Iraque: Igrejas em Mosul estão sendo usadas como prisões pelos jihadistas do ISIS.

Por Vatican Insider | Tradução: Fratres in Unum.com – A agência de notícias Fides informa que “algumas igrejas em Mosul foram transformadas em prisões por jihadistas do Estado Islâmico (ISIS), que promulgaram leis na cidade nortista do Iraque desde 9 de junho”.

”Em particular, de acordo com fontes relatadas pelo site da agência local de notícias http://www.ankawa.com, nos últimos dias alguns detentos, que haviam sido vendados e algemados, foram transferidos para a antiga igreja caldeia da Imaculada Conceição, na parte oriental da cidade.”

”Fontes locais disseram à Fides que o mosteiro de São Jorge foi transformado em prisão feminina. E há aqueles que temem que mulheres sejam forçadas a sofrer abusos sexuais nas instalações do mosteiro.”

Em Mosul, na segunda-feira, 24 de novembro, militantes jihadistas do Estado Islâmico haviam recorrido a explosivos para danificar seriamente o convento das Irmãs Caldeias do Sagrado Coração, anteriormente ocupado por elas e utilizado como alojamento e base de logística. “Os jihadistas do Califado ocuparam as igrejas, incluindo aquelas muito antigas”, disse Rebwar Audish Basa, Procurador da Ordem de Santo Antônio sant’Ormisda dos Caldeu, à Fides. “As preocupações que nos afligem incluem aquela dos que temem que uma possível ofensiva militar para a libertação de Mosul possa inevitavelmente levar a considerar igrejas como alvos a serem atingidos, uma vez que elas se tornam bases logísticas dos jihadistas. E, é claro, a destruição de igrejas antigas seria uma perda irreparável”.

7 comentários sobre “Iraque: Igrejas em Mosul estão sendo usadas como prisões pelos jihadistas do ISIS.

  1. Abrir a boca para dizer que não se deve fazer proselitismo, Francisco I abre. Agora, abrir a boca e condenar com firmeza estes soldados do demônio, ah, isso não veremos!
    Pois para Francisco I tudo o que não é católico é bom. Já o que é católico não presta.

    Curtir

    1. Lá são os infiéis, esperar algo de bom deles?! E aqui no Brasil onde os ditos “fiéis, católicos, sacerdotes!!! ” estão profanando a Casa de Deus com o culto a Satanás!

      Curtir

  2. Enquanto as Igrejas Católicas se transformam em prisões, as mesquitas muçulmanas são visitadas por Bergoglio…

    Curtir

  3. A destruição de igrejas antigas seria uma perda irreparável? E as igrejas antigas, palácios episcopais e conventos que estão sendo vendidos pelas arquidioceses no Ocidente pra se tornarem museus, hotéis, centros culturais, academias de ginástica e até boates?
    Santo Atanásio diz claramente:

    “Confrontemos, pois, que coisa seja mais importante, o templo ou a Fé, e resultará evidente desde logo, que é mais importante a verdadeira Fé.
    Portanto, quem há perdido mais, ou quem possui mais, o que retêm um lugar, ou o que retêm a Fé? O lugar certamente é bom, suposto que ali se pregue a Fé dos Apóstolos, é santo, se ali habita o Santo”.

    O mais importante agora não é chorar pelos templos profanados, dessacralizados, subtraídos do sagrado em Mosul, mesmo porque em matéria de profanação ninguém bate os modernistas. Temos que orar e chorar sim, mas por aqueles templos do Espírito Santo que preferiram o martírio ou a diáspora do que renegar a Fé.
    E já que os demoníacos terroristas tomaram esses templos como base logística pra espalhar o terror, torço para que uma possível ofensiva militar pela libertação de Mosul possa inevitavelmente fazer desses locais profanados o cemitério onde eles serão soterrados.
    Deus não habita em uma casa que se tornou habitação de demônios.

    Curtir

  4. Irmão,
    A Imaculada Conceição,o São Jorge, Santo Antônio , tanta santidade por certo com um Sagrado Coração . não podem juntos operar o Milagre de salvar os prisioneiros do Iraque?

    Curtir

  5. Não é à toa que comunistas e muçulmanos são aliados, têm suas diferenças, mas possuem algo que muito os une e se mantêm sempre vinculados: ambos foram aliados de Hitler, são 2 religiões pagãs, cada qual cultuando seu deus a critério do grupo, mas à realidade 2 ideologias totalitaristas, materialistas e auto idólatras – embora o islamismo cumpra uma serie de ritualismos exteriores simulando uma fé – mas, adorando o regime e a si mesmos, sendo intolerantes e fortemente discriminadores contra quem os rejeite.
    Já notou o por que de Dilma e seu comunista PT aprovarem as ações do ISIS no Oriente Medio?
    Acaso conferiu como ambos dentro de cada facção se odeiam mutualmente em infindos conflitos e estraçalhando-se uns os outros?
    Os comunistas no século XX trucidaram dezenas de milhões de pessoas para se firmarem, de igual forma agiram desde os primórdios os muçulmanos, tendo numa de suas bandeiras 2 espadas: um destinada ao judeus, outra aos cristãos que os refutarem ao não se submeterem ao Islã, sendo os 2 que se lhes opõem formalmente.
    Eis aí o Alcorão, tido como livro da paz até pelo papa Francisco, a paz da espada, aquela “Politicamente Correta” destinada quem os rejeitar.

    Curtir

  6. Toda esta onda anti cristã e especialmente anti católica tem se seguido, necessariamente, a ações violentas, militares, anti libertárias, dos norte americanos, dos EUA. Para ser exato, do grupo internacional que controla os governos das chamadas ” grandes potências”, especialmente, os EUA, de uns sessenta ou mais anos para cá.Quando os EUA, junto com o UK ( os quais, juntos, possuem 90% das ” armas de destruição maciça” E AS USARAM, PRINCIPALMENTE EM NAGASAKI E HIROSHIMA, mas também em outros lugares), alegando, alucinadamente, que o Iraque possuía ” armas de destruição maciça”, invadiram aquele artificial país, construído pela ação de colonialistas materialistas europeus, alegaram estar( como os japoneses invadindo Pearl Harbour, nos tempos da Segunda Guerra mundial ) fazendo ” guerra preventiva”, abriram as portas para o materialismo igualitarista iluminista na região, aumentando a presença de revistas pornográficas, o uso de modas indecentes, o acirramento dos ódios com desculpas religiosas. DEPOIS da invasão ” democrática” é que, no Iraque, se incrementou a perseguição aos cristãos.O mesmo aconteceu no Afeganistão, na Líbia e em grande parte da Síria. O PROGRESSO DA PERSEGUIÇÃO VIOLENTA AOS CRISTÃOS, ESPECIALMENTE CATÓLICOS, TEM SEGUIDO, PASSO A PASSO, OS ATOS ABUSIVOS, A SERVIÇO DOS INTERESSES COLIGADOS DO SIONISMO, DO ARTIFICIAL ESTADO DE ISRAEL E DO META CAPITALISMO IMPERIALISTA, SOB LIDERANÇA EUA/UK.

    Curtir

Os comentários estão desativados.