CNBB e entidades conclamam à paz.

Entidades assinam Conclamação Dirigida ao Povo Brasileiro. 

Fonte: CNBB (destaques do original)

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), o Ministério da Justiça, o Ministério Público Federal e o Instituto dos Advogados Brasileiros assinaram, na manhã desta sexta-feira, 1º de abril, Conclamação Dirigida ao Povo Brasileiro, na qual exortam a busca permanente de solução pacífica para a crise.

No texto, as entidades conclamam “todos os cidadãos e cidadãs, comunidades, partidos políticos e entidades da sociedade civil organizada a fazer sua parte e cooperar para este mesmo fim, adotando, em suas manifestações, a busca permanente de soluções pacíficas e o repúdio a qualquer forma de violência, convictos de que a força das ideias, na história da humanidade, sempre foi mais bem-sucedida do que as ideias de força”.

Assinam a conclamação o bispo auxiliar de Brasília e secretário geral da CNBB, dom Leonardo Steiner; o ministro da justiça, Dr. Eugênio Aragão; o procurador federal, Dr. Aurélio Veiga dos Rios; e o representante do Instituto dos Advogados Brasileiros, Dr. Técio Lins e Silva. 

O evento foi realizado na sede da CNBB, em Brasília, com presença de representantes da sociedade civil, pastorais, movimentos e organismos.

Confira a íntegra da Conclamação:

 Conclamação ao Povo Brasileiro

 Reunidos, por iniciativa da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB,-

Ministério da JustiçaMinistério Público FederalInstituto dos Advogados Brasileiros,

Considerando as graves dificuldades institucionais, econômicas e sociais da atual conjuntura nacional, que geram inquietação e incertezas quanto ao futuro;

Considerando que nenhuma crise, por mais séria que seja, pode ter adequada solução fora dos cânones constitucionais e legais em decorrência do primado do Direito;

Considerando que as divergências naturais, numa sociedade plural, não devem ser resolvidas, senão preservando-se o respeito mútuo, em virtude da dignidade da pessoa humana;

Considerando que, em disputas políticas, necessariamente haverá aqueles que obtêm sucesso e aqueles que não alcançam seus objetivos;

Considerando que, nestes casos, o êxito não pode significar o aniquilamento do opositor, nem o insucesso pode autorizar a desqualificação do procedimento;

Considerando que, sejam quais forem os grupos políticos, suas convicções e valores não devem ser colocados acima dos interesses gerais do bem comum do Estado, que tem o dever de priorizar os grupos mais vulneráveis da população;

Considerando, por fim, que às entidades subscritas cabe desenvolver o seu mais ingente esforço para assegurar a prevalência das garantias constitucionais, norteadas por nossa Carta Cidadã de 1988 no artigo 3º:

Constituem objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil:

  1. construir uma sociedade livre, justa e solidária;
  2. garantir o desenvolvimento nacional; 
  3. erradicar a pobreza e a marginalização e reduzir as desigualdades sociais e regionais; 
  4. promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer outras formas de discriminação.

Conclamam todos os cidadãos e cidadãs, comunidades, partidos políticos e entidades da sociedade civil organizada, a fazer sua parte e cooperar para este mesmo fim, adotando, em suas manifestações, a busca permanente de soluções pacíficas e o repúdio a qualquer forma de violência, convictos de que a força das ideias, na história da humanidade, sempre foi mais bem sucedida do que as ideias de força.

Se assim o fizermos, a História celebrará a maturidade, o equilíbrio e a racionalidade de nossa geração que terá sabido evitar a conflagração, que somente divide e não constrói, fazendo emergir dos presentes desafios, ainda mais fortalecidas, as Instituições, a República e a Democracia.

Brasília, 31 de março de 2016

Dom Leonardo Ulrich Steiner

Conferência Nacional dos Bispos do Brasil

Dr. Eugênio Aragão

Ministério da Justiça

Dr. Aurélio Veiga dos Rios

Ministério Público Federal

Dr. Técio Lins e Silva

Instituto dos Advogados Brasileiros

Tags:

20 Comentários to “CNBB e entidades conclamam à paz.”

  1. Circulem esta nota entre seus filhos, as jararacas, MSTs e tutti quanti. Não venham querer dar lição de moral na sociedade brasileira que mostrou-se sempre pacata diante das constantes agressões que vem sofrendo de gente criada por vocês! Canalhas!

  2. O PT nasceu com o apoio de um segmento da Igreja Católica no qual nunca apoiei nem estive inserida.
    Esta nota não me diz respeito. Melhor seria que a CNBB aconselhasse os PETRALHAS, a terem vergonha na cara e não ficar incitando os coitados que fazem partes de comunidades a partir para a “luta”.

