Papa Francisco, Obama, Cuba e a Grande Pátria Latino-Americana.

Por Fratres in Unum.com 

Será que alguém ainda não percebeu para onde caminha este pontificado?

Depois de se referir à “Grande Pátria latino-americana”, no dia da Virgem de Guadalupe, aderindo ao vocabulário dos “iniciados” do Foro de São Paulo, o Papa Bergoglio favorece, mais uma vez, um dos maiores inimigos da Igreja, o comunismo.

Ontem, Obama anunciou a retomada das relações diplomáticas dos Estados Unidos com Cuba, atribuindo os méritos da empreitada ao Papa Francisco, que se “compraz grandemente” pelo sucesso de sua intermediação. Também o mandatário norte-americano se referiu en passant à tal Grande Pátria, declarando em rede de televisão e em espanhol: “Somos todos americanos”.

unnamed (10)

O alinhamento ideológico é flagrante em Obama que, enquanto pôde, e a exemplo de seus autoritários pares latino-americanos, buscou achincalhar o legislativo — só não foi além, eliminando de vez o embargo, porque isso extrapola as suas atribuições e esbarra em um congresso republicano nada subserviente.

Pois bem, agora que Cuba entrevê o financiamento do comunismo com dólares americanos, Dilma pôde agradecer ao Papa e comemorar a “vitória de Fidel e do povo cubano”.

Tem-se a impressão de ver o retorno do Pontífice enquanto autoridade moral mundial de outrora, intermediador neutro de conflitos aos quais acorriam países em litígio. Contudo, em vez de isenção, neste caso há o vício ideológico. Dilma, Kirchner, Maduro, irmãos Castro, toda a esquerda exulta. Reconhecem a manobra de Obama e Francisco — os laicistas falam, piedosos que são, de milagre em vida!

Curiosamente — coincidentemente… –, este grau máximo de incensamento ao Papa Francisco ocorre quando ele reenvia, persistente, após uma derrota fragorosa no sínodo deste ano, outro questionário às dioceses, em mais um passo do que parece ser uma determinada jornada fadada a abalar as estruturas na moral Católica.

Francisco, infelizmente, atende sempre mais aos anseios e expectativas da moral da Nova Ordem Mundial — não é preciso recordar a pouca importância dada a temas como aborto e moral sexual, inversamente proporcional ao vigor quando se trata de pedir fechamento de Guantánamo ou o diálogo mesmo com os terroristas do ISIS.

Naturalmente, acaba sendo alçado cada vez mais às honras dos altares globalistas — chegando agora ao ápice do culto à sua pessoa –, sendo transformado em um semi-ídolo, intocável personificação dos valores politicamente corretos, contra o qual ninguém ousará se opor, sob pena de incorrer nas excomunhões eclesial e secular.

Como disse a Virgem de Fátima, “a Rússia espalhará seus erros pelo mundo, promovendo guerras e perseguições à Igreja; os bons serão martirizados”.

Deus tenha misericórdia da nossa geração, que pode ter a imensa desgraça de ver o levante do dragão vermelho comunista reerguendo-se em fúria, para atacar a Igreja. Como dizia a antiga oração a São Miguel Arcanjo, escrita por Leão XIII, na forma completa do exorcismo de sua autoria, “os mais maliciosos inimigos têm enchido de amargura a Igreja, esposa do Cordeiro Imaculado, têm-lhe dado a beber absinto, têm posto suas mãos ímpias sobre tudo o que para Ela é mais sagrado; onde foram estabelecidas a Sé do Beatíssimo Pedro e a Cátedra da Verdade como Luz para as Nações, eles têm erguido o Trono da Abominação e da Impiedade, de sorte que, ferido o Pastor, possa dispersar-se o rebanho. Ó invencível Príncipe, ajudai o povo de Deus contra a perversidade dos espíritos que lhes atacam e dai-lhes a vitória. Amém”.

Tags:

42 Comentários to “Papa Francisco, Obama, Cuba e a Grande Pátria Latino-Americana.”

  1. A Venezuela já está no maior caos, a Argentina também está no meio do caminho e o Brasil caminhando no mesmo sentido cujos governantes querem destruir a propriedade privada para instalar o comunismo do século 21. A Rússia que é o chefe de todos mostrou sua fragilidade quando o petróleo desvalorizou. O Brasil também está frágil economicamente e não pode ajudar a Rússia de reerguer o império comunista com o que eles chamam de “nova rússia” contra a espoliada Ucrânia que se levantou contra os planos revolucionários e isolou ainda mais a Rússia.

    Se não fosse o apoio do clero ao comunismo, nossos países seriam capitalistas e viveríamos por assim dizer o paraíso aqui neste vale de lagrimas, e não esta luta de classes.

