação, veio a advertência, e o padre Solana foi obrigado a recuar, a engolir tudo o que anteriormente havia escrito (isto é, que “as iniciais Marcial Maciel são MM, as mesmas de Maria Madalena, que teve um passado problemático antes da sua conversão. Nisso – escreveu – existe um paralelo. O nosso mundo tem um padrão duplo quando se entra no campo da moral. Alguns têm uma vida formal e pública, mesmo que, nos bastidores, tenham outra. Quando acusamos alguém e jogamos pedras contra ele, devemos nos lembrar que todos nós temos problemas e defeitos. É fácil matar a reputação de alguém. Devemos ser mais prudentes e menos julgadores”).

Poucos dias depois, com as cinzas sobre a cabeça, os legionários emitiram um comunicado para pedir desculpas. “Estou profundamente arrependido pelo que eu escrevi no livreto publicado neste verão pelo Magdala Center em Jerusalém, administrado pela Legião”.

Provavelmente, padre Solana não imaginava tanta repercussão; talvez não tivesse lido sequer uma das proibições desejadas por Ratzinger para livrar a Legião de Cristo do seu diabólico fundador. E isso que as regras eram precisas: ninguém, no futuro, jamais poderia fazer menção a Maciel, nem citá-lo em um documento, nem publicizá-lo.

Em relação aos comportamento indignos de Maciel, os legionários continuaram afirmando que não tinham conhecimento, até depois da sua morte, em 2008. Ratzinger, no entanto, não estava convencido disso, já que, em torno de Maciel, havia se constituído um sistema de poder e de defesa que talvez ainda sobrevive.

Anúncios

15 Comentários to “Legionários de Cristo: MM, de Maria Madalena e… de Marcial Maciel.”

  1. Além de quererem a todo custo salvar a reputação do pederasta, os LC’s e RC’s assassinam reputações de quem não aceitou as ordens da LC e RC para salvar o SAFADO. Quem se insurgiu foi assassinado moralmente. Uma rede de difamação que funciona até hoje. Há pessoas de bom caráter entre eles, diga-se!

  2. Até o CVII os fundadores de ordens religiosas eram todos santos, por exemplo Santo Afonso de Ligório e etc..

    O CVII abriu uma época que os “fundadores” não valem um centavo furado. E por falar em legionários de cristo, onde está o fundador dos arautos do evangelho, ele vai ser canonizado por ter roubado uma associação de católicos leigos (a TFP) em um processo judicial que a maçonaria do Tribunal de Justiça de São Paulo tirou bens e direitos de pessoas pobres e dois príncipes, para fundar um instituto religiosos de direito pontifico controlado pela CNBB.

    Estou esperando a canonização do Padre João Clá Dias.

    • Antes de canonizar o João Cla, como “santo súbito”, irão sagra-lo bispo.
      Talvez, se não fosse o estado de saúde dele, isto já tivesse acontecido.

  3. Claro ,que não sei nada da vida particular de SANTA MARIA MADALENA, mas, algo me diz no coração, e , tenho c e r t e z a , de que ela era uma pessoa saudável, normal. Com certeza não era ” homossex” ,nem pedófila! Um a b s u r d o , comparar uma mulher saudável, a um degenerado desses, como era o infeliz…Marcial Maciel…! SANTA MARIA MADALENA converteu-se,obedeceu a JESUS, e está salva, liiindaa e maravilhosa na CORTE CELESTE,Graças à DEUS,….enquanto esse envergonhador da IGREJA CATOLICA e da Nação mexicana…..hah!….com o seu “currículo vitae espiritual” sujo….imundo…hah!!….
    QUERIDA SANTA MARIA.MADALENA, rogai por nós!!!…e, desculpe! Amém.

  4. Que insanidade! Essa gente precisa é de tratamento psiquiátrico. Engraçado que repetem “não julgueis”, mas se esquecem de como difamaram as vítimas do ídolo deles.

  5. Queira o bom Deus, que num futuro breve essa (des)ordem seja extinta para sua glória e salvação das almas!

  6. Que texto sensacionalista. Acusa uma Congregação inteira em virtude das palavras de um membro?

    • Ele não era um membro qualquer. Simplesmente ele era o FUNDADOR, cujos membros o chamavam de “Nuestro Padre” e o idolatravam a tal ponto, que copiavam o penteado dele ( da mesma forma que conheço pessoas que tinham comportamento parecido com o João Clá e com o finado Plínio Correa).
      Esse “padrecito”, que tinha uma “vida dupla” acobertada pela cúpula dos LC & RC, fez coisas dignas de um maníaco sexual, que se não fosse a forte blindagem que ele gozava na Cúria e a sua idade avançada, certamente teria passado umas temporadas em alguma prisão.

  7. Acho lamentável o Vaticano não ter aberto uma nova congregação para acolher os membros dessa (exceto os envolvidos nos abusos) e assim poder enterrar definitivamente o nome dessa triste figura que foi esse fundador. Por melhor que possa ser (e muitos dizem que no rol pós- conciliar a congregação em questão tem muitas virtudes) sempre pesará ter tido como fundador um criminoso com procedimentos aberrantes.

