A fumaça de Satanás segundo Francisco.

Não, não é aquela denunciada por Paulo VI. Afinal, de que vale proibir a Comunhão aos recasados, o acesso a cargos importantes no Banco Vaticano e na cúria romana? Não há com o que se preocupar! “Quem sou eu para julgar”?!  “Ouso dizer, a Igreja nunca esteve tão bem“. 

Intolerável, mesmo, é o tabaco. É proibido fumar!

* * *

Papa decide proibir venda de tabaco no Vaticano

JooXXIIIfumando_thumb2

João XXIII, canonizado por Francisco, propagava com seu exemplo “uma prática que prejudica claramente a saúde das pessoas”, nos dizeres do porta-voz do Vaticano.

Cidade do Vaticano (RV) – O Papa Francisco decidiu que a partir de 2018, será proibida a venda de tabaco na Cidade do Vaticano. “A explicação – segundo o porta-voz da Santa Sé, Greg Burke – é simples: nenhum lucro pode ser legítimo se está custando a vida de pessoas”.

Lembrando que, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o tabaco causa de mais de sete milhões de mortes ao ano no mundo, o porta-voz anunciou que “a Santa Sé não pode cooperar com uma prática que prejudica claramente a saúde das pessoas”.

Até agora, os funcionários e aposentados do Vaticano podiam comprar cigarros, charutos e tabaco com desconto no supermercado que se encontra no Estado pontifício, o que representa uma fonte de receita para a Santa Sé.

“No entanto, nenhum lucro pode ser legítimo se coloca em risco a vida das pessoas”, completou Greg Burke.

 

Tags:

35 Comentários to “A fumaça de Satanás segundo Francisco.”

  1. Detesto cigarros de papel. Só fumo cachimbo e charutos, estes infelizmente cada vez menos por causa do dólar, e um palheirinho ocasional.

    Não acho os charutos nacionais ruins. São até bem bons. Mas não dá para comparar com os cubanos. Mas tenho fé que um dia o Brasil ainda será um grande produtor de charutos de qualidade para podermos presentear algumas caixa ao Sumo Pontífice.

  2. Filtra o mosquito (inexistente), engole o camelo.

    • Sim, essa é outra grande vantagem do fumo. Moro perto de um brejo e nesta época do ano os mosquitos são insuportáveis. Só mesmo fumando para espanta-los.

      Roma é bem pantanosa mas, com tantos santos e anjos ao seu redor, suponho que não haja mosquitos que perturbem Sua Santidade.

  3. A prática homossexual está diretamente ligada tanto ao câncer no anus e à disseminação do vírus da AIDS, mas quem sou eu para julgar? Deveriam andar a pé também para evitar o acúmulo de CO2.

  4. Tudo que não precisamos é de um Papa politicamente correto…
    Que tal se preocupar com a salvação dos cristãos!!! As vezes isto parece irrelevante na Igreja de Francisco.
    Creio que o proselitismo ambiental seja o seu “forte”.

  5. “Tomem severas medidas para combater a fome, a peste, a pobreza, a impureza atmosférica, no entanto, contemplem com complacencia a contaminação dos espíritos”. Frase atribuível a S Pio X ou ao papa Paulo VI?
    É o que mais se vê hoje em dia, preocupando-se desde o Vaticano, são preferencias por coisas acessorias e não imprescindíveis ao aproveitamento da vida cristã em plenitude, em detrimento do dedicar-se no amor ao Senhor Deus e obter a salvação das almas.
    Não é que deveriam priorizar com uma evangelização eficaz, transcendente, ao inverso ao que se propõe hoje em dia nesse mundo regido por material-ateístas, apegado preferencialmete a valores transitorios, não passando de um fraternalismo ideológico e humanista, nada mais?
    Ideal seria, além de exclusão do fumo que destrói o corpo, antes terem iniciado o expurgo de uns Pes Arturo Abascal, Rosica, James Martin, D Vincenzo Paglia, D Luigi Capozzi e outras similares bacterias virulentas contaminantes, assim como o banimento das esquerdas e do relativista protestantismo que subvertem as mentes para a perdição!

