34 bispos se demitem… Tudo para salvar a imagem manchada de Francisco.

Por FratresInUnum.com, 18 de maio de 2018 – Depois de sua fracassada viagem pastoral ao Chile, em que Francisco não hesitou em defender publicamente a imagem do bispo Juan Barros, que acobertou os abusos sexuais do Padre Karadima, os meios de comunicação não deram trégua. Pelo contrário, deram voz às vítimas e a verdade não pôde ser emudecida, a despeito do “negacionismo” do pontífice.

francisco chile

Imagem da visita de Francisco ao Chile em janeiro de 2018.

Como ele mesmo reconheceu no vôo de regresso de sua viagem ao Chile, o caso estava muito bem estudado. Não podemos esquecer que, a propósito, a auto-demissão de Marie Collins, uma respeitada defensora dos menores abusados sexualmente por clérigos, foi motivada justamente pela cumplicidade de Francisco com este caso.

Francisco não contava, porém, com a revolta das vítimas e da imprensa, que gerou o primeiro grande desgaste do seu pontificado. Acostumado com a bajulação midiática, ele não suportou a flagrante relativização moral de sua pessoa.

Os bispos chilenos, hoje, apresentaram em bloco as suas renúncias ao Papa argentino, numa evidente tentativa de salvarem a sua reputação. No absolutismo de Francisco, a idolatria à sua pessoa chega a extremos deste nível. Embora tenha reconhecido que cometeu erros graves, não admite o déficit de sua popularidade.

É óbvio que o episcopado do Chile não irá ser imediatamente substituído. É evidente que isso tudo é apenas uma jogada de mídia: Francisco irá, provavelmente, apenas remover os quatro bispos que foram colegas de Karadima e subiram ao episcopado de modo muito rápido na época e, talvez, o cardeal de Santiago, D. Ricardo Ezzati Andrello, que o defendeu publicamente.

O episódio, porém, é muito pedagógico para a Igreja. Que os bispos não se enganem: se o assunto for salvar-se, Francisco não duvidará em condená-los à morte. Quando já não há dogmas, nem moral, nem liturgia, há apenas a vontade do soberano.

Anos atrás, profetizava D. Józef Michalik, presidente da Conferência Episcopal Polonesa, “o Papa Francisco é uma arma dos inimigos da Igreja. ‘Com o Papa se combate hoje na Polônia contra os bispos: Papa Francisco bom, bispos maus; papa Francisco sim, bispos e Igreja na Polônia não”.

Essas palavras se cumpriram ao pé da letra hoje. Nada de sinodalidade! É apenas o poder soberano e ditatorial do primeiro papa jesuíta: pela primeira vez na história, uma conferência episcopal inteira se demite.

Papa Francisco, por que não aproveita a ocasião para também renunciar? Onde é que está a tua sinodalidade?

Tags:

20 Comentários to “34 bispos se demitem… Tudo para salvar a imagem manchada de Francisco.”

  1. Mas que reinado desastroso esse! Já não há praticamente mais fé nas paróquias. Nós, os ditos “tradicionalistas” é que estamos mantendo acesa a chama da Igreja de Nosso Senhor, contra um clero pervertido em parte e ignorante em outra, que leva os fiéis ao relativismo do politicamente correto, onde nada mais é pecado e o empobrecimento da teologia e da liturgia são grandes feridas abertas! A fora isso, escândalo sobre escândalo!

    • Contam- se nos dedos os “tradicionalistas” frente o total de fiéis e são os aqueles, os “tradicionalistas” que mantêm acesa a chama da Igreja? Deus fez a promessa à Igreja. Deus a mantém. Quem somos nós ou vocês?!

    • Não Há fé nas paróquias? Com base em que pesquisa você afirma isso. Não sou tradicionalista, muito embora tenha grande respeito e admiração por eles, mas dizer que não há fé nas paróquias é fazer juizo sobre algo que só a própria pessoas pode saber.

  2. Pelos frutos se conhece a árvore, diz as Sagradas Escrituras!
    Sem comentários…

  3. Tudo isso nos faz lembrar de uma aparição da Santíssima Virgem, la Salette.
    Acredito que por esta razã o culto à Virgem de la Salette e a divulgação de suas mensagens foi – e continua sendo – tão ignorado…
    Cloacas de impureza!