    Cabe a nós brasileiros dizer não ao socialismo do clero e, a exemplo dos ucranianos que destruíram milhares de estátuas de Lenin, destruir as milhares imagens da maçonaria que poluem nossa Nação assim como jogar na lixeira os políticos que representam esta doutrina anti-cristã.

  2. Só cego não percebe que estamos bem no meio da realização da profecia de São Paulo aos Tessalonicenses:

    “Ninguém de modo algum vos engane. Porque primeiro deve vir a apostasia, e deve manifestar-se o homem da iniqüidade, o filho da perdição, o adversário, aquele que se levanta contra tudo o que é divino e sagrado, a ponto de tomar lugar no templo de Deus, e apresentar-se como se fosse Deus.
    Não vos lembrais de que vos dizia estas coisas, quando estava ainda convosco?
    Agora, sabeis perfeitamente que algo o detém, de modo que ele só se manifestará a seu tempo.
    Porque o mistério da iniqüidade já está em ação, apenas esperando o desaparecimento daquele que o detém. Então o tal ímpio se manifestará. Mas o Senhor Jesus o destruirá com o sopro de sua boca e o aniquilará com o resplendor da sua vinda.

    (2 Tessalonicenses 2:3-8)

    Durante quase 2000 anos, a Igreja foi a única instituição no mundo que detinha a iniquidade, a perdição das almas, que travava luta aberta contra o adversário de Cristo e contra a cultura da morte.
    O mistério da iniquidade sempre esteve em ação, apenas esperando o desaparecimento daquela que o detinha. E nesse momento a Igreja de Cristo foi totalmente eclipsada, o serviço de infiltração, a apostasia chegou ao vértice com a renúncia mais do que questionável de Bento XVI e a subida ao sólio pontifício desse obscuro, desse desconhecido filho da perdição, desse que se levanta contra tudo o que é divino e sagrado e trava combate aberto contra os que defendem a Tradição da Igreja.
    Nessa mesma carta aos Tessalonicenses, São Paulo nos ensina como agir nesses tempos de tribu;ação:

    “Assim, pois, irmãos, ficai firmes e conservai os ensinamentos que de nós aprendestes, seja por palavras, seja por carta nossa”. (2 Tessalonicenses 2:15)

    Temos que nos manter firmes na fé recebida dos Apóstolos, na Tradição de sempre da Igreja e continuarmos nossa luta do dia a dia como bons Católicos, apesar de Bergoglio e toda a alcatéia de impostores que o acompanham.

    • Eu continuarei firme.

    • Desculpe-me, Gercione, mas não me parece oportuno usarmos expressões do tipo “a Igreja de Cristo foi totalmente eclipsada”. Por mais que o (mau) clero faça,desfaça e tripudie, é bom lembrar que existe também uma infalibilidade passiva “in credendo”, própria dos fieis. Os fieis unidos aos seus legítimos pastores também não pode errar em matéria de fé! Por isso, a Igreja não se eclipsou totalmente, nem jamais se eclipsará dessa maneira: vemos focos de resistência em toda a parte, mesmo, obviamente, no próprio clero. Quem imaginou que um Cardeal chegaria a dizer que uma Exortação Apostólica não merece ser contada no magistério pontifício? Não foi isso o que Burke disse da tal “Evangelii gaudium” de Francisco? O “resto de Israel”, de que falava Bento XVI, entregará intacto ao Salvador, testemunhando a multidão de Seus eleitos, o depósito da fé ensinada pelos Apóstolos.

      Sobre o mistério da iniquidade, gostaria de lembrar essa passagem de Santo Agostinho:

      Alii vero et quod ait: Quid detineat scitis et mysterium operari iniquitatis non putant dictum nisi de malis et fictis, qui sunt in Ecclesia, donec perveniant ad tantum numerum, qui Antichristo magnum populum faciat; et hoc esse mysterium iniquitatis

      [But others think that the words, “You know what withholds,” and] “The mystery of iniquity works,” refer only to the wicked and the hypocrites who are in the Church, until they reach a number so great as to furnish Antichrist with a great people, and that this is the mystery of iniquity, because it seems hidden;

      (De civ. Dei XX, 19, 3).

  3. Não sou comunista nem capitalista, sou cristão e sigo as orientações do Papa Francisco com muita alegria e esperança.

  4. Até agora, só quem levou vantagem foram os irmãos Castro. Os democratas cubanos criticaram duramente a visita de João Paulo II à ilha-cárcere porque Fidel capitalizava qualquer “apoio” para perpetuar-se no poder. No caso de Raul Castro, duvido que ele fará eleições livres em Cuba como retribuição ao agrado do queniano Hussein, já que exporta seus métodos demoníacos para a Venezuela, Equador, Bolívia, Argentina e Brasil.

