Proposta de Reforma Política da CNBB: solenemente ignorada.

molon

Palavras do Deputado Federal Alessandro Molon (PT/RJ), choramingando porque a proposta da Coalizão pela Reforma Política, encabeçada pela CNBB, foi “solenemente ignorada” pela Câmara dos Deputados nas votações sobre o assunto atualmente em curso.

* * *

Além de ignorada pelos deputados, a proposta foi rechaçada massissamente pelos católicos. Todo o esforço, aliado ao aparelhamento de paróquias e dioceses, rendeu míseras 630 mil assinaturas. Como bem notou um arguto leitor, a campanha “Filial súplica”, em condições incomparavelmente mais modestas, conseguiu quase metade disso. “Qualquer plebiscito que termine com um resultado de 99,6% contra 0,4% encerra [ou deveria encerrar…] qualquer debate“.

* * *

Na última assembléia geral dos bispos da CNBB, ouvimos ad nauseam que o projeto da Coalizão não era petista nem favorecia o PT — especialmente de Dom Mol, grande mentor da campanha, e de Dom Odilo Scherer, que se envolveu em uma espinhosa polêmica a respeito.

É importante conhecer um pouco o deputado lamentador acima.

Alessandro Lucciola Molon é um político, radialista e professor brasileiro formado pela PUC do Rio. Durante parte da década de 1990 até ser eleito deputado, trabalhou na Rádio Catedral (da Arquidiocese do Rio de Janeiro), o que o fez ficar conhecido entre os fiéis católicos. Dali ganhou boa parte de seus votos.

Pode-se dizer, sem medo de errar, que seu lamento é compartilhado por todos os demais petistas pois, como está cabalmente comprovada, a proposta da CNBB favorece o status quo petista.

CNBB e PT: eles se apoiam, estimulam, defendem, propagandeiam. Concubinos que não se assumem e permanecem na extra-oficialidade.

Tags:

25 Comentários to “Proposta de Reforma Política da CNBB: solenemente ignorada.”

  1. Republicou isso em §|Olhar Católico|§e comentado:
    Deo gratias! CNBB é colhida por vexame, mesmo dominando uma máquina de Dioceses que envolve todo o Brasil.

  2. Esse Molon não engana ninguém. É um lobo em pele de ovelha. Em tempos de eleição, seus asseclas se distribuem pelas portas das igrejas do Rio de Janeiro, à cata dos votos dos incautos na saída das missas. Sabem como eles abordam os fiéis? “Vote no Molon, da Rádio Catedral”. Isso é, no mínimo, estelionato moral. Esse senhor não é da Rádio Catedral (a emissora da Arquidiocese). No máximo, apresentou (ou melhor, coadjuvou a apresentação) algum que outro programa há vinte anos atrás e vive agora dos louros (como se apresentar um programa valesse alguma coisa). Muitos o têm como intocável porque surgiu nos ambientes de Igreja. Ora, se é assim, o próprio PT também surgiu… E daí? Isso credencia a quê? E Judas, que surgiu do grupo dos doze Apóstolos do Senhor? É bom por causa disso?
    Haja vista seu posicionamento político e a defesa de leis abertamente contrárias aos interesses dos próprios católicos que pensam fazer um bem ao elegê-lo, é de se crer prudencialmente que Molon nem fé católica tenha mais, embora saiba utilizar-se dela como ninguém. É claro que não entro aqui no mérito da consciência – antes que me insultem as “molonetes” – apenas analiso fatos.
    Graças a Deus, nas poucas vezes que tentou se eleger para cargo majoritário aqui no Rio, nem sequer o PT o apoiou. Sua votação foi menos que pífia. Para o Legislativo, infelizmente, é mais fácil, com a ajuda de meia dúzia de votos de fiéis ludibriados, colhidos em porta de igreja.

    • Mais revoltante ainda, foi ver este senhor, na Missa do Lava Pés, do ano passado, na Paróquia Santo Afonso, na Tijuca, tendo seus pés lavados e beijados pelo pároco……..

  3. Isso é pouco para essa CNBB politizada, petista, avacalhada, acatólica,paganizada,materialista, bergogliana, morna, pronta para ser vomitada por Deus…

    Nem a monumental parafernália da máquina cnbbista conseguiu levar os católicos a mais um engodo vergonhoso que se anunciava, nem os discursos do dom Mol, ou seria d. MAL na Assembléia diante dos Bispos alcançou seus objetivos espúrios…

    D. Odilo está em Roma nos preparativos para o Sínodo de outubro que se não for por pura misericórdia de Deus será um fiasco, com resultados catastróficos e cismáticos para a Igreja…

    Se o Bispo de Roma Bergóglio e especialmente a Conferência alemã pensa que com uma penada vão demolir a DOUTRINA da Igreja sobre a família, ele está muito enganado, quem viver, verá!!!!

