Dom Pestana: “Hoje, não é só a fumaça de Satanás penetrando por uma fenda oculta, mas o diabo, de corpo inteiro, que irrompe triunfalmente pelas portas centrais”.

O grande papa Leão XIII entrou no século XX ainda apavorado pela visão que tivera da formidável presença diabólica em Roma, ‘para a perdição das almas’. Desde 1886, mandara a todos os bispos rezar a oração a São Miguel Arcanjo, escrita por ele, de próprio punho, como também um exorcismo maior que recomendava a bispos e párocos para recitarem com frequência nas dioceses e paróquias.

Dom Manoel Pestana e Dom Athanasius Schneider. Foto: Arquivo pessoal de Dom Athanasius.

Dom Manoel Pestana e Dom Athanasius Schneider. Foto: Arquivo pessoal de Dom Athanasius.

‘O século do homem sem Deus’, anunciado por Nietzsche, transforma-se no século de Satanás, que prepara o seu reino com a Primeira Guerra Mundial, implanta o comunismo ateu e tirânico, contra Deus e contra o homem, na revolução bolchevista de 1917, semeia a Europa inteira de ruínas e sangue com a Segunda Guerra Mundial, fruto dos poderes das trevas; invade toda a terra de ódio, terror, impiedade, heresia, blasfêmia e corrupção em guerras e revoluções sem trégua; insinua-se, de início, como fumaça, e, depois, implanta-se, poderoso, no seio da própria Igreja.

Tudo isto, Nossa Senhora confidenciara aos videntes de Fátima, exatamente no mesmo ano da tragédia russa; e o mesmo se diga do 3º capítulo do Gênesis, em que se pinta a vitória da serpente infernal e a presença de Maria, esmagando-lhe a cabeça.

A Cristandade continuou a rezar as orações de Leão XIII, estimulada pelos Papas. Pensadores cristãos como, por exemplo, Anton Böhm (Satã no Mundo Atual, Tavares Martins) e de La Bigne Villeneuve (Satan dans la Cité, Du Cèdre) denunciam a infiltração visível do demônio em todas as estruturas da sociedade. Bernanos surpreende-nos Sob o Sol de Satã.

De súbito, ao aproximar-se o último e temeroso quartel do século XX, contesta-se a existência dos anjos, desaparece a oração de São Miguel, suspendem-se os exorcismos, inclusive o do Batismo, mergulha no silêncio o ministério e a função do exorcista.

Paulo VI queixa-se da fumaça de Satanás dentro do templo, quase a ocupar o espaço do incenso esquecido, e amargura-se com a autodemolição da Igreja. Os seminários desaparecem, a teologia prostitui-se em cátedras de iniquidade, a liturgia reduz-se, com certa frequência, a uma feira irrelevante de banalidades folclóricas. A pretexto de inculturação, a vida religiosa desliza para o abismo.

‘Os poderes do inferno não prevalecerão contra a Igreja’, é certo. Mas o próprio Senhor prediz o obscurecimento da fé, o esfriamento da caridade. A visão (do Inferno) de Fátima faz vacilar o otimismo ingênuo e irresponsável dos que apostam na salvação de todos, mesmo até dos que a recusam.

(…) Jesus começa a sua missão, tentado pelo demônio e a expulsão dos maus espíritos torna-se uma das notas mais relevantes da sua atividade messiânica. ‘Em meu nome expulsarão os demônios’ (Mc 16,17), diz Jesus, ao despedir-se dos discípulos, notando que este será um sinal dos que crêem nele. E Satanás, pela ação dos Apóstolos, caía do céu como um raio… Quando os cristãos de todos os níveis, apesar dos Evangelhos e do Magistério, principiaram a duvidar da ação e, depois, da existência do espírito rebelde, aconteceu o que Jesus havia anunciado (Mt 14,44-45): expulso, ele volta para a casa ‘desocupada, varrida e arrumada’, mas indefesa, com sete espíritos piores do que ele, ‘e a condição final torna-se pior do que antes’, exatamente o que está a acontecer.

Hoje, não é só a fumaça de Satanás, penetrando por uma fenda oculta, mas o diabo, de corpo inteiro, que irrompe triunfalmente pelas portas centrais. Quem o vai exconjurar das nossas igrejas, das nossas residências episcopais e paroquiais, dos nossos centros comunitários, dos nossos seminários e universidades, dos Senados e das Câmaras Legislativas, dos Palácios do Governo e da Justiça, dos bancos e das bolsas, dos meios de comunicação, das escolas e hospitais, das consciências de todos nós?