    O fim do embargo serviria, primeiramente, para formalizar a entrada de dólares que os exilados remetem para a ilha, dinheiro esse que muito ajuda aos cubanos e a ditadura. Mantendo-se o regime totalitário com alguns ajustes econômicos nos moldes de Deng Xiaoping, poder-se-ia transformar Cuba numa nova China, onde empresas de outros países seriam livres para explorar o povo em parceria com o Partido Comunista de Cuba.

    Sou bastante cético quanto a esses agrados aos Castro, já que “uma árvore boa não pode dar maus frutos; nem uma árvore má, bons frutos. Toda árvore que não der bons frutos será cortada e lançada ao fogo. Pelos seus frutos os conhecereis.” (Mt 7, 18-20)

    Todos nós conhecemos os frutos do comunismo; o futuro dirá se o que Francisco fez foi certo ou não.

  5. As ditaduras comunistas já mostraram que conseguem manter seus povos na escravidão e na miséria mesmo com embargo econômico.

    O embargo americano favorece ou não favorece a ditadura cubana?

    A monstruosidade da ditadura chinesa ficou mais exposta depois que o partido comunista chines abriu a economia em algumas regiões.

    Antes disso dissidentes chines que conseguiam fugir da ditadura chinesa e faziam denuncias mostrando essas monstruosidades eram ridicularizados por militantes comunistas ocidentais que sabiam como enganar os incautos já que que a China era um país fechado.

    Depois que a China abriu algumas áreas do país para o livre mercado, as torturas e perseguições do partido comunista ficaram mais fácil de serem mostradas.

    Acredito que Cuba passará pelo mesmo processo: e devido o tamanho do país, ficará mais fácil mostrar ao mundo as mazelas da ditadura cubana.

  6. A irmã Lúcia, na entrevista que concedeu em 1958, disse que a Rússia se tornaria instrumento do castigo divino, caso não fosse consagrada. Por sua vez, a beata estigmatizada Elena Aiello profetizou a invasão de Roma pelo exército russo. Segundo o padre Paul Kramer, autor de “O Derradeiro Combate Ao Demônio”, a Rússia não aceitará os planos da Nova Ordem Mundial, que incluem a unificação de todas a religiões e total descaracterização do cristianismo. Sim, a Igreja Ortodoxa é hoje um obstáculo aos planos da Nova Ordem Mundial.
    A Rússia impediu que os EUA invadissem a Síria e, desse modo, salvou os cristãos sírios. Para quem não sabe, os EUA apoiam a Al Qaeda na guerra civil da Síria.
    Assim, o cenário externo não é exatamente como o FRATRES o descreveu. Houve um golpe militar na Ucrânia, com o apoio dos EUA, que derrubou um presidente legitimamente eleito que buscava uma aproximação com a Rússia.
    Deve ser lembrado ainda que a maçonaria italiana comemorou a eleição do Papa Francisco ( http://www.traditioninaction.org/ProgressivistDoc/A_162_Berg-GOI.html ) e que ninguém chega à presidência dos EUA sem o apoio da maçonaria. Washington é uma cidade construída pela maçonaria e repleta de símbolos maçônicos. Assim, a ação orquestrada pelo Papa Francisco e executada por Obama e Raul Castro certamente recebeu o aval dos maçons.
    O que esse fato realmente significa é que o Foro de São Paulo não tem mais nenhuma importância geopolítica. A Venezuela está falida e o novo governo do PT fez todas as concessões que os banqueiros judeus-maçons desejavam. A “Grande Pátria Latino-Americana” está pronta para ser absorvida e fazer parte da Nova Ordem Mundial. Esse acordo dos EUA com Cuba representa o isolamento da Rússia, que se tornará o instrumento do castigo divino, nas palavras usadas pela irmã Lúcia.

    • Francisco você está muito errado, pesquisa a série traduzida no Mídia Sem Máscara, O império das mentiras, pesquise sobre eurasi anismo e visite o blog Flagelo russo. A nação fiel a Deus é a Ucrânia.

  7. Em que mundo o papa Francisco vive??? Houston, we have a problem!

    Senão, vejamos:

    1- A Igreja Católica Apostólica Romana caminha para um CISMA…

    2- “O mundo caminha para uma NOVA GUERRA FRIA” (Mikhail Gorbachev)…

    3- O Brasil caminha para uma Guerra Civil (aparições de Nossa Senhora em Pesqueira-PE)…

    Ao invés o papa Francisco insistir em agradar o mundo e não a Deus (pecando contra o Espírito Santo), ele deveria obedecer às recomendações de Nossa Senhora de Fátima (1917), qual seja:

    – Consagração da Rússia e não do mundo.

