Nota em resposta à Arquidiocese de Belo Horizonte.

Por FratresInUnum.com

unavox

Escândalo internacional: site italiano Una Vox repercute escândalo de Belo Horizonte.

Em face à notícia reportada ontem por FratresInUnum.com e consequente resposta da Arquidiocese de Belo Horizonte — por questão de isenção, aqui publicada integralmente —, respondemos que:

  1. Como não fica claro na “resposta” da Arquidiocese de Belo Horizonte, a notícia que publicamos não é nossa, mas uma tradução do site espanhol infoCatólica. Apenas os comentários são nossos. O escândalo é internacional. 
  1. Não descontextualizamos em nenhum momento as afirmações do “Projeto de Evangelização”. Pelo contrário, contextualizamos as suas palavras em relação à práxis da Arquidiocese. Suas próprias ações explicam o texto: ou é fictícia a portaria de Dom Joaquim Mól, reitor da PUC Minas, ao aderir institucionalmente à prática do “nome social”? Ou não aconteceu o seminário de gênero na PUC Minas? O texto das diretrizes pastorais não é um avulso.

Resta-nos rezar para que a verdade católica não pereça sob o relativismo dos pastores!

13 Comentários to “Nota em resposta à Arquidiocese de Belo Horizonte.”

  1. A PUC-MG tem um histórico de esquerdismo, pois teria sido uma das promotoras doutros vermelhos, caso do Pe João, deputado do quadrilheiro PT, recepcionista de mais declarados esquerdistas, e aquele visto celebrando nas dependencias da CNBB como alguém muito benquisto e no processo de impeachment votando pró golpista Dilma.
    A PUC-MG sempre foi receptiva aos Boff & Cia apoiadores do PT e, como se suporia católica, deveria combater o marxismo, feroz ideologia anti cristã. Aliás, a CNBB foi um dos suportes dos comunistas ao poder por não os denunciar; deveria assim ter procedido por dever de consciencia como supostamente católica, porém silente, reticente, conivente.
    D Joaquim Mol teria antecedentes esquerdistas: dentre mais, foi presidente da comissão de acompanhamento da capciosa Reforma Política do PT, avalizada pela CNBB e teria redigido carta por decepcionar-se com o pedido de impeachment da presidente, protocolado pela OAB Nacional. Ele o quanto pôde defendeu a permanencia da conspiradora contra o povo e Igreja, a comunista Dilma, e acusaria a OAB de “conservadorista” a seu presidente Cláudio Lamachia.
    Dom Mol completou: “esperava não um pedaço de lenha a mais nestas chamas que têm queimado *”pessoas e conquistas” e, na carta, D Mol diz que a **opinião é dele – e não da PUC, da CNBB ou da Arquidiocese de Belo Horizonte, da qual é bispo.
    Aguardemos que se manifeste, pronunciando-se a respeito do conteúdo objeto dos presentes questionamentos, confirmando adesão ou não à publicação da InfoCatólica; silencio não serviria, pois indicaria apoio.
    *Pessoas(entes humanos) para os patifes comunistas são burros de carga para uso estatal; conquistas (retrocessos)só se forem para o “igualitarismo da miseria”!
    ** Tomara que seja só dele!

  2. O que me provoca verdadeiro NOJO é a capacidade que tem o Demônio de dizer que o escuro É claro, de dizer que a noite É dia, A CAPACIDADE DE NEGAR O ÓBVIO com a maior desfaçatez. “Que o vosso SIM seja SIM, que o vosso NÃO seja NÃO”, tudo que foge disso…
    O Pai da Mentira nos quer como que “cegos ao meio-dia”.
    Além de rezarmos, além de nos convertermos temos também de AGIR na medida de nossas forças.
    Que Nossa Senhora nos ajude.

    • O cinismo progressista é assim: dois passos para frente um para trás, dois para frente, um para trás… e quando são pegos em flagrante, tratam de arranjar um falso desmentido e continuam trabalhando, cada vez mais na surdina, cada vez mais nas trevas… podem ter certeza: serão mais cautelosos daqui por diante!

