Revolução da ternura.

“Não tenham vergonha da ternura. Hoje se necessita de uma revolução da ternura neste mundo que sofre de cardioesclerose”.

Francisco, 7 de dezembro de 2016

Sobre cartazes, dos Papas, risadas e insultos (pontifícios). Para descontrair.

Por Marco Tosatti, 10 de fevereiro de 2017 | Tradução: FratresInUnum.com – Agora que o meu colega Guido Mocellin, do jornal Avvenire revelou os mistérios relacionados aos posteres que apareceram espalhados em Roma e direcionados não ao Pontífice reinante, mas a outro rei de Roma, Francesco Totti, e que por uma confusão banal dessa região do Lácio acabaram colados sobre os muros da Capital.

papa-che-ride-300x169Depois que o arcebispo Becciu, o número 2 da Secretaria de Estado e o delegado espiritual do Papa junto à Ordem de Malta, nos assegurou que o Pontífice até riu do episódio e apreciou o dialeto Romanesco;

Dado que os pogroms e incêndios foram afastados, com exceção de alguns pequenos foguinhos acesos aqui e acolá por algum colega mais entusiasmado, e já que ainda estamos em tempos de carnaval e ainda podemos nos permitir um sorriso…

Eis que feitas todas essas ressalvas, hoje aconteceu de me deparar com um site durante meu giro pela internet. Trata-se de uma página Opportune Importune que faz um compêndio de todos os insultos lançados pelo Papa contra sacerdotes, cardeais,bispos e leigos que diante de seus olhos carecem de qualquer parâmetro de respeito.

É uma página datada de 14 de dezembro de 2015, mas que tinha me escapado na época, como também me passou despercebido um livreto em inglês da qual tal página se originou. The Pope Francis Little Book of Insults [O pequeno livro de insultos do Papa Francisco]., dezembro 2015. Desde então, a lista certamente cresceu e não foi pouco.

Aqui estão alguns termos usados (para a lista completa, consulte o website):

Velhas comadres

Instigadores da coprofagia

Especialistas em Logos

Debulhadores de rosários

Funcionários

Pessoa absorvida em si mesma

Neo pelagianos

Prometeico

Restauracionista

Cristãos ideológicos

Pelagianos

Sr. e Sra. choramingões

Triunfalistas

Cristãos inflexíveis

Gnósticos modernos

Cristãos líquidos

Cristãos superficiais

Múmias de museu

Príncipe renascentista

Bispo de Aeroporto

Cortesão leproso

Ideólogo

Cara comprida

Autoritários

Elitistas

Pessimistas e desiludidos

Cristãos com cara de vinagre

Infantis, com medo de dançar, gritar, com medo de tudo

Cristãos que buscam certeza em tudo

Cristãos fechados, tristes, aprisionados, que não são livres

Cristãos pagãos

Monstrinhos

Cristãos derrotados

Papagaios do Credo

Batedores da Inquisição

Seminaristas que cerram os dentes à espera de terminar os estudos, que seguem as regras e sorriem revelando a hipocrisia do clericalismo, um dos piores males.

Ideólogos do abstrato

Fundamentalistas

Sacerdotes grudentos e idólatras

Adoradores do deus Narciso

Sacerdotes vaidosos e fanfarrões

Sacerdotes vendedores de pneus

Padres magnatas

Religiosos que têm o coração amargo como vinagre

Fechados na fria formalidade de uma oração gelada, avarentos.

Estéreis no seu formalismo

Gente velha e saudosista de estruturas e usos que não dão mais vida ao mundo de hoje

Jóvens maníacos pela moda

Cristãos de pastelaria

Cristãos anestesiados

Fracos até a podridão

Cristãos de coração negro

Cristãos inimigos da cruz de Cristo

Falso moralistas

Contemplativos distantes.

Devo confessar que vê-los todos assim alinhados em uma coluna me deu pena. Porque, como sempre, o costume anestesia a sensibilidade. Talvez quem hoje lê que o Papa está atacando os cristãos anestesiados, não se recorda que há três dias foi a vez dos estéreis no seu formalismo. E que amanhã talvez será a vez daqueles do coração negro.

Em suma, mas como há gente ruim entre esses Cristãos, pelo menos de acordo com o Pontífice. E isso também não deixa de ser uma novidade. Eu não me recordo que seus predecessores tenham jamais expressado opiniões tão repetidas, tão cortantes e impiedosas contra as ovelhas do rebanho. E realmente, se os fiéis da Igreja Católica são essa massa de iniqüidades, é de se perguntar se os cartazes não eram realmente autênticos ou se limitavam a ser simples cartazes. Afinal de gente tão ruim assim há que se esperar de tudo! Talvez até soltem um sorriso após o próximo insulto e ainda digam: “você sabe, é o Papa… ele sempre age assim”.

Anúncios
Tags:

52 Comentários to “Revolução da ternura.”

  1. Com esse Papa, é oito ou oitenta! Ele tem a resposta na ponta da língua! Deus sabe o que faz e manda o que a Igreja precisa! É um acorde para toda a Igreja, para rever a sua pratica! A mão já está no arado , na foice. É tempo de separar os bodes das ovelhas! Vamos abrir nossos olhos! A divisão entre a sogra e nora está começando! O que nos espera? Em Fátima, Maria pediu que rezássemos o terço com fé e devoção para obter a paz!

  2. Faltou um insulto: solteironas (dirigido às religiosas).

  3. E como se não bastasse, seus lacaios ainda mandam seus cachorros! Hoje tive que bloquear no tweet uma refugiada muçulmana acolhida por Bergoglio em Roma, e que defendia a unhas e dentes Padre Spadaro!
    A dita era agressiva e não poupou-me epítetos! Até pensei inicialmente que se tratava de uma dessas católicas ultra-modernistas, mas visitando a página dela me surpreendi: muçulmana e refugiada!
    Como não perco tempo com bate-boca inútil em internet, bloqueei de cara!
    Mas esse é o nosso futuro na igreja bergogliana, se não é o próprio pontífice nos atacando, serão os hereges, cismáticos, muçulmanos, judeus e anglicanos que ele acolhe na mesa dos filhos, enquanto para nós não sobra nem as migalhas que caem da mesa para os cachorrinhos.

  4. Deus sabe o que faz e manda o que a Igreja precisa.

    Um pastor que não defende seu rebanho é um enorme castigo pela nossa impiedade e nosso comodismo/tolerância com o pecado.

    Falo “nosso” por 2 motivos muito simples: Refiro-me a sociedade ocidental desta época e também me incluo no número dos pecadores que somente pela misericórdia divina pode ser chamado de Filho de Deus.

  5. Os adjetivos relacionados ao Pontífice atual estão descritos na Pascendi Dominici Gregis de São Pio X. Essa resume Francisco.

