Bispo húngaro: “Isto é, na verdade, uma invasão muçulmana da Europa”.

O Papa Francisco está errado em pedir ajuda para o mar de refugiados; isto é, na verdade, uma invasão muçulmana da Europa, diz bispo húngaro.

Por Christian Today | Tradução: FratresInUnum.com – Papa Francisco, o chefe da Igreja Católica Romana, recebeu na segunda-feira uma refutação extraordinária do principal líder católico do sul da Hungria, Dom Laszlo Kiss-Rigo, que afirmou estar o pontífice errado em dizer que os católicos têm o dever moral de ajudar as centenas de milhares de refugiados do Oriente Médio, que fluem para a Europa.

Eles não são refugiados. Isto é uma invasão“, disse Kiss-Rigo. “Eles chegam aqui com gritos de ‘Allahu Akbar’. Eles querem nos conquistar.”

A Europa está sendo tomada por infiéis que se apresentam como refugiados e que constituem uma ameaça séria para os “valores cristãos universais” do continente, disse ele.

O bispo não está sozinho em suas dúvidas e medos sobre a onda de estrangeiros de língua árabe que cruzam as fronteiras europeias. O primeiro-ministro da Hungria, Viktor Orban, também vê o fluxo de imigrantes como uma ameaça à Europa predominantemente cristã.

Correndo o risco de atrair para si um desprezo em escala global, Orban tomou medidas para tentar deter o êxodo de refugiados na sua maioria provenientes da Síria. Ele restringiu o fluxo deles, chegando a colocar alguns na prisão.

Concordo plenamente com o primeiro-ministro,” disse Kiss-Rigo disse em uma entrevista ao Washington Post na segunda-feira.

O bispo disse que muitos dos ditos refugiados não merecem ajuda porque eles “têm dinheiro.”

Eles deixam lixo ao longo do seu caminho e recusam a comida que se lhes oferecem pela ajuda humanitária, disse Kiss-Rigo, que atua há nove anos como bispo no sul da Hungria, uma região onde vivem cerca de 800.000 católicos.

A maioria deles se comporta de uma maneira que é muito arrogante e cínica“, disse ele.

Kiss-Rigo disse que o Papa Francisco está muito mal informado sobre o que realmente acontece. Ele “não conhece a situação“, afirmou.

Anteriormente, o papa falou para peregrinos e turistas na Praça São Pedro, apelando a paróquias, conventos e mosteiros em toda a Europa para que sejam “próximos” dos refugiados.

Diante da tragédia de dezenas de milhares de refugiados, que fogem da morte pela guerra e pela fome, e que caminham rumo a uma esperança de vida, o Evangelho chama-nos a sermos próximos para os mais pequeninos e abandonados, dando-lhes esperança concreta“, disse o Papa Francisco.

Não é o suficiente dizer ‘Tenham coragem, perseverem‘”, acrescentou.

O Papa citou o exemplo da Beata Teresa de Calcutá, que nasceu na Albânia, na Europa, mas foi para a Índia para cuidar dos mais pobres entre os pobres.

Que cada paróquia, cada comunidade religiosa, cada mosteiro, cada santuário na Europa possa acolher uma família, começando com a minha diocese de Roma“, disse Francisco.

Ele acrescentou que duas paróquias no Vaticano também abrigarão duas famílias de refugiados. Um porta-voz do Vaticano, padre Ciro Benedettini, disse que o Vaticano está agora decidindo quais as famílias de refugiados que serão hospedadas.

Tags: ,

19 Comentários to “Bispo húngaro: “Isto é, na verdade, uma invasão muçulmana da Europa”.”

  1. Finalmente, finalmente alguém falou a verdade sobre o assunto!!

    O politicamente correto é cínico e nauseante!!

  2. Muito complicada essa situação.. As duas partes têm razão, porque nem todos são ricos e estão vindo pra invadir (porque muitos deles estão fugindo mesmo por conta da guerra e da situação que se encontram), mas também existe boa parte que possui más intenções de fazer o uso da religião islâmica pra dominar o ocidente.

    Enfim, é muito delicado tudo isso. O Papa está certo mas também o Bispo tem suas razões para dizer isso, e ele também está correto. A única coisa que vejo é uma certa ingenuidade do Papa em não enxergar esse outro lado da moeda.

    • Existem sim alguns que estão realmente fugindo, porém pq não vão para a Arábia Saudita? Ou outro país da própria região? Seria inclusive mais perto!!! Acho que de alguma forma são “forçados” a irem para a Europa, para “justificarem”, servirem de pano de fundo, para os reais motivos, a invasão muçulmana.