E, não hesitemos: quem vai expulsar os demônios dos Palácios Pontifícios, das Congregações e Secretarias, das Nunciaturas, das Conferências Episcopais e Cúrias, dos Santuários e Basílicas, das ONU e dos Parlamentos, sem falar desse mundo ‘posto maligno’, que viceja ‘sob o sol de Satã’?

Nós precisamos, urgentemente, de exorcismo!

Dom Manoel Pestana Filho, bispo emérito de Anápolis, GO (+2014) – Prefácio do livro “Um Exorcista Conta-nos”, do Pe. Gabriele Amorth.

Créditos ao leitor Leonnardo Vinicius, cuja gentileza agradecemos.

42 Comentários to “Dom Pestana: “Hoje, não é só a fumaça de Satanás penetrando por uma fenda oculta, mas o diabo, de corpo inteiro, que irrompe triunfalmente pelas portas centrais”.”

  1. Dom Pestana é da minha cidade. Santos/SP. Orgulho!!!

  2. “Sede sóbrios e vigiai. Vosso adversário, o demônio, anda ao redor de vós como o leão que ruge, buscando a quem devorar.” (I São Pedro, 5,8 )
    Pasmem! Ainda hoje a matéria sobre demonologia (com ênfase em Exorcismo) não é obrigatória nem ministrada nos Seminários católicos. Tal fato constitui um contra-senso. “Mutatis mutandis”, seria a mesma coisa dos cursos de Medicina não oferecer a disciplina de Anatomia/Patologia/Imunologia… aos futuros médicos. Hipótese impensável.
    Nestas condições, os futuros religiosos não são preparados para a agir no mundo real.
    Moral: o Inferno está em festa, enquanto que a Terra está sob o jugo de Satanás (2Coríntios 4.4 e João 12.31; 16.11).
    Como é atual a admoestação do primeiro papa, S. Pedro:
    “Sede sóbrios e vigiai. Vosso adversário, o demônio, anda ao redor de vós como o leão que ruge, buscando a quem devorar.” (I São Pedro, 5,8 ).
    Em tempo:
    O exorcista-chefe do Vaticano, padre Gabriele Amorth declarou antes de morrer:
    – “O demônio está instalado no coração da Igreja”;
    – “Há cardeais que não acreditam em Jesus e bispos que estão ligados ao demônio”.

    • De fato, é urgente que os seminários voltem a ensinar demonologia em seu currículo. Mas, enquanto isso não acontece, os padres poderiam se interessar em ler os vários livros sobre o assunto que tem vindo a lume ultimamente. O problema é que a grande maioria dos padres não se interessam por esse assunto e um dos motivos é vergonhosamente porque não acreditam que os demônios podem agir e interferir nas relações humanas e no mundo humano. A propósito, o último documento da CNBB sobre exorcismo, eu o achei extremamente decepcionante pelo grau acentuado de racionalismo e cientificismo.

  3. Somos um pequeno rebanho de leigos conscientes, mas precisamos urgentemente de mais Sacerdotes corajosos, temos tão poucos, e a luta se aferrenha!

    • Não se preocupe, irmã. Mês que vem, a despeito dos caluniadores e para a maior Glória de Deus, teremos DEZENAS de novas ordenações sacerdotais, e DEZENAS de novas ordenações diaconais, na principal ordem religiosa dos apóstolos dos últimos tempos, que, embora tenha surgido apenas neste terceiro milênio, já contará com mais de 200 padres com carisma e preparo intelectual/espiritual suficientes para, sob a proteção de Nossa Senhora de Fátima, esmagar a cabeça da serpente.

  4. Ao meu ver, essa frase de Dom Pestana que intitula o post expressa bem a sensação de que o Demônio se voltou com toda a sua fúria contra a Igreja (e também contra a humanidade) nestes tempos em que vivemos. Seria interessante também relacioná-la à visão que o Papa Leão XIII teve de Satanás. Nessa visão, o Papa via Satanás pedindo que Deus lhe concedesse um período de um século para destruir a Igreja. É claro que Deus não quer a destruição da Igreja, mas Ele permite provas, provações. Interessante também notar que o século XX foi o século em que o comunismo ateu mais ceifou vítimas e que agora, no início, do século XXI, surgem novas ideologias que perseguem a fé cristã e os cristãos, como a ideologia de gênero. Como não ver por trás de coisas como essas, um ódio e uma ação satânicas??? Não obstante, a grande maioria do clero ignora que estamos em uma batalha espiritual. A luta é, como nos adverte São Paulo, não contra “a carne e o sangue”, mas contra demônios. Não menos preocupante é o escassíssimo número de exorcistas, que são restringidos por rigorosas e injustas leis sobre exorcismo.

