Papa recebe Letícia Sabatella: em pauta a crise no Brasil.

Ele não se intromete em assuntos de política interna dos países, mas só se encontra com expoentes de um único lado…

Cidade do Vaticano (RV) – O Papa recebeu em audiência privada, no final da tarde da segunda-feira, (09/05), a atriz e ativista brasileira Letícia Sabatella, acompanhada da juíza substituta do Tribunal de Justiça de São Paulo, Kenarik Boujikian.

Em entrevista à Rádio Vaticano, Sabatella falou a respeito da temática da audiência com Francisco.

“O Papa Francisco foi extremamente acolhedor, gentil, demonstrou-se preocupado com esse clima de ódio e de polarização no país. Ele acolheu a nossa colocação. Ele guarda suas reflexões para o que venha a pronunciar ou fazer. Ele nos escutou e nos acolheu, profundamente”.

Constituição

“Ele já reza pelo Brasil. Disse que vai falar algo sobre o diálogo, sobre a possibilidade de dialogar, que é o princípio da democracia. Acho que a democracia é para ser cuidada neste momento em que está correndo um grande risco, em que está sendo aviltada, no momento em que a Constituição é rasgada e é imposto o impeachment sem justificativa, a gente fica preocupado com quantos direitos vão ser perdidos a partir daí. Acho que o Papa Francisco deve falar algo em breve sobre o diálogo, sobre essa busca pelo diálogo, para que a gente chegue a conclusões melhores. Mas o que eu posso dizer é que ele nos escutou”.

 

Já a juíza Kenarik Boujikian falou sobre a motivação do encontro com o Papa.

“O encontro se deu em razão de um pedido dos movimentos populares para manter este diálogo com o Papa Francisco que já há algum tempo já mantém uma conversa com os movimentos populares. O primeiro encontro, em 2014, aqui no Vaticano, tinha três temas fundamentais: terra, trabalho e teto. Em razão dos acontecimentos no Brasil os movimentos populares queriam trazer ao Papa Francisco as suas preocupações. Por esta razão, eu e Letícia Sabatella, estivemos aqui, por quase uma hora, relatando o que está acontecendo em nosso país”.

 

Tags:

28 Comentários to “Papa recebe Letícia Sabatella: em pauta a crise no Brasil.”

  1. Ahahaha
    Se Francisco rezar por nós , da mesma que rezou pela sua Argentina , já está bom demais .

  2. Essa senhora não fala em nome do país, e nem dos brasileiros dignos e honestos.
    Fala em nome, e em defesa, da organização criminosa, que (des)governa o país há 13 anos e meio!

  3. Dissecando a dissimulação, para principio de conversa, os “movimentos populares” não passam de “milicias comunistas” e, quando os comunistas relatam a palavra “povo”, referem-se a eles, como se fossem o povo, tal como entendemos a população em geral.
    Tais “movimentos populares”, que de populares só possuem golpismos e nomes, são os conhecidos e manjados “mortadelas”, pagos para fazerem manifestações, desordens ou vandalismos para os comunistas, levados de õnibus para os locais, depois deixados de volta em suas cidades, e recebem instruções durante a viagem de como agirão em favor do ideal que “defendem”, no caso, os meliantes do PT.
    Só de o Vaticano dar acesso a um desordeiro marxista como João P Stédile e a mais similares, incluindo-se discursarem dentro de suas dependencias e mais “diálogos” com comunistas, dá ideia dos atuais direcionamentos à sinistra do “Politicamente Correto” adotado!
    … “Acho que a democracia é para ser cuidada neste momento em que está correndo um grande risco, em que está sendo aviltada, no momento em que a Constituição é rasgada e é imposto o impeachment sem justificativa, a gente fica preocupado com quantos direitos vão ser perdidos a partir daí”…
    Será que se preocupariam de fato é com as benesses que perderão em novo governo, antes destinadas aos artistas defensores da causa?
    Nunca vi falar que comunista seja democrático, respeite leis se não acordarem com a ideologia, dialogue com alguém e muito menos ainda se cristão!