    • Caríssima Eva Bezerra, com sinceridade, fui lendo o artigo, e pensando exatamente o que V. (ou a Sra) escreveu. Uma pena que no momento não tenho tempo para fazer a lista dos tais adjetivos, que diga-se de passagem, não são meros insultos de adversários figadais, mas a pura e crua realidade, infelizmente! Já pensei em fazer um artigo mostrando que este Papa é um modernista, senão à Loisy, bem perto disto.
      Este papa (papa até que não se prove o contrário) distila o veneno oculto do Vaticano II. Mas do que nenhum outro, até agora, é o que mais fiel se mostra ao espírito modernista do Vaticano II. Quer ele caminhar sem parar, até levá-lo às suas últimas consequências.

  6. A lista de insultos é variada, sem contarem outros, como receptividade às escorias da humanidade, enumerando João P Stédile, Jean Grabois e outros mais trastes comunistas, dirigentes de grupos mafiosos, vinculados aos tentáculos vermelhos!
    Esses sim, são os maus elementos, efusivamente acolhidos dentro do Vaticano pelo papa Francisco – façam a voz de vocês a minha – a começarem desses dirigentes de “movimentos sociais” e similares que são comprovados marxistas, anarquistas, material-ateístas e atentadores contra a fé cristã católica e à ordem social!
    Mais recentemente, outro insulto, pela quarta oportunidade se reuniu no Vaticano a Plataforma Feminista-ONU no dia Internacional da Mulher, patrocinado por D Sorondo, com as abortistas herodianas mais destacadas, incluindo-se até freiras nas aparencias do suspeito “nunsonthebus”, e mais mais vampiras fantoches do sinistro mercado do genocidio infantil!
    E completando o caos desse macabro encontro, tiveram como orador de honra o esquerdista Pe. Arturo M Sosa, Superior Geral dos Jesuítas, que seu discurso se referiu a Deus como Mãe – teria se referido à Mãe Terra do eco-humanismo globalista?
    Os ideologistas convencionam em si de falarem uma, mas o sentido compactuado entre eles é outro!
    Dessa forma, esse relativista encorajou a luta feminista pela ordenação das mulheres, observando que o Papa Francisco havia criado uma comissão para estudar a possibilidade de mulheres diaconisas!
    Os jesuítas danaram-se com o esquerdoide padre Arturo Sosa da vida, por cima ainda seria ainda amigo do Maduro…

  7. Os insultos do jesuíta Bergoglio aos bons fazem lembrar os escárnios de um Voltaire. E, por sinal, recordo-me de que em uma de suas novelas, Voltaire, falando dos jesuítas, faz seu personagem proferir algo que hoje nos parecerá uma espécie de profecia demoníaca: “Deixai-os; importa não acabar de todo com eles, porque daqui há duzentos anos eles nos serão muito úteis…”

  8. Já com transexuais, muçulmanos, anglicanos e judeus, ele é todo delicadeza…

  9. Che Guevara apreciava bastante “ternura”, bem sintonizado como o papa Francisco, será que seriam “ternuras” do mesmo sentido?
    “Hay que endurecerse pero sin perder la ternura jamás”…

  10. Na verdade, o “The Pope Francis Little Book of Insults” foi publicado no blog “That the bones you have crushed may thrill, http://thatthebonesyouhavecrushedmaythrill.blogspot.com.br/2013/12/the-pope-francis-little-book-of-insults.html Aqui , atualizado: http://popefrancisbookofinsults.blogspot.com.br/ de Laurence England, o rapaz que fez e canta as músicas, entre elas “That’s amoris”. Este rapaz deve estar sofrendo muito, porque acompanha tudo muito de perto pelo seu facebook ( onde tem no alto uma foto conversando com o Cardeal Raymond Burke). Ele tem vários outros blogs católicos e o youtube com as músicas, já fez 14. Achei engraçado este outro site aqui ( não dele ): Insult generator. http://retrocatholic.com/cgi/insult For another or your daily insult, refresh the page.

  11. Quanta polidez, elevação espiritual e suavíssima doutrina…

    Mas… será que Bergoglio é tão tardo ou tão absolutamente mal intencionado ao ponto de ignorar que TODOS esses defeitos, e outros piores, sobejam também fora da Igreja?

    Será que ele não se dá conta que, ocupando o lugar que ocupa, o que ele diz é lei? E, se ele está dizendo que os católicos são assim tão leprosos e malditos, quem há de duvidar do que ele diz, não é mesmo…?

    Quem ainda terá vontade de conhecer melhor a religião católica? Se a religião católica só gera, segundo o prelado o argentino, gente tão ruim e maldita, então é melhor mesmo nem passar por perto. Vejam: B. não precisa mais se preocupar com proselitismo…

    Parece cada vez mais certo que o dito senhor fez um bom workshop, a soldo de seus mandantes de unha suja, a fim de desempenhar, com a máxima desenvoltura, o papel que ora desempenha (com público cada vez mais mirrado, graças a Deus).

    Pois não dá para disfarçar. Tudo o que Bergoglio toca acaba murchando, seca e estiola e racha. Nem o candidato a Paulo VII seria tão bom coveiro.

    Enfim, só as hienas continuam vendo o abate. De algum jeito, Bergoglio realiza seu sonho de criança estranha. E até os lobos estão cansados de tanta mordida e sadismo.

    VINDICA, DOMINE!

    • Em que pronunciamento o Papa Francisco disse

      “Gente velha e saudosista de estruturas e usos que não dão mais vida ao mundo de hoje..”?

      Essa frase, me interessa de modo particular…

  12. É MUITA MALDADE.

    Senhores. Com que intenção vocês publicam isso? Denegrir a imagem do Papa Francisco? Fazer as pessoas odiarem ainda mais ele? É muita maldade de vocês pegarem estas palavras fora de contexto como se ele estivesse agredindo as pessoas. Ora, ele estava falando dos perigos que os Padres e líderes correm de se tornarem isso. Pergunta: HÁ ALGUNS PADRES QUE SÃO ASSIM? Claro que há e vocês sabem muito bem disso. Ninguém cobra nada de ninguém na Igreja. Se a Igreja fosse uma empresa a maioria dos Bispos e Padres seriam demitidos por incompetência PAREM COM ESSE ÓDIO CONTRA O PAPA FRANCISCO, VOCÊS CORREM UM SÉRIO RISCO DE ESTAREM BRIGANDO CONTRA O PRÓPRIO DEUS. Ele realmente representa Deus. Vocês estão fazendo o Papel do demônio – dividir, pregando o odio. Vocês estão incitando as pessoas COM UMA MENTIRA. Tiraram palavras fora do contexto, para manchar a imagem dele. Por isso que na minha paróquia eu não aceito nada dos conservadores. A prática da religião de vocês não melhora vocês, pelo contrário – SÓ PIÓRA. Nunca vi um grupo tão cheio de ódios e fundamentalistas como vocês. Vocês e os Fariseus são muito semelhantes.

    • Tá sonhando com a mitra ou mora na lua ou os dois –

    • Não aceita conservadores em sua paróquia? Logo vocês que se denominam misericordiosos? Cadê o acolhimento?

