Aposentadas duas das figuras mais tenebrosas do episcopado brasileiro.

Dom Demétrio Valentini, bispo de Jales, SP, e Dom Redovino Rizzardo, de Dourados, MS, tiveram suas renúncias aceitadas pelo Papa Francisco no dia de hoje.

Não conhecemos o perfil de seus sucessores, mas, dificilmente pode ser pior que o dos sucedidos.

Anúncios
Tags:

23 Comentários to “Aposentadas duas das figuras mais tenebrosas do episcopado brasileiro.”

  1. Não os conheci, mas se forem do ramo Boff & cia. que vão em PAZ! Que aproveitem o descanso sabático e que rezem pelo BEM da Igreja.

  2. Eu desconheço no Brasil um bispo que seja tão ruim como dom Demétrio Valentini, e olha que a concorrência é forte. Bom saber que Roma se livrou desses trastes tão logo completaram a idade mínima para se aposentar.

  3. “Um abismo chama outro abismo, ao ruído das tuas catadupas; todas as tuas ondas e as tuas vagas têm passado sobre mim.

    Contudo o Senhor mandará a sua misericórdia de dia, e de noite a sua canção estará comigo, uma oração ao Deus da minha vida.

    Direi a Deus, minha rocha: Por que te esqueceste de mim? Por que ando lamentando por causa da opressão do inimigo?

    Com ferida mortal em meus ossos me afrontam os meus adversários, quando todo dia me dizem: Onde está o teu Deus?

    Por que estás abatida, ó minha alma, e por que te perturbas dentro de mim? Espera em Deus, pois ainda o louvarei, o qual é a salvação da minha face, e o meu Deus” – Salmos 42:7-11

  4. Exorto aos comentadores que cuidem de não ofender com palavras de baixo calão ou desejos contrários à caridade qualquer Bispo. Dito isso, peço que atentem ao perfil do sucessor de Dom Demétrio… estudou teologia pastoral em na UK Leuven, região comandada pelo ainda mais tenebroso Cardeal Dannels… antes disso e logo que foi ordenado (logo após a ordenação, notem bem) foi escolhido assessor nacional da Juventude Operária… escrevera um livro, sobre juventude e trabalho. Coordenava em sua paróquia o “grito dos excluídos” cujas manifestações contavam com vereadores petistas. Vejam o blog que ele tem, ou mesmo o seu perfil do facebook, se vê muitas chamadas para eventos – com, por exemplo, o “teólogo” Fernando Altemeyer Junior, e menções contra a redução da maioridade penal e direitos sociais.
    Dom Demétrio fez o sucessor… mesmíssimo perfil e bem mais jovem.

  5. Amigos de Jales, entrem em contato, por gentileza: apologista_@hotmail.com

  6. MEUS CAROS IRMÃOS.

    Conheço Dom Demétrio e sou amigo dele há alguns anos. Mas conheço por conviver com ele, ir na casa dele, comer com ele, rezar como ele e trabalhar com ele, ESTAR AO LADO DELE. Portanto não é pelo que os outros dizem dele, ou pelo que eu li dele. Se conhece uma pessoa convivendo com ela. Não sei, se essas pessoas que escreveram esses depoimentos acima conversaram com ele alguma vez. Mas posso testemunhar que é um bom cristão, tem as qualidades de um bom cristão que é a bondade, a fé, o amor pelas pessoas sobretudo pelos mais pobres, a humildade e a oração. É um homem de profunda oração. Ele esteve na abertura do concílio como padre jovem que estava lá estudando em Roma e na procissão de entrada da comitiva Dom Boa Ventura Klopenburgo viu ele e lhe deu as credenciais de jornalista para ele entrar e ele entrou e ficou 10 metros do Papa João XXIII. Como Bispo era amigo dos Padres, dos leigos, um Pastor. Era pastoralista e gostava de estar nas comunidades. Não era curial e nem apegado ao poder. O Poder para ele era serviar as pessoas. Ajudou muitas pessoas, ajudou muitos padres e foi um homem de luz. Com certeza teve seus erros como Bispo, mas seus saldo foi muito positivo. Muitos o acusavam de ser comunista. Várias vezes conversamos sobre isso tomando um chá que ele tanto gosta. Ele nos dizia que jamais seria um comunista, pois era contra qualquer tipo de ditadura e ele conversou muitas vezes com bispos de países comunistas. Ele sabia o que era isso. Outros o acusavam de ser maçon. Ele ria muito .Sei que muitos de vocês pensam ao contrário, mas entendam, eu convivi com ele e dou esse depoimento que peço que publiquem, pois eu tenho muito respeito por vocês. Dom Demétrio foi um bom Bispo, humano, acolhedor e amigo. Na paz de Jesus, Maria e José.

