O sino da bravura.

Por Gercione Lima | FratresInUnum.com

No último dia 30 de Janeiro, terminei meu tratamento de quimioterapia. As notícias são boas e os prognósticos melhores ainda. Meu CA125 caiu para 10, que é um nível praticamente normal do marcador de câncer de ovário.

Com isso não quero dizer que estou 100% curada, que o câncer nunca mais vai voltar e que eu nunca mais precisarei passar por isso novamente. Mas com a graça de Deus também é possível que essa tenha sido verdadeiramente a minha última quimioterapia.

gercione2

Durante 5 anos serei uma paciente oncológica em remissão, mas com alta probabilidade de recidiva. Prefiro não pensar muito nisso agora, porque Nosso Senhor nos diz: “Não vos preocupeis, pois, com o dia de amanhã: o dia de amanhã terá as suas preocupações próprias. A cada dia basta o seu cuidado”.

Então, por hoje, tudo que eu gostaria de compartilhar é a alegria por essa etapa vencida e contar-lhes sobre o “Sino da Bravura”. Quem deu início a essa tradição no Hospital Princess Margareth, em Toronto (onde estou sendo tratada), foi uma ex-supervisora de enfermagem da unidade de quimioterapia, chamada Donna McCullagh. Donna se aposentou em 2002, depois de trabalhar no Princess Margareth por 25 anos.

Mas, na sequência de um diagnóstico de câncer de cólon em 2014, de enfermeira ela passou a paciente oncológica e veio a falecer em 2016.  

Poucos meses antes de se aposentar, Donna McCullagh veio com uma idéia que esperava servir de incentivo aos pacientes determinados a alcançar a meta. 

Inspirada pelo som estridente do sino que sinaliza o fim de uma luta de boxe, uma das enfermeiras sugeriu a instalação de um sino que os pacientes pudessem tocar, quando terminassem seu curso de tratamentos de quimioterapia.

Donna McCullagh comprou então um sino tradicional, cor de bronze com uma corda atada que oscila do centro – “Como o sino que se vê em um navio”.

O “sino bravura”, como passou a ser conhecido, tornou-se um sucesso instantâneo. Desde o início, o bater do sino passou a ser acompanhado pelos aplausos de funcionários do hospital e outros pacientes com câncer na unidade de quimioterapia. Algumas famílias trazem amigos para marcar a ocasião. Muitas vezes há lágrimas.

Começar um tratamento de câncer não é fácil para ninguém. Fazer quimioterapia é uma experiência que só quem passou sabe! É preciso coragem, bravura, para enfrentar o tratamento. Mas o sino do navio tem também outro significado: todos nós, amigos, familiares, Igreja militante, Padecente e Triunfante estamos juntos nesse barco. Ontem eu toquei o sino e enquanto batia me lembrei de todos vocês, de suas orações, missas e sacrifícios. Cada um de vocês que estão nesse barco comigo, que fizeram essa primeira parte da jornada menos sofrida e tornaram possível uma chegada triunfante nesse primeiro porto da jornada.

Como poderei esquecer esse momento do bater do sino, na hora do Ângelus, na hora da Sanctus e da Consagração?

A mais bela de todas as orações será sempre muito pouco para traduzir nossa gratidão a Vós, Senhor, pela graça da perseverança ao longo dessa jornada. A cada momento, fostes presença forte e fiel a nos fortalecer, mantendo acesa em nossos corações a chama da certeza da vitória — quando, muitas vezes, tivemos motivos para desistir. Sou grata pela Vossa Divina Providência nas circunstâncias contrárias. Transformastes os caminhos tortuosos em veredas retas e, hoje, somos mais que vencedores, porque Vós nos ajudastes. É muito bom compartilhar Convosco essa alegria. Agradecemos por terdes caminhado ao nosso lado e reconhecemos a importância da Vossa presença em nossa trajetória.

