DENÚNCIA: Paróquia de Itaquera a serviço da destruição da Igreja.

Por Catarina Maria B. de Almeida | FratresInUnum.com – Conforme notícia publicada na última segunda-feira, a Paróquia Nossa Senhora do Carmo, da Diocese de São Miguel Paulista – SP, em seu semanário litúrgico “Memorial do Senhor” apresentou um conjunto de preces em que se suplicava a Deus em favor da causa gay.

Fieis de todo o Brasil escandalizaram-se com as preces, que pediam “que a ofensiva homofóbica, fundamentalista e histérica presente no Congresso Nacional seja enfrentada com ousadia e serenidade pelo ascenso das causas libertárias”, numa clara apologia às bandeiras LGBTs.

Vale a pena registrar que em nenhum momento eles se demonstraram constrangidos pelo escândalo dos fieis. A Associação IPDM, “Igreja, Povo de Deus em Movimento”, ligada à paróquia, chegou a lançar um comunicado, dizendo terem publicado “a oração dos fieis feita no ofício divino em celebração a Nossa Senhora do Carmo”, mas,  “a paróquia, o padre e todos os fieis da comunidade foram atacados sumariamente por fundamentalistas católicos” (sic!).

As preces são de autoria do Pe. Paulo Sérgio Bezerra, pároco da referida Paróquia e padre da Diocese de São Miguel Paulista. Não se trata, porém, de uma defesa isolada. O mesmo sacerdote escreveu uma apologia teológica à homossexualidade, publicada em duas partes (leia aqui a primeira e a segunda partes).

A tese principal que defende é a de que “‘catolicismo e homoafetividade’, historicamente se confrontaram e se antepuseram. Por este binômio se acenderam ‘fogueiras de inquisição’ e ‘fogueiras de discussões’, na maioria das vezes, produzindo algozes e vítimas. A Teologia da Libertação se propõe a debatê-lo”.

Contudo, a tal Associação não se limita a uma defesa teórica. Parte para a militância, e com objetivos muito claros!

Agora, num vídeo [ver acima] encontrado no site do Câmara de Vereadores do Município de São Paulo, as intenções deste Movimento ficam escancaradamente públicas.

Um senhorito chamado Eduardo Brasileiro apresentou-se num Seminário organizado pelo Movimento LGBT e outras entidades, explicando quem é e o que quer a tal Associação “Igreja, Povo de Deus em Movimento”:

“É um Movimento dentro da Igreja Católica que quer lutar a partir dos direitos humanos por uma refundação dos dogmas e das concepções católicas dentro da sua estrutura de poder. Isso não é fácil, mas tem quinze Paróquias da Zona Leste de São Paulo que comungam dessa idéia”.

O vídeo é chocante pois, além de confrontar nominalmente os Cardeais Arcebispos de São Paulo e do Rio de Janeiro, o rapaz enaltece a blasfema representação do travesti crucificado.

Pois bem, algo precisa ser feito. E é urgente!!

Esta é uma tática usada para destruir a Igreja. Para instrumentalizá-la, grupos inimigos se infiltram, com o objetivo de a irem demolindo aos poucos, desde dentro.

Este é o caso, por exemplo, das “Católicas pelo Direito de Decidir”. Como confessou a sua fundadora, Frances Kisslling, o objetivo de sua associação era erodir a moral católica desde dentro da Igreja para minar a resistência anti-abortista, visto que a teologia moral católica era a mais articulada e oferecia argumentos sólidos contra a Cultura da Morte. Nas próprias palavras de Kisslling,

as pessoas neste país questionaram a legalidade do aborto, mas de tal maneira que não questionaram o tema da moralidade. A incapacidade de tratar esta questão no nível moral é uma grave ameaça para o sucesso a longo prazo do movimento em favor do aborto. Você nunca realmente irá vencer definitivamente se a questão da moralidade for levantada. Se nós, como movimento, tivermos que tratar de moralidade na questão do aborto, nós perderemos, porque o discurso moral é controlado pelos homens e pela religião, e é construído contra as mulheres. O argumento dos bispos diz que o aborto é um assassinato, que abortar é matar e que a vida começa na concepção. Mas é esta perspectiva católica o lugar certo onde começar o trabalho, porque a posição católica é a mais desenvolvida. Assim, se você puder refutar a posição católica, você refutou todas as demais. Nenhum dos outros grupos religiosos realmente têm declarações tão bem definidas sobre a personalidade, quando a vida começa, fetos e etc. Assim, se você derrubar a posição católica, você ganha”.

Esta Associação “Igreja, Povo de Deus em Movimento” apresenta-se com a mesmíssima finalidade: destruir o dogma católico desde dentro, enganando o povo com a pregação de um falso evangelho, em franca dissonância com a doutrina da Igreja, para promover a agenda de grupos anti-católicos, como o LGBT e outras entidades claramente ligadas aos lobbies contra a vida e a família.

O Código de Direito Canônico diz que “quem se inscreve em alguma associação que maquina contra a Igreja seja punido com justa pena; e quem promove ou dirige uma dessas associações seja punido com interdito” (c. 1374).

Mas, sobretudo, afirma que o apóstata da fé, o herege ou o cismático incorre em excomunhão latæ sententiæ (c. 1364) e,“pelo próprio direito”, isto é, sem que haja necessidade da intervenção da autoridade eclesiástica, “perde o ofício” (c. 194). “A remoção só pode ser urgida”, acrescenta o cânon, “por declaração da autoridade competente” (c. 194 §2), isto é, somente a autoridade eclesiástica pode exigir as conseqüências materiais da perda do ofício, mas a perda em si se dá simplesmente por força do direito, independentemente da intervenção da autoridade competente.

As razões teológicas destas determinações canônicas são claras se considerarmos a constante tradição da Igreja, exemplificada, entre muitas outras fontes, na Encíclica Mystici Corporis de Pio XII. Como aí ensina o Pontífice,“nem todos os pecados, embora graves, são de sua natureza tais que separem o homem do corpo da Igreja como fazem os cismas, a heresia e a apostasia (Pio XII, S.S., Encíclica Mystici Corporis, 29.06.1943, n. 22). Em outras palavras, pelo pecado mortal, geralmente falando, o cristão perde a graça santificante, a virtude da caridade, todas as demais virtudes e dons do Espírito Santo, mas ele continuará com a virtude da fé, que nele permanecerá morta, e ele mesmo se tornará um membro morto da Igreja, conservando-se ele próprio, porém, membro do Corpo Místico de Cristo, ainda que morto.

Mas quando alguém peca contra a fé, caindo em heresia, perde a virtude da fé e deixa de ser membro do Corpo Místico de Cristo. Não é mais sequer um membro morto da Igreja; já não faz parte dela, sequer é mais cristão. Obviamente, se alguém não pertence mais à Igreja, não se pode conceber como possa exercer nela um ofício pelo qual teria que governar os demais na fé. Com intervenção da autoridade competente ou sem ela, tem a perda do ofício apenas pelo próprio direito. À autoridade caberá somente exigir juridicamente as conseqüências materiais da perda, como a remoção física do ofício e a substituição por outro.

Aplicando-se ao caso real, o Pe. Paulo Sérgio Bezerra está flagrantemente em heresia consciente, pondo-se em franco desacordo com a Sagrada Escritura e a Doutrina da Igreja, que consideram a homossexualidade um pecado grave; está automaticamente excomungado e perde, ipso facto, seu ofício eclesiástico e sua condição de membro da Igreja.

E esta Associação, também, conspirando contra a Igreja, deve ser denunciada e suprimida, os seus membros devem ser admoestados a retificarem suas posições e, caso permaneçam nelas, deve-se declarar também a sua excomunhão por flagrante heresia.

Os fieis católicos têm o dever de denunciar estes usurpadores às autoridades eclesiásticas, e estas têm o dever de intervir, aplicando a lei da Igreja.

Como ensina São Tomás, os fiéis não devem usar de tolerância para com aqueles que na Igreja ensinam e difundem erros contra a fé, e que por isso mesmo já não mais pertencem a ela. “Quando há perigo à fé”, diz S. Tomás,

os fiéis devem corrigir até os seus pastores. Por isso, São Paulo, que era súdito de São Pedro, por causa de um perigo imediato de escândalo sobre a fé, o corrigiu publicamente; e, co8:20mo diz Agostinho na Glosa, ‘o próprio São Pedro deu exemplo aos maiores ao não rejeitar ser corrigido mesmo pelos inferiores por ter abandonado o caminho reto” (Tomás de Aquino, S., Suma Teológica, IIa-IIæ, q. 33, a. 4, ad 1um).

Escrevam ao bispo de São Miguel Paulista, ao Núncio Apostólico do Brasil e aos dicastérios da Cúria Romana exigindo intervenção imediata para este gravíssimo problema. O povo católico está cansado destes impostores.

