Bispos do Estado de São Paulo divulgam notas sobre Parada Gay e Ideologia de Gênero.

Os bispos do Regional Sul 1 da CNBB (São Paulo) reunidos em Aparecida (SP) para a 78ª. Assembleia dos Bispos, divulgaram duas notas.

Segue as notas na íntegra:

MENSAGEM AOS CATÓLICOS E A TODOS OS CIDADÃOS

Nós, Bispos Católicos das Dioceses do Estado de São Paulo, reunidos na 78ª Assembleia do Regional Sul I da CNBB, diante dos acontecimentos da recente “parada gay 2015”, ocorrida na cidade de São Paulo, com claras manifestações de desrespeito à consciência religiosa de nosso povo e ao símbolo maior da fé cristã, Jesus crucificado, em nome da verdade que cremos, vimos através desta, como pastores do Povo de Deus:

  1. Afirmar que a fé cristã e católica, e outras expressões de fé encontram defesa e guarida na Constituição Federal: “é inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e a suas liturgias” (artigo 5º, inciso VI).
  2. Lembrar que todo ato de desrespeito a símbolos, orações, pessoas e liturgias das religiões constitui crime previsto no Código Penal: “escarnecer de alguém publicamente, por motivo de crença ou função religiosa; impedir ou perturbar cerimônia ou prática de culto religioso; vilipendiar publicamente ato ou objeto de culto religioso” (Art. 208 do Código Penal).
  3. Apelar aos responsáveis pelo Poder Público, guardiães da Constituição e responsáveis pela ordem social e pelo estado democrático de direito, que defendam o direito agredido.
  4. Expressar nosso repúdio diante dos lamentáveis atos de desrespeito ocorridos; queremos contribuir com o bem-estar da sociedade, pois somos, por força do Evangelho, construtores e promotores da liberdade e da paz.
  5. Manifestar nossa estranheza ao constatar um evento, como citado seja autorizado e patrocinado pelo poder público, e utilizado para promover atos que afrontam claramente o estado de direito que a Constituição garante.
  6. Lembrar a todos as atitudes firmes do Papa Francisco quanto ao respeito pelo ser humano, aos mais pobres, aos mais simples, à religiosidade popular.
  7. Recordar aos católicos que a profanação de símbolos religiosos pede de nós um ato de desagravo e de satisfação religiosa, pela oração e pela penitência, pedindo ao Senhor Deus perdão pelos pecados cometidos e a conversão dos corações.
  8. Reafirmar, iluminados pelo Evangelho e conduzidos pelo Espírito Santo, nosso respeito a todas as pessoas, também a quem pensa diferente de nós. E convidamos os católicos e pessoas de boa vontade a contribuírem, em tudo, para a edificação da justiça e da paz, do respeito a Deus e ao próximo.

Por fim, confirmamos nosso seguimento a Jesus Cristo e damos testemunho da beleza de nossa fé católica, na certeza de que, assim, contribuímos para o bem da sociedade, anunciando o que de melhor recebemos: Jesus Cristo crucificado, “força e sabedoria de Deus” (1Cor 1,23s), fonte de toda misericórdia.

Aparecida, 11 de junho de 2015.
Memória Litúrgica do Apóstolo São Barnabé

Dom Odilo Pedro Scherer
Presidente do Regional Sul I – CNBB

 Dom Moacir Silva
Vice-Presidente do Regional Sul I – CNBB

 Dom Tarcísio Scaramussa
Secretário do Regional Sul I – CNBB

* * *

NOTA DO REGIONAL SUL 1/CNBB SOBRE IDEOLOGIA DE GÊNERO NA EDUCAÇÃO

Aos Srs. Prefeitos, Presidentes e Vereadores dos Municípios, 

educadores e pais no Estado de São Paulo;