    No tocante à Consagração da Rússia pela Igreja, informo que, por razões diplomáticas, não ocorreu nos termos expressos da profecia de Fátima. Todavia, verificamos que os Céus, mesmo assim, deu um voto de confiança para a Igreja.
    Explico:
    o papa Pio XII, após a consagração do mundo (e não da Rússia, como queria N.S. Fátima), houve uma virada nos destinos da II Guerra Mundial, com a vitória dos Aliados diante de Hitler, Mussuline etc.

    E após uma nova consagração pelo papa João Paulo II, desabou o Muro de Berlim, e por reflexo o Comunismo como um castelo de cartas.

    Finalmente, da leitura das atuais profecias, constatamos que durante do governo do Anticristo (filho de um bispo com ex-freira judia, segundo La Salett), haverá a supressão da Eucaristia. Entretanto, tanto Mediugórie como Vassula (Ortodoxa) dizem que a Rússia conservará a Eucaristia, por isso será abençoada por sua fidelidade à Eucaristia.

    Quem viver, verá.

    Vem Senhor Jesus!

  8. Mais atual do que nunca. Só pra lembrar do curso que começa em 05 de janeiro.

    “O Papa do fim do mundo?”
    Francisco e os sinais dos tempos.

    http://contraimpugnantes.blogspot.com.br/2014/11/o-papa-do-fim-do-mundo.html

  9. Famílias Católicas: se fortaleçam! Se unam! Se isolem em Deus! Rezem o terço todos os dias e aumentem a devoção à sagrada Família de Nazaré, pois já vivemos tempos difíceis em que só e somente a misericórdia de Deus pode nos proteger.

    Se o Papa não é um “prisioneiro do Vaticano”, se não existem “forças maiores que ele” atuando por trás do pontificado, de tal sorte que ele mata 10 para evitar matar 1 milhão, explicando assim porque ele precisa tanto agradar os progressistas – se não for esse o caso, estamos diante de um pontífice que precisa também de uma dose exagerada da graça de Deus para abrir os olhos, tal qual São Pedro quando censurou Nosso Senhor ao saber que ele iria entregar a sua vida por nós!

    “Vai-te embora Satanás, inventor e mestre da mentira e dá lugar a Cristo a quem nada encontrastes de tua obra. Dá lugar a Igreja, Una, Santa, Católica que o próprio Cristo comprou com o seu sangue decretando que as portas do inferno jamais prevalecerão contra ela.” ( Oração de Exorcismo da Igreja)

  10. Primeiramente quero parabenizar o “FRATRES IN UNUM” pelo artigo.
    Se o papa Honório I foi anatematizado por outro Papa, aliás santo de verdade, São Leão II, penso que este papa será anatematizado por outro Papa. porque a Igreja é divina. Quando? É obvio que não sabemos. Temos certeza que será na vitória do Sagrado Coração de Jesus e da do Imaculado Coração de Maria. Pelo andar da carruagem, acho que o ano 2015 será catastrófico, mais do que este que está quase a terminar. Há um complô contra a verdadeira Igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo, contra a Sagrada Tradição. Verdadeira “AUTODEMOLIÇÃO”. Os bons já estão sofrendo, mas sofrerão muito mais. Não sou profeta, mas oxalá que eu esteja equivocado!

  11. O Papa é maravilhoso. Ele está sempre buscando a paz e intermediando conflitos.

  12. Agradecimentos a este senhor, que além de promover tudo o que tem promovido em relação à nossa fé (inclusive perseguição), auxilia a implantação do bolivarianismo em nosso continente.
    Como cada um tem aquilo que merece e Deus sabe o que faz, esse deve ser o Papa que merecemos.

  13. Muito bem ao Fratres pelo artigo. A rendição não é opção.
    Parece que a maçonaria pariu o seu filho predilecto e está a promove-lo a toda a força. Mais tarde ou mais cedo teremos Bergoglio, o novo prémio da paz. Enquanto isso, com a obsessão em dar a Eucaristia a todos, leva os bons católicos ao erro e os pecadores confirma-os no seu pecado, sem falar na sua “misericórdia tractor”, que esmaga e leva à frente todo aquele que se oponha à sua ideologia comunista.