  4. Pergunta que não quer calar : Quanto custou e quem pagou as passagens e a hospedagens das duas feminazis ?

  5. Estamos bem de presidente, de papa e de intercessora…

    http://www.bonde.com.br/?id_bonde=1-26–16-20141104

  6. Essa é a fonte de informações que ele busca? Estamos……..

  7. As duas devem ter suado mais que prostituta em dia de missa. Mentir em frente ao Pontífice, dizendo ser golpe um processo definido democraticamente pelo STF e estabelecido pela constituição, coloca estas “honrosas” damas a um passo da porta do inferno. Elas podem ter perdido completamente a dignidade, e devem já ter vendido a “alma” ao diabo……nada mais resta a fazer. Rogai por nós os pecadores, Amém!

  8. O “clima de ódio” referido, deve ser o do povo contra esse desgoverno da roubalheira democratizada…

  9. Essa atriz não representa o povo brasileiro e nem fala em seu nome. Recebeu dinheiro do Ministério da Cultura ( 1,5 milhão ) para fazer publicação de seu livro utilizando recursos deste Ministério corrupto, assim como Chico Buarque e outros artistas que se venderam em troca de dinheiro.Como Papa Francisco está numa situação difícil, ele seria obrigado a receber até alguns ditadores para tentar pelo menos ” algum diálogo “.Alguém deveria ir até Roma e explicar A VERDADE DA CASSAÇÃO DA PRESIDENTE DILMA A ELE, POIS DE MOVIMENTO , REALMENTE , POPULAR, NÃO TEMOS NENHUM QUE REPRESENTA OS BRASILEIROS.Deveriam explicar ao Papa Francisco que o Partido dos Trabalhadores – PT – que NÃO TRABALHAM , QUEBRARAM O BRASIL E A MAIOR ESTATAL DO BRASIL – a Petrobrás.

  10. Como disse no texto, acima, Letícia Sabatella: “O Papa Francisco foi extremamente acolhedor, gentil”.. Mas ele tem sempre sido assim também com os ditadores e opressores das nações comunistas da América Latina. Mas, o que se espera de um Papa, que, quando é eleito, é festejado por um excomungado marxista, como frei Leonardo Boff? Em todo caso, o certo é os políticos e jornalistas, principalmente americanos e europeus não estão isolados do mundo e, portanto, não são alheios às realidades políticas do Brasil. Quando por exemplo, Dilma foi a Nova York queixar-se de que estava sendo vítima de golpe, o que ela fez foi demonstrar a extrema estupidez de que possa também lá na America do Norte enganar jornalistas. Lembro-me, a esse respeito, que, por volta do ano de 1920, em um dos trechos do discurso da sua campanha eleitoral, Rui Barbosa, no seu livro, “Discursos, Orações e Conferências”, referindo-se aos que pretendiam que os estrangeiros ignorassem as tramoias aqui praticadas, concluiu um parágrafo sobre essa pretensão, dizendo: “Isso nos tempos de hoje, senhores; que prodígio de imbecilidade”. E o que diria ele nos tempos de hoje, com a internet, televisão, etc?

  11. Todos os esquerdiopatas esqueceram sua premissa dogmática do “estado laico”…

  12. Bem que o Santo Padre poderia receber o Dom Bertrand em vez da Letícia Sabatella.

  13. Acho que até mesmo um desses padres cantores famosos seria melhor que a Sabatella e a Kenarik. Por que receber logo elas?

  14. Karlos Guedes, bem lembrado! Quando é para impor ideologia de gênero, defender aborto, casamento sodomita e adoção de crianças por esses pervertidos, feministas como essa Leticia Sabatella são as primeiras a gritar “ESTADO LAICOOOOOO”, “separação entre Estado e Igreja…etc, mas na hora que a coisa aperta para o lado delas, correm pra reclamar com o Bispo de Roma!
    Essa mulher é a cara do desespero em todos os sentidos. Artista que é bom mesmo não precisa depender de verbas do Governo pra se manter em evidência e muito menos queimar sua credibilidade tornando-se ativista político. Há os que fazem por convicção, mas no caso dessa aí fica claro que está defendendo a teta em que mama.
    Quanto ao Bispo de Roma, esse já passou da hora de reavaliar suas prioridades! Até quando ele vai ficar recebendo celebridades mundanas com talão de cheques na mão, enquanto ignora cristãos como a família de Asia Bibi e os padres, bispos e leigos perseguidos na Síria e no Iraque?