Nós, Bispos católicos do Estado de São Paulo (Regional Sul 1 da CNBB), no exercício de nossa missão de Pastores, queremos manifestar nosso apreço ao empenho dos Conselhos Municipais de Educação na elaboração dos Planos Municipais de Educação para o próximo decênio, a serem votados nas Câmaras Municipais. Destacamos nesses projetos, além da universalização do ensino, o empenho em colocar, como eixo orientador da educação, a inclusão social, para que uma geração nova de homens e mulheres possa se tornar construtora de uma sociedade onde todas as pessoas, grupos sociais e etnias sejam respeitados e possam participar e se beneficiar da produção dos bens materiais e culturais, numa nação cada vez mais próspera e justa. Consideramos, entretanto, oportuno e necessário esclarecer o que segue, no que se refere à ideologia de gênero, nos Planos Municipais de Educação:

A discussão dos Planos Municipais de Educação, deveria ser orientada pelo Plano Nacional de Educação (PNE), votado no Congresso Nacional e sancionado em 2014 pela Presidente da República, do qual já foram retiradas as expressões da ideologia de gênero.

Os projetos enviados aos Legislativos Municipais incluíram novamente, em suas propostas, a ideologia de gênero, como norteadora da educação, tanto como matéria de ensino, como em outras práticas destinadas a relativizar a natural diferença sexual.

A ideologia de gênero, com que se procura justificar esta “revolução cultural”, pretende que a identidade sexual seja uma construção exclusivamente cultural e subjetiva e que, consequentemente, haja outras formas igualmente legítimas de manifestação da sexualidade, devendo todas integrar o processo educacional com o objetivo de combater a discriminação das pessoas em razão de sua orientação sexual.

A ideologia de gênero subverte o conceito de família, que tem seu fundamento na união estável entre homem e mulher, ensinando que a união homossexual é igualmente núcleo fundante da instituição familiar.

As consequências da introdução dessa ideologia na prática pedagógica das escolas contradiz frontalmente a configuração antropológica de família, transmitida há milênios em todas as culturas. Isso submeteria as crianças e jovens a um processo de esvaziamento de valores cultivados na família, fundamento insubstituível para a construção da sociedade.

Diante dessa grave ameaça aos valores da família, esperamos dos governantes do Legislativo e Executivo uma tomada de posição que garanta para as novas gerações uma escola que promova a família, tal como a entendem a Constituição Federal (artigo 226) e a tradição cristã, que moldou a cultura brasileira.

Pedimos ainda que seja cumprido o que dispôs o Conselho Nacional de Educação, através da Câmara de Educação Básica, que, dispõe que o ensino religioso integra a base nacional comum da Educação Básica (na resolução número 4, de 13/07/2010, em seu artigo 14, § 1, letra F).

Seja, pois, incluído nos Planos Municipais de Educação o ensino religioso, em sintonia com a confissão religiosa da família, que tem filhos na escola.

Queremos também solidarizar-nos com todos os que sofrem discriminação na sociedade. Que as escolas ofereçam uma educação que valorize a família e a prática das virtudes, acolhendo bem a todos, seja qual for a orientação sexual.

Deus abençoe a todos que trabalham na educação das crianças, adolescentes e jovens.

Aparecida, 11 de junho de 2015.

Cardeal Dom Odilo Pedro Scherer
Presidente do Conselho Episcopal Regional Sul 1 – CNBB

 Dom Moacir Silva
Vice-Presidente do Conselho Episcopal Regional Sul 1 – CNBB

 Dom Tarcísio Scaramussa
Secretário do Presidente do Conselho Episcopal Regional Sul 1 – CNBB

Fonte: Regional Sul 1 da CNBB

Tags:

20 Comentários to “Bispos do Estado de São Paulo divulgam notas sobre Parada Gay e Ideologia de Gênero.”

    • “Não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação do vosso espírito, para que possais discernir qual é a vontade de Deus, o que é bom, o que lhe agrada e o que é perfeito ”
      Romanos 12,2
      São anos de silêncio conivente da CNBB diante dos ataques e ofensas pelo mundo contra a Igreja. A CNBB tão zelosa ao fazer “grito dos excluídos” tem se silenciado de forma cúmplice diante da destruição da família, dos insultos contra Deus e seus filhos
      quanto mais a CNBB se conforma e tolera o mundo laicista, gayzista, e socialista, mais o mundo pisoteia, humilha e difama a Igreja.
      Quanto tempo mais os senhores bispos vão demorar para entenderem que o mundo não precisa de diálogo mas de conversão?

