O circo nosso de cada ano.

Santuário Nacional de Aparecida, 5 de outubro de 2016: 3º dia da Novena a Nossa Senhora Aparecida.

Veja também:

9 de outubro de 2013: Novena da Padroeira, o carnaval continua em Aparecida.

8 de outubro de 2012: No “Espírito de Aparecida”: discípulos-missionários ou ridículos-salafrários?

32 Comentários to “O circo nosso de cada ano.”

  1. Dureza….
    Até quando Senhor permitirá essa profanação da Casa de Deus?

    Será que os bispos (sucessores dos apóstolos) desconhecem a Sagrada Escritura:

    “Jesus subiu a Jerusalém. No Templo,
    encontrou os vendedores de bois, ovelhas e pombas
    e os cambistas que estavam aí sentados.
    Fez então um chicote de cordas
    e expulsou todos do Templo,
    junto com as ovelhas e os bois;
    espalhou as moedas
    e derrubou as mesas dos cambistas.
    E disse aos que vendiam pombas:
    ‘Tirai isto daqui!
    Não façais da casa de meu Pai uma casa de comércio!’” (joão 2, 14-16).

    Ou essa:

    “O zelo por tua casa me devora” (Salmos 69 (68), 10).

    Tristes tempos!
    Sinal dos Tempos!
    Fim-dos-Tempos!
    Apostasia ampla, geral e irrestrita na Igreja.

    Vem Senhor Jesus e restaura a tua Igreja, começando pela alta hierarquia.

  2. É impressionante o naturalismo teológico que essa “novena” revela. Pode ela atrair a curiosidade de gente que gosta da horrível “arte” moderna, mas certamente não santifica em nada as almas. Se os redentoristas atuais de Aparecida tivessem verdadeiro zelo pela salvação das almas – como o tinha sobremaneira Santo Afonso -, repudiariam com horror uma “novena” dessas em vez de serem seus principais promotores. Urge desagravar o Imaculado Coração de Maria pelas afrontas dessa diabólica novena (sim, diabólica, porque quem fica honrado com o que se passa nessa novena só pode ser o demônio). E que Nossa Senhora expulse de Aparecida esses falsos redentoristas, que não passam de escravos e instrumentos do diabo!

  3. Tá na hora de aparecerem os negros que tenham mais orgulho de serem católicos do que de serem negros. Quando aparecerem, eles próprios rejeitarão esse tipo de palhaçada. Chega de fazer média, pelo amor de Deus. Cardeal Sarah, sendo movido por Deus ao Trono de Pedro, vai dar um jeito nessa pouca-vergonha.

  4. Ferretti e demais Fratres, não custa nada lembrar…

    1) Back up desse vídeo. Já já será excluido ou “denunciado”.

    2) Dia 20 de novembro (Dia da consciência negra) terá mais Carnaval lá. Aguardem.

  5. D Raymundo Damasceno não é o titular dessa arquidiocese, o outrora socorrista da Dilma e do PT?
    Já entendi: ele e os seus, “esses, em nome da obediencia” também apreciam encenação teatral compartilhando com supostas praticantes do afrosatanismo em encenações teatrais dentro da Casa do Senhor Deus!
    Viram as mulheres com os braços cruzados para cima?
    Todavia, se eu tardar, quero que saibas como deves portar-te na casa de Deus, que é a Igreja de Deus vivo, coluna e sustentáculo da verdade. 1 Tm 3,15.

  6. Não é carnaval. É macumba. Eu amo Nossa Senhora, e tenho certeza de que ela não quer uma Missa com pessoas no altar simulando danças semelhantes aos piores passes de macumba de terreiros, onde o demônio é invocado. Os padres responsáveis por Aparecida nunca conheceram, pelo jeito, o Pe. Gabriele Amorth. Oremos por nossos Sacerdotes. A ofensa dessa macumba na Igreja é tão grande, que temo pela integridade física da Basílica, frente a algum desastre natural.