Ontem eu estava mais energética, graças, em parte, a uma dose de prednisone, um esteróide dado a pacientes de quimioterapia para mitigar alguns dos efeitos colaterais. Mas sei que a sensação é temporária; em poucos dias serei abatida novamente pela fadiga e todos aqueles efeitos colaterais indesejáveis. Mas continuo na luta tendo em mente aquela famosa frase de Santa Teresa de Ávila: “Tenho dentro de mim um campo de batalha, O soldado não tem como voltar para casa na guerra – ou ganha a batalha ou morre”.

Deus abençoe a todos vocês e vos recompense abundantemente!

* * *

Querida Gercione, nós é que agradecemos por ter em nosso humilde blog uma valorosa guerreira como você. Continuemos a luta pela Santa Igreja!

Tags:

23 Comentários to “O sino da bravura.”

  1. Deus te abençoe!

  2. Contando com nossas preces, que se recupere o mais breve possível e volte ao campo de batalha pois a maioria dos soldados que deveria fazer frente aos inimigos pereceria estar dopada por gases asfixiantes das ideologias, portanto cambaleantes!
    Daí necessitarem pessoas assumidas na fé para apresentar os diagnósticos e terapias – a começar de Roma, v entende!

  3. Rezei muito por ti.
    Sei que minhas orações – orações de um pecador impenitente – são desprezíveis aos olhos do mundo; nada tenho de bom; nada posso ofertar. Mas, se eu não sei dar, Deus sabe tirar!
    Que Ele faça dessas minhas mãos vazias uma dádiva para ti.
    Deus lhe cumule de bênçãos e lhe reestabeleça o corpo para que continues O louvando com tua vida devota!

  4. “Eu te conjuro em presença de Deus e de Jesus Cristo, que há de julgar os vivos e os mortos, por sua aparição e por seu Reino: prega a palavra, insiste oportuna e importunamente, repreende, ameaça, exorta com toda paciência e empenho de instruir.
    Porque virá tempo em que os homens já não suportarão a sã doutrina da salvação. Levados pelas próprias paixões e pelo prurido de escutar novidades, ajustarão mestres para si..Apartarão os ouvidos da verdade e se atirarão às fábulas.
    Tu, porém, sê prudente em tudo, paciente nos sofrimentos, cumpre a missão de pregador do Evangelho, consagra-te ao teu ministério.
    Quanto a mim, estou a ponto de ser imolado e o instante da minha libertação se aproxima.
    Combati o bom combate, terminei a minha carreira, guardei a fé.
    Resta-me agora receber a coroa da justiça, que o Senhor, justo Juiz, me dará naquele dia, e não somente a mim, mas a todos aqueles que aguardam com amor a sua aparição.” (II Timóteo, 4:1-10)

    O SEU COMBATE AINDA NÃO TERMINOU. CONTINUE A LUTA, PORQUE DEUS ESTÁ CONTIGO E LHE DARÁ FORÇAS!

  5. Deus abençoe!

  6. Melhor notícia, impossível! Parabéns, Gercione, que Deus lhe abençoe sempre!!!

  7. Deo gratias!

    Não esqueço de rezar pela senhora diariamente.

    Fiquei muito feliz com a analogia entre o sino da bravura e o doce toque dos sinos em nossas santas liturgias.

    Desejo-lhe uma ótima continuidade de recuperação, reiterando-lhe (até de forma repetitiva) a constância de minhas preces, esquecendo nessa hora qualquer divergência teológica.

  8. Deus lhe abençoe e Nossa Senhora lhe seja sempre favorável!

  9. Bravo! Que Nossa Senhora esteja sempre do seu lado, cara irmã! Deus ainda quer a senhora pelejando pela Santa Igreja!

  10. Onipotente e benigníssimo Deus, que sois a salvação eterna de todos os que crêem em Vós, escutai as orações que Vos dirigimos por Gercione, Vossa serva. Afastai dela tudo quanto o aflige e fazei, em Vossa misericórdia, que todos os remédios aplicados ao seu mal lhe sejam salutares. Em Vós, ó, único autor e conservador da vida e árbitro supremo da nossa sorte, pomos toda a nossa confiança; e, embora nos esforcemos por todos os meios possíveis para lhe restabelecera saúde, todavia é de Vós só que tudo esperamos. Ouvi, Senhor, nossas preces e as desta enferma, para que alegres possamos com ele prestar-Vos a homenagem do nosso reconhecimento. Amém

    Cara Gercione, Deus é contigo.