    “11. Vi, então, outra Fera subir da terra. Tinha dois chifres como um cordeiro #leia-se bispo com a sua mitra#, mas falava como um dragão #falava heresias contra a Igreja de Cristo#.12. Ela exercia todo o poder da primeira Fera, sob a vigilância desta, e fez com que a terra e os seus habitantes adorassem a primeira Fera (cuja ferida de morte havia sido curada #estamos a assistir ao reaparecimento do comunismo, que já parecia ferido de morte#). 13. Realizou grandes prodígios, de modo que até fez descer fogo do céu sobre a terra, à vista dos homens.14. Seduziu os habitantes da terra com os prodígios que lhe era dado fazer sob a vigilância da Fera, persuadindo-os a fazer uma imagem da Fera #leia-se obrigando os católicos a seguir o comunismo# que sobrevivera ao golpe da espada.”Apocalipse, 13

  14. De fato, é bastante estranha essa reviravolta de Cuba e EUA subitamente reatarem amizade, mas por outro lado, compreende-se que Obama é comuno-islamita – muçulmanos e comunistas são aliados pelo ódio à Igreja e à democracia.
    Aliás, para valorizar essa intermediação, houve reabilitação do vermelho Miguel D’Escoto pelo papa Francisco, assim como recepção de milícias comunistas no Vaticano, dizendo o Alcorão ser livro de paz, por isso atendendo a ambos países e à dupla Obama-Raúl Castro – no fundo, ambos se entendem – além de nenhuma repressão formal ao comunismo provinda de Roma.
    Recentemente, até Dilma (PT e seus eleitores) apoiaram o ISIS degolando cristãos; há a impressão nesse caso de haver uma certa aura em favor da Nova Ordem Mundial: os EUA seriam a sede desse governo globalista, sendo momento de se aglutinarem os companheiros.
    Que haveriam densas nevoas envoltas nesse reatamento, podendo em breve serem melhor conhecidas, sim, mas que atenderia à NOM, seria o mais certo.

  15. Perdoem-me uma nota pessoal. Um professor meu da Poli, muito católico por sinal, veio fugido com a família, criança ainda, do golpe sanguinário de Castro. Salvo equívoco, o pai dele era o chefe (ou alguém muito graduado) da Ação Católica cubana na época da revolução comunista; lembro-me (mal, talvez) de duas coisas: que esse pai de família resolveu fugir de Cuba depois de os comunistas terem invadido a sede da Ação Católica e metralhado, ao vivo e a cores, a todos os que lá estavam; que este senhor escapou desse atentado miraculosamente, pois estava presente na ocasião, e que, por fim, talvez sequelado, teve não sei quantos enfartes antes dos seus 40 anos…

    Francisco odeia o que ele chama de “esquemas abstratos”. Pergunto: há algo mais real que levar bala do inimigo?

  16. Com a economia chinesa aparentemente indo para o buraco por ser insustentável parece que criaram uma nova China em menor escala com 11 milhões de escravos. Com o dinheiro injetado em Cuba a população continuará na miséria sem saber o que são direitos humanos mas enchendo os cofres públicos de dinheiro para o avanço da agenda do Foro de São Paulo.

  17. Quando d.Claudio Hummes disse que 4 anos de Francisco bastariam ele estava coberto de razão….

  18. “Ferirei o pastor e dispersar-se-ão as ovelhas” Mc 14,27

    Será Bento XVI o pastor ferido de que trata essa profecia dos Evangelhos?
    Será Bento XVI o Bispo vestido de branco de que nos fala a profecia de Fátima?

    • Quando o Papa foi eleito em 2013, eu pedi a Deus que me desse uma palavra certa do que ele seria. É claro que na época, analisando a renúncia de Bento XVI e outras coisas, eu sabia que não ia vir coisa boa. Mas não me deixei levar por minha mente e pedi ao Espírito Santo que resumisse num text o que ia ser. Saiu isso: “Naquele tempo não mandarei um pastor, mas um destruidor.” Nunca me esqueci dessa passagem que saiu exatamente quando abri a bíiblia e meus olhos caíram diretamente nela. Acredito que o texto disse tudo, lembro-me de uma profecia que o Papa Bento XVI tinha feito quando era cardeal, ele disse que nos subterrâneos da Rússia a Igreja voltaria a brilhar como nunca. Ou seja, indicou que a Igreja ia ficar muito “pobre” e quase ninguém teria coragem de se assumir Católico(o que já acontece) e que teriam que celebrar a missa as escondidas.

    • Antes que alguém apareça aqui fazendo acusações quero deixar bem claro que POSSO ESTAR ERRADO, mas eu acredito que o pastor se refere à figura do papado, e não a um dos papas especificamente. Quanto ao bispo vestido de branco, acho que é Francisco mesmo.
      Tenho a impressão de que os muçulmanos junto com os chineses vão acabar invadindo a Europa em uma espécie de estratégia do navio quebra gelo através da Europa e a Rússia virá neste vácuo, e neste momento o Francisco irá se deparar com a sua consciência e terá uma conversão, e diante desta conversão fará a consagração do Sagrado Coração à Rússia e aí terá uma conversão em massa com os russos ajudando os europeus da Europa Ocidental que ainda estiverem vivos a expulsarem os muçulmanos.
      Acho que o Putin está desesperado para invadir os Estados Bálticos até chegar na Polônia formando um cinturão de segurança para os mísseis da NATO e que a invasão dos chineses e muçulmanos será apenas uma distração para isto, assim ele pode lançar mísseis nucleares intercontinentais contra os EUA e os EUA não vão poder fazer lá grandes coisas, já que Rússia e EUA possuem um acordo de desarmamento destes mísseis que os EUA cumpriu mas a Rússia não. A Rússia não só cumpriu como desenvolveu tecnologia. Inclusive o Putin se orgulha de um de seus mísseis intercontinentais que alteram a rota anulando o sistema antimísseis dos EUA.

