Novas ameaças para 2015.

Fratres in Unum.com – Para quem tinha ainda alguma dúvida do que acontecerá em 2015 com os temas polêmicos do próximo Sínodo, Papa Bergoglio, que fala nas entrelinhas, cada vez mais sobe às linhas para falar entre as palavras, mesmo.

Na homilia de sua última missa pública matinal deste ano, no dia 19 de dezembro de 2014, utilizou expressões muito contundentes, aplicando-as a estes interlocutores invisíveis com os quais briga quase diariamente. Comentando a esterilidade de Santa Isabel, mãe do Precursor, disse que

“também hoje é um dia para rezar pela nossa mãe Igreja, por tantas esterilidades no povo de Deus. Esterilidade de egoísmos, de poder…. Quando a Igreja acredita que pode tudo, que pode tomar conta das consciências das pessoas, percorrer o caminho dos fariseus, dos saduceus, o caminho da hipocrisia, eh, a Igreja é estéril. Rezar. Que este Natal faça a nossa Igreja se abrir ao dom de Deus, que se deixe surpreender pelo Espírito Santo e seja uma Igreja que faça filhos, uma Igreja mãe. Mãe. Muitas vezes eu penso que a Igreja em alguns lugares é mais empresária do que mãe.”

Quer dizer que, para o Papa Francisco, quando a Igreja acredita que pode tomar conta da consciência das pessoas (no original italiano, “impadronirsi delle coscienze della gente”) se torna farisaica, hipócrita. Porém, o próprio Concílio Vaticano II afirma que:

“os fiéis, por sua vez, para formarem a sua própria consciência, devem atender diligentemente à doutrina sagrada e certa da Igreja. Pois, por vontade de Cristo, a Igreja Católica é mestra da verdade, e tem por encargo dar a conhecer e ensinar autenticamente a Verdade que é Cristo, e ao mesmo tempo declara e confirma, com a sua autoridade, os princípios de ordem moral que dimanam da natureza humana” (Concílio Vaticano II, Declaração Dignitatis Humanæ, n. 14).

Mas Bergoglio é maior, inclusive, que o Concílio. Para a ruptura, vale até ser contra o Vaticano II; para a continuidade, para a tradição, contudo, sua letra de nada vale.

Na noite de natal, ele explicita o que implicitamente diz na homilia do dia 19. Deixemo-lo falar:

“temos a coragem de acolher, com ternura, as situações difíceis e os problemas de quem vive ao nosso lado, ou preferimos as soluções impessoais, talvez eficientes mas desprovidas do calor do Evangelho? Quão grande é a necessidade que o mundo tem hoje de ternura! A resposta do cristão não pode ser diferente da que Deus dá à nossa pequenez. […] Queridos irmãos e irmãs, nesta noite santa, contemplamos o presépio: nele, ‘o povo que andava nas trevas viu uma grande luz’ (Is 9, 1). Viram-na as pessoas simples, dispostas a acolher o dom de Deus. Pelo contrário, não a viram os arrogantes, os soberbos, aqueles que estabelecem as leis segundo os próprios critérios pessoais, aqueles que assumem atitudes de fechamento”.

Enfim, depois do violento discurso que dirigiu contra seus principais colaboradores no dia 22, Bergoglio não se enche nem um pouco de ternura. Antes, continua a acusar os que antes eram católicos fieis de arrogantes e soberbos, enquanto ele, “humilde”, não cessa de humilhá-los. A ameaça está posta. Agora é a hora de agir.

