“Esta é a paz da Igreja”.

E sim, peçamos a paz, tal como é compreendida e desejada pelos filhos de Deus; uma paz digna deste nome, que a Sagrada Escritura de modo algum separa da Verdade, da Justiça e da Graça; esta é a paz da Igreja: o tranquilo cumprimento da lei cristã, o pacífico desenvolvimento das obras da Fé e da Caridade, a afirmação pública da verdade e dos preceitos do Evangelho, a conformidade das leis e instituições humanas com a doutrina e o ensinamento moral de Jesus Cristo, a contínua resistência ao Príncipe das Trevas e a todos aqueles que propagam as suas perversas máximas.

Dom Giuseppe Melchiorre Sarto, então bispo de Mântua — futuro São Pio X, alocução de 3 de setembro de 1889. Citado em Dal-Gal, Pie X, apud Saint Pius X, Restorer of the Church, Yves Chiron, Angelus Press, 2002, p.297 – Tradução: Fratres in Unum.com

*Publicado originalmente na festa de São Pio X de 2012

Tags:

2 Comentários to ““Esta é a paz da Igreja”.”

  1. Foi por viver em em realidade aquilo que discursava que ele, Pio X, é indubitavelmente um Santo e, também, referência do bom combate para muitos.

    Nunca um ‘papa’ ou um ‘bispo’ ou um ‘padre’ impregnado pelo espírito do cvii diria tal coisa e, muito menos, o seguinte:

    “Nosso cargo apostólico nos impõe a obrigação de zelar pela pureza da fé, pela integridade da disciplina católica e de preservar os fiéis dos perigos do erro e do mal, principalmente quando o erro e o mal se apresentam com uma linguagem atraente que, encobrindo a ambiguidade das ideias e o equívoco das expressões com o ardor do sentimento e a sonoridade das palavras, pode inflamar os corações no amor de coisas sedutoras, mas funestas.”- São Pio X

    Santo… Santo a tal ponto de fazer corar-nos de vergonha ao compararmos a nossa debilidade à sua coragem!

    Viva São Pio X e
    Salve Maria Puríssima, sem pecado concebida!

  2. Viva Cristo Rei !!!
    Viva a Sempre Virgem Maria !!!
    Viva São Pio X !!!!