  3. A CNBB quer uma falsa paz no reino do diabo, nós queremos a verdadeira paz de Cristo no Reino de Cristo:

    “Se a Revolução é a desordem, a Contra-Revolução é a restauração da ordem. E por ordem entendemos, a paz de Cristo no Reino de Cristo. Ou seja, a Civilização Cristã, austera e hierárquica, fundamentalmente sacral, anti-igualitária e anti-liberal. A ordem nascida da Contra Revolução deverá refulgir, mais ainda do que a da Idade Média, nos três pontos capitais em que esta foi vulnerada pela Revolução: Um profundo respeito aos direitos da Igreja e do Papado e uma sacralização, em toda a extensão do possível, dos valores da vida temporal, tudo por oposição ao laicismo, ao interconfessionalismo, ao ateísmo e ao panteísmo, bem como as suas respectivas sequelas. Um espírito de hierarquia marcando todos os aspectos da sociedade e do Estado, da cultura e da vida, por oposição à metafísica igualitária da Revolução. Uma diligência no detectar e no combater o mal em suas formas embrionárias ou veladas, em fulmina-lo com execração e nota de infâmia, e em puni-lo com inquebrantável firmeza em todas as suas manifestações, e particularmente nas que atentarem contra a ortodoxia e a pureza dos costumes, tudo por oposição à metafísica liberal da Revolução e à tendência desta a dar livre curso e proteção ao mal.” (Revolução e Contra-Revolução. Plínio Correa de Oliveira. Capítulo II).

  4. Conclamam todos os cidadãos e cidadãs, comunidades, partidos políticos e entidades da sociedade civil organizada, a fazer sua parte e cooperar para este mesmo fim, adotando, em suas manifestações, a busca permanente de soluções pacíficas e o repúdio a qualquer forma de violência, convictos de que a força das ideias, na história da humanidade, sempre foi mais bem sucedida do que as ideias de força.

    CONCORDO PLENAMENTE! Que os movimentos armados ligados ao PT — MST, CUT, Via Campesina, FARCs e etc — aceitem o resultado democrático de um impeachment constitucional e que vão pacificamente para casa procurar emprego, contribuindo assim validamente para a erradicação da pobreza e da desigualdade social.

  5. Ide e bradai tais palavras aos incendiários, aos queimadores de bandeira, aos agressores de jornalistas, aos depredadores de patrimônio, aos que levantam foices e facões em postura ameaçadora!

  6. O narcismo e a megalomania das clérigas da TL não lhes permitem ver que NINGUÉM está aí pra elas.

    Para quem essas doidivanas desocupadas da CNB Bi estão falando? Para o espelho? Para a parede? Não têm senso do ridículo? De oportunidade? SIMANCOL? Da altura do seu sacro pinico sentem-se Catão ou César, mas, na verdade, transformaram o que dizem ser a “igreja católica” num pandemônio, num pau de galinheiro e gaiola das loucas e, não incomodadas, antes, bem felizes, posam de profetas da moralidade, da concórdia e da sensatez, enquanto elas e suas clérigas, todas, sambam em cima Código de Direito Canônico e da disciplina eclesiástica, gastando o dinheiro das velhinhas sabemos todos de que jeito e entregando o povo simples à exploração psicológica e financeira das seitas protestantes. Sai satanás!

  7. Acaso, CNBB, deu atenção às profecias de N Senhora das Graças de o Brasil, devido ao renegar a fé cristã e atolar-se no material-ateísmo, coadjuvado por tantos eclesiásticos, como os aderentes à esquerdista Teologia da Libertação e seus apoiadores, depois entrasse em serios conflitos internos pela instalação do satanista comunismo, como castigo?
    Ajudou a postar os asseclas de Satã no poder, a ajuda da instituição foi vital para eles, que patentemente o reconhecem, e esperar deles o quê, CNBB?
    Está arrependida de ter sido imprevidente, ter-lhe faltado a virtude da prudencia, percebendo ser agora uma situação quase irreversível e ter de compartilhar doravante com os possíveis confrontos e se sentir culpada de ter sido a coluna-mestra de sustentação deles no poder até hoje?
    Lembra em 2010 quando o eminente defensor da fé, “politicamente incorreto”, D Luiz Bergonzini lutou contra a eleição de Dilma, a qual não apoiava por ser uma comuno-abortista, citou a CNBB como sua coadjuvante – ela o repreendeu e o desautorizou a falar em seu nome?
    Estarmos numa situação possível de embates, os ânimos estão super acirrados entre os beligerantes, nenhuma das partes cederia e a CNBB estaria se sentindo compartilhando com a quadrilha do PT, chegando nessa situação de quase um impasse com sua ajuda pelo silencio em os denunciar ou combater?
    Porque não vem alertando há décadas o povo da possibilidade de se gerar o caos ao elegerem os anarquistas revolucionarios marxistas antes de o povo se revoltar contra essa quadrilha organizada a serviço do crime, cujas cabeças só possuem esterco marxista?
    Será que me enganaria de crer que a CNBB, por ter se omitido por tanto tempo apoiando os marxistas estaria agora arrependida, teria entrado num certo desespero pelo REMORSO DA OMISSÃO e poderia ser demasiado tarde?
    PRECISAMOS ODIAR. O ODIO É A BASE DO COMUNISMO. AS CRIANÇAS DEVEM SER ENSINADAS A ODIAREM SEUS PAIS SE NÃO FOREM COMUNISTAS – Lênin – sabia disso, CNBB?.
    Acaso não sabia que a origem do comunismo provém dos satanistas Marx e Engels, do martelo da destruição, da foice da morte, do vermelho da bandeira representando o sangue dos adversarios e da estrela de 5 pontas que os “ilumina” sendo o pentagrama satãnico?