    Rainha de Fátima, rogai por nós!

  4. Hááá…. Bem feito, CNBB e PT. Don’t cry…

  5. Espanta que as cartas na Câmara Federal estejam sendo postas pela denominada ” bancada evangélica “. O presidente Eduardo Cunha, ele próprio evangélico ( Batista ?), age com foco e ardor, contra o PT e seus sócios – lamentavelmente entre eles a CNBB, apresentada à sociedade como a voz do Catolicismo. Tudo o que vier desta súcia, nos 2 anos de mandato de Cunha, terão como destino inapelável o cesto do lixo. O Espírito Santo age por caminhos a nós insuspeitos, mas age. Louvado seja!

  6. Deo gratias!
    Te Deum laudamus!

  7. Foi dito: “CNBB e PT: ele se apóiam…”. É porque ele se merecem.

  8. BEM FEITO! Quanto maior ambição maior o tombo.Vai chorar na cama que é lugar quente.

    Fiquem com Deus.

  9. A CNBB e o PT vivem em concubinato e abortaram a moral. Portanto, precisam ser excomungados!

  10. A CNBB se envolveu de tal maneira, com o pessoal do PT. Que praticamente todo mundo já sabe, que tudo que esta referida organização apoia, nada tem de católico. Nós católicos, temos que estar muito vigilantes nas sua ideias. Normalmente, quando a CNBB apoia uma coisa. Isso significa que não é católico. É um mistério insondável. Como que estes bispos, conseguiram amordaçar os menos envolvidos, na campanha de socialização modernista ou progressista. Para mim; o que me causa maior estranheza, é que, uma parcela mínima destes prelados, não concorda com estas ideias tão absurdas. Mas, ninguém sai da “moita”. Será que não tem coragem de “gritar” por todos os quadrantes do Brasil e do mundo. Católicos! Acordam! O que os meus colegar estão defendendo, é anti-católico, é contra a doutrina da Santa Igreja. Quanta falta faz no mundo de hoje. De um Bispo como Monsenhor Lefevbre, Dom Antonio de Castro Mayer. Estes sim, não tinham medo de dizer a verdade. Eles amavam a Deus sobre todas as coisas.
    Joelson Ribeiro Ramos.

    • Não merece a mínima confiança, pois se revelaram a favor do anti-Cristo de forma inescondível, não sendo pois católicos em verdade!

  11. Na vida é assim, uns tentam melhorar as coisas e outros não fazem nada. Mas ainda tem os terceiros que além de NÃO fazerem nada, criticam aqueles que fazem. Se vocês não acreditam nas propostas da CNBB da reforma política, porque vocês não apresentam a de vocês da Fratres, de vocês ultraconservadores ao invés de ficarem só criticando? Quem não constrói nada, pelo menos deveria não querer destruir o que os outros estão querendo construir. Pensem nisso irmão e tirem esse ódio dos vossos corações. Que tipo de missa vocês frequetam? Que tipo de orações vocês fazem se estão sempre cheios de ódio e raiva contra a Igreja do Brasil, do Papa? Por favor…

    • Curioso discurso vindo de alguém que está defendendo os amigos do PT e demais esquerdas. Partido e ideologia que vivem de ódio, pregando por revoluções, incitando as pessoas a odiarem a tudo e a todos como forma de transformação social. Até as manifestações e protestos dessas pessoas são baseadas em palavras de guerra, bandeiras vermelhas, ódio, quebradeira, destruição, confronto.

    • Sr Manuel Melo: por acaso é devoto da mula-sem-cabeça e acende vela para as 13 almas “benditas, sabidas e entendidas”?
      De vez em quando vai ao pastor pentecostalista protestante, ajoelha-se, como ao Edir Macedo, Valdomiro Santiago, RR Soares etc. e lhe pede a bênção?
      Cá prá nós, amigo: um sujeito que acredita na Reforma política apresentada pela CNBB está parasitando nessa terra, sua mente está alienada à realidade, e no Natal confere se Papai Noel lhe deixou seu presente debaixo da cama…
      Acaso é da militância do PT nesse afã de defender a CNBB?

  12. A CNBB tem mesmo que ser ignorada e jogada na lata de lixo da história. Que muito mais gente a ignore cada vez mais.

  13. Que Deus seja louvado pela belíssima derrota da CNBB!

    Pelo menos para isso o desastre que foi o Vaticano II serviu. Porque com a cartilha do tal concílio a Igreja virou só mais uma entre milhares “iguais”, ignorada até pelos próprios fiéis em quase todo mundo. Mas se os Bispos comunistas hoje gozassem do mesmo prestígio e respeito da sociedade católica de 50 anos atrás, estaríamos já há algum tempo num país declaradamente comunista.