  3. Tem um programa na Radio América do Pe Ângelo Marcio, que se chama ”’amigos da madrugada”’, e Pe João é sempre elogiado, como amigo, gente de casa, e vejam:
    “‘com tantos Irmãos e irmãs lutadoras e lutadores humanistas sociais e cristãos como nosso Lider PADRE JOÃO Deputado Federal e Presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias,CDHM do Congresso Nacional”‘.
    ”’Em nome do Dep. Federal Padre João e do Professor Messias Verissimo Saúdo e abençoou todos os Estudantes e Advogados/Advogadas pelo seu dia 11/08.”’
    Copiei os 2 em cima do Facebook dele e quando escuto falar em direitos humanos dos lixos comunas, me dão arrepios, pois são direitos humanos só de bandidos.
    Na FAJE BH, dos jesuítas, ”’Pe. Álvaro Pimentel afirmou que conhecia a posição divergente da Prof.ª Roseli Fischman em relação ao Magistério da Igreja, mas que todos os professores e especialistas que lá participaram do simpósio eram de conhecimento de Dom Walmor e demais bispos, bem como do próprio Vaticano”’ .http://ipco.org.br/ipco/pluralismo-seletivo-jesus-dialogou-satanas-faje-nao-palavra-catolicos/#.WErEdfkrLIU e essa tal D Roseli Fischman é dessas enfiadas em apoios a aborteiros.

  4. Caros administradores do site fratresinunum.com, Paz e Bem!

    “Os corredores do inferno estão pavimentados com crânios de bispos” (São João Crisóstomo)

    Temos a honra de cumprimentá-lo ao tempo em que levamos ao seu conhecimento inúmeros Sinais de Morte na Arquidiocese de Belo Horizonte-MG e Colégios Católicos desta cidade (Loyola), amparados no que dispõe o art. 212, parágrafo 3º do Código de Direito Canônico:

    “Os fiéis (…) têm o direito e mesmo, por vezes, o dever de manifestar aos sagrados Pastores a sua opinião acerca das coisas atinentes ao bem da Igreja”.

    Inicialmente, informo que sou morador de Belo Horizonte –MG e constato diariamente tudo isso denunciado por este imprescindível site católico (coisa rara nos dias de hoje).

    Então vamos às questões:
    Por motivo desconhecidos, quem tem tomado a frente da Arquidiocese é o polêmico Bispo Auxiliar de Belo Horizonte e Reitor da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas), Dom Joaquim Giovanni Mol Guimarães, conhecido por sua “ideologia de esquerda” e por ser adepto da “ideologia de gênero”, já condenada pelo Papa Francisco.

    Com tristeza, levamos ao seu conhecimento inúmeras negligências de D. Joaquim Giovani Mol Guimarães no exercício de suas funções, quer como Reitor da PUC-Minas, quer como Bispo Auxiliar de Belo Horizonte-MG, com graves prejuízos morais para a Igreja local.

    Inicialmente, devo confessar que fiquei perplexo ao tomar conhecimento dos seguintes artigos noticiados pela internet, no seguinte endereço eletrônico:

    1) Na Portaria da PUC-Minas (R/Nº 021/2015, de 30/03/2015- (Anexo 5), Dom Mol introduziu o “Nome Social” (Ideologia de Gênero) na comunidade acadêmica da PUC Minas, agindo como se fosse Dom MOLOC, o “deus das moscas”. Nota: o Papa Francisco reiteradamente condenou a “Ideologia de Gênero”, por negar a Dignidade de todo o Ser Humano ao afirmar que ninguém nasce homem ou mulher, mas que cada indivíduo deve construir sua própria identidade.” (Audiência papal de 15/04/2015).
    Fonte: http://www.pucminas.br/imagedb/…/DOC_DSC_NOME_ARQUI20150408160853.pdf

    2) Nesta denúncia, a PUC-Minas, organizou o evento III Ciclo de Debates do Grupo Interdisciplinar de Pesquisas Feministas (GPFEM), em 05/04/2016 (com ênfase na Ideologia de Gênero), cuja conferência de abertura ficou a cargo da professora Rita Laura Segato, militante de renome a favor da cultura da morte (aborto), exatamente o contrário do que o Papa Francisco expôs a esse respeito.
    Fonte:
    http://www.pucminas.br/informativo/unidades/materia.php?codigo=1188&materia=19808&PHPSESSID=604c96a30589ceb9a34540cc56bc1c31
    http://ipco.org.br/ipco/escandalo-internacional-puc-minas-promove-ideologia-de-genero-em-evento/#.V8tWu1srLcs

    3) Neste artigo, ele critica o pedido de Impeachment de Dilma formulado pela Ordem dos Advogados do Brasil-OAB.
    Fonte:
    http://epoca.globo.com/tempo/expresso/noticia/2016/03/integrante-da-cnbb-critica-pedido-de-impeachment-de-dilma-protocolado-pela-oab.html

    4) Nesta carta, o reitor da PUC Minas manifesta apoio ao reitor da PUC Goiás, Wolmir Therezio Amado, filiado ao Partido dos Trabalhadores (PT). Nota: o PT é o único partido político brasileiro que prevê no seu estatuto a defesa do Aborto (Cultura da Morte), inclusive expulsou dois Deputados federais: Luiz Bassuma (autor do Estatuto do Nascituro), do PT da Bahia e Henrique Afonso, do PT do Acre, por defenderem a Cultura da Vida e serem contra a legalização do aborto, bandeira do PT.