  8. Os teólogos da corte (lobos em pele de cordeiro) são sempre subservientes à política de Nero:
    – Pão: bolsa família e,
    – Circo: copa mundial e olimpíadas.

    Realmente, estamos vivendo dias difíceis dentro e fora da Igreja Católica.
    A APOSTASIA vai de vento e popa.

    CNBdoB, por que não te calas?

  9. Faltou o PT assinar. Será por quê? Deve ser por causa do histórico.

    http://reaconaria.org/blog/reacablog/celso-daniel-nao-foi-um-assassinato-foi-uma-chacina/

  10. Oração para todos os integrantes da CNBB: Que com a intercessão de Nossa Senhora, Nosso Senhor Jesus Cristo possa abrir os vossos olhos e corações para que vejam e conheçam a verdade e parem de apoiar o comunismo no Brasil. Amém.

    DECRETUM CONTRA COMMUNISMUM
    Decreto do Santo Ofício de 1949

    Q. 1 Utrum licitum sit, partibus communistarum nomen dare vel eisdem favorem praestare.
    [Acaso é lícito dar o nome ou prestar favor aos partidos comunistas?]
    R. Negative: Communismum enim est materialisticus et antichristianus; communistarum autem duces, etsi verbis quandoque profitentur se religionem non oppugnare, se tamen, sive doctrina sive actione, Deo veraeque religioni et Ecclesia Christi sere infensos esse ostendunt.

    Q. 2 Utrum licitum sit edere, propagare vel legere libros, periodica, diaria vel folia, qual doctrine vel actioni communistarum patrocinantur, vel in eis scribere.
    [Acaso é lícito publicar, propagar ou ler livros, diários ou folhas que defendam a ação ou a doutrina dos comunistas, ou escrever nelas?]
    R. Negative: Prohibentur enim ipso iure

    Q. 3 Utrum Christifideles, qui actus, de quibus in n.1 et 2, scienter et libere posuerint, ad sacramenta admitti possint.
    [Se os cristãos que realizarem concientemente e livremente, as ações conforme os n°s 1 e 2 podem ser admitidos aos sacramentos?]
    R. Negative, secundum ordinaria principia de sacramentis denegandis iis, Qui non sunt dispositi

    Q. 4 Utrum Christifideles, Qui communistarum doctrinam materialisticam et anti Christianam profitentur, et in primis, Qui eam defendunt vel propagant, ipso facto, tamquan apostatae a fide catholica, incurrant in excommunicationem speciali modo Sedi Apostolicae reservatam.
    [Se os fiéis de Cristo, que declaram abertamente a doutrina materialista e anticristã dos comunistas, e, principalmente, a defendam ou a propagam, “ipso facto” caem em excomunhão (“speciali modo”) reservada à Sé Apostólica?]
    R. Affirmative.

  11. CNBB deveria promover “A CRUZADA DO ROSÁRIO” foi assim que em 1964 o comunismo
    foi afastado do Brasil.Será que hoje teriamos 1.000 famílias Católicas que sabem
    rezar o terço?Tenho dúvidas

  12. D. Leonardo et caterva,

    concordo com a pacificação ordeira da sociedade brasileira.
    Nossas FFAA também.
    Porém, V. Exªs. devem conhecer o provérbio latino:

    SI VIS PACEM, PARA BELLUM!

  13. Nota com base na filosofia apregoada pela escola de Frankfurt. Marxismo cultural puro. Que ardam no Inferno luciferiano excomungados.

  14. Hoje eu vejo como Deus é bom para os seus filhos. Graças a Deus a CNBB, como muito bem definiram mais acima, das clérigas da TL, não ter mais nenhuma influencia na sociedade brasileira.

    Fico imaginando se essa instituição tivesse a influencia hoje como tinha no passado! Provavelmente já estaríamos em uma guerra civil onde a CNBB comandaria até mesmo uma especie de “exército do Stedile” versão clerical e levando muitos dos fieis católicos para a morte em uma guerra de classes.