* * *

Dom Manuel Parrado Carral, bispo diocesano de São Miguel Paulista
Rua José Dias Miranda, 100 – São Miguel Paulista
08011-020 – São Paulo – SP
Tel.: (11) 2297.8611
Fax: (11) 2297.0539
e-mail: dommanuel@terra.com.brdiocesesaomiguel@terra.com.br e smigueld@terra.com.br

NUNCIATURA APOSTÓLICA

Excelência Reverendíssima Dom Giovanni D’Aniello, Núncio Apostólico
Av. das Nações, Quadra 801 Lt. 01/ CEP 70401-900 Brasília – DF
Cx. Postal 0153 Cep 70359-916 Brasília – DF
Fones: (61) 3223 – 0794 ou 3223-0916
Fax: (61) 3224 – 9365
E-mail: nunapost@solar.com.br

CONGREGAÇÃO PARA A DOUTRINA DA FÉ

Eminência Reverendíssima Dom Gerhard Ludwig Müller
Palazzo del Sant’Uffizio, 00120 Città del Vaticano
E-mail: cdf@cfaith.va – Tel. 06.6988-3438 Fax: 06.6988-5088

CONGREGAÇÃO PARA O CULTO DIVINO E A DISCIPLINA DOS SACRAMENTOS

Eminência Reverendíssima Dom Robert Sarah
Piazza Pio XII, 10
00120 CITTÀ DEL VATICANO – Santa Sede – Tel. 06-6988-4316 Fax: 06-6969-3499
e-mail: cultidiv@ccdds.vavpr-sacramenti@ccdds.va

Anúncios

83 Comentários to “DENÚNCIA: Paróquia de Itaquera a serviço da destruição da Igreja.”

  1. O fundamento de todo católico verdadeiro é Cristo, é a Verdade, é a Igreja! Sejamos sempre fundamentalistas contra o pecado e contra os falsos católicos que seguem a cartilha do Diabo, príncipe desse mundo!

  2. Sou diocesano de São Miguel Paulista e infelizmente devo confessar que tudo o que foi relatado nesse post é verdade. Esse padre da Nossa Senhora do Carmo é um militante de esquerda e confronta abertamente dogmas católicos, sem nenhum medo de punição. É só olhar a sua foto de perfil no Facebook, isso já diz tudo.
    Além dele, outros dois padres da diocese de S. Miguel possuem exatamente o mesmo “estilo pastoral”, são padres que já aparecem aqui no Fratres: Dimas Martins Carvalho (Santuário NS da Paz, que recebeu Genésio Boff para uma tarde de autógrafos e palestra) e Rosalvino Morán Viñayo (Obra Social Dom Bosco. É aquele mesmo que possui uma escola de samba). Esses padres em época de eleição não têm nenhum pudor: participam de comícios e recebem em suas paróquias políticos petistas de portas abertas. Sem contar as liturgias de suas missas, são literalmente de chorar.
    A Diocese de S. Miguel é quase toda em área de periferia. Isso ocasionou que a TL tivesse uma penetração tranquila e eficaz. Infelizmente o bispo anterior e o atual sempre se calaram com relação a isso.
    Parabenizo ao Fratres por denunciar os descalabros que estão ocorrendo em minha diocese. Dom Manuel precisa se pronunciar, a situação na NS do Carmo está insustentável. E por favor, continuemos pressionando, não tenhamos medo de quem nos chama de “intolerantes”, pois já conseguimos evitar que uma catedral católica fosse emprestada para a ordenação de um “bispo” cismático. A união faz a força.
    Fiquem com Deus!

    • Olá Carlos, já se tem alguma posição se foram tomadas providências em relação ao caso?

    • Há muitas profecias de vários santos e místicos sobre os três dias de trevas , isso por vários séculos sem eles se conhecerem. Há também, padres, teólogos e doutores que acham que a Santa Madre Igreja passará por um túnel escuro que será sua morte, assim como nosso Senhor passou pela morte e ressuscitou , há teses deles que a Santa Igreja ( Corpo Místico de Cristo ) também passará por essa morte, esse sepultamento. Nosso Senhor morreu , mas venceu a morte, ressuscitou glorioso para desespero dos infiéis e pagãos . Na minha pobre opinião , sem contar que as portas do inferno não prevalecerão contra a Igreja, acho que o findar dos grandes castigos preditos por várias aparições de Nossa Mãe Santíssima , serão os três dias de trevas , juntamente com o sepultamento da Santa Igreja. Mas como disse Nossa senhora em Fátima , ” por fim, meu Imaculado Coração triunfará!”

    • Esses três dias de trevas podem não ser dias literais, mas um tempo limitado e definido, como os três tempos e meio do Apocalipse. Essas trevas podem ser a falta da luz (Cristo… Uma alusão à Eucaristia?) Não sou intérprete de profecias, mas…

    • Marciano, até agora nada. O bispo, que já é um espanhol fechado e de poucas palavras, continua em total silêncio. Pra você ter uma ideia, ele não se pronunciou publicamente nem quando um de seus padres, no caso o Lício de Araújo Valle, foi preso há um tempo atrás por enriquecimento ilícito e desvio de dinheiro. O padre depois de um tempo saiu da cadeia e foi como se nada tivesse acontecido, continuou normalmente o trabalho em sua paróquia, e dom Manuel, conservou sempre um sepulcral silêncio.

    • Acho necessário a união agora mais do que nunca dos verdadeiros cristãos, quer professem o cristianismo pelo catolicismo quer pelo protestantismo. As nossas diferenças litúrgicas não podem ser barreiras e se constituírem uma arma que possa ser usada contra a união da verdadeira Igreja de Cristo, que não se manifesta através de placas ou dogmas, mas pelo Amor a Deus e ao Próximo, pela manutenção da Fé em Deus através do sacrifício vicário de Cristo para remissão dos nosso pecados. Devemos como Cristãos, nos posicionar contra essa heresia e contra esses movimentos que querem mudar as bases do Cristianismo. As bases de poder que eles falam não me importo, pois o poder vem de Deus e Ele mesmo cuidará disso, mas a destruição das bases teológicas que regeram a moral e os bons costumes, e que mantiveram a sociedade coesa, quer bem em alguns momentos, ou mau em outros, mas manteve, essas não podem ser vilipendiadas de forma tão infame.
      A destruição da igreja, como instituição, vem sido orquestrada de forma covarde por esses seres execráveis há um bom tempo. E vendo seus argumentos, eles são vazios. Não valorizam a igreja, não valorizam a Cristo e não valorizam o próximo. Querem fazer parte da igreja com um único propósito: Destruí-la. E assim o cristianismo e sua verdade que condena, não a eles como pessoas e criaturas de Deus. mas a sua prática perante os padrões morais de Deus.
      Se fosse só uma questão de comunidade eles poderiam fundar sua própria religião, com seus dogmas próprios e seu próprio deus. Ou então comungar com religiões que aceitam e não condenam sua prática como os cultos afro. Porém esse não é o ponto. O objetivo principal meus irmãos, é a destruição do povo de Deus, na tentativa de se destruir a memória de Deus.
      Porém tenho por certo que Deus se levantará em seu devido tempo e dará a paga de cada um segundo as suas obras. Ele não se deixa escarnecer. Lembremo-nos de que TODO joelho se dobrará e TODA língua confessará que Jesus Cristo é o Senhor.
      Caba a nós, fazer como o Apóstolo Paulo. Combati o bom combate, acabei a carreira e guardei a fé! Assim fazendo, manteremos a igreja de Cristo intacta. Um caloroso abraço a todos!!!

    • Acompanhei tudo o que se disse aqui. Os pais devem ser advertidos de que essas paróquias são potenciais focos de corrupção de adolescentes e crianças. Havia menores no tal encontro? O que se disse? Há transcrição? Corrupção de menor é crime.

  3. Eu mal consigo ler, eu decididamente não consigo ouvir, eu já nem tenho mais forças para comentar ou para me indignar.

    Meio que cansei. Eu, um pobre cidadão católico, cinquentão, sem nenhuma responsabilidade por um rebanho, sem ser pastor de alma alguma, exceto a minha, vejo todo dia essas misérias e não vejo nenhuma tomada de posição, só vejo o silêncio humilhante dos que se dizem pastores.

    Deus tem seus desígnios é certo, é indiscutível. Mas é difícil por demais entendê-los, pelo menos eu assim penso: esta é a “coluna e sustentáculo da verdade”, na definição da Igreja por São Paulo?

    Como defender o “extra ecclesia nulla salus” se justamente quem vem defendendo o valor maior da Igreja, que é a família, são os evangélicos, naturalmente fora desta Igreja? Como incluir aquele rapazola do vídeo? Como incluir o pároco, o bispo, o arcebispo e até o papa?

    Eu honestamente não sei. Eu honestamente não sei mais nada, e das verdades absolutas que eu pensei sabidas um dia, vejo que estão relativizadas, e o pior, por quem menos poderia relativizá-las que é a Santa Madre Igreja (ou o que restou dela!!!)