  5. Muitíssimo atual…:
    “E disse o Senhor: Simão, Simão (Pedro): eis que Satanás vos reclamou com instância, para vos joeirar como trigo; mas Eu roguei por ti, para que a tua Fé não desfaleça; e tu, uma vez convertido, confirma os teus irmãos” (Lc 22, 31).

  6. Essa introdução do Chifrudo com pompa e circunstância é obra daqueles que, na Igreja, têm o poder das chaves, isto é, os ordenados, principalmente os Bispos.

    O resto está no Apocalipse 9, 1-2. “…vi uma estrela caída do céu na terra. E foi-lhe dada a chave do poço do abismo. Ela abriu o poço do abismo …”.

    João XXIII ou Paulo VI?

    • PW,

      esses versículos que você citou me fazem pensar na soltura do demônio no final dos tempos. Outro que indica o mesmo é o Apoc 20,3 (última parte do versículo que é longo). E não obstante a clareza das Sagradas Escrituras, há padres que acham que o demônio ainda está preso e gostam de citar aquela antiga frase de Santo Agostinho que diz que o demônio é como um cão amarrado. O problema é que essa frase de Santo Agostinho não serve mais para os tempos em que vivemos, pois estamos no final dos tempos.

      ” 1. Vi, então, descer do céu um anjo que tinha na mão a chave do abismo e uma grande algema. 2. Ele apanhou o Dragão, a primitiva Serpente, que é o Demônio e Satanás, e o acorrentou por mil anos. 3. Atirou-o no abismo, que fechou e selou por cima, para que já não seduzisse as nações, até que se completassem mil anos. Depois disso, ele deve ser solto por um pouco de tempo.”
      Apocalipse, 20 – Bíblia Católica Online

      Leia mais em: https://www.bibliacatolica.com.br/biblia-ave-maria/apocalipse/20/

      Ou seja, os mil anos em que o demônio ficou preso (Idade Média) já passaram; agora, final dos tempos, ele está solto.

    • Alex,
      Há quem pense que o tal Milênio tenha começado com o Édito de Milão (313) e terminado com o “Atentado de Agnani” (1303), quando a mando de um príncipe cristão, Felipe IV, ultrajou-se o Papa Bonifácio VIII que teria sido esbofeteado.

    • PW, interessante seu comentário! Não sabia dessa informação. Faz sentido. Outro fato a ser considerado na compreensão dos tempos em que vivemos é a manifestação do Anticristo. Quanto mais próximo estiver a manifestação do Anticristo, mais acirrada se tornará a perseguição contra a Igreja e contra os cristãos, principalmente contra católicos.

  7. D Manuel Pestana, conhecido como o Atanasio versão brasileira, em vida foi muito amigo do famoso exorcista do Vaticano, o Pe Gabrielle Amorth, inclusive fazendo o preâmbulo de sua edição “Um exorcista conta-nos” e confirmando o post.
    Muito conveniente notar que quando ainda em vida, muito combativo contra os malfeitores e revolucionarios das esquerdas, enviava cartas endereçadas ao então presidente da CNBB, à época, D Luciano Mendes de Almeida, argumentando que o Brasil se tornava a “antecãmara do comunismo ateu” e necessitava reagir à situação pois sentia que a CNBB não desempenharia seu papel profético cristão de pastorear o rebanho, se não é se pareceria o entregar aos inimigos da fé.
    Dessa forma, apesar de debalde seus esforços, até hoje essa conferencia episcopal em relação aos pestíferos comunistas, ora se omitiria ou então os apoiaria por nunca nos depararmos com nenhuma ação de os denunciar ao povo como perversos, inimigos da fé, implantadores do odio entre as pessoas e grupos diversos via lutas de classes; ao contrario, às dificuldades recorriam a ela, como uma especie de apaziguadora para continuarem subvertendo o povo sem serem incomodados, embora a CNBB já fosse pessimamente cotada entre os católicos melhor instruídos, e com razão.
    Recordam, ao inverso, como ante impeachment da golpista pres. Dilma a CNBB via D Leonardo Steiner tentou reverter a situação em seu favor, embora ainda mais desse alento ao povo para destituir essa conspiradora e anarquista do poder?
    Assim, D Manuel Pestana quase isolado, confrontava diversos defensores dos esquerdistas idem na TL e tantos apoiadores desses e, mais proximamente, como a quadrilheira Dilma era bem recebida por D Raimundo Damasceno e, pela recepção oferecida, aparentariam ser velhos amigos confraternizando-se, apoiaria seus projetos, apesar de as redes sociais e sites católicos não relativistas reagirem, a CNBB apresentava notinhas pífias em que tentava se justificar e os condenar – no entanto, num conteúdo que não passaria de teatro, circo, novela!