  3. Tô sentindo cheiro de visita apostólica

  4. Penso que tudo o que está acontecendo foi planejado. Um modo de enfraquecer o cristianismo.

  5. Talvez Bergoglio esteja antecipando a realização da profecia de Fátima ao pedir que “cada paróquia, cada comunidade religiosa, cada mosteiro, cada santuário na Europa possa acolher terroristas islâmicos disfarçados de refugiados, começando pela diocese de Roma“:

    E vimos n’uma luz emensa que é Deus: “algo semelhante a como se vêem as pessoas n’um espelho quando lhe passam por diante” um Bispo vestido de Branco “tivemos o pressentimento de que era o Santo Padre”. Varios outros Bispos, Sacerdotes, religiosos e religiosas subir uma escabrosa montanha, no cimo da qual estava uma grande Cruz de troncos toscos como se fôra de sobreiro com a casca; o Santo Padre, antes de chegar aí, atravessou uma grande cidade meia em ruínas, e meio trémulo com andar vacilante, acabrunhado de dôr e pena, ia orando pelas almas dos cadáveres que encontrava pelo caminho; chegado ao cimo do monte, prostrado de joelhos aos pés da grande Cruz foi morto por um grupo de soldados que lhe dispararam varios tiros e setas, e assim mesmo foram morrendo uns trás outros os Bispos Sacerdotes, religiosos e religiosas e varias pessoas seculares, cavalheiros e senhoras de varias classes e posições.

    De qualquer modo, meu pressentimento é o mesmo de Gandalf quando Frodo falou em matar o Gollum: meu coração me diz que Bergoglio ainda tem um papel a desempenhar em tudo isso, para o bem ou para o mal, antes do final e quando isso acontecer a misericórdia de Deus é que decidirá o destino de muitos.

    • Li em uma matéria que o Papa Francisco teria dito que o mundo necessita de um líder ( no caso se referiu a política, e parece-me que o foco era a ecologia, principalmente), alguém aqui já viu que o Putin, está falando em atacar o EI, e estaria “tentando” convencer o Obama a fazê-lo em conjunto com os russos?

  6. Porque os países árabes ultramilionarios do Golfo Pérsico, como a A Saudita que tem um acampamento pronto onde cabem quase 4.000 000 de refugiados não se prontifica para receber esses “refugiados”?
    O papa Francisco em política externa relacionada ao famigerado Islã está muito mal informado; ou estaria do lado dos muçulmanos invasores da Europa?
    Esses caras – certa está a Hungria e correto D Lazlo – são ferozes, verdadeiras hienas, preparados desde o berço materno por essas “muié-de-pano-na-cabeça” no diabolismo: odiar quem não aceite a deusa da lua Alah e seu “profeta” Maomé!
    Será que o papa Francisco ainda não atinou que os árabes odeiam-se entre si e se arrebentam entre facções, desde a fundação dessa religião satânica pagã, de uma deusa a níveis de deuses como Baal, Moloc?.
    CONFIRAM o que estamos “carecas” de vermos:
    Mohammad al-Adnani, porta-voz do grupo terrorista ISIS, disse que as ações perpetradas pelos muçulmanos nos países do Oriente Médio e em Paris, na França, são apenas o começo da perseguição.
    “Pedimos aos muçulmanos da Europa e do Ocidente infiel que ataquem em todos os lugares […] Nós prometemos aos cristãos que eles continuarão vivendo em estado de alerta, de terror, de medo e de insegurança […] Vocês ainda não viram nada”!
    Em outubro de 2014, o Estado Islâmico se referiu aos fiéis em Jesus Cristo como seus maiores inimigos, e orienta aos muçulmanos que usem todas as ferramentas à disposição para matar cristãos: “Quebre a cabeça deles com uma pedra, ou mate-os com uma faca, ou atropele-os com seu carro, ou derrube-os de um lugar alto, ou sufoque-os, ou envenene-os… Você pode destruir tanto seu sangue quanto sua riqueza”, sugere um dos vídeos publicados pelos terroristas!
    Esse comunicado foi um dos mais delicados…

  7. Aceitar esses refugiados pode ser um recado implícitos aos muçulmanos . ” Olhem, nós cristãos recebemos de braços abertos a vocês que estão sendo mortos por seus próprios irmãos de igreja. Enquanto lhe cortam as cabeças ,nós cristão oferecemos um travesseiros para descansá-las” . Mas afinal, isso deve ser entendido por eles como uma oportunidade de conversão. È mesmo no sofrimento que muitos de nós se converte verdadeiramente a Cristo e se une à Cruz para junto co todo corpo da Igreja possa ter a chance de Salvação Eterna

    • Isso está mais para tática da teia de aranha. A aranha arma sua teia para capturar e depois devorar suas presas.

      Quem não está cego para não pensar em algo do tipo? Os bossais comunistas? Os protestantes que se estrebucham de inveja do sucesso-do-mundo de Bergoglio? Os muçulmanos? Os hinduístas? Os judeus?

      São eles tolos para caírem na teia de Bergoglio? Mais fácil os pobres católicos desavisados – trabalho feito por cinquenta anos: destruir a Fé, para implantar o secularismo na Igreja.
      Ademais não se pode admitir fazer o mal para atrair simpatizantes. Não se justifica o mal moral em qualquer hipótese. Mesmo que a ideia seja depois tirar um bem.

      E só Deus pode tirar bem do mal.