    • Rafael Teófilo , devemos combater o erro , com uma verdade que provém da razão, não é o caso e nem nos compete ,ficarmos interpretando fatos baseados em profecias. Profecias interpretadas sem devido cuidado, leva a heresia.

  19. Deus me perdoe por esse pensamento, mas quero ver Como o santo padre vai intermediar o conflito mais antigo já conhecido a guerra entre os filhos da luz e os filhos das trevas, será que vai enviar uma carta pedindo que os lados respeite as diferenças dos outros e busquem o que tem de comum ?

  20. O que mais devemos esperar do Papa Bergoglio? Depois de perseguir os tradicionalistas,e apoiar indiretamente os terroristas, só lhe faltava mesmo dar apoio ao comunismo que ensanguentou a Igreja e encheu de sofrimento o pobre povo cubano! Enquanto isso, muitos patetas continuam seus aplausos àquele “summus pontifex” que no fundo talvez seja apenas o “summum monstrum” encarregado de destruir a Igreja. Miserere nobis, Domine Jesu!

  21. O uruguaio Guzmán Carriquiry,um dos principais ideólogos da “Pátria Grande” bolivariana, ocupa há tempos um importante cargo na Pontifícia Comissão para a América Latina, no Vaticano. Elogiado pelo deputado italiano Massimo D’Alema, presidente dos Democráticos de Esquerda, Carriquiry é bem aceito pelo marxista argentino Jorge Aberlado Ramos e outros.

  22. Quantos cristãos já não foram mortos pelo regime comunista? E ainda hoje muitos continuam a morrer por sua fé.

    Se esse fosse o único indicativo fornecido por Bergoglio, vá lá, poderíamos concluir que se trata de diplomacia vaticana (como fez um blog neo-conservador) em busca de soluções para um problema real – um país subjugado por um ditador, que escraviza e mata a quem se opõe ao regime.

    A questão é que não se trata de diplomacia, mas de mera escolha ideológica, reiterada de diversas maneiras. Como esquecer que o atual Papa chamou o presidente do Uruguai, José Mujica, de homem sábio?! Como esquecer que ele chamou de obsessivos aqueles que lutam para que inocentes não sejam mais mortos no seio materno?

    É impossível concluir que se trata de mera diplomacia, o que nada mais é do que escolha ideológica. Já até imagino os democratas satanizando os republicanos e imaginando como colher frutos na próxima eleição americana. Só Obama tem a ganhar com isso, e, claro, Francisco com os elogios mundanos.

    Vivemos tempo de confusão. Permanecer no dogma e na moral católica, praticando-as com simplicidade, deve ser motivo de conforto para nós, o qual devemos render gratidão para com a divina majestade. Se desejamos a reforma da Igreja, ao menos que possamos enxergá-la primeiramente em nós mesmos e rezar para que a divina graça abrevie esses tempos diabólicos.

    Devemos ver que Francisco também tem uma alma e que será julgado por Deus. Por isso devemos rezar por ele, por sua alma e para o bem da Igreja.

    A severidade do juízo para com aqueles que tem cura de almas… eu nem imagino… Que Nosso Senhor tenha misericórdia.

  23. “Bem aventurados os que promovem a paz, disse Jesus!”
    Infelizmente, o pessoal tradicionalista prefere ficar com certos pensamentos “inquestionáveis” do que com as palavras de Jesus! Lamentável!
    Será que não percebem que, com a americanização cubana, aí é que o comunismo na ilha se enfraquecerá? Ora, dirimir conflitos e aumentar a paz no mundo é coisa de Deus!
    E quem não se alegra com isso ainda não entendeu o Evangelho. E não entendeu nem mesmo o Natal, no qual os anjos cantaram “paz na terra aos homens de boa vontade”.
    Eu sou católico mas será que na opinião de vocês somente católico é gente de boa vontade?

