Papa expressa “horror e condenação” pelos tiroteios em Orlando.

Por Crux | Tradução: FratresInUnum.com: Na sequência do ataque a uma boate gay em Orlando, descrito como o pior incidente terrorista nos Estados Unidos desde 9/11, o Papa Francisco manifestou “horror e condenação” pela violência.

O incidente, que ocorreu na noite de sábado, segundo relatos, deixou 50 pessoas mortas e pelo menos mais 53 feridos. O atirador, Omar Mateen, foi morto a tiros pela polícia de Orlando.

O porta-voz do Vaticano, o padre jesuíta Federico Lombardi, divulgou um comunicado domingo, em resposta ao tiroteio.

“O terrível massacre que teve lugar em Orlando, com o seu terrivelmente elevado número de vítimas inocentes, provocou no Papa Francisco, e em todos nós, os mais profundos sentimentos de horror e condenação, de dor e tumulto diante desta nova manifestação de loucura homicida e ódio sem sentido “, disse.

“O Papa Francisco se une às famílias das vítimas e todos os feridos na oração e na compaixão”, diz o comunicado. “Participando no seu sofrimento indescritível confia-os ao Senhor para que eles possam encontrar conforto.”

“Todos nós esperamos que sejam encontradas, o mais rapidamente possível, maneiras para identificar e contrastar as causas dessa violência terrível e absurda que perturba profundamente o desejo de paz do povo americano e de toda a humanidade”, disse a declaração.

Um funcionário do F.B.I. disse que é possível que haja uma dimensão terrorista para os disparos.

“Nós temos indícios de que esse indivíduo pode ter inclinações a isso, a uma ideologia em particular”, disse o agente Ronald Hopper em uma entrevista coletiva. “Mas, agora não podemos dizer definitivamente, então, estamos avaliando todas as possibilidades envolvidas.”

O deputado Adam B. Schiff, um democrata da Califórnia, que é membro do Comitê de Inteligência da Câmara, emitiu uma declaração dizendo que policiais lhe revelaram que o atirador tinha jurado fidelidade ao Estado Islâmico.

Tags:

22 Comentários to “Papa expressa “horror e condenação” pelos tiroteios em Orlando.”

  1. Terrível mesmo. Nada justifica uma coisa dessa.

  2. Santidade, estamos ainda aguardando sua manifestação de repúdio à condenação de Asia Bibi no Paquistão e ao massacre de cristãos no Oriente Médio.
    Minhas orações às vítimas.

  3. Isso mostra qual é o senso de prioridade desse Pontífice. Martina Pignatti Morano, presidente de uma ONG, disse em entrevista à Rádio Vaticano que 19 mulheres kurdas, algumas das 3.500 mulheres e crianças que ainda são escravas do Estado Islâmico foram trancadas em uma jaula de ferro e queimadas vivas em uma praça pública em Mosul, no Iraque.
    Eu não vi nenhuma declaração oficial de “horror e condenação”, vinda do porta-voz do Vaticano!
    Quanto à essa tragédia que caiu sobre os sodomitas de Orlando, não foi pior do que a que caiu sobre os habitantes de Sodoma e Gomorra ou aqueles dezoito, sobre os quais caiu a torre de Siloé e os matou, ou os rebeldes galileus que foram mortos pelos romanos e seu sangue misturado com os sacrifícios judeus.
    Jesus foi enfático:
    _Eu vo-lo afirmo; mas, se não vos arrependerdes, todos igualmente perecereis. (LUCAS 13:1—5)

  4. Os Católicos que são perseguidos todos os dias e que morrem em nome de Cristo ao redor do mundo não ganham a mesma atenção, enquanto que sodomitas, sim; e da mesma forma os mulçumanos assassinos contam com a complacência da mídia liberal-maçônica e do pseudo-clero de mesmo teor.

    O vídeo joga todo e qualquer discurso liberal no lixo!:

  5. Gercione, o seu comentário é simplesmente deplorável…
    Como é possível escrever uma coisa dessas e achar-se a melhor cristã do mundo?

    Deste tipo de pessoas, travestidas de “cristãos” e “católicos” puros, livrai-nos e guardai-nos, Senhor!

    • Estou contigo André.
      Compartilho de sua opinião.
      Livrai-nos Senhor!

    • Andre, desculpe de lhe responder por ela, senti ofendido, mas quando algum posta uma dessa a gente pergunta: v é obamista, kasperista, lulista, dilmista, brunofortista, baldisserista, jihadista, globalista e não sei mais quantos “istas”?

