Católicos exigem a demissão do reitor da PUC Goiás por ser filiado ao PT.

Grupo liderado por Marco Rossi foi à cúria exigir um posicionamento do arcebispo e do bispo de Goiânia sobre o assunto

Por Jornal Opção  Um grupo de católicos liderados pelo estudante Marco Rossi Medeiros foi à Arquidiocese de Goiânia exigir a demissão imediata do reitor da Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC Goiás), Wolmir Amado.

O jovem — que ficou famoso nas redes após chamar professores da universidade de “excomungados” em um seminário — explica no vídeo abaixo que o reitor é filiado ao Partido dos Trabalhadores (PT) e, portanto, não poderia continuar no cargo.

“Além de ser um escândalo público, é proibido pelo Código de Direto Canônico da igreja, previsto no Cânon 810”, argumenta. Veja:

O Jornal Opção entrou em contato com a assessoria de imprensa da PUC Goiás, que informou que deve se posicionar em breve.

Veja o Cânon citado pelo grupo:

§ 1. A autoridade, que seja competente segundo os estatutos, tem o dever de providenciar para que nas universidades católicas sejam nomeados docentes que, além da idoneidade científica e pedagógica, se distingam pela integridade da doutrina e pela probidade de vida, de forma que, se faltarem estes requisitos, e observado o processo estabelecido nos estatutos, sejam removidos do cargo.

Can. 810

Anúncios
Tags:

19 Comentários to “Católicos exigem a demissão do reitor da PUC Goiás por ser filiado ao PT.”

  1. Importante destacar que, a proibição de um reitor de uma universidade católica se filiar ao PT deve-se ao fato deste pregar o socialismo, tendo como objetivo a implantação do comunismo no Brasil, e não simplesmente pela corrupção no meio político, tendo em vista que a corrupção está em todos os setores da sociedade, inclusive entre os membros da Igreja, infelizmente.

    Mas fico feliz em ver essa senhora, ainda que talvez não saiba a real causa da proibição da filiação a partidos socialistas, de apoiar a iniciativa desse jovem que em outras vezes já se demonstrou um rapaz corajoso em dar a cara a tapa e defender a Igreja dos seus inimigos. Parabéns pela iniciativa!

  2. Vamos aprender a lutar com esses jovens, se há um lugar que precisa ser limpo antes de TODOS os outros são as PUC. É nossa obrigação fazer isso, e fazer isso JÁ!

  3. Então, a cobra vai fumar.
    Também o reitor da PUC-Minas (D. Joaquim Mol) tb é ligado aos petistas (será que é filiado?).
    Pior. Com o agravamento da saúde do arcebispo de BH (Dom Walmor), ele é o mandachuva em Belo Horizonte-MG.
    Estamos caminhando para o holocausto dos verdadeiros cristãos.

    • D Joaquim Mol era o promotor de “Reforma Política para Eleições Limpas”, apesar de ser promovido na retaguarda pela imundicie chamada PT, o Partido dos Trabalhadores que só ententem de “trabalhar” os cofres na nação!
      E em seu empenho pró PT dos gatunos se ferrou!

    • Não obstante tal, Dom Mol, como Reitor da Puc Minas, é quem assina a Portaria abaixo (em vigor desde 30/03/2015), pela qual qualquer integrante da “comunidade acadêmica” pode, por petição, solicitar seja seu “nome social” nela, Puc Minas, reconhecido em provas, chamada, carteira de identificação estudantil, etc., “ao fundamento de que sua identidade civil não reflete adequadamente sua identidade de gênero”.

      Vejam por si mesmos:

      http://www.pucminas.br/imagedb/documento/DOC_DSC_NOME_ARQUI20150408160853.pdf

      Pouco importa se é ou não filiado ao PT. É preciso atentar mais às ações do indivíduo: como há “profanos” a quem os maçons chamam de “[maçons] sem avental”, um Dom Mol, com ou sem carteirinha do PT, está mais próximo do marxismo cultural que de Cristo. Ao invés de evitar a perda das almas, promove diretamente o pecado, pelo apoio ao escândalo. Basta, por exemplo, relembrar tudo quanto S. Tomás escreveu, na Suma Teológica, acerca disso. Como pecado social, a ideologia de gênero labora pela perda das almas dos indivíduos da sociedade como um todo; revela a ausência de caridade e zelo do pecador, a quem pouco importa a salvação da alma dos outros; e, por fim, encerra uma inversão luciferina, por perverter as Sagradas Escrituras.

  4. Parabéns ao Marco Rossi! Hagan lío!

    Tomara que a moda pegue porque o que tem de bispo petista por aí…

  5. Caro Marco Rossi, Deus é contigo.

    Força e Fé

  6. Além do cânon citado, outro documento da Igreja que ao menos em tese não permitiria que tal pessoa estivesse na direção de uma universidade católica é a encíclica Pascendi dominici gregis, do Santo Padre Pio X, que diz claramente:
    “Em vista tanto destas Nossas disposições como da do Nosso Antecessor, convém prestar muita atenção toda vez que se tratar da escolha dos diretores e professores tanto dos seminários quanto das Universidades católicas. Todo aquele que tiver tendências modernistas, seja ele quem for, deve ser afastado quer dos cargos quer do magistério; e se já tiver de posse, cumpre ser removido.” (http://w2.vatican.va/content/pius-x/pt/encyclicals/documents/hf_p-x_enc_19070908_pascendi-dominici-gregis.html)
    Mas infelizmente isso é letra morta, principalmente na PUC-SP.

