Editorial: CNBB: opção preferencial pela pobre… Dilma.

CNBB: trabalhando na maquiagem!

Fratres in Unum.com – Na última quinta-feira, 12, a presidência da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil foi recebida por Dilma Rousseff, que implorou a misericórdia dos bispos para que não apoiassem qualquer iniciativa de impeachment. Ao fim do encontro, em entrevista coletiva, Dom Raymundo Damasceno Assis manifestou sua dócil e filial aceitação do pedido.

A nota que o Conselho Permanente da CNBB publicou em nome dos bispos católicos do Brasil a respeito da manifestações, que ainda estavam por ocorrer, é um insulto à inteligência humana, um desrespeito ao povo brasileiro e uma infidelidade à vocação profética do verdadeiro episcopado católico. A mesma Conferência Episcopal, que há 25 anos convocou os fieis católicos para uma “Vigília pela Ética na Política”, pedindo a saída do Presidente Collor, agora acha que o “impeachment de Dilma enfraqueceria instituições”.

Uma multidão de brasileiros vai às ruas. O povo está cansado de ser palhaço, mas a CNBB continua trabalhando na maquiagem!
Uma multidão de brasileiros vai às ruas. O povo está cansado de ser palhaço, mas a CNBB continua trabalhando na maquiagem!

E eis que chega o histórico domingo, 15 de março de 2015. E, quem poderia esperar?, as manifestações ultrapassaram de longe todas as expectativas! Milhões de brasileiros pediram o fim do governo petista. Surpresa colossal no Planalto e, certamente, no QG da CNBB em Brasília. A presidência da entidade, ágil e ávida em emitir notas, até agora observa um silêncio sepulcral em relação ao que se viu ontem nas ruas do país…

No entanto, caso ela se pronuncie, podemos esperar algo diferente?

É improvável. A direção da CNBB já fez a sua opção. E ela é irrenunciável, irretratável, claríssima: é preciso proteger a sua cria, o primogênito da esquerda dita católica, o Partido dos Trabalhadores — os comparsas mais avermelhados, eufemisticamente, falam em “respeitar a Constituição”, eles, que há poucos meses colhiam assinaturas nas portas das paróquias por uma nova constituinte!

Domingo, 15 de março de 2015 - Jovens protestam em São Paulo contra a CNBB.
Domingo, 15 de março de 2015 – Jovens protestam em São Paulo contra a CNBB.

Mas, e os Bispos do Brasil, não vão dizer nada? Renunciarão a orientar o rebanho que lhes foi pessoalmente confiado, outorgando seu múnus a meia dúzia de burocratas que pretendem representar a Igreja no Brasil e que têm criado divisão no episcopado por sua agenda? Vão deixar a Presidência e o Conselho Permanente consolidar nossa Conferência Episcopal como mais um mero Ministério do governo Dilma?

Na entrevista coletiva dada na última quinta-feira, Dom Damasceno e Dom Leonardo Steiner fizeram o mesmo papel dos dois ministros “testas-de-ferro” fizeram no domingo à noite. Pena que não foi em cadeia nacional e o povo não ficou sabendo, porque mereceriam um panelaço dos fieis! Pena que os nossos Bispos, em sua maioria, não são afeitos à tecnologia, porque mereceriam um tuitaço do episcopado: Damasceno/Steiner #NaoMeRepresenta.

Esperemos que o tuitaço venha, ainda que com um mês de atraso, na próxima Assembleia Geral dos Bispos. Mas, no caso, não é necessário falar de impeachment. Haverá eleições para se escolher a nova presidência da entidade.

Dom Joaquim Mol, bispo-auxiliar de Belo Horizonte, já está em campanha há meses e é o nome mais cotado para a Secretaria Geral, no lugar de Dom Leonardo Steiner. Para quem não sabe, Dom Mol é o garoto propaganda (não tão garoto assim!) da reforma política do PT, ops, perdão, da CNBB. Uma reforma que tem uma única finalidade: arranjar uma saída eleitoral para a esquerda continuar no poder e terminar o trabalho de transformar o Brasil em Venezuela.

E assim, enquanto os cidadãos brasileiros, em sua esmagadora maioria católicos, vão às ruas para pedir mudança, a Presidência da CNBB vai ao Palácio do Planalto!
E assim, enquanto os cidadãos brasileiros, em sua esmagadora maioria católicos, vão às ruas para pedir mudança, a Presidência da CNBB vai ao Palácio do Planalto!