    • Não duvido da “bondade ” dele,mas isso não leva a concluir que foram ótimos bispos.E bispo obediente a doutrina logo será perseguido.Não acredito que todo bispo ruim seja má pessoa,mas ou sem formação adequada e/ou uma pessoa temerosa e sem aliados.Imaginemos como é esta´cercado de modernismo,os fieis desobedientes,ninguem por vc e com medo de seus superiores o perseguirem.É só pra santos ,imprudentes ou louco ser clérigo hoje em dia e sair por ai falando certas coisas

    • Era caridosíssimo, inclusive quando atacou D. Bergonzini, de modo caridosissimo, quando este atacou o aborto e alertou para o PT, partido que iria implantar o neo-comunismo no Brasil. Acho essa sua consideração muito ingênua para ficar só nisso. A prova que vc dá “é de que conviveu com ele etc.”? Francamente….
      Agora me responda: ele apoiou ou não apoiou o PT que é favorável ao aborto, casamento homossexual, contrário ao direito de propriedade?
      Fora isso, é bla-bla-blá vazio de conteúdo.

  7. Li num comentário acima a seguinte frase: “Portanto não é pelo que os outros dizem dele, ou pelo que eu li dele. Se conhece uma pessoa convivendo com ela.” Por essa lógica, o evangelho de São Lucas e as epístolas de São Paulo sobre Jesus não são críveis, pois, os mesmos não conviveram com Cristo

  8. Dom Demétrio Valentim, vá com Deus!! Que o próximo bispo seja realmente um sucessor dos apóstolos

  9. D Demétrio entregou-se ao ser amigo de Lula e de seu vampiro PT e apoiar o “grupo dos excluídos” foi péssima ideia, pois os verdadeiros excluídos estão no inferno!
    Os excluídos nos conceitos dos cabeças-cheias-de-esterco comunistas são os que pertencem a grupos marginalizados que usam como idiotas-uteis para subirem ao poder e depois brindando-os “pela ajuda”, escravizam!
    Dom Demétrio teria acusado o saudoso D Luiz Bergonzini de ter cometido crime até no Jornal de Guarulhos por ter se insurgido contra o PT, Lula e Dilma Rousseff na questão do aborto.
    *”A confirmação da atuação partidária de Dom Demétrio Valentini veio na revista Isto É, pg. 40, edição 2135, de 13.10.2010. Nessa revista está escrito: ” A exemplo do pastor Manoel Ferreira, dom Valentim é amigo de Lula, tem exercido papel fundamental no diálogo com os católicos.” Além disso, Dom Valentini insiste em que “esta situação precisa ser esclarecida e denunciada” dando a entender que existe qualquer interesse além do Evangelho”.
    Disse D Luiz:
    “NÃO LEVANTARÁS FALSO TESTEMUNHO CONTRA TEU PRÓXIMO”.(Ex 20,16) é o Mandamento. Levantar falso testemunho é mentir, como mentiram na época das eleições e continuam mentindo.”
    *Do site de D Luiz Bergonzini.
    PORQUE OS COMUNISTAS PROGRIDEM
    Discute por que razão os partidos comunistas crescem e progridem com facilidade e foi esclarecido por um ex militante comunista convertido ao catolicismo, que sabia perfeitamente e por experiência a causa desse progresso:
    “É porque nós comunistas falamos a mentira, mas com toda a desfaçatez e coragem como se estivéssemos falando a verdade; e os católicos falam a verdade, mas com medo terrível como se estivessem falando a mentira!”.
    A super atriz Dilma, dentre em muitas mais: “no meu governo não tem corrupção”!
    E o híper ator Lula e outros excelentes encenadores teatrais do PT, então, hem?