  24. Ronaldo, eu contesto você a me dizer qual a diferença entre a revolução francesa (da qual a maçonaria não nega) e a revolução russa (comunista). Pois a destruição da civilização cristã é um movimento que vem sendo orquestrado há 500 anos. Segue abaixo considerações das quais aceito refutações desde que fundamentadas:

    http://devotosdamisericordiadivina.blogspot.com.br/2014/05/o-holocausto-catolico-na-primeira-e.html

  25. Enquanto isso, “a Igreja nunca esteve tão bem”:

    http://www.midiasemmascara.org/mediawatch/noticiasfaltantes/perseguicao-anticrista/15587-2014-12-15-11-54-48.html

    Havia pensado ontem à noite o mesmo que o colega Luis Fernandes: Francisco será cotado ao Nobel da Paz em 2015, prêmio esse manipulado há tempos pelos socialistas fabianos dos Partido Democrata de Obama em conjunto com seus similares europeus.

    Esse prêmio já está desmoralizado e a gota d’água foi o boicote ao Papa João Paulo II, que estava cotado por vários analistas no começo dos anos 2000 por conta do combate ao bolchevismo, mas teve o nome indeferido por ser contra o aborto.

  26. Por falar em Fátima e em Comunismo… dois pronunciamentos tornado públicos. Coincidência?

    1) 26 de dezembro de 1956

    “Diga-lhes, Senhor Padre, que a Santíssima Virgem repetidas vezes nos
    disse, tanto aos meus primos Francisco e Jacinta como a mim, que
    várias nações desaparecerão da face da terra. Disse que a Rússia seria
    o instrumento do castigo do Céu para todo o mundo, se antes não
    alcançássemos a conversão dessa pobre nação.” (Irmã Lúcia, vidente de
    Fátima, ao Pe. Augustín Fuentes)

    Fonte: http://www.fatima.org/port/essentials/opposed/frfuentes.asp

    2) 31 de agosto de 2004

    “A América não é uma ameaça, mas os estados anões da Europa cessarão
    de existir. Eles serão varridos.”
    (Vladimir Jirinovsky vice-presidente da Duma – partido russo aliado ao
    Governo, ao Parlamento Russo)

    Fonte: http://flagelorusso.blogspot.com/2014/08/humanitarismo-de-putin-e-para-vento.html#more

  27. Parece que não falta mais nada, para este Papa fazer de ruim. O seu governo está sendo péssimo, marcado pelas heresias, escândalos, maus exemplos em tudo praticamente ele faz. Raramente podemos aproveitar algo de bom, deste Sumo Pontífice. A Pergunta que tudo mundo faz é esta: Como pode Deus permitir para Sua Igreja. Um papa marcado pelo seu mau exemplo em toda a sua trajetória. Deus jamais permitiria uma crise como esta. Se não tivéssemos longos séculos de cristianismo autênticos. Na história da Santa Igreja. Encontramos raros pontífices que toldaram a sua história. Com exemplos reprováveis no seio da mesma. Mas como este, não encontramos em nenhum século. Jamais um papa favoreceu tanto, ou promoveu erros morais como no caso; deste sínodo recentemente. Ele vai ficar marcado na história da Igreja. Como o papa dos escândalos, heresias, do mau governo…
    Joelson Ribeiro Ramos.

  28. Parabéns ao Fratres pelo seu posicionamento. Faço coro com o Padre Elcio no aplauso. Vivemos dias dramáticos para a Igreja e o Fratres é a voz dos católicos perplexos e agredidos pela revolução bergogliana.

    A perplexidade do Padre Elcio é a do Lucas Janusckiewicz Coletta e também a minha. Francisco fez muito pouco pelos cristãos perseguidos pelo Islã. O que fez pela Asia Bibi, a mulher condenada à morte por ir tirar água de um poço?

    Mas, quando se trata de ajudar os comunistas, Francisco “é um avião”. O Stédile do MST é um exemplo dessa estranha solidariedade papal, recebido com honra no Vaticano.

    Francisco, que já disse que é “amigo de comunistas bons”, é o bem-sucedido articulador da aproximação Obama-Castro. Como o Brasil não vai dar conta de enviar a montanha de dinheiro para assegurar a sobrevida da funesta ditadura castrista, dado que a Petrobrás está a caminho da falência e as contas do governo estão no vermelho, Obama vai se encarregar disso. São soltos uns poucos prisioneiros e a ilha-prisão continua um imenso cárcere. Graças ao Papa vermelho que elogia a Pátria Grande ou Grande Pátria bolivariana, está se cumprindo a Mensagem de Fátima, e o comunismo espalha os seus erros pelo mundo.

