Segurança reforçada no Vaticano por temor de ataque.

AFP – A segurança foi reforçada na praça de São Pedro, após a interceptação por serviços de inteligência estrangeiros de uma mensagem sobre um possível ataque contra o Vaticano, informa o jornal italiano Il Messaggero.

Um serviço de inteligência estrangeiro alertou durante a semana a Itália sobre a interceptação de uma conversa telefônica entre duas pessoas que falavam árabe e mencionavam uma “ação espetacular na quarta-feira no Vaticano”, afirma o jornal.

A quarta-feira é o dia em que o papa celebra a audiência geral na praça de São Pedro, diante da basílica.

Uma unidade antiterrorista italiana estabeleceu que um dos interlocutores da ligação passou pela Itália há oito meses, segundo o mesmo jornal.

O papa Francisco viajará durante a semana à Albânia. O Vaticano negou que, como especulou a imprensa, o pontífice esteja ameaçado por um ataque islamita. Mas a segurança foi reforçada no Vaticano para as audiências de quarta-feira e domingo, destacou o jornal Il Messaggero.

Em entrevista durante a semana ao jornal La Nazione, o embaixador do Iraque na Santa Sé, Habib Al Sadr, declarou que “o que o autoproclamado Estado Islâmico tem afirmado é claro: querem matar o papa, as ameaças contra o papa são reais”.

Tags: ,

14 Comentários to “Segurança reforçada no Vaticano por temor de ataque.”

  1. Que nada de ruim aconteça ao santo Padre!!! Nada! Que sua viagem à Albania seja frutuosa e em paz!!!!

  2. A vida do Santo Padre está nas mãos de DEUS!

  3. Bem, esses são os “frutos espirituais do Ramadan”…

  4. “O Vaticano negou que, como especulou a imprensa, o pontífice esteja ameaçado por um ataque islamita”. Ou seja, mesmo depois da tentativa de assassinato de João Paulo II por um muçulmano chamado Mohmet Ali Ağca ( ninguém tem nome Mohamed se não for muçulmano), mesmo depois de todas as ameaças feitas pelo ISIS, eles ainda preferem enfiar a cabeça na areia e continuar defendendo o bezerro de ouro do ecumenismo. Islã continua sendo a “religião da paz” pra esses impostores.
    De qualquer modo, se isso vier a acontecer, será a realização de parte do Terceiro Segredo de Fátima:

    “E vimos n’uma luz imensa que é Deus: “algo semelhante a como se vêem as pessoas n’um espelho quando lhe passam por diante” um Bispo vestido de Branco “tivemos o pressentimento de que era o Santo Padre”. Vários outros Bispos, Sacerdotes, religiosos e religiosas subir uma escabrosa montanha, no cimo da qual estava uma grande Cruz de troncos toscos como se fora de sobreiro com a casca; o Santo Padre, antes de chegar aí, atravessou uma grande cidade meia em ruínas, e meio trémulo com andar vacilante, acabrunhado de dor e pena, ia orando pelas almas dos cadáveres que encontrava pelo caminho; chegado ao cimo do monte, prostrado de joelhos aos pés da grande Cruz foi morto por um grupo de soldados que lhe dispararam vários tiros e setas…”

  5. A Igreja teme o martírio! Que coisa! A Igreja que se iniciou no maior dos martírios, que fundamentou sua história gloriosa na imitação de Cristo, mesmo até o martírio… agora teme o martírio! Não quero o mal do Papa, jamais, mas uma coisa é fato: talvez se o Papa fosse morto, uma multidão de Cardeais e Bispos devassos poderia vir a se converter e firmar posição pela tradição e pela afirmação da doutrina perene da Igreja, contra tudo e contra todos, contra mundum, tal qual Santo Atanasio. Se o Papa fosse martirizado, milhões de fieis que hoje só se importam em calar-se e respeitar a seita alheia, renovariam sua Fé na transcendentalidade da Igreja, preocupar-se-iam em ganhar o céu, ao invés de ganhar o bingo da quermesse. Um martírio corajoso converteria até os muçulmanos!

    Que a vida do Papa esteja, mais do que nunca, nas maos de Deus e sob a proteção de Nossa Senhora, para que seja feito o que for melhor à Salvação das almas! Isso é o que importa!

  6. Estamos vivendo as páginas do Livro do Apocalipse. Senão, vejamos:
    O 3º Segredo de Fátima prevê o assassinato do “Bispo Vestido de Branco” (Bento XVI ou Francisco?)
    Trata-se de questão de tempo.
    O momento é de vigilância e oração!
    Quem não se agarrar com Deus e com Nossa Senhora de Fátima estará perdido.

  7. Sempre achei que o bispo vestido de branco do terceiro segredo fosse o Papa Francisco.

  8. Todos dizendo sobre as Profecias de Fátima: “Francisco, o bispo vestido de branco”. Tá bom. E a cruz que ele carregava? E as mortes de bispos, padres e religiosos? E outras visões? Tudo isso é desprezível?

    Muitos aqui parecem protestantes: Leem um versículo e já interpretam como um todo…

  9. Faz sentido sua interpretação Robson DF

  10. Os muçulmanos…não são…”fratelli” nossos….nunca!!! Só não enxerga…quem não quer!!!

  11. Agora ,à 00:47, num telejornal a nível nacional,fico sabendo que os STATES…atacaram,para valer o ISIS na Síria,com muiitas bombas…!!!! Foi …é. o jeito! Com terroristas…palavrinhas doces NÃO adiantam para nada…nadinha mesmo.
    Oremos pelo fim do terror e pela Paz mundial!
    Amém.

  12. Só uma pergunta. Porque que é que dizem que o papa é o alvo? O Vaticano não é o papa, o Vaticano não é uma casa com cozinha e dois quartos. Porque não interpretaram a “ação espetacular na quarta-feira no Vaticano” como outra coisa qualquer, afinal de contas “ação” pode ser muita coisa. Já agora não será possível que exista uma casa de meninas, ou um café chamada Vaticano :) ? É assim que se geram os boatos e os jornais enchem as páginas.

    • Uma só resposta. Porque que é que dizem que o presidente é alvo quando se diz que haverá uma ação contra a Casa Branca. E, em se tratando de quem fará a ação, entenda-se ação terrorista de destruição do prédio. Sendo o alvo a Casa Branca, decerto que o alvo seria o presidente. Mas já estaria muito bom destruir a Casa Branca porquanto que o alvo são os EUA. Já seria de efeito muito significativo por parte de quem agiu: o islã.

      Boatos ou não, o alvo é a Nação Católica. Mesmo que acerte alguma coisa chamada “Vaticano”.

      ps. quanto aos porquês, tratando-se do seu “Porque” ou “Por quês” fica a lição: “Porque virá o conde quase de luto à festa?”. Perfeito.

  13. Mas…eu penso que o Papa FRANCISCO I não teme os muçulmanos……..ele não elogia as sua praticas “religiosas”?……não os chama carinhosamente e fanhosamente de…”fratelli”?…Então….