    • João vamos em frente, o nosso combate só termina após o Chamado do Altíssimo. Continuemos a combater o bom combate, Fé e Força.

    • Coragem, João! Será longo, gélido e tenebroso o caminho desse Calvário.

    • É nessa hora que devemos segurar firme nossa cruz suplicando cada vez mais a Nossa Senhora que nos dê forças para continuarmos no caminho da verdade e da vida.

    • João, não é a Santa Mãe igreja que está relativizando as verdades, os dogmas, mas sim os malditos infiltrados nela, cujo único objetivo é destruí-la! Não desanime, pois Jesus disse que as portas do inferno não prevaleceriam sobre nossa Mãe Igreja!m

    • Lembremos que a saúde de D. Manuel há certo tempo que não vai bem. Clemência.

  4. Desculpem-me a ignorância, mas alguém com conhecimento de Direito Canônico poderia esclarecer: não é possível se requerer a abertura de processo canônico contra esses padres e fiéis para declaração de excomunhão (posto que essa seja automática, como diz o texto) e suspensão ou perda das funções eclesiais?

    Muito obrigado!

    Que Deus se compadeça de nós!

    • “Aplicando-se ao caso real, o Pe. Paulo Sérgio Bezerra está flagrantemente em heresia consciente, pondo-se em franco desacordo com a Sagrada Escritura e a Doutrina da Igreja, que consideram a homossexualidade um pecado grave; está automaticamente excomungado e perde, ipso facto, seu ofício eclesiástico e sua condição de membro da Igreja.”

      Não é possível acusar o padre, dado que, nas atuais condições, é difícil saber com exatidão se ele tem clareza de que os pressupostos por ele defendidos implicam excomunhão. Logo, déficit de conhecimento.

  5. Que Deus tenha piedade de nós, nesses tristes tempos!!!!

    E em relação ao carnaval de São Paulo de 2017, em que D. Odilio permitiu que uma escola de samba fizesse seu enredo sobre Nossa Senhora Aparecida, como pode???

    (http://vejasp.abril.com.br/blogs/terraco-paulistano/2015/06/dom-odilo-da-aval-e-escola-de-samba-fara-homenagem-a-nossa-senhora-aparecida/)

    Senhor Jesus Cristo, piedade de nós!!!

  6. É uma vergonha termos padres ridículos como esse.
    Se isso ocorre em nossas paróquias devemos mais do que numca recorremos a santa tradição para desmascararmos esses lobos em pele de cordeiro.

  7. Parabéns a sra. Catarina pelo artigo. Esse herege do vídeo se mostrou claramente contra o magistério infalível da Igreja, contra o dogma, querendo reformá-lo. A Igreja ensina dogmaticamente que o dogma é irreformável e quem disser o contrário seja excomungado. O pouco tempo que ele fala e em nome desse pe Bezerra, já dar matéria suficiente para puni-lo. Aguardemos uma ação enérgica da autoridade eclesiástica à qual ele é ligado. Esta reunião, também, infringiu a Mortalium Animos O herege ainda reconhece que é difícil lutar contra isso. na Igreja, mas que existem 15 paróquias nessa luta. Parece que ele nunca leu nos Evangelhos que Nosso Senhor prometeu que as portas do inferno, isto é, as heresias, nuca prevaleceriam contra a Igreja.

  8. O pe. Beto não foi excomungado justamente por isso? Que bispo frouxo é esse que, diante de um escândalo desse, não toma a mesma decisão que Dom Caetano Ferrari tomou em relação ao herege de Bauru? Por favor, encham a caixa de email desse bispo exigindo que o mesmo tome uma posição firme diante desse fato. Se não surtir efeito, que chegue até as outras autoridades que o fratres elencou acima. Façamos, cada um de nós, a nossa parte.

  9. Muito feliz o tema do post:
    Denúncia: Paróquia de Itaquera a serviço da destruição da Igreja.
    “Data maxima venia”, permita-me alterar o título da frase para:
    Denúncia: há lobos a serviço da destruição da Igreja.
    Incluiria, inclusive, pessoas com autoridade na cúpula da hierarquia da Igreja que defendem a separação de casais, que promove o lava-pés com transexual, que exprime frases do tipo: “quem sou eu para julgar” (sobre os homossexuais), que sugere o limite de três filhos por casal, que na Encíclica Verde defende a criação de um órgão Supranacional para governar o mundo (acolhendo a tese dos Senhores do Mundo, do Governo da Sombra, da “Sinagoga de Satanás”), que debocha, enfim, das últimas aparições de Nossa Senhora para a humanidade, tais como:
    – “Parece-nos que devemos discordar desses profetas da desgraça, que anunciam acontecimentos sempre infaustos, como se estivesse iminente o fim do mundo” (discurso de abertura do II Concílio do Vaticano (11 de outubro de 1962) ou;
    – “Eu sei de um tal vidente, um visionário, que recebe cartas de Nossa Senhora, mensagens de Nossa Senhora”. “Nossa Senhora é Mãe e não uma gerente dos Correios que fica despachando mensagens todo dia” ou, ainda, “onde estão os videntes que nos dizem hoje a carta que Nossa Senhora mandará às 4 da tarde?. E vivem disso” etc.

    Esses religiosos apóstatas e hipócritas pertencem à Teologia da Libertação-TdL, que no caso “Charlie Hebdo” (charges do profeta Maomé) disseram que deveriam respeitar as religiões e culturas alheias (artigo “Eu não sou Charlie, je ne suis pas Charlie”, de Leonardo Boff). Mas no caso da transexual crucificada na última marcha Gay de SP/2015, rotulam os cristãos de RADICAIS, TRADICIONALISTAS, FUNDAMENTALISTAS, FANÁTICOS, CONSERVADORES, RETRÓGRADOS…
    Essa velhaca da “TL” é tão sensível com os Terroristas islâmicos e, ao mesmo tempo, críticos ácidos às tradições cristãs e aos ensinamentos de Cristo.

    Tomo como minhas as palavras de Cristo Jesus aos fariseus de plantão:
    – “Hipócritas”, “filhos do inferno” , “guias cegos”, “tolos e cegos”, “sepulcros caiados”, “serpentes” e “raça de víboras”

    Para conhecimento, reflexão e tomada de decisão:
    “Deveis saber que Satanás existe. Ele, um dia, se apresentou diante do trono de Deus e pediu a permissão de tentar a Igreja por certo período com a intenção de destruí-la. Deus permitiu a Satanás de colocar a Igreja à prova por um século, mas completou: ‘Não a destruirá!’. Este século que viveis está sob o poder de Satanás, mas, quando forem realizados os segredos que vos foram confiados, o seu poder será destruído. Já, agora, ele começa a perder o seu poder e, por isso, tornou-se ainda mais agressivo: destrói os matrimônios, fomenta discórdias até entre as almas consagradas, causa obsessão, provoca homicídios. Protegei-vos, portanto, com o jejum e a oração, sobretudo com a oração comunitária. Levai convosco objetos bentos e colocai-os também nas vossas casas. E retomai o uso da água benta!”

    Na festa dos 34 anos de aparições de Nossa Senhora Rainha da Paz (Mediugórie)

  10. Com todas essas maluquices, e a falta de um timoneiro firme , só nos resta ter fé na promessa de nosso senhor, porque se não fosse a promessa de NSJC, os homens ditos de boa vontade já tinha afundado a barca a muito tempo.

  11. Misericordia…ele quer rever até os dogmas católicos e defendeu a profanação da cruz de Cristo……

  12. Meu Deus! Todo dia tem uma bomba!

    O que dizer? “Ferreti, pare de postar notícias ruins!” ?

    O que fazer?

    Rezar por eles? Rezar por esses bichos? Todo dia machucam a minha alma e eu tenho que rezar por essa corja?

    Até quando?

    • Jesus disse: “70 vezes 7”, se Jesus transformou um pecador público em santo, devemos nós crê que ele pode converter esse herege em santo. Reze até mesmo pelo seu próprio inimigo.

  13. Sei de juízes e desembargadores católicos que acompanham os “Fratres in Unum”. Seria máxime oportuno que suas Excelências tomassem ciência e se instruíssem com toda precisão acerca do rito processual e peculiares do Direito eclesiástico a fim de nortearem a abertura de processo canônico junto aos tribunais da Igreja. Que todos os infratores sejam punidos, não excluídos os Ordinários (Bispos) relapsos, prevaricadores ou omissos.

    http://www.vatican.va/archive/cdc/index_po.htm

  14. O grande problema é lutar contra a infiltração gay rodeado de gays e, o pior, de padres e seminaristas gays. Se forem fazer uma pesquisa séria que investigue ao invés de perguntar, verão o grande percentual de gays entre padres e seminaristas. Não é devido ao celibato, mas à apostasia que deixa o celibato sem razão e, na verdade, tudo o mais. Ainda tem o ecumenismo que retira a identidade do padre, porque não se identifica com este mundo, mas traz em si e até na sua ausente batina a morte para este mundo e o chamamento de todos para o céu. Já me disseram e eu até duvidei de que há seminários em que um seminarista que não quiser ser gay acaba expulso ou completamente hostilizado a ponto de ter de sair, ou seja, criou-se na igreja um clube secreto de infiltrados que acabaram sendo a maioria esmagadora e a diretoria perpétua do clube. Agora, só o castigo prometido por Nossa Senhora pode ser a sua salvação… Não vai adiantar reclamar, porque eu já soube de casos em que os padres dizem que fazem o que também faz o bispo…

    • Caros João e Leonardo, muito boa tarde e

      Salve Maria.