Vamos parar com a palhaçada! Chega de maquiagem!

Nós, fiéis, queremos mudança!

Que nossos bispos ouçam os anseios do povo de Deus! Que os burocratas da CNBB saiam daquela horrível sede em Brasília, abandonem a papelada dos documentos bases desvairados e análises de conjunturas tendenciosas, façam um verdadeiro corte de gastos demitindo os assessores que tantas vezes amordaçam as vozes dos poucos bispos fiéis e oneram nossas dioceses, e sejam pastores com cheiro de ovelha!

Queremos Deus, queremos a verdadeira doutrina da Fé, queremos a pureza dos costumes, queremos a celebração digna dos sacramentos!

Fora Teologia da Libertação, fora Campanha da Fraternidade!

Fora Dilma, fora PT!

Caro leitor, não deixe de manifestar seu descontentamento pelas redes sociais.

https://www.facebook.com/cnbbnacional

#MudaCNBB!

#CNBBNãoMeRepresenta!

26 comentários sobre “Editorial: CNBB: opção preferencial pela pobre… Dilma.

  1. CNBB grande decepção! no site oficial, não houve sequer menção à marcha das ruas de ontem. Eu não sabia do forte viés comunista da CNBB. Graças a Deus, há anos que não colaboro com a campanha da fraternidade, e nunca simpatizei com o Pede, Pede dos religiosos responsáveis pelo Santuário de Aparecida. Ajudo 3(três) instituições católicas que passam longe da politicagem.

    Curtir

  2. A CNBB não me representa como católica! Vendidos! Agora era a hora de derrubar democraticamente o PT e sua ideologia de gênero. Traidores.

    Curtir

  3. Acabo de postar isto no Facebook da CNBB:
    É com tristeza que classifico a Conferência dos Bispos do Brasil como “ruim”, mas enquanto leigo católico que ama a Igreja, Mestra e Mãe devo fazê-lo. Apesar de triste faço isso com a consciência tranquila perante Deus de tal forma que no dia de meu julgamento o Senhor não me condene por omissão. Tenho visto a CNBB se manifestar com afinco acerca da Reforma Política (uma medida tapa-buracos), no entanto, não a tenho visto fazer o mesmo quando assuntos contrários à lei natural e à moral católica são colocados em pauta, p. ex., quando foi aprovado pelo STF o “casamento homoafetivo”. Mas o que mais escandaliza é o apoio implícito ou explícito que a conferência dá a grupos socialistas e comunistas, o que foi reiteradamente condenado por papas da Igreja. Não custa nada lembrar que Isso contraria plenamente o Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo. Sei da minha insignificância, das minhas fraquezas e dos meus pecados, sim eles existem e são pessoais, não sociais. Para finalizar como disse acima sou simplesmente um leigo, no entanto, sinto-me impelido a erguer a minha voz antes que as pedras façam isso por mim. “Ele respondeu: Digo-vos: se estes se calarem, clamarão as pedras!” (S. Lucas 19, 40). Sei do contexto dessas palavras, bem como do que Cristo diz depois delas, o que de fato está para acontecer.
    Ad Maiorem Dei Gloriam!

    Curtir

  4. “Campanha da Fraternidade é lançada no DF com lema ‘Eu vim para servir'”

    [..]Durante o evento, o ministro do Desenvolvimento Agrário, Patrus Ananias, falou….
    …O ministro disse ainda que o país ainda vive um modelo ultrapassado na política. “Vivemos num modelo passado, do súdito, vivemos experiências históricas de autoritarismo, mas estamos construindo um novo modelo, da participação popular, onde [as pessoas] exercem definitivamente o seu poder”, disse.[…].

    Fonte: http://g1.globo.com/distrito-federal/noticia/2015/02/campanha-da-fraternidade-e-lancada-no-df-com-lema-eu-vim-para-servir.html (acesso em 16/03/2015).