    • O sr. se manifestou bem! Essa “celebração paralitúrgica”, como chamam em Aparecida, incorporou a macumba, para opróbrio dos fiéis e reiterada ofensa a nosso Senhor chagado na Cruz! Assistindo ao vídeo todo, percebe-se a balbúrdia reinante – após as danças e cânticos pagãos, segue-se a entronização da Santíssima Maria ao som de órgão… A Igreja de Sempre não está ausente, está lá, sem sombra de dúvida, mas nivelada por baixo junto com expressões de religiões falsas. O clero, em vez de nos tirar de Babel, nos exorta de que a Babel é normal, a Babel é amor… Me sinto penalizado por que não é maldade premeditada; o próprio clero está confuso, perdeu o critério católico, está sem o senso das proporções. Todos estamos sofrendo! E aí colocam nos auto-falantes uma gravação de D. Hélder Câmara, de tristíssima memória, colocando em palavras nossa reverência à Mãe de Deus… D. Hélder, cujo ministério sempre exibiu inequívoco desprezo à influência da Santíssima Virgem, ao preferir as vigarices comunistas, maçônicas, demagógicas e populistas que infestam a cultura reinante no mundo… A confusão presente no clero, que deveria nos guiar, atesta algo que é aterrador para qualquer um de nós, pequeninos do Reino: o clero não tem legítimo amor a Deus, à Nossa Senhora, à Santa Madre Igreja; ama ao próprio umbigo, ao próprio estômago, à própria imagem no espelho – tão-somente isso. Quanto a nós, a quem o Senhor aprouve conceder o alerta e a coragem para resistir ao atual estado de coisas, continuemos com a devoção ao Santo Rosário, lembrando-nos dos irmãos que se perdem na luxúria do espetáculo tão feio com que pretendem honrar a Deus através da Santíssima Virgem. Acho que mais não podemos fazer, além disso e do boicote a esse tipo de celebração, evitando o Santuário nos meses de maio e de outubro, para não ratificarmos essa balbúrdia tão feia! Continuemos com as preces, para que a ira do Senhor não caia com toda a força sobre a Terra…

  7. Esqueceram de enviar o zé pilintra no abre alas do carnaval em Aparecida! Rezemos pelos que desrespeitam gravemente o Sagrado.

  8. PROFANAÇÃO !

  9. Tudo nesse Santuário desolado é uma ofensa à Nossa Senhora, nossa Mãe Puríssima, Mãe Castíssima, Virgem Venerável, Vaso Insígne de devoção: os espetáculos sacrílegos, a música profana de péssimo gosto, a arte modernista e diabólica e aquele altar em forma de mandala.
    Não sei de onde tiraram a idéia de que o Catolicismo Africano é esse sincretismo demoníaco! Pois a Tradição Católica cresce a olhos vistos na África e os que ostentam o nome de Católicos não fazem essas misturas:

    http://sspx.org/en/media/photos/sspx-district-africa-newsletters-pics-13135

    Eu mesma tive oportunidade de presenciar o respeito, a devoção e a reverência de nossos irmãos africanos em tudo que é peregrinação a Santuários na Europa. Mesmo em redutos Novus Ordo onde militam leigos como Obianuju Ekeocha, não rola essa profanação.
    O que ocorre em Aparecida é o comunismo aberto daqueles pseudo-redentoristas, opróbios de Santo Afonso de Liguori, vergonha do sacerdócio. Uns velhos decrépitos e insensatos que manipulam a Palavra de Deus para promover o veneno de sua ideologia TL. Os lobos perdem o pelo mas não perdem o vício, daí esse “odium fidei”, esse desprezo por tudo que é sagrado, essa exaltação do profano e do sacrilégio. Só por essa homilia sacrílega dentro do Santuário dá pra se ter uma idéia da natureza do pseudo-evangelho que eles pregam ali:

    • Esse senhor desgrenhado devia fazer sermão, in primis, para o próprio clero: Quando é que tantos padres, bispos e fradecos vão parar de VANDALIZAR a Igreja com seus carrões, seus patrimônios imobiliários, suas editoras, colégios, universidades, planos de saúde de primeira, viagens fúteis e esbanjadoras, sua mesa farta e esbanjadora, concubinOs, michês e o diabo a quatro?

      Bando desocupados crônicos.

      Qual foi a última que esses sociopatas da T.L., que tomaram de assalto a Igreja de Deus, pisaram num hospital público? Num posto de saúde para tratar sabe-se lá o que…?

      Voltem pro sarcófago ! Parem de fazer hora extra no fracasso.

  10. Que negócio é esse de chamar Nossa Senhora de mariama? Repararam que chamaram Nossa Senhora várias vezes de mariama? Que absurdo isso! Como podem trocar o nome santo de Nossa Senhora por um nome esquisito e estranho como esse tal mariama? Sem contar as danças afro dentro da Igreja. Que falta de respeito!

  11. Não consegui ver o vídeo até final, isso tudo é organizado pelos redentoristas, ó meu Deus o que fizeram com a obra de Santo Afonso.

