Foto da semana.

Alfie_Evans_smiling_2__April_25__2018_810_500_55_s_c1

Sábado, 2:30 da manhã, horário da Inglaterra: faleceu Alfie Evans, vítima inocente da mais que corrompida, e definitivamente dominada pelo demônio, sociedade moderna.

* * *

Informa o site Vatican News:  “O nosso bebê ganhou asas nesta noite às 2h30 da manhã. Estamos com o coração partido. Obrigado a todos pelo seu apoio”: com este post no facebook, Kate James anunciou a morte de seu filho, o pequeno Alfie Evans. Ele não chegou a completar dois anos: teria completado no próximo dia 9 de maio. Ao mesmo tempo, o pai Thomas escreveu: “O meu gladiador baixou o seu escudo e ganhou asas às duas e meia da manhã. Totalmente inconsolável. Eu amo você meu menino “.

Ele respirou 4 dias sozinho

Na última quarta-feira, 25 de abril, a Suprema Corte britânica declarou seu enésimo não ao apelo dos pais de Alfie, que pediam a transferência de seu filho para a Itália, para que ele fosse seguido pelo Hospital Infantil Bambino Gesù, de Roma. O Hospital do Papa teria suportado todas as despesas: o Alder Hey Hospital, de Liverpool, não deveria gastar nenhum centavo. O Papa Francisco pediu aos seus colaboradores para que fizessem o possível e o impossível para transferi-lo. Às 23h17 de segunda-feira, os médicos removeram o ventilador para deixá-lo morrer. O menino continuou respirando sozinho por pouco mais de 4 dias. Afetado por uma doença neuro-degenerativa ainda desconhecida, para os médicos e juízes ingleses, era inútil que Alfie continuasse a viver até a sua morte natural.

Tags:

17 Comentários to “Foto da semana.”

  1. Meus pêsames aos país desse menino. Que Deus faça sua Justiça. Estou triste.

  2. Viva a Terra da Rainha! O grande exemplo de civilização e desenvolvimento para o Mundo!

  3. Vai em paz Alfie Evan, segue teu caminho nos braços de Nossa Senhora. O Senhor te amou tanto que não quis permitir que essa odiosa sociedade em que vivemos te corrompesse.

  4. Põe dominada pelo demónio nisso, por outro lado a igreja cconciliar tem grande culpa nisso, pois aboliu a existencia do demónio de sua pregação.

  5. Daí surge a pergunta que não quer calar: como essa geração perversa escapará do castigo divino?

  6. Fiquei pensando do pq de Deus não ter permitido um milagre nesse caso, assim como no do Charlie, para que todos que não creem pudessem ver e essas autoridades ficassem desmoralizadas com tal acontecimento. Mas se isso não ocorreu, é pq nós estamos num caminho sem volta mesmo, numa época onde milagres tendem a diminuir drasticamente, permitindo com que a desesperança aumente até mesmo nos que creem. Quando me sinto assim, vem as minhas lembranças os santos, que faziam milagres extraordinários. Será que não há mais ninguém assim no mundo atualmente? Em todas as épocas tivemos alguém assim, com uma graça especial de poder fazer qualquer coisa. Não deixo de pensar no que Jesus disse, pois somos a pior de toda a nossa existência: “Uma geração má e adúltera busca um sinal, mas nenhum sinal lhes será dado, a não ser o sinal do profeta Jonas.

  7. Questão moral e também política.
    Desde que o clero aggionato- isto é, apóstata- resolveu fazer as pazes com mundo, “que faz sob o poder do maligno”, a Igreja como um todo perdeu espaço político e influência sobre a sociedade.
    A isso se somem as dezenas de milhares de escândalos sexuais abomináveis e inomináveis pra que a pá de cal polvilhasse qualquer pretensão de o clero aggionato parecer um interlocutor respeitável por parte de quem quer que seja.
    Desde quando o apelo clamoroso de um papa (não é bem o caso) deixou de ser ouvido…?
    Estão aí os frutos, as mortes, as desgraças da diabólica aventura roncalliesca, montiniesca e, pra rimar, sataniesca.

  8. O cruel reino de Henrique VIII e Elizabeth I permanece fazendo vítimas.
    Quantos outros Charlie Gard ou Alfie Evans precisarão perecer? Não deveria haver uma pressão internacional? Fora a Itália/Vaticano, algum outro país oficialmente emitiu opinião sobre o assunto?
    Se uns são maus por suas ações, outros tantos são-no por suas omissões.

  9. O cruel reino da maçonaria, o judaísmo/sionismo triunfante sobre o mundo matou Alfie. Não seria assim se acontecesse com o mais novo filho do casal real que nasceu recentemente.
    A Grã-Bretanha há séculos está nas mãos desses malignos (Fabian Society). Em toda Europa e Ocidente dominam. É mais uma etapa da maçonaria para dar ao Estado o controle sobre quem vai viver e quem vai morrer.