  8. Qual a causa dos desvios sexuais de Marcial Maciel: teria ele sido iniciado nisso na infância, na adolescência, quando e como??? Teria ele na infância sofrido algum tipo de violência dessa espécie???
    Se também ele (falo in tesis) foi vítima de pedofilia na sua infância, quais traumas psicológicos se desenvolveram e cresceram juntos com aquela criança que mais tarde se tornaria um Padre e Fundador de uma Grande Congregação Religiosa??? Hoje sabemos de casos de pessoas que foram violentadas a partir dos cinco anos de idade. Se eu estiver certo em minhas suposições, esse problema grave de desvio moral seria também um problema patológico, e por isso passível de um tratamento psiquiátrico, psicológico e ambulatorial??? Quais distúrbios psiquiátricos e psicológicos produzem numa criança os traumas de uma violência sexual??? O problema religioso seria também um problema para a medicina, ou seja, teria que ser tratado com a medicina o que também teria sido tratado com a confissão??? Se for assim, como os padres da Igreja poderiam fazer para LIBERTAR SUAS CRIANÇAS desses traumas terríveis que invadem a alma de uma criança e se fecham no mais absoluto segredo??? Esses traumas se transformariam em segredos muito escrupulosamente bem guardados??? O fato é que a Igreja ainda não está preparada para curar todas as doenças da humanidade. Nossas crianças são catequizadas bem cedo, mas nossas catequeses não dão os frutos desejados. Pergunto: se entre as crianças que frequentam nossas aulas de catequeses houver alguma vítima de pedofilia, essa catequese está preparada na sua didática para ser um auxilio e um instrumento que liberte essa criança da sua grave situação na qual ela caiu não por sua própria vontade, ou será que essa catequese seria transformada num instrumento de tortura psicológica para essas crianças??? Nós, católicos, ainda não estamos preparados para livras as pessoas de todos os seus pecados. Temos o catecismo, mas não sabemos dar catecismo; temos a confissão, mas não sabemos ensinar nossas crianças a se confessar. O Papa Francisco várias vezes disse para seus Padres serem Misericordiosos e não transformarem o Confessionário num instrumento de tortura. Se a criança não puder enxergar que o Confessionário é o Tribunal da Misericórdia, dificilmente derramará lá sua alma. Marcial Maciel é um alerta para a Igreja: que fazer para que nossas crianças não terminem assim??? Pecado e doença se identificam: um deve ser perdoado, a outra deve ser curada. Qual o remédio??? O preconceito ou a Caridade???

  9. Penso que esse tarado deve ter sido abusado na infancia , talvez…
    Agora o que me espanta, é como…como?… não perceberam que ele era um tarado, tinha desvios de comportamento, na época do SEMINÁRIO!!
    Porque , qualquer uma das suas vítimas não foi denunciá-lo na POLICiA?..Poderia ter impedido esse “doente” de ter feito mais crimes..
    Penso que o Papa deveria trocar o nome dessa..”fraternidade”,para evitar que seus membros tenham “respingos” da má fama de seu ‘fundador”…
    Neste caso, observa-se que…..”nem tudo que reluz é ouro”….e, “as aparencias enganam”…mesmo!

  10. VINICIUS!!!
    Eu, por exemplo, se tivesse vocação para a vida religiosa…( não a tenho!), j a m a i s escolheria participar, de uma CONGREGAÇÂO aonde o seu ‘fundador” foi descoberto, como comprovadamente….pedófilo, bi-sex, homossex, tarado, etc e tal!!! NUNCA!
    E, vê-se que o fedor do “fundador”, deixou ainda em algum deles, o “cheiro-mau”…Um Padre dessa “congregação”, escreveu um texto, tendo a a u d ´a c i a, e o sacrilégio de comparar uma Amiga de NOSSO SENHOR, convertida pelo proprio JESUS CRISTO, pessoalmente,…uma mulher que se salvou pelo Arrependimento, pela mudança de vida, por Penitencias e sofrimentos pessoais, vida regrada, ….uma mulher que era, com certeza, normal, saudavel, embora seus pecados,…. esse imprudente escritor…comparou SANTA MARIA MADALENA, com um indigno “religioso”, com um desobediente aos seus votos, um tarado…..TERRIVEL!
    Como se vê…essa “congregação” precisa mudar mesmo de nome, refletir e,… orar muiiiiiiito!
    SANTA MARIA MADALENA, rogai por nós!!!