  7. É sinal dos tempos que, como outrora ante os saduceus empedernidos, surjam também hoje almas proféticas como a desse valoroso jovem, instando os próprios Bispos a agirem conforme o Direito Canônico. Certamente haverá quem, como aqueles mesmos saduceus, o queira fazer calar por meio, em primeiro lugar, de simples desqualificações (“como pode vir esse aí ensinar-nos a aplicar os cânones?”) e, depois, até de meios mais escusos. Não importa, darão apenas testemunho de seu próprio pecado diante de Deus e da Igreja. Seja firme, caro Marco, e confie n’Aquele em quem depositou a sua fé, com humildade e constância.
    Oremos para que as PUC de todo o Brasil façam jus ao seu título. E, sempre, pela conversão da CNBB.

  8. É preciso desmascarar a hipocrisia desses esquerdopatas. Eu os conheci aos montes na universidade; a primeira ocupação de um militante de esquerda é arrumar uma noiva BEM RICA e mudar para os Jardins ou Perdizes. Bando de sicários. O mesmo se diga das Madres Leonarda Cornuta e Claudete Claudicante. Vivem no luxo e na opulência com o dinheiro das velhotas e dos trochas que compram suas fábulas de galinha. .

  9. Querido Marcos Rossi (tenho 75 anos e poderia ser a sua avó) que Deus o abençoe e proteja eternamente. Não tenha medo de continuar nesta luta. Colocarei você e todos os jovens valentes nas minhas orações.

  10. iiiiiiiiiiiii se essa moda pega não vai ficar quase nenhum corpo docente nas PUCs, se for ver a maioria dos professores são ligados ao PT, já alguns Bispos salvo exceções são ligados ao PT pela Alma.

  11. De uns poucos anos para cá o protagonismo dos leigos tem se despontado muito mais que diversos Altos Eclesiásticos, os quais pareceriam se apresentando como líderes da Igreja, no entanto, pactuariam simultaneamente com o mundo das mais diversas ideologias, particularmente das marxistas e quereriam servir a dois senhores!
    O caso da PUC-GO não se difere muito doutras PUCs, onde a infiltração ideológica sob olhares complacentes, ou também coniventes com o modernismo de certos altos hierárquicos coexistiriam, e acuariam por certos motivos escusos em não o combater, para não se passarem por retrógrados e “discriminadores”!
    A partir do procedimento da CNBB de alinhamento às ideologias marxistas e a seus asseclas, afinidade com a TL, com o PT e a mais PCs – o mau exemplo advindo da cúpula – evidente que as ideologias se expandem ao se depararem um terreno mais propicio para disseminarem-se com mais facilidade, pois a infiltração ideológica na Igreja, ao mesmo tempo criar divisões internas com um clero ideologizado, portanto relativizado, é uma das prioridades em que insistem sem treguas há décadas!!
    Imaginemos quanto mal fez e tem feito a TL com suas centenas de subversivos sacerdotes, até bispos desvirtuando a fé do povo, direcionando-o para o ecofraternohumanismo!
    A que ponto chegamos: recentemente, um bispo sedizentemente em nome da esquerdista CNBB não se comportou como idiota-útil ao acusar quem atentasse contra o ParTido das Trevas de conspirador, de golpista?!
    Estaria tão deformado e ou ideologizado no que tange à realidade que se faz de fantoche comunista sem dar conta; a não ser que acaso fosse infiltrado na Igreja a serviço dos podres poderes do globalismo mundial
    Afinal, não dá para desconfiar de um Alto Hierárquico vir a público em nome da suspeita CNBB e defender uma quadrilha de malfeitores como dirigentes de uma nação?

  12. Se for fazer um pente fino nas Universidades Católicas por causa desses comunistas vai rodar muita gente rsrsrs. A atitude do nosso irmão Católico está certíssima mas duvido que vão fazer alguma coisa. Infelizmente as Universidades estão entupidas desses tipos de propósito, são eles que fazem essas instituições cada vez menos Cristãs e cada vez mais elas se tornam antros de onde os jovens deviam manter grande distância!!

  13. O bispo não quer atender porquê? Será que não quer se indispor com o partido, com o reitor petista?. Ahhhh,…sei. Que Deus lhes dê muita coragem para enfrentar esses vermelhinhos.

  14. Marco é um grande jovem!

    Deus te guie,

    Um abraço,

    Régis.

  15. A Paz e a Graça de Jesus,

    Seria possível que fosse informado se D. Joaquim Mol tem nome social? Se sim qual é o nome que ele atende socialmente?

  16. Agora que abriu o comentário… Senhor Nilson Vasconcelos posso publicar seu post denúncia que fala sobre Dom Mol na minha página do Facebook? Sou católica e tenho amigos muitos católicos que gostariam de serem informados sobre este fato. Sou do Rio de Janeiro, região metropolitana, e tudo que se refere a defesa de nossa Santa e amada Igreja Católica me interessa. Mas esta denúncia é muito grave! Como pode acontecer este fato em uma universidade católica? Infelizmente é neste lugar, que deveria ser um canal para evangelizar e levar Cristo, se torna um antro de apóstatas e marxistas culturais. Comunistas. Tem algo fora dos eixos… E se tem que fazer um grande esforço para colocá-lo de volta em seu lugar.

    • Fique à vontade, querida. Mas, como eu procedi à exposição do fato, seja cautelosa, porquanto tudo quanto tais pessoas desejam é uma perseguição jurídica ou jornalística no intento de destruir reputações e vidas. Isto é, simplesmente relate os fatos, com o linque para a Portaria, mas sem proceder a ataques pessoais gratuitos ao Reitor. Feito isso, terá evitado qualquer ação por crime de injúria. Há gente capaz de tudo hoje em dia.