      Leonardo,

      Conheço pessoalmente um seminário nestes moldes em São Paulo, Capital; inclusive, os padres doentes ( que todos os padres do seminário estão doentes, já que portadores do vírus da Aids ) são todos internados em uma ala de um grande hospital particular da zona oeste, situado entre Perdizes e Pompéia.

      Sr João,

      Nunca é demais lembrar que essas pessoas citadas pelo texto, que da maneira mais objetiva não teem a intenção de cumprir a vontade inequívoca de Nosso Senhor Jesus Cristo e de Sua Igreja, não estão conformes a sucessão apostólica requerida para serem membros da sagrada hierarquia e, portanto, não teem jurisdição sobre os fiéis, ou seja, não devem ser obedecidos em coisa alguma.

      A ‘igreja’ deles é a ‘igreja’ de satanás! São como um câncer: só estão no corpo para debilitá-lo e destruí-lo!

      Conforme o exemplo de S José,
      Nos SS. Corações de Jesus e Maria.

  15. Infelizmente, a única maneira de fazerem cair em si é o povo abandoná-los e mostrar-lhes que a Igreja não é a oficialidade de uma instituição, mas a eternidade da Fé na única e Sagrada Doutrina!

    • Eu fico indignado quando o padre fala que ele é apenas administrador paroquial como se a igreja fosse uma empresa (mesma tendo aval de empresa), hoje em dia se perdeu o real de sentido de muita coisa dentro da igreja: sacrifício da missa, conceitos de padre etc.

  16. Diante de tudo isso,a pergunta é:Cadê o bispo?

    Ele não irá se pronunciar?Não vai fazer nada, seja contra ou a favor?

    Ele é ou não é a maior autoridade local da Igreja?

    Será que ele está formulando sua intervenção ou está na mais odiosa omissão?

    O tempo dirá.

  17. Satanás falou através da boca desse indivíduo chamado Rafael (que discursou no vídeo).

  18. Singela homenagem à clamorosa omissão do Bispo Carral (e também a do do Bispo Tempesta, grão-chanceler da PUC-RJ). Hão de pagar caro. Amém.

    Judas, mercator pessimus,
    Osculo petiit Dominum.
    Ille, ut agnus innocens,
    Non negavit Judae osculum.
    Denariorum numero
    Christum Judaeis tradidit.
    Melius illi erat, si natus non fuisset.
    Denariorum numero
    Christum Judaeis tradidit.

  19. E-mails disparados!
    Protestos registrados!

  20. Sacerdócio é vocação, não meio de vida. Se não se identifica com os preceitos da religião católica, por que se mete a ser sacerdote? Esta a serviço de quem??? Não fez um juramento???Trabalha para quem, ow, infeliz!? Pede para sair e vai tocar a vida, não fica enchedo o saco e afundando ainda mais o cristianismo.

    • A Sua Excelência Reverendíssima
      Dom Manuel Parrado Carral
      Bispo Diocesano de São Miguel Paulista.
      Rua José Dias Miranda, 100 – São Miguel Paulista – São Paulo/SP

      Excelentíssimo Reverendíssimo,
      Nós temos a honra de cumprimenta-lo como um sucessor dos Apóstolos e cientes de sua competência como bispo que é de ensinar, santificar e reger a Igreja de Cristo. Ensinar, anunciando, como primeira tarefa, o Evangelho de Cristo e denunciar tudo que lhe é contrário; santificar, pela oração e trabalho, pelo ministério da Palavra e dos Sacramentos e, também, por seu testemunho de vida; reger, porque lhes cabe dirigir e coordenar suas igrejas particulares como delegados de Cristo com conselhos, exortações e exemplos, com autoridade e poder sagrado. Viemos por meio desse e-mail dar ciência ao senhor sobre o que está ocorrendo em sua diocese, Diocese de São Miguel Paulista, um grupo que se diz católico tem promovido alguns eventos contra a Doutrina Católica promoveram no mês passado o evento “Igreja e Sexualidades: um diálogo necessário” e promovem atualmente o evento “Septenário Dominical de Nossa Senhora do Carmo – As provocações da vida e as respostas da fé”.
      O primeiro evento ocorreu no dia 30 de maio no Auditório do Centro Educacional Unificado Aricanduva e teve como objetivo debater o tema tabu na Igreja da sexualidade e da homossexualidade e dentre seus palestrantes contou com o sacerdote excomungado Roberto Francisco Daniel (Padre Beto) que teve a audácia de proferir frases como “Vou chutar baixo: 75% do clero é formado por gays e quer fugir desse fantasma”, ou “É claro que Jesus estaria lutando pela causa LGBT. O verbo se faria carne hoje como uma mulher negra, lésbica e da periferia”, ou ainda “Me promoveram, foi um tiro no pé, a Igreja é burra. Quem ouve hoje a CNBB? A CNBB é burra”. Um grupo que convida um sacerdote excomungado para proferir blasfêmias e xingamentos sobre a Igreja não pode estar atuando dentro da Igreja. O referido evento teve também a participação via vídeo do Deputado Federal Jean Wyllys (PSOL) grande opositor da Igreja e da família brasileira.
      No segundo evento que ainda está acontecendo na Paróquia Nossa Senhora do Carmo, tivemos ontem (21/6) a participação do Pe. Dr. Luis Corrêa Lima, SJ, Professor da PUC-RJ e grande defensor do homossexualismo, ele proferiu a palestra “Igreja e Sexualidade: Um diálogo necessário”, o que chamou muita atenção foram às preces feitas durante a Santa Missa:

      Uma verdadeira apologia ao homossexualismo e contra o a Doutrina Católica ensinada no seu catecismo.
      CASTIDADE E HOMOSSEXUALIDADE
      CIC 2357 – A homossexualidade designa as relações entre homens ou mulheres, que experimentam uma atração sexual exclusiva ou predominante para pessoas do mesmo sexo. Tem-se revestido de formas muito variadas, através dos séculos e das culturas. A sua gênese psíquica continua em grande parte por explicar. Apoiando-se na Sagrada Escritura, que os apresenta como depravações graves (103) a Tradição sempre declarou que «os atos de homossexualidade são intrinsecamente desordenados» (104). São contrários à lei natural, fecham o ato sexual ao dom da vida, não procedem duma verdadeira complementaridade afetiva sexual, não podem, em caso algum, ser aprovados.
      CIC 2358 – Um número considerável de homens e de mulheres apresenta tendências homossexuais profundamente radicadas. Esta propensão, objetivamente desordenada, constitui, para a maior parte deles, uma provação. Devem ser acolhidos com respeito, compaixão e delicadeza. Evitar-se-á, em relação a eles, qualquer sinal de discriminação injusta. Estas pessoas são chamadas a realizar na sua vida a vontade de Deus e, se forem cristãs, a unir ao sacrifício da cruz do Senhor as dificuldades que podem encontrar devido à sua condição.

      Cientificada V. Exa. Revma solicitamos ações concretas para com o movimento católico “Igreja – Povo de Deus – em Movimento” tendo em vista a sua total falta de comunhão com a Igreja Católica, assim bem como a suspensão imediata do 2º Evento que ainda está em curso.

      Enviei na segunda o e-mail acima ao Bispo. Ainda não tive resposta e acho que não terei.

  21. Destruição esta que se acelerou enormemente com o Concilio Vaticano II:

    “Com táticas aggiornate – das quais, aliás, o mínimo que se pode dizer é que são contestáveis no plano teórico e se vêm mostrando ruinosas na prática – o Concílio Vaticano II tentou afugentar, digamos, abelhas, vespas e aves de rapina. Seu silêncio sobre o comunismo deixou aos lobos toda a liberdade. A obra desse Concílio não pode estar inscrita, enquanto efetivamente pastoral, nem na História, nem no Livro da Vida.

    É penoso dizê-lo. Mas a evidência dos fatos aponta, neste sentido, o Concílio Vaticano II como uma das maiores calamidades, se não a maior, da História da Igreja. A partir dele penetrou na Igreja, em proporções impensáveis, a “fumaça de Satanás”, que se vai dilatando dia a dia mais, com a terrível força de expansão dos gases. Para escândalo de incontáveis almas, o Corpo Místico de Cristo entrou no sinistro processo da como que autodemolição”. (Revolução e Contra-Revolução. Plínio Correa de Oliveira).