    • Palavras como a do senhor só demostram o estrago que o relativismo fez na mente intelectual desta geração e principalmente na relação do homem com Deus.
      O seu discurso não difere muito do discurso que eu ouço na minha universidade. A mesma cegueira desastrosa repetida por milhares de alunos e professores. É tão forte que às vezes eu preciso me policiar pra não me ver repetindo algumas dessas tolices como um papagaio irracional.
      Estamos vivendo uma completa idiocracia que se baseia em falsos argumentos de igualdade e lutas de classes estupidas. Idiocracia da mais perigosa, pq afasta o ser criado do criador da forma mais impiedosa e cruel possível. A crise intelectual mais grave em toda a história da humanidade.
      Que Deus em sua eterna misericórdia tenha piedade do senhor, de mim e de todo mundo.

    • Pe Julio, com todo respeito, as amizades constantes acima com concordancia do papa Francisco de apoio a movimentos marxistas, recebidos no Vaticano como amigos do peito, a midia que tanto odiava o papa Bento XVI agora mudou de posiçaõ de vez em relação a ele, aos tais movimentos sociais, abortistas e mais acordo com projetos da ONU não acham que seriam reprovaveis?
      Não acho que ninguém tem odio ao papa Francisco, mas reprova certos atos e palavras dele que não estariam de acordo com os padres da Igreja de modo muito diferente, apoiando os terroristas do Islã e os cristãos sendo mortos, caso Asia Bibi e mais:
      “UM ANO DE PONTIFICADO, UM ANO DE CONFUSÃO”, de Alejando Sosa Laprida, confira, sr padre Julio, todo o artigo e veja se há embuste de parte dele!
      1 – Em 10/07/2013, Francisco enviou aos muçulmanos de todo o mundo uma mensagem de felicitações pelo fim do ramadã. Devemos deixar claro que se trata de um gesto jamais produzido na Igreja Católica antes do Concílio Vaticano II saudando pagãos, intolerantes ao extremo e odeiam os cristãos
      2 – Pois bem, qualquer que seja a sinceridade dos maometanos na crença e na prática de sua religião, não por isso é menos falso sustentar que “adoram ao único Deus”, “que falou aos homens” e que “a cujos decretos procuram submeter-se de todo o coração”, pela simples razão de que “allah” não é o Deus verdadeiro, que Deus não falou aos homens através do Alcorão e que seus decretos não são os do islã.
      3 -Durante sua homilia na Casa Santa Marta, no Vaticano, em 22 de maio de 2013, Francisco disse que o Senhor salvou “todos os homens” pelo Sangue de Cristo, e que deste modo se convertem em “filhos de Deus não só os católicos, mas todos, inclusive os ateus”. Gregório XVI, na encíclica citada anteriormente, censurava “o indiferentismo, essa perversa teoria espalhada por toda parte, graças aos enganos dos ímpios, e que ensina poder-se conseguir a vida eterna em qualquer religião, contanto que se amolde à norma do reto e honesto”

    • Padre Julio Costa.
      Denegrir a imagem do Papa Francisco?

      Ele por si só está fazendo isso, suas atitudes e comportamentos demonstram uma vasta ignorância no que se refere a doutrina da Igreja Católica. Está descrito claramente no Evangelho de São Mateus 24-24: 24 Porque se levantarão falsos cristos e falsos profetas, que farão milagres a ponto de seduzir, se isto fosse possível, até mesmo os escolhidos.

      Fazer as pessoas odiarem ainda mais ele?

      Posso falar por mim, não tenho ódio dele , rezo para que se converta a fé Católica, antes que o castigo divino chegue até a sua carne ou até a sua alma.

      E o Senhor também volte a uma catequese , pelo visto seu seminário não lhe ensinou a doutrina da Santa Igreja.

    • Caro pe.Júlio Costa, paz e bem!

      Concordo parcialmente contigo quando diz:
      “VOCÊS CORREM UM SÉRIO RISCO DE ESTAREM BRIGANDO CONTRA O PRÓPRIO DEUS. Ele realmente representa Deus”. Ponto final.

      Mas será que vc não está tb fazendo “o Papel do demônio – dividir, pregando o odio” ao declarar textualmente:

      “Por isso que na minha paróquia eu não aceito nada dos conservadores”.

      O que é isso companheiro? Vc dividiu o corpo místico de Cristo em Progressistas, Conservadores, Neutros ou de Centro?

      Será que a sua práxis religiosa melhora ou piora a situação com este “Hate Speech”?!?

      E o qual a sua explicação sobre a nomeação do ex-prefeito de São Paulo (Fernando Haddad), o homem do “kit gay”, virar conselheiro da PUC-SP?

      Não posso falar sobre a situação da Igreja de São Paulo, mas posso falar da realidade aqui em Belo Horizonte-MG, onde resido:

      1- O bispo auxiliar de BH e reitor da PUC-Minas (D. Mol) é adepto da Ideologia de Gênero, sobe em carros da CUT para defender os PeTralhas etc.

      2- Há graves denúncias de desvios sexuais por parte da cúpula de BH;

      3- No plano pastoral da arquidiocese de BH, há expresso apoio à Ideologia de Gênero…

      4- Meu filho estudou no colégio “tradicional” Loyola (dos Jesuítas), de BH. Vc sabe o que era ministrado nas aulas de Teologia (para os alunos de 2º ano do Ensino Médio): Propaganda GAY (Vídeos: “não gosto de meninos” e Júri gay (caso da cantora Cassia Eller (disputa pela adoção do seu filho: Avô X companheira) etc.

      5- Vc viu a maquete da futura catedral dos mineiros: Cristo Rei (projetada pelo marxista-ateu Oscar Niemeyer) no formato da FOICE e do MARTELO?
      Leia o discurso do papa emérito Bento XVI no parlamento alemão e verá a sua crítica com relação a essas construções de CIMENTO E SEM JANELA (Seitas secretas).

      Será que muitos pastores não se tornaram lobos?

      6- O Exmo. Sr. prefeito de BH (Kalil, além de corrupto, é ateu) promulgou uma lei que proibe o Ensino Religioso nas escolas públicas da Prefeitura de BH.

      Pasmem: E nenhuma nota de protesto foi redigida pela Arquidiocese de BH contra essa Lei IMORAL.

      Por outro lado, os bispos da gde BH emitiram uma Nota contra a reforma da Previdência.

      Será que a CNBdoB defende os valores do Reino de Deus ou os do Mundo?

      Felizmente, chegamos ao centenário de Fátima (1917), quando as profecias finais serão cumpridas plenamente. Como diz o Salmista, que o Altíssimo não nos puna na mesma proporção de nossas faltas.

      Com a palavra, o filho predileto de Nossa Senhora: Padre Julio Costa, da Diocese de Santo André-SP…

    • Caro padre Julio,
      a teologia moral tradicional ensina que tornar conhecidas as faltas pessoais de outrem SEM NECESSIDADE, é pecado contra o 8º Mandamento, por ferir a honra alheia. Sucede, porém, que a mesma teologia moral tradicional ensina que tornar conhecidos os defeitos, crimes e faltas de inimigos da Fé e dos Bons Costumes, não só é lícito, como pode ser necessário, porque isso ajuda a neutralizar a má influência que tais pessoas exercem sobre as almas e, assim, diminui os estragos por elas causados.