  6. Não é difícil se identificarem as causas desse e de mais atentados virulentos que vêm acontecendo há décadas no Ocidente, particularmente na Europa – a França é dos países mais afetados – bastando lá ver a quantidade de igrejas católicas vandalizadas, recorrentes profanações perpetradas pelo filhotes da “religião” da deusa da lua Alah, tendendo a disseminarem-se.
    O proprio governo francês que é de viés marxista os acoberta, por ser parceiro do Islã: ambos compartilham métodos e ações – são até aliados!
    Obama, um comunoislamita, é o grande responsável por isso por colaborar na implantação do socialismo e das infernais lutas-de-classes nos EUA que criam dissensões gerais entre pessoas e grupos, dessa forma enfraquecendo o cristianismo, abrindo caminhos para a anarquia!
    Um dos fatos mais relevantes nesses casos é que a proliferação dessas carnificinas crescem á medida que se amplia a apostasia ao cristianismo – as mentes adotando o niilismo ideológico – caso da “fé” Islãmica e do marxismo, ambas correntes dos mesmos principios totalitaristas dos comunonazifascistas, e disso, é só aguardar a avalanche de desgraças que sobrevirão!
    O Ocidente tem capitulado frente a esses terroristas, pois ao invés de os combater com firmeza, dá-lhes guarida, ainda os recebe como refugiados – recomendado até pelo papa Francisco – enquanto os cristãos ficam entregues aos carrascos do ISIS, trucidando-os como se fosses animais selvagens exterminaveis e o Ocidente, mesmo o Vaticano, o qual esporadicamente faz cobranças, algo parecidas como a CNBB aqui quando questionava o PT com certas “advertencias”, ou apenas apreciando, em cima do muro, conivente com a quadrilha!
    Tempos atrás, Dilma, em nome dos “católicos” brasileiros, não relinchou dentro da ONU para se manter um diálogo com essas intrataveis bestas selvagens do ISIS, recordam-se?
    Outrora, num discurso num evento “ecumenista” dentro dos muros do Vaticano – como são desafiantes, ousados, atrevidos – um dos clérigos dos diabólicos do Islã não deixou bem claras as pretensões de conversão do mundo para o Islã à força?
    Ou para o diabo, tanto faz!
    O único país no mundo que conhece bem o Islã – embora criticado pelas esquerdas – quando necessario o medica de forma necessaria, do qual esses satanistas e psicopatas entendem a linguagem devastadora é apenas de Israel – e ficam na deles, senão, já sabem…

  7. André, deplorável é a sua cegueira e sua compaixão seletiva!
    O seu senso de ultraje e cegueira não lhe deixam ver além da sua indignação contra quem não faz eco ao seu próprio pensamento. Todavia, eu prefiro ver as coisas pelos olhos do Evangelho que nos relata:

    Neste mesmo tempo contavam alguns o que tinha acontecido a certos galileus, cujo sangue Pilatos misturara com os seus sacrifícios. Jesus toma a palavra e lhes pergunta: Pensais vós que estes galileus foram maiores pecadores do que todos os outros galileus, por terem sido tratados desse modo? Não, digo-vos. Mas se não vos arrependerdes, perecereis todos do mesmo modo. Ou cuidais que aqueles dezoito homens, sobre os quais caiu a torre de Siloé e os matou, foram mais culpados do que todos os demais habitantes de Jerusalém? Não, digo-vos. Mas se não vos arrependerdes, perecereis todos do mesmo modo.”

    Diante das tragédias que assolam o mundo ( e nós só estamos no começo das dores) é comum nos perguntarmos, o que fizemos pra merecer isso? Ou o que eles fizeram pra merecer aquilo?
    Mas Jesus ao conversar com os discípulos que lhe relatam essas tragédias percebe o que pensam em seu íntimo. Ao contarem sobre a rebelião de alguns galileus no templo de Jerusalém, reprimida pelo governador romano Pôncio Pilatos e que causou a morte terrível dos mesmos, Jesus percebeu que tinham um pensamento que era muito comum tanto aos judeus daquela época como nos cristãos dos dias de hoje.
    Ou seja, que a morte catastrófica e trágica é punição de Deus por causa de seus pecados. Mas Jesus explica que os galileus mortos não eram mais nem menos pecadores do que os outros por terem sido mortos daquela forma. Jesus relembra também o episódio da torre de Siloé que desabou e matou 18 trabalhadores. Também neste caso as vítimas não eram mais pecadoras do que os demais habitantes da cidade.
    Jesus então nos revela que a justiça de Deus não se faz através da morte do corpo, mas da salvação da alma. A salvação depende do perdão de Deus aos nossos pecados, que por sua vez depende de que nos arrependamos dos mesmos.
    Se continuamos pecando e não nos arrependemos, é até possível que possamos viver muitos anos, mas ao perecer o corpo, perecerá também a alma.
    Por isso Jesus diz em outra passagem aos seus discípulos: “Não temais aqueles que matam o corpo, mas não podem matar a alma; temei antes Aquele (Deus) que tem o poder de precipitar tanto a alma como o corpo na geena (inferno)”.
    Agora me diga onde foi que eu me acho a melhor cristã do mundo? Muito pelo contrário, por reconhecer a realidade do pecado é que eu grito contra ele, quer você queira ou não!
    Santa Teresa de Avila em sua obra, Castelo Interior começa assim o II Capítulo:

    “Antes de passar adiante, quero dizer-vos que considereis o que será ver este Castelo tão resplandecente e formoso, esta pérola oriental, esta árvore de vida que está plantada nas mesmas águas vivas da Vida, que é Deus, quando cai em pecado mortal. Não há trevas mais tenebrosas, nem coisa tão escura e negra.

    E prossegue dizendo que em nossa caminhada espiritual precisamos ter conhecimento do nosso próprio interior.
    Finalizando, falei e continuarei falando contra a indignação seletiva e hipócrita dos impostores no Vaticano que manifestaram “os mais profundos sentimentos de horror e condenação, pela morte de um “elevado número de vítimas inocentes” numa boate gay, ao mesmo passo que não querem que os cristãos fiquem obsecados com o “elevado número de vítimas inocentes” que todos os dias são mortos em clínicas de aborto.
    Continuarei sim a denunciar essa indignação seletiva por atos de violência, apenas quando o alvo não é a população cristã martirizada. Se isso lhe incomoda, não leia.
    Portanto, o julgamento temerário ficou por sua conta, por quanto sem me conhecer já foi me julgando como “pessoa, travestida de “cristã” e “católicos” puros”.
    O sarcasmo barato e o veneno do qual seu coração está cheio, transbordou pela sua boca.

  8. Parabéns à Sra. Gercione, temo que muitos já foram maçonizados e não compreendem mais o sentido verdadeiro do cristianismo. Repito, parabéns à Sra. Gercione pela clareza de suas palavras e pela defesa da fé diante dessa impostura religiosa que se preocupa com o corpo e não cuida da alma.

  9. Minha solidariedade as familias e amigos das vitimas, Contudo nao me lembro de S.Santidade ter reagido tao energicamente no que diz repeito as centenas de cristaos que sao maritirizados pelo IS no Oriente Medio ou na Africa. Seria interessante o papa Bergolio”as vezes” tambem se solidarizar com os cristaos (mas só um pouquinho)

  10. Caro Gercione, aqueles massacres à tiros em escolas secundárias nos EUA onde dezenas de crianças morreram também foi juízo divino pelos seus pecados? Se ele tivesse invadido uma Igreja e matado vários católicos também seria pelos seus pecados? O Juízo de cada um se sucederá no fim dos tempos e cada um receberá a justa pena pelos seus atos. Lamentável essa visão protestante do senhor!

  11. “Todos nós esperamos que sejam encontradas, o mais rapidamente possível, maneiras para identificar e contrastar as causas dessa violência terrível e absurda que perturba profundamente o desejo de paz do povo americano e de toda a humanidade”, disse a declaração.”

    Com todo respeito ao porta-voz do Vaticano, o padre jesuíta Federico Lombardi, esta tragédia medonha teria sido adequadamente abordada por Roma por meio de uma “declaração” genuinamente católica.

    Será que a apostasia mundial não teria alguma relação com a loucura que tomou conta do mundo?

  12. Caro Murilo D’Lima, creio que você deveria tomar urgentemente um cursinho básico de interpretação de texto, pois a única coisa lamentável aqui é a sua ignorância!
    Se você tivesse lido direto o trecho do Evangelho que eu postei, ou se soubesse ler, teria visto claramente que ali se diz claramente que as tragédias nem sempre são castigo e que elas podem acontecer a qualquer um de nós.
    No caso dessa tragédia em particular, que sacudiu a mídia, que arrancou reações muito mais eloquentes do que as anteriores, Deus não tem mesmo nada a ver com isso!
    Muito pelo contrário!! Satanás também tem seus mártires, que se dispõem a morrer em sua causa, imitando os eleitos que morrem pelo testemunho de Cristo.
    Estamos vivendo o derradeiro combate de Satanás que não se importa de sacrificar até mesmo alguns de seus mais leais combatentes se for necessário, para ganhar lá na frente uma batalha maior.
    E os resultados imediatamente se fizeram sentir! O Presidente Obama rapidinho falou à nação nos seguintes termos:

    _ “O atirador mirou uma boate onde as pessoas vão com os amigos para dançar e cantar – para viver. O lugar onde foram atacados é mais que uma boate. É um espaço de solidariedade e empoderamento, onde as pessoas vão juntas para falar o que pensam e defender seus direitos civis.”