  6. Ele tá imitando o Haddad e o Kassab. Daqui a pouco vai ter ciclovia, passeios aos domingos, proibição de tomar banho e coleta seletiva de lixo para não desequilibrar a Pachamama, funcionários de mãos dadas circundando o Jardim do Vaticano com os budistas pela paz. O que mais? Adote em cachorro, radar, 50 km/h, multa, virada cultural na TV Vaticano com Emicida, Caetano Veloso, forró da Erundina, Racionais, verba para grafiteiros.

  7. Pelo menos é sinal de que maconha não deve ser autorizada a venda lá! Em frente!

  8. Lamentável o nível dos comentários desse blog. Percebo que o objetivo é esse mesmo: criticar a qualquer custo. Vejo que as pessoas que aqui comentam, e até mesmo as que escrevem os artigos, são pessoas profundamente melancólicas e pessimistas, pois só conseguem ver coisas ruins e não encontram nada de bom em alguém. Aliás, até conseguem ver algo de bom nos outros, mas ao primeiro erro, já passam a criticar. Ora elogiam, ora criticam. Vivem à margem da Igreja, abrem mãos dos sacramentos, querem ser mais católicos que os outros e se arvoram como donos da verdade. Talvez um pouco de humildade, que é uma virtude, fizesse bem a vocês.

    • “Quem sou eu para julgar?”

    • O seu comentário é típico de gente que já estava criticando Bento XVI no primeiro dia de papado dele.

      Além disso… primeiro erro? O papado de Francisco tem sido uma sucessão de erros praticamente toda semana, e você não sabe o quanto me segurei antes de fazer a primeira crítica.

      Eu já não consigo mais suportar o cinismo de certas pessoas, e o pior de tudo é que atualmente parece que a esmagadora maioria é assim.

    • Ferreti, ótimo comentário! Disse tudo! “Quem é Antonio Silva para julgar ???”

    • Ora, ora… Acaso trata-se o Sr. Antônio do mesmo que em post referente a outro artigo confessou-se “defensor” da TL?! Logo se vê que ele próprio apostatou da Fé Verdadeira, vive à margem da Una e Santa Igreja de Cristo, abriu mão dos Sacramentos, quer ser mais católico que os outros e se arvora dono da verdade. Haja penitência!

    • Caro Antonio Silva:

      Diante de seu elevado comentário, transbordante de humildade e caridade para com seus irmãos de fé, fiquei com a dúvida: Não há espelhos em sua casa?

    • Antonio Silva, não podemos julgar ninguém. Posso garantir-te que, graças a Deus, sou de temperamento muito alegre e realista (não pessimista). Quanto a virtude da humildade, posso te garantir outrossim que é benéfica a todos, e não somente àqueles que combatem o erro e defendem a verdade. E é bom que V. saiba que aceitar o erro não é humildade, pelo contrário!.