      Ora, a conduta pastoral de Francisco vai claramente contra a Fé Católica verdadeira. Logo, tornar conhecidos os defeitos e faltas de Francisco serve para ajudar as almas a não aderirem a seus erros por simpatia pessoal para com ele. Noutros termos: gostar humanamente de Francisco faz mal às almas, porque facilita o deixar-se influenciar pelos erros dele; logo, publicar os defeitos de Francisco é uma caridade para com as almas, na mesma medida em que as leva a pelo menos questionarem a sua eventual simpatia por ele. E a reputação de Francisco certamente não vale mais do que a salvação eterna de uma só alma que seja.

      Caro padre Julio, é ótimo ser caridoso para com o próximo, e respeitar o bom nome e a honra deste é um dever fundamental da santa caridade. Mas o exercício da caridade deve ser guiado pela prudência e pela sabedoria, de modo a não se perder nos casos de conflitos de deveres: a caridade para com os ímpios, por exemplo, precisa ser sabiamente articulada com a necessidade ineludível de combatê-los.

      A este propósito, convido-o, e aos demais interessados, a conhecerem (ou relembrarem) as belas páginas escritas por monsenhor Felix Sardá y Salvani em sua obra “O liberalismo é pecado” – um livro que foi publicamente aprovado e elogiado pelo papa Leão XIII. Especificamente, leiam-se os seguintes capítulos:
      XXI – “Da sã intransigência católica, em oposição à falsa caridade liberal”. (página 80)
      XXII – “Da caridade nas formas de polêmica”. (página 84)
      XXIII – “Se é conveniente, ao combater o erro, desautorizar a personalidade de seus propagadores” (página 89).
      A referida obra está disponível aqui:
      http://www.obrascatolicas.com/livros/Filosofia/O%20Liberalismo%20e%20pecado.pdf

    • “Por isso que na minha paróquia eu não aceito nada dos conservadores.” (padre Júlio Costa)

      Até a hora do ofertório.

  13. Que triste, tanto deboche e falta de caridade.

  14. Deus nos deu o exemplo dos santos na terra, para que seguindo o seu exemplo, cheguemos às alegrias do céu!
    E nesses tempos difíceis, mais do que nunca é para eles, para os santos, que devemos olhar porque se dependermos de um “padre” Julio Costa, estamos fritos!
    São Pio X, ao assumir o Patriarcado de Veneza, não perdeu tempo em desmascarar os predecessores do padre Júlio da Costa, identificando esse inimigo sem rosto que se abriga dentro de nossas igrejas, católicos apenas no nome, que menosprezam a sabedoria milenar da Igreja fazendo concessão entre o bem e o mal.

    “Let priests be on their guard against accepting any doctrines of the Liberalism which under the pretext of good, aims at effecting a reconciliation between right and wrong….Liberal Catholics are wolves in sheep’s clothing; and therefore the true priest is bound to unmask them, and to disclose to the people entrusted to his care their dangerous snares and evil designs.”

    Traduzindo: “Que os padres estejam vigilantes contra qualquer doutrina do Liberalismo, que sob o pretexto de fazer o bem, almeja uma efetiva reconciliação entre o bem e o mal. CATÓLICOS LIBERAIS são lobos em pele de cordeiro, e portanto é dever do verdadeiros sacerdote desmascará-los e revelar ao povo confiado aos seus cuidados suas armadilhas e desígnios malignos”.

    Mas, e quando os pastores se tornam lobos? Quando um padre declara abertamente que não aceita “conservadores” em sua paróquia, porque ele mesmo é um liberal de carteirinha, intolerante e provavelmente um desses heréticos da teologia da libertação?
    Aí só cabe às ovelhas seguir o conselho sábio de Dom Prosper Gueranger:

    “Quando o pastor se torna um lobo, o primeiro dever do rebanho é se auto-defender”.

    Eu aconselho aos Católicos que ainda prezam pela sua fé, abandonar essa paróquia liberal, procurar uma que ainda conserva resquícios de Catolicismo se quiserem salvar suas almas e a de suas famílias. É o próprio Jesus que nos aconselha:
    _ Quando pois virdes que a abominação no lugar santo (aquele que lê, entenda:) fujam!!
    Quanto aos que quiserem permanecer nas garras desse lobo é porque são farinha do mesmo saco. Cada rebanho tem o pastor que merece!

    • Bravo Gercione,
      Pra quem vive numa paróquia assim, é dever se manter afastado e, pra usar uma linguagem que esses tipos entendem, não ajudar materialmente em nada. Não colocar filhos em colégios “católicos” desse quilate é uma obrigação do pai e da mãe.

  15. Faltou:

    1- “Católicos não precisam procriar ‘como coelhos’”

    Comentário:
    como fica a promessa no casamento:
    Estais dispostos a receber amorosamente os filhos
    como dom de Deus e a educá-los segundo a lei de Cristo e da sua Igreja?

    2- “Se uma pessoa é gay e busca a Deus, quem sou eu para julgá-la?”

    Comentário:
    como fica a Sagrada Escritura, que os apresenta como depravações graves (Gn 19, 1-29; Rm 1, 24-27; 1 Cor 6, 9-10; 1 Tm 1, 10), a tradição sempre declarou que “os atos de homossexualidade são intrinsecamente desordenados” (Congregação da Doutrina da Fé, decl. Persona humana, 8). São contrários à lei natural. Fecham o ato sexual ao dom da vida. Não procedem de uma complementaridade afetiva e sexual verdadeira. Em caso algum podem ser aprovados.

    4- “Peço a vocês que sejam revolucionários, que vão contra a corrente; sim, peço que se rebelem; que se rebelem contra essa cultura do provisório que, no fundo, crê que vocês não são capazes de assumir responsabilidades, que não são capazes de amar a verdade”

    Comentário:
    Jesus jamais foi um líder revolucionário. O reino de Deus não é deste mundo.

    3- “Se, por exemplo, uma expedição de marcianos aparecer e um deles vir até nós e pedir para ser batizado, o que aconteceria?”
    Comentário:
    Será que o papa Francisco acredita em Marcianos?

    E, para finalizar com chave de ouro:

    4- “Brasileiros roubaram meu coração. E roubaram bem”

    Na sequência:

    5- Voltou até dom Orani e disse: “E como sabem roubar bem”, disse, rindo.

    Comentário:
    E como fica a imagem do Brasil e do Rio de Janeiro, a cidade maravilhosa?

    PS.:
    E o que vocês me dizem do gesto de Francisco com “mão chifrada” com o cardeal das Filipinas, numa celebração para a Família.
    Detalhe: a mão chifrada é um dos sinais de adoração a ritos satânicos. Tire suas dúvidas:
    http://oglobo.globo.com/sociedade/religiao/papa-francisco-faz-gesto-de-eu-te-amo-nas-filipinas-15072135

  16. Em que pronunciamento o Papa Francisco disse

    “Gente velha e saudosista de estruturas e usos que não dão mais vida ao mundo de hoje..”?