Tags:

26 Comentários to “Novas ameaças para 2015.”

  1. ….”Quando a Igreja acredita que pode tudo, que pode tomar conta das consciências das pessoas, percorrer o caminho dos fariseus, dos saduceus, o caminho da hipocrisia, eh, a Igreja é estéril”.
    Antes de mais nada, a Igreja é a extensão do Corpo de Cristo, o Qual é a cabeça, sendo que nós seus membros, nada mais e, Cristo, por meio dessa Igreja é a luz que nos alumia nesse caminhar de trevas que é o mundo; portanto, é o farol que necessita interferir em nossas decisões todas, sob pena de lograrmo-nos, parâmetro de nossas ações, caso contrario, seria como numa dessas relativistas seitas por aí nas quais v é o proprio espirito santo que se alumia e quem decide.
    Assim, a partir dessa estranha concepção e visão de fatos, por lógica, suprime-se:
    “Os fiéis, por sua vez, para formarem a sua própria consciência, devem atender diligentemente à doutrina sagrada e certa da Igreja. Pois, por vontade de Cristo, a Igreja Católica é mestra da verdade, e tem por encargo dar a conhecer e ensinar autenticamente a Verdade que é Cristo, e ao mesmo tempo declara e confirma, com a sua autoridade, os princípios de ordem moral que dimanam da natureza humana” (Concílio Vaticano II, Declaração Dignitatis Humanæ, n. 14)
    2015 já se desponta com muitas nuvens negras, carregadas de raios, trovões e granizo devastadores à vista…

  2. É com tanto disparo, daqui uns dias vai ter cardeal assistindo audiências de Francisco com colete à prova de balas.

  3. Amigos, salve maria.

    Este ensinamento de Santo Ivo de Chartres se torna ainda mais claro nos tempos bergoglianos:

    “(…) não queremos privar as chaves principais da Igreja (isto é, o Papa) de seu poder, qualquer que seja a pessoa colocada na Sé de Pedro, a menos que se afaste manifestamente da verdade evangélica” (P.L., tom. 162, col. 240).

    Abraços a todos,

    Sandro de Pontes

  4. Concordo plenamente com o papa, ele não disse que a Igreja não poderia conduzir as pessoas a Verdade Plena, ele é contra dominar as consciências das pessoas, porque seria realmente uma Igreja estéril, manipuladora e opressora. Lembremos que os fariseus faziam isso, dominavam e manipulavam a consciência do povo, tanto é que o próprio Nosso Senhor chamou-os de hipócritas.
    Quanto a igreja ser mais empresária do que mãe, o papa já esclareceu isso: “Porque a Igreja é mãe, e nem você nem eu conhecemos uma mãe por correspondência. A mãe… dá carinho, toca, beija, ama. Quando a Igreja, ocupada com mil coisas, se descuida dessa proximidade, se descuida disso e só se comunica com documentos, é como uma mãe que se comunica com seu filho por carta
    …” isso não é uma igreja empresarial? Pois ficam presos a uma sacristia, gerenciando uma paróquia somente, enquanto o povo está carente de um aconchego e com fome da palavra de Deus.
    Então, não vejo nenhuma ameaça, porque ele não falou nenhuma mentira… Por fim Deus não se manifesta para pessoas orgulhosas e soberbas, quanto a essas Ele as derrubam de seus tronos e elevam os humildes, por isso temos que agir conforme a Mãe Igreja e não segundo critérios pessoais, que assumem atitudes de fechamento.

    • Sergio Ricardo: se você, o diabo e o resto do inferno acham que a Igreja pode ser “estéril, manipuladora e opressora”, então me cabe concluir que vc não é católico; quanto ao diabo, eu já sei que ele não é; aliás, por ser o pai da mentira, tenho absoluta certeza de que ele frequenta alguma das igrejolas pentecostais que Bergoglio gosta de bajular e considerar a própria Jerusalém celeste, na mesma medida em que ele desonra a Esposa de Cristo e seus bons ministros.

    • Santiago, leia o que escrevi, por favor não deturpe as minhas palavras, por favor leia o texto todo. Realmente o diabo é o pai da mentira, por isso NÃO SEJA MENTIROSO, eu jamais disse que a Igreja católica é estéril, justamente porque creio que ela NÃO manipula e NEM controla a mente dos fiéis, Ela somente ensina e conduz as pessoas a VERDADE.
      Lembre-se também que só Deus conhece o meu coração, como você é capaz de afirmar que nem católico eu sou?