  8. Aproveitando o assunto, gostaria de partilhar um vídeo de uma entrevista com o Pe. Reginaldo Manzotti sobre o mesmo assunto (demônio, exorcismo). Primeiramente gostaria de ressaltar o lado positivo dessa entrevista, pois ela levou à televisão brasileira um assunto que é menosprezado e desprezado pela grande maioria do clero, principalmente, pelos os bispos. Mas também não poderia omitir pelo menos um ponto negativo, como o medo do padre em falar do assunto, medo esse que se expressava nas suas várias interrupções ao entrevistador para justificar que o seu objetivo não era exaltar o Mal (ou algo assim, não me lembro da expressão exata que ele usou).

    Link da entrevista

  9. Sobre a visão de Leão XIII

    Texto

    http://www.stjosephschurch.net/leoxiii.htm

    Mais um vídeo sobre a visão de Leão XIII

  10. Certas pessoas, assustadas com o dragão vermelho, parecem não compreender que o comunismo é instrumento de Deus para o castigo da humanidade. E a mensagem de Fátima faz questão de frisar o que vem antes do comunismo, e que é sua origem, para que ele venha como castigo direto imposto por Deus.
    O que são os crimes e pecados que se praticam em Portugal, Espanha etc em 1917? O que são os matrimônios maus de 1917? Quais são os pecados desta Igreja de 1917? Por que Nossa Senhora revelou à Jacinta que o mundo tinha que se emendar dos seus crimes e pecados? Se não se emendassem, aí sim viria o comunismo, como castigo, espalhado pela Rússia.
    Por que Nossa Senhora disse à Jacinta (diga-se em 1917), que queria mais almas virgens que se unissem a ela pelo voto de virgindade?
    Como bem disse a vidente, no mundo há muitas guerras e discórdias, que não são outra coisa senão castigos de Deus pelos pecados. Por que Jacinta disse que o primeiro país a ser punido seria a Espanha? O que a Espanha fazia de errado em 1917? E qual foi o castigo da Espanha, senão a começar pelo comunismo?
    Eu me recuso a continuar tratando esta questão dos pecados e castigos do mundo após 1917, possessões diabólicas etc, as Duas Grandes Guerras e o Comunismo, se a grande maioria tradicionalista se rejeita teimosamente a considerar as causas do castigo.
    Nossa Senhora vem justamente na sequência imediata do comunismo e da Primeira Guerra, para alertar que ambos eram castigos impostos pela divina majestade. As pessoas tinham que se perguntar: Mas castigo de quê? O que se está praticando em 1917 para fazerem descer tais castigos terríveis?
    Ninguém, nem o povo nem a hierarquia, deu ouvido, e então o mundo de 1917, merecedor de tão grandes castigos, é praticamente santo em relação ao mundo de 2017. A humanidade continuou seguindo pelo mesmo caminho, dos prazeres da carne, que aliás, só podem ser realizados com outra moeda, pois não é de graça. Então o que esperar? Espanta alguma coisa?
    Quando Nossa Senhora disse por meio da Jacinta: que muitos matrimônios eram maus; Ela queria mais almas virgens; as guerras, anarquias, comunismo, eram castigos; era necessário abdicar-se do luxo e das riquezas; Nossa Senhora estava propondo uma nova ordem mundial que seria baseada num modo de vida semelhante à vida monástica e mais ascético. Mas ninguém compreende… até hoje! E transformaram em tabus questões que deveriam ser encaradas já em 1917, para que se obtivesse o remédio com mais rapidez.
    Aí então hoje, quando alguém vem falar mal de capitalismo, de acúmulo de riquezas, propriedade privada, as heranças etc, deve ser logo ignorado e excomungado. Os próprios católicos transformaram tais temas em tabus. E não precisam me dizer que isto ou aquilo está condenado pela Igreja, pois não fui criado e educado em ambientes comunistas!
    O problema é que todo mundo quer levar até as últimas consequências o modo de vida de 1917, que é o mesmo dos dias atuais, só que “evoluído”!!!
    Por que Nossa Senhora disse que tinha que ser feita a comunhão reparadora dos sábados (1917)? O que é que tinha que ser reparado? Mas ninguém olha que o problema já estava dentro da Igreja, alavancado pelas próprias “famílias católicas”, que hoje simplesmente acabaram, e me refiro de modo especial à região em torno de S. A. de Pádua – RJ, que é onde eu habito e sou testemunha ocular.
    Os próprios católicos “tradicionalistas” se voltaram contra seus irmãos “tradicionalistas”. Aliaram-se aos maçons, para fazerem dinheiro, ainda que sem se iniciarem na maçonaria, e passaram a combater e destruir todas as virtudes e pessoas virtuosas que buscavam cumprir os mandamentos direitinho.
    E o clero tradicionalista – digno de meu respeito e veneração – contudo, foi incompetente em tratar das questões das riquezas. E hoje não há mais nem famílias católicas ricas, nem pobres e nem “bem de vida”.
    Vá procurar aí (Campos) se você acha alguma família católica, algum jovem católico… Faz-me rir! Vide facebook… Celulares…
    E o louco sou eu…
    Para terminar, gostaria de frisar que não sou nenhum exemplo de santidade. Tive que dar este testemunho.

