Estudo mostra que a admiração global pelo Papa Francisco está em acentuado declínio.

Por Crux | Tradução: FratresInUnum.com: Após três anos de seu papado, um estudo recente demonstra que a admiração global pelo Papa Francisco está em acentuado declínio.

Papa Humes 2O pontífice caiu sete posições em 2016, seis abaixo entre os 13 homens mais admirados mundialmente, uma queda recorde para qualquer um que esteve na lista do ano passado, e que agora já não é mais nem o mais admirado líder espiritual do planeta (o Dali Lama) e nem sequer o argentino mais admirado (astro do futebol Lionel Messi).

No entanto, o Papa Francisco permanece como o homem mais admirado nos Estados Unidos depois do presidente Barack Obama.

Isso de acordo com um estudo lançado pela YouGov, uma empresa de pesquisa de mercado baseada na rede internacional da Internet com sede na Inglaterra, a qual classifica os 20 homens e mulheres mais admirados do mundo separadamente.

Ainda de acordo com o YouGov, a queda do papa pode ser explicada pelas expectativas de reforma que distanciava Francisco de seus predecessores. Expectativas que se apagaram na medida em que o pontífice argentino foi se tornando cada vez mais “institucionalizado”.

Segundo o estudo, tanto o bilionário americano Bill Gates como o presidente russo, Vladimir Putin têm números melhores do que o pontífice.

A pesquisa sobre “os mais admirados do mundo” de 2016, conduzida em 30 países, coloca Bill Gates em primeiro lugar, o presidente dos EUA, Barack Obama em segundo e Putin em sexto entre os 20 homens mais admirados.

No lado das mulheres, Angelina Jolie lidera o gráfico, seguida pela Rainha Elizabeth II, Hillary Clinton, Oprah, Michelle Obama e Celine Dion.

Entre os homens americanos, o candidato republicano à presidência Donald Trump, terminou em 18º, enquanto o senador pelo Estado de Vermont, Bernie Sanders, que está disputando  as primárias democratas ainda em curso com Hillary Clinton, fecha a lista.

A líder do partido Frente Nacional francesa de extrema-direita, Marine Le Pen, também conseguiu entrar na lista das 20 mulheres mais admiradas do mundo.

Ao todo, YouGov conduziu entrevistas em países que constituem cerca de dois terços da população do mundo. A lista dos 30 inclui nações como a China, Índia e Paquistão, onde os cristãos representam menos de três por cento do total da  população.

Ao dividir os resultados por países, a pesquisa mostra que Francisco na China ocupa o 17º lugar , na Índia ele ocupa o último lugar, enquanto no Paquistão ele não está nem mesmo entre os  20, chegando ao número 25.

Um resultado surpreendente é o Brasil, o país com o maior número de católicos no mundo, os quais representam 85% da população [sic], e uma nação que Francisco visitou em 2013. Lá, ele ocupa apenas a vigésima posição, o que significa que teve uma performance melhor até mesmo na Rússia (19), um país Ortodoxo onde os Católicos representam apenas 0,6 da população total.

Uma situação similar ocorre no México, onde os Católicos chegam a compor 90% da população, e Francisco ficou apenas em nono lugar, enquanto o Dalai Lama lidera o gráfico.

O único país onde Francisco encabeçou a lista foi as Filipinas, outro país onde os católicos representam uma esmagadora maioria (82%), e onde a fé e prática católica permanece prevalente.

De acordo com o instituto de pesquisas, uma vez que a pesquisa é baseada na Internet, algumas partes do mundo foram melhor representadas que outras. YouGov diz que aumentou o impacto de certos países sobre a pontuação final e minimizou em outros para que  as pontuações possam refletir com precisão a desagregação do sentimento em  todo o mundo.

Anúncios
Tags:

15 Comentários to “Estudo mostra que a admiração global pelo Papa Francisco está em acentuado declínio.”

  1. O declinio do papa Francisco é patente, originando-se dos católicos conservadores, fundamentando-se em eminentes cardeais, diversos bispos, sacerdotes eximios teólogos e mesmo entre os leigos de niveis similares, apenas não sendo membros do clero!
    Dessa forma, os que têm divergido do papa Francisco de forma ostensiva, demonstram explicitamente seus descontentamentos pelos rumos que tem dado ao papado, em certos pontos cruciais discordante dos anteriores, mais especificamente correlacionados como concessões a grupos homossexuais e a recasados em recorrentes adulterios, de serem recebidos como membros da Igreja, acolhê-los como se fossem fieis e colaborarem na evangelização – sendo que precisam urgentemente a partir deles mesmos de serem evangelizados!.
    Então, se focarmos no quesito modernização da Igreja, certa práticas jamais cogitadas foram postas no recente Sínodo das Familias para se apreciarem, atenderem a tantos casos pontuais, os quais nunca outrora teriam sido ao menos cogitados, muito menos poderia se contemplarem.
    Recentemente, a partir de dentro do proprio Vaticano, tivemos a releitura da Exortação Apostólica “Amoris Laetitia” pelo Cardeal Gerhard Muller, além de tantas vozes mais de prelados discordantes, até doutros movimentos leigos, insatisfeitos dos novos direcionamentos inovadores que contrariariam a doutrina de sempre da Igreja!
    Podemos citar no rol dos interpelantes, os líderes católicos leigos do The Voice of the Family que foram muito mais longe, pois sábado pp, decidiram solicitar respeitosa e formalmente que o Papa Francisco revogasse a Amoris Laetitia!
    Despontou-se desse grupo John Smeaton, renomado defensor da vida e ativista contra o aborto no mundo, defendendo isso em nome da instituição, citando questões a ser ver existentes na Exortação Apostólica como conduzentes às ambiguidades, possiveis confusões, facilitações para interpretações subjetivistas e que atenderiam até a anti católicos!