  9. Quando fará o mesmo com as bebidas alcoólicas? Será que vai proibir a venda de vinhos também? Rsrsrs

  10. Eita. Fumaça agora só de satanás. Non fa crescere il gas serra. Non fa tanto male alla terra, cara madre nostra.

  11. Fazendo eco ao comentário do Anderson Fortaleza, não existe algo que traga mais prejuizo tanto à saúde do corpo como da alma, como a prática homossexual.
    Mas essa pelo visto, “quem sou eu pra julgar”? Aliás, esse pecado que grita aos céus nunca foi tão protegido e promovido como nesse Pontificado!
    O que choca é o senso de prioridades! Enquanto monsenhores promovem orgias regadas a cocaína dentro dos muros do Vaticano, enquanto padres alemães aconselham adolescentes a fazer aborto e frades na Bélgica promovem eutanásia, as autoridades do Vaticano soam as trombetas pra anunciar a proibição da venda de cigarros dentro do território!
    Essa medida ( como várias outras!) desse Pontificado, é reconhecida em inglês pela expressão: “virtue signalling”, ou seja a ação ou prática de expressar opiniões e atitudes politicamente corretas que visam demonstrar a superioridade moral de um indivíduo ou instituição sobre algum assunto em particular.
    Em suma, no meio do lamaçal moral que escorre do Vaticano, da babel litúrgica e da confusão teológica, eles decidem escolher o combate ao tabagismo para indicar como são virtuosos, como se preocupam com a saúde! Promovem o sacrilégio para demonstrar como são misericordiosos e destroem toda a tradição da Igreja para provar o quanto são humildes!
    Resumindo, filtrar o mosquito (inexistente), enquanto deixa passar o camelo é típico de quem gosta de ficar “sinalizando suas ( inexistentes) virtudes”.

    • Querida Sra. Gercione, mudando de assunto mas não muito, dê uma pesquisada no assunto Giuseppe Carraro, bispo de Verona, declarado venerável por ninguém menos que o Papa Francisco, o que filtra o mosquito e engole o dinossauro.(Camelo é um bichinho bonzinho demais para suportar a analogia).

  12. Georcione, ótimo revê-la por aqui!

  13. Deve ser a primeira vez que eu concordo com uma decisão do papa Francisco. É um produto nocivo à saúde física e que pode reduzir o tempo de vida de quem fuma. Se ao menos o Vaticano combatesse também o que é nocivo à alma, não estaríamos reclamando.

  14. Caro Maxwell, vejo que você não consegue nem mesmo entender o que escrevi. Onde foi que falei que de “primeiro erro” do papa Francisco. Leia novamente o texto e verá que me referi aos erros “dos outros”, ou seja de maneira geral. Disse isso porque aqui nesse blog, já encontrei artigos criticando, por exemplo, bento XVI e depois encontrei outro artigo do mesmo autor defendendo Bento XVI como verdadeiro arauto da fé. É muito paradoxo. Vocês se contradizem a todo momento. Acho que o mais importante nesse blog é realmente ser do contra.

  15. No início do seu pontificado Francisco alertou que a Igreja não é uma ONG. Mas suas atitudes são tais que efetivamente ele está fazendo da Igreja uma ONG, trocando a santificação querida por Nosso Senhor pelas medidas politicamente corretas engendradas pelo mundo. Efetivamente virou uma ONG.

  16. Não que eu ache muito saudável ficar respirando fumaça, mas o fato do Vaticano ter parado pra fazer isso é porque ignora completamente os assuntos importantes que estão levando as almas para o inferno.

  17. É o papa do politicamente correto!

  18. Prezado Antônio Silva, respeitosamente, falo por mim,
    Se o Sr. reparar bem, os comentaristas não possuem o mesmo posicionamento em tudo. Já comentaram deputados aqui, padres de diferentes orientações. Eu, por exemplo, comento aqui já há bastante tempo, o que não significa que os editores e moderadores do site concordem comigo, nem os demais comentaristas. As regras para aprovação de publicação dos comentários estão aí. Já participei de debates aqui. Já fiz muitos comentários que não foram aprovados. Os comentaristas são pessoas distintas, e há pessoas mais doutas que eu, por exemplo; e nem por isso todos os meus comentários são excluídos. O site tem o direito de bloquear comentários que julgue necessários. Pode ser que o Sr encontre uma maioria que não concorde com o Sr, mas quando a gente vai falar (comentar), a gente tem que estar preparado também pra ouvir (oposição). Também já mudei várias vezes de posicionamento. As pessoas aqui lêem ou comentam porque encontram conteúdos que lhes interessam. É normal as pessoas não concordarem em tudo, ou em nada. Mas a gente tem que respeitar…
    Att,

  19. Daqui a pouco,proibirá também as bebidas alcoólicas(aí sim,ai de Bento XVI)

  20. Seu Antônio, o blog não se contradiz. Ele é informativo, embora tenha um posicionamento claríssimo, conforme se vê nos editoriais. Se ele alternou críticas e elogios ao Papa Bento XVI, por exemplo, isto se deve tão somente ao fato de que os posicionamentos são em relação aos atos desse papa, e não à sua pessoa. Quando ele acertou, (e o parâmetro é a doutrina bimilenar da Igreja, “só”), o blog louvou. Quando se afastou desse parâmetro (que deveria ser o critério de todas as pessoas, aliás), o blog também mostrou as razões de seu descontentamento.

