Polonia semper fidelis.

Por FratresInUnum.com: Em 27 de maio, o padre Tymoteusz Szydło, filho da Primeira Ministra, Sra. Beata Szydło, foi ordenado sacerdote. Ele pertence à diocese de Bielsko-Żywiec.

polonia

A Primeira Ministra e sua família.

No domingo de Pentecostes, 4 de junho, ele irá celebrar a sua primeira Missa Tradicional na Igreja da Santa Cruz em Cracóvia. A missa será celebrada sob os auspícios da Fraternidade de São Pedro.

Tags:

4 Comentários to “Polonia semper fidelis.”

  1. É uma honra e um sinal de bênção muito grande uma família ter um filho sacerdote. E, no caso desta família, ainda se destaca o fato de a mãe do sacerdote estar em um alto posto da política polonesa. Não é a toa que a Palavra de Deus proclama feliz a nação que teme ao senhor. Quantas são as bênçãos e sinais de favores do Todo-Poderoso a essa nação. Que a Polônia seja um exemplo de país católico para o Brasil, que precisa muito mudar os seus tortuosos caminhos.

  2. “Feliz a nação que tem o Senhor como Deus! Feliz o povo que ele escolheu como seu patrimônio!” (Salmo 33[32], 12)
    https://youtu.be/lCHfP1hicNg

  3. Quem não se lembra daquela cena emocionante do presidente da Polônia apanhando no chão uma hóstia consagrada (acesse o vídeo abaixo).

    Szczęśliwy naród, którego Bogiem Jahwe (Tradução: Feliz a nação cujo Deus é o Senhor).

    PS.: Também fiquei feliz com a roupa da primeira-dama dos EUA (Milania Trump), vestido preto e véu preto, ao visitar o papa Francisco, respeitando rigorosamente os protocolos do Vaticano.
    Detalhe: ela não usou o véu nem na visita à Arábia Saudita.

    Presidente polaco pega uma eucaristia no chão:

  4. Viva a Polônia católica. Linda cena.