  15. Com todo respeito, mas vejo o Sumo Pontífice recebendo em audiências e de sorriso aberto judeus, islâmicos, pastores protestantes, ateus, inimigos declarados da Santa Igreja, políticos de esquerda, feministas, etc., mas se negou a receber Dom Rogélio Livieres, que foi bispo legítimo da Igreja Católica! Isso me deixa muito triste!

  16. Mas o Estado não é laico?…

    • Estado laico é um disfarce de Estado ateu militante, que persegue quem discordar dele, Davi; sendo uma fachada para disfarçar, mas é o Estado Politicamente Correto, bitolado só na direção que aceite, certo, é a definição oficial disso!

  17. Mas eles não defendem que o “Estado é laico”?
    Ou será que eles identificam em Francisco um pontificado laico ao invés de cristão???

  18. Isso é consequência dos péssimos assessores de Bergóglio, mas ele merece, afinal os colocou ao seu lado…

    Essa corja infernal petista não sabe nem o que é Igreja, quanto mais sobre separação ou não de Igreja e Estado…

    Bergóglio, seus assessores e esses néscios se merecem…

    IPSA CONTERET…Bergóglio…

  19. Letícia Bagatella…

  20. Está sendo tragicômico o final do (des)governo petista. Com direito a esperneio e choradeira da bancada da chupeta até para o Santo Padre.

  21. Interessante as duas caras do nosso Papa, basta uma rápida busca no google imágem e coincidentemente aparecerá a face sorridente para qualquer um que seja de esquerda e a rebarbativa para todos aqueles que combatem os males da esquerda. Sorte que Padre Pio já não é submisso à obediência porque correria o risco de ser fisicamente silenciado.

  22. A Sabatella é uma tremenda pé de cana depois das bebedeiras, cai até no chão!
    Se ela e mais artiosos, em vez de artistas, se posicionassem ao lado do governo por crença numa ideologia, de cara estariam mal, pois além de apoiarem uma desgraça que é ideologia comunista, que já não presta, e os comunistas escravizam os que não caem nas graças deles!
    Mas muitos artistas se posicionam por eles por dinheiro, são mercenarios, oportunistas, dando chance aos compradores de apoio para se manterem no poder!

  23. Este é o meu papa!
    Senão, vejamos:
    Embora a artista esquerdista Letícia M-O-R-T-A-D-E-L-A tentou dar um golpe no papa Francisco, ao final da catequese desta quarta-feira, (11/05), o Papa fez uma saudação especial aos brasileiros, que vivem momentos políticos conturbados:

    “Ao saudar vocês, peregrinos brasileiros, o meu pensamento vai à sua amada nação. Nesses dias em que nos preparamos para Pentecostes, peço ao Senhor que derrame abundantemente os dons do Espírito Santo para que, nesses momentos de dificuldade, o país caminhe pelas sendas da harmonia e da paz com a ajuda da oração e do diálogo. Que a proximidade de Nossa Senhora Aparecida – que como uma boa mãe jamais abandona seus filhos – seja defesa e guia no caminho”

    Faço minhas as palavras do papa Francisco após a audiência particular com Letícia M-O-R-T-A-D-E-L-A.