  11. Considerando esse horroroso exemplo malévolo,deixado pelo…”fundador” dos “LEGIONARIOS DE CRISTO”…penso em algumas outras situações, e…sugestões :
    – mais cuidado e rigor, na Seleção de candidatos ao SACERDÓCIO,especialmente quanto ,à saúde mental/emocional,aos bons costumes ,e rigorosa investigação da vida pregressa do futuro Seminarista,bem como de toda a sua família. Cuidados idem, quanto ao Corpo Docente ,e todos que trabalharem no dito SEMINARIO!
    -análise no futuro SÍNODO de Outubro/2014 próximo ,sobre a real situação do CELIBATO dos SACERDOTES ((obrigatório?…ou,opcional?);
    -inclusão, ou caso já exista no Currículo de Teologia, o reforço ,de uma Disciplina,chamada “ÊTICA NO TRABALHO”;
    -rigorosos e eficientes testes vocacionais para saber …SE..e,
    QUAIS os reais motivos da vocação do futuro Seminarista;
    -cuidadosa observação do comportamento do Seminarista durante o Curso,não só quanto a notas,(apreensão de Conteúdos etc), mas quanto à Formaçao Espiritual,Prática de virtudes,etc.
    – vida de Oração diária , regular durante o Curso,(ADORAÇÃO AO SSMO SACRAMENTO, ROSARIO MARIANO,MISSAS,ESTUDO BIBLICO,VIA SACRA, LECTIO DIVINA,NOVENAS etc), 23bem como pratica de Esportes,e Atividades de Assistencia caritativa aos carentes financeiros da cidade aonde estiver o Seminário;
    -inclusão no Curriculo de uma MONOGRAFIA SEMESTRAL, a ser apresentada pelo Seminarista, a respeito de um SANTO CANONIZADO pela IGREJA: Vida e Obra.Como,e porque são considerados…Santos?
    Talvez assim,pudessem evitar o surgimento de “figuras” envergonhadoras da IGREJA…as quais tanto prejuízo trouxeram…e,trazem, para as ALMAS! Amém.

  12. Quando vi…havia digitado por erro,o numero 23 no meu Comentário com as Sugestões…Quem sabe DEUS queira mesmo, que esses Seminaristas façam…23 NOVENAS durante o Curso?…he..he..he..he..rs.rs.rs…
    Segundo me disseram,um erro de digitação assim….pode não ser um erro…ser uma……..
    DEUSCIDENCIA (=as COINCIDENCIAS DIVINAS! ). Rs…rs…rs…rs..he..he..he..he!

  13. Acredito que para ser verdadeiramente contra os transtornos mentais, entre os quais encontram-se os desvios sexuais, a ciência a ser seguida deve ser a ciência de Jesus Cristo, que alguns confundem com a ciência dos fariseus. Ambas as ciências são contra os transtornos sexuais, só que uma mata e a outra salva. Na cena da mulher pecadora o Evangelho nos coloca diante dessas duas ciências. Por um lado os fariseus queriam aplicar a lei e apedrejar a mulher, do outro temos Jesus que diz:”o que não tiver pecado, atire a primeira pedra”. Jesus Cristo prefere salvar e curar a matar. Salvar e curar dá trabalho, muito trabalho, muito sacrifício, exige a Cruz; matar é mais fácil, não custa nada, é só um instante: pronto acabou. Jesus absolve aquela mulher e a despede. Ela se converteu ali, mas quanto tempo ainda levou para corrigir sua vida devassa não sabemos. Jesus sabia que ela iria recair novamente muitas vezes, mas sua bondade também sabia que ela iria se levantar, se converter, se santificar e ser contada no cânon dos Santos. A ciência de Jesus é a Caridade, a dos fariseus a maldade. A Caridade não mata, mas salva, a maldade mata, está pronta para atirar as pedras, nunca para o perdão. Nós católicos não sabemos nada, somos ainda completamente despreparados para atender às necessidades da humanidade, por enquanto somos aquela jumentinha sobre a qual Jesus invade Jerusalém. Temos que combater o bom combate de Jesus Cristo, usar das armas do Amor e da Misericórdia para erradicar os pecados da humanidade. Temos que nos libertar completamente da ciência dos fariseus. O padre Marcial Maciel é um sinal de alerta para a Igreja: alguma coisa está errada, e esse erro é que não vivemos Jesus Cristo: não temos Caridade. Quantos abortos o rigorismo católico levou as filhas de homens, pais rigoristas, que mais zelavam pela sua reputação do que realmente pelo bem de suas filhas? Antes do Concílio Vaticano II as moças que engravidavam antes do casamento entravam em pânico, e não suportando o rigorismo dos pais procuravam as feiticeiras para praticar o aborto. Depois do Concilio Vaticano II essas filhas, quando engravidavam antes do casamento, não abortavam, pois tinham a coragem de confessar sua gravidez a seus pais, pois aquele rigorismo de antigamente não existia mais. E se uma moça tinha a coragem de confessar sua gravidez, antes do Concílio Vaticano II, não eram perdoadas, mas expulsas de suas casas. O rigorismo não tem misericórdia, é uma viseira que não permite ver nem a criança no ventre de suas mães precoces. Temos que rezar muito. Santa Mônica demorou 33 anos para libertar seu filho Santo Agostinho. Sigamos o exemplo dela, ou será que não temos fé???