  1. Se os promotores da blasfêmia fossem arguidos judicialmente, então bancariam de vítimas da Igreja “obscurantista e perseguidora da liberdade de expressão”, e o que essa gente mais quer é visibilidade midiática e vitimismo histriônico. Ao Cardeal de São Paulo caberia, talvez, promover um público ato de reparação a ser conduzido também nas paróquias.

    A atualíssima (1832) encíclica “Mirari vos” de Gregório XVI poderia ser impressa no jornal da Arquidiocese e também naquele farfalhante e aguado folheto de Missa. Achei-a, a Encíclica, casualmente, nesse site aqui:

    http://www.montfort.org.br/old/index.php?secao=documentos&subsecao=enciclicas&artigo=mirarivos&lang=bra

  2. Divulgar nota? O correto não seria uma procissão na Paulista em reparação aos ultrajes cometidos contra o Imaculado Coração de Maria? Rezar o rosário de mil ave-marias?

    Essa notinha é uma tapeação.

  3. Vejam essa Fratres, teólogo da PUC não viu desrespeito à cruz!:
    “O teólogo e professor da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), Antônio Manzatto, não acha que o ato de Viviany chegou a desrespeitar o símbolo. Segundo ele, não há qualquer registro da Bíblia contrário ao uso da cruz. “A cruz nem era um símbolo religioso quando a Bíblia foi escrita. Os símbolos foram criados ao longo dos anos”, explica.
    O teólogo da PUC-SP chama atenção para o que representa a imagem cruz. “Os símbolos religiosos se referem a uma situação. A cruz se refere aos abandonados e oprimidos. Se ela usou essa imagem para fazer a sociedade perceber a situação de dominação, está certa. As pessoas não enxergam isso e são elas que deram qualquer outro significado para aquele símbolo”, disse.
    “A questão do direito à igualdade é de todo o ser humano, independentemente de sua crença, raça ou opção sexual. Tem gente discutindo porque a pessoa está crucificada na Parada Gay e acaba mudando o foco do que é importante discutir. É mudar o foco para não discutir os direitos homossexuais. E assim fica a estrutura de dominação”.
    (http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2015/06/bispos-divulgam-nota-contra-uso-de-imagens-religiosas-na-parada-gay.html)
    Nossas PUCs estão literalmente perdidas e sem rumo!

  4. Precisamos de novos Atanásios, Senhor! Nossos bispos cheios de dedo, com o devido respeito, não estão com nada.

  5. “Um governo sem princípios ético-morais não passa de uma quadrilha de malfeitores” Bento XVI.
    … “Manifestar nossa estranheza ao constatar um evento, como citado seja autorizado e patrocinado pelo poder público, e utilizado para promover atos que afrontam claramente o estado de direito que a Constituição garante”.
    Nada a estranhar, D Odilo!
    Se a CNBB se comportasse como católica de fato, estaria há muitos anos ás turras com os comunistas, contra o PT e contra quem ousasse atacar a Igreja, mas parecem tão amigos PT-TL e CNBB, nunca se estranham, parecem parceiros, confidentes, né?
    Dilma, nas horas difíceis acorrendo á CNBB, pode?…
    Os evangélicos, apesar de desentenderem-se entre si pelo relativismo de suas seitas, nem que seja nessas horas são muitos atuantes que a inerte CNBB!
    “Reafirmar, iluminados pelo Evangelho e conduzidos pelo Espírito Santo, nosso respeito a todas as pessoas, também a quem pensa diferente de nós. E convidamos os católicos e pessoas de boa vontade a contribuírem, em tudo, para a edificação da justiça e da paz, do respeito a Deus e ao próximo”.
    Temos que respeitar as pessoas que pensam diferentemente de nós e assim querem permanecer, certo; no entanto, muito difere de tentarem grupos gayzistas se passarem de vítimas e agredirem a Igreja-Cristo e a nós que procuramos segui-Lo, insultarem gratuitamente nossa fé no intuito de nos intimidar e vamos respeitá-las, notando-se que nem são pessoas, mas um verdadeiro SINDICATO DO LOBBY GAYZISTA e apoiado pelo PT e alinhados comunistas?
    Acaso a Igreja ou grupos católicos saíram às ruas alguma vez, histericamente como eles os discriminando?
    Quando foi necessaria ação, Jesus expulsou os comerciantes do templo, chicoteou não os pecados mas o corpo dos pecadores, de igual forma chamava os incrédulos de raça de víboras eram as pessoas com as quais foi enérgico!
    Nossas autoridades religiosas deveriam agir à Bento XVI e serem extremamente severo com eles, sem os falsarios “respeitos”, com manifestações nas paroquias contra eles e a quem os apoie, caso do anarquista PT, usando-os para gerar mais caos social!
    Releia o título ao alto!