    Não há qualquer contradição nisso. Não se trata de defender cegamente nem de atacar cegamente, mas apenas de usar a inteligência para considerar os atos dos Papas, ao menos os mais flagrantes, à luz da tradição. Isso qualquer pessoa que saiba que 2=2 são 4, seja batizado e ao menos tenha lido o catecismo pode — e deve — fazer.

    Já os comentaristas, claro, esses sim, tem pra todo gosto. Mas e daí? São muitas pessoas, e o senhor há de convir que unidade da fé é coisa que foi perdida já há muito tempo, e essa perda foi depois autorizada, chancelada e estimulada pelo concílio, com sua linguagem equívoca e antitomista.

    E finalmente convenhamos… Proibir o fumo?! Que queria que o blog dissesse? “Parabéns, Santidade”? “Com esse gesto o senhor vai salvar muitas almas”?!

  21. Esta proibição do tabaco no Vaticano agradou-me muito porque tenho horror dele. Oxalá o Papa tivesse poder de proibi-lo em todo mundo! Que os fumantes me desculpem mas seria bom também para vocês. Sabem o que o cigarro diz para os fumantes: hoje você me acende, amanhã eu te apago.
    Mas num nível mais sério: esta “histórica” proibição de Francisco não terá agradado também aos protestantes? Quem sou eu para julgar que tão importante lei tenha sido decretada com este escopo?!
    Oxalá, Francisco continue exarando leis benéficas tais como por ex.: proibição de dar a comunhão a adúlteros.

  22. Esta notícia, que seria impensável há alguns anos, antes do avanço da onda “politicamente correta” que assola o mundo, soa a muitos ouvidos como mais uma evidência de que uma parte cada vez mais significativa dos nossos Pastores anda mais preocupada em seguir a agenda pseudo-humanista da OMS –, que vê câncer e problemas em tudo, exceto nos atos de fumar maconha e manter relações sexuais com pessoas do mesmo sexo –, do que em trabalhar pela defesa da Fé, lutar contra tantas heresias e confusões morais e litúrgicas em alta, mesmo no seio da Igreja, em especial no último século.

  23. São Pio X e São Pedro Julião Eymard fumavam. Pela “lógica” de Bergoglio nenhum dos dois devia ser santo…

    • Sr.Bhartolomeu, parece-me que o Papa Francisco proibiu a venda de cigarros dentro do Vaticano, por achar que tal comércio não combina com a moral católica, como obter lucros em detrimento da saúde e da vida de outros, Não proibiu os católicos de continuar fumando, caso o queiram. Assim não vejo como considerar como “logica” do Papa Francisco uma conclusão exclusivamente sua. Não creio que o Papa quisesse “descanonizar” algum santo fumante.

  24. Cigarro faz mal mesmo e não tem sentido vender por lá. Agora…quando proibirem a venda de terços aí sim devemos nos preocupar.

  25. “A Santa Sé não pode cooperar com uma prática que prejudica claramente a saúde das pessoas”.

    E a condenação do preservativo, mantém-se? Mesmo contribuindo com centenas ou mesmo milhares de mortes? Hipocrisia.

LEIA ANTES: os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post. Toda polêmica desnecessária será prontamente banida. Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam, de maneira alguma, a posição de Fratres in Unum.com. Não serão aprovados os comentários escritos integralmente em letras maiúsculas. A edição deste blog se reserva o direito de excluir qualquer comentário que julgar oportuno, sem demais explicações. O espaço para comentários é encerrado automaticamente após quinze dias de publicação do post.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s