  22. Já está passando da hora de botar esses padres de batina vermelha pra correr! Será que ninguém percebe que esses caras são inimigos da igreja? São comunistas!!! E quando o comunismo vence, a primeira coisa que esses malditos destroem é a própria igreja. Chega de ficar ouvindo em silêncio esses padres!!! Chega de transformarem o altar da igreja em palanque para discursos que falem em distribuição de terra, fim do capitalismo… Jesus não pregou nada disso!!!

  23. Se vc tem na sua diocese a mesma situação, além de denunciar, etc. etc, tem a obrigação de não dar esmola nem auxílio financeiro nenhum a esse tipo de sacerdote, não apoiá-los em nenhuma blasfêmia que fazem e, obviamente, não está obrigado a ir a nenhuma Missa deles. Viver como se estivesse em um país de missão. Mas especialmente não ajudá-los financeiramente, que esse “idioma” eles entendem.

  24. O pior inimigo é aquele que está dentro de “casa”. A Igreja sempre resistiu muito bem às invectivas heréticas, aos cismas, ao laicismo moderno e ao comunismo, mas perde o poder de reagir contra a obra do maligno quando admite dentro de suas próprias fileiras gente que, a despeito de se dizer católico, simplesmente não se sujeita às implicações morais e teológicas de sua confissão fé nominal. Um erro grave foi não condenar com todas as letras a Teologia da Libertação, admitindo uma “versão ortodoxa”, que, a rigor, nada mais representa senão um flanco para que todo tipo de heterodoxia e escândalo penetre sem oposição no interior da Igreja. E, pior, que gente como este cidadão se dê ao abuso de falar em nome de “católicos”, a ponto de desancar publicamente os dois cardeais mais proeminentes da Igreja (não que ambos sejam grandes campeões da ortodoxia, mas, em razão de sua posição, merecem um mínimo de respeito público). Responsabilidade de Bento XVI, por mais que este seja um farol em meio a escuridão em que o cristianismo se encontra nas últimas décadas, preferiu encontrar uma solução de consenso ao invés de condenar in totum uma teologia que é ou herética ou inútil; herética se fundada em uma metafísica materialista, inútil porque reitera um compromisso que sempre foi o da Igreja, o do cuidado com os mais pobres e desvalidos.

    Se o episcopado dorme no ponto, como tem dormido há 50 anos, e se o Papa parece mais preocupado com o catastrofismo hollywoodiano do aquecimento global, cabe ao baixo clero ortodoxo e aos leigos tomarem a frente da defesa da fé. O Papa Francisco fala muita besteira, mas certa vez, ele disse algo preciso: a Internet é uma benção de Deus. E é mesmo. Se não fosse por ela, essa imundice estaria sendo promovida sob o olhar omisso e complacente do bispo desta pobre diocese, invisível à maioria dos católicos, como o havia sendo durante todos esses anos antes de sites como Fratres. É triste ver um negócio desses, mas não posso deixar de dar os meus parabéns para os responsáveis pelo site, que com muita diligência e empenho têm denunciado um sem número de graves invectivas contra o catolicismo partidas de dentro da própria Igreja.

  25. Vamos exigir de Dom Manuel Carral providências. Solicitamos que escrevam e-mails e telefonemas a ele, exigindo providências. Não vamos permitir os inimigos da Igreja, já com postos dentro, agirem dessa forma. Vamos defender a sã doutrina, hoje e sempre!

  26. Curiosa a dobra da bandeira brasileira que fizeram neste encontro. Metade dela está dobrada. A outra dobra é da bandeira gay. Pretenderam ao juntarem as duas metades formarem uma nova bandeira ao nosso querido (e sofrido) Brasil. É bandeira nacional gayzada. Já não bastaram os comunistas idealizarem a bandeira do Brasil na cor vermelha agora querem insinuar que a bandeira nacional tem que ter as cores do arco-iris. Levanta-te Brasil!

  27. Fratres, vocês não apenas acertaram, como se mantiveram no acerto. Esse escândalo foi público e precisa de uma reparação pública. Vocês não estão dando de dedo em autoridades eclesiais, mas estão denunciando um fato e pedindo providências a quem tem poderes para tomá-las. Rezo muito pelos católicos, para que mantenham a submissão aos superiores hierárquicos, para que não percam a mansidão, mesmo que sejam acometidos por justa revolta. Mantenham a cabeça no lugar, faça essas informações chegarem ao ACIDigital e outros meios de notícias católicas, faça com que chege ao conhecimento da congregação para o clero, para a doutrina da fé e os dicastérios que de direito. Mansidão sem perder o “sangue no zóio”, denunciar, mas sem querer substituir o Magistério da Igreja.

  28. Agora, vamos por o dedo na ferida desses caras (as bezerretes in genere).

    Perguntem, então, sem medo de psicologismos baratos, mas movidos apenas pelo bom senso, qual das bezerretes traumatizadas tiveram um pai como modelo de homem… Garanto que 200% delas não tiveram nenhum modelo sadio de figura masculina em casa.

    Muito provavelmente são filhos de pais fracassados, ausentes, alcoólatras; pais indiferentes, agressivos e egoístas; pais que abandonaram o lar. Muito provavelmente foram criados apenas por suas mães, em geral dedicadíssimas, mas não raro sem pulso, e obviamente impossibilitadas de serem modelos de como um homem se comporta e deve ser. Cresceram assim: meninos tristes e tímidos ou espevitados e histriônicos, mas sempre inseguros de si. Daí, muito provavelmente encontraram uma doidivana bezerrenta, talvez no próprio clero, que os “acolheu”, seduziu e, por fim, bolinou e/ou sodomizou.

    É claro, no entanto, que este não é um destino fatal. Há, de fato, muitos homens sadios que foram criados em condições familiares anômalas. No entanto, também por aí se vê por que a tal ideologia do gênero é funesta, e perigosíssima a adoção de crianças por duplas de invertidos. Pois embora a criança defina-se, na sexualidade, por seu “sexo biológico” – e dizer isso é uma óbvia redundância – as crianças precisam de modelos sadios do que é ser homem e do que é ser mulher.

    Pobres e amargas bezerretes! Tentam esconder a frustração com o vício e com todo esse blablabla molenga, neurótico, frágil e insubsistente. Oremos por eles, sobretudo para que suas más obras não prosperem, para que Deus Se apiede da sua extrema miséria e indigência, e não tenhamos que despejar c a r r a d a s de argumentos a favor de algo talvez muito simples para um cristão: aceitem-se como Deus os fez e perdoem seus pais caso tenham sido tão mesquinhos, negligentes e ausentes.

  29. Acho que não vai acontecer nada, porque se o superstar Fabio de Melo ja falou na TV Globo e no seu twitter que é afavor das uniões gay, mesmo a santa sé ja tendo condenado e não aconteceu nada, veja: https://youtu.be/NLfxC7yQ_X0

  30. Aí está um dos execrandos resultados teratológicos daquela gestação diabólica incubada pela alcateia modernista infiltrada na Santa Igreja. Uma bestialidade que agora, sob a égide do “_Quem sou eu para julgar”, encontrou enfim, como nunca antes em toda a história, o mais fértil terreno para vir a lume de vez. Bem se diz que o processo revolucionário é capaz de atingir uma velocidade tão galopante que, perante o avassalador patamar por ele atingido, até mesmo aqueles religiosos liberais e afeitos ao modernismo, passam por conservadores. Agora, colhem o amargo fruto no qual eles mesmos têm cumplicidade. Mais do que nunca é chegada a hora de uma tomada de atitude. Urge uma reação decisiva e proporcional à gravidade deste quadro. Estes dias mesmo foi noticiado aqui a respeito da preocupação da CNBB com a “guinada conservadora da juventude católica”. Ora…Senhores Bispos, cumpram seu mister e se preocupem com algo que é sim motivo da mais verdadeira e profunda preocupação: Não a guinada dos jovens na direção do conservadorismo, mas a guinada protagonizada por esta tal Associação IPDM, “Igreja, Povo de Deus em Movimento”. Uma guinada na direção do inferno.

  31. há décadas, décadas que os denúnciantes da falsa Igreja dentro da Igreja Católica são chamados de tradicionalistas loucos, revoltados, teóricos da conspiração, raivosos, infelizes e tutti quanti outros adjetivos.

    Já começou a ficar patético não enxergar o óbvio na Igreja.