  10. Enquanto isso, a imprensa fofinha, pelego da agenda progressista, festeja o novo bebê da Princesa Kate Midleton. Gostaria de saber se as autoridades médicas tomariam a mesma decisão se fosse algum bebê da família real britânica no lugar do pequeno Alfie.

  11. Será que alguém ainda acredita que vivemos em uma civilização? Mas não é a civilização crista que esta caindo no abismo, é a civilização que nasceu com a revolução protestante, foi institucionalizada pela revolução maçônica de 1789 e espalhada pelo mundo pela revolução comunista.
    Não adianta nada lutarmos pelo democracia maçônica, isto que estamos vendo é a corrupção da mesma, e o que é corrupto é podre, não pode mais ser recuperado, apenas extirpado.
    Foram-se a muito tempo os dias de Ricardo Coração de Leão que combateu pela cristandade nas cruzadas. Agora o Reino Unido tem um príncipe preocupado com a superpopulação e o bem-estar animal, ah sim, e uma rainha calada, que festeja mais um membro da família real enquanto não defende seus pequenos súditos, como Charlie Gard e Alfie Evans.
    Que civilização é essa que negou Nosso Senhor Jesus Cristo?
    Sacrificam seus filhos como faziam os cananeus a Baal? Sim, agora sacrificam a Mamon.
    Matam deficientes como faziam os espartanos? Índios? Nazistas? Nem é preciso falar muito.
    Ou então preferem que crianças morram em vez de um animal?
    O que falta ainda para desenterrar o catarismo?
    Muitos criticam a Inquisição católica que nada mais fez do que defender a verdade e criar o sistema judicial moderno, mas não percebem que agora temos a INQUISIÇÃO POLITICAMENTE CORRETA. E ao contrário da Inquisição católica, serve para defender mentiras e condenar quem ouse falar a verdade!

  12. Esse caso é apenas um dentre dezenas de milhares de abortos cometidos diariamente ou perto dessa cifra, embora os primeiros não causem estardalhaços na midia, “todos já se acostumaram com esse fenômeno genocida intra-uterino em massa”, no entanto, o desrespeito à vida da vítima Alfie daria margem a uma determinada imprensa fazer rebu – aí sim, justificaria-se!
    Quem sabe esse assunto nos remeteria à esquerdinha-caviar Marielle, nas propagandas: “oriunda de berço humilde dos aglomerados, magnânima defensora dos pobres e favelas” e quase na totalidade, talvez mais de 90% eleita pelos “favelados” da Tijuca, Copacabana e mais bairros dos renomados componentes da burguesia carioca? E das favelas que tanto Marielle “defendia” apenas cerca de 10% de eleitores? De como entendermos esse fantástico prodigio dos favelados jamais elegerem seus supostos defensores,
    porém, provindo das vítimas dos burgueses e imperialistas?
    Compartilham dos casos tenebrosos acima todos os clérigos apoiadores de partidos comunistas, desde o topo, em bem menos os eleitores nunca advertidos pelos pastores os quais, além de uns escandalosos, muitas vezes se coligam com os assassinos!
    Dessa forma, os líderes acima estão por detrás desses tenebrosos fatos, pois apenas desalmados e potencialmente genocidas procedem como no caso Alfie e aos outros relatados, podendo-se recordar de como as esquerdas sabem se aproveitar de situações em proveito ideológico, dependendo da situação: “a morte de uma pessoa uma tragédia, a morte de milhões, apenas uma estatística” – Stálin.

  13. Ferretti, não tem a ver com o tema do post mas gostaria de compartilhar contigo: ontem, mais uma vez, o arcebispo de Aparecida dirigiu indiretas aos tradicionalistas em sua homilia da missa das 8h. Com sua “simpatia” já habitual, ele utilizou o evangelho da videira para dizer que os católicos não podem se separar do ramo do concílio Vaticano 2, do ramo de Francisco e do ramo da CNBB, que segundo ele, vem sendo “perseguida” por determinados grupos.

  14. O que dizer, além de “monstruosidade” e morte que “brada aos céus e clama a Deus por vingança”?

  15. Perdão pela ignorância, mas os pais dele não poderiam ter saído do hospital e o levado para a Itália? Os juízes proibiram até a saída do país?
    Rezemos pela família enlutada.

  16. É a civilização do Anticristo.

    Hitler, doutor Menguele e seus cientistas eugenicos estão comemorando no inferno.

    Viva a mãe natureza que manda matar seus filhos! Menos os animais é claro…se não cadeia.