  12. É interessante ver a “ampliação” dos títulos marianos: Mãe de Jesus Cristo e Mãe dos Cristãos (até aí tudo bem!); depois, “Mãe dos homens” (segundo o ecumenômano Paulo Sexto) e, agora, “Mãe dos viventes”, isto é, Mãe Gaia e Anima Mundi como sugere, logo no início, o almofadinha que se presta a comentador da lambança litúrgica.

    Tudo isso é muito consequente com a chamada ideologia da “inculturação do Evangelho” proposta, com rompantes e galas, por “são” João Paulo Segundo – inspirado, ao que parece, na doutrina dos “semina verbi” de que fala São Clemente Alexandrino, o qual, por sua vez, se apropriara de certos temas do estoicismo.

    Mas o que “são” João Paulo Segundo esqueceu de dizer é que, para São Clemente, tais “sementes do Verbo” NUNCA são os temas RELIGIOSOS das “religiões” gentílicas, sendo elas, tão-somente, as verdades NATURAIS que, acerca da divindade, podem estar presentes nessas “religiões”: a eternidade, a unidade, a bondade de Deus etc.

    Tais “sementes”, assim entendidas, são do domínio da razão natural, simples temas filosóficos da chamada teodiceia. No entanto, a doutrina das “sementes do Verbo” serviu, nas últimas décadas, para alentar todo tipo de apropriação ecumenoide. E, de ecumenismo em ecumenismo, o reverendo clero da Nostra Aetate chegou a uma nova modalidade de culto: o culto latrínico da “mãe dos viventes”…

    Enfim, tudo muito brega e sem graça como costuma ser tudo o que vem de gente talento, exceto os de mistificar e de buscar aplauso. Pareceu-me, o espetáculo, uma espécie de texto de jornalista transformado em desfile de escola de samba, ou seja, mera colagem de generalidades e impressões banais proclamadas com aflição policialesca e certo contorcimento visceral.

    Tudo tem o seu lugar.

    E a justiça consiste em que todas as coisas estejam no seu lugar: o Papa, no ápice da sociedade humana conduzindo os povos à verdadeira fé; os leigos, longe do presbitério; a dança, na gafieira; a gazela, nos prados e assim por diante…

  13. Macumba em santuário católico. O Sr. Damasceno, responsável por essa profanação descarada, sempre deu apoio aos comunistas e sua revolução cultural dentro de Aparecida. Espero que alguém o PROCESSE por crime de vilipêndio de objeto de culto, artigo 208 do código penal. É o mínimo.

  14. Baixou o Dom Helder no final? Parecia que ele era um dos narradores.

    Agora, imaginem o contrário, que em uma manifestação religiosa africana em louvor dos seus orixás surgisse no final do corredor um cortejo de padres e monges devidamente paramentados cantando hino gregoriano, e um destes levando na ponta de uma haste a cruz. Não iam dizer que esse cortejo era injusta pretensão de aculturamento católico e europeu em detrimento da cultura africana?

    Ou seja. Tudo pode contra a cultura católica. Nada se pode a favor da velha e boa cultura católica!

  15. Quando a imagem chegou no altar, a voz de quem falava lembrou muito Dom Helder Câmara.

    O espírito dele baixou ali nesse terreiro?

  16. Quando é que Dom Damasceno vai sair?
    Quem sabe surja algo melhor….
    Aliás…
    Difícil né…

  17. Além do sincretismo deplorável, achei também tão deplorável chamarem Nossa Senhora de mariama? Nossa Senhora além de um nome tão lindo, tem tantos títulos lindos. Por que justamente usar um nome tão esquisito, ao que tudo indica, inventado por Dom Helder Câmara?

    • As bravata desse sequioso oportunista Hélder Câmara estão bem documentadas em dois livros da década de 1970:
      “O diabo celebra a missa” de Salomão Jorge
      “O catolicismo radical no Brasil” de um padre jesuíta Italiano cujo nome esqueci.
      Seria bom que alguém escrevesse memorandum a ser encaminhado a Roma, a fim de que o processo desse megalomaníaco histrionico fosse logo parar no descarte.

  18. Eu tenho a honra e alegria de dizer, de coração, que esta não é minha igreja, eu não faço parte desta igreja.

    Como sou grato à Providência por ter me desviado deste caminho!
    Peço a Deus perdão de meus pecados, força para não pecar, consciência tranquila e atos sóbrios e morais para os meus dias neste mundo!

    E que os inimigos sejam derrotados e massacrados!

    Amém.