  32. “Quando o pastor se transforma em lobo, cabe o rebanho a defender”. Não podemos esperar das autoridades eclesiásticas uma punição para estes hereges e profanadores. Nós, católicos convictos, é que temos que defender a Santa Igreja. gritando por todos os quadrantes da terra: ” Não ofendam mais a Deus, porque já está muito ofendido.” Precisamos ir para a mídia, e denunciar estes abusos e profanações dos lugares santos. Vamos sim. Denunciar ao seu bispo. estes escândalos públicos, que atraem a cólera de Deus. Vamos fazer penitência, rezar, lutar para cumprir a nossa missão. Nós hoje assistimos o Calvário da Santa Igreja. Os inimigos da Mesma, apossaram deste lugar santo, e estão profanando de uma maneira assustadora. A quem iremos recorrer? Ao papa, ao bispo… Estes também estão comprometido com o erro. Não podemos confiar num modernista. Ele ou eles mudam de opinião toda hora. Então para onde iremos?… Devemos denunciar, gritar, por todos os meios; para que silencie este mar de profanações. Rezar e aguardar a hora de Deus. Só uma força sobrenatural; é capaz de impedir esta enxurrada de erros e heresias…
    Joelson Ribeiro Ramos.

  33. A verdade é que a diocese acoberta essa situação, abafa o caso …na paróquia que eu frequento ocorre um caso bem parecido envolvendo o padre. Foi feito um abaixo assinado e a diocese de São Miguel Paulista pediu para abafar o caso e esquecer o ocorrido, pois isso mancha a imagem da igreja. Nada foi feito, a paróquia perdeu alguns fiéis, outros foram expulsos pelo padre e com isso a igreja perde muito mais, o padre perdeu a credibilidade.

  34. Os fieis católicos têm o dever de denunciar estes usurpadores às autoridades eclesiásticas, e estas têm o dever de intervir, aplicando a lei da Igreja.

    Caros amigos fratresinunum, É justamente isto que fiz ao escrever meu livro “O Mistério da Impiedade e a Demolição da Igreja”. Nele denuncio esses inimigos que se infiltraram na Santa Igreja para demoli-la, e edificar outra, com nova doutrina e moral. Porém o medo da verdade, esta impedindo de publica-lo. Estou implorando para que leiam e vejam o que esta acontecendo diante de nossos olhos, já a mais de cinquenta anos. Desde as reformas litúrgicas no final do pontificado de Pio XII, empreendida por Giovanini Montini, Bugnini, Anjelo Roncalli e muitos outros e muitos outros Cardeais. é lamentável que as autoridades fiéis católicas dormiram e continuam dormindo, deixando os lobos vestidos em pele de cordeiro, roubar, matar e destruir o rebanho de Nosso Senhor Jesus Cristo. No entanto cada um prestará contas ao Suprem,o Pastor das ovelhas que se transviaram do verdadeiro redil, A santo Igreja.
    É quase desesperador tentar mostrar a verdade dos fato, e ser simplesmente ignorado. Deixo meu e-mail , se alguém quiser conhecer o que esta acontecendo na Igreja, desde a séculos. Basta entrar em contato com migo. sebastiaogbraz@gmail.com
    Salve Jesus e Maria!

  35. Mandemos e-mails que faz efeito faz sim…

    Não fiquemos omissos, omissão em assunto grave é pecado grave; que aquela criatura, híbrida, efeminada, nojenta, que fala no vídeo, faça como as “católicas” pelo direito de decidir, sejam ao menos honesto ou honesta??? Sei lá que bicho é aquilo… saia da Igreja e funde a sua, como fez o tal pe. Beto, que “celebra” matrimônios, “celebra” missa, etc… Uma seita a mais outra menos, um herege a mais ou a menos, uma bicha a mais ou a menos, não faz diferença. O gravíssimo e horripilante escândalo é o silêncio da hierarquia, isso não, nós não podemos nos calar…

    Sem ofender, como CATÓLICOS, pela graça de Deus, ABARROTEMOS os endereços postais dos responsáveis que tem obrigação de barrar essa Sodoma…

    Me junto ao irmão acima nessa singela homenagem à clamorosa omissão do Bispo Carral (e também a do do Bispo Tempesta, grão-chanceler da PUC-RJ). Hão de pagar caro. Amém.

    E COMO PAGARÃO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  36. Em quem devemos crer, neles acima como noticiado ou nestes abaixo?

    Jesus à Santa Doutora da Igreja Santa Catarina de Siena:

    Link: https://www.youtube.com/watch?v=jnVTxeIL4BY

    Exorcista do Vaticano Padre Amorth sobre Nossa Senhora de Fátima (Vídeo de 10 minutos – Legendado e Publicado em Maio de 2015):

  37. Quer dizer que o Cardeal Dom Odilo autorizou o sacrilégio com a imagem de Nossa Senhora?

    E “Jesus cura a homofobia”?! Demonio atira mesmo com cabo de vassoura. Sabe mentir.

    E os excomungados descritos no post que já o fazem diariamente? Quem permite ou omite, como bem está ilustrado no texto, comete também pecado grave.

    Os “católicos de movimentos” – esse termo, movimento diz tudo: agitação, desordem, caos.
    Opondo-se a silêncio, paciência e harmonia, estes propícios a santa meditação dos mistérios de Deus. Aqueles, o erro que leva ao inferno.

    Movimentos que são impulsionados por sentimentos desordenados.

    Fazem parte dos tais “movimentos”: maçonaria(satanistas), espiritismo(macumbeiros) e (pan)heresias. Junta-se tudo, dar no mesmo.

    Os “piedosos bonzinhos” resolvem adotar, para uso frequente, outro termo dos modernistas, o acolhimento.

    É o tal acolhimento que despacha o pecador contumaz com “todos os nossos pecados” e “Deus é misericordioso”?

    Vou sim enviar toda a matéria aos endereços indicados. O vídeo e o texto abordam, simples e diretamente, a gravíssima teimosia na omissão das autoridades eclesiais no Brasil.

  38. O silêncio do bispo não quer dizer que ele seja covarde. Quer dizer que ele compactua com tudo isso. Quem cala, consente. Portanto continuará calado diante dos emails. A partir de agora, é só mandar para a congregação para doutrina da fé e/ou congregação para o culto divino.

  39. Resta inferir, sem qualquer leviandade, que o Bispo Carral tem o rabo preso com os “sodomitas em ação”. Pois assim como nas gangues de malfeitores um criminoso encoberta o outro, assim também somos levados a pensar que o clero encoberta os seus vícios. O mesmo se diga do Bispo Tempesta que está moralmente obrigado a remover o paladino da sodomia que “ensina” na PUC-RJ.

    Ambos, Carral e Tempesta – caricaturas do que deve ser um bom pastor – envergonham suas origens: Carral, que é galego, é uma vergonha para os Santos espanhóis (tão decididos como, de resto, costumam ser os espanhóis em geral); Tempesta, que morou em mosteiros cistercienses, é uma vergonha para São Bernardo, que decerto lhe daria as costas se o encontrasse por aí.

    Carral e Tempesta sentem-se acima da Sagrada Escritura, do Magistério, da doutrina comum dos Santos e mesmo da mera e necessária adesão à decência e ao pudor. Sentem-se intocáveis com suas batinas frisadas, com o séquito de bajuladores que ora os “consolam” (?!), sentem-se imortais e intocáveis e mesmo olímpicos com suas mitras, seus belos paramentos, seus pequenos gostos burgueses e seus habituais cinco minutos de fama, incensório e esplendor. Esquecem-se que belo dia morrerão e darão conta de suas vidas, darão conta da ousadia de terem aceito o episcopado numa hora tão grave para a Igreja e dele, o episcopado, fazerem uso tão pífio, darão conta especialmente desse momento de suas vidas. Que dirão para escusar-se do escândalo que ora acobertam e causam? Ao que parece, suas consciências estão mesmo cauterizadas, entorpecidas, insensíveis como a pele de alguém devastado pela morfeia.

    Por fim, é bom lembrar que alguns Santos recomendam o uso da imaginação para termos aversão ao pecado. Imaginemos que da boca de todos os propaladores do vício saia uma grande quantidade de vermes, baratas e outros seres imundos e abjetos sempre quando eles as abrem para divulgação do pecado; ou que tais seres asquerosos delas transbordem sempre que outros se furtarem de falar a verdade ou dela fizerem motivo de irrisão e pouca monta.

    “Adúlteros, não sabeis que o amor do mundo é abominado por Deus? Todo aquele que quer ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus. (…) Lavai as mãos, pecadores, e purificai os vossos corações, ó homens de dupla atitude. Reconhecei a vossa miséria, afligi-vos e chorai. Converta-se o vosso riso em pranto e a vossa alegria em tristeza. Humilhai-vos na presença do Senhor, e ele vos exaltará.” (Tg 4,4.8-9)

  40. Estes padres, no momento em que aderem a posições e grupos politicas, deixam de ser soldados defensores de cristo e já não conseguem manter acesa a luz de nosso senhor dentro do seu sacramento.
    Ou se está com Deus integralmente, lutando apenas pelas coisas de Deus, ou já se é do mundo e está nas mãos de Satanás.