    • Sergio Ricardo,

      Vc diz o seguinte: “ele [Francisco] é contra dominar as consciências das pessoas, porque seria realmente uma Igreja estéril, manipuladora e opressora”. Eu lhe pergunto: você já viu um círculo-quadrado? Vc consegue imaginar algo que seja círculo e quadrado ao mesmo tempo? Há, portanto, algum sentido em se falar: “eu sou contra os círculos-quadrados?”

      Pois bem, meu caro: Não há sentido algum em ser contra algo que é impossível. “Estéril, manipuladora e opressora” é a absurda hipótese de que a Igreja católica queira “dominar as consciências”.

      A Igreja católica não faz e nunca fez lavagem cerebral; fazem-na as seitas que andam por aí: as patéticas igrejolas protestantes amadas e elogiadas por Bergoglio, a maldita e virulenta teologia da libertação, a ideologia do sexo-com-fezes e outras formas de degradação moral e psicológica. A Igreja católica torna os homens livres da miséria de serem filhos de seu próprio tempo. Peça, Sérgio, as luzes do Espírito Santo e fuja da mentira e dos mentirosos.

  5. Eu sempre tive reserva quanto ao que muitos dizem aqui, no Fratres. Mas terei de me render às evidências: será ruim (como já foi dito aqui!) implorar a Deus que esse Papado não se demore? Não há desde o Vaticano II uma chuva de disparates contra a Fé, de forma tão consecutiva! Se viessem de um cardeal tendente ao cisma, ou de uma Teologia da Escravidão seria grave, mas deixaria os inimigos da Fé rirem sozinhos… porém é o Papa, aquele que devia nos transmitir firmeza e esperança, quem está rebaixando os fiéis que oram por ele! Nem ao silêncio ele ao menos se reserva… Chego a desanimar… Tem pena de nós Senhor Jesus! Maria Santíssima rogai por nós!

    • Em vez de implorar a Deus que esse papado não se demore, eu prefiro pedir que leve a bom termo o período de inegável purificação pelo qual a Sua Igreja vem passando. Por que o Senhor permite isso? Não sei, mas tenho a certeza de que tudo coopera para o bem dos que amam a Deus (Rm 8, 28). Afinal, se Deus sabe por que permite isso, saberá também o tempo pelo qual o permitirá. Seja feita a vossa vontade.
      Para mim, o pior de tudo e o mais enigmático é que pareçam triunfar os inimigos da Igreja, como aliás, outrora, nas perseguições cruentas (ainda uma triste realidade em muitos lugares), mas a fé nos impede de aceitar que esse triunfo seja real e venha a ser duradouro, muito menos definitivo, por mais que ora nos doa vê-lo. Tende piedade de nós, Senhor, concedei-nos a perseverança final.

  6. Diz Francisco: “não a viram os arrogantes, os soberbos, aqueles que estabelecem as leis segundo os próprios critérios pessoais, aqueles que assumem atitudes de fechamento”.

    Há um ditado árabe que diz o seguinte: “dize-me do que te gabas e direi do que careces”. E assim Francisco, no melhor estilo de o rei está nu, não se dá conta que o único fechado é ele mesmo. Como num jogo de espelhos, não deve nos surpreender que todo o mundo que dele discorda seja desclassificado como “fechado”. O mistério da personalidade de Francisco, se é que há algum, é a sua ilusão de sonhar-se padrão e norma de tudo. Assim, quando ele diz “não há norma, siga a sua consciência”, isso pode ser facilmente traduzido por “Eu, Francisco, que sou a norma, a lei, o oráculo, digo que a única norma é que não há norma”. Se isso é verdade, a única qualificação que merece a ilusão de Bergoglio é “orgulho luciferino”. Talvez aquele raio que caiu em São Pedro cifre mesmo algum mistério. Nem seria preciso pensar, por enquanto, em libertarianismo a la Aleister Crowley e demais promotores da anomia.

