Nova edição de “Opção preferencial pela família”.

Nossos amigos da editora Ambientes & Costumes nos escrevem:

A Ambientes & Costumes Editora Ltda. lançou um selo novo, as Edições Queremos Deus! O nome já diz tudo, o lindo brado do hino das Congregações Marianas em nossa sociedade pagã ressoará nas almas que ainda quererem realmente a Deus.

Para iniciar seu catálogo, estamos colocando nas livrarias a partir de amanhã uma edição comercial do Opção Preferencial pela Família – 100 perguntas e respostas a respeito do Sínodo, que será vendida em todo o Brasil. Fizemos uma edição bastante melhorada, brochura, com abas, com mais páginas, fonte maior e de melhor leitura, além de revista em alguns pequenos defeitos que havia na primeira edição em português que a Filliale Supplica, a titular dos direitos cedidos sobre o livro, lançou.

Opção Preferencial para a Família

100 perguntas e respostas a respeito do Sínodo

Formato: Livro
Autores: Dom Aldo di Cillo Pagotto, SSS, Dom Robert F. Vasa e Dom Athanasius Schneider
Prefácio: Cardeal Jorge Medina Estévez, ex-Prefeito da Congregação Vaticana para o Culto Divino e Disciplina dos Sacramentos
Editora: Edições Queremos Deus!
Assunto: Religião Católica, Sínodo dos Bispos de 2015
ISBN: 978-85-69541-01-1
Idioma: Livro em português
Encadernação: brochura
Edição: 1ª
Ano de Lançamento: 2015
Número de páginas: 88
Preço: R$ 15,00
Faixa Etária: Adulto
Dimensão: 20,8 x 14,3 cm
Lombada: 5 mm
Peso: 0,130 kg

image

Sinopse: O papa Francisco convocou para outubro de 2015 um Sínodo Extraordinário dos Bispos, a realizar-se em Roma. Organizado segundo o método de perguntas e respostas e com o prefácio de um Cardeal, um arcebispo e dois bispos da Igreja Católica prepararam este manual resumindo de forma clara e simples alguns temas particularmente em voga sobre a doutrina da Igreja a respeito do casamento e da família no mundo contemporâneo. Abordando também o debate criado na mídia sobre esses temas, os autores oferecem subsídios para a discussão com fundamento na doutrina tradicional da igreja, interpretada à luz do Novo Testamento. Destinado primordialmente aos bispos, sacerdotes, religiosos, catequistas e fiéis com responsabilidade na Igreja, o livro visa também explicar o tema família a todos os leigos preocupados com o assunto.

Anúncios

8 Comentários to “Nova edição de “Opção preferencial pela família”.”

  1. Boa Tarde,

    Excepcional, acredito que assim iremos ter subsídios para confrontar as respostas e o resultado final do Sínodo, perante nossos ” Bispos “.

    Aí é só separa o joio do Trigo. . . .

    Aproveito para pedir informações sobre a aquisição desse livro. Podemos fazê-lo por este canal? Como posso ter alguns exemplares?

    Que N.S, Aparecida, nossa Mãe e protetora nos cubra com seu manto de misericórdia.

  2. Como fazemos para adquiri-lo?

  3. Vamos comprar e divulgar . Muito bom !!!!

  4. Grandiosas congregações marianas, vossa fita azul salvará o Brasil. (Cardápio. Leme)

  5. Acabo de ler meu exemplar. Embora a Doutrina aí exposta deva ser – na teoria – crida e defendida por qualquer bom católico (o que dirá Bispos e Cardeais?), na prática é consolador e nos dá esperança ver a Fé Católica sobre o Sacramento do matrimônio claramente defendida por dignos sucessores dos Apóstolos. Deus lhes pague Dom Aldo Pagotto, Dom Robert Vasa e Dom Athanasius Schnneider.

    Também duas coisas me surpreenderam: primeiro, as citações do Cardeal Gerard Muller retiradas do livro escrito conjuntamente com outros 4 Cardeais: dignas de um prefeito da Congregação responsável pela ortodoxia da Fé. Em segundo, as citações do Papa João Paulo II (que são abundantes) demonstram uma sólida e tradicional doutrina sobre o matrimônio e como elas se distanciam daquilo que se está querendo impor à Igreja no presente momento. Estávamos acostumados a perceber a distância colossal das “doutrinas” atuais em relação à Doutrina do Concílio de Trento ou do Papa Pio IX. Agora, a crise se mostra em seu ápice quando percebemos a gritante diferença das “doutrinas atuais” com os ensinamentos de um Papa que nos deixou há apenas 10 anos. Onde querem chegar estes senhores?

  6. Uma pergunta que não se relaciona diretamente ao tema da postagem, mas a um pormenor: o hino das Congregações Marianas não é o “Do Prata ao Amazonas”?

    “Queremos Deus” é um outro hino, com tradução adaptada de uma melodia italiana que, certamente, era entoado nos círculos da Congregação, mas nunca foi seu hino.

    Alguém me corrija se me enganei. Obrigado.

  7. Ao mesmo tempo em que é lançado esse livro, que parece ser muito bom, o Papa Francisco facilita as nulidades de casamentos…para mim, essa atitude de Francisco nada mais é que a promulgação do “divórcio católico”. Quem viver verá a bagunça generalizada que vai virar, pior do que já está. Andei lendo sobre as causas de nulidades,e cheguei à conclusão que todos os casamentos podem ser anulados, visto as muitas brechas na lei. Até parece o famoso jeitinho brasileiro, a Constituinte com suas milhares de emendas.Aí fica todo mundo de bem com a consciência, ninguém vive mais em pecado e tudo bem.