    5) Neste vídeo, Dom Joaquim Mol discursa no carro da CUT rotulando de “golpistas” os políticos favoráveis ao Impeachment da Dilma (07/09/2016, em Belo Horizonte).
    Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=8GBH6BnVdmA

    NESTAS CONDIÇÕES, penso que as autoridades da Igreja deveriam agir de duas, uma:
    Ou o Vaticano retira o caráter Pontifício e Católico da PUC-Minas (direito de uso dos títulos de Pontifícia e Católica), por grave prejuízo para o interesse da Igreja em virtude das diferenças ideológicas entre o Reitor e professores em relação às posições da Igreja em diversas matérias (ideologia de gênero, comunismo…)
    Ou faça mudanças na Universidade, adotando as orientações da Igreja contidas na Constituição Apostólica Ex Corde Ecclesiae (Anexo 10):
    “Universidade católica é garantir em forma institucional uma presença cristã no mundo universitário perante os grandes problemas da sociedade e da cultura, [16] ela deve possuir, enquanto católica, as seguintes características essenciais:

    Lamentavelmente, em Minas Gerais, mais precisamente na capital: Belo Horizonte, estamos na contramão da linda e rica história das construções das Catedrais Católicas.
    Senão, vejamos:
    O sonho de construir uma catedral metropolitana em Belo Horizonte-MG, Dom Antônio dos Santos Cabral (1884-1967), virou pesadelo. Senão, vejamos:
    Lamentavelmente, o templo foi a última obra projetada pelo marxista-ateu Oscar Niemeyer, no formato de dois principais símbolos comunistas: FOICE e MARTELO.

    Os símbolos estão estilizados:
    FOICE está à esquerda; e
    MARTELO está à direita (de cabeça para baixo).
    Custo: R$ 100.000.000,00

    Ademais, a construção será praticamente de CIMENTO e SEM JANELA. Tal estilo de construção sempre será condenada, pois revela o pecado dos nossos primeiros pais Adão e Eva, a AUTOSSUFICIÊNCIA. Um edifício de CIMENTO e SEM JANELA, além de ser extravagante e antiecológico, denunciado pelo papa emérito Bento XVI:
    “Assemelha-se aos edifícios de cimento armado sem janelas”
    (Bento XVI no Parlamento Alemão (Bundestag), 22 de setembro de 2011)

    Tire suas dúvidas na Maquete da futura catedral Cristo Rei – Belo Horizonte (MG)
    http://www.catedralcristoreibh.com.br/catedral.php

    Informo que morei em Brasília e lá existem algumas obras desse arquiteto (Ex: memorial JK, novamente aparece a foice, ícone dos comunistas). Suas obras são CARAS, PESADAS (concreto), não são funcionais, conquistadas sem Licitação ou Concorrência. E por falar no comunista militante Oscar Niemeyer (“religião é o ópio do povo”, Karl Marx), segue o alerta de Santa Faustina sobre o cumprindo das sentenças no Inferno, cujas penas são:
    – A perda de Deus, o remorso de consciência, destino imutável, o fogo condenatório, o horrível fedor sufocante e a continua escuridão (embora haja escuridão, os demônios e as almas dos condenados se veem mutuamente e veem todo o mal dos outros e do seu cometido em vida), a contínua companhia dos demônios, o terrível desespero e ódio contra o Criador, maldições e blasfêmias. Esses são os tormentos que todos os condenados sofrem juntos no inferno, mas não é o fim dos castigos. Existem tormentos específicos para as almas: os tormentos do sentidos. Cada alma é atormentada com o que pecou, de maneira horrível e indescritível. Existem terríveis prisões subterrâneas, abismos de castigo, onde um tormento se distingue do outro… diversos santos visitaram essa região infernal: os pastorinhos de Fátima, santa Faustina, dentre outros.

    Será que D. Walmor Walmor Oliveira de Azevedo deseja seguir o mesmo destino de Judas Iscariotes, também apóstolo de Jesus ?