  10. Fratres, duvido que o novo bispo de Jales tenha perfil muito diferente do seu antecessor. Só ver o que ele pensa em seu blog particular. Seu pensamento político é TL pura: http://reginaldoandrietta.blogspot.com.br/
    Agora dos outros dois não tenho notícias.

  11. De que adianta tanta “bondade”, e ser amigo de lula cachaceiro e da bandilma?
    de boas intenções, o caminho para o inferno está pavimentado!

  12. “A situação nunca é tão ruim, que não possa piorar.” E os sucessores?

  13. Como pode falar desse homem assim?? Ele está com câncer e está morrendo ele é da minha diocese e nunca vi falar mal dele.. Pois sou uma pessoa que não se cega pela aparência e nunca ponho a mão no fogo por ninguém e nem aki… Só em Jesus Cristo eu confio!!!
    A única coisa que está acontecendo é que uma parte da sociedade da aqui de proprietários de terra e na qual faço parte estão revoltados com a Igreja por parte da invasão dos índios…só q quem está metido nessa é a CIMI um “braço” da igreja petista que só tem interesses junto com o governo
    E ficam culpando o bispo!!!

    • Deus se apiede da alma dele.
      E que ele tenha consciência de suas escolhas equivocadas!

    • Mayra ,um”braço” não se movimenta sozinho . Precisa estar conectado aos “articuladores” que o liga ao “Corpo” .

    • Pode falar sim,” assim” pois ele é homem público e fica sujeito a consideração pública!!!
      Vc. diz que nunca ouviu falar mal dele, mas diz “de invasões etc” e que ficam culpando ele, então ouviu sim, falar mal dele. Que contradição é essa?!
      Então como está com câncer, se canoniza a pessoa? É preciso julgar a obra da pessoa. Ele apoiou o PT que é apoiado pelo pessoal, dentre outras, da CIMI, atacou violentamente D. Bergonzini quando este movia uma cruzada contra o aborto, o casamento homossexual pregados pelo PT. E isso não é digno de nota?
      Esteja certo, ele é Bispo, e duras contas dará a Deus por essas atitudes contrárias à Doutrina Católica.
      Que se arrependa antes de se apresentar a Deus.

  14. Conquanto a teologia da libertação seja uma deriva ideológica materialista no seio da própria Igreja, dom Demétrio conseguiu ir além e fazer a síntese dialético-burguesa com a Maçonaria, que, por constituição, é absolutamente incompatível com o cristianismo e sempre lutou contra a Igreja. É realmente um escândalo incomparável: um marxista de formação comungado com o ateísmo burguês maçom. Não convém ao caso saber se dom Demétrio era uma “boa pessoa”. Não duvido de que ele possa ser alguém simpático, muito embora pelas suas declarações nunca me passou essa impressão. Mas não é isto que está em questão. O que está em questão é sua fidelidade à Igreja enquanto pastor. E nisto ele foi um desastre, o desastre mais assinalado de todo o episcopado brasileiro, e olha que a concorrência é forte.