    • Caro Vitor José Faria de Oliveira … Humm – exemplo de santidade!!!
      Dê uma lida no site dos saletinos … http://www.portalsalette.com.br/salette/videntes … os videntes não conseguiram ser Padre e Freira!!!
      Inclusive o Segredo esteve no Index!
      Segundo Salette, o problema é o clero!!!
      Saudações do Lionço

    • Prezado chegamais, agradeço a informação. Gostaria de dizer que as informações que coloquei sobre Fátima as recebi de folhetos paroquiais e pregações, nos quais haviam fontes de livros, que achei melhor omitir. Não tive contato com livros. Portanto, peço desculpas se estou propagando ou manipulando erros sobre os pastorinhos de Fátima. Desde já, rechaço qualquer e imensa injustiça que eu esteja cometendo contra santos. Por isso, sintam-se todos bem vindos a corrigirem meu comentário, que realmente buscou apelar para Fátima para combater o capitalismo de 1917 e atual, visto por mim como incompatível com o Evangelho. Desde 2007, quando recebi um folheto paroquial citando Jacinta, mudei muito minha visão sobre muitas coisas. Desde então mantenho uma linha de entendimento a respeito do folheto, folheto este que marcou muito minha vida a partir de então. Contudo, se estou errado, eu ainda acho que posso mudar de visão. Obrigado

    • Há um detalhe em http://www.fatima.pt/pt/pages/narrativa-das-aparicoes … Segunda aparição de Nossa Senhora … “– Quero que venhais aqui no dia 13 do mês que vem, que rezeis o Terço e que aprendam a ler. Depois direi o que quero.”

      Reparou no “Aprendam a ler”? … não só rezar o Terço, né???

    • Vou disponibilizar um link com versão digitalizada em PDF do meu valiosíssimo Folheto de 2007. Para mim, é muito mais profundo do que um simples papel dobrado. Peço a caridade e o respeito, bem como orações, para o clero e almas consagradas que servem a Deus Todo Poderoso distribuindo estas dádivas entre o povo, como um meio muito eficaz de apostolado. Apostolado que aprecio e apoio bastante, o das pessoas que se dedicam a tal.
      Distribuído pela própria paróquia.
      https://drive.google.com/file/d/1zvUO9sdjf4-fzm6Wm01brk1_k0nfx21q/view?usp=sharing
      Att,

    • 18 reais!!!!!! Deve estar louco, esse pobre coitado.

    • Por fala em padre excomungado, alguém aqui ouviu falar em Don Minutela (Padre Minutela)? Não acompanhei o caso desse padre italiano, em sei o conteúdo das suas pregações, mas sei que a pregação dele lhe mereceu a excomunhão. Quem sabe o Fratres poderia escrever algo a respeito.