  7. Pra quem prega ternura e “calor do evangelho”, ele acusa das formas mais duras e desmedidas. Ué, “quem sou eu pra julgar” só valia para os sodomitas?

  8. Amigos do Fratres:

    Sugestão:

    Que tal fazer um inventário em fotos ou artigos publicados neste site com os mais tristes acontecimentos de 2014, fora muitas atitudes de Bergoglio… meu lamento fica, como pior cena, de uma freira que inspirada em Fabio de Melo, reportagem de ontem no Jornal Nacional, ganhou o The Voice Italia, e hoje lança musicas da tal que se intitula “madona”: Like A Virgin.

    Que Deus nos livre de tamanho escarnio a Virgem Santissima Maria proferida por religiosos, ou seja, já basta as bestas-feras anticatolicas? Agora pelos MEMBROS do Corpo Mistico Igreja, única Igreja de Deus? Será isso doença das 15 pragras elencadas por Bergoglio?

  9. Hah!!..hah!!..cú-ruuuuzes!!!….?
    “Humilde”?…”terno”?!….!!!?
    Que digam sobre essas…”virtudes” pontifícias, os FRANCISCANOS DA IMACULADA, o CARDEAL BURKE,o D.LIVIERES,o pessoal da CÚRIA VATICANA, os do CERIMONIAL E LITURGIA VATICANOS…etc e tal!!!
    Ai! que “ternura”!!!!….quanta…”humildade”….quanta “ética”…e…”misericordia”!!!!!!
    Minha Nossa!!!!
    Há muiiiiito jacarandá na Europa….!!!!

  10. Vejam o que o Tico Santa Cruz da banda Detonautas disse sobre o Papa: Retrospectiva 2014 – Parte 1

    • “Países como o Brasil vão simpatizando com o conservadorismo perigoso” – não sei de que Brasil esse senhor está a falar, certamente não o da majoritária mídia, nem o dos formadores de opinião politicamente corretos, muito menos o das universidades.

    • Parece que todas as pessoas que estão em pecado grave e nem sequer são Católicas estão gostando desse Papa, isso é muito estranho, não? Instituição em decadência? Será que essas pessoas por acaso já leram a vida dos Santos? Porque hoje em dia, a maioria dos “católicos” não quer saber de Santidade, só de festa e mais. Como o ditado diz: As pessoas tem aquilo que merecem.
      Por que infelizmente a maioria dos católicos não quer viver a Santidade, e isso é a causa de tudo o que está acontecendo. Pensem que estamos entrando nas etapas finais da purificação da Igreja, como o povo hebreu quando estava exilado no Egito, assim como Deus não se esqueceu do seu povo, ele não vai esquecer da gente. Os tempos de hoje parecem muitos com os do êxodo, a julgar pelo Faraó e pelo Moisés…

    • Lendo os comentários é de impressionar o grau de desorientação, até mesmo entre os católicos.

  11. É justamente pelos que comandam a Igreja nos tempos de hoje não quererem “tomar a mente das pessoas”, de ensinar o que verdadeiramente a Igreja Católica desde sempre prega, que o estado de apostasia se encontra tão avançado na sociedade. Estes parecem estar mais preocupados em praticar o venenoso politicamente correto.

    Em sua Encíclica ‘Acerbo Nimis’, já dizia o Santo Papa Pio X:
    “Mas entendemos que, quando ao espírito envolvem as espessas trevas da ignorância, nem a vontade pode ser reta, nem são os costumes. Aquele que caminha de olhos abertos poderá afastar-se, não se nega, do rumo reto e seguro; mas o cego está em perigo certo de perder-se. – Ademais, quando não está inteiramente apagada a chama da fé, ainda resta a esperança de que se elimine a corrupção dos costumes; mas, quando à depravação se junta a ignorância da fé, já não resta lugar a remédio, e permanece aberto o caminho da ruína.”