  15. Syllabus,“Portanto não é pelo que os outros dizem dele, ou pelo que eu li dele. Se conhece uma pessoa convivendo com ela.” Isso se aplica para com qualquer pessoa, pois não podemos emitir posições favoráveis ou contra a uma ou mais pessoas, me guiando tão somente pelo que vejo falar. Afinal, as aparências enganam quer seja positiva ou negativa. Para isso é preciso muito mais que isso. No tocante a Nosso Senhor Jesus Cristo, apesar de Lucas e Paulo não terem convivido com ele, o que escreveram sobre Ele é credível;porque não foi só de ouvir falar mas foram iluminados para tal.

  16. “Teremos feito bem pouco após termos assistido todos os enfermos, socorrido todos os pobres, educado todos os ignorantes. O que é uma caridade que alivia todas as dores dos homens, se depois eles ainda devem morrer?
    A nossa caridade apenas serve para protelar a última ruína, mas não a evita. É portanto uma caridade ineficaz. Nenhum ser humano é capaz de abolir a morte, portanto caridade maior é ao invés aquela que imediatamente opera a salvação sobrenatural unindo os homens a Deus”.
    Don Divo Barsotti em sua obra “A mística da reparação”.
    http://www.amazon.ca/mistica-della-riparazione-Divo-Barsotti/dp/8888287027/ref=sr_1_50?ie=UTF8&qid=1445518554&sr=8-50&keywords=Divo+Barsotti

    E eu vou mais além, a MISSÃO dada por Jesus aos Apóstolos e seus sucessores, os Bispos legítimos foi essa:

    “Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo. Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos”.
    (Mateus 28:19,20)

    É disso que Jesus pedirá conta a cada um quese alistou em seu serviço: fez dessas pessoas discípulos de Cristo? Ou eles continuam frequentando espiritismo, candomblé, falsas doutrinas enquanto se dizem cristãos? Ensinou-as a observar tudo que Cristo mandou ou perdeu o precioso tempo de suas vidas apoiando-as e confirmando-as em seus pecados?
    No final, Deus pedirá a cada um contas dos talentos que lhes foram dados, da missão de cada um segundo seus deveres de estado. Não mais e não menos.

  17. “Manifesto contra Dom Luiz Bergonzini – Eleições de 2010”
    Fonte: Carta Maior.
    Manifesto de Cristãos e cristãs evangélicos/as e católicos/as em favor da vida e da vida em Abundância!
    Somos homens e mulheres, ministros, ministras, agentes de pastoral, teólogos/as, padres, pastores e pastoras, intelectuais e militantes sociais, membros de diferentes Igrejas cristãs…
    Dêem uma conferida na quantidade imensa de bispos e padres, religiosos leigos etc. esquerdistas que fizeram um MANIFESTO COMUNISTA contra D Luiz Bergonzini, com as assinaturas abaixo – incluso D Demétrio e mais vermelhos, logo no comuno CARTA MAIOR e confiram o tamanho do marxismo disfarçado de pastor existente em D Demétrio Valentini.
    Se tivesse saído ano passado, teria sido melhor!