  19. “Quando virdes estabelecida no lugar santo a abominação da desolação que foi predita pelo profeta Daniel (9,27) – o leitor entenda bem -, então os habitantes da Judéia fujam para as montanhas. Aquele que está no terraço da casa não desça para tomar o que está em sua casa. E aquele que está no campo não volte para buscar suas vestimentas.” (Mt. 24, 15-18).

  20. Será que não existe nenhum modo de fazermos esse vídeo chegar ao papa Francisco? Não é possível que ele permaneça inerte diante de uma palhaçada dessas.

  21. É missa afro, sertaneja, gaúcha, missa em forma de circo e assim por diante. Por quê não pode ser simplesmente católica?!

  22. Prezados amigos:

    Isso, efetivamente, NÃO é a verdadeira Igreja de Cristo!
    Mantenham-se fiéis, rezem, estudem o catecismo, frequentem os sacramentos, façam penitência, não esmoreçam perante esses escândalos! Busquem padres sérios e de oração!
    O “desfile alegórico umbandista” e essa “ladainha marxista demagógica” (apresentados nos dois vídeos) não pertencem e nunca pertencerão à nossa Igreja verdadeira! Não admitam essas palhaçadas em suas paróquias!
    Lembrem-se da promessa de Nossa Senhora de Fátima: “Por fim, o meu Imaculado Coração triunfará!”
    Depositemos nossa fé e nossa esperança em nossa Mãe Santíssima.

    “Auxilium Christianorum, ora pro nobis!”

  23. Meu Deus, não gosto nem de ver todo. Dá um aperto no coração.. de verdade.

  24. Quem sabe o dia que os CATÓLICOS acordarem e reagirem contra esses indignos filhos de S. Afonso e boicotarem as milhares de arrecadações que são feitas e estão sendo tão mal utilizadas, como, para enfeiar mais a Basílica a lá Carlos Pastro, de péssimo gosto, e promover esse bacanal macumbífero no Templo sagrado, sob o olhar complacente do cardeal Damasceno, outro omisso descarado…

    Que lambança…que esculhambação…Que balbúrdia dos infernos…usam um ponto de macumba avacalhado, a voz do “SANTO HÉLDER dessa igreja bastarda, e terminam com órgão para ridicularizar mais ainda a IGREJA DE DEUS!!!

    Ainda me querem fazer engolir que o responsável primeiro, aquele que deu asas às cobras iniciais que detonaram com tudo na Igreja, que promoveu a entrada da fumaça de satã na Igreja e depois chorou lágrimas de sangue é beato…RSSSSSSSSS…..

    Quando digo que depois de 2013 os vermes dos sanitários da tl voltaram a tona para dar seu último suspiro antes de serem varridos para sempre para os quintos… dizem que sou exagerado…

    Rezemos muito, porque como parece ter dito o Bispo de Roma, “o carnaval acabou”, mas, o BACANAL INFERNAL apenas iniciou…

  25. Acompanho esse site há anos, mas nunca comentei nada, mas acho essa publicação digna de se fazer um comentário correlato!
    Fui em uma missa de sétimo dia recentemente, e é incrível como a abominação litúrgica não respeita nem uma pobre alma padecente, não é nada de mais do que ninguém nesse site esteja acostumado a presenciar, mas ambientação festiva para um pobre defunto!
    Enfim… foi mais um desabafo!
    sou um simples leigo, desculpa por não utilizar elementos técnicos do catolicismo, mas quero deixar apenas minha visão sobre do que sou capaz de compreender !
    Vivemos em uma época de apostasia tão imensurável que Deus tirou aos olhos do mundo a verdadeira missa, por ser indigna de participar do maior elemento publico de salvação das almas!
    Agora Nossa Senhora colocou na boca dos seus inimigos um nome estranho (‘MARIAMA”), para levar confusão aos incrédulos, afim de que, não invoque seu santo nome por uma abominação que não a agrada, aos pouco é assim que as coisas acontecem, Deus vai nos tirando os elementos sacros conforme vamos perdendo seu merecimento!
    A falta de reconhecimento das coisas santas é um dos maiores castigos que Cristo poderia nos enviar! a coisa tá feia! venha logo senhor Jesus!

  26. Meu Deus, que horror! Parece uma festa de Carnaval dentro do Santuário.

  27. Com todo o respeito, a “igreja nova” é ridícula e vergonhosa.

  28. Há ainda uma geração inteira de padres a qual temos que esperar pacientemente a sua morte.
    Somente depois disso, poderemos sonhar com melhores influências nos seminários e enfim padres realmente católicos sendo ordenados!