  11. Que alegria receber boas notícias suas. Louvamos a Deus por sua vida, seu apostolado e como está testemunhando sua confiança plena nEle! Continue firme, Seguiremos juntas em oração! Abraços

  12. Não a conheço, mas quem sabe um dia. Rezei por tua cura e me emociono ao ver tuas fotos. Me sensibilizo e me solidarizo com quem sofre. Deus abençoe e restabeleça em tua completa cura. Baruch, Adonai!

  13. louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo, por sua vida cara amiga Gercione. Um forte abraço. Deo gratias!

  14. Chorei lendo!

    Quero tocar esse sino também, Dona Gercione. Mas meu sino é o da cura de outros males… Peço suas orações por mim, Deus saberá por que as recebe.

    E como aprendo com a senhora!! Aqui no FiU, quando leio uma notícia e não sei julgá-la, logo a procuro nos comentários e, se a encontro, está dado o melhor critério e chave de leitura. Deus lhe dê vida longa, pois a senhora é uma escola.

    Deus a abençoe, e Nossa Senhora lhe seja a companhia de todos os dias e noites!

  15. Caríssima Gercione Lima, desejo que o som desse sino tangido por sua mão sofredora e cristãmente resignada tenha subido até o Céu para ali alcançar, por meio do Sapiencial e Imaculado Coração de Maria, a graça de sua completa cura. E também traga para a Santa Igreja o mais breve possível o fim das tribulações que a afligem.

  16. Que notícia boa. Eu também me emocionei. Que Deus lhe abençoe com muita saúde e alegrias !

  17. Ajudem a rezar também pela liberação do uso compassivo da fosfoetanolamina sintética, que já ajudou tanta gente. Se alguém quiser saber mais sobre.. acompanhar..
    Fosfoetanolamina Playlist / TV Senado youtube

    Esta moça posta novidades sobre a pesquisa, a luta para a aprovação no STF e relatos de pessoas que já usaram ou usam a droga.
    https://www.facebook.com/polyana.ribeiro.9/media_set?set=a.1005366052858407&type=3

  18. Que Deus a abencoe, Nossa Senhora a proteja e São João Paulo II interceda por ti

  19. Cara Gercione,

    Fico feliz com a notícia do término de sua quimioterapia, e entrada no processo de sobrevivência.
    Assim como você, também já sofri desse mal chamado câncer.
    Aos 18, descobri um câncer no mediastino, e com a orações de todos os próximos a mim, e com a intercessão de Maria Santíssima, consegui vencer essa barreira, e posso dizer hoje, aos 26 anos, que sou um vencedor.

    Por todos os comentários e contribuições que vejo de ti a esse estimado blog, sei que és uma rocha e um instrumento de Evaneglização tão valioso.
    Sê forte, pq és uma vencedora!

    Que Deus lhe abençoe

  20. Sr.ª Gercione, fico felicíssimo ao receber a notícia de sua grande vitória. Laudetur Deus. Conte sempre com minhas preces. Recordo aqui estes versículos em que o salmista canta a confiança na proteção divina: “Dominus custodiet te ab omni malo; custodiet animam tuam Dominus. Dominus custodiet introitum tuum et exitum tuum ex hoc nunc et usque in saeculum” (Psalmus CXXI, 7s). Meu abraço de especial apreço.

  21. Que boa notícia, muito feliz … que Deus a abençoe ..

  22. Gercione,
    Que Deus e a Virgem Santíssima a abençoem com a saúde e a iluminem com sabedoria para você continuar a lutar pela Fé Católica. Você estará sempre em minhas orações.