    É porque Deus não permite um mal sem que dele tire um bem. Estamos num tempo que se não fossem os protestantes na Câmara, sem que as pedras clamassem, o Brasil estaria muito pior, com o demônio fazendo a festa com a total desesperança do povo.

  14. Última de uma das cartinhas que enviei a um sacerdote cuja pároco muito influente incentiva a Reforma Política:
    Dias atrás, fui aí à S Missa nessa paroquia ,e ao final, o sr. vigário, pediu assinaturas para a Reforma Política (do PT) da CNBB.
    “Porque nada me propus saber entre vós, senão a Jesus Cristo, e Jesus crucificado. 1 Cor 2:2.
    Não tem sido a mensagem ao texto acima única que a CNBB nos repassa; diferentemente, mostra-se também aliada ou coincidente com antagonistas à fé católica, com os comunistas do PT, mesmo de sua aliada TL, parecendo serem velhos amigos e de ideais coincidentes.
    Jamais ouvi a CNBB opor-se formalmente ao satanista PT, comunista trotskystalinista, oficialmente abortista, perseguidor da Igreja e apoiador de relativização da sociedade, potencial destruidor da família, que sabe se opor com vigor e persistência a seus desafetos e jamais o PT se indispôs contra a CNBB de forma alguma, péssimo sinal
    Lembra-se do PL 003/2013 em que a CNBB apoiou o veto parcial ao aborto, tal como queria o PT?
    Onde já se viu um Conferencia Episcopal sedizente católica jamais denunciar firmemente a cartilha socialista e não se opor a um diabólico partido comunista no poder, aparentando uma convivência pacífica, estranho demais para os com que têm arraigado ódio a Deus e à sua Igreja!
    Para piorar mais a situação, a CNBB placidamente sujeita-se estar sob esse desgoverno sem o interpelar, ainda “dialogando” com ele, nunca alertando os fieis de seus potenciais maleficios, a começar da família, da qual tem arraigado ódio e tudo faz para destruí-la e de permitir sexo-novelas, BBBs e similares e implantar gayzismo, ideologia do gênero etc.; acaso a CNBB interpela severamente essas redes de tv e alerta o povo de sua alta malignidade, denunciando-as também recorrentemente? Nunca vi!
    Além da falsaria “Reforma Política”, a ajuda da CNBB consolidaria e daria muito mais poderes ao PT-Foro de S Paulo para impor à força na sociedade sua agenda ideológica anticristã; mais ainda os sustentaria no poder e facilitaria a imposição mas rápida do pleno comuno-bolivarianismo, por meio de um golpe branco, da falsaria “Reforma Política”, tal como sucedido na atual e infernal Venezuela, Equador e Bolívia!
    Só para se ter ideia dos comunoapoiadores dela: PT, PSOL, CUT e sindicatos vinculados ao PT, LBL(lésbicas) e GGB e mais grupos gays, UNE/UJS; MST/MTST/MLT; OAB defensora dos Black Blocs etc., quase 100 idem grupos.
    Por isso, junto com mais sacerdotes na net, opomo-nos a essa falsaria “Reforma Política”. Não se pode
    desconhecer que a ética-moral marxista é o OPORTUNISMO, quem não se enquadre no POLITICAMENTE CORRETO é descartado, perseguem-nos ostensivamente, pautam-se também sob TODOS OS MEIOS JUSTIFICAM OS FINS, além de ferrenhos inimigos de Jesus Cristo e de sua Igreja.
    1 – O PT, nascido nas CEB da CNBB, semdo das mesmas ideologias básicas do nazismo e fascismo: totalitarista, material-ateísta, extremamente opressor!
    2 – No PLC 03/2013, aborto parcial, tal como queria o PT, a CNBB posicionou-se favorável.
    3 – A S Quaresma foi esvaziada da conversão pessoal, do pecado que causa todas as tragédias humanas para a CAMPANHA DA FRATERNIDADE, um mix de eco-fraterno-humanismo da Mãe Terra, Agua, Meio Ambiente & Cia em que os temas de contexto espiritual anteriormente enfatizados, foram relegados a um plano inferior.
    4 – Tal como quer o PT aliado das drogas, FARC e do caos total em detrimento do cidadão comum, a CNBB é contra a maioridade penal aos 16 anos, sendo que 93% da sociedade é a favor.
    5 – A CNBB mais agiria em prol da agenda político-ideológica pois praticamente as assinaturas seriam coletadas por ela – politizou-se, uma ONG – e as 630. 000 assinantes corresponderiam apenas a 0,3% da população, mesmo assim seriam mais de velhinhos, incautos ou de “católicos” do PT, mesclados de religião católica e social-marxismo; a infiltração vermelha na CNBB é sensível, o mesmo ocorrendo com a recente Pastoral da Juventude, organização de jovens ligada à CNBB em recente encontro, em que mostrou muito mais alinhamento ideológico que temas espirituais.
    Vejam quem a secretaria nacional da PJ Aline Ogliari apoia em seu Facebook – só vermelhos e esquerdismos!
    Ao final da recente PJ apoiada pela CNBB, ao invés de na foto do grupo um Crucifixo ou Virgem Mãe Maria ou ambos, o incensado foi o carniceiro marxista Che Guevara…
    E o grupo junto a 2 bispos e um deles seria D Sergio da Rocha…
    Assim, não assinamos e irrecomendamos, como em vários sites sérios católicos, como fratresinunum, ocatequista, freirojao etc., anti Reforma Política do PT-Foro de S Paulo-CNBB-TL e continuaremos a manter assedio contra a subserviente CNBB ao PT!
    Se a CNBB acaso se opusesse a PT – ele sabe fazer oposição – ela veria o que é ter um opositor que monta falsos dossiês e calunia de modo frontal e incisivo, provando que a CNBB é que se submete a ele de forma servil, ainda elogiando de quando em tempo procedimentos de comunistas, como Plinio de Arruda e Eduardo campos (D Steiner e D Raymundo). comportando-se como traidora da Igreja em favor de corruptos até ao âmago.
    D Murilo Krieger e mais outros precavidos bispos não a acolheram em suas dioceses e não caíram no canto da sereia!
    N SENHORA DO BOM SUCESSO vaticina para as crises dos séculos XIX e XX em sequencia:
    “Quase não se encontrará a inocência nas crianças nem pudor nas mulheres, e nessa suprema necessidade da Igreja, calar-se-á aquele a quem competia a tempo falar” (II, 7).
    Essa grave omissão é repetida por Nossa Senhora na aparição seguinte, em 2 de fevereiro de 1610:
    “Campearão vícios de impureza, a blasfêmia e o sacrilégio naquele tempo de depravada desolação, calando-se quem deveria falar” (II, 17).
    E Nossa Senhora faz à sua dileta filha esta declaração terrível:
    “Tempos funestos sobrevirão, nos quais …. aqueles que deveriam defender em justiça os direitos da Igreja, sem temor servil nem respeito humano, darão as mãos aos inimigos da Igreja para fazer o que estes quiserem” (II, 98).
    Que tal pressionarem os vigários para acordarem para a realidade?