    Por fim, as Sagradas Escrituras há tempos nos alertam que:

    “os filhos das trevas são mais espertos que os filhos da luz” (Lucas 16)

    Tendo em vista a grande e dolorosa confusão que reina atualmente em Belo Horizonte, solicitamos que as autoridades eclesiásticas (Nunciatura Apostólica, Vaticano) inteirado destes fatos (ora denunciados), tome as providências cabíveis, nos termos do Código de Direito Canônico (situação estaria a merecer urgente intervenção canônica (visitação apostólica), para o bem da Igreja e dos fiéis, com vistas a restaurar a luz da tradição bimilenar católica nesta época de escuridão na qual o homem substitui o culto a Deus, tanto na sociedade como na Igreja.

    Finalizo com a sábia advertência do papa Bento XVI, ao revelar:

    – “Maior perseguição à Igreja” não vem de “inimigos de fora, mas nasce do pecado da Igreja”… disse ainda Bento XVI:
    “A Igreja tem uma profunda necessidade de reaprender a penitência, de aceitar a purificação, implorar perdão” (viagem à Fátima, maio/2010).

    Nossa Senhora da Boa Viagem, padroeira de Belo Horizonte, interceda para que seja retomada a Fé Católica e restabelecida a Moral na Arquidiocese de Belo Horizonte-MG, para a maior glória de Deus!

    Renovamos, nesta oportunidade, todo o nosso apreço e a mais distinta consideração.
    Saudações cristãs,

    Renato Aguiar de Assis
    Católico, cidadão brasileiro e auditor fiscal

  5. Proponho como solução uma Visitação Apostólica neles (arquidiocese de BH).
    Em tempo: O núncio apostólico não se encontra no Brasil e sim na Itália (informação que acabei de receber de Brasilia-DF).

  6. Esses demolidores querem enganar a quem? A chapéuzinho vermelho? Bergoglio osculando od pés do travesti e recebendo o casal gay na nunciatura (deixando se fotografar); o padre doador de carrões da Arquidiocese de São Paulo lambendo os pés de alguém que, seminu, bancou o crucificado na parada gay daquela cidade; os jesuítas do colégio Santo Inácio (RJ) fazendo festa junina com direito o “casamento na roça” entre “adolescentes do mesmo sexo”; o burocrata sem talento quuyooe virou arcebispo de São Paulo abrindo a PUC para a militância de um sujeito que odeia a Igreja católica e prega sobre os pretensos enlevos da sodomia; o convescote de bispos, dito sínodo da família, a elogiar, em seu relatório de trabalho, os pretensos valores da sodomia. Então, é ou não verossímil que o bando do circense Mol e do arcebispo (?!) estejam a pregar a mesma coisa.

    Deixem de ser ridículos e patéticos, seus clérigos hipócritas, que o povo sabe muito bem do que vcs gostam. E saem correndo da Babilônia espiritual que vcs ousam chamar de Igreja católica.
    Vcs não têm nada a ver com religião nem com moral. Estamos fartos de tanta patifaria e mistificação.

  7. Esses burocratas da religião querem enganar a quem? A chapeuzinho vermelho? Bergoglio osculando os pés do travesti e recebendo o casal gay na nunciatura (deixando se fotografar); o padre da Arquidiocese de São Paulo que teria doado carrões a lamber os pés de alguém que, seminu, bancou o crucificado na parada gay daquela cidade; os jesuítas do colégio Santo Inácio (RJ) fazendo festa junina com direito o “casamento na roça” entre “adolescentes do mesmo sexo”; o burocrata sem talento que virou arcebispo de São Paulo franqueando a PUC para a militância de um sujeito que odeia a Igreja católica e faz pregação gay; o convescote de bispos, dito sínodo da família, a elogiar, em seu relatório de trabalho, a vida gay.

    Então: é ou não verossímil que o bando do Mol risonha e do arcebispo (?!) de BH estejam de fato a pregar a favor de tais coisas?

    Deixem de ser ridículos e patéticos, seus clérigos hipócritas, que o povo sabe muito bem do que vcs gostam! E o povo sai correndo de.vcs. A seitas o provam.
    Vcs não têm nada a ver com religião alguma nem com nada
    Estamos fartos de tanto abuso e mistificação.

  8. Prezados,
    No meio jornalístico poderia-se classificar as recentes publicações referentes à Arquidiocese de Belo Horizonte neste Blog de “barrigadas”. Os Senhores, creio, estão desinformados e prefiro pensar que não o fizeram por má fé!