    • Prezado Isaías,

      Diz vc:

      “(…) grupos homossexuais e a recasados em recorrentes adulterios [sic], de serem recebidos como membros da Igreja”

      Tais pessoas são membros da Igreja. São, é verdade, membros mortos, pois vivem habitualmente em pecado (os homossexuais que vivem a continência e a castidade podem e devem acorrer aos sacramentos).

      Não se pode, por zelo, reeditar a heresia rigorista dos donatistas (calvinistas e jansenistas). Concordo, porém, que TODAS as pessoas que vivem habitualmente em situação de pecado mortal não devem, em consciência, assumir atividades na Igreja, uma vez que preferem viver como pagãos e também por haver perigo de escândalo para os simples se o pecado é público.

      O único tipo de pecado que priva da comunhão com a Igreja é o pecado contra a fé.

      Devemos resgatar as pessoas e não chutá-las para o abismo. Aliás, a Santa Igreja nunca procedeu assim.

      Diz São João da Cruz:

      “Meus são os Céus e minha é a Terra, meus são os homens, e os justos são meus; e meus os pecadores. Os Anjos são meus, e a Mãe de Deus, todas as coisas são minhas. O próprio Deus é meu e para mim, pois Cristo é meu e tudo para mim.”

  2. Fico estupefacto, que ainda existam pessoas que admirem esse senhor!
    Nos meus 55 anos, é o papa mais afastado das Doutrinas, as quais me foram ensinadas desde quando comecei a compreender as coisas!

  3. O Dailhe Lama não é apenas o líder, mas o próprio deus da religião búdica. Talvez seja este o recôndito e rotariano anseio de mais alguém…

    • Quis dizer que pessoas nesse estado comportamental acima não poderiam compartilhar de grupos da comunidade como se fossem fieis, nas propostas de serem acolhidos e compartilharem como os outros nos grupos, como evangelizarem, sendo escãndalos vivos, contaminam o meio eclesial mantendo-se estado de vida de gravíssimos pecados!
      CONFIRA O TEXTO
      … de serem recebidos como membros da Igreja, acolhê-los como se fossem fieis e colaborarem na evangelização – sendo que precisam urgentemente a partir deles mesmos de serem evangelizados.
      “Já vos escrevi na minha carta, para não vos relacionardes com os devassos. Não me referia, genericamente, aos devassos deste mundo, ou aos avarentos, ladrões, ou idólatras, porque, então, teríeis de sair deste mundo. Não. Escrevi que não devíeis associar-vos com quem, dizendo-se irmão, fosse devasso, avarento, idólatra, caluniador, beberrão ou ladrão. Com estes, nem sequer deveis comer. 1 Cor 5 9-11.
      DE NOVO ME DESENTENDENDO, HEM P WIMMER!

    • Prezado Isaías,

      Leio com atenção todos os comentários, procurando aprender com eles. Aconselho q vc abandone o estilo prolixo e rocambolesco de seus posts, pois, querendo ser Ruy Barbosa, você acaba sendo Roseane Sarney.

      Reitero o comentário que fiz.

  4. Que Francisco é muito admirado na Rússia comunista e cismática e pelo Kremlin eu não duvido e não contexto a informação. De outro lado fico contente em saber que os brasileiros não se recordem de sua pessoa com admiração.

  5. Que continue caindo mais nas pesquisas.

  6. O Dalai Lama acima do papa Francisco não se pode duvidar por não passar de um filósofo humanista de aparencias de religioso, de bem com todos, sempre com palavras melosas que cativam os corações sentimentais!
    Temos informações que as audiencias do papa Francisco estão cada vez mais vazias e varios discordam dele, mesmo dentro da S Sé.
    O Dalai Lama está direitinho dentro dos planos dos globalistas por cuidar apenas de coisas materiais, e de mais outras crendices pagãs do Oriente que atendem seus planos.
    Pelos nomes que a pesquisa apontou, se verdade, mostra o grau de alienação desse mundo de admirarem mumias como Hillary, Obama, Elizabeth II, Angelina Jolie e outras tiradas dos sarcófagos, mesmo daqui, como Lula e Dilma!

  7. Me admira essa notícia, pois a grande mídia, os teólogos e o clero modernista só tem elogios ao Papa Francisco! Mas se a admiração pelo Papa Francisco está caindo é consequência do seu pontificado revolucionário que vem tentando quebrar tradições dentro da Igreja como esta possibilidade de criar diaconisas dentro da Igreja:
    Papa abre porta para examinar possibilidade de que mulheres atuem como diáconos
    https://br.noticias.yahoo.com/papa-abre-porta-examinar-possibilidade-mulheres-atuem-di%C3%A1conos-153149071.html

  8. Onde não ha verdade pode demorar mas a tendencia sempre é o declínio.

  9. Deo Gratias!

  10. O cargo de porta-voz da ONU pelo jeito não esta lhe dando mais a popularidade que esperava…