  4. Não adianta essas lágrimas de crocodilo que os bispos vertem pelas monstruosidades de seus súditos ou, como dizem, seus “irmãos no ministério”. É preciso que esses tarados e psicopatas que atacam crianças não cheguem jamais à ordenação, coisa muito difícil de se dar se considerada a falta de disciplina que atualmente grassa no clero. De fato, é difícil achar gente mais mundana e desocupada; basta ver os escândalos financeiros, os Honda Civic e a vida nababesca e sibarita que tantos levam.

    “Conhecer uma coisa é conhecer as suas causas”, como diz Aristóteles. Estão aí os frutos da palhaçada conciliante: conciliar a Igreja e mundo. E a desaprovação divina a esse projeto adulterino permitiu que os planos infectos e deletérios de Roncalli e Montini, essas duas flores do pântano, se cumprissem.

  5. Deu para se notar um certo mau pressagio de o papa Francisco publicamente relatar, ainda que a principio nada se notasse de concreto naquele … “O Papa Francisco pensa no momento da sua despedida. Mas sem alarmes, não há renúncia à vista, mas simplesmente a projeção desse momento em que, “como bispo”, o Pontífice poderá dizer, seguindo os passos de São Paulo: “Eu percorri este caminho. Continuem vocês”. Pressionado desde dentro?
    Se fosse um comunista aqui do Brasil nossos conhecidos, mesmo doutros países, comportam-se similarmente, para saber a verdade invertam o que dizem, saberemos o que há por detrás, como Dilmaloprada recentemente em Londres, boquejando que “não quer manipulação nas eleições, Lula dialoga, é de consenso, constrói pontes etc.”, evidentemente, desde que concordem com ele – aí a ponte está edificada, porém, em mão única, para a Ditadura Comunista!
    No entanto, se devido à demissão do episcopado chileno como apoio ao papa Francisco, considerando-o vitimizado por uma midia implacável, combatendo suas reformas, constantemente acossado por meio de vaticanistas, além de recorrentes pedidos de esclarecimentos nunca atendidos de prelados, mesmo de eminentes leigos e do povo, por certo essas situações o atribulam, e agora com o episodio da controversia acerca dos abusos do Pe Karadima que teriam sido acobertados – tratar-se-iam de equívoco e depois ter retrocedido – poderia ser o fator de eventual despedida.
    As homilias e mais comentarios provindos de conhecidos clérigos da Alta Hierarquia sabidos não conservadores, mesmo da CNBB, tratam de ferreamente o defenderem e acusarem os outros de divisionistas da Igreja – não seria ao inverso aqui também?
    Impressiona-nos desses acima nada de estranho nesse pontificado encontrarem ou então, quem sabe, estariam se omitindo de “nada irregular perceberem” por conveniencias?…

  6. Desde que esse homem se tornou Papa, não há se quer nem um dia de Paz, as preocupações aumentam dia após dia, valha- me Deus.

  7. É com muita tristeza que acompanho tudo isso. Esses homens são como células cancerígenas agressivas.
    Ainda que essas células sejam neutralizadas por meio de medidas igualmente agressivas como a mídia, suspensões, demissões…etc, esse câncer já se metastizou para outras partes do Corpo que são as dioceses, paróquias etc, e não faz outra coisa senão enfraquecer ainda mais a imagem da Igreja.
    Mesmo que Bergoglio ( numa tentativa de livrar a própria cara) venha, provavelmente, remover os quatro bispos que foram colegas de Karadima, o que ele fará com os frutos podres dessas dioceses, com as crias desses bispos que são os padres sodomitas e pró-sodomitas? Nada!
    Que medidas serão tomadas contra religiosos do naipe dos “Capuchinhos” que alardeam aos quatro ventos suas sodomias, como foi publicado aqui no Frates? Nenhuma!
    Bergoglio é um homem que não recua nem pra tomar impulso. Como bem descreve o editorial, “se o assunto for salvar-se, Francisco não duvidará em condená-los à morte”.
    Rezemos para que o Senhor abrevie esses tempos difíceis, pois a cada dia que passa se reduz ainda mais o número dos eleitos que ainda se sustentam de pé.