  11. https://novusordowatch.org/2015/05/spanish-original-heresy/
    O papa Francisco aos 4,15′: Y me viene a la mente decir algo que puede ser una insensatez, o quizás una herejía, no sé.”
    O mesmo no site do Vaticano, no original, em espanhol:
    http://w2.vatican.va/content/francesco/es/messages/pont-messages/2015/documents/papa-francesco_20150523_videomessaggio-giornata-unita-cristiana-phoenix.htm

  12. *MENSAGEM VÍDEO DO PAPA FRANCISCO
    POR OCASIÃO DA JORNADA DA UNIDADE CRISTÃ
    [PHOENIX, 23 DE MAIO DE 2015]
    Irmãos e irmãs, que a paz de Cristo esteja convosco!
    Perdoai-me se falo em espanhol, mas o meu inglês não é suficientemente bom para me expressar de maneira correcta. Falo em espanhol mas, sobretudo, falo na língua do coração.
    Tenho nas minhas mãos o anúncio que me enviastes sobre esta celebração de unidade cristã, sobre esta jornada de reconciliação. E daqui desejo unir-me a vós. «Pai, para que também eles sejam em nós um só, para que o mundo creia que Tu me enviaste»: este é o lema do vosso encontro, a oração de Cristo a fim de que o Pai conceda a graça da unidade.
    Hoje, sábado 23 de Maio, das 9h00 da manhã até às 5h00 da tarde, estarei espiritualmente convosco, do íntimo do meu coração, procurando juntos, pedindo juntos a graça da unidade, a unidade que nasce entre nós, a unidade que começa selada pelo único Baptismo que todos nós recebemos, a unidade que procuramos unidos ao longo do caminho, a unidade espiritual da oração recíproca, a unidade do trabalho comum na ajuda aos irmãos, àqueles que acreditam na soberania de Cristo.
    Estimados irmãos, a divisão constitui uma ferida no corpo da Igreja de Cristo. E nós não queremos que esta chaga permaneça. A divisão é obra do pai da mentira, do pai da discórdia, que procura fazer sempre com que os irmãos sejam divididos.

    Hoje reunidos, eu de Roma e vós ali, pediremos que o Pai envie o Espírito de Jesus, o Espírito Santo, e que nos conceda a graça a fim de que todos sejam um só, «para que o mundo creia». E vem-me ao pensamento o desejo de dizer algo que poderia ser insensato, ou talvez uma heresia, não sei. Mas existe alguém que «sabe» que, não obstante as diferenças, somos um só. E é aquele que nos persegue, aquele que hoje persegue os cristãos, que nos unge com o martírio; ele sabe que os cristãos são discípulos de Cristo: que são um só, que são irmãos! Não lhe importa se são evangélicos, ortodoxos, luteranos, católicos, apostólicos… não lhe importa! São cristãos! E aquele sangue une-nos. Hoje, amados irmãos, vivemos «o ecumenismo do sangue». Isto deve impelir-nos a fazer aquilo que hoje já fazemos: rezar, falar entre nós, diminuir as distâncias, irmanar-nos cada vez mais.

    Estou convicto de que a unidade entre nós não será feita pelos teólogos. Os teólogos ajudam-nos, a ciência dos teólogos assistir-nos-á, mas se esperarmos que os teólogos se ponham de acordo entre si, a unidade só será alcançada no dia seguinte ao do Juízo Final. A unidade é feita pelo Espírito Santo; os teólogos ajudam-nos; mas assiste-nos a boa vontade de todos nós que estamos a caminho e com o coração aberto ao Espírito Santo!
    Com toda a humildade, uno-me a vós como mais um nesta jornada de oração, da amizade, de proximidade e de reflexão. Com a certeza de que só temos um único Senhor: Jesus é o Senhor. Com a certeza de que este Senhor está vivo: Jesus vive, o Senhor vive em cada um de nós. Com a certeza de que Ele nos enviou o Espírito que nos tinha prometido, a fim de que realizasse aquela «harmonia» entre todos os seus discípulos.
    Caros irmãos, transmito-vos uma profunda saudação, um abraço. Rezo por vós, oro juntamente convosco.
    E por favor, peço-vos que oreis também por mim, pois preciso de preces para ser fiel àquilo que o Senhor deseja do meu Ministério.
    Deus vos abençoe! Deus abençoe todos nós!
    *Tiraram a página do ar? Ei-la.

  13. Gostaria de reforçar o comentário que fiz ao PW. Ao meu ver, um fato importante a ser considerado na compreensão dos tempos em que vivemos é a manifestação do Anticristo. Quanto mais próximo estivermos da manifestação do Anticristo, mais acirrada se tornará a perseguição contra a Igreja e contra os cristãos, principalmente contra católicos.

  14. 7 sinais do Anticristo. O vídeo apenas erra ao dizer que o Anticristo será um espírito. Não! O Anticristo será um homem, o qual ainda não se manifestou, mas pode se manifestar em um período relativamente breve. Por devemos estar atentos aos sinais dos tempos.