    • Rapaz VOCÊ me REPRESENTOU com vossa resposta, cheia de COERÊNCIA e CONSISTÊNCIA, impregnada de elementos comprovatórios aos quais bem sabemos há um bom tempo, infeliz realidade a todos nós Fiéis Católicos, que senão por nosso AMOR e PERSEVERANÇA na fé professada, teríamos motivos suficientes para debandarmos para não outra fé, o que de nosso direito seria também, mas para um afastamento totalmente justificável, abraços fraternais, Deus o abençoe e o guarde, bem como a todos de sua família e aos que quer bem. Seu Irmão em Jesus Cristo, Leonardo Silveira de Sousa.

      Goiânia, 12 de junho de 2015.

  6. Não se trata somente do simbolismo da Cruz, como se tenta alegar em comentários defendendo a estupidez gayzista. Pior, muito pior, foi a “performance” (como cinicamente denominam) representando Nosso Senhor ligado à causa gayzista. Aliás, já seria desrespeitoso mesmo se apenas fizesse parte secundária da dita parada.

  7. Parece que não é verdade, o que assistimos nesta chamada “parada gay”. Ali, as ofensas a Deus, a Nossa Senhora, aos santos, a nossa religiosidade, foi profanada de uma maneira muito dolorosa. Estes ímpios, desafiaram o poder de Deus. Que poderia fulmina-los num instante. Mais uma vez, o Calvário esteve presente em nossos dias. Nosso Divino Redentor, esteve presente nas mãos destes profanadores das coisas santas. Um dia. Esta enxurrada de profanações destes maus, serão rigorosamente punidas com o castigo eterno do inferno. Caso; não se convertam; e façam penitências. A cidade de Jerusalém foi rigorosamente castigada no ano 70, da nossa era. Por não querer reconhecer o Messias; O Esperado das nações. Tem pecados, que Deus castiga começando aqui na terra. Sodoma e Gomarra, foi reduzida, um mar de sal. Por estes pecados contra a natureza. Deus é justo. Será o que podemos esperar de castigo vindo de Deus? Depois de tantos pecados que bradam os céus? O povo incrédulo, perverso, ingrato, profanadores… Jamais terá capacidade de compreender a malícias do seus atos. Mas podemos ter certeza. Que nenhum profanador ficará impune. Certamente começará receber os castigo já aqui na terra; e na eternidade o castigo eterno do inferno. Caso, não se arrependam. Pobre Brasil! Quem jamais poderia pensar que chegaria a este estado tão depravante. Terra de Santa Cruz! Pátria de Nossa Senhora Aparecida! Quantas vezes esta Mães, defendeu a nossa nação com Seu Manto Protetor! Quantas vezes; desde o seu descobrimento foi salvo por prodígios extraordinários. Agora! Parece que a Santíssima Virgem. Permite que os ímpios, floresçam as suas maldades. Mãe! Olhai por nós. Vinde em nosso socorro! Lembrai-Vos, que ainda tem um “punhado” de seus filhos, que estão dispostos a Louva-La, Ama-La por todos os dias de nossa vida. Bispos! padres! católicos! Não vamos desanimar nesta caminhada fatigante. O céu é a nossa recompensa.
    Joelson Ribeiro Ramos.