    Com esta esperança e a decisão de lutarmos por isso, nos subscrevemos:
    Dom Thomas Balduino, bispo emérito de Goiás velho, e presidente honorário da CPT nacional.
    Dom Pedro Casaldáliga, bispo emérito da Prelazia de São Feliz do Araguaia-MT.
    Dom Demetrio Valentini, bispo de Jales-SP e presidente da Cáritas nacional.
    Dom Luiz Eccel – Bispo de Caçador-SC
    Dom Antonio Possamai, bispo emérito da Rondônia.
    Dom Sebastião Lima Duarte, bispo de Viana- Maranhão.
    Dom Xavier Gilles, bispo emérito de Viana- Maranhão.
    Padre Paulo Gabriel, agente de pastoral da Prelazia de São Feliz do Araguaia /MT
    Jether Ramalho, líder ecumênico, Rio de Janeiro.
    Marcelo Barros, monge beneditino, teólogo
    Professor Candido Mendes, cientista político e reitor
    Luiz Alberto Gómez de Souza, cientista político, professor
    Zé Vicente, cantador popular. Ceará
    Chico César. Cantador popular. Paraíba/são paulo
    Revdo Roberto Zwetch, Igreja IELCB e professor de teologia em São Leopoldo.
    Pastora Nancy Cardoso, metodista, Vassouras / RJ
    Antonio Marcos Santos, Igreja Evangélica Assembléia de Deus – Juazeiro – Bahia
    Maria Victoria Benevides, professora, da USP
    Monge Joshin, Comunidade Zen Budista do Brasil, São Paulo
    Antonio Cecchin, irmão marista, Porto Alegre.
    Ivone Gebara, religiosa católica, teóloga e assessora de movimentos populares.
    Fr. Luiz Carlos Susin – Secretário Geral do Fórum Mundial de Teologia e Libertação
    Frei Betto, escritor, dominicano.
    Luiza E. Tomita – Sec. Executiva EATWOT(Ecumenical Association of Third World Theologians)
    Ir. Irio Luiz Conti, MSF. Presidente da Fian Internacional
    Pe. João Pedro Baresi, pres. da Comissão Justiça e Paz da CRB (Conferência dos religiosos do Brasil) SP
    Frei José Fernandes Alves, OP. – Coord. da Comissão Dominicana de Justiça e Paz
    Pe. Oscar Beozzo, diocese de Lins.
    Pe. Inácio Neutzling – jesuíta, diretor do Instituto Humanitas Unisinos
    Pe. Ivo Pedro Oro, diocese de Chapecó / SC
    Pe. Igor Damo, diocese de Chapecó-SC.
    Irmã Pompeia Bernasconi, cônegas de Santo Agostinho
    Cibele Maria Lima Rodrigues, Pesquisadora.
    Pe. John Caruana, Rondônia.
    Pe. Julio Gotardo, São Paulo.
    Toninho Kalunga, São Paulo,
    Washingtonn Luiz Viana da Cruz, Campo Largo, PR e membro do EPJ (Evangélicos Pela Justiça)
    Ricardo Matense, Igreja Assembléia de Deus, Mata de São João/Bahia
    Silvania Costa
    Mercedez Lopes,
    André Marmilicz
    Raimundo Cesar Barreto Jr, Pastor Batista, Doutor em ética social
    Pe. Arnildo Fritzen, Carazinho. RS.
    Darciolei Volpato, RS
    Frei Ildo Perondi – Londrina PR
    Ir. Inês Weber, irmãs de Notre Dame.
    Pe. Domingos Luiz Costa Curta, Coord. Dioc de Pastoral da Diocese de Chapecó/SC.
    Pe. Luis Sartorel,
    Itacir Gasparin
    Célio Piovesan, Canoas.RS
    Toninho Evangelista – Hortolândia/SP
    Geter Borges de Sousa, Evangélicos Pela Justiça (EPJ), Brasília.
    Caio César Sousa Marçal – Missionário da Igreja de Cristo – Frecheirinha/CE
    Rodinei Balbinot, Rede Santa Paulina
    Pe. Cleto João Stulp, diocese de Chapecó.
    Odja Barros Santos – Pastora batista
    Ricardo Aléssio, cristão de tradição presbiteriana, professor universitário.