  41. A infiltração desses grupos existe e é profunda. Nos Estados Unidos, por exemplo, existe uma organização chamada New Ways, que se dedica a propagar uma visão positiva da conduta homossexual na Igreja Católica. Eles divulgaram uma lista de paróquias adeptas de suas ideias. O site diz que a lista é parcial. Vejam aqui:

    http://www.newwaysministry.org/gfp.html

    Não se trata de uma entidade que busca acolher pessoas que lutam com inclinações homossexuais, conforme a doutrina da Igreja. Trata-se de defender a conduta homossexual como algo positivo e tentar mudar a doutrina da Igreja. É um grupo abertamente herético.

    O interessante é ver como a hierarquia da Igreja lidou com o assunto. O grupo foi fundado em 1977 por uma freira e um padre. Em 1984, o Vaticano ordenou que os fundadores deixassem a liderança da entidade. Nenhuma outra pena foi imposta, de modo que continuaram divulgando suas ideias no meio católico. E a própria entidade continuou funcionando normalmente. Em 1999, a Congregação para a Doutrina da Fé, sob a liderança de Ratzinger, condenou as ideias do grupo como “graves erros doutrinários” e ordenou que os fundadores parassem de divulgá-las. Ninguém foi excomungado. A freira fundadora da entidade simplesmente disse que iria desobedecer. Até hoje, nada mais foi feito.

    Este ano, essa mesma freira apóstata foi recebida com toda honra no Vaticano pelo Papa Francisco, juntamente com outros ativistas do grupo.

  42. @edu_brasileiro (twitter) Na conta pessoal do militante percebe-se que tem espaço e aporte financeiro para divulgar a causa dentro da Igreja.

    • Pelo que se vê no Twitter do dito cujo, o padre excomungado Beto foi convidado para conferir palestra em seu Encontro no fim de maio. Como dar crédito a essa gente?! Realmente é um caso que não nos deveria chamar a atenção, se não fosse a omissão do Ordinário da Diocese de São Miguel Paulista. Oxalá que ele ceda à legítima pressão do laicato e se pronuncie, contra esse pessoal, de preferência, e impondo-lhe penas, ou declarando as penas automáticas, nas quais essa ralé tenha incorrido: ralé porque gentinha que se infiltra na religião ALHEIA para tentar acabar com ela, em vão é claro, só pode ter baixas alcunhas, sem nenhum pudor de dá-las.

  43. isto é inversão de valores,querer que o errado seja o certo,Como eu Sempre Falo a Nossa Igreja Católica Apostólica Romana Não Pode Seguir o Mundo,Tem Que Ser o Contrario o Mundo Que Siga a Igreja!!!

  44. Segue abaixo o facebook deste sujeito no vídeo que acha que ainda é católico:

    https://www.facebook.com/eduardo.brasileiro.12

    Façam o favor de avisa-lo de que ele está totalmente confuso.

    Obrigado

  45. Que horror! Digam-me, isso pode ainda ser considerada uma igreja genuína?

    • Sim! Pode e é a una santa, católica e apostolica. A igreja é santa, mas formada por pecadores que somos nós, por isso rezamos por nossos pastores.

  46. Os e-mails cdf@cfaith.va e cultidiv@ccdds.va estão retornando. Há outros endereços eletrônicos destas congregações disponíveis?

  47. A Igreja precisa fazer alguma coisa URGENTEMENTE!!!

  48. ousadia e serenidade??????ta brincando!!!!

  49. Lúcio não pode aceitar uma herege para afastar outro. Isso é liberalismo do grosso, coisa dos ocultos que amam a falsa “paz” contra a Verdade. Ou a Verdade ataca todos os erros, sem tolerar nenhum, ou deixa de ser Verdade. Leia o santo Cardeal Pie a este respeito e a sua profecia para os católicos de nosso tempo. Convertam-se Lúcio e Karol, pois o Senhor os espera para nos preparar todos para tempos muito mais difíceis.

  50. Diz o luterinho que a cruz é política. Cruz, credo. A cruz, caro Luterinho, é sinal de sacrifício, de dor de Nosso Senhor para salvar os pecadores, inclusive você. Luterinho vem saltitante propugnar novos dogmas, a nova igreja. Afinal quem é Santa Joana D´Arc, São Thomas Morus ou Santa Bárbara comparado ao Luterinho. Esses morreram defendendo os antigos dogmas. Foram martirizados. Para quê, não é verdade? Martírio é do transexual crucificado. Esses santos, coitados, perderam a vida à toa. Deviam ter caído na gandaia, porque a gandaia é a libertação, principalmente se a gandaia for homossexual. Tirem as imagens dos santos das igrejas e coloquem imagens dos libertadores, daqueles que não se vincularam à “estrutura de poder”. Estrutura de poder advinda de Roma. Ora, quem mandou São Pedro, o primeiro papa, espalhar a boa nova de Cristo, espiritual e não libertatória. Devia ensinar a teologia da gandaia. Bem feito, foi martirizado. É assim. Quem quer a teologia da gandaia proclamada pelo Luterinho então siga esses saltitantes. Eu fico com a igreja eterna dos mártires.

  51. Bem sabemos que há um policiamento contra os valores naturais e religiosos, e por isso prelados são convidados a um silêncio constrangedor, pois poderão responder judicialmente. Ocorre que é chegado o momento, ou melhor, abriu-se muito as porteiras e agora é impossível fechá-las. Pela tibieza dos bons, pela covardia dos que deveriam defender as Leis Divinas, o mal tomou conta não só do mundo, mas até, de uma certa forma, da Santa Igreja. Por querer dialogar com o mal, por querer agradar a Deus e ao mundo, ultrapassou-se um limite que não é possível mais volta. Contudo, para os que temem a Deus, foi dado a seguinte mensagem: “Não tenhais medo, Eu venci o mundo.” Ainda que seja aprovadas leis iníquas, leis que a exemplo de Lúcifer proclamem: Não servirei; o mundo já está vencido. Resta agora sabermos de qual lado estamos. Deus Nosso Senhor, por duas vezes mostrou aos homens, que é Ele o princípio e fim do gênero humano. Com o dilúvio, preservando Noé e sua família, sobre Sodoma e Gomorra, resguardando Abraão e Lot e suas filhas. O motivo foi o mesmo, deram as costas para Deus, e se entregaram aos seus caprichos. Hoje, não é diferente, o que segure a Justiça de Divina, é o Sacrifício da Cruz que se renova cotidianamente sobre os altares. É dado ao mundo mais um tempo, para se converter. Infelizmente, vemos que a cada dia, mais e mais pecados bradam ao céu pedido vingança. Chegará o tempo em que o Juízo Universal será feito. Espero que até lá esses maus padres, caiam em si, e revertam todo o mal que fazem ao rebanho do Divino Pastor. Não sejamos nós cúmplices da Paixão de Cristo, mas sim sejamos o Cirineu, a Verônica, que vendo o sofrimento do nazareno, não tiveram RESPEITO HUMANO, e correram a ajudá-Lo.

  52. De católicos moderninhos e ignorantes da fé a verdadeiros apóstatas e anticristos: eis os frutos da atual Pastoral da Juventude, movimento q dizem no video q o tal Brasileiro participa. Alguém por favor me corrija se eu estiver sendo severo demais…

  53. Temos que acabar com essa super valorização da causa gay, isso só acontece por que existe uma questão econômica e não social para isso. Essas pessoas só devem ser respeitadas nada mais, como qualquer cidadão ou cidadã. Igreja cristã segue a Bíblia e nela há preceito que estabelece que um homem ou mulher que se relaciona sexualmente com uma pessoa do mesmo sexo comete pecado gravíssimo e isso é fato. A igreja católica tem simplesmente que não aceitar a prática da homossexualidade mas respeitar os homossexuais como qualquer pessoa, daí a criar orações que contemplam o movimento gay é um contra-senso terrível, cada macaco no seu galho, igreja é a casa de Deus e não palco de politicagem. Todos nós somos vítmas de preconceitos mas sinceramente negros e gays se acham casos especiais. Vamos deixar de balela e simplesmente cuidar das nossas vidas e deixar esse povo de lado, eles tem o mesmo direito e dever de qualquer pessoa, só isso!