  15. “Seu” Alessandro Molon, do PT, sorriso de jacaré: a CNBB em matéria de credibilidade entre o povo esclarecido não difere em nada do PT – aliás, são parceiros na equipe, um de lateral esquerda e a outra na ponta esquerda – devendo ser em torno de uns 10 a 15%, mesmo assim entre velhinhos, desinformados e alienados.
    E tá ruim?

  16. Ao mesmo tempo que fazemos criticas a essas pessoas,como fiz acima,não deixemos de rezar por elas para que vejam os males que defendem e mudem,e especialmente cuidemos de nós mesmos,como nos alerta o Evangelho:Quem está de pé cuide para não cair.

    Fiquem com Deus.

  17. Molon participava do Voz Populi da rádio Catedral as 18:00hs, assim como Robson Leite ex dep também do PT, enganaram por um bom tempo muitos desavisados, aos poucos os petistas vão deixando o poder.

  18. A Coligação de Esquerda – PT, OAB e CNBB – une suas parcas forças na luta para salvar o governo Dilma que está afundando. Com um mínimo de representatividade, se presentam desacreditados e amplamente denunciados. Quadro político dilacerado, faz o cotidiano do povo brasileiro inseguro e sem rumo. Vivemos um quadro de trevas espessas, porém, textos como este nos enchem de esperança pois os sinais da guinada para a direita são cada vez mais promissores!

  19. Ainda bem !!!

  20. PT e CNBB, afundando-se mutuamente como o Titanic. Até o fundo do oceano.

  21. O que choca em relação a essa resistência quanto às propostas de reforma política apoiadas pela CNBB é que o resultado disso é o endosso automático e irreversível das propostas da bancada evangélica, Eduardo Cunha na liderança. Os tradicionalistas deveriam redirecionar as suas críticas, antes que uma ditadura evangélica se instaure no Brasil. Essa sim, a verdadeira ditadura, a mais nefasta, a mais hipócrita, a mais nociva para os verdadeiros valores cristãos. E nem se diga que o apoio à causa anti-GLBT justifique uma atuação conjunta de evangélicos e católicos tradicionalistas. Quando estes últimos acordarem, terão sido engolidos há muito tempo por pastores picaretas de periferia ao melhor estilo malafaia-macedo-waldomiro.