    Essa frase, me interessa de modo particular…

  17. Padre Julio,

    Com o devido respeito, porque o senhor pergunta “Com que intenção vocês publicam isso”?
    Ora, todas essas coisas (e outras ainda) foram ditas pelo Papa Francisco, qual o problema em publicar? Aliás, talvez o senhor não esteja sabendo, mas essas coisas não foram publicadas só aqui. Se há erro no que ele diz, é o caso de ele pensar antes de falar. O senhor ainda dá a entender que se queira denegrir a imagem do Papa Francisco. Isso é absolutamente falso, é ele mesmo quem tem feito isso e tem feito muito bem.

  18. Em primeiro lougar rev. Pe. Julio, ACORDE PARA A REALIDADE !

    com respeito a lista fiquei muito triste por ver que é a pura realidade e tudo falado por S.Santidade com um ar de total deboxe aos catolicos.

    Faltou contudo a lista de LOUVORES de Francisco, aos:

    Mulcumanos,
    Judeus,
    Anglicanos,
    Luteranos,
    Abortistas,
    Leonardo Boff,
    Obama,
    etc. etc.

    Deus Tenha misricórdia!

  19. Quem poderia imaginar tudo isto há alguns anos atrás. Muito triste. Este escrito sobre o livro dele, “El Jesuíta”, é muito forte. https://radiocristiandad.wordpress.com/2010/06/01/bergoglio-desenmascarado/ Alguém já leu o livro ?

  20. Alguns querem respeito do Papa mas nao o chamam nem pelo titulo (chamam-no Bergoglio). Se querem alguma coisa, comecem respeitando o Papa Francisco. Pode nao ser perfeito como querem ou como quero mas ainda e’ seu Papa, fazer o que? E’ a vontade de Deus que tais coisas acontecam para que venha logo o fim dos tempos. Na verdade os que reclamam assim, nao iriam parar de critical a figura papal nem que fosse outro homem melhor no trono de Pedro, simplesmente porque ele nao rezaria a cartilha politica deles ou daqueles clerigos cismaticos ou com tendencias cismaticas que os influenciam. Tenho que concordar com o Papa Francisco e resumir estas pessoas, inclusive aquelas, que gostam de discuros inflamados, que podem levar a outros a se escandalizar ainda mais e deixar a Igreja, em uma frase: ” Muita claridade mas pouca caridade” . Repito, conformem-se pois e’ a vontade de Deus.

  21. Debulhadores de Rosário? Vcs podem provar onde ele disse isso? Procurei no Google não achei.
    .
    O que achei foi isto aqui. Como entra em contraste com o que está posto aqui, seria bom esclarecer.
    .
    (No tuíte de alguns dias atrás, o Pontífice confessou: “O terço é a oração que sempre acompanha a minha vida; é também a oração dos simples e dos Santos, é a oração do meu coração”)

    Fonte: Rádio Vaticana, final de 2016.

  22. Procure se atualizar. É o próprio Jorge Bergoglio que em nome de sua pseudo-humildade demonstra ojeriza a títulos, principalmente aqueles ligados ao ofício que ele ocupa:
    http://traditioninaction.org/religious/d025_Jorge.htm
    Os títulos papais representam a dignidade do Ofício Petrino, mas para Bergoglio, a própria idéia do Papado é a de uma instituição monárquica, remanescente de uma mentalidade medieval que ele pretende erradicar. Foi ele mesmo que ao ser perguntado logo depois de sua posse, como deveriam chamá-lo, respondeu:
    _ Chamem-me Jorge, o que mais?
    Por causa disso foram surgindo blogs na internet com o título: Dice me Jorge ou Call me Jorge.

    Não acho que uma pessoa que se refere aos Católicos que matam um leão por dia para perseverar na fé, com tanto desdém e desrespeito mereça algum tipo de consideração. Tenho sim muito respeito pelo Ofício, pela Instituição fundada pelo próprio Cristo, mas se minha consciência me diz que aquele que ocupa o Ofício é um impostor, não me sinto obrigada de forma alguma a lhe prestar algum tipo de reverência. Lembre-se que foi a própria Constituição Gaudium et Spes que inaugurou o “primado da consciência” na Igreja: ninguém pode ser obrigado a agir contra a sua consciência.

    Existe a vontade positiva de Deus e a vontade permissiva. De fato Deus está permitindo esse castigo por causa da apostasia. Devido ao progresso da iniquidade a caridade esfriou, o sal perdeu o sabor, por não terem cultivado o amor à verdade, Deus permitiu esse poder que está levando muitos a acreditar no erro para sua própria perdição.

    Todos os Papas foram criticados por alguma razão, mas eram obedecidos e venerados quando falavam em nome de Cristo e da Igreja. Atualmente só cego não vê que o homem que ocupa a Cátedra de Pedro ( legitimamente ou ilegitimamente) se recusa a agir como Papa: não confirma os irmãos na fé mas confirma os hereges no erro, não transmite e nem defende a doutrina herdada dos Apóstolos mas critica duramente com os epítetos acima elencados, todos aqueles que tentam obedecê-la, recusa todos os títulos ligados ao Ofício mas usa a autoridade que lhe confere esses títulos para perseguir desafetos e pra semear a discórdia. Muito contraditório da sua parte, falar em “clérigos cismáticos ou com tendências cismáticas”, se não usa da mesma medida pra denunciar os verdadeiros cismáticos: ortodoxos e anglicanos que agora tem passagem livre dentro do Vaticano para fazerem cerimônias sacrílegas, enquanto os Católicos são enxotados pela polícia!

    Você está redondamente enganado. A vontade de Deus está claramente descrita em 1Tessalonicenses 4: “Porque esta é a vontade de Deus, a vossa santificação”.
    Quem está escandalizando a Igreja e levando muitos a abandoná-la é o próprio Bergoglio! Como disse o PW com muita propriedade:

    “Quem ainda terá vontade de conhecer melhor a religião católica? Se a religião católica só gera, segundo o prelado argentino, gente tão ruim e maldita, então é melhor mesmo nem passar por perto. Vejam: B. não precisa mais se preocupar com proselitismo…”

    E eu vou mais adiante, se como ele mesmo disse, na falta de uma igreja Católica, podemos até mesmo ir na Anglicana ou Ortodoxa, quem vai querer se dar o trabalho de se batizar na Igreja Católica? Se o proselitismo é uma “tonteria” pra quê pregar o Evangelho e pra quem se todas as religiões são boas?
    Seu conceito de caridade não passa de um pretexto. Agora volta lá e decore todos aqueles epítetos bergoglianos, você vai precisar e muito deles na hora de usar a sua “caridade” com aquelas pessoas que “gostam de discursos inflamados”.