  29. E o que exige que sem demora falemos, é antes de tudo que os fautores do êrro já não devem ser procurados entre inimigos declarados; mas, o que é muito para sentir e recear, se ocultam no próprio seio da Igreja, tornando-se destarte tanto mais nocivos quanto menos percebidos

    Não se afastará, portanto, da verdade quem os tiver como os ‘ mais perigosos inimigos da Igreja”. Estes, em verdade, como dissemos, não já fora, mas dentro da Igreja, tramam seus perniciosos conselhos; e por isto, é por assim dizer nas próprias veias e entranhas dela que se acha o perigo, tanto mais ruinoso quanto mais intimamente eles a conhecem. Além de que, não sobre as ramagens e os brotos, mas sobre as mesmas raízes que são a Fé e suas fibras mais vitais, é que meneiam eles o machado.

    PASCENDI DOMINICI GREGIS – São Pio X

  30. Tava aqui passeando pelos meus livros e encontrei um que comprei há muito tempo. “Valores Cristãos” de Jacques Leclercq. Nele há uma passagem belíssima em que o autor cita uma das encíclicas de Pio XI, num período em que o Papa escrevia e agia como Papa, sem qualquer espécie de duplicidade. Eis a passagem do livro:

    Todas as crises do mundo procedem do pecado; na medida em que a caridade reina, as crises desaparecem.
    A guerra procede do pecado; a paz só pode enraizar-se pela conversão dos corações.
    Em 1922, três anos depois do tratado de paz que punha termo à guerra mundial, na sua encíclica Ubi arcano, sobre a paz de Cristo no reino de Cristo, escrevia Pio XI: “Selou-se um pacto solene entre os beligerantes; mas esta paz foi consignada em instrumentos diplomáticos, não foi gravada nos corações… Há pouco a esperar de uma paz artificial e exterior que regula as relações recíprocas entre os homens, como faria um código de civilidade; o que é preciso é uma paz que penetre os corações, que os apazigúe e abra pouco a pouco sentimentos recíprocos de caridade fraterna. Semelhante paz só pode ser a paz de Cristo.”

    Até aqui a parte do livro. Vejam que não é por meios diplomáticos que os sumos pontífices anteriores resolviam problemas entre reinos e nações. Pio XI deixa claro que uma paz feita de tal maneira não adianta nada, pois não foi uma paz gravada nos corações. Exemplo maior disso o próprio autor cita no livro e que foi o que motivou a Pio XI escrever tal passagem. A questão da primeira guerra mundial que terminou com um tratado de paz diplomático entre os envolvidos. Pio XI com suas palavras proféticas já antevê o futuro e todos sabem as consequências de tal diplomacia mundana, o advento da segunda guerra mundial.

    Bem, para não me alongar muito, Francisco, com essa intermediação diplomático entre os Castro e Obama não faz nada em que se pareça com o que a Igreja fez no passado. Pode até ter havido Papas que tenham tentado o mesmo que Francisco fez. Mas de nada adianta. É só o evangelho que transforma as nações e só aceitando a Cristo e sua doutrina é que pode haver paz verdadeira. Essa é a Tradição da Igreja e dos Papas, não essa diplomacia mundana, que um blog neo-conservador quis fazer parecer ser uma tradição dos Papas.

    Agora eu pergunto:

    Onde está Jesus Cristo nesse acordo diplomático?

    Acredito que Bergoglio não saberia responder.

  31. Caro Rafael Teófilo … Saudações marianas!!!

    “Espada, levanta-te contra o meu pastor, (contra o meu companheiro – oráculo do Senhor dos exércitos). Fere o pastor, que as ovelhas sejam dispersas: Voltarei a minha mão até mesmo contra os pequenos”. (Zc 13,7)

  32. Parabéns ao Papa Francisco, que soube dar o primeiro passo para a reconciliação destas duas nações que a muito não se entendiam bem. Aos “príncipes” do catolicismo, incapazes de enxergar uma atitude positiva e autenticamente cristã do papa Francisco, só tenho a lamentar.

  33. Paulo Kelson,

    O site sionista Midia Sem Máscara não é uma fonte imparcial para se compreender o cenário externo. O seu criador vive nos EUA, possui um green card e é uma espécie de boneco de ventríloquo do Partido Republicano, que está tão comprometido com a maçonaria quanto o Partido Democrata. Não se iluda com os políticos dos EUA.
    Houve um golpe de estado na Ucrânia, sim, que derrubou um presidente pró-Rússia.
    O maior especialista em Fátima, o padre Paulo Kramer, tem visão oposta à do site Mídia Sem Máscara. O padre Kramer estudou mais de cem profecias católicas e está convicto de que a Rússia é o principal obstáculo à agenda maçônica que pretender unificar todas as religiões à custa da completa apostasia da Igreja Católica. Por sua vez, a irmã Lúcia foi categórica que ao afirmar que a Rússia se tornará instrumento do castigo divino, caso não fosse consagrada.
    Quem está enganado é você.