  24. Como uma pessoa que apoia o ABORTO, pode ir até o PAPA e dizer somente por um angulo obtuso um assunto complexo, o qual um partido (o PT) faliu o pais. Darei então o outro ponto de vista para que o nosso Papa, possa ter um contra ponto, pois tudo que vier desta gente PTralha, não é real, haja visto as contas públicas, o desemprego, e tudo mais que o Brasil esta passando é oriundo da incompetência, irresponsabilidade, e comprometimento, e é por isso que ela sofreu o impeachment, a Sra. Dilma na eleição de 2014 teve 51,64% de votos, enquanto que, se somarmos os votos contrários á ela somam-se 54,43% de votos (soma dos votos do segundo candidato, nulos, e brancos), logo á maioria não á elegeu, foi contra, pois já sentia os efeitos do desemprego, inflação, etc. na pele, coisa que estes artistas não sentiam pois, tinham subsídios questionáveis, sob aspecto de efetividade e eficiência e controle de gastos, deste governo. Sendo assim, desde o ano de 2015 até 13 de março de 2016, a população reivindicava medidas que alterassem a queda livre da economia, ao qual o governo insistia em maquiar, além de proteger corruptos nas mais altas esferas do governo, tendo como gota dágua, o posicionamento em manifestações pacificas nas ruas, no dia 13, de mais de 6 milhões de eleitores insatisfeitos, só em SP, na Av. Paulista, aglomerou-se quase 2 milhões de pessoas, de todas as classes sociais, econômicas, cores, gêneros, idades, uma diversidade digna de São Paulo do Brasil, com apenas dois incidentes com a policia militar (pequenos delitos, assalto), não havendo confronto, e há quem diga que ocorreu uma homenagem da PM com á multidão em prestar continência em reconhecimento á manifestação que foi pacifica e ordeira. Os comunistas tentaram infiltrar baderneiros, mas sempre foram tirados do seu anonimato, pelas pessoas de bem e não mais tentaram conturbar. Esse brasileiros, os quase 2 milhões de paulistas ( e 6 milhões por todo o Brasil) foram ás ruas ficaram o dia inteiro, custeando de seu próprio bolso, a alimentação, o transporte, etc., foram em dias que não perderam o trabalho, levaram suas famílias, e um dos pontos mais importantes, foi uma manifestação apartidária, sem qualquer menção politica na manifestação, foi o povo pelo povo. Ao contrario, da facção desta moça L.S. que iam subsidiados por dinheiro de sindicatos, e movimentos sociais de fachada, onde tinham transportes pagos, recebiam alimentação – em algumas vezes lanches Big Mac, um conta-senso da luta contra o capitalismo ou movimento de direita, de pessoas que se dizem comunistas!- hipocrisia, além de notarmos que muitos destas pessoas nem sabiam porque estavam lá, estavam porque, alguém pagou (como o voto de cabresto). Há caso em que o governo, impôs á funcionários públicos de prefeituras e governos do mesmo partido (PT e aliados), á saírem em horário de expediente, das repartições públicas, para irem á manifestações em favor deste governo (o qual sofreu impeachment), deixando de atender, ou prejudicando o bom andamento do serviço público, que tem como dever atender o povo, pois é ele que paga, através dos impostos, mas que sofreu ainda mais com falta de gente, ou mão de obra, para trabalhar, o que efetivamente esses petistas não querem e tem medo de fazer: é trabalhar, acordar cedo, etc. Esses mesmo elementos, são os mesmos que agridem a imprensa, e fazem quebradeira em suas manifestações, não porque alguém provocou mas só para terem um motivo, brigam entre si, são uma organização criminosa ORCRIM, e se escondem atras de movimentos sociais de fachada, como o MST, e outros. É por isso que nós os cidadãos de bem, que não tem rabo preso com subsídios algum de governo algum, como lei rouanet, e outras, que muitos tentam subsidiar seus custos irreais, sem ter retorno, por exemplo como uma artista queria fazer um livro que iria custar 40 milhões de reais… absurdo, ou atitudes obscuras, como pessoas nomeadas para ministérios, e cargos públicos, sob investigação de corrupção, assassinato, para obter proteção, ora a lei é para todos, mas para essas pessoas tudo se baseava e troca de favores, manipulação de dados, falsos números, e um peso e duas medidas. Essa é a realidade que -hoje – aquele governo vivia, e queria impor para alguns beneficiários (minoria próxima á eles), mas custeado pela maioria que realmente levanta cedo, trabalha e quer suas contas pagas no final do mês, com comida no prato, e se der alguma reserva para melhorar de vida, ter uma saúde melhor, poder ter segurança, nada absurdo, apenas quer viver com dignidade, o que essa ORCRIM, representado por essa moça tirou de muitos quase 11 milhões de pessoas até a presente data. Enfim ilmo. Papa Francisco, esse é outro ponto de vista, e com certeza mais real, no que tange á interesses pessoais, sou isento de favores ou isenções, ou subsídios, ou incentivos de qualquer programa de qualquer governo..