  23. Nem sempre o Google é seu melhor amigo! É preciso acompanhar o que Bergoglio diz todas as manhãs na Casa Santa Marta. É preciso saber das piadinhas que ele faz entre jornalistas para se parecer povão e isso seus mais ardorosos fãs parecem fazer vistas grossas, mas quando o assunto vem à baila, não falta quem suba em sua caixinha de sabão para gritar: “Vcs podem provar onde ele disse isso”?
    Pois bem, voltemos então ao cenário do dia 6 de Junho de 2013, quando Bergoglio teve um encontro com a Confederación Latinoamericana y Caribeña de Religiosas y Religiosos (CLAR).
    Um encontro em que ele se sentou em círculo como se estivesse entre iguais. Um encontro em que ele fez questão que fosse informal e depois lamentou que alguns membros da conferência tenha revelado o conteúdo à imprensa.
    Nesse encontro Bergoglio relatava que assim que foi eleito, um desses “grupos restauracionistas”( palavra inventada por ele) de Buenos Aires enviou-lhe um bouquet espiritual de rosários. Eu imagino que tenha sido a SSPX, porque estamos em outra cruzada de rosários e isso é feito regularmente. Nessa carta, o famoso “grupo restauracionista” dizia:
    _ Santidade, nós lhe oferecemos esse tesouro espiritual: 3,525 rosários na sua intenção.
    Ora, todos nós sabemos que uma das intenções do rosário é rezar pelo Santo Padre! Só que a reação de Bergoglio diante desse presente espiritual foi o escárnio. Ao grupo de religiosos e religiosas caribenhos ele manifestou pesar e preocupação dizendo e fazendo gestos:

    “Eu compartilho com vocês duas coisas que me preocupam. Uma é a corrente pelagiana que existe na Igreja nesse momento. Existem alguns grupos restauracionistas, e eu conheço alguns, tive que receber alguns deles em Buenos Aires. E a gente se sente como se tivesse voltado há 60 anos atrás! Bem antes do Concílio! Como se estivesse em 1940I Uma anedota, só pra ilustrar, mas não vão rir tá? Eu até levei com respeito, mas muito me preocupou quando logo após eu ter sido eleito, eu recebi uma carta de um desses grupos em que eles diziam: “Santidade, nós vos oferecemos esse tesouro espiritual: 3525 rosários”. Por que não dizer simplesmente: “nós rezamos por você…mas essa coisa de ficar contando…( gestos de quem debulha rosários) e esses grupos retornam a práticas e disciplinas que nós já vivemos no passado- mas não vocês porque são jovens- a disciplinas, a coisas que haviam naquele dado momento, mas que já não existem nos dias de hoje”.

    ( ORIGINAL- Yo les comparto dos preocupaciones. Una es una corriente pelagiana que hay en la Iglesia en este momento. Hay ciertos grupos restauracionistas. Yo conozco algunos, me tocó recibirlos en Buenos Aires. ¡Y uno siente que es como volver 60 años atrás!Antes del Concilio… Uno se siente en 1940… Una anécdota, sólo para ilustrar, no es para reírse, yo la tomé con respeto, pero me preocupa; cuando me eligieron, recibí una carta de uno de estos grupos, y me decían; “Santidad, le ofrecemos este tesoro espiritual; 3.525 rosarios”. Por qué no dicen rezamos por usted, pedimos… pero esto de llevar las cuentas… Y estos grupos vuelven a prácticas y a disciplinas que yo viví –ustedes no, porque ninguno es viejo– a disciplinas, a cosas que en ese momento se vivían, pero no ahora, hoy ya no son…http://rorate-coeli.blogspot.ca/2013/06/papa-francisco-dialoga-como-un-hermano.html)

    Aí está o texto e o contexto em que tradicionalistas foram descritos como debulhadores de rosários, os gestos, os risos e anedotas ficaram por conta da fonte que testemunhou os eventos e passou aos jornalistas. Não houve confirmação e nem desmentidos por parte de Bergoglio.

  24. Ainda hei-de ler neste blog, gente que para justificar os desmandos de Bergoglio, que Deus quis que Adão cometesse o pecado original ou que desejasse o inferno para as almas. Fazem de Deus um sádico que gosta de ver as almas a sofrer e a serem enganadas pelo papa. Se Deus permite o engano também nos dá o Espírito Santo e a inteligência para distinguirmos o mal do bem. Os desmandos e enganos de Bergoglio deveriam ser sinais nítidos nas consciências das pessoas de que algo vai muito mal na Igreja e que se Deus permite é para que cada um de nós se santifique através do verdadeiro testemunho católico e não para se refugiar num “Deus é que quis” e seguir o erro como se Deus fosse fonte desse mesmo erro.

  25. Fraters in Unum: meu direito a treplica.

    Gercione: você me diz que a minha Ideia de caridade e’ um pretexto, mas pretexto para que? Não há pretexto algum, coisa que você imagina. Honestamente não há nada, apenas me preocupo com os rumos que estes comentários tem tomado os possíveis resultados e estou lhe falando isto como alerta.

    Não vou decorar os “epítetos” tenho mais a aprender com outros Papas e Santos da Igreja, mas que são fieis totalmente ao que disse e ordenou Jesus Cristo Nosso Senhor. Sei perfeitamente das frases infelizes e dúbias do Sumo Pontífice. Mas ainda o respeito, mesmo que ele não goste de títulos. Rezo por ele sempre, sempre.

    Com todo respeito a sua condição Gercione, existem outras pessoas aqui com o mesmo discurso que usam da mesma verborragia, derramando seu odio em tudo que o Papa fala. Concordo que este Papa pode estar levando muitos ao erro, ao pecado e mesmo para a perdição, mas isto não e’ causado por ele somente, tudo e’ uma culminação de um processo que já’ se arrasta há anos. Abismo chama abismo.

    E por falar em outra face do abismo: por outro lado, todas estas ordens ou ” fraternidades” que se separaram oficialmente do Papado estão em cisma e você sabe muito bem disto. Estas também são resultado do mesmo processo do modernismo e do satanismo que vem se infiltrando na Igreja há anos.

    Por isto digo o obvio: quem adere a qualquer uma das ordens cismáticas esta em pecado gravíssimo (mesmo que este Papa seu desafeto autorize aqui e la’ os sacramentos). Ainda há algumas paroquias em que os padres e bispos ainda levam a sua vocação a serio, não só aquelas que rezam a Missa de Sempre. Alias existem Igrejas Católicas de Rito Ucraniano (Bizantino etc.). Não há necessidade destas fraternidades. Acho que você sabe as consequências de ser um cismático claramente. Por isto digo e repito: com suas palavras (que não são poucas, mas sempre com o mesmo tema) você pode estar levando outras pessoas ao erro, ao cisma o que não é’ uma coisa igualmente boa a salvação das almas.

    Quanto a vontade de Deus, não e’ necessário me sabatinar com a frases das Sagradas Escrituras sei muito bem que Ele deseja a nossa santificação. Mas ate’ o diabo sabe recitar as sagradas escrituras. Nem eu nem você somos Deus para saber 100% porque esta calamidade se abateu sobre a Igreja Católica com tanta intensidade nestes últimos 50 anos. Existiram maus papas, a modernidade veio se juntar ao Pecado Original para se infiltrar os corações e mentes, mas ainda falta muito a ser revelado que só no fim dos tempos saberemos o porque desta iniquidade. Uma coisa sei: Deus não permite o mal sem que ele queira dali tirar um bem maior, dai minha expressão “vontade de Deus”. Só sei que devemos fazer o melhor nestes tempos de crise e você aparentemente o faz bem (pela resposta de alguns bajuladores seus), mas existe um veneno diabolico nas suas palavras que incentiva ainda mais este cisma. Basta disto enquanto e’ tempo.

