Papa nomeia Dom Giuseppe Negri como bispo coadjutor de Santo Amaro.

Por EFE – O papa Francisco nomeou Giuseppe Negri bispo coadjutor da diocese de Santo Amaro, em São Paulo, informou nesta quarta-feira a Santa Sé em comunicado.

Negri, até agora bispo de Blumenau, nasceu no dia 19 de setembro de 1959 em Milão (Itália).

Foi ordenado sacerdote em 7 de junho de 1986.

Formado em Filosofia e Teologia, fez doutorado em Psicologia na Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma (1995-1999).

Entre os cargos que ocupou, foi chefe das paróquias de São Judas Tadeu e São João Batista na arquidiocese de Florianópolis, diretor espiritual do Seminário de Teologia em Monza (Itália) e professor em São Paulo no Curso Superior de Aconselhamento Formativo.

Tags:

16 Comentários to “Papa nomeia Dom Giuseppe Negri como bispo coadjutor de Santo Amaro.”

  1. Xi… Como ficarão as Missas Tridentinas em Santo Amaro?

  2. Deu no Estadão de hoje a respeito do bispo: “Considerado progressista” e em outro trecho o depoimento de um padre: “Ele acredita na importancia dos movimentos sociais, ressaltando que colaboram para uma maior justiça social”. Temos que rezar e muito por nossa diocese, tendo em vista em passado recente, quando ainda era região episcopal, ter sido conduzida por nada menos que D. Mauro Morelli.

  3. Dos carismáticos aos movimentos sociais…
    Nossa, já era de se esperar… Ainda mais no atual ponliquidificador, digo, pontificado.
    Vão trocar o bispo carismático e protetor do padre-cantor, por um novo bispo, amigo dos movimentos sociais…
    Vamos ver até quando os padres conciliares de Santo Amaro continuarão a dar os sacramentos de acordo com a Santa Fé da Igreja…
    Não se espantem, FRATRES, afinal, essa gente conciliarista sempre está a favor dos ventos que sopram…
    Afinal, essa mobilidade é uma das mais importantes características do cãocílio: relativizar todas as coisas…

  4. A Província eclesiástica está sendo praticamente refigurada: Mogi das Cruzes recebeu recentemente novo bispo; Osasco e Guarulhos já têm bispos recém-empossados; Santos e Santo Amaro já têm seus coadjutores; e o bispo de Santo André já completou 75 anos…

  5. Um Bispo simpático a TL em Lorena, diocese onde se encontra a Canção Nova (e aqui não faço juízo sobre a forma de trabalho dela),TL que odeia a RCC, agora um bispo simpático a TL na Diocese onde se encontra incardinado Padre Marcelo Rossi,principal nome da RCC na grande mídia, odiado pela TL (como no caso da Canção Nova não entro aqui em juízo sobre a forma de trabalho dele) e onde também tem sido celebrada a missa tridentina em sua Catedral Diocesana outra fonte de horror para os progressistas,Francisco começa a pesar sua mão nas Dioceses Brasileiras, quem será a próxima vítima:Garanhus,sem D.Fernando Guimarães, Frederico Westphalen, pois ficou claro qual modelo episcopal Francisco quer espalhar ainda mais no Brasil.

  6. Morei 3 anos em Blumenau, a diocese estava quebrada espiritualmente devido aos trabalhos do Bispo Emérito Dom Angélico, que era TL feroz e todo tipo de padre-problema era acolhido pela diocese. Dom José é um bom bispo considerando o padrão brasileiro, tem sim um carinho grande e incentiva a RCC, porém nunca vi esse lado TL nele, aos poucos ele foi tomando as rédeas da diocese recolocando ela nos caminhos da Igreja.

    Tem um estilo conservador, não tradicionalista. Sua ações para resolver os problemas das paróquias quebradas e dos padres-problemas sempre foi devagar, aos poucos para não causar escândalo e não manchar a imagem da Igreja na mídia, não sei até que ponto isto é válido.
    Como ponto negativo, mensalmente participa do culto ecumênico com a Igreja Luterana que em Blumenau é forte também.

    Que Deus abençoe a Diocese de Santo Amaro e que a Virgem Maria interceda para que Dom José faça um bom e santo trabalho e atenda as necessidades da sua Igreja.

  7. Uma nova aceleração de apostasia generalizada se configura com as ações de Francisco. Só me pergunto o que os cardeais tinham na cabeça quando o escolheram, e me entristeço mais ainda quando concluo que era isso o que queriam mesmo. Além da ascenção da teologia da libertação à Cátedra de Pedro, a desconstrução (palavra que está na moda) do que restava da moral católica, inversão dos conceitos católicos, temos agora a Igreja que sempre foi a mais forte voz e resistência contra o comunismo se tornando sua promotora. Se isso não é uma calamidade, eu não sei mais o que é.

  8. FRATRES,
    Diante de tudo isso, não se esqueçam do que a Virgem Imaculada anunciou há mais de 150 anos em la Salette:
    “E Roma perderá a Fé e tornar-se-á a sede do anticristo!”
    Alguma dúvida?
    Depois, quando chamamos essa gente de apóstata, tem muitos neo-con que ficam aí xingando….
    Agora vão experimentar na alma o recrudescimento da apostasia generalizada.
    Depois não adianta ficar com carinha de espantado, já que tudo fora anunciado pela Santíssima Virgem, em todas as últimas grandes aparições, inclusive em Fátima, cuja terceira parte do segredo (conhecido como “terceiro segredo”) fora primeiramente desprezada, sendo chamada de “profecias do medo”, e depois, solenemente adulterada…
    Quanto a este festival de bispos TL – ou melhor, os apóstolos da apostasia ( legítimos sucessores de Judas Iscariotes) é que não temos mais Mons. Lefebvre e Dom Antônio…
    Santa Mãe de Deus, interceda pelo que restou da Igreja!

  9. Aos amigos que frequentavam em Osasco, onde estão assistindo as missas tridentinas? Tirando a conhecida da capela Sta Luzia, onde encontro uma paroquía com missa tridentina dominical na zona oeste de SP?

    • Tomei conhecimento que na Paróquia Santa Gema Galgani em Presidente Altino o pe Cassio celebra todo primeiros sabados do mes as 9hrs.

    • Tem missa Tridentina todos os domingos as 18:00hs mosteiro São Bento, centro São Paulo, celebrante Dom Bruno O.S;B

  10. Havia uma missa tridentina todos os domingos em Osasco (num período também aos sábados), e estranhamente após a chegada do novo bispo acabou. Quem conhece essa diocese bem sabe que ela é dominada pela TL e RCC.
    A missa acabou e nada foi falado. Profundo silêncio…

  11. Muito boa a escolha do nome de José Negri, um bispo equilibrado, que sabe dialogar com todos os grupos da igreja, ao contrário do Bispo atual, aqui em Sto. Amaro, esse movimento RCC está descaracterizando demais a ICAR, é preciso de novas ideias, que possas oxigenar a Diocese de Santo amaro, assim como o Papa Francisco atua em Roma. Felicidades D. José Negri.