  8. Respondendo ao senhor Genildo, sim, conforme disse São Pio X, não são os inovadores os amigos do povo, mas os tradicionalistas! E como alguns santos já disseram ainda que os fiéis tradicionais se reduzam a um punhado, eles são a verdadeira Igreja de Cristo!

  9. Cristo amado, onde viemos parar? A que ponto chegamos!?

  10. A Cnbb do B poderia aproveitar o embalo e se demitem tbm já não fazem bem nenhum a Santa Igreja

  11. Senhores, menos!!!! Por favor, respeitem a figura do Papa…enquanto Bergoglio, realmente não se tem muito o que comentar, mas a lamentar….porém, enquanto Papa Francisco, merece todo o nosso respeito. Quem são estes padres frente a figura do Papa? Gatos mortos a beira da estrada…
    Claro que usualmente as ações do Papa são recrimináveis, porém temos de respeitar…os últimos Papas, tds possuiriam algum senão…até mesmo o Papa Bento XVI…Papas santos faz muito tempo que não temos nenhum, ah…claro, Papa J. Paulo II. Enfim, não devemos ser tão emotivos mas sim sermos pragmáticos (temos um mal Papa), carregarmos esta cruz e agirmos com respeito, algo que esteve no limiar no pretenso artigo.

  12. “Contam- se nos dedos os “tradicionalistas” frente o total de fiéis e são os aqueles, os “tradicionalistas” que mantêm acesa a chama da Igreja? ” contava-se nos dedos os primeiros cristãos e os bispos ortodoxos na época do arianismo. E no entanto eles eram os verdadeiros filhos da Igreja. “Não temas PEQUENO REBANHO, pois aprouve ao Pai dá-lhes o Reino.

  13. Sério, cada mês e cada semana que passa, mais e mais coisas apareceme e aparecerão. Só meresta crer que isso tudo é plano de Deus Pai para que a Igreja cresça e passe com fé no dia da grande tribulação. Não consigo enxergar outra coisa! O que se vê atualmente é um quadro “clínico” se agravando cada dia mais. Esse papado está agonizando e com os dias contados.

  14. Vejo tudo isso com muita tristeza. Penso no próprio Jesus rezando por Pedro, pois o diabo queria peneira-lo. Como andam os joelhos dos católicos? Lisinhos? Comentam o que querem com ele assim? Estamos mundanizados! Fugimos da dor e de todas contrariedades; não sabemos mais sofrer, buscamos satisfação e sucesso nas coisas materiais e para o ego. A Igreja formada no sofrimento, perseguição e sangue parece que virou museo! Se quer pensamos no sangue dos cristãos da Síria como sustento de nossa Santa Igreja. Falamos que a Igreja é santa e pecadora. Ela é apenas Santa. Veja o credo. Nós somos pecadores. A Santa Igreja, seguindo os passos de Jesus, já começou a subir o calvário. Só os verdadeiros fiéis permaneceram com Ela. Rezemos para que o papa Francisco faça o que o Espirito Santo determinar! Se ele não o fizer será feito de outra forma. O Espírito é livre. Vai soprar e iluminar onde quiser.

  15. Isto é: para salvar a própria pele, o papa oferece o sacrifício…. dos outros.

    • Resumiu muito bem. Ele padece do mesmo mal dos esquerdistas: prefere sacrificar o povo ao qual preside do que sacrificar o próprio cargo.

  16. O problema é que a mídia, que ama bajular Bergoglio, use isso para tentar insinuar que ele está combatendo os escandalosos. O que no caso está longe da verdade!

  17. Mas queriam ou esperavam o quê? Os jesuítas são assim, autocráticos, a sua formação é essa mesmo, são soldados de Santo Inácio. Já se esqueceram de que a Ordem dos Jesuítas foi constituída para lutar a batalha da contrarreforma? Para mim, que estudei em Colégio de Jesuítas, nada do comportamento de Francisco surpreende. O erro foi o Colégio dos Cardeais ter eleito um jesuíta para o Trono de São Pedro, quando todos sabem (os jesuítas inclusive) que esse é um posto que não pode ser entregue a jesuítas. Até hj não compreendi a renúncia do Santo Padre Bento XVI. Seguíamos por um caminho virtuoso e, de repente, foi um reviralho atordoante. No dia em que soubermos qual a razão da renúncia entenderemos por que cargas d’água meteram o Anel do Pescador no dedo de um jesuíta.