    Lembre-se que Papas passam, mas os danos ao Oficio Petrino ficam. Por isso lembre-se Paulo era incisivo em não permitir que a mulher ensinasse publicamente, um ensinamento valido nos tempos antigos que ainda e’ valido hoje. Talvez um pouco de humildade neste sentido lhe faça bem nesta quaresma. In Corde Jesu Semper.

    • Do ponto de vista da teologia moral, duvido muito que haja real pecado de cisma por parte das “Fraternidades” que não obedecem aos papas da linhagem Vaticano II. Há numerosas e sérias razões objetivas para esse procedimento, as quais certamente bastam para torná-lo lícito. Uma coisa intrinsecamente má não pode ser tornada boa por circunstância alguma, mas a desobediência está longe de ser algo intrinsecamente censurável. Antes, pelo contrário, ela pode ser perfeitamente legítima, e até mesmo obrigatória, no caso em que a autoridade emita ordens más, ou no caso mais drástico ainda de que a própria posse real de jurisdição (= posse válida do cargo) por parte da (suposta) autoridade seja no mínimo questionável. Ou, noutros termos: a lei (ordem) de valor duvidoso não obriga, e menos ainda a lei cuja execução acarrete a simultânea violação de outras leis mais certas e mais graves. De modo que a acusação de cisma formal feita às “Fraternidades” anti-Vaticano II não parece resistir a uma análise teológica moral. E certamente é no campo da estrita teologia moral que o caso deve ser analisado, e não no simples terreno das estratégias de política eclesial circunstancial.

  26. Fraters in Unum: meu direito a treplica.
    [Gercione: você me diz que a minha Ideia de caridade e’ um pretexto, mas pretexto para que? Não há pretexto algum, coisa que você imagina. Honestamente não há nada, apenas me preocupo com os rumos que estes comentários tem tomado os possíveis resultados e estou lhe falando isto como alerta.
    Não vou decorar os “epítetos” tenho mais a aprender com outros Papas e Santos da Igreja, mas que são fieis totalmente ao que disse e ordenou Jesus Cristo Nosso Senhor. Sei perfeitamente das frases infelizes e dúbias do Sumo Pontífice. Mas ainda o respeito, mesmo que ele não goste de títulos. Rezo por ele sempre, sempre.]

    Interessante que se você sabe perfeitamente das frases infelizes e dúbias do atual Pontífice, é porque elas são públicas e escandalosas. Ninguém está vindo aqui descobrir a nudez de Noé. Noé é que sai nu em público pra angariar aplausos. O que estamos dizendo é que o “rei está nu”, enquanto alguns como você, mesmo sabendo, prefere aplaudir e jogar pedras em quem diz que ele está nu e envergonhando a Igreja.

    [Com todo respeito a sua condição Gercione, existem outras pessoas aqui com o mesmo discurso que usam da mesma verborragia, derramando seu odio em tudo que o Papa fala. Concordo que este Papa pode estar levando muitos ao erro, ao pecado e mesmo para a perdição, mas isto não e’ causado por ele somente, tudo e’ uma culminação de um processo que já’ se arrasta há anos. Abismo chama abismo.]

    Exatamente devido à minha condição, exatamente por saber que não temos morada permanente nesse mundo, que meu tempo aqui com certeza será curto é que não vou me calar. Vou gritar lobo sempre que eu ver um, seja ele padre, bispo ou papa!
    São Francisco de Assis, ao escrever a regra original da Ordem, deixou claro o procedimento para aqueles irmãos expostos ao perigo de morte quando iam evangelizar em terras dominadas por muçulmanos. Ele dizia que mesmo sob perigo de morte jamais deveriam negar a Cristo. E é isso que tenho procurado fazer no pouco tempo que me resta. Mesmo sob perigo de morte, jamais negarei a Cristo em nome do respeito humano. É um absurdo você dizer que concorda que esse “papa” está levando muitos ao erro, ao pecado e mesmo para a perdição, e ainda ter a pachorra de defendê-lo ou atacar quem o denuncia! Pelo menos nisso os outros papólatras são mais honestos: eles defendem Bergoglio até os dentes porque concordam com ele!

    [E por falar em outra face do abismo: por outro lado, todas estas ordens ou ” fraternidades” que se separaram oficialmente do Papado estão em cisma e você sabe muito bem disto. ]

    Não sei nada disso e não concordo com você em nada. Nem mesmo os Papas pós Vaticano II jamais afirmaram a asneira que você está dizendo. Não preciso nem postar pela enésima vez o que diz a Carta Ecclesia Dei Aflicta, que por sinal, erroneamente acusa Dom Lefebvre de ter cometido um ato cismático ao sagrar os Bispos. Mas em nenhum momento afirma que a SSPX enquanto fraternidade sacerdotal é cismática. O ato da consagração dos Bispos é que teria sido segundo as palavras da dita carta. Mas peraí…me parece que até essa carta foi pro brejo no momento em que Bento VI anulou as excomunhões dos quatro Bispos! Se o motivo das excomunhões era o tal ato cismático e elas foram anuladas não sei mesmo porque você continua repetindo a mesma asneira como doente de Parkinson gritando em montanha russa! Então não sei mesmo de que cisma você está falando. O que há agora são negociações pra se resolver o status jurídico da Fraternidade, um status que foi injustamente suprimido.
    Eu nem posso acusar os sedevacantistas de terem se “separado oficialmente do Papado”, visto que eles simplesmente não reconhecem a legitimidade dos pontífices pós-Vaticano II! Quem se separou “oficialmente do Papado” são os Protestantes, os Anglicanos e os Ortodoxos. São esses que não reconhecem os dogmas da Igreja no tocante à autoridade e supremacia do Pontífice Romano. E contra esses você não solta um pio quando Bergoglio os recebe com honras dentro do Vaticano! Honestidade aqui passou longe!

    [Estas também são resultado do mesmo processo do modernismo e do satanismo que vem se infiltrando na Igreja há anos.
    Por isto digo o obvio: quem adere a qualquer uma das ordens cismáticas esta em pecado gravíssimo (mesmo que este Papa seu desafeto autorize aqui e la’ os sacramentos). Ainda há algumas paroquias em que os padres e bispos ainda levam a sua vocação a serio, não só aquelas que rezam a Missa de Sempre. Alias existem Igrejas Católicas de Rito Ucraniano (Bizantino etc.). Não há necessidade destas fraternidades. Acho que você sabe as consequências de ser um cismático claramente. Por isto digo e repito: com suas palavras (que não são poucas, mas sempre com o mesmo tema) você pode estar levando outras pessoas ao erro, ao cisma o que não é’ uma coisa igualmente boa a salvação das almas.]