    O Arcebispo, amplamente criticado nas postagens e nos comentários, alguns deles de modo grave, governa uma das três maiores Arquidiocese do País; é membro da Congregação para a Doutrina da Fé; membro da Congregação para as Igrejas Orientais; além de Ordinário para aqueles sem Rito Próprio no Brasil. É pastor de elevado saber cristão (Doutor em Teologia Bíblica pela Gregoriana) e apresenta vivência exemplar. Em vários artigos já se manifestou contrariamente àquilo que ora o acusam; basta um pouco de calma e busca na internet e isto se comprova. Ademais, o respeito à pessoa do Arcebispo deve se prevalecer em qualquer circunstância!

    Isto posto, quero crer que a publicação foi apenas uma tentativa de elevar as visitas ao Blog; porque de prático, não dura 1 segundo de séria pesquisa e estudo; quem dirá tempo de alguém da cúpula da Igreja.

    Saudações fraternas!

    Abaixo algumas últimas notícias da Arquidiocese referente ao Projeto de Evangelização:

    Projeto de Evangelização Proclamar a Palavra é apresentado no Santuário da Padroeira de Minas
    http://www.arquidiocesebh.org.br/site/noticias.php?id_noticia=14227

    Conselho Arquidiocesano de Pastoral reflete o Projeto de Evangelização Proclamar a Palavra
    http://www.arquidiocesebh.org.br/site/noticias.php?id_noticia=14238

    • Caro Gilmar, a Arquidiocese de BH parece que se especializou em militância de todos os tipos. https://www.youtube.com/watch?v=8GBH6BnVdmA

    • Sr. Gilmar,

      “Os filhos das trevas são mais expertos que os filhos da Luz”, disse Jesus.

      O seu comentário trata-se de uma FALÁCIA. Senão, vejamos:

      1) Qual foi a tomada de decisão do herege frei Cláudio Von Balen ???

      Nota: fizemos uma reunião com o bispo local na sede da arquidiocese denunciando pessoalmente as heresias do frei carmelita (estávamos eu, prof. Hermes, Hipólito, Adrian…).

      2) Por que o arcebispo escolheu um Marxista-ateu para projetar a futura catedral mineira: Cristo Rei?

      Detalhe: o formato da catedral é de uma FOICE e MARTELO.

      3) Por que a arquidiocese persegue os religiosos que não seguem a cartilha da Teologia da Libertação?

      4) Por que o arcebispo D. Walmor é OMISSO com relação ao seu bispo auxiliar, Dom Joaquim Mol, notadamente de esquerda e adepto da Teologia da Libertação e Ideologia de Genero, que inclusive implantou o Nome Social na PUC-MINAS.

      Com a palavra, Gilmar…

      PS.: Barrigada é o que vc postou acima.

    • Nathan,
      Em relação ao Projeto Proclamar a Palavra o Blog praticou barrigada mesmo; e de modo mais tolo impossível! Lamentável ter que admitir isso; mas foi o que aconteceu! Publicou uma mentira; que não dura 1 segundo de pesquisa no Google pra você ter ideia; quem dirá nos dctos específicos.

      De toda forma, suas perguntas nada tem a ver com o Projeto; mas chamo a atenção pelos seguintes:

      1 – Como ousa chamar alguém de herético sem que a Igreja tenha se pronunciado a respeito? Se tem provas, por que não levou até Roma?

      2 – Enquanto autônoma em suas decisões, a Arquidiocese poderia chamar quem quisesse para projetar a nova Catedral de BH; independente se o arquiteto seja católico ou não. E ver foice e martelo é uma visão sua; subjetiva! Há pessoas que vêem duas mãos se unindo em oração, por exemplo…

      3 – Você poderia apresentar provas de “perseguição” a algum sacerdote; mesmo que seja referente à “Teologia da Libertação”?

      4 – O que você chama de omisso? Quer que o Arcebispo remova o Auxiliar, é isto?
      Ter opção por esquerda ou direita é direito de qq um; apesar que na Igreja não há esquerda-direita. Quanto a nome social, o que você gostaria que fosse feito se fosse você um travesti e aluno da PUC Minas?

      No mais, tenha atenção para não misturar assuntos velhos em barrigada nova ok?
      Abraços

  9. Gilmar Franco,
    fazendo abstração de seus outros erros, e focando apenas o que você diz em
    “1 – Como ousa chamar alguém de herético sem que a Igreja tenha se pronunciado a respeito?”,
    gostaria de convidá-lo, bem como a todos os que compartilharem ou se interessarem de algum modo por esse questionamento, a lerem com atenção o seguinte artigo:
    https://aciesordinata.wordpress.com/2011/05/28/textos-essenciais-em-traducao-inedita-lxiii/
    (John S. DALY, “O Direito de Julgar a Heresia: Os particulares têm o direito de julgar que alguém é herege antes do julgamento direto da Igreja?”, trad. de F. Coelho).