    • Ué?! Esse video “7 signs of the antichrist” não é de origem protestante? Um católico não deve frequentar essas arapucas, ralos e bueiros.

    • Esse vídeo tem ar de protestante sim, mas eu achei por bem partilhá-lo por ele ser curto e por a maioria dos sete sinais serem verdadeiros, exceto o 1º sinal que diz que o Anticristo é um espírito; mas nesse erro até católicos caem nele quando acham que o Anticristo será o demônio, mas não! será um homem. Além disso, temas apocalípticos são raramente tratados por pregadores católicos; é como um tabu para a maioria dos pregadores católicos tratarem de temas sobre o Apocalipse. O mesmo acontece com temas relacionados ao demônio e exorcismo. Com esse vídeo, quis chamar a atenção para um tema que é pouco abordado pelos pregadores católicos e não divulgar doutrina protestante, embora o vídeo em questão contenha apenas um erro, que como disse até mesmo muitos católicos caem nele.

    • Vou pesquisar vídeos católicos sobre o Apocalipse (e especificamente sobre o Anticristo). Assim que eu conferir o conteúdo dos vídeos, eu partilho algum aqui (ou alguns).

    • Alex,

      Embora esses assuntos não sejam mesmo tratados pelos pregadores católicos, nem por isso estamos autorizados a buscar informação nos pestilentíssimos e mentirosos sites dos hereges protestantes. Devemos evitá-los assim como o diabo evita o Catecismo de Trento; se por ventura cairmos nalgum deles, devemos abandoná-los prontamente. Depois será útil passar o anti-vírus no computador e aspergir água benta no local.

  15. Partilhando uma notícia que pode interessar aos demais leitores.
    Bispo Athanasius Schneider: A respeito dos católicos, que dizem estar tudo bem, apesar da situação desastrosa da Igreja, no Julgamento de Deus, será perguntado: Por que você não levantou sua voz para defender a Verdade?
    http://www.rainhamaria.com.br/Pagina/21861/Bispo-Athanasius-Schneider-A-respeito-dos-catolicos-que-dizem-estar-tudo-bem-apesar-da-situacao-desastrosa-da-Igreja-no-Julgamento-de-Deus-sera-perguntado-Por-que-voce-nao-levantou-sua-voz-para-defender-a-Verdade

    • PW,

      Então vamos às profecias católicas:

      “Roma perderá a fé e tornar-se-á a sede do anticristo”.

      “Queridos filhos, desejei, de maneira especial, que estivessem aqui esta noite. Agora, de maneira especial quando Satanás está livre de suas correntes, convido-os a se consagrar ao meu coração e ao coração de meu Filho” (1º de janeiro de 2001- Mediugórie).
      E o que aconteceu em seguida: Atentado EUA (11/set/2001), renúncia de Bento XVI, Coreia do Norte, China, Ideologia de Gênero…

      “O mistério da iniqüidade já está em ação, apenas esperando o desaparecimento daquele que o detém” (2ª Tessalonicenses 2:7).

      “Fere ao pastor (papa), e as ovelhas se dispersarão” (Zacarias 13:7).

      E quem são os maiores inimigos da Igreja ?
      A sinagoga de Satanás (Apocalipse 2, 8-9 e 3, 9), ou seja, uma parte dos judeus, somente os descendentes da tribo de Dã, de onde sairá o ANTICRISTO. A tribo de Dã (um dos 12 filhos de Jacó: Gênesis 49, 16) foi excluída do povo de Deus (confira em Apocalipse 7, 4-8).

      A ONU representa os interesses dos “Senhores do mundo” ou “Governo da Sombra” ou “Nobreza Negra” que está a serviço do futuro Governo Único Mundial (leia-se: New Order World) que nos levará a uma ditadura mundial, sob o comando pessoal do Anticristo (filho de um bispo católico com uma freira judia, conf. profecia católica) e auxiliado pelo “Falso Profeta” (futuro antipapa) e demais Bestas (governos mundiais).
      Detalhe: Judas Iscariotes era o banqueiro de Jesus (vide Última Ceia, Leonardo da Vinci, quem segura a bolsa de dinheiro?).

      “Mas ai da terra e do mar, porque o Diabo desceu para o meio de vós. Ele está cheio de grande furor, sabendo que lhe resta pouco tempo” (Apocalipse 12, 12).