    __________

    “CNBB entregará assinaturas da Campanha Ficha Limpa na 3ª”

    “O episcopado brasileiro, reunido na sua 46ª Assembleia Geral dos Bispos, em Indaiatuba (SP), no ano de 2008, aprovou a Campanha chamada de “Ficha Limpa”. É um projeto de lei de iniciativa popular, iniciado pela nossa Conferência Episcopal em colaboração com outras entidades interessadas na moralização da política nacional. Será necessário recolher 1,3 milhão de assinaturas para apresentar no Congresso Nacional esse Projeto de Lei, visando modificar a legislação de inelegibilidade para aqueles que têm “ficha suja”. O projeto é desenvolvido em parceria com o Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE), que congrega 36 entidades, dentre as quais a Comissão Brasileira de Justiça e Paz (CBJP) da CNBB.”[…]

    Fonte: http://www.cnbb.org.br/outros/dom-orani-joao-tempesta/4853-campanha-ficha-limpa (acesso em 16/03/2015).

    Curtir

    1. ops!

      CNBB, duas caras mesmo. Melhor duas peles.

      Que coisa feia Dom Raimundo Damasceno.

      Essa conferência atrelada a corrupção. Nem mesmo moral de honestidade. Sabe bem o senhor que a senhora presidente está metida na lama do roubo petista há mais de dez anos. Os senhores compartilhando do triplex do Lula, enquanto falam de pobres. Isso sim é exploração dos menos abastados e até mesmo daqueles que não tem nem o básico. Usá-los para sua ideologia. Querem que todos sejam sufocados pela corrupção do governo petista? Verdadeiros opressores dos mais fracos são os senhores membros dessa corrupta confederação. De todas as maneiras. Corrompem o Nome Divino de Jesus, para sustentar corruptos. Que coisa feia.

      Curtir

    2. Correção: Conferencia, no caso da cnbb:

      Assembleia de Membros Excomungados do Brasil.

      Ora, então questionavam-se sobre rico e pobre.
      Conclusão de ambos:
      O rico dá aos pobres, o Brasil é rico. Então enviamos o dinheiro para a “Ilha Pobre”(conta do pobre Fidel Castro):

      http://www.youtube.com/watch?feature=player_detailpage&v=a8iBf2lJ-Lw

      ou

      http://www.youtube.com/watch?v=SiMPH2WbZvY

      Estão perdoados. Não veem as auréolas na cabeça deles?

      Curtir

  5. A C N B B tem a mesma “linha” de pensamento teológico do…..”Papa” FRANCISCO I……!!!!!
    Não notaram ainda….?

    Curtir

    1. Mas a tendência socialista está excomungada da Igreja sob o peso de um decreto. Roma não é a opinião do papa Francisco, por isso o nosso cartaz.

      Abraços!

      Curtir

  6. A esquerdopata CNBdoB já fazia mal muito antes de Bergoglio; este quando esteve em Aparecida em 2007 se ofereceu para ser o Relator da Assembleia da CELAM – outra estrutura burocrática dispensavel – e se aliançou a TL made CNBdoB e CRB, entes linha auxiliar do Foro de São Paulo e do modelo gramsciano de hegemonia marxista-leninista. Assim como o povo brasileiro deu seu basta neste domingo M15 ao PT, partido destes pústulas, está chegando o momento de dispensarmos a atual e maléfica cúpula dos bispos ” vermelhinhos “.

    Curtir

    1. Cara Alice…atenção….o relator das conferências (leia-se CELAM), não se oferece….é escolhido, nomeado. Procure saber quem nomeou o Cardeal Bergoglio como relator da assembléia do Celam

