Faleceu John Vennari.

Por FratresInUnum.com – Rezemos pelo repouso eterno da alma de John Vennari e consolo de seus familiares. John faleceu hoje. Ele era o redator do site Catholic Family News e foi um grande defensor da Fé Católica e da restauração da Tradição. John trabalhou estreitamente com o padre Grunner por mais de vinte anos na divulgação e promoção da mensagem de Nossa Senhora de Fátima. As palestras do Congresso Anual do Fatima Center, inclusive as apresentações de John, podem ser assistidas no canal da organização no Youtube.

Anúncios
Tags:

9 Comentários to “Faleceu John Vennari.”

  1. Perdi hoje um amigo, um colega e um “patrão” com quem colaborei por muito tempo com meu trabalho de fotografia e traduções.
    De certa forma, compartilhamos muito mais do que o trabalho na área de comunicação. Compartilhamos a dor e a ansiedade dessa doença terrível que tem ceifado muitos que tão corajosamente lutaram pela glória de Deus.
    Hoje não tenho palavras pra descrever o que eu estou sentindo. Só sei que ele vai fazer muita falta!

  2. Dai-lhe, Senhor, descanso e que a luz eterna o alumie!
    As ideologias estão em alta por deficit de cristãos do nível John Vennari que soube aproveitar a vida pró Evangelho!
    Aliás, a começar de dentro da Igreja, hoje a partir do topo, diversos promotores ostensivos delas, dando-lhes até cheque em branco!…

  3. Desculpem minha ignorância e também pode parecer brincadeira mas não é.

    Mas se eu encomendar uma missa em sufrágio da alma dele posso pedir que se celebre um sufrágio de João Vennari? É para facilitar para o sacerdote.

    • Com certeza, Júnior.
      Pode sim encomendar uma, duas, ou infinitas missa em favor de uma pessoa falecida.
      O melhor seria oferecer uma INDULGENCIA PLENÁRIA em favor de um falecido.
      Sds cristãs!


  4. † Requiescat in pace.

  5. John Vennari, tão devoto de Nossa Senhora de Fátima, morrendo a poucos dias do centenário das aparições, irá festejar agora entre os Anjos o 13 de maio que se avizinha. Que ele saúde a Virgem de Fátima por nós e comunique a Ela os nossos agradecimentos pelas Suas aparições e mensagens de 100 anos atrás!

  6. John Vennari
    Li pouca coisa do que ele escreveu, e talvez tenha sido o que de mais importante publicou. Recordo-me de um longo artigo em que fazia ampla cobertura jornalística de uma Jornada Mundial da Juventude realizada no Canadá, uma escandalosa “Woodstock católica”.
    .
    Li também sua colaboração no livro “We Resist You To The Face”, em que, com outros jornalistas católicos que atuam nos Estados Unidos, assumia publicamente a posição de resistência diante da imensa crise pela qual está passando a Santa Igreja e da política religiosa seguida pelos Papas desde o Concílio Vaticano II. Não se tratava de um ataque pessoal ou detração em relação ao então Papa João Paulo II, mas de resistência contra os erros do progressismo promovidos por esse Pontífice e os anteriores.
    .
    Em tom respeitoso, polido, calmo e ao mesmo tempo ágil, esses autores junto com John Vennari apontaram o incessante avanço da Revolução Conciliar e o intento de extinguir a ação contrarrevolucionária dentro da Igreja. Apontaram especialmente a Revolução “ad intra” na Igreja Católica, mediante a secularização/dessacralização e a promoção do igualitarismo. E também a Revolução “ad extra”, ou Ecumenismo.
    .
    Essa declaração pública de resistência implicava:
    – Na abertura de uma discussão ou polêmica pública com as autoridades da Igreja, em tom respeitoso, em relação ao ensino errôneo que discrepasse do Magistério tradicional;
    – Suspensão da obediência devida a esses ensinamentos progressistas que estavam sendo impostos aos fiéis;
    – A decisão de alertar o público católico sobre os erros difundidos por essas autoridades;
    – A postura de veneração pelo Papado, Episcopado e Sacerdócio, e de sincera caridade para com as pessoas empenhadas nesses ministérios;
    – A posição de humildade quanto às próprias capacidades e limitações, por parte desses jornalistas leigos católicos;
    – A invariável determinação de permanecer sempre dentro do seio da Santa Igreja Católica, Apostólica e Romana.
    .
    Essa declaração de resistência não implicava:
    – Em desejo de julgar o Papa. Mas apenas de comparar seus ensinamentos com o Magistério tradicional dos outros Papas e da Santa Igreja;
    – Em desejo de declarar vacante a Sé Apostólica. Para esses resistentes, a Sé de Pedro só se tornaria vaga quando a Igreja tomasse consciência da gravidade dos erros e responsabilidades. Enquanto essa situação não se tornasse pública e notória, caberia o juízo sobre a heresia papal somente a algum futuro Pontífice.
    .
    John Vennari e os demais signatários dessa histórica declaração, na esteira da histórica declaração de Plinio Corrêa de Oliveira em 1974, fundamentaram seu posicionamento no ensino de São Tomás, São Roberto Belarmino, e nos teólogos Francisco Suárez e Francisco de Vitória. “Bonum certamen certavi … podemos dizer aplicando ao saudoso John Vennari, cujo falecimento foi oportunamente destacado por Fratres in Unum.

  7. Descanse na paz do Senhor!