    Maria Luíza Aléssio, professora universitária, ex-secretária de educação do Recife
    Rosa Maria Gomes
    Roberto Cartaxo Machado Rios
    Rute Maria Monteiro Machado Rios
    Antonio Souto, Caucaia, CE
    Olidio Mangolim – PR
    Joselita Alves Sampaio – PR
    Kleber Jorge e silva, teologia – Passo Fundo – RS
    Terezinha Albuquerque
    PR. Marco Aurélio Alves Vicente – EPJ – Evangélicos pela Justiça, pastor-auxiliar da Igreja Catedral da Família/Goiânia-GO
    Padre Ferraro, Campinas.
    Ir, Carmem Vedovatto
    Ir. Letícia Pontini, discípulas, Manaus.
    Padre Manoel, PR
    Magali Nascimento Cunha, metodista
    Stela Maris da Silva
    Ir. Neusa Luiz, Abelardo Luz- SC
    Lucia Ribeiro, socióloga
    Marcelo Timotheo da Costa, historiador
    Maria Helena Silva Timotheo da Costa
    Ianete Sampaio
    Ney Paiva Chavez, professora educação visual, Rio de janeiro
    Antonio Carlos Fester
    Ana Lucia Alves, Brasília
    Ivo Forotti, Cebs – Canoas – RS
    Agnaldo da Silva Vieira – Pastor Batista. Igreja Batista da Esperança – Rio de Janeiro
    Irmã Claudia Paixão, Rio de Janeiro
    Marlene Ossami de Moura, antropóloga / Goiânia.
    Ir. Maria Celina Correia Leite, Recife
    Pedro Henriques de Moraes Melo – UFC/ACEG
    Fernanda Seibel, Caxias do Sul.
    Benedito Cunha, pesquisador popular, membro do Centro Mandacaru – Fortaleza
    Pe. Lino Allegri – Pastoral do Povo da Rua de Fortaleza, CE.
    Juciano de Sousa Lacerda, Prof. Doutor de Comunicação Social da UFRN
    Pasqualino Toscan – Guaraciaba SC
    Francisco das Chagas de Morais, Natal – RN.
    Elida Araújo
    Maria do Socorro Furtado Veloso – Natal, RN
    Maria Letícia Ligneul Cotrim, educadora
    Maria das Graças Pinto Coelho/ professora universitária/UFRN
    Ismael de Souza Maciel membro do CEBI – Centro de Estudos Bíbicos Recife
    Xavier Uytdenbroek, prof. aposentado da UFPE e membro da coordenação pastoral da UNICAP
    Maria Mércia do Egito Souza, agente da Pastoral da Saúde Arquidiocese de Olinda e Recife
    Leonardo Fernando de Barros Autran Gonçalves Advogado e Analista do INSS
    Karla Juliana Souza Uytdenbroek Bacharel em Direito
    Targelia de Souza Albuquerque
    Maria Lúcia F de Barbosa, Professora UFPE
    Débora Costa-Maciel, Profª. UPE
    Maria Theresia Seewer
    107. Ida Vicenzia Dias Maciel
    108. Marcelo Tibaes
    109. Sergio Bernardoni, diretor da CARAVIDEO- Goiânia – Goiás
    110. Claudio de Oliveira Ribeiro. Pastor da Igreja Metodista em Santo André, SP.
    104 . Pe. Paulo Sérgio Vaillant – Presbítero da Arquidiocese de Vitória – ES
    106. Roberto Fernandes de Souza. RG 08539697-6 IFP RJ – Secretario do CEBI RJ
    107. Sílvia Pompéia.
    108. Pe. Maro Passerini – coordenador Past. Carcerária – CE
    109. Dora Seibel – Pedagoga, caxias do sul.
    110. Mosara Barbosa de Melo
    111. Maria de Fátima Pimentel Lins
    112. Prof. Renato Thiel, UCB-DF
    114 . Alexandre Brasil Fonseca , Sociólogo, prof. da UFRJ, Ig. Presbiteriana e coordenador da Rede FALE)
    115 Daniela Sanches Frozi, (Nutricionista, profa. da UERJ, Ig. Presbiteriana, conselheira do CONSEA Nacional e vice-presidente da ABUB)
    116. Marcelo Ayres Camurça – Professor do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Religião – Universidade Federal de Juiz de Fora