  16. Arcebispo Fulton Sheen sobre o Falso Profeta e o Anticristo

  17. Pregação de um franciscano da Imaculada sobre o Apocalipse.

    (Parece que esta pregação se insere numa série de pregações sobre o mesmo assunto e que pode ser encontrada no canal dos Franciscanos da Imaculada)

    Apocalypse Now P3 – Rumors of War – CONF 239

  18. Quero indicar este livro : :: FENÔMENOS PRETERNATURAIS ::
    SINOPSE
    Esta obra é única em nosso país. O autor, após anos de estudos sobre Angeologia e Demonologia, conseguiu reunir textos preciosíssimos sobre essa importante área da teologia – infelizmente ainda bem pouco conhecida, mesmo entre os fiéis católicos. Alguns textos significativos do Magistério da Igreja, que por circunstâncias diversas, principalmente tradução, eram desconhecidos no Brasil, são apresentados aqui. O livro aborda o tema de maneira ampla e bastante completa, tudo bem fundamentado e explicado sob a ótica das Sagradas Escrituras, Teologia, Magistério, Mística, Ascética, Espiritualidade, Pastoral… Assuntos de grande urgência pastoral, como Cura, Libertação e Exorcismo, ganharam uma atenção especial, evidenciando a necessidade da Igreja em acolher, como gesto concreto de misericórdia, todos que padecem de sofrimentos ligados às ações preternaturais. Este estudo é, sem dúvidas, fundamental e essencial para todos aqueles que atuam na área de Oração por Cura e Libertação e que desejam conhecer, em nosso tempo, as mais diversas realidades que, de alguma forma, direta ou indiretamente, têm uma relação com o tema aqui tratado.
    FICHA TÉCNICA
    Título: Fenômenos Preternaturais: sobre as ações dos anjos e dos demônios
    Autor: Pe. Pedro Paulo Alexandre (org.)
    Seção: Angeologia e Demonologia
    Formato: 16 cm x 23 cm
    Páginas: 621
    Editora: Imaculada
    *
    PARA COMPRAR:
    http://www.livroscatolicos.net/produtos/fenomenos-preternaturais/

  19. Saiu uma notícia interessante sobre o Cardeal Burke em que ele toca no tema do Apocalipse.

    Um excerto da notícia: “A confusão e o erro na Igreja Católica em relação ao ensino fundamental sobre casamento e família são tão graves que o final dos tempos pode ter vindo sobre nós, disse o cardeal Raymond Burke em uma nova entrevista.”

    Ele falou de vários outros assuntos interessantes, como Summorum Pontificum.

    Deixo abaixo o link da notícia.

    http://www.rainhamaria.com.br/Pagina/21876/Cardeal-Raymond-Burke-A-confusao-e-o-erro-na-Igreja-Catolica-em-relacao-ao-ensino-fundamental-sobre-casamento-e-familia-sao-tao-graves-que-o-final-dos-tempos-pode-ter-vindo-sobre-nos

  20. Vou deixar também o link da nova entrevista do Cardeal Burke.

    ‘Perhaps we have arrived at the End Times’: an interview with Cardinal Burke

    http://www.catholicherald.co.uk/issues/december-1st-2017/perhaps-we-have-arrived-at-the-end-times-an-interview-with-cardinal-burke/

  21. Alguém sabe se existe alguma lista oficial de exorcistas no Brasil, por exemplo feita pela CNBB, ou, por algum órgão autorizado pela Igreja? Lembrando que não valem listas feitas pela mídia secular que, na grande maioria dos casos, não entende nada do assunto.

    Aproveitando o assunto, um tempo atrás um franciscano da Imaculada contou um fato curioso. Ele dizia em uma homilia que, estando em Roma, lá se encontrou com um padre brasileiro que estava lá recebendo treinamento para exercer o ministério do exorcismo quando voltasse ao Brasil; e que o referido padre brasileiro comentou-lhe também que há uma grande demanda por exorcismo no Brasil.

    Vejam o vídeo!

    Alguém saberia quem é esse padre?

  22. Interessante Dom Pestana ter prefaciado um livro do Padre Gabrielle Amorth sobre exorcismo! Parece que ele tinha conhecimento do assunto. Mas alguém sabe, se na prática quando ele era bispo de Anápolis, ele chegou a nomear um exorcista oficial para essa diocese? A propósito, o Padre Gabrielle Amorth, também já falecido, sempre dizia que é obrigação dos bispos nomearem, cada qual, para as suas respectivas dioceses, pelo menos, um exorcista (cf. cânon 1172)

  23. Alguém chegou a ler o novo subsídio da CNBB sobre exorcismo? (Subsídio doutrinal nº9)