    Essa é a mensagem do Presidente a respeito dos inferninhos onde sodomitas se reunem pra se esfregarem uns nos outros ao som de música eletrônica, para compartilhar drogas estimulantes, arrumar parceiros de sodomia e se pegarem nas chamadas darkrooms (ambiente de pegação).
    Agora boates gays viraram espaços de “solidariedade e empoderamento”! Aguarde mais essa propaganda no currículum de uma escola bem próximo à sua casa!
    No tocante à Igreja, se vê claramente que a hierarquia mudou completamente de linguagem evitando tocar nessa realidade terrível que é o pecado e a tragédia maior que é morrer em estado de pecado mortal ficando eternamente separado da visão beatífica!
    Infelizmente para aqueles que caíram na apostasia, na desgraça que é a perda da fé, é impossível ver esses acontecimentos na perspectiva de Deus. O conceito de ofensa à Deus não existe num contexto onde o homem se torna seu próprio deus. Reconhecimento do pecado, inevitavelmente pressupõe o conhecimento de Deus.
    Ora, na própria Diocese em que ocorreu o massacre, o Bispo homossexualista Robert Lynch já está usando a tragédia pra acusar os próprios Católicos de “co-responsabilidade” e tentar promover a agenda LGBT em meio ao povo Católico:

    “Today I write with a heavy heart arising from the tragedy which occurred in the early morning hours yesterday at a Gay, Lesbian, Transgender night club in Orlando, our neighbor to the east…
    Second, sadly it is religion, including our own, which targets, mostly verbally, and also often breeds contempt for gays, lesbians and transgender people. Attacks today on LGBT men and women often plant the seed of contempt, then hatred, which can ultimately lead to violence. Those women and men who were mowed down early yesterday morning were all made in the image and likeness of God”.

    Traduzindo: “Hoje eu escrevo com o coração pesado decorrente da tragédia ocorrida na madrugada de ontem em uma boate Gay, Lésbica, Transgender em Orlando, o nosso vizinho do leste …
    Em segundo lugar, infelizmente, é a religião, inclusive a nossa, que os tem como alvo, principalmente verbalmente, e que também gera muitas vezes desprezo pelos gays, lésbicas e transgêneros. Os ataques de hoje em homens e mulheres LGBT muitas vezes plantam a semente do desprezo, em seguida, o ódio, que pode finalmente levar à violência. As mulheres e homens que foram trucidados na madrugada de ontem foram todos feitos à imagem e semelhança de Deus”.

    Esse Bispo e o próprio Bispo de Roma que tanto falam em “misericórdia”, parecem ter-se esquecido que entre as principais obras de misericórdia está ensinar os ignorantes e advertir os pecadores.
    Até agora eu não vi um único com coragem de dizer aos que sobreviveram que eles precisam renunciar àquela vida de pecado, se arrepender e se reconciliar com Deus.
    Ao invés, o que temos ouvido, (e isso é uma grande vitória pra Satanás), é o clero Católico adotando a linguagem do lobby gay e fazendo mea-culpa por não abraçarem ou apoiarem ( ainda) os que vivem nesse estilo de vida abominável.
    O Arcebispo Cupich de Chicago, adotando a linguagem do lobby gay manifestou sua solidariedade escrevendo sobre “nossos irmãos gays e lésbicas”, o Jesuita James Martin gritou contra “homofobia” e ” defesa de nossos irmãos LGBT”.
    Podem acreditar, esse incidente não vai ser “desperdiçado” e a colheita será farta. Os cinquenta mortos naquele inferninho ( que provavelmente vai virar monumento LGBT como o bar Stonewall) vão render dividendos para a militância, serão transformados em mártires do “ódio”, mas o ódio será atribuído aos cristãos que continuam a resistir ao domínio completo da abominação.
    A morte deles não terá sido em vão, eles serão usados ​​por ativistas para derrubar a resistência contra a tirania do lobby gay, e convencr as crianças de que os inocentes gays estão sofrendo de ódio virulento por parte de qualquer um que não se prostrar diante de seus ditames.
    Convenientemente esquecida ou omitida será a jihad islâmica contra o Ocidente. Como nos tempos de Nero, muito mais fácil será tocar fogo na boate e acusar os cristãos de intolerância!
    Portanto aos que se dizem Católicos e vem aqui usar sua falsa misericórdia pra atirar pedras nos seus irmãos que ainda tentam preservar a todo custo a fé tradicional, eu só tenho uma coisa a dizer: VADE RETRO SATANÁS!