  12. Será que essa frase abaixo dentro de algum tempo poderia ter sentido?
    Chame os outros do que v é,
    Acuse os outros do que v faz!

  13. 1. Dirigindo-se, então, Jesus à multidão e aos seus discípulos,disse:

    2. Os escribas e os fariseus sentaram-se na cadeira de Moisés.

    3. Observai e fazei tudo o que eles dizem, mas não façais como eles, pois dizem e não fazem.

    4. Atam fardos pesados e esmagadores e com eles sobrecarregam os ombros dos homens, mas não querem movê-los sequer com o dedo. Mt 23,1-4

    O problema dos fariseus era exatamente a separação entre doutrina e disciplina e o argumento de Fancisco/Kasper é de que a doutrina tradicional permanecerá intacta e o que mudará será justamente a disciplina. Francisco usa os fariseus, mas no fim das contas o que ele e Kasper desejam é profundamente farisaico, eles são os maiores fariseus da história. Os divorciados recasados vão afirmar a doutrina católica de boca e vão a negar na prática tal como os fariseus faziam. Enquanto o fardo do pecado permanecerá pesado e esmagador na consciência deles, esse fardo é o que deveria ser removido, mas Francisco que não quer a conversão de hereges, heterodoxos e membros de outras religiões, também não quer a conversão dos pecadores.

    Conceder isso aos divorciados recasados, é tornar o pecado deles ainda maior. A graça e a misericórdia de Deus nos liberta do pecado, a de Francisco autoriza e dará plena liberdade a hipocrisia.

  14. Eu penso que devemos ver este papado também como uma bênção. Isto é, os cardeais no próximo conclave não vão querer uma nova aventura louca.

  15. Chamar a IGREJA CATOLICA de ..”hipócrita”…seguidora dos fariseus…e dos saduceus…” e que por dirigir a Consciencia dos BATIZADOS…a IGREJA CATOLICA além de ser tudo isso…é “estéril”…!!!???…!
    Sabemos que a ALMA DA IGREJA CATOLICA é o.DIVINO ESPIRITO SANTO….e,quem insulta, denigre ,as Dádivas,os DONS do DIVINO ESPIRITO SANTO…( e a IGREJA CATOLICA é dirigida pelo ESPIRITO SANTO!!! e é um dos Seus Dons.para nós…!!!) peca blasfemando contra DEUS….!!!!!?!!!
    Bem…coitado..!!!!! ele cometeu..”Aquele” PECADAÇO….que DEUS E NOSSA SENHORA nos live d fazer !!! o Pecado,que JESUS disse que 1nem após mil anos perdoaria!!!
    Ele- o.Papa deveria observar que a IGREJA CATOLICA é ETERNA…ESPIRITUAL….não é uma Loja….nem uma Industria…ou Empresa…que pod ser “reformada”, mudada em sua essencia…!!!!
    Coitado!
    MARANATHA!!!

  16. Geraldo ! Esse é o modo de proceder dos Malditos Comunistas Pena que os ” homens” que estavam e estão no Congresso desde a posse de ” lula” foram covardes, coniventes etc… se mantiveram todo o tempo quietinhos só esperando o fim do mes, para encherem os bolsos à custa da desgraça do Zé POVO ! Nada fizeram em todos esses anos para proteger o Brasil dos canalhas PT’s. Que tal , Deputados e Senadores ? Ou estavam e estão todos com o PT ?

  17. O Papa Francisco é só confusão. Mas os católicos hoje também são o espelho dele. No dia do Juízo ninguém poderá dizer que era confuso assim por causa do Papa. Tentemos ser simplesmente católicos romanos, coisa que a maioria do clero e dos leigos não o são: modéstia, sacramentos e oração do rosário.

  18. Próximo conclave? Não haverá, antes de uma grande purificação. Depois, sim haverá Papas que honrarão Igreja de Cristo.