    • Obrigada Sebastião,pretendo adquirir seu livro.E,Karol,parabéns por ser Shalom,vou rezar diariamente por sua vocação.Sou católica apostólica e romana e da RCC,que me fez e faz muito bem no sentido de amar à Igreja,estudar,etc.Sabemos que TLs detestam a RCC (olha aí a divisão do pai da mentira),dizem que o pessoal da RCC só rezam,não fazem obras sociais como eles.Graças a Deus que rezamos.Só quem reza de verdade sabe o que é a força da oração daquelas velhinhas gordas da Intercessão(agora tenho 70 anos e nunca quero deixar de prestar algum serviço à nossa Igreja,com a graça de Deus).Tenho 4 pontes de safena,mas não perco a alegria.Vamos pedir ao Senhor que,como os empregados fiéis,Ele nos encontre em nossos “postos” quando de Sua volta.Não nos preocupemos muito com a fumaça de satanás janelas a dentro de nossa Igreja,pois fumaça é fumaça.E O Santo Espírito é sopro,vento,etc.Devemos estudar bastante também para discernirmos as falsidades diárias,que vem no cardápio do Encardido,mesmo parecendo saborosas…E vamos pedir ao Senhor que nos dê a alegria de João Batista no ventre de Sta.Isabel quando Nossa Senhora grávida chegou pertinho dela.Vem,Mãezinha,para perto de nós nessa luta. EObrigada ao Shalom que nos ajudou muito e ajuda na formação,especialmente nos primeiros tempos dos grupos de oração.Alo,alô TL e afins,a verdadeira RCC só gosta de batucar e pular (nos moldes de João Batista,lógico) nos grupos para o povão.Nas Santas Missas,adorações,etc gostamos mesmo é de uma linda liturgia tradicional,com muito silêncio,incenso,orações silenciosas,etc.Sim,fiquei curada de uma depressão num grupo,há muitos anos.E Srs.Bispos,acompanhem a RCC,nos livre do mal que a missão dos pastores.Desculpem falar tanto,mas precisava desabafar.Não esqueçamos que o desânimo é o instrumento preferido do demônio.Nós seguimos a um Senhor santo,cuidadoso conosco,que nos livra do mal (NSJC,claro…)

  54. Irmãos, alguém teve mais alguma notícia sobre esse caso absurdo? Alguém já obteve alguma resposta por email?
    O infeliz silêncio de Dom Manuel pelo visto continua, mas não desistamos de pressionar, Deus está conosco!

  55. Não julgueis para não serdes julgados. Rezo para todos os irmãos que aqui se manifestaram. Vejo que alguns são profundamente retrógrados. O mundo caminha para a frente. O Papa Francisco é uma pessoa com bons propósitos e a favor da igualdade e da fraternidade. Infelizmente alguns aqui são muito apegados a bens materiais, pior ainda, defendem ainda o acúmulo de riquezas por uns poucos,em detrimento da grande maioria, contrariando as palavras de Jesus, que disse que devemos distribuir tudo que temos entre os pobres se quisermos segui-lo. Infelizmente o pessoal aqui parece que tem uma grande dificuldade em se desfazer de sua riqueza material, certamente se esquecem que nada levarão para o céu, onde um rico dificilmente entrará, é mais fácil um camelo passar numa pequena fresta.

    • Olha o que acontece com o marxismo cultural, produz pessoas iguais o zenildo. Infelizmente ele não entendeu nada, absolutamente nada, do que é postado aqui.

    • Zenildo, Zenildo…Cristo teve discípulos com boas condições financeiras: Marta e Maria, Salomé, Nicodemos, José de Arimatéia, Mateus. Um dos amigos mais queridos, Lázaro, possuía uma residência grande, onde Jesus frequentemente descansava. Hospedou-se de boa vontade na casa do rico Zaqueu. Jesus não condena o rico que sabe colocar a salvação acima da riqueza, que usa o dinheiro para o bem, socorrendo os necessitados.Esse ensinamento traz sérias consequências. O amor de Cristo nos constrange (2Cor5,14). Nisso consiste a ação social; é unicamente na concepção religiosa que descobrimos o pobre, o abandonado, a alma imortal.

      Quando o Salvador se levanta da mesa e calmamente lava os pés dos apóstolos, empreende uma revolução, subverte todos os conceitos que até então a humanidade possuía sobre poder e grandeza. O Salvador não proclama que os ricos irão para o inferno, que os capitalistas devem desaparecer, que não deve haver senhores. O Filho de Deus, Criador do mundo, levanta-se silenciosamente e ajoelha-se diante de simples pescadores para lavar-lhes os pés. Essa comovedora lição deve iluminar como um clarão o céu escuro do mundo atual. Cristo indica que é impossível suprimir as diferenças de classes entre os homens. Sempre haverá na terra: sábios e ignorantes, fortes e fracos, sadios e enfermos, ricos e pobres, patrões e operários. Não é correto incitar as classes umas contra as outras, semeando ódio e destruindo autoridade; cabe incutir nos superiores e mais fortes, nos mais instruídos e ricos, a idéia de que devem trabalhar praticando o amor caritativo, somente assim as lutas entre as classes sociais desaparecerão.

      Mergulhe nos ensinamentos da Santa Mãe Igreja.

  56. Uai Zenildo, mas Jesus não expulsou os vendilhões do templo a chicotadas? Nosso Senhor não disse: “julgai segundo a reta justiça” (Jo VII, 24)? E você, já dividiu tudo o que tem? Também não está escrito: 8 Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos anuncie outro evangelho além do que já vos tenho anunciado, seja anátema.
    9 Assim, como já vo-lo dissemos, agora de novo também vo-lo digo. Se alguém vos anunciar outro evangelho além do que já recebestes, seja anátema.
    10 Porque, persuado eu agora a homens ou a Deus? ou procuro agradar a homens? Se estivesse ainda agradando aos homens, não seria servo de Cristo. Estuda menino!

  57. “Se uma pessoa é gay, e tem bom coração, que sou eu para julga-la?

    Papa Francisco

  58. Irmãos, 3 perguntas:
    1) Quem daqui é da igreja particular de São Miguel?
    2) Quem daqui é da paróquia em questão?
    3) O ordinário local é o responsável pela igreja local, certo?
    A partir dessas questões, digo:
    a) Quem não é da igreja particular creio que não tenha nada a ver com a questão em si.
    b) Quem não é da paróquia em questão não teve acesso a tal folheto. E se os que tiveram não viram problemas com isso, o que fazer? Se viram, certamente estão se manifestando.
    c) o ordinário local é o responsável pela igreja que está em São Miguel. Ele é o sucessor dos apóstolos ali e o que ele determina é legítimo. Se ele não determinou nada referente a isso, não adianta ficar esse alvoroço.
    Um abraço.

    • Concordo convosco. Aqui em Salvador, a maioria dos clérigos não usa casula em missa ferial, permite a presença de ministros extraordinários da comunhão no presbitério, ao lado de sua cadeira, permite que o Glória da missa seja reduzido a uma variação do Glória ao Pai, não usam o clergyman. Permite-se na Arquidiocese Primaz no Brasil ainda que sejam rezadas missas afro-brasileiramente inculturadas (Rosário dos Pretos, São Lázaro), com gente trajada com roupas rituais do candomblé a participarem da “procissão do ofertório”, ao som de atabaques e tambores, instrumentos rituais da supracitada religião; no lugar do confessionários, existentes ainda nas igrejas antigas daqui, ouvem-se confissões em salas etc. Tudo o que é expressamente proibido pela Instrução Geral do Missal Romano, pelas rubricas do MR, pelo CDC, etc, aqui, parece regra geral, respeitadas as exceções.
      Se o ordinário local não toma providências, desde o antigo, nem os padres competentes, vigários, cônegos, etc, serei eu, leigo, que me arvorarei de autoridade para fazer-se aplicar a lei da Igreja? Não! Existem pessoas a quem foi delegada essa incumbência. Tenho pois me afastado das igrejas onde ocorrem essas desobediências todas… Há aqui por exemplo os beneditinos e os joaninos, que são muito corretos na execução da ação litúrgica dos sacramentos, há a Paróquia de Santana do Rio Vermelho, com o grande Pe. Ângelo, Conceição da Praia, com o inclíto pe. Adilton etc, igualmente zelosos da liturgia correcta, romana, oficial. Há sempre um oásis no deserto de desleixo, desrespeito, tibieza, relaxamento moral e doutrinário, pobreza intelectual, que é o clero soteropolitano e o caos litúrgico de que as mais belas e antigas Igrejas do Brasil têm sido palco. Acham-se exímios pregadores, moral e teologicamente fiéis aos preceitos da religião católica, e escorreitas celebrações, com toda a correção litúrgica, aqui em Salvador. Mas não é regra geral: Basílica de São Sebastião, Igreja e Convento do Bom Jesus dos Perdões, Paróquia de Santana do Rio Vermelho, Basílica de Nossa Senhora da Conceição da Praia. Se alguém souber de outras, avise-me, para que eu possa usufruir do meu direito de participar de celebrações e ouvir missa conforme as prescrições da Santa Sé.

    • Caro Bruno, você nos leva a crer, que de Igreja Católica nunca entendeu, não entende, e, pelo que se ver, nunca vai entender. Leia primeiro os documentos da Santa Igreja, principalmente o CIC, CVII, CDC e escritos dos Santos Padres, para poder falar com propriedade e não falar as asneiras acima.
      Você é mesmo católico?
      Seja louvado Nosso Senhor Jesus Cristo!

  59. Bruno,

    Que horrível a sua mentalidade de burocrata-encostado-no-balcão; foi gente da sua estirpe mental que perpetrou todos os tipos de atrocidades do nazismo. Vc mostra não ter o mínimo senso de Igreja. Deve ser neófito deslumbrado de alguma maldita seita encastoada na Igreja para corrupção dos fieis.