  13. Tragédia é tragédia, e seja qual for devemos lamentar pelos infortunados. Mas vir um bispo e acusar que o ocorrido na boate gay é culpa da visão dos católicos aí é demais. Neste sentido uno-me à Gercione.

  14. Gercione tem razão na abordagem anti apostásica Ocidental, pois foi e tem sido ela o caminho conduzente ao caos, podendo citar o governo do marxista Hollande e de mais países sob PCs e socialistas, grande apoiador do ISIS e incentivador de “imigração” de muçulmanos em geral no país!
    Na França, planejam separar o Norte de maioria deles, já ocupam muitos cargos políticos nessas regiões e posteriormente, o bote final no restante!
    Enquanto aceitam 1 000 muçulmanos, olhe lá 10 cristãos com visto de entrada na Europa!!
    A comunista Dilma(e seus eleitores) quando esteve na ONU não avalizou em nome do “povo brasileiro”(vermelhos) os carniceiros do ISIS?
    Quanto ao cristianismo católico está relativizado a tal ponto de existirem não poucos “politicamente corretos” até dentro do Vaticano há décadas, sempre em ascensão numérica e espalhando seus erros mundo afora, por falta de empenho missionario original, o de conversão para a fé por primeiro; no entanto, devido a essa incuria, chegando a ponto, quem sabe, de batizados terem “se convertido” e estarem engajados até como combatentes nas fileiras diabolistas do Islã!
    Hoje conversei com certo sacerdote, argumentei com ele – acho que não deu conta – e depois achar-me radical por achar os protestantes hereges e de as esquerdas estarem muito satisfeitas com o papa Francisco, disse que “não tem jeito comigo mesmo, sou radical”, e que o papa Francisco com a misericordia está derrubando muros e deu novos rumos para a Igreja…
    A 2 outros a quem citei o papa Bento XVI como papa modelar, entramos em discussão e ficamos cada um na sua…

  15. A mídia propagandista mundial a favor da islamização branca vs a gayzista querem criar polemica. No Brasil, nossa mídia mais que medíocre – carente de bons críticos – ou de críticos bons, pois não tem compromisso algum com a verdade pelo contrário; com a mentira -, tenta justificar a desgraça de homicidas-suicidas contra os pervertidos infelizes que estavam naquele antro de perdição – anfiteatro dos prazeres carnais – levantando as bandeiras da homofobia e da islamifobia contra católicos. Ao contrários dos muçulmanos, o mártires católicos são mortos por defenderem a verdade. Mas uma vez o martírio atual é o da perseguição moral ser católico é ser do mal.

    Com notícias de dados estatísticos duvidosos, pois estes não revelam como e nem quem, dizem que se aumentou o numero de agressões a homossexuais. Como foram essas tais agressões? Foi entre homossexuais? Estavam em lugares tidos com perigosos para a prática sodomita? Nada disso revela a pesquisa falaciosa.

    Outra que os norte-americanos, que a mídia brasileira tenta passar como verdade daquele país – EUA – sobre a liberdade do uso de armas. Que duzentas e tantas milhões de pessoas possuem armas. Ora basta este dado para ver que tal numero de pessoas que usam armas e os pífios, em comparação aos usuários, números de mortes causadas por quem as usa. Enquanto no Brasil se mata por dia tanto quanto se mata por décadas nos EUA. E aqui só quem pode ter armas são bandidos com carta branca para matar.

    Nossa mídia, em geral é muito má mesmo. Aproveitadores baratos da desgraça alheia! Mentirosos qualificados. Querem que a Dilma bem articulada de lá – Hilary Clinton – vença com tais falacias. Como se os norte-americanos fossem tão ingênuos assim.

    Parece que agora estão revelando que o tal assassino islâmico frequentava o lugar. Será sodomita matando sodomitas? E a mídia brasileira aproveita para vender noticia barata e covarde.

  16. Gercione,
    Amo seus comentários. São lúcidos, corretos e demonstram um grande conhecimento e fé. Não há incoerência, apenas verdade. Aprendo muito com você. Não há maior misericórdia que a verdade ainda que para alguns católicos politicamente corretos e relativistas pareça cruel.
    Um abraço, e Que Deus nos abençoe e que a Virgem Puríssima nos guarde