    Você não tem poderes e nem autoridade pra declarar ninguém como cismático, quem tem essa autoridade é a Igreja que tem como lei suprema a salvação das almas. Quando a Igreja declarou os Ortodoxos como cismáticos, emitiu um documento oficial que está valendo até hoje. Aliás, a excomunhão entre a Igreja Católica e Ortodoxa foi mútua e eles não fazem segredo disso e nem escondem o motivo que é a negação do Primado de Roma.
    Quando Lutero e HenriqueVIII se separaram da Igreja, igualmente houve um documento oficial da Igreja declarando-os como cismáticos e heréticos e até hoje se reza pela volta deles nas cerimônias da Semana Santa.
    O único documento que falava de um ato cismático cometido por Dom Lefebvre ( as sagrações episcoapais) foi anulado por Bento XVI, ficando pendente apenas a questão da jurisdição ordinária porque a jurisdição extraordinária também está clara no Código de Direito Canônico. Portanto, se você tem tanta ojeriza a “cismáticos” deveria ser o primeiro a gritar contra os desmandos desse Pontificado que abre as portas da Igreja para cismáticos históricos já declarados pela Igreja como tal, ao invés de sair por aí se outorgando uma autoridade que você não tem.

    [Quanto a vontade de Deus, não e’ necessário me sabatinar com a frases das Sagradas Escrituras sei muito bem que Ele deseja a nossa santificação. Mas ate’ o diabo sabe recitar as sagradas escrituras. ]

    O diabo sabe sim as Sagradas Escrituras, mas assim como você, ele não quer a nossa santificação, ele quer é que os Católicos obedeçam a impostura que ele mesmo estabeleceu no lugar santo. O truque dele é o da falsa obediência e pra isso ele conta com pessoas como você que em nome dessa falsa obediência defende os lobos que devoram as ovelhas e ainda ataca as ovelhas que tentam fugir das garras dos lobos!

    [Nem eu nem você somos Deus para saber 100% porque esta calamidade se abateu sobre a Igreja Católica com tanta intensidade nestes últimos 50 anos. Existiram maus papas, a modernidade veio se juntar ao Pecado Original para se infiltrar os corações e mentes, mas ainda falta muito a ser revelado que só no fim dos tempos saberemos o porque desta iniquidade. Uma coisa sei: Deus não permite o mal sem que ele queira dali tirar um bem maior, dai minha expressão “vontade de Deus”. Só sei que devemos fazer o melhor nestes tempos de crise e você aparentemente o faz bem (pela resposta de alguns bajuladores seus), mas existe um veneno diabolico nas suas palavras que incentiva ainda mais este cisma. Basta disto enquanto e’ tempo.
    Lembre-se que Papas passam, mas os danos ao Oficio Petrino ficam. Por isso lembre-se Paulo era incisivo em não permitir que a mulher ensinasse publicamente, um ensinamento valido nos tempos antigos que ainda e’ valido hoje. Talvez um pouco de humildade neste sentido lhe faça bem nesta quaresma. In Corde Jesu Semper.]

    Paulo era incisivo sim em não permitir que a mulher ensinasse DENTRO DAS IGREJAS, que fizessem homilias durante a liturgia, que fossem ministras como se vê hoje em dia. Mas a Igreja nunca proibiu as mulheres de transmitirem a Doutrina fora das assembléias. Volte lá no Atos dos Apóstolos e vê se aprende alguma coisa com aquelas santas mulheres que eram catequistas!
    No mais, se o que você diz fosse verdade, não teríamos tido luminares femininos como Santa Teresa de Avila e Santa Catarina de Siena que escreviam e ensinavam até Papas, mas que dentro das igrejas ficavam caladas e com a cabeça coberta.
    Quantas santas mulheres, o próprio Jesus escolheu a dedo nos nossos tempos! Santa Margarida Maria de Alacoque, a mensageira do Sagrado Coração, a Beata Juliana a quem Jesus mandou pedir ao Papa a Festa de Corpus Christi, são só alguns dos exemplos.
    Golpe baixo seu tentar distorcer um ensino paulino pra tentar me fazer calar. Não vai funcionar! Pois sou a primeira a falar contra mulheres que querem desempenhar funções masculinas e clericais dentro da Igreja. E antes de mandar alguém ser humilde, dê uma passada na frente do espelho e faça uma reflexão sobre o assunto! Não me parece muito humilde da sua parte sair por aí se outorgando uma autoridade que você não tem.
    E reze muito, porque se há um poder diabólico é aquele que o induz a acreditar e defender o erro, por não ter cultivado o amor à Verdade: diante do progresso da iniquidade o seu amor à Deus, a sua caridade se esfriou e você nem percebeu! Daqui pra frente você estará nas minhas orações diárias para que as escamas da cegueira caiam dos seus olhos.

    • Perfeito. A verdade e o bem. Sem verdade não há confiança também. Como vou seguir alguém se não confio. “ Le vrai pousse dans la même terre que le bien; leurs racines communiquent. Détachée de cette racine commune et par là moins reliée à sa terre, l’une ou l’autre pâtit, l’âme s’anémie ou l’esprit s’étiole. Au contraire, en nourrissant le vrai on éclaire la conscience; en fomentant le bien, on guide le savoir”. Sertillanges, A.-D

    • Que resposta brilhante D. Gercione.
      Santa, heróica e até contendo uma certa alegria. Muito obrigado. Deus lhe pague!
      Salve Maria Puríssima!

    • Cara Gercione Lima, paz e bem!

      Eita baianinha retada (brincadeirinha).

      Dou graças todos os dias por Deus ainda enviar santos profetas (como você) que não cansam de anunciar o “Evangelho da Vida” e denunciam os “Sinais de Morte” presentes na sociedade e na Igreja.

      Estamos vivendo tempos de confusão, principalmente, desde a posse de Francisco.

      Há dois papas (profetizado pela Beata Ana Catarina Emmerich (1774-1824).
      Há duas Igrejas superpostas (uma fundada por Jesus e outra pela “Sinagoga de Satanás”).
      Há duas doutrinas sendo ensinadas.
      Há dois caminhos colocados para se chegar ao Céu (um estreito e outro largo).
      Nunca, na história humana, um papa foi tão aclamado pelo mundão (filmes, reportagens, entrevistas, mídia…) como o papa do “fim do mundo”. Qto mistério: o papa Francisco afasta os verdadeiros católicos apostólicos romanos e aproxima os demais.

      Moral: Bento XVI estava coberto de razão qdo profetizou:

      “A maior perseguição da Igreja não vem de inimigos externos, mas nasce do pecado na Igreja”.

      De fato, as maiores heresias, os cismas, a rebeldia contra o Magistério e contra a Igreja foram, na sua maior parte, iniciadas por padres e bispos. Ário, Nestório, Pelágio, Lutero et caterva.
      Todos sacerdotes e heresiarcas. Todos semeadores de joio no meio do trigal.

      Vem, Senhor Jesus, há tantos sinais bíblicos se cumprindo (apostasia, fenômenos climáticos…).

    • Senhora Gercione, muito bem refutado!

  27. Senhor Renato Assis.

    Pra seu governo, a Sennhora Gercione é mineira de Ipatinga

  28. Ótima a sua exposição, caríssima Sra. Gercione.

    A senhora me lembra Santa Catarina de Sena. Deus a abençoe muito!