Faleceu o Prof. Humberto Leal Vieira.

“Combati o bom combate, terminei a minha carreira, guardei a fé.” (II Tim 4, 7)

Humberto e sua esposa em audiência com o papa João Paulo II, que o nomeou Membro vitalício da Pontifícia Academia para a Vida, em 1993.

Humberto e sua esposa em audiência com o papa João Paulo II, que o nomeou Membro vitalício da Pontifícia Academia para a Vida, em 1993.

Recebemos com pesar a notícia de falecimento, ontem (21), do Prof. Humberto Leal Vieira, fundador da  Associação Nacional Pró-Vida e Pró-Família (a maior organização católica pró-vida do Brasil), membro vitalício da Pontifícia Academia pela vida e representante da organização pró-vida americana Human Life International.

Casado, pai de 8 filhos, avô e bisavô, durante mais de 20 anos, Humberto dedicou-se à defesa da vida humana e da família, e o fez com grade amor e bravura. Além da publicação e distribuição de livros, folhetos e outros materiais pró-vida de cunho científico e religioso, Humberto trabalhou incansavelmente para aproximar pró-vidas brasileiros e estrangeiros. Seu desejo era o de união entre todas as pessoas que acreditassem na inviolabilidade da vida humana para fazer frente aos projetos de lei que cada vez mais ameaçam a vida humana e a família. Igualmente incansáveis foram seus esforços para arregimentar sacerdotes, bispos e até cardeais para se engajarem na causa pró-vida e criarem comissões em defesa da vida em suas próprias dioceses. Sob sua direção, a Associação Nacional Pró-Vida e Pró-Família organizou vários congressos nacionais e internacionais para treinamento e aprofundamento nas questões relacionadas à vida e à família, sempre à luz da doutrina católica.

bebeUm dos muitos materiais distribuídos pela Associação Nacional Pró-vida e Pró-Família é o “bebezinho nascituro”. Esse bonequinho, feito em plástico ou resina, mostra, em proporções reais, como é um bebê nascituro com 12 semanas de gestação. Muitas pessoas ao receberem esse bonequinho com o folheto explicativo sobre o desenvolvimento fetal mudam de ideia ao perceberem que um bebê nascituro não é exatamente um “amontoado de células”, como os defensores do aborto habitualmente descrevem. Na Jornada Mundial da Juventude de 2013, no Rio de Janeiro, milhares de bebezinhos nascituros foram colocados nas mochilas dos participantes.

Uma homenagem de 2011 ao Prof. Humberto Leal Vieira prestada por pró-vidas de longa data pode ser vista aqui.

Requiescat in pace.

6 Comentários to “Faleceu o Prof. Humberto Leal Vieira.”

  1. O Prof. Humberto Leal Vieira combateu o bom combate em defesa da sacralidade da vida humana. É uma glória esse serviço prestado à Igreja e à Pátria.
    .
    A tocha passa às mãos do prof. Hermes Rodrigues Nery, para levá-la em frente. Avante, prof. Hermes!

  2. Que Deus o receba em sua glória! Orai por nós!

  3. Que rogue pela Assembleia Geral Ordinária do Sínodo dos Bispos e ajude os que combatem por Cristo e seu Reino!

  4. “Não matarás” (Êxodo 20,13).

    O Céu está em festa!
    Temos mais um santo brasileiro em defesa da vida no Paraíso Celeste.
    Membro da Pontifícia Academia Pró-Vida e presidente emérito da Associação Nacional Pró-Vida e Pró-Família, sempre foi aberto à vida: pai de 9 filhos, avô e bisavô,
    Na festa do pe. Pio…

  5. No Brasil o aborto não passou como aconteceu em vários países, e é óbvio que os revolucionários irão lutar para que o Brasil aceite o aborto. Eu tive a oportunidade de conhecer pessoalmente o Dr. Paulo Fernando Melo da Costa e o Prof. Hermes, bem como seus trabalhos da qual participa o Pe. Pedro Stepien.

    A preocupação do frater in praelio André Garcia acima é importante, pois agora mais do que nunca rogamos que aqueles que naturalmente devem tomar a dianteira do movimento pró-vida tenham a proteção de São Miguel Arcanjo.

  6. “Saudade e gratidão” [disse no sepultamento presidido pelo Pe. Pedro Stepien] expressam os nossos sentimentos, para quem foi um pai para todos nós! Estamos certos de que o céu tem hoje um nosso intercessor! Prof. Humberto Leal Vieira foi um testemunho de amor a vida!