    117. Revd. Cônego Francisco de Assis da Silva,Secretário Geral da IEAB e membro da Coordenação do Fórum Ecumênico Brasil
    118. Irene Maria G.F. da Silva Telles
    119. Manfredo Araújo de Oliveira
    120. Agnaldo da Silva Vieira – Pedagogo e Pastor Auxiliar da Igreja Batista da Esperança-Centro do Rio de Janeiro
    121. Pr. Marcos Dornel – Pastor Evangélico – Igreja Batista Nova Curuçá – SP
    122. Adriano Carvalho.
    123. Pe. Sérgio Campos, Fundação Redentorista de Comunicações Sociais – Paranaguá/Pr.
    124. Eduardo Dutra Machado, pastor presbiteriano
    125. Maria Gabriela Curubeto Godoy – médica psiquiatra – RS
    126. Genoveva Prima de Freitas- Professora – Goiânia
    127. M. Candida R. Diaz Bordenave
    128. Ismael de Souza Maciel membro do CEBI – Centro de Estudos Bíbicos Recife
    129. Xavier Uytdenbroek prof. aposentado da UFPE e membro da coordenação pastoral da UNICAP
    130. Maria Mércia do Egito Souza agente da Pastoral da Saúde Arquidiocese de Olinda e Recife
    131. Leonardo Fernando de Barros Autran Gonçalves Advogado e Analista do INSS
    132. Karla Juliana Souza Uytdenbroek Bacharel em Direito
    133. Targelia de Souza Albuquerque
    134. Maria Lúcia F de Barbosa (Professora – UFPE)
    135. Paulo Teixeira, parlamentar, São Paulo.
    136. Alessandro Molon, parlamentar, Rio de janeiro.
    137. Adjair Alves (Professor – UPE)
    138. Luziano Pereira Mendes de Lima – UNEAL
    139. Cláudia Maria Afonso de Castro-psicóloga- trabalhadora da Saúde-SMS Suzano-SP
    140. Fátima Tavares, Coordenadora do Programa de Pos-Graduação em Antropologia FFCH/UFBA
    141. Carlos Cardoso, Professor Associado do Departamento de Antropologia e Etnologia da UFBA.
    142. Isabel Tooda
    143. Joanildo Burity (Anglicano, cientista político, pesquisador da Fundação Joaquim Nabuco,
    144. Paulo Fernando Carneiro de Andrade, Doutor em Teologia pela Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma, Professor de Teologia PUC- Rio
    145. Aristóteles Rodrigues – Psicólogo, Mestre em Ciência da Religião
    146. Zwinglio Mota Dias – Professor Associado III – Universidade Federal de Juiz de Fora
    147. Antonio Francisco Braga dos Santos- IFCE
    148. Paulo Couto Teixeira, Mestrando em Teologia na EST/IECLB
    149. Rev. Luis Omar Dominguez Espinoza
    150. Anivaldo Padilha – Metodista, KOINONIA, líder ecumênico
    151. Nercina Gonçalves
    152. Hélio Rios, pastor presbiteriano
    153. João José Silva Bordalo Coelho, Professor- RJ
    154. Lucilia Ramalho. Rio de janeiro.
    155. Maria Tereza Sartorio, educadora, ES
    156. Maria José Sartorio, saúde, ES
    157. Nilda Lucia Sartorio, secretaria de ação social, Espírito santo
    158. Ângela Maria Fernandes -Curitiba 159. Lúcia Adélia Fernandes
    160. Jeanne Nascimento – Advogada em São Paulo/SP
    161. Frei José Alamiro, franciscano, São Paulo, SP
    162. Otávio Velho, antropólogo
    163. Iraci Poleti,educadora
    164.Antonio Canuto
    165. Maria Luisa de Carvalho Armando
    166. Susana Albornoz
    167. Maria Helena Arrochellas
    168. Francisco Guimarães
    169. Eleny Guimarães

    Fonte: Frates in Unum

    • É. O bispo vai com companhia brava e complicada para se apresentar a Deus e dar contas. Deve começar a rezar o Salmo 50 logo.