      Se argumentasse que o mal de Bergoglio faz pode Deus ainda tirar um bem muito maior – e é isso mesmo, quem sabe Deus não vá abreviar os tempos, para o nosso alívio, por tanta falta de fé promovida por Bergoglio -, admitiria que Bergoglio é um mal. Destra outra, diferentemente – é inadmissível -, Bergoglio não pode fazer o mal para depois tirar um bem – seria aberração.

      E não foi essa a tática de Paulo VI na missa nova? Tirar as imagens para não melindrar os protestantes? Torna o Altar em mesa? Que adiantou? Apenas piorou, as pessoas perderam a fé. Debandaram para a apostasia. E encheu-se de erros das heresias protestantes na Igreja. Outro exemplo, a derruba do muro de Berlim: o mal vindo da Alemanha oriental engolindo os neopagãos da Alemanha ocidental.

      Agora Bergoglio, a pretexto de evasão(promovida pelo concílio vaticano 2) de católicos – essa ideia não é dele, mas dos relativistas -; arregimenta uma massa de maus pensadores para ocupar a Igreja e destruí-La – fosse possível.

      Bem sabemos que Jesus Cristo, Nosso Senhor, nos revelou, nas anotações que constam nos memorias do evangelista São Mateus; que única e verdadeira Igreja será combatida pelos seus inimigos sempre: “as portas do inferno não prevalecerão contra ela”. Também, quanto ao combate, sofreremos(que Deus não permita) muitas baixas :”Alguém lhe perguntou: Senhor, são poucos os homens que se salvam? Ele respondeu: procurai entrar pela porta estreita; porque, digo-vos, muitos procurarão entrar e não o conseguirão.”

  8. Ora, já estamos da segunda ou terceira geração da tomada branca do islã branco na Europa. Sem surpresas que a geração atual dê mesmo guarida aos refugiados. E mais: mandem para lá soldados que a serviço do EI.

    Esse é o reflexo do pós concilio: jovens sem aspirações de santidade – bem aventurança eterna – vão militar às ilusões esotéricas do gênio de Aladim do Islã.

    • ops!
      (“)
      Ora, já estamos da segunda ou terceira geração da tomada branca do islã na Europa (há muito descendente do Islão que compõe o quadro político de certos países). Sem surpresas que a geração atual dê mesmo guarida aos refugiados (muitos fugidos da ortodoxia Islã). E mais: mandam de volta ao Iraque soldados para compor o exército do EI.

      Isso é reflexo do pós concilio: jovens sem aspirações de santidade – bem aventurança eterna – vão militar às ilusões esotéricas do gênio de Aladim do Islã.
      (“)

  9. A Hungria, a Polônia e outros países que fizeram parte do Império Habsburgo parecem estarem com maior consciência do perigo que os cerca: de um lado a invasão islamica e de outro a invasão russa do Kremlin de restabelecer a União Soviética com o nome de “Federação Russa”.

    Agora o Kremlin a pretexto de “ajudar” a Síria a combater o Isis, enviou armamentos a Síria em uma operação conjunta com o Irã, o irã dos aiatolás… mas tem católico direitista que continuará apoiando Putin. O premiê húngaro, um falsa direita, é um dos que apoiam Putin. Não é preciso dizer que futuramente os lideres ocidentais baixarão a guarda frente as forças islamitas e russos comunistas.

  10. Essa história já é há muito conhecida, e sabe-se o resultado perfeitamente através das línguas e das letras. Chama-se CAVALO DE TRÓIA, que fora uma excelente forma dos troianos invadirem os helenos.
    Às vezes eu me pergunto como pode a Igreja ter tornado-se tão ingênua para com a realidade.

  11. Se converterem a quê? Qual católico hoje conhece a doutrina católica? Aquela que Bergoglio ensina?

    Gente como Fidel Castro já se pronunciou que sendo essa a doutrina católica – doutrina de Bergoglio -, ele se converte.

    A massa de gente de toda sorte de opiniões que adere as ideias de Bergoglio junta-se aos católicos que não sabem mais nada de catolicismo vai dar em quê?

    Demonio também está “alegrinho”, pois já está convertido à doutrina Bergogliana.

  12. O exemplo a seguir é do nosso D. Afonso Henriques e do nosso D. Pelágio, rei das Astúrias. Os feitos destes dois reis são o único exemplo a seguir contra a invasão islâmica.

  13. No meu modo de ver, haverá uma contenda entre o islamismo e o comunismo (Rússia), pois os mesmos não vão tolerar que seus “pseudos aliados” dominem o mundo antes deles comunistas . Aliás , acho que os soldados que atirarão setas no santo Padre, na referida profecia do terceiro segredo e que matarão e perseguirão sem fronteiras serão os comunistas. Nossa Senhora em Fátima mencionou em suas aparições o erro que a Rússia iria espalhar caso não se convertesse e não mencionou que eu saiba alguma coisa sobre o Islã , caso alguém souber nos avise.

  14. se leram a entrevista à jornalista portuguesa o Papa falou mesmo na possibilidade de poder existir infiltrações de terroristas, por isso mesmo os refugiados terão que ser identificados antes de serem acolhidos nas paróquias. Mas não leram?