Foto da semana.

Por Teresa Maria Freixinho – FratresInUnum.com: Consoladora dos Aflitos, rogai por nós e pelos italianos!

Uma imagem assim não pode passar despercebida. Sempre nesse tipo de catástrofe natural encontramos esses sinais de que Deus está conosco nas tribulações. Sua Mãe amorosa intercede por todos os que sofrem.

A foto é de uma matéria da BBC e foi tirada em Pescara del Tronto, uma das cidades afetadas pelo terremoto de magnitude 6.2.

Rezemos pelos habitantes das cidades afetadas na região central da Itália.

Tags:

3 Comentários to “Foto da semana.”

  1. “Depois Jesus começou a censurar as cidades, onde tinha feito grande número de seus milagres, por terem recusado arrepender-se: Ai de ti, Corazim! Ai de ti, Betsaida! Porque se tivessem sido feitos em Tiro e em Sidônia os milagres que foram feitos em vosso meio, há muito tempo elas teriam se arrependido sob o cilício e a cinza. Por isso vos digo: no dia do juízo, haverá menor rigor para Tiro e para Sidônia que para vós!E tu, Cafarnaum, serás elevada até o céu? Não! Serás atirada até o inferno! Porque, se Sodoma tivesse visto os milagres que foram feitos dentro dos teus muros, subsistiria até este dia. Por isso te digo: no dia do juízo, haverá menor rigor para Sodoma do que para ti! (Mt 11, 20-24)

    Foi em Betsaida que Jesus operou o milagre da multiplicação dos pães e peixes e alimentou cinco mil (Lc 9:10-17). Tanto Corazim como Cafarnaum, foram cidades em que Jesus concentrou seu ministério realizando por lá muitos milagres. No entanto, pouquíssimos se arrependeram e poucos foram os que o seguiram naquela região. Tiro e Sidom foram cidades destruídas por Deus por causa da sua maldade e rebelião contra Deus (Isa 23:1-18). Então por que o juízo de Deus seria mais severo contra cidades como Cafarnaum? Porque seus habitantes conheceram as bênçãos e a graça de Deus manifestada em Cristo Jesus, ouviram a pregação do Evangelho e testemunharam o amor e a misericórdia de Jesus e mesmo assim, rejeitaram seu ministério.
    O mesmo pode ser dito da maioria das cidades da Itália hoje em dia. Não há uma cidade naquele país em que não se encontre uma igreja, um monumento, o histórico de algum santo ou de algum milagre comprovado. Aquela terra foi convertida às custas do sangue dos mártires, do testemunho dos Apóstolos e da confirmação da fé através de uma miríade de milagres.
    No entanto, desprezaram sua herança exclusivamente Católica para abraçarem o neo-paganismo da Comunidade Européia. Trocaram seu direito de primogenitura sobre todos os povos Católicos da Europa pela sopa de lentilhas podres que lhes empurram as elites globalistas: aborto institucionalizado, islamismo e sodomia.
    Corazim, Betsaida e Cafarnaum não existem mais, desapareceram do mapa, com a possibilidade de que tenham sido vitimadas por um grande terremoto que as destruiu no século IV, e hoje apenas se encontram seus vestígios em trabalhos de arqueologia.
    As palavras de Jesus não morreram. Elas não expiraram há dois mil anos. Se as promessas ainda valem, valem também as advertências. Rezemos pela restauração da Igreja, rezemos pelo povo italiano para que se voltem para Deus e se arrependam de suas leis iníquas contra o Reinado Social de Cristo.

  2. É impressionante a quantidade recorrentemente de vezes que N Senhora intervém em catástrofes de todas as especies em que ela, sob seus ícones das mais diversas formas com que é venerada, se mantém sempre intacta a todas as circunvoluções na natureza, as quais em imensas avalanches destroem tudo á volta!
    E nessas mesmas circunstancias, N Senhora também opera diversos milagres, salvando dessas mesmas intemperies seus devotos que, se antes particularmente Lhe devotavam amor filial, afervoram-se muito mais depois de serem miraculosamente salvos!
    *41 As figuras e palavras do Antigo e do Novo Testamento o provam; a opinião e os exemplos dos santos o confirmam; a razão e a experiência o ensinam e demonstram; o próprio demônio e seus asseclas, premidos pela força da verdade, viram-se muitas vezes constrangidos a confessá-lo, a seu pesar. De todas as passagens dos Santos Padres e doutores, que compilei para provar esta verdade, cito apenas uma, para não me alongar: “Ser vosso devoto, ó Virgem Santíssima, é uma arma de salvação que Deus dá àqueles que quer salvar (São João Damasceno).
    * S Luís de Montfort.

  3. Sinal celeste muito sugestivo da situação atual, quer em relação à Igreja, quer em relação ao mundo, e da presença maternal de Nossa Senhora. Mater Ecclesiae, Mater divinae gratiae, Consolatrix afflictorum, Auxilium Christianorum, ora pro populo italano, ora pro fidelibus defunctis, ora pro omnibus nobis.