      Curtir

  7. Já propus, mas ainda não se dispuseram a instalar ao lado do emblema da CNBB e/ou à frente da instituição a bandeira vermelha representando o sangue dos adversários com o martelo da destruição; a foice, da morte e “iluminada” pela estrela de 5 pontas que é o pentagrama satânico; ainda não, porquê?
    A CNBB está sendo malhada nas redes há tempos como uma organização esquerdista como outra qualquer – só que um esquema sofisticado pró comuno-marxistas;, age às sombras, sutilmente, via Marxismo Cultural – em folhetos e noutros em que socializa e distorce a doutrina da Igreja, a começar das Campanhas dos Eco-humanismos, digo, da Fraternidade, até nisso havendo camuflada dissimulação do que almeja: promover o socialismo sob forma de doutrina da Igreja.
    O chantagista e mafioso PT nasceu nas CEB e Lula já disse que se não fossem os “religiosos”, o PT não teria chegado ao poder e, desde D Hélder, a direção dela só tem promovido o socialismo, e nunca confrontando os comunistas, prevenindo povo dessa diabólica ideologia; aliás, os 10 últimos papas até Bento XVI veemente os condenaram, como o papa Leão XIII: “Os comunistas, socialistas e niilistas são uma peste mortal que como a serpente… QAM.
    Como os comunistas são aliados dos terroristas do ISIS e dos muçulmanos então a CNBB implicitamente os apoiaria…
    Ontem, enquanto o povo ia às ruas pedir o fim da corrupção e o impeachment da presidente responsável pelos assaltos aos cofres públicos, corrupção geral, cinicamente nada admitindo saber, a cúpula da Igreja indo até a ela mostrar que está ao lado da patifaria comunista!.
    Já o saudoso Bento XVI: “Um governo sem princípios ético-morais não passa de uma quadrilha de malfeitores”, no caso, AMBAS SENTENÇAS EXTENSIVAS AOS APOIADORES, não, porquê?
    Fora PT!
    Fora TL!
    Fora CNBB!

    Curtir

  8. Um dia ainda haverão católicos que farão protestos em frente a sede da CNBB de Brasília, com apitaços, panelaços, cartazes e palavras de ordem. Com denúncias – que não faltam – de suas campanhas da Fraternidade que nada são do que cópias maçônicas da ONU, de sua relação direta com o nascimento do PT, e com sua omissão descarada da doutrina católica, sua sovietização das paróquias e sua conivência escandalosa com todos os descalabros da esquerda nacional.
    É pena que os católicos de hoje tenham tanto respeito humano e não saibam protestar contra aquele Sinédrio, aquele conciliábulo de hereges. São comunistas encastelados, o decreto contra o Comunismo assinado por Pio XII e jamais revogado já os enquadrou entre os excomungados há muito tempo… E espantosamente, bispos que se dizem não-marxistas pisam naquela cova alegando “unidade”. Unidade com QUEM?

    Curtir

  9. Há tempos esssa “conferência” não me representa! Para mim isso não é novidade, visto que dentro da CNBB tem Bispos maçons e PTistas…

    Curtir

  10. Excelentíssimos Reverendíssimos: Como é possível que persistam em tamanho erro?
    Vossas Excelências estão apoiando o mal. Ninguém que compactue com o PT poderá ter a consciência tranquila. Suplicamos que V. Ex.as Rev.mas revejam suas posições.

    Curtir

  11. O povo brasileiro não tem muito para onde ir. Meio analfabeto, acrítico, sem ideias próprias, intelectualmente limitado, ainda por cima é venal: qualquer dois tostões fazem-no mudar de opinião ou torná-lo mais firme nela, dependendo do interesse de quem puxa a cordinha.

    E quem puxa a cordinha são esses burocratas da CNBB, por exemplo. São os grandes banqueiros, os grandes comerciantes, os industriais os funcionários públicos; são os políticos que fingem quererem mudança, mas na realidade querem que tudo fique exatamente como está.

    Todo esse povo de um lado, com ideias bem concertadas no quesito privilégios, contra a acéfala população do outro, que apenas sobrevive tendo por afã terminar o mês sem muita dívida no cartão de crédito. Pensar? Jamais, falta-lhe tempo, falta-lhe informação e consciência crítica, que obviamente o Estado não lhe dá, por razões mais do que óbvias.

    Poderia dá-la a Igreja. Mas de que jeito, se os caminhos do país estão levando as coisas justamente para onde ela quer, que são os movimentos “de base” e toda a indecência que eles trazem como consequência?

    E assim ficam esses trambolhos por aí, aviltando a inteligência da minoria que pensa um pouco, e que não está no grupo dos que têm muito a ganhar deixando tudo exatamente como está.

    Curtir

  12. Sou eu o rapaz de azul com o megafone. Prosseguiremos com os atos e precisamos do apoio dos demais católicos.
    Interessados, me procurem nas redes sociais.

    Salve Maria.

    Curtir

  13. Para derrotar o PT e sua turma dentro da Igreja, tem primeiro que destruir as urnas eletrônicas, que já vem programadas em favor do PT e seus aliados. E ai sim, a verdade nas eleições apareceram.
    Salve Jesus e Maria!

    Curtir

Os comentários estão desativados.