Morre o Cardeal Caffarra.

Notícias da Itália dão conta do falecimento do Arcebispo Emérito de Bolonha Cardeal Carlo Caffarra, um dos quatro signatários dos Dubia. Descanse em paz!

Mais informações aqui (em inglês) e aqui (em português).

 

26 Comentários to “Morre o Cardeal Caffarra.”

  1. Que descanse em paz, entre os resplendor da luz perpétua, que descanse em paz pelo seu bravo e destemido e respeitoso dúbia, precisamos de mais Cardeais assim. Já foram dois e isso me dá medo.

  2. “Iustus autem meus ex fide vivet”.O cardeal Caffarra,que em vida lutou pela promoção da Fé(mais notadamente quando da assinatura das Dubia),também morreu por ela,pois,como o cardeal Meisner,morreu esperando uma resposta do Papa.
    Se não me engano,era ele que celebraria a Missa da peregrinação Summorum Pontificum,em Roma,neste ano,por ocasião do 10º aniversário de tal Motu Proprio.Hoje,se une à Igreja Triunfante no Céu,orando pela Igreja Militante na Terra.

  3. Eu tenha a impressão que essa dúbia é apenas um paliativo. De nada adianta salvar a igreja do CVII, é só retardar a decadência, todos esses cardeais defendem “o magistério de João Paulo II”, e o pontificado dele foi muito semelhante ao de Francisco. A igreja durante o pontificado de João Paulo II foi como uma árvore que mostra todo seu esplendor quando esta próxima do fim, e aquele brilho nada mais era do que o carisma daquele papa. A árvore do CVII já esta podre por dentro, basta um vento mais forte para ir ao chão.

  4. Menos um signatário dos Dubia? Tempos difíceis …

  5. Dois dos quatro cardeais a menos. Parece que o vento da história sopra a favor de Francisco. Queira Deus que só “pareça” mesmo, e os outros dois se manifestem firmemente antes que não haja mais ninguém em Roma com coragem para corrigir o Papa…

  6. Algumas pessoas morrem de tristeza: “entra no gáudio do teu Senhor”.

    Grazie mille, Eminenza.

  7. Temos um intercessor no céu. Louvado seja Deus pela vida do Cardeal Carlo Caffarra.

  8. O passamento do eminente Cardeal Dom Carlo Cafarra me recordou o papa João Paulo I que estava disposto a dar uma reforma geral no Vaticano mais à direita e em circunstancias misteriosas teria “falecido”, sem permitirem autopsia…
    Idem, Pedro Collor, irmão do F Collor, um mês após denunciá-lo, faleceu com um câncer altamente contagiante e letal!
    Se suceder mais um desses entre os 4 das dubia, agora menos 2, e mais outro caso aparecer, provavelmente seria por uma “morte natural” e depois se manifestariam que não responderam a eles por não ter havido tempo hábil para que “argumentassem de forma a não serem contraditados” e partiram desse mundo, mas as respostas estavam prontas!
    Aliás, nem mais necessitariam responder aos agora 2 cardeais remanescentes, mesmo mais aos 2 pastores nas Mãos do Senhor Deus, pois a entrevista a Dominique Wolton contém o necessario que se necessitava saber a respeito dos posicionamentos dos adjuntos relativistas do papa Francisco que o acercam, ou dele mesmo, que os avalizariam por não os confrontar, dispensar-se-iam, pois contrargumentações posteriores ou o proprio atual silencio seria eloquente…
    Assim em vida procedeu o magnífico pastor, Cardeal Dom Carlo Cafarra que nunca cedeu ao relativismo: “Buscarei as ovelhas perdidas e trarei de volta as que se desviaram. Enfaixarei a que estiver ferida e cuidarei da recuperação da fraca; porém, a teimosa e desobediente Eu a consumirei. Contudo, todas apascentarei com justiça e carinho”. Ez 34,16.
    Aos que o contestaram, agiriam como uns mercenarios, subversivos, revolucionarios, travestidos de sacerdotes católicos, como tantos hoje temos visto, subvertendo os incautos com um cristianismo socializado, à la famigerada esquerdista TL: “Ora, meu povo tem sido como ovelhas perdidas; seus pastores as desencaminharam e as fizeram perambular pelas colinas. Elas vaguearam por montes e montanhas e se esqueceram de seu próprio lugar de repouso”. Jer 50,6.

  9. Minha Nossa Senhora, daqui a pouco não vai ter mais a quem o papa responder. Eu não entendo de direito canônico… sabem dizer se os dubia são dúvidas pessoais dos signatários? Se forem, com a morte dos signatários, talvez o documento perca eficácia e não precise mais ser respondido. Que tristeza ver o momento pelo qual passa a Igreja.

    • Leonardo, qualquer católico pode enviar Dubias. No casos dos cardeais, a importância é maior por motivos óbvios. Rezemos, meu amigo, por esses defensores da fé. Que a Virgem esmague todos os erros e heresias.

  10. Se daqui a pouco morrerem os Cardeais Brandmuller ou Burke, isto ficará muitíssimo estranho.

  11. Requiescat in pace.

  12. Que tristeza… Deus preserve a vida dos outros dois.

  13. RIP.

    A audiência diretamente com Nosso Senhor é “muito mais rápida” do que com o seu Vigário aqui na Terra…
    Espero que não venha a faltar por agora os outros dois Cardeais…

  14. Deus protege seus amados da grande tribulação que há de vir. A morte do justo é apenas a volta do filho querido à casa do Pai, à morada eterna e verdadeira felicidade.