  15. Curioso. Quando se dirigem a movimentos com efetivo histórico de violência (e.g., o MST), a exortação desses mesmos agentes vem carregada de conotações bastante distintas. Falam, então, de “chamamento à luta” e outros quejandos. Eis que os lobos decidiram exortar as ovelhas a baixar a guarda. Que belíssimo exemplo dão de dúplice padrão moral ao, assinando em conjunto com o poder iníquo, ostentarem suas condições não como pastores da Igreja, mas como burocratas soviéticos que são, desarmando os católicos com uma mão e armando os mercenários da mortadela e dos bancos públicos com a outra para, assim, seguirem fomentando a guerra assimétrica contra a nação brasileira e suas origens cristãs.

  16. Os comunistas não precisam de nada mais que uma Igreja Católica se parecendo em cima do muro, não vê nada que vão fazendo com a sociedade, como se fosse mercadoria do partido para ser ensinada na doutrina deles, a começar das escolas infantis direcionadas nos caminhos da Revolução.
    Quando a gente vê uma Igreja católica debaixo das botas de um governo comunista por tantos anos e não existe oposição de parte dela, passa a ter certeza que existe ALGO DE BASTANTE PODRE NESSA RELAÇÃO!
    A Igreja do Brasil nunca peitou até hoje os comunistas desse governo de soberbos, ex guerrilheiros marxistas que queriam e ainda sonham em implantar de qualquer jeito uma DITADURA COMUNISTA AQUI – o problema é que o povo daqui não tolerará essa vagabundagem aqui!
    Os libertinos que compõem esse partido são uns individuos que mais parecem ser histéricos para defenderem a continuação no poder a qualquer custo, no caso a CNBB não se opõe – se não é que sempre apoiou por se manter calada – vendo esse governo COMPRAR PARLAMENTARES O TEMPO TODO!
    O que se tem visto sem disfarces de todos, existiu até hoje e que vem se mantendo por tantos anos são os constantes encontros entre as 2 partes; nas horas das dificuldades por tantos desacertos desse governo de larapios, a presidente Dilma doidona de mais, como uma senhora de recados do Lula, correndo atrás da CNBB e D Raymundo e mais sempre recebendo a bandidagem comunista como se fossem velhos amigos, ambas partes sorridentes e não desafetos!
    Vão me dizer que a CNBB não sabia que os comunistas não têm nada a perder – a não ser que seja anexo deles!

  17. Essa publicação do FIU precisa ser lida conjuntamente com outras abaixo, também do FIU ; não podemos ter memória tão curta, não podemos nos esquecer de tudo o que vem acontecendo, de seu contexto:

    1) A denúncia do profº Hermes R. Nery: https://fratresinunum.com/2016/03/22/vermelho-destaca-apoio-de-bispo-que-pretende-falar-pela-cnbb-a-lula/

    2) A carta aberta do mesmo profº Hermes R. Nery ( que eu assinei ): https://fratresinunum.com/2016/03/30/carta-aberta-aos-bispos-do-brasil/

    3) A manifestação de Marco Rossi, que foi ”excomungado” ( sic ): https://fratresinunum.com/2016/03/23/catolicos-exigem-a-demissao-do-reitor-da-puc-goias-por-ser-filiado-ao-pt/

    4) A intervenção de Leonardo Steiner: https://fratresinunum.com/2016/03/30/dom-leonardo-da-cnbb-diz-a-lewandowski-que-ve-crescente-intolerancia-no-pais/

    5) O lamento de Joaquim Mol: https://fratresinunum.com/2016/03/31/36934/

    6) Agora. a manifestação oficial da CNBB: https://fratresinunum.com/2016/04/01/cnbb-e-entidades-conclamam-a-paz/ .

    Ninguém mais pode ter dúvida de que lado está a CNBB, a quem serve; ninguém mais pode ter dúvida de que as vias normais para tratativas desta índole são absolutamente equívocadas e inúteis quando, do outro lado, impera a ideologia, o dolo, quando do outro lado não se busca a Verdade e, sim, a colaboração consciente com aquilo que é, que representa o contrário do Catolicismo ; do outro lado não estão católicos comprometidos com a Igreja, com a defesa da Fé inequívoca de Nosso Senhor Jesus Cristo; essas pessoas não teem autoridades sobre os fiéis.

    Alexandre V.

  18. faltou um signatário da carta: o PT…comunicado ridiculo e sem conteúdo, mais parecendo um aconselhamento de autor de auto ajuda…sinceramente é uma afronta à inteligencia de alguém medianamente inteligente…

  19. “Die Religion … Sie ist das Opium des Volkes” (Karl Marx)

    Sou obrigado a concordar com o Karl Marx:

    A Religião professada pela CNBB é o ópio do povo brasileiro.

    Tenho dito!