Georg Ratzinger fala das condições de saúde de Bento XVI.

Apesar do desmentido oficial por parte da Santa Sé, cremos ser de interesse de nossos leitores a divulgação da matéria abaixo.

* * *

“Meu irmão Joseph tem uma doença paralisante”.

Georg Ratzinger, entrevistado pelo “Neue Post”, afirmou que o papa emérito está doente: “O que preocupa é que a paralisia possa chegar ao coração”

Por Andrea Tornielli, Vatican Insider, 14 de fevereiro de 2017 |  Tradução: Marcos Fleurer -: Georg Ratzinger, de 94 anos é irmão do “nonagenário” Papa Emérito; entrevistado recentemente, afirmou que uma “doença paralisante” estaria afetando Bento XVI. Não é a primeira vez que o monsenhor bávaro, diretor emérito do coro dos Domspatzen, faz afirmações um pouco alarmistas sobre seu familiar, como aquela entrevista, um dia após a eleição do pontífice alemão, treze anos atrás, quando ele disse que Joseph era “Muito velho” e que ele estava “muito doente” para ser Papa.

As palavras de Georg Ratzinger foram publicadas na revista “Neue Post”, e também apareceu nas páginas alemãs do site oficial da Santa Sé “Vatican News”. O irmão do Pontífice referiu-se a uma doença paralisante que obriga Joseph a “recorrer a uma cadeira de rodas”. O que mais preocupa é que a paralisia pode atingir seu coração, e então ele poderia terminar tudo subitamente “. Ele acrescentou: “Rezo todos os dias para pedir a Deus a graça de uma boa morte, em um bom tempo, para mim e para o meu irmão. Nós dois temos esse grande desejo ».

Georg Ratzinger também disse que ele fala diariamente pelo telefone com seu irmão e, como de costume, planeja visitá-lo no Vaticano para o próximo aniversário (91 primaveras), no dia 16 de abril. Mas, acrescentou, “falta muito tempo. Quem sabe o que acontecerá até então … ».

Como se recordará, há poucos dias o papa emérito escreveu uma carta ao jornalista Massimo Franco, no qual ele disse que era “um peregrino a caminho de Casa” e referiu-se ao cansaço de “este último trecho da estrada”.

Nos últimos dois anos, a fragilidade física do papa emérito tem sido evidente para todos, inclusive como pode ser visto com as fotos e “selfies” que os que o visitam costumam tirar. No entanto, Bento XVI continua lúcido, ainda sai do mosteiro onde vive, ainda se encontra com pessoas, apesar de ter algumas dificuldades locomotoras.

Tags:

12 Comentários to “Georg Ratzinger fala das condições de saúde de Bento XVI.”

  1. Todos que encarnam as esquerdas que devem estar bastante hilariantes com eventual estado precario de saúde de nosso amado papa emérito Bento XVI cada vez mais deficitario é evidente, mais à vontade estariam para dar sequenciamento à implantação do doutrinario globalista, da religião mundial, sem a menor dúvida que sim!
    Bem provável que ainda devotem certo recato ás suas projeções relativistas para quando ele vier deixar esse mundo – teriam lhe aplicado algo para falecer mais rápido? A alta tecnologia da morte hoje possui recursos mirabolantes, sumamente desconhecidos do público, além de ser odiado pelos donos dos poderes desse mundo…
    Seria outra de não se duvidar dos desafetos da Igreja: doravante, à sua ausencia, poderão agir sem haver ainda que leves intervenções de parte dele.
    Por outro lado, torcemos para que os opositores ao atual Vaticano radicados na Alta Hierarquia de viés politicamente incorreto sejam mais agressivos e partam para o ataque com mais vigor e entusiamo que antes – de acordo com a audacia e/ou atrevimento dos globalistas infiltrados – sempre de forma moderada o quanto seja possível manter essa postura, mas de forma apropriada ao caso, correta e destemida!

  2. “Vivas tanto ou mais que Pedro!”

  3. Ratzinger é um prisioneiro no Vaticano. Todos nos lembramos de aquando da sua renúncia Ratzinger ter dito desejar ir para um convento na Bavária onde pensava dedicar-se a escrever sobre temas que sempre o terão preocupado relacionados com a Igreja pós Vaticano II. Não foi. Por ali ficou a ser exibido como prova de confraaternização nas mais importantes cerimónias do novo papado. Espera-se que, pelo menos, venhamos a ter acesso a tudo o que escreveu nestes anos que se seguiram á sua abdicação. Será uma notável herança!

  4. Jamais o Vaticano vai dizer que o Papa está mal…
    Infelizmente as últimas imagens do Papa Bento o mostram cada vez mais debilitado…
    Rezemos…Que Deus faça o melhor, que não deixe ele levar uma vida totalmente vegetativa…

  5. Ainda há Papa em Roma.

  6. Eis aí um santo do Senhor. Um apóstolo dos últimos dias. Um profeta dos tempos finais. O maior teólogo vivo da humanidade. Ainda haverá muita surpresa vinda dele. Aguardemos.

  7. Bento XVI está cumprindo uma missão misteriosa através do silêncio e da doença! Seria ele o bispo de branco do 3º Segredo de Fátima? Qualquer que seja a resposta a essa pergunta, que ele possa sentir a presença de Deus ao seu lado, lhe fortalecendo e consolando.

  8. Saiu na mídia que o Papa Francisco lançou um Motu Proprio para coibir que bispos aposentados levem uma vida luxuosa. (As notícias não citam o nome do Motu Proprio).
    https://oglobo.globo.com/sociedade/religiao/papa-cria-lei-para-impedir-bispos-aposentados-de-ter-vida-luxuosa-22400539
    Será que uma tal medida vai funcionar mesmo?

  9. A presença de Bento XVI é muito importante. Sem ele, certamente, as medidas reformistas serão mais ousadas.

  10. una cum famulo tuo Papa nostro Benedicto

  11. Paulo VI será canonizado neste ano, diz papa Francisco
    Quando fez o anúncio, Francisco brincou que ele e o ex-papa Bento XVI, que renunciou em 2013 e está agora com 90 anos de idade “estão na lista de espera”.
    https://extra.globo.com/noticias/mundo/paulo-vi-sera-canonizado-neste-ano-diz-papa-francisco-22408168.html

  12. Na Itália, algumas pessoas estão achando que o fato do irmão de Bento XVI não ter dito o nome da enfermidade, revela que a “doença paralisante” é uma espécie de metáfora que relaciona os acontecimentos recentes nos bastidores da Igreja e que o Papa Emérito sofreu e continuaria sofrendo uma sabotagem.

    O que mais preocupa é que a paralisia pode atingir seu coração, e então ele poderia terminar tudo subitamente “

    A indiferença é uma paralisia do coração.
    (Santo Agostinho)

LEIA ANTES: os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post. Toda polêmica desnecessária será prontamente banida. Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam, de maneira alguma, a posição de Fratres in Unum.com. Não serão aprovados os comentários escritos integralmente em letras maiúsculas. A edição deste blog se reserva o direito de excluir qualquer comentário que julgar oportuno, sem demais explicações. O espaço para comentários é encerrado automaticamente após quinze dias de publicação do post.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s