    As portas do inferno não prevalecerão, mas mesmo o Cristo, desfigurado e torturado, não aparentava sua divindade na Cruz. A sensação de derrota era tão grande que os discípulos ficaram sem saber o que fazer e com medo. Foi preciso a Ressurreição para a vitória ser reconhecida e foi preciso Pentecostes para a fé superar o medo, mas foi preciso a Cruz antes. Foi pela Cruz que ele salvou a humanidade. E a Igreja deve passar pela Paixão, para que se cumpram as escrituras. A nós cabe a fé, a esperança e a caridade.

    Eminentissimum ac Reverendissimum Dominum Carolum Sancta Romana Eclesiam Cardinalem Caffarra: Requiescat in pace. Ora pro nobis.

  15. Agora os pregoeiros da “sola misericordiae, arautos de um Deus bonzinho e bobinho (perdão, Senhor), gritarão dos telhados que foi um castigo divino por esses Cardeais terem desafiado a autoridade suprema do “Vigário de Cristo na Terra, o Romano Pontífice”.

    Deus nos livre da hipocrisia e podridão desses sepulcros caiados!

  16. Duas mortes dos signatários em curto espaço de tempo. Nossa, parece-me que só os católicos tradicionais morrem. Daqui a poco não teremos mais vozes que nos representem.
    Muito suspeito… Só tinha 79 anos….
    É preciso urgência na resposta pública ao papa…

  17. Não sei do que o cardeal sofria no corpo. Só sei que ele era um dos quatro que vinha lutando pela Doutrina Católica nos últimos meses. Por concordar com esta luta que ele vinha travando em conjunto com os outros três, fiquei imensamente triste quando me deparei com esta notícia. Agora são menos dois dos quatro.

    Que sua alma possa descansar em paz pelos séculos dos séculos! Na firme esperança de que, juntamente com o cardeal Meisner, passe dessa pra melhor.

    A Igreja, pela qual não respondo, com certeza é muitíssimo grata.

    A Igreja triunfante, bem longe deste mundo, é o objetivo de todos.

    Coroou sua carreira com uma luta sublime, cuja vitória é só de Cristo. Vá a vitória para Cristo e a Igreja, e não para cada um de nós individualmente ou agrupados aqui e ali!

    Não interessa que tenhamos glória neste mundo, mas que possamos participar de uma causa justa, a exemplo de Dom Luiz Gonzaga Bergonzini, outra das poucas vozes rebeldes a ecoar contra o reino de satanás.

    Que Deus conduza tudo como bem achar melhor e Sua Mãe tenha pena de nós!

    Os quatro cardeais já marcaram no Magistério Ordinário e Universal da Igreja a sua preciosa colaboração, o tal das Dubia.

    O que interessa neste mundo não é ser fecundo e fazer filho, mas transmitir para os mais novos a fé e as obras desta fé, principalmente a Oração, que é culto a Deus, muito mais valiosa que enxugar machucado em hospital.

    Mais importante que ficar num hospital é ter em vista a Jerusalém Celeste.

    Assim como Bergonzini, Meisner, descanse em paz! Amém.

  18. Já em 1974 o Papa Paulo VI o chamava para a comissão teológica Internacional. Depois, João Paulo II O chama para mais um Serviço –
    Arcebispo de Bolonha. Bento XVI coroa sua fidelidade a Igreja com o barrete cardinalício. O que Dizer? A vida inteira servindo a Igreja de N. S. Jesus Cristo. Uma pena não ouvi-lo.

  19. Opa! Tem coisa errada aí! tem coisa errada aí! Esperamos que nada de acidental ocorra com as outras duas Eminências signatárias!Mas, se o que tiver que acontecer for para a maior Glória de Deus, que assim seja! Aliás devemos nos conformar e aceitar que tudo o que acontece é pela vontade de Deus! Os caminhos e os planos do Senhor são insondáveis. Resta-nos rezar e reparar!

  20. Apenas dois meses após a morte do outro cardeal signatário das Dubia… Depois de João Paulo I, não acredito mais em morte “natural” de clérigos contrários ao comando pós CVII. E ainda é capaz de Cláudio Hummes et caterva dizerem: “Estão vendo? Eles etam tão velhos e ultrapassados, que já até morreram!”

    • Concordo contigo, Márcia.

      “Há algo de estranho no reino da Dinamarca”, como diria William Shakespear.

      Já se foram dois. Faltam dois.
      Mas, com certeza, o último será than, than, than??????

      Francisco, que revelou ser o próprio “bispo vestido de branco” (confira a oração do papa Francisco rezou na Capelinha das Aparições, a 12 de maio, na sua primeira intervenção pública em Fátima).

      Quem viver, verá!

  21. Afinal, DE QUÊ morreu o Cardeal Caffarra? Não vi nenhum site esclarecer a causa da morte.

  22. Apesar de esquisitas as mortes dos dois cardeais, penso que Deus talvez tenha decidido poupar seus fiéis servos das punições que serão impostas ao mundo, manifestadas por Irmã Lúcia.
    A aurora boreal anunciou o início da II Guerra Mundial. Tivemos ontem, dia da Natividade de Nossa Senhora, dois eventos extraordinários semelhantes àquela.

    https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/bbc/2017/09/08/o-que-eram-os-misteriosos-flashes-de-luz-vistos-no-ceu-do-mexico-durante-o-terremoto.htm

    http://g1.globo.com/natureza/noticia/impressionantes-cores-de-aurora-boreal-iluminam-ceu-da-finlandia.ghtml

  23. E hoje morreu mais um cardeal arauto pela manutenção da proibição da comunhão aos divorciados e recasados:o cardeal de Paolis (https://fratresinunum.com/2014/12/16/cardeal-de-paolis-sobre-a-comunhao-a-recasados-se-for-aprovada-as-consequencias-seriam-de-uma-gravidade-inedita/#more-31994).