  8. ” (…) Lembrar que todo ato(…) Apelar aos responsáveis pelo Poder Público(…) que defendam o direito agredido”. Nao vi a palavra ” processar os responsaveis” ou sera que leio muito rapido ? O que ha com estas pessoas? sao masoquistas ou tem a perder politicamente? Fizeram algum tipo de pacto ?

  9. Melhor do que nada. Pelo menos alguém disse alguma coisa. Como paroquiano da Sul 1, só sei que de longe, não é a pior.

  10. Jesus chicoteou os corpos dos vendilhões do Templo, e não ” pecados”. Os corpos, porque instrumentos de manifestação de pessoas que pecavam.Os corpos. E também, sem dúvida, as mentes que percebiam, de dentro, estes corpos, que os comandavam e, sem dúvida, os ” eus” pecadores, e seus espíritos.
    Se o teu olho te escandaliza, arranca-o. O Reino dos Céus é difícil de alcançar, e somente os violentos o arrebatam. Não me venham com ” respeitos” e panos mornos.Lembrem-se dos claros impropérios de São João Batista e de muitos Profetas.Acima, se pode ler as alegações alienadas de um infiltrado na Igreja, que se diz teólogo, falando sobre a Cruz.Caso houvesse Bispos e Padres de verdade, chamariam tais víboras pelas verdadeiras designações, sem medo de processos judiciais os quais nem têm seguimento, nem são tão terríveis quanto os que São João e os Mártires sofreram.Estes ” Bispos” meia bomba são, de fato, ou simpatizantes encabulados da ideologia de gênero e das visões materialistas dos socialistas e similares, ou são mesmo agentes do mal, infiltrados deliberadamente, agindo com plena consciência de suas metas de destruição e desintegração.O fato de que eu seja pecador e falho não transforma tais pecados hediondos em ” quem sou eu para julgar?”.Eles continuam hediondos, nefandos, e devem ser energicamente combatidos.Sabes do que precisas, Siena?De cacete, e muito cacete, disse, segundo fonte fidedigna, São Bernadino de Siena, em homilia. E, se não disse, deveria ter dito.

  11. Conversa pra boi dormir que não vale o papel onde está escrito! O que esperar desses impostores que se venderam ao Comunismo disfarçado em teologia?
    “Sodoma desencadeada” em forma de “ideologia de gênero” e “movimento gayzista” são apenas mais dois dos erros que Nossa Senhora de Fátima avisou que seriam espalhados pelo triunfo do Comunismo Ateu na Russia.
    E não adianta ficar na internet rasgando as vestes depois do estrago feito. Precisamos de uma estratégia pra vencer esse mal e pra vencê-lo é necessário antes de tudo conhecê-lo.
    O livro COMUNISMO de Abel Varzim, que pode ser lido ou baixado online nos dá uma idéia do mal que estamos enfrentando e o que é necessário fazer para vencê-lo:

    Clique para acessar o 154_Comunismo_0.pdf

    “Certas campanhas anti-comunistas poderiam comparar-se a um moinho de vento, de velas inchadas pela nortada agreste, que rolasse, rolasse muito, mas não tivesse grão para moer. Vendo-as altivas, em rodopio arfante, quem nos diria que as pobres velas em vão rolavam, e, de tanto labor, nada mais ficava do que o desgaste das mós que deviam moer, mas não moíam?
    Lamentoso desgaste o daqueles que, não conhecendo o comunismo nem se dando ao trabalho de o estudar, contra ele se debatem, à semelhança do moleiro daquele moinho que não moía.
    O comunismo é diabólica tentação. E não foi dado aos homens outro nome senão o de Jesus, com que possam vencer Satanás. Para destruir a comunismo, é necessário que o moinho tenha grão para moer. Haverá quem se ofereça para ser trigo redentor? – «Pedro, Pedro, eis que Satanás vos reclamou para vos joeirar como ao trigo; Eu, porém, roguei por ti para que não desfaleça a tua Fé: uma vez regressado, confirma os teus irmãos». (1)
    Porque motivo não pediu antes o Senhor que os seus apóstolos fossem libertos do poder de Satanás? Porque se limitou Ele a suplicar que não fraqueje a sua fé, entregando-os assim ao furor demoníaco que os iria impiedosamente joeirar como ao trigo? É que o perigo, o grande perigo, não está em serem os Apóstolos perseguidos e esmagados. Milhares e milhares deles o têm sido e, precisamente por isso mesmo, não tem faltado o pão aos pequeninos. O desastre, o verdadeiro desastre, é o desfalecimento da Fé, porque então, já não pode haver Apóstolos, já não pode haver trigo que impeça os homens de morrer de fome, da negra fome do infinito.
    E este desastre é temeroso em nossos dias, mais do que nunca certamente, porque a expansão do comunismo exigiria dos cristãos essa grande Fé, que, infelizmente, fraqueja.[…}

    [..] Com, efeito, o combate ao comunismo, não é o combate a um homem, a um império humano, a uma doutrina económico-social ou a uma filosofia política. Se o fosse, talvez pudesse ser derrotado por meios puramente humanos, isto é, com armas iguais às dele.
    Produto demoníaco, o comunismo só poderá ser vencido por forças superiores às das potências infernais. E essas só as possui Cristo.
    Também aqui S. Paulo nos adverte com meridiana clareza: «Fortificai-vos, irmãos no Senhor e na sua virtude toda-poderosa. Revesti-vos da armadura de Deus para poderdes resistir aos embustes do diabo. Porque não temos de lutar contra a carne e contra o sangue, mas contra os principados e as potências, contra os príncipes deste mundo de trevas, contra os maus espíritos espalhados pelos ares. Eis porque deveis tomar a armadura divina, a fim de poderdes resistir no dia mau, e ficar de pé, alcançando completa vitória. De pé, portanto! Os rins cingidos com o cinturão da Verdade, revestidos da couraça da Justiça, os pés calçados do zelo do Evangelho de paz, armados também do escudo da Fé, contra o qual virão extinguir-se os jactos inflamados do Maligno(9). Tomai ainda o capacete da salvação e a espada do espírito que é a palavra de Deus, orando a todo o tempo em espírito por toda a sorte de orações e de súplicas». (Efes. VI, 11-18).
    As armas que podem vencer o comunismo ( e seus sub-produtos)– porque a batalha não é contra a carne e o sangue – são as indicadas por S. Paulo: a Verdade, a Justiça, o Zelo do Evangelho, a Fé, a Palavra de Deus e a Oração. Por outras palavras, o comunismo vencer-se-á apenas par um movimento de regresso à pureza da vida cristã tal qual a praticaram os primeiros cristãos, e uma fé inabalável na «loucura» criadora do Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo, único capaz de destruir o Adversário com o sopro da sua boca.[..]

    Concluindo, nunca esperem de uma organização comunista como a CNBB ou de qualquer membro do chamado “clero progressista” uma defesa sincera da família. Seria o mesmo que esperar a defesa da virgindade por parte de uma cafetina. Ora, se ela vive da prostituição, com que sinceridade defenderia a pureza e a virgindade? Uma organização parasita no seio da Igreja Católica cuja razão de existir é aliciar o clero pra expandir o comunismo até na mais remota paróquia, até quando fala em defesa da família, mente. E o livro sobre o Comunismo explica bem o porquê:

    “A segunda cadeia que prende os homens a uma estabilidade, que os liga a alguma coisa que amam e que desejam ver prosperar e engrandecer, é a família. Um homem preso ao lar, à esposa e aos filhos está ligado por qualquer coisa ao que é, não deseja transformar tudo, não pode ser totalmente revolucionário.
    A acção marxista vai, portanto, ocupar-se em quebrar este laço, para que o homem se consagre inteiramente à gigantesca obra da revolução dialéctica do mundo.
    São suficientemente conhecidas as teorias marxistas sobre a família. Engels consagrou-lhe um largo estudo . Tão espalhadas estão as doutrinas anti-familiares e anti-natalistas que não vale a pena demorar-nos com elas. O que importa focar sobretudo é que esta luta contra a família, à semelhança do que acontece com a luta ateia, é considerada pelo comunismo como um excelente meio de acção revolucionária: o homem tem de desligar-se de todos os laços que o impedem de ser um revolucionário total.
    Mas a luta contra a família constitui, além disso, um poderoso meio de minar a ordem que chamam burguesa. É que a família é a célula da sociedade, o alicerce sobre que assenta toda a vida social. Destruída a família, mais fácil se torna a tarefa da revolução”.

  12. Santo Padre, Bispos, sacerdotes, Diáconos e acólito rezemos e façamos intensas súplicas,orações e Sacrifícios por nossa Igreja Una,Santa, Católica, Apostólica Romana! Guardemos as palavras de Jesus:”As forças do Inferno não prevalecerão contra Ela” e também as de Maria Santíssima: “No fim meu Imaculado Coração Triunfará! Rezem! Rezem! Rezem!”

  13. “Conheço as tuas obras, que nem és frio nem quente; quem dera foras frio ou quente!
    Assim, porque és morno, e não és frio nem quente, vomitar-te-ei da minha boca.“ (Ap 3, 15-16)

    Senhor arcebispo,
    Deus vomitará os mornos!
    Não é possível ser um religioso Politicamente Correto nos dias atuais, evitando qualquer risco de desagradar a opinião pública e a Ideologia gay. É preciso ser radical, para não ser considerado morno. Etimologicamente, um líder religioso Radical se firma nas raízes cristãs (não tem convicções superficiais, dissimuladas ou medíocres). Ser profeta do Altíssimo obriga ANUNCIAR a Boa Nova da Salvação trazida por Jesus (“ai de mim se não evangelizar”) e DENUNCIAR todos os sinais de morte da sociedade.
    Não quero ensinar o pai-nosso ao arcebispo de São Paulo, mas a solução é simples (nem precisava dessa Nota sobre a “parada gay 2015”) :
    Bastaria a sua Canonização!
    Você se habilita?!?

    Pessoal,
    “O mistério da iniquidade já está agindo. Falta apenas desaparecer aquele que o segura até agora. Só então se manifestará o ímpio” (2Tes 2, 7).
    Traduzindo: quem ainda segura o aparecimento do homem ímpio são as orações do santo padre o papa emérito Bento XVI e sua real presença no Vaticano. Realmente, estamos vivendo os “Sinais dos Tempos”.
    O momento é grave!
    O raio na cúpula do Vaticano, após o anúncio da renúncia de Bento XVI, confirma o cumprimento da profecia de S. Lucas: “Eu vi Satanás cair do céu como um relâmpago (Lc 10,18).
    “O santo padre terá muito que sofrer” (N.Sa. de Fátima, 1917). O choro de D. Georg, secretário particular do papa Bento XVI, na saída do Vaticano revela a gravidade da situação. “O bispo vestido de branco” e o terceiro segredo de Fátima…
    A grande tribulação já começou!
    Tempos difíceis virão pela frente…

    Por fim…
    Na festa do Sagrado Coração de Jesus, convido a todos a se consagrarem (quem ainda não o fez) ou renovarem a consagração aos dois corações: Jesus e Maria. Esta consagração será um refúgio que nos protegerá de todos acontecimentos finais deste mundo.

    Como disse Nossa Senhora ao Pe. Gobbi (na obra: “Aos Sacerdotes, filhos prediletos de Nossa Senhora”, mensagem do dia 05 de janeiro de 1974):

    “A cada dia que passa, este mundo irá se precipitando cada vez mais no gelo do egoísmo, da sensualidade (hoje diríamos: depravação sexual), do ódio, da violência, da infelicidade. Antes da grande treva, cairá sobre o mundo a longa noite do ateísmo que tudo envolverá. O meu Coração Imaculado será, sobretudo então, o teu refúgio e a tua luz. O meu Coração será o seu refúgio que protegerá de todos os acontecimentos que sucederem. Estarás tranquilo sem te deixares perturbar, nem amedrontar. Verás todas as coisas como de longe. Viverás no tempo e contudo, estarás fora do tempo. O meu Coração Imaculado abrigará os meus filhos prediletos para os preservar dos grandes males que os esperam, para que sejam consolados por Mim e levados ao grande momento do meu triunfo que se aproxima”.

    12/06/2015 (Festa do Sagrado Coração de Jesus).

  14. O que mais sempre me causou preocupação, mais ainda estranheza com os comportamentos da CNBB são exatamente 2, para eles não existem explicações que eu saiba e nesse caso 2 grupos antagonistas, de DOUTRINA CATÓLICA x COMUNISMO teriam que haver serias confrontações, como o PT age na Cãmara e Senado quando alguém se opõe a ele; no entanto, não se estranham, parecem coniventes e parceiros, a saberem:
    A – Ao acaso v já viu alguma vez, ainda que de leve, o PT atacar a CNBB como faz com seus adversários que calunia, monta dossiês falsos, dá falsos testemunhos e não sei mais o quê?
    B – O pior ainda: ao acaso v já viu a CNBB se rebelar contra o PT, recomendar os bispos, clero a população sobre ele ser materialista e ateu, inimigo do Senhor Deus e da Igreja? E além disso, só ter programas de poder e não de governo e outros que se ajuntam a ele, como se diz, assim claramente, dando nome aos bois?
    Para o PT, nem precisa da CNBB dar apoio a ele para se “sujar” com os católicos; basta silenciar e deixe que o resto o PT dá o jeito!

  15. Ao ler a matéria, vieram à mente as seguintes palavras:

    – EXECRAÇÃO: Ação ou efeito de execrar; ação de odiar algo ou alguém.
    – ABOMINÁVEL: Que se deve abominar; que é detestável; que provoca repulsa; execrável: crime abominável.
    – SACRILÉGIO: é o ato de desrespeito daquilo que é tido como sagrado (a cruz, eucaristia…).

    E diante dos atos sacrílegos com a CRUZ sagrada, só nos resta rezar a oração de São Bento (fundador dos Beneditinos, patrono da Europa e pai do Exorcismo) :

    “A Cruz sagrada seja minha Luz.
    Não seja o Dragão meu guia.
    Retira-te Satanas.
    Nunca me aconselhas coisas vãs.
    É mal o que tu me ofereces.
    Bebe tu mesmo do teu veneno.”

    São Bento, rogai por nós!

  16. Será qual a causa dos maus conseguiram chegar tão longe? Eles, mentindo, ludibriando, falsificando a verdade. Avançaram de uma maneira tão assustadora. Será que faltou alguém para reprimi-los desde o início? É claro que sim! Os maus avançam, devido a covardia dos bons. Se os bispos cumprissem os seus deveres de pastores vigilantes com seus rebanhos. Isto não chegaria ao estado que chegamos. Um terreno, abandonado por muitos anos. Em breve irão surgir bichos de todos os tipos: Cobras, aranhas, escorpiões…Assim, aconteceu com o nosso querido Brasil e o mundo. Aqui, a nossa Pátria, foi salva do comunismo diversas vezes. Por um milagre de Nossa Senhora Aparecida. Não caímos nas garra destes tiranos a muitos anos. O que deveríamos fazer. Empenharmos com toda têmpera, para darmos continuidade a este período de benção, que custou tanta misericórdia Desta Boa Mãe do céu. Será que cada um de nós também não temos uma parcela de culpa? Será que não poderíamos fazer mais pelo Triunfo do Coração de